Paixões Proibidas Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela Paixões Proibidas desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Paixões Proibidas e de todas as novelas exibidas na BAND (Bandeirantes).

Sobre a Novela Paixões Proibidas

◘ Emissora: Rede Bandeirantes (Band)
◘ Período de exibição original: 14/11/2006 a 08/06/2007
◘ Horário: 22h00
◘ Nº de capítulos: 139
◘ Autoria: Aimar Labaki
◘ Baseada nos romances: Amor de Perdição, Mistérios de Lisboa e Livro Negro de Padre Dinis de Camilo Castelo Branco
◘ Direção: Virgílio Castelo e Marcos Coqueiro
◘ Direção geral: Ignácio Coqueiro
◘ Colaboração de Mário Viana e Fábio Torres
◘ co-produção: RTP (Rádio e Televisão Portuguesa)

Escrita pelo dramaturgo Aimar Labaki, Paixões Proibidas é livremente inspirada na obra de Camilo Castelo Branco (1825-1890), um dos maiores nomes da literatura portuguesa. Três de seus mais importantes livros estão sendo adaptados para a televisão: “Amor de Perdição”, “Mistérios de Lisboa” e “O Livro Negro do Padre Dinis”. “O nosso objetivo é estabelecer um novo padrão de relacionamento entre a produção audiovisual dos dois países. Penso que começamos da melhor maneira, potencializando as mais-valias que temos do lado português e entendendo o que é marcante do lado brasileiro”, afirma Luís Marques, Administrador da RTP.

Paixões Proibidas faz uma viagem no tempo para desembarcar em 1805, mostrando a vida em quatro localidades diferentes: Lisboa, Coimbra, Rio de Janeiro e Vila de Resende. Os vigorosos personagens de Camilo receberam uma releitura e um novo ambiente tropical, diferente do original. A trama é repleta de histórias de tirar o fôlego, entre elas o amor proibido de Simão e Teresa, representados por Miguel Thiré e Anna Sophia Folch, as paixões de perdição de Alberto de Miranda, interpretado por Felipe Camargo, e a vida misteriosa do Padre Dinis, vivido por Virgílio Castelo. Fazem parte do elenco atores experientes como Felipe Camargo, Celso Frateschi, Flávio Galvão, Graziella Moretto, Antonio Grassi, Marcos Breda e Suzy Rêgo, entre outros (veja lista completa em Personagens). Além disso, nove importantes atores portugueses atuam na novela.

Três histórias de amor têm como cenário os conturbados anos iniciais do século XIX na cidade do Rio de Janeiro, na pequena Vila de Resende, em Coimbra e Lisboa, num momento muito especial da história de Brasil e Portugal: às vésperas da chegada da corte portuguesa ao Rio de Janeiro.

Simão e Teresa, filhos de famílias divididas por ódios que atravessam os anos, se apaixonam perdidamente. Mas é uma paixão proibida, que não tem a bênção dos pais e dos irmãos, nem o apoio da sociedade. É entre os rebeldes, os escravos e os marginalizados que Teresa e Simão vão encontrar apoio para lutar por esse amor, vivendo tragédias e aventuras.

Padre Dinis, um homem misterioso que tem mais três identidades – um fidalgo, um vingador encapuzado e um duque francês – devota a vida a ajudar jovens amantes e injustiçados. Tenta assim purgar a culpa por erros de um passado que ele mantém em segredo. Luta também contra o amor que sente por Antônia Valente, mulher que vive em busca da filha, roubada ainda criança há mais de 20 anos.

Alberto de Miranda é um ex-corsário que fez riqueza com a pirataria, mas que agora sonha com uma nova vida, como um respeitado empresário. Em Portugal, se envolve com Elisa de Mandeville, a Duquesa de Ponthieu, e ao chegar ao Brasil, tenta se regenerar por amor à jovem Eugênia. No entanto, seus segredos serão ameaçados pela duquesa, que quer vingança por ter sido trocada.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Paixões Proibidas

Resumo da novela Paixões Proíbidas conforme divulgado pela Bandeirantes (BAND) na primeira exibição de 14/11/2006 a 08/06/2007 (total de 139 capítulos).

  1. Capítulo

  2. Simão e Teresa se vêem pela primeira vez O ano é 1805. Na Universidade de Coimbra, em Portugal, Mateus (Pedro Lamares) e Estevão (Nuno Pardal) procuram por Simão (Miguel Thiré). Simão faz amor com sua amante espanhola e é interrompido por Mateus. Os dois retornam a universidade, onde se metem numa briga depois da notícia de que Simão foi expulso por causa de um texto que escrevera que fora considerado subversivo. Na república estudantil, Manuel (Leonardo Carvalho) alerta o irmão para a reação do pai deles. Simão resolve voltar para o Brasil e convida Mateus para ir com ele. Na vila de Resende, no Brasil, Joaquim (Erom Cordeiro), violenta uma das escravas da fazenda no dia do casamento dela com outro escravo. Ao saber do ocorrido, o noivo parte para cima de Joaquim, mas é executado pelos capangas da fazenda. A noiva se desespera e ataca Joaquim, mas também acaba morta na frente de Rosália (Dani Ornellas) e Teresa (Anna Sophia Folch), que assiste a tudo horrorizada. O pai de Joaquim, Tadeu Dias (Antônio Grassi), repreende o filho pelos prejuízos materiais causados pela perda dos dois escravos. Na residência dos Azevedo, Rita (Ana Bustorff) é pressionada pelo marido e acaba contando a Domingos (Flávio Galvão), que Simão foi expulso da universidade. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) salva uma jovem grávida da violência do pai e seus escravos. Frei Adriano (Lafayette Galvão) aconselha Dinis a procurar notícias dos filhos em Portugal e entrega ao padre uma carta de Ângela (Graziella Moretto), que está muito doente. Ela quer conhecer o filho Pedro Almeida (Bruno Gradim), que é criado por Dinis e Antônia (Suzy Rêgo). Em sua casa, Álvaro (Celso Frateschi) maltrata Ângela, que também é hostilizada por Eugênia (Maria Carolina Ribeiro), amante dele. Na frente de Álvaro, Eugênia se mostra insensível, mas por trás, pede para que Luzia (Vanessa Pascale), escrava da casa, ajude a baronesa. Em Coimbra, Manuel transa com a amante, Adelaide (Leonor Seixas), esposa de Estevão. Em Resende, Tadeu e Aníbal (Edgar Amorim) vêem Domingos maltratar uma mendiga, Júlia (Natália Luisa). Simão e Mateus chegam de viagem e são recebidos por Dona Rita e Ana (Bruna Brignol). Domingos quer que o filho arranje um trabalho, caso contrário será expulso. Na praça do chafariz, Zuza (Washington Gabriel) molha Joaquim por acidente e ele bate no menino. Testemunha da violência, Simão defende o pequeno escravo e começa uma briga generalizada entre ele, Joaquim, escravos e outros homens. No meio da confusão, Teresa e Mariana (Julianne Trevisol) vêem Simão e de imediato se apaixonam. Ao ver Teresa, Simão se desconcentra e acaba nocauteado.

  3. Capítulo

  4. Simão se apaixona por Teresa e invade o quarto dela Joaquim (Erom Cordeiro) e Simão (Miguel Thiré) se enfrentam na praça do chafariz. A beleza de Teresa (Anna Sophia Folch) desconcentra Simão, que é espancado, mas Mariana (Julianne Trevisol) o defende com um pedaço de madeira. Após a briga, Simão não dá atenção a Mariana, pois já está completamente apaixonado por Teresa. Joaquim quer dar uma surra em Zuza (Washington Gabriel) e Teresa tenta protegê-lo. Ao saber do acorrido, Tadeu (Antônio Grassi) garante que vai revidar a afronta de Simão. Na casa dos Azevedo, Ana (Bruna Brignol) e Rita (Ana Bustorff) tentam demover Domingos (Flávio Galvão) da idéia de expulsar Simão, mas o juiz continua irredutível. Em Coimbra, depois de transarem, Adelaide (Leonor Seixas) pede para Manuel (Leonardo Carvalho) ir embora. Na universidade, ele encontra Estevão (Nuno Pardal) e mente ao explicar porque se atrasou. De volta a Resende, Antônia (Suzy Rêgo) entra na taverna e procura um lugar para passar a noite. Tadeu tenta assediar Antônia, mas é arrogante e grosseiro. Sem ninguém perceber, Antônia o ameaça com uma faca e exige que nunca mais lhe dirija a palavra. Em Lisboa, Arthur (Carlos Vieira) pede ajuda à irmã, Elisa (São José Correia), pois fez dívidas de jogo com um homem perigoso chamado Leopoldo de Saavedra, que prometeu aparecer no sarau que a duquesa de Mandeville promove às terças-feiras. Simão quer rever Teresa e Mateus (Pedro Lamares) tenta segurá-lo. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) observa a casa de Álvaro (Celso Frateschi). O barão chega a desconfiar de alguma coisa, mas Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) o leva para cama. Nem o barulho da tosse de Ângela (Graziella Moretto), no outro quarto, é capaz de interromper o casal. Já em Resende, Simão vê Teresa na janela e pega uma escada para chegar até a moça. Na rua, Padre Bernardo (Adriano Reys) vê Mateus (Pedro Lamares) rondando a casa de Tadeu e o interroga. No susto, Simão empurra a escada com o pé e pula para dentro do quarto. Para disfarçar o barulho da escada caindo, Mateus finge um acesso de tosse diante do padre.

  5. Capítulo

  6. Elisa se oferece para Alberto em troca da dívida do irmão Simão (Miguel Thiré) entra no quarto de Teresa (Anna Sophia Folch) pela janela. Teresa se desespera, com medo de que alguém os descubra. Lá fora, Mateus (Pedro Lamares) finge estar bêbado para driblar a vigilância de Padre Bernardo (Adriano Reys). Simão se declara para Teresa e a presenteia com um livro de poesias. Mateus salva o amigo ao posicionar a escada para ele sair. Simão e Teresa combinam um reencontro na igreja. O rapaz rouba um beijo da jovem e quase cai da escada. Antônia (Suzy Rêgo) procura pela filha roubada em Resende e pergunta a Jacyra (Iracema Starling) se ela conhece alguma Eugênia. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Pedro (Bruno Gradim) aproximam-se da casa de Ângela (Graziella Moretto) e esperam a saída de Álvaro (Celso Frateschi) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Ângela não controla a ansiedade e, com a ajuda de Luzia (Vanessa Pascale), vai até a janela, de onde observa a chegada dos visitantes. Padre Dinis e Pedro estão prestes a entrar quando são surpreendidos pelo Barão de Barbacena. Sem reconhecê-los, Álvaro se irrita com a presença de estranhos. Pedro discute com o barão, mas é contido pelo Padre Dinis. Depois, Álvaro vai até o quarto de Ângela para punir a esposa por ela ter ido à janela. O barão a deixa sem água e comida por um dia e ordena que cubram as janelas do quarto para impedir que a baronesa veja a luz do sol. Eugênia tenta acalmar o barão sendo sedutora. Em Resende, Tadeu (Antônio Grassi) convoca alguns homens e vai até a Câmara Municipal exigir punição imediata para Simão, acusando-o de fazer arruaça. Pedro quer saber quem era a mulher que estava na janela da casa e o P. Dinis revela que era, de fato, a mãe dele. Domingos (Flávio Galvão) manda Jacinto (Júlio Levy) buscar Simão para levá-lo ao tribunal. Usando a identidade de Leopoldo de Saavedra, Alberto (Felipe Camargo) aparece na recepção de Arthur (Carlos Vieira) e Elisa (São José Correia). Ela lhe oferece uma noite de amor em troca da promissória do irmão.

  7. Capítulo

  8. Domingos manda prender o filho Simão Em Lisboa, Leopoldo de Saavedra, na verdade Alberto de Magalhães (Felipe Camargo), se surpreende com a proposta de Elisa (São José Correia) e hesita em aceitá-la. VEJA AS FOTOS! No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) revela para Pedro a história de seu passado, desde o dia em que foi arrancado do colo da mãe, até quando ela se tornou prisioneira de Álvaro e foi proibida de ver o próprio filho. Em Resende, D.Rita (Ana Bustorff) e Ana (Bruna Brignol) estranham Domingos (Flávio Galvão) ter mandado o escrivão Jacinto (Júlio levy) buscar Simão (Miguel Thiré). Teresa (Anna Sophia Folch) vai se confessar e Joaquim (Erom Cordeiro) espera por ela nos fundos da igreja. Para surpresa da moça, é Simão quem está no confessionário. Perdida em pensamentos, Mariana (Julianne Trevisol) lava roupa e conta o que aconteceu na praça do chafariz para o pai, o ferreiro João Araújo (Reinaldo Gonzaga), que revela ter uma dívida de gratidão com o pai de Simão, o juiz Domingos de Azevedo (Flávio Galvão). Em Lisboa, Samuel (Michel Bercovitch) aconselha Alberto a aceitar o pagamento sugerido por Elisa. Mais uma vez como Leopoldo de Saavedra, Alberto vai a casa da Duquesa de Ponthieu. Elisa o seduz e os dois fazem amor. De volta a Resende, Simão e Teresa conversam apaixonados no confessionário. Eles combinam um novo encontro no dia seguinte. Joaquim vê que o Padre Bernardo (Adriano Reys) não está no confessionário e sai em direção a Teresa, desconfiado. Júlia (Natália Luisa), que observa tudo, atrapalha Joaquim, acaba empurrada, mas consegue dar tempo a Simão, que sai correndo da igreja. Na residência dos Azevedo, Mateus (Pedro Lamares) se impressiona com as habilidades de Ana (Bruna Brignol) no manejo da espada. Simão chega à casa contente e a irmã lhe passa o recado do juiz. Na casa dos Dias, Joaquim conta ao pai o ocorrido na igreja, mas Teresa garante que estava sozinha no confessionário. Na Câmara Municipal, Simão fica impaciente com as formalidades do pai, o juiz Domingos e acaba recebendo voz de prisão por provocar desordem e destruir patrimônio particular.

  9. Capítulo

  10. Elisa se apaixona por Alberto Padre Dinis (Virgílio Castelo) conta para Pedro (Bruno Gradim) que Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) é a verdadeira dona da casa na residência do Barão de Barbacena e articula maldades contra a mãe dele. Enquanto isso, na casa de Álvaro, Eugênia está preocupada com o jejum de Ângela (Graziella Moretto) e manda Luzia (Vanessa Pascale) preparar uma sopa. Em Resende, Domingos (Flávio Galvão) paga a conta na taberna e Jacyra (Iracema Starling) deixa a chave do quarto dela junto com o troco. Domingos e Jacyra fazem amor. Tabara (Caio Vydal) bate na porta e interrompe, pois quer dormir com a mãe. Ana (Bruna Brignol) e Mateus (Pedro Lamares) tentam descobrir uma forma de convencer o juiz Domingos a libertar Simão (Miguel Thiré). Em seu quarto, Teresa (Anna Sophia Folch) lê o livro de poesias que ganhou de Simão. D. Rita (Ana Bustorff) e Ana tentam convencer Domingos a compreender o filho. Vestido como um vingador encapuzado, Padre Dinis luta contra dois homens que tentam invadir uma casa. Em Portugal, Alberto está pronto para sair e coloca a promissória de Arthur (Carlos Vieira) sobre a cômoda. Mas Elisa (São José Correia) não quer aceitá-la, pois pretende continuar a se encontrar com ele. Estevão (Nuno Pardal) fala para Manuel (Leonardo Carvalho) que não perdoaria uma traição da esposa Adelaide (Leonor Seixas). Arthur quer saber se Elisa conseguiu quitar a dívida dele e ela diz que apenas prorrogou o prazo para o pagamento. No Rio de Janeiro, Frei Adriano (Lafayette Galvão) aconselha o Padre Dinis a buscar notícias dos filhos. Antônia (Suzy Rêgo) bate nas portas das casas de Resende para tentar encontrar a filha roubada. Ela encontra uma moça que tem uma marca de nascença nas costas como tinha sua filha, mas o pai da moça a expulsa. Preso, Simão pede que Mateus leve um recado para Teresa, na casa dela, mas ao ver que o guarda cochila, planeja escapar. Rosália (Dani Ornellas) conta a Teresa sobre a prisão de Simão.

  11. Capítulo

  12. Simão foge para rever Teresa e os dois se beijam apaixonados Pela noite de Resende, Antônia (Suzy Rêgo) é surpreendida por três capangas de Tadeu Dias (Antônio Grassi) que tentam molestá-la. Ela grita por socorro. Simão (Miguel Thiré) e Mateus (Pedro Lamares) ouvem os gritos, vão até o beco e enfrentam os capangas. Machucada, Antônia desmaia. Na Câmara, o guarda pede para Ana (Bruna Brignol) tirar a mordaça e promete ficar quieto. Ele está com medo da reação do juiz quando souber que deixou Simão fugir. Joaquim (Erom Cordeiro) sai para encontrar o pai na taberna e avisa a Teresa (Anna Sophia Folch) para não abrir a porta a ninguém. Simão decide levar Antônia para a casa dele até conseguir se recuperar. Tadeu e Joaquim chegam mais cedo em casa e Rosália (Dani Ornellas) não consegue avisar a Teresa, que ainda está fora de casa, à espera de um sinal de Simão. A escrava pede para Zuza (Gabriel Austin) alertar Teresa. Rita (Ana Bustorff) acha que Simão foi perdoado pelo pai, ao vê-lo chegar a casa. A mulher do juiz Domingos faz questão que Antônia passe a noite na casa dela para repousar. Domingos (Flávio Galvão) e Jacyra (Iracema Starling) trocam palavras de carinho e fazem amor. Simão e Teresa se encontram, se beijam apaixonadamente e ela chora, pois ele está preso. Confiante de que vai ganhar a liberdade, Simão já marca o próximo encontro. Júlia, de longe, observa tudo. Domingos volta a casa e, sem querer, Antônia denuncia Simão ao relatar o episódio em que o filho dele a salvou. Simão retorna para a cadeia. No Rio de Janeiro, Álvaro (Celso Frateschi) chama Ângela (Graziella Moretto) para tomar café à mesa junto com ele e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). A baronesa fica sabendo dos planos da viagem à Europa do barão e acha que poderá ver o filho na ausência do marido. Ela escreve uma carta para o Padre Dinis (Virgílio Castelo), que a mostra a Pedro (Bruno Gradim). Aníbal (Edgar Amorim) conta que foi Simão quem impediu os três capangas de maltratarem Antônia, para revolta de Tadeu e Joaquim. Teresa, escondida, ouve tudo. Mariana (Julianne Trevisol) escreve repetidas vezes o nome de Simão num papel e disfarça quando o pai pergunta o que ela faz. Teresa vai para frente da Câmara Municipal junto com Rosália e quer fazer alguma coisa para ajudar Simão. Maria (Natália Luiza) a aborda e oferece auxílio. Tadeu acusa Domingos de complacência para com Simão, já que o filho fugiu da prisão. Domingos reconhece a boa atitude do filho ao salvar Antônia, mas mesmo assim, o juiz estipula a pena de um mês de detenção para o filho.

  13. Capítulo

  14. Teresa não se conforma com a prisão de Simão Domingos (Flávio Galvão) diz a Simão (Miguel Thiré) que ele vai ter que esperar um mês para rever a amada. Maria (Natália Luiza) se oferece para ser intermediária de correspondência entre Simão e Teresa (Anna Sophia Folch). Antônia (Suzy Rêgo) tenta falar com a moça que pode ser sua filha. Tadeu (Antônio Grassi) e Joaquim (Erom Cordeiro) desconfiam da felicidade de Teresa. Tabara (Caio Vydal) não entende porque Zuza (Gabriel Austin) tem dono e pergunta para a mãe. Aníbal (Edgar Amorim) quer saber de Jacyra (Iracema Starling) quem é o pai do filho dela. Mateus (Pedro Lamares) quer se mudar para uma hospedaria até Simão ser libertado, mas Domingos não permite. No Rio de Janeiro, Frei Adriano (Lafayette Galvão) cobra mais uma vez de Padre Dinis (Virgílio Castelo) para ele procurar notícias dos filhos em Portugal. Em Lisboa, Alberto (Felipe Camargo), agora Leopoldo de Saavedra, recebe uma carta, sem assinatura, que o chama para ir até um castelo. Lá ele encontra Elisa (São José Correia), que o seduz e os fazem amor pelos corredores do local. Teresa escreve um bilhete e vai até o portão entregar à Maria, que já a espera. Depois de ver a marca nas costas da moça, Antônia está certa de que aquela não é a filha roubada. Com mais uma busca frustrada, ela deixa a hospedaria da taberna e decide volta para o Rio de Janeiro. Maria entra na prisão e entrega a Simão a correspondência de Teresa. Assim que lê, ele corre para escrever outro bilhete, intrigado com a generosidade dela. Em Lisboa, Arthur (Carlos Vieira) quer saber se Elisa já conseguiu quitar a dívida dele. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) convida Manuel (Leonardo Carvalho) para jantar na casa dele e Adelaide (Leonor Seixas) se assusta ao vê-lo. Tadeu e Joaquim brindam à prisão de Simão. Teresa não consegue esconder a tristeza ao saber da pena de um mês e os dois perguntam se ela conhece o filho de Domingos.

  15. Capítulo

  16. Simão quer fugir com Tereza Tadeu (Antônio Grassi) e Joaquim (Erom Cordeiro) esperam a mercadoria contrabandeada chegar à praia e Domingos (Flávio Galvão) tenta flagrá-los. Enquanto isso, Teresa (Anna Sophia Folch) sai de casa para encontrar Simão (Miguel Thiré) do lado de fora. Tabara (Caio Vydal) pergunta para Jacyra (Iracema Starling) sobre o pai dele, mas a índia desconversa e vai rezar para que nada de mal aconteça com Domingos na diligência. Simão está com medo de que alguém o veja com Teresa e sugere que os dois fiquem dentro da casa dela, para preocupação ainda maior de Rosália (Dani Ornellas). Simão pede para Teresa fugir com ele. Os barcos chegam à praia e começam o descarregamento. Domingos se aproxima e dá ordem para todos ficarem parados. Tadeu o enfrenta e tem início a batalha entre bandidos e policiais. Tadeu e Domingos ficam frente a frente, um com a arma apontada para o outro. Joaquim chama o pai para fugir de lá. Teresa fica chocada com a afirmação de Simão de que o pai dela, Tadeu, é um bandido muito violento. Em Lisboa, Elisa (São José Correia) diz para Arthur (Carlos Vieira) que vai pedir Leopoldo, que eles não sabem se tratar de uma falsa identidade de Alberto (Felipe Camargo), em casamento e o rapaz tenta convencê-la de que é uma loucura. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) está deprimido e se penaliza por não ser um pai presente para os filhos. Antônia (Suzy Rêgo) o consola e lhe faz um carinho no rosto. Pedro (Bruno Gradim) vê a cena e sai sem ser percebido. Ângela (Graziella Moretto) agradece a Deus pela oportunidade de conhecer o filho. Simão sabe que em pouco tempo Tadeu Dias vai saber do relacionamento dele com Teresa e ele pode ser morto. Por isso, pede para ela escolher entre fugir com ele ou ficar com o pai. Na taberna, Tadeu quer saber quem os delatou para o Domingos. O juiz ordena que os escravos sejam levados para a cela da Câmara Municipal e consulta os vereadores para tomar as providências cabíveis contra Tadeu Dias. Tadeu e Joaquim estão decididos a matar o juiz na mesma noite e pede para Aníbal encomendar o serviço.

  17. Capítulo

  18. Rita flagra Simão e Teresa aos beijos na igreja Pedro (Bruno Gradim) conhece a mãe Ângela (Graziella Moretto) e o Padre Dinis (Virgílio Castelo) agradece a Deus por poder permitir este encontro. Joaquim (Erom Cordeiro) e Tadeu (Antônio Grassi) não querem acompanhar Teresa (Anna Sophia Folch) até a igreja e ela consegue se encontrar com Simão (Miguel Thiré), com a ajuda de Maria (Natália Luiza). Mariana (Julianne Trevisol) está na igreja e vê quando Simão e Teresa se encontram no corredor lateral. Ângela conta para o filho toda a história de amor com o pai dele até seu nascimento quando o arrancaram dos braços da mãe e o Padre Dinis impediu que fosse morto. D. Rita (Ana Bustorff) vai até a igreja se confessar. Mariana percebe que ela vai flagrar Simão com a filha de Tadeu Dias e, mesmo triste de ver o amado com outra, tenta impedir o encontro, para protegê-lo. Rita fica escandalizada ao ver que Simão e Teresa, filha do maior rival do marido, se beijam em plena igreja e promete contar a Domingos. Ana tenta demovê-la da idéia. Simão pergunta a Mariana porque ela o denunciou e os dois se conhecem pessoalmente. O rapaz se desculpa quando ela diz que tentou ajudá-lo. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) vê Adelaide (Leonor Seixas) passar pela rua e a convida para sentar-se com ele à mesa de um café. O filho de Domingos não pára de se declarar para a esposa do amigo, que mesmo correspondendo, pede para ele se afastar. Estevão (Nuno Pardal) vê os dois e fica furioso. Manuel, dissimulado, inventa uma história para tentar acalmar o amigo. Álvaro (Celso Frateschi) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) não viajam à Europa. Eles estão numa fazenda próxima porque o Barão desconfia de que Ângela se encontra com alguém e quer surpreendê-la. Simão tenta convencer Rita a não falar nada com o pai sobre o romance com Teresa. Em Lisboa, Arthur (Carlos Vieira) vai até Leopoldo, falsa identidade de Alberto (Felipe Camargo) e lhe pede um empréstimo para conseguir quitar as dívidas de jogo.

  19. Capítulo

  20. Domingos quer prender Tadeu por contrabando de escravos Ainda fingindo ser Leopoldo de Saavedra, Alberto (Felipe Camargo) destrata Arthur (Carlos Vieira), indignado com o pedido de empréstimo do rapaz. Elisa (São José Correia) chega na hora, mas Alberto disfarça para que ela não saiba o motivo da visita de Arthur. Completamente apaixonada, Elisa se declara para Alberto. Em Resende, Rita (Ana Bustorff) está inconformada com o relacionamento do filho com Teresa Dias (Anna Sophia Folch). Simão (Miguel Thiré) pede a ela que lhe dê um prazo para revelar ao pai sobre o romance. Na Taberna, Tadeu (Antônio Grassi), Joaquim (Erom Cordeiro) e Aníbal (Edgar Amorim) falam sobre um contrabando de escravos, tecidos e especiarias que vai chegar à cidade à noite. Domingos (Flávio Galvão) descobre tudo sobre o carregamento ilegal e prepara uma ação policial. Tabara (Caio Vydal) e Zuza (Gabriel Austin) maltratam Maria (Natália Luiza) e Jacyra (Iracema Starling) lhes repreende. Maria entra nas ruínas onde mora, troca de roupa e brinda com uma taça de vinho um quadro com o retrato de Domingos. Em Lisboa, Samuel (Michel Bercovitch) está preocupado e fala para Alberto tomar cuidado com Elisa. De volta a Resende, Mariana (Julianne Trevisol) conta para o pai que viu Simão e Teresa aos beijos dentro da igreja e João (Reinaldo Gonzaga) pede para a filha não se meter nessa história. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) vai até a ex-amante espanhola de Simão e a força a transar com ele. Adelaide (Leonor Seixas) sonha com Manuel e acorda assustada, despertando Estevão (Nuno Pardal). Na casa do Juiz Domingos, Rita só aceita não revelar ao marido o romance de Simão e Teresa se o filho não mais encontrar-se com a amada. Na casa dos Dias, Teresa pede para Maria avisar Simão que o pai dela não dormirá em casa à noite. Simão não vê alternativa a não ser fugir com Teresa. Na praia, Tadeu vê sinais de fogo no mar e pede para os barqueiros irem até o navio, que está atracado num local distante da costa, para pegar as mercadorias. De um outro ponto, Domingos e Jacinto (Júlio Levy) não acham ninguém.

  21. Capítulo

  22. Simão quer fugir com Tereza Tadeu (Antônio Grassi) e Joaquim (Erom Cordeiro) esperam a mercadoria contrabandeada chegar à praia e Domingos (Flávio Galvão) tenta flagrá-los. Enquanto isso, Teresa (Anna Sophia Folch) sai de casa para encontrar Simão (Miguel Thiré) do lado de fora. Tabara (Caio Vydal) pergunta para Jacyra (Iracema Starling) sobre o pai dele, mas a índia desconversa e vai rezar para que nada de mal aconteça com Domingos na diligência. Simão está com medo de que alguém o veja com Teresa e sugere que os dois fiquem dentro da casa dela, para preocupação ainda maior de Rosália (Dani Ornellas). Simão pede para Teresa fugir com ele. Os barcos chegam à praia e começam o descarregamento. Domingos se aproxima e dá ordem para todos ficarem parados. Tadeu o enfrenta e tem início a batalha entre bandidos e policiais. Tadeu e Domingos ficam frente a frente, um com a arma apontada para o outro. Joaquim chama o pai para fugir de lá. Teresa fica chocada com a afirmação de Simão de que o pai dela, Tadeu, é um bandido muito violento. Em Lisboa, Elisa (São José Correia) diz para Arthur (Carlos Vieira) que vai pedir Leopoldo, que eles não sabem se tratar de uma falsa identidade de Alberto (Felipe Camargo), em casamento e o rapaz tenta convencê-la de que é uma loucura. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) está deprimido e se penaliza por não ser um pai presente para os filhos. Antônia (Suzy Rêgo) o consola e lhe faz um carinho no rosto. Pedro (Bruno Gradim) vê a cena e sai sem ser percebido. Ângela (Graziella Moretto) agradece a Deus pela oportunidade de conhecer o filho. Simão sabe que em pouco tempo Tadeu Dias vai saber do relacionamento dele com Teresa e ele pode ser morto. Por isso, pede para ela escolher entre fugir com ele ou ficar com o pai. Na taberna, Tadeu quer saber quem os delatou para o Domingos. O juiz ordena que os escravos sejam levados para a cela da Câmara Municipal e consulta os vereadores para tomar as providências cabíveis contra Tadeu Dias. Tadeu e Joaquim estão decididos a matar o juiz na mesma noite e pede para Aníbal encomendar o serviço.

  23. Capítulo

  24. Adelaide conta a Manuel que está grávida. Tadeu (Antônio Grassi) está determinado a matar o juiz Domingos (Flávio Galvão) e pede para Aníbal (Edgar Amorim) contratar o melhor homem para executar o serviço. Jacyra (Iracema Starling) ouve tudo. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) vai até a casa de Manuel (Leonardo Carvalho), preocupada porque não sabe até quando vai esconder do marido que ama o melhor amigo dele. Jacyra tenta falar com Domingos, que em público não lhe dá atenção. Ao chegar à taberna, o juiz dá voz de prisão para Tadeu que, junto com Joaquim, ameaça uma resistência, mas acaba cedendo. No largo do chafariz, Teresa (Anna Sophia Folch) vê o pai sendo levado e pergunta o que aconteceu. Joaquim (Erom Cordeiro) tira a irmã da confusão e percebe uma troca de olhares dela com Simão (Miguel Thiré). Domingos humilha Tadeu ao colocá-lo preso na mesma cela onde estão os escravos apreendidos. Joaquim cobra uma explicação de Teresa para a troca de olhares com Simão. Teresa chora nos braços de Rosália (Dani Ornellas). Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) chega mais cedo para ver Adelaide, mas não a encontra em casa. Ele percebe que o livro que Manuel lhe emprestou ainda está lá e decide ir devolvê-lo ao amigo. Enquanto isso, Manuel e Adelaide fazem amor. Com os olhos marejados, Adelaide vai embora e deixa Manuel dormindo. Na rua, ela encontra o marido, que sem desconfiar de nada, acha que a esposa chora de saudades de casa. Para disfarçar, Adelaide conta que estava a caminho da igreja e Estevão decide acompanhá-la. No Rio, Antônia (Suzy Rêgo) vai visitar a irmã Emília (Ana Kutner) no cortiço e tenta lhe consolar: apesar da situação de pobreza, ela e o marido, o músico Carlos Salgado (Igor Kovalewski), são felizes. Carlos diz para Antônia que o Padre Dinis cairá nos braços dela no dia em que renunciar ao celibato. Ângela (Graziella Moretto) quer que o filho guarde uma boa imagem dela e por isso se arruma para ficar bonita quando ele a visitar. Na casa do padre Dinis (Virgílio Castelo), Pedro (Bruno Gradim) pergunta se o padre e Antônia são mesmo irmãos. Em Lisboa, Elisa (São José Correia) checa os detalhes da decoração para o sarau. Alberto (Felipe Camargo) diz a Samuel (Michel Bercovitch) que sabe como domar Elisa. Arthur (Carlos Vieira) reprova a intenção da irmã em pedir Alberto em casamento. Em Coimbra, Estevão sai da igreja atrasado para a aula e deixa o livro para a esposa entregar na casa do amigo. Adelaide vai até o quarto de Manuel e ele quer recomeçar a transa, mas ela consegue se desvencilhar e cria coragem para lhe dar a notícia de que está grávida. Ela não sabe se o pai é ele ou o marido. Em Resende, Simão recebe um bilhete de Teresa. Ele conta para Mateus (Pedro Lamares) que Teresa está decidida a fugir com ele na mesma noite. D. Rita (Ana Bustorff) escuta a conversa dos dois.

  25. Capítulo

  26. Mariana descobre que o pai é um matador Rita (Ana Bustorff) acha molecagem de Simão (Miguel Thiré) quere fugir com Teresa (Anna Sophia Folch), mas se preocupa ao saber que o filho correrá riscos quando Tadeu (Antônio Grassi) souber do romance deles. No Rio, Ângela (Graziella Moretto) está muito debilitada e insiste para o Padre Dinis (Virgílio Castelo) lhe dar a confissão, mas ele hesita. Teresa arruma as malas para fugir, mas lembra-se do pai na prisão e decide visitá-lo antes. Joaquim (Erom Cordeiro) humilha Zuza (Gabriel Austin) porque ele não vigiou Teresa. Aníbal (Erom Cordeiro) contrata João (Reinaldo Gonzaga) para matar Domingos (Flávio Galvão) na mesma noite, em troca de um favor que o ferreiro ainda deve a Tadeu. Mariana (Julianne Trevisol) ouve tudo escondida e fica chocada ao descobrir o passado de matador do pai. Com os olhos cheios de lágrimas, Teresa visita Tadeu na cadeia, mas é repreendida por estar num lugar impróprio para mulheres. João promete para Mariana que não vai matar o juiz Domingos, que o absolveu no passado. Para ajudar o irmão, Ana (Bruna Brignol) tenta convencer a mãe a não contar nada para Domingos, mas a Rita está decidida. Zuza está com medo de Joaquim lhe botar no tronco e Rosália (Dani Ornellas) tenta acalmá-lo. Maria (Natália Luiza) avisa a Simão que Teresa está na igreja. No Rio, Ângela (Graziella Moretto) conta para Pedro (Bruno Gradim) que Álvaro (Celso Frateschi) descobriu, no dia do casamento deles, que ela teve um filho de outro homem. Depois de lhe dar uma surra, o barão trancou-a para sempre no quarto. Em Resende, Simão veste as roupas de Maria e entra na igreja para falar com Teresa. A jovem não quer fugir por causa da situação do pai, na cadeia. Simão lhe diz que corre sério risco de vida se ficar na vila e promete passar na casa dela preparado, para o caso dela mudar de idéia. Rita interrompe o marido em uma sessão na Câmara Municipal para alertá-lo sobre algo grave.

  27. Capítulo

  28. Elisa pede Alberto em casamento Na Câmara Municipal de Resende, Domingos (Flávio Galvão) não quer tratar de assuntos familiares e, exaltado, pede para D.Rita (Ana Bustorff) se retirar. Joaquim (Erom Cordeiro) quer dar uma lição em Zuza (Gabriel Austin) e Rosália (Dani Ornellas), mas sob os pedidos de Teresa (Anna Sophia Folch), que assume a culpa por ter burlado a vigilância deles, ele decide castigar somente a mãe com a palmatória. Teresa manda Zuza brincar na rua para não ver a mãe apanhando. Teresa se desculpa com Rosália pelo castigo e sobe aos choros para o quarto, enquanto Joaquim surra a escrava com a palmatória e deixa uma ferida enorme na mão dela. Na fazenda, Álvaro (Celso Frateschi) continua desconfiado de que Ângela (Graziella Moretto) o trai e quer ir embora, mas Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) finge ciúmes e seduz o barão para fazê-lo desistir da idéia. Padre Dinis (Virgílio Castelo) chama Pedro (Bruno Gradim) para ir embora e voltar no dia seguinte para visitar a mãe. João (Reinaldo Gonzaga) sai de casa armado e promete à filha Mariana (Julianne Trevisol) não matar o juiz. Na casa dos Dias, Rosália está bastante ferida, mas se conforma com a surra que levou. Teresa fica indignada. Na Câmara Municipal, Joaquim avisa ao pai que já está tudo pronto para fazerem justiça por ele, matando o juiz. Em Lisboa, Alberto (Felipe Camargo), sob o codinome de Leopoldo de Saavedra, chega para a recepção no salão de Elisa (São José Correia) e a moça logo o chama para uma conversa em particular. Arthur (Carlos Vieira) tenta controlar a irmã, que está embriagada. Mas ela o ignora e arrasta Alberto até o quarto dela e os dois transam. Jacyra conta a Domingos sobre o plano para matarem-no. Desconcertado, o juiz vai embora. João aponta a arma para o juiz e atira. Maria o adverte com um grito. Domingos vira-se e é atingido em cheio. A pedinte ainda o ampara, mas ele desmaia. Maria vai até a casa de Domingos procurar socorro para o juiz e Rita fica desesperada com a notícia. Simão socorre o pai, que perde muito sangue e Mateus (Pedro Lamares) corre para a taberna a procura de um médico. Todos saem para ver o ocorrido e só ficam Joaquim e Aníbal (Edgar Amorim), que brindam em silêncio a execução do plano. Jacyra e Maria tentam esconder a dor por verem o amado ferido. Simão cuida do pai e pede para Mateus confortar Rita e Ana. Joaquim vai até a cadeia levar a notícia para Tadeu (Antônio Grassi), mas não tem certeza se o tiro foi fatal. Em casa, Domingos é operado para retirar a bala do ombro. João explica para a filha que o tiro só atingiu o juiz porque ele se mexeu. O ferreiro está preocupado com as conseqüências do ato. Na taberna, Joaquim comemora e paga uma rodada de bebida para todos que estão presentes.

  29. Capítulo

  30. Joaquim flagra Teresa e Simão Pressionado pela duquesa de Ponthieu, Alberto (Felipe Camargo) tenta esquivar-se e não responde à proposta de casamento de Elisa (São José Correia). Diante de todos os convidados, ela anuncia que aceita o pedido de casamento Leopoldo de Saavedra, falsa identidade de Alberto. Os dois iniciam uma troca de agressões e insultos, que se estende até o salão. Quando Elisa, sentindo-se rejeitada, revela todo o passado de pirataria de Alberto para todos os presentes, o ex-corsário a chama de prostituta e critica também os nobres que estão presentes. Arthur tenta intervir mais não impede o vexame. Elisa expulsa todos os convidados e põe-se a quebrar tudo. No Rio de Janeiro, Antônia (Suzy Rêgo) confessa para Pedro (Bruno Gradim) que não é irmã de Padre Dinis (Virgílio Castelo). Pedro está convencido de que ela ama Dinis. Do corredor, o padre ouve tudo. Na casa de Álvaro de Souza (Celso Frateschi), Ângela (Graziella Moretto) está febril e tem um acesso de tosse. Luzia (Vanessa Pascale) procura por Padre Dinis atrás de socorro Em Resende, Maria (Natália Luiza) conta a Teresa (Anna Sophia Folch) que o juiz Domingos (Flávio Galvão) sofreu um atentado. A operação para retirar a bala do ombro do juiz é bem sucedida. Maria quer saber notícias do juiz, mas não é bem recebida por Rita (Ana Bustorff). Na taberna, Joaquim (Erom Cordeiro) acha que o juiz está morto e bebe para comemorar. Furioso porque Jacyra (Iracema Starling) não compartilha de sua alegria, ele tenta abusar dela. Aníbal (Edgar Amorim) intervém e leva Joaquim para casa, já que ele não consegue mais andar de tão bêbado. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) está inquieta e não consegue dormir. Apaixonada por Manuel (Leonardo Carvalho), ela vai até a república ver o amante. Quando retorna, encontra o marido Estevão (Nuno Pardal) a procurá-la. Em Lisboa, Elisa pede para o irmão Arthur (Carlos Vieira) se vingar em nome da honra da família. De volta a Resende, Simão (Miguel Thiré) visita Teresa. Joaquim desconfia ao ver a luz acesa no quarto de Teresa. Depois de revirar tudo, Joaquim ameaça bater na irmã. Simão, que está escondido atrás de uma cortina, defende a amada e revela-se.

  31. Capítulo

  32. Rita ouve o marido Domingos delirar pelo nome de Júlia Bêbado, Joaquim (Erom Cordeiro) tenta pegar a faca que está na cintura, mas Simão (Miguel Thiré) consegue desarmá-lo e os dois iniciam uma briga. Teresa (Anna Sophia Folch) pede para Simão ir embora, mas ele só deixa a casa depois de Aníbal (Edgar Amorim) garantir que Joaquim não fará nada de mal à irmã. Aníbal aconselha Joaquim a não falar mais com Teresa enquanto estiver nesse estado de embriaguez. Porém o filho de Tadeu Dias continua a beber e humilha o taberneiro. No Rio de Janeiro, Pedro (Bruno Gradim) está desesperado com a notícia trazida por Luzia (Vanessa Pascale) sobre o estado de saúde da mãe e pede ajuda a Antônia (Suzy Rêgo). No dia seguinte, Simão conta a Mateus (Pedro Lamares) sobre a briga com Joaquim está convencido de que tem que fugir antes que aconteça alguma tragédia. Ana (Bruna Brignol) se oferece para cuidar do pai durante a noite, mas Rita (Ana Bustorff) não quer sair de perto do marido. Domingos (Flávio Galvão) começa a ter delírios e pronuncia seguidas vezes o nome de Júlia. João (Reinaldo Gonzaga) está preocupado, pois acha que a mendiga da praça o viu atirar no juiz. Maria (Natália Luiza) e Jacyra (Iracema Starling) estão atrás de notícias do juiz. Simão estranha o interesse da índia. Maria ora pela saúde de Domingos. No Rio, Antônia vai cuidar de Ângela (Graziella Moretto) e Pedro espera na sala angustiado. Enquanto isso, Padre Dinis (Virgílio Castelo) na rua, com roupa de cigano, protege uma moça das maldades de um militar. Ângela desperta e Antônia, no susto, se apresenta como a mãe de Pedro. Padre Dinis acha que a umidade da casa dificulta a recuperação de Ângela e a chama para morar com ele. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) faz planos para o futuro junto com a esposa. Quando ele sai para a universidade, Adelaide (Leonor Seixas) desata a chorar. Em Lisboa, Elisa quer que Arthur chame Leopoldo, um falso nome usado por Alberto (Felipe Camargo) para um duelo. Alberto e Samuel (Michel Bercovitch) decidem voltar ao Brasil. De volta a Resende, Simão quer investigar o atentado com o pai. Domingos desperta e não se lembra direito o que aconteceu. Rita lhe fala sobre os delírios em que pronunciava o nome Júlia.

  33. Capítulo

  34. Maria Louca é a antiga noiva que Domingos abandonou Diante da pressão de Rita (Ana Bustorff), Domingos (Flávio Galvão) revela à esposa que Júlia é uma moça de quem ele foi noivo na juventude. Na caverna, Maria (Natália Luiza), na verdade, Júlia, recorda o próprio passado ao lado do juiz. Domingos conta que abandonou Júlia no dia do casamento deles porque descobriu que ela tinha se entregado a outro homem. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) está preocupado com a solidão da esposa, já que está atolado nos estudos e pede para Manuel (Leonardo Carvalho) levar Adelaide (Leonor Seixas) para um passeio. Em Lisboa, Alberto (Felipe Camargo) e Samuel (Michel Bercovitch) conversam sobre o futuro longe de Portugal. Arthur (Carlos Vieira) desafia o ex-corsário para um duelo. Alberto acerta um soco no nobre que, desprevenido, não consegue se defender. Mariana (Julianne Trevisol) vai à vila de Resende para saber das conseqüências do tiro no juiz. João (Reinaldo Gonzaga) também está apreensivo, pois teme ser reconhecido. Joaquim compra um escravo novo chamado José (Ronnie Marruda), para guardar a casa de Tadeu (Antônio Grassi). Ele decide punir os escravos por permitir a irmã de encontrar Simão (Miguel Thiré) dentro da própria casa dele. Zuza (Gabriel Austin) é preso no tronco por três dias, sem água e comida. Simão pergunta para todos na taberna se alguém viu algo suspeito na noite do atentado. Jacyra (Iracema Starling) se contém. Teresa (Anna Sophia Folch) escreve uma carta para Simão, onde afirma estar decidida a fugir no mesmo dia. Mateus (Pedro Lamares) oferece as próprias economias para financiar a fuga do amigo. O filho do juiz estranha o interesse da mendiga pela saúde de Domingos. Joaquim vai até a prisão contar para o pai sobre o flagrante em Simão dentro do quarto de Teresa. Maria pergunta para Mariana se era ela que estava escondida quando atiraram em Domingos. Tadeu quer que Joaquim leve Teresa até a prisão para falar com ela. Tabara (Caio Vydal) quase é visto por Joaquim, mas consegue levar um pouco de água para Zuza. Tadeu pede para Aníbal (Edgar Amorim) ir até o Presidente da Câmara Municipal e dizer que ele tem revelações a fazer para o bem da comunidade.

  35. Capítulo

  36. Rejeitada, Elisa tenta matar Alberto Estevão (Nuno Pardal) não consegue esconder a gratidão por Manuel (Leonardo Carvalho) levar a esposa dele para se distrair. Diante da incapacidade de Arthur (Carlos Vieira) em salvar a honra da família, Elisa (São José Correia) está decidida a se vingar pessoalmente de Alberto (Felipe Camargo), que não vê a hora de retornar ao Brasil. Samuel (Michel Bercovitch) também está ansioso porque tem dívidas a pagar no país. Em Resende, Domingos (Flávio Galvão) quer levantar da cama e Rita (Ana Bustorff) tenta impedi-lo. Simão (Miguel Thiré) chega para acalmá-lo e propõe uma conversa em particular com o pai. Simão se redime com Domingos e recebe a benção do pai para deixar a Vila de Resende na mesma noite. Ele só não fala que vai fugir com Teresa (Anna Sophia Folch) No Rio de Janeiro, Frei Adriano (Lafayette Galvão) aconselha o Padre Dinis (Virgílio Castelo) a abrir o coração para o amor de Antônia (Suzy Rêgo). Depois de ouvir de Teresa sobre o encontro com Simão, Tadeu (Antônio Grassi) se sente traído pela filha e promete que Simão não ficará vivo por muito tempo e que Teresa viverá trancada em seu quarto. Diante dos vereadores, ele manipula a história a ponto de colocar Domingos como cúmplice do filho Simão para raptar Teresa. Com isso, pede a liberdade para proteger a filha e o afastamento do juiz. No piquenique, Manuel e Adelaide (Leonor Seixas) não conseguem esconder a paixão que sentem um pelo outro. Trancada em seu quarto, Teresa chora, reza e pede perdão pela planejada fuga com Simão. José (Ronnie Marruda) permite que Rosália (Dani Ornellas) dê água para Zuza (Gabriel Austin) no tronco. Em Lisboa, Alberto é seduzido por Elisa e os dois fazem amor sobre a mesa do escritório. Quando percebe que o ex-corsário entregue aos seus encantos, a duquesa lhe dá um golpe com uma faca.

  37. Capítulo

  38. Simão se disfarça de beata para fugir da polícia. Simão (Miguel Thiré) assina a confissão e Jacinto (Júlio Levy), encabulado, vai até a casa do juiz Domingos (Flávio Galvão) confirmar se terá mesmo que prendê-lo. Em Lisboa, Arthur (Carlos Vieira) está desesperado, pois tem horas para salvar sua honra e a de Elisa (São José Correia). Alberto (Felipe Camargo) planeja ser um homem de bem quando chegar ao Brasil. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) brinda com Manuel (Leonardo Carvalho), o filho que Adelaide (Leonor Seixas) espera. Ele deseja ter um menino que se pareça com ele. De volta a Resende, Jacyra (Iracema Starling) e Tabara (Cayo Vidal) estão sem teto para morar e Júlia (Natália Luiza) os convida para passarem as noites nas ruínas em que vive. Simão pede para Tabara e Zuza (Gabriel Austin), distraírem Jacinto. O escrivão fica desesperado ao perceber que o prisioneiro fugiu. Simão se esconde no confessionário da igreja. Jacinto informa a Domingos sobre a fuga de Simão. Rita (Ana Bustorff) não deixa o marido sair de casa. Ana (Bruna Brignol) pede a mãe para irem à igreja rezarem, mas na verdade, ela quer levar a Simão as roupas femininas. Jacyra e Tabara vão à taberna como clientes, pois precisam comer. Aníbal (Edgar Amorim) resiste em atendê-los. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Álvaro (Celso Frateschi) deixam a fazenda e rumam par o Rio de Janeiro. Luzia (Vanessa Pascale) está com medo da reação do barão e pede para Ângela levá-la junto. Júlia (Natália Luiza) aluga um quarto na taberna sob o pretexto de ser para uma beata que está de passagem. Na verdade, ela o faz para hospedar Simão, que já está devidamente vestido de beata, aguardando na igreja. No largo do chafariz, os dois são parados pela guarda. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo), Pedro (Bruno Gradim), Ângela e Luzia estão na carruagem prontos para partir e se deparam com Álvaro, que chega de viagem. Furioso, o barão não quer nem conversa e já pega sua espada. Padre Dinis também saca a sua e os dois começam a duelar. Da Redação

  39. Capítulo

  40. Adelaide conta para Estevão que está grávida Domingos (Flávio Galvão) e Tadeu (Antônio Grassi) ficam frente a frente mais uma vez. O juiz não entende o porquê de o comerciante estar em liberdade. Simão (Miguel Thiré) e Teresa (Anna Sophia Folch) querem saber o motivo de tanta rivalidade entre os pais. Dentro de casa, Tadeu pega um chicote e dá uma surra em Teresa e diz que a mata se ela encontrar de novo com Simão. Muito nervoso, Domingos chega a casa amparado por Ana (Bruna Brignol). D. Rita (Ana Bustorff) fica preocupada com a ferida no ombro, que voltou a sangrar. Mesmo assim, ele recusa a ajuda de Simão e o proíbe de sair de casa. Simão, também ferido, está preocupado com Teresa e mantém firme a idéia de fugir com ela. Ana e Mateus (Pedro Lamares) prometem ajudá-lo. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas), que está grávida, reza por uma orientação. Enquanto isso, seu amante, Manuel (Leonardo Carvalho), bebe e transa com uma rapariga. Adelaide decide não tirar o bebê e acaba por confessar a gravidez ao marido Estevão (Nuno Pardal). No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) machuca a mão ao tentar defender uma vítima da covardia de três homens. Antônia (Suzy Rêgo) aceita acolher Ângela (Graziella Moretto) em sua casa. Em Resende, Tadeu avisa a Teresa que já decidiu o destino dela. Na taberna, Aníbal (Edgar Amorim) demite Jacyra (Iracema Starling). Em Lisboa, Elisa (São José Correia) precisa descobrir se a facada que deu em Alberto (Felipe Camargo) foi fatal ou não e Arthur (Carlos Vieira) a acompanha. Samuel (Michel Bercovitch) os recebe com a pistola em punho. Irônico, Alberto provoca os dois irmãos com a promissória assinada por Arthur. De volta a Resende, Domingos diz para Simão que ele deve se entregar à polícia por ter invadido o quarto de Teresa e, assim, salvar a honra da família. Da Redação

  41. Capítulo

  42. Ângela sabe que Antônia está apaixonada pelo padre Dinis Simão (Miguel Thiré) não sabe o que fazer, pois teme que seu plano de fuga incrimine o pai. Tadeu (Antônio Grassi) parte em viagem para o Rio de Janeiro e ordena aos escravos e capangas que vigiem Teresa (Anna Sophia Folch), que está trancada no quarto. Simão pede ajuda de Júlia (Natália Luiza), a Maria Louca da vila, para descobrir o que aconteceu com Teresa na noite anterior. Mateus (Pedro Lamares) sugere que o amigo confesse ter invadido o quarto da amada, para livrar Domingos (Flávio Galvão) de qualquer suspeita de cumplicidade. Aníbal (Edgar Amorim) faz o acerto de contas com Jacyra (Iracema Starling). Júlia ronda a casa de Tadeu e consegue com Zuza (Gabriel Austin). Rosália (Dani Ornellas) chega e as duas fazem um pacto secreto para ajudar Simão e Teresa. Joaquim (Erom Cordeiro) percebe a movimentação e espanta a mendiga. Mateus elabora um plano para ajudar Simão e precisa de roupas de Dona Rita (Ana Bustorff). Depois de mais uma humilhação de Alberto (Felipe Camargo), Elisa (São José Correia) dá um ultimato ao irmão: ou salva a honra da família, ou será expulso de casa. Enquanto isso, Alberto sonha encontrar a mulher de sua vida no Brasil. Na fazenda, Álvaro (Celso Frateschi) quer voltar logo para casa e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) tenta convencê-lo a ficar. No Rio de Janeiro, Antônia (Suzy Rêgo) dá a Ângela (Graziella Moretto) o seu consentimento para vir morar na casa dela, junto com Padre Dinis (Virgílio Castelo) e o filho Pedro (Bruno Gradim). Ângela confessa que sabe do amor de Antônia pelo padre. Frei Adriano (Lafayette Galvão) aconselha o Padre Dinis a ter cuidado com Álvaro. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) não se contém de felicidade e vai até a casa de Manuel (Leonardo Carvalho) dar-lhe a notícia da gravidez de Adelaide (Leonor Seixas). Simão decide assumir a culpa diante da justiça por invadir o quarto de Teresa e Domingos celebra a decisão do filho. Ele fica revoltado quando Júlia conta que Teresa foi espancada pelo pai e confinada no próprio quarto. Teresa sente na pele o que é ser espancada como um escravo. Rosália limpa suas feridas e a consola. Simão vai até a Câmara assinar a confissão e Jacinto (Júlio Levy) informa que após a assinatura, o rapaz deverá ser preso. Da Redação

  43. Capítulo

  44. Tadeu escolhe Baltazar para se casar com Teresa. Teresa (Anna Sophia Folch) não gosta de Baltazar (Marcos Breda) e afirma que não se casará com ele. Tadeu (Antônio Grassi) ameaça: ou ela casa imediatamente, ou irá para um convento. Em Resende, Ana (Bruna Brignol) e Mateus (Pedro Lamares) declaram o amor que sentem um pelo outro. Simão (Miguel Thiré) se revolta ao saber sobre o noivo que Tadeu escolheu para Teresa. No Rio, mesmo sob ameaça, Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) enfrenta Álvaro (Celso Frateschi). O barão desiste de atirar. Antônia (Suzy Rêgo) acha que Eugênia pode ser a sua filha desaparecida. Padre Dinis (Virgílio Castelo) confessa ao Frei Adriano (Lafayette Galvão) que há muito tempo não recebe notícia dos filhos. Elisa (São José Correia) procura Arthur (Carlos Vieira) por toda Lisboa e decide comunicar o desaparecimento à polícia. Domingos (Flávio Galvão) marca um encontro com Jacyra (Iracema Starling). Simão planeja roubar armas da Câmara Municipal para poder fugir com Teresa. Tadeu Dias vai cobrar a dívida de João (Reinaldo Gonzaga), pois o tiro que ele deu no juiz não foi fatal. Jacinto (Júlio Levy) e a guarda revistam a casa de Tadeu para prendê-lo. Baltazar vê uma valise no quarto de Teresa e deduz que ela planeja fugir. Mariana (Julianne Trevisol) quer ajudar Simão a realizar o seu plano. Ana revela aos pais que ama Mateus. Baltazar explica para Tadeu que a prisão dele pode ser usada como motivo para matar Simão. Antônia vai até a casa de Álvaro e pergunta por Eugênia. Da Redação

  45. Capítulo

  46. Arthur morre ao tentar matar Alberto Álvaro (Celso Frateschi) e Padre Dinis (Virgílio Castelo) lutam com espadas e Ângela (Graziella Moretto) desmaia na carruagem. O padre manda Pedro (Bruno Gradim) levá-la para casa. Padre Dinis consegue desarmar Álvaro, que pede para morrer de uma vez. Em Resende, a guarda pára Júlia (Natália Luiza) e Simão (Miguel Thiré), disfarçado de beata, no largo do chafariz, mas eles não são descobertos. Domingos (Flávio Galvão) acusa Mateus (Pedro Lamares) de ser cúmplice de Simão e ele decide deixar a casa do juiz. Ana (Bruna Brignol) não esconde a tristeza. Júlia leva Simão, com trajes de beata, para se hospedar num dos quartos da taberna de Aníbal (Edgar Amorim), que não desconfia de nada. Ângela chega à casa de Padre Dinis ardendo em febre. Em Lisboa, Arthur (Carlos Vieira) entra no escritório de Alberto (Felipe Camargo) completamente embriagado e, com a arma em punho, exige do ex-pirata, a sua promissória. Numa ação rápida, Alberto consegue se aproximar de Arthur e tenta desarmá-lo. Os dois lutam e um tiro é disparado. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) propõe a Manuel que eles fujam. Diante do corpo de Arthur, Alberto se penaliza, mas sabe que agiu em legítima defesa. Agora, a preocupação dele é esconder o cadáver e pede a ajuda de Samuel (Michel Bercovitch). Na hospedaria, Mateus bate a porta de Simão que, sem saber quem é, tem de se virar para imitar uma beata. Em seu quarto, Teresa suspira e chora pelo amado. Joaquim (Erom Cordeiro) impede Rosália (Dani Ornellas) de servir o jantar para Teresa (Anna Sophia Folch). Alberto e Samuel estão à beira do rio prontos para jogar o corpo de Arthur quando surgem dois guardas. Da Redação

  47. Capítulo

  48. Domingos vê Jacyra e o filho dormindo na praça Alberto (Felipe Camargo) e Samuel (Michel Bercovitch) conseguem enganar os dois guardas que os abordam e se livram do corpo de Arthur (Carlos Vieira) No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) chega em casa depois de duelar com o Barão de Barbacena e providencia um médico para tratar de Ângela (Graziella Moretto). Antônia (Suzy Rêgo)está admirada com a bravura do padre. Ângela pede para o Padre Dinis rezar por ela. Tísica, ela deseja ter saúde para poder desfrutar da companhia do filho por mais tempo, embora seu estado de saúde seja grave. Álvaro (Celso Frateschi) se embebeda e confessa a Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) que sempre amou Ângela. Dinis pede para Frei Adriano (Lafayette Galvão) ministrar a extrema-unção em Ângela e Pedro (Bruno Gradim) não quer deixar, pois acha que isto significa que sua mãe está para morrer. Em Resende, Joaquim (Erom Cordeiro) vai ao quarto de Teresa (Anna Sophia Folch) para provocá-la. Ela não entende o porquê de tanto ódio do irmão. Zuza (Gabriel Austin) cochila enquanto limpa as botas de Joaquim e Rosália (Dani Ornellas) o desperta a tempo de não ser flagrado. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) aponta Adelaide (Leonor Seixas) para o misterioso homem que ele contratou e lhe dá uma quantia. Ana (Bruna Brignol) e Rita (Ana Bustorff) se encaminham para a igreja. A portuguesa se incomoda ao ver Jacyra (Iracema Starling) e Tabara (Caio Vydal) dormindo no chão do largo do chafariz e vai avisar a Domingos (Flávio Galvão), que fica chocado ao ver a índia na rua. Em Lisboa, Alberto e Samuel estão de partida para o Brasil e dão de cara com Elisa (São José Correia), que quer saber notícias de Arthur. Domingos reúne os vereadores para restabelecer a justiça em Resende e decreta a prisão imediata de Tadeu Dias (Antônio Grassi), sob a mesma acusação de tráfico de armas, escravos e especiarias. Da Redação

  49. Capítulo

  50. Ângela descobre que Eugênia sempre a protegeu Os vereadores temem enfrentar Tadeu Dias (Antônio Grassi), mas Domingos (Flávio Galvão) insiste que o comerciante seja preso. Alberto (Felipe Camargo) tenta convencer Elisa (São José Correia) de que não fez mal a Arthur (Carlos Vieira). Os dois se despedem definitivamente e a portuguesa declara todo o seu amor. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) vai até a casa de Estevão (Nuno Pardal) e escondido, entrega um bilhete para Adelaide (Leonor Seixas). Depois que descobriu que o pai é um matador de aluguel, Mariana (Julianne Trevisol) não o trata como antes. Júlia (Natália Luiza) passa para Rosália (Dani Ornellas) um recado de Simão (Miguel Thiré): ele buscará sua amada às dez da noite. Joaquim (Erom Cordeiro) autoriza levar um pequeno lanche para a irmã e a escrava consegue falar com Teresa (Anna Sophia Folch). Armado, Álvaro (Celso Frateschi) sai à caça de Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Ângela (Graziella Moretto). Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) está convencida de que sua missão naquela casa terminou. Na casa do Padre Dinis, Ângela está bem melhor. Luzia (Vanessa Pascale) revela que era Eugênia quem mais protegia a baronesa das crueldades de Álvaro. Eugênia está de partida e confessa para Álvaro que nunca o amou. O barão não aceita ser abandonado mais uma vez e a ameaça com uma arma de fogo. Em Lisboa, Elisa continua sem notícias sobre o irmão. Alberto e Samuel deixam a cidade e seguem para o Brasil. De volta a Resende, Mariana (Julianne Trevisol) chora ao ouvir de Júlia que Simão ama outra mulher. Tadeu chega de viagem e traz consigo, Baltazar (Marcos Breda), um primo da família escolhido para ser o futuro marido de Teresa. Da Redação

  51. Capítulo

  52. Tadeu escolhe Baltazar para se casar com Teresa Teresa (Anna Sophia Folch) não gosta de Baltazar (Marcos Breda) e afirma que não se casará com ele. Tadeu (Antônio Grassi) ameaça: ou ela casa imediatamente, ou irá para um convento. Em Resende, Ana (Bruna Brignol) e Mateus (Pedro Lamares) declaram o amor que sentem um pelo outro. Simão (Miguel Thiré) se revolta ao saber sobre o noivo que Tadeu escolheu para Teresa. No Rio, mesmo sob ameaça, Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) enfrenta Álvaro (Celso Frateschi). O barão desiste de atirar. Antônia (Suzy Rêgo) acha que Eugênia pode ser a sua filha desaparecida. Padre Dinis (Virgílio Castelo) confessa ao Frei Adriano (Lafayette Galvão) que há muito tempo não recebe notícia dos filhos. Elisa (São José Correia) procura Arthur (Carlos Vieira) por toda Lisboa e decide comunicar o desaparecimento à polícia. Domingos (Flávio Galvão) marca um encontro com Jacyra (Iracema Starling). Simão planeja roubar armas da Câmara Municipal para poder fugir com Teresa. Tadeu Dias vai cobrar a dívida de João (Reinaldo Gonzaga), pois o tiro que ele deu no juiz não foi fatal. Jacinto (Júlio Levy) e a guarda revistam a casa de Tadeu para prendê-lo. Baltazar vê uma valise no quarto de Teresa e deduz que ela planeja fugir. Mariana (Julianne Trevisol) quer ajudar Simão a realizar o seu plano. Ana revela aos pais que ama Mateus. Baltazar explica para Tadeu que a prisão dele pode ser usada como motivo para matar Simão. Antônia vai até a casa de Álvaro e pergunta por Eugênia. Da Redação

  53. Capítulo

  54. Grávida, Adelaide é empurrada na escadaria de Coimbra Desconfiado, Álvaro (Celso Frateschi) diz para Antônia (Suzy Rêgo) que Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) saiu de sua casa. Numa praia deserta, Eugênia pede uma orientação a Iemanjá e sem destino certo, acaba por pegar uma carruagem que a leva a Resende. O comissário da polícia fica encantado por Elisa (São José Correia) e promete interrogar Leopoldo de Saavedra, falsa identidade que Alberto (Felipe Camargo) usa em Lisboa. Baltazar (Marcos Breda) convence Tadeu (Antônio Grassi) a aceitar a prisão para justificar o assassinato de Simão (Miguel Thiré) caso ele tente fugir com Teresa (Anna Sophia Folch). Mariana (Julianne Trevisol) promete que vai estar no local que Simão indicou na hora combinada. Ainda vestido de beata, Simão engana Jacinto (Júlio Levy) e rouba duas espingardas de dentro da sala de armas da Câmara Municipal. Tadeu avisa a Teresa que ela deve obediência a Baltazar enquanto estiver preso. De volta ao Rio, Padre Dinis (Virgílio Castelo) faz um carinho em Antônia (Suzy Rêgo). Luzia (Vanessa Pascale) estranha a cena. Eugênia consegue um emprego na taberna de Aníbal (Edgar Amorim) Ana e Mateus estão apaixonados e se beijam.. Em Coimbra, um homem se aproxima de Adelaide (Leonor Seixas) e a empurra do alto de uma escadaria. Da Redação

  55. Capítulo

  56. Joaquim prepara armadilha para matar Simão O homem que empurrou Adelaide (Leonor Seixas) pelas escadas de Coimbra confirma a Manuel (Leonardo Carvalho) que o serviço está feito. Estevão (Nuno Pardal) e Manuel saem da biblioteca e avistam Adelaide desmaiada no chão. Eles a levam para casa e chamam um médico. Mateus (Pedro Lamares) quer provar para Domingos (Flávio Galvão) que tem boas intenções com Ana (Bruna Brignol) Teresa (Anna Sophia Folch) e Baltazar (Marcos Breda) jantam juntos e a moça barra todas as investidas do primo. Domingos (Flávio Galvão) deixa a Câmara e pede reforço na guarda para a chegada de Tadeu (Antônio Grassi). Domingos quer tirar Jacyra (Iracema Starling) da rua e lhe oferece dinheiro, mas a índia recusa. O juiz pergunta se Tabara (Caio Vydal) é seu filho. Aníbal (Edgar Amorim) vê os dois se beijarem no beco. Domingos diz a Jacyra que terá de expulsá-la da cidade se ela não sair da praça em três dias. Júlia (Natália Luiza) desconfia de um envolvimento do juiz com a índia. Teresa sente-se culpada, pois sabe que Rosália (Dani Ornellas) será castigada por tê-la deixado fugir. A escrava manda o filho Zuza (Gabriel Austin) dormir na rua. Em Coimbra, Estevão encontra o bilhete de Manuel escondido dentro do vestido de Adelaide, mas não tem tempo de ler, pois o médico anuncia que ela perdeu o bebê. Desesperado, Manuel tenta pegar o bilhete do bolso da camisa de Estevão. Mariana (Julianne Trevisol) acha que nunca mais verá Simão e lhe rouba um beijo. Joaquim, Aníbal e os escravos se posicionam num lugar estratégico para impedir a fuga de Simão e Teresa. João (Reinaldo Gonzaga) promete ajudar Simão. José (Ronnie Marruda) promete para Rosália que não vai atirar em Simão. Baltazar vai dormir e Teresa só espera a hora combinada para descer do quarto. Simão se despede de Júlia. Adelaide dorme. Estevão se lembra do bilhete e o lê.

  57. Capítulo

  58. Júlia vê Domingos aos beijos com Jacyra Rita (Ana Bustorff) convence o Padre Bernardo (Adriano Reys) a ir à casa de Tadeu Dias (Antônio Grassi) procurar por Simão (Miguel Thiré). Teresa (Anna Sophia Folch) continua a apanhar do pai. Rosália (Dani Ornellas) teme pela vida dela. Baltazar (Marcos Breda) consegue fazer o tio parar e promete para a prima que vai ajudá-la. Padre Bernardo chega à casa de Tadeu e é mal recebido por ele e pelo filho. Mas Baltazar logo acolhe o padre para manipulá-lo e fazê-lo acreditar que Teresa foi violentada por Simão e seu bando. Teresa pede para Rosália descobrir se o amado está vivo. No Rio de Janeiro, Frei Adriano (Lafayette Galvão) aceita abrigar Ângela (Graziella Moretto) no convento. Ele se preocupa com Pedro (Bruno Gradim), agora que o barão sabe da sua existência e sugere ao Padre Dinis (Virgílio Castelo) mandá-lo para fora do Brasil. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) se desespera ao encontrar o bilhete de Manuel (Leonardo Carvalho) numa roupa de Estevão (Nuno Pardal) À bordo do navio, Samuel (Michel Bercovitch) não quer correr o risco de ser mal recebido no Brasil e elimina o sobrenome judeu Goldberg. Baltazar finge estar do lado de Teresa e pede para ela confirmar a versão da história que ele contou ao padre. Padre Bernardo desconfia e pede para conversar a sós com Teresa. Simão ainda delira e tenta se levantar da cama, mas João (Reinaldo Gonzaga) o segura. Júlia (Natália Luiza) flagra Domingos (Flávio Galvão) e Jacyra (Iracema Starling) aos beijos. Da Redação

  59. Capítulo

  60. Excepcionalmente hoje não haverá exibição de Paixões Proibidas

  61. Capítulo

  62. Elisa reconhece corpo de Arthur Mariana (Julianne Trevisol) reza pela vida de Simão (Miguel Thiré), que muito ferido, delira com o nome de Teresa (Anna Sophia Folch). Joaquim (Erom Cordeiro) quer castigar Rosália (Dani Ornellas) e Zuza (Gabriel Austin) por eles terem ajudado Teresa a fugir, mas Baltazar (Marcos Breda) não permite. Zuza conta para Júlia (Natália Luiza) o que aconteceu com Teresa. Em Lisboa, Elisa (São José Correia) reconhece o corpo de Arthur (Carlos Vieira). Ela está convencida de que Leopoldo de Saavedra, falsa identidade de Alberto (Felipe Camargo), é o assassino do irmão. De volta a Resende, Baltazar solicita ao juiz Domingos de Azevedo (Flávio Galvão) a imediata libertação de Tadeu (Antônio Grassi). Rita (Ana Bustorff) desmaia ao saber que o filho foi atingido no peito por um tiro. Aníbal (Edgar Amorim) conta para Tadeu que viu Domingos e Jacyra (Iracema Starling) se beijando. Tadeu planeja chantagear o juiz. Simão está entre a vida e a morte. Baltazar propõe ao juiz um acordo: ele liberta Tadeu, que, em troca, assina um documento isentando Domingos de qualquer participação nos acontecimentos da noite anterior. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) conta a Manuel (Leonardo Carvalho) que descobriu que Adelaide (Leonor Seixas) tem um amante e promete lavar sua honra com o sangue dos dois. No Rio de Janeiro, Ângela (Graziella Moretto) tem medo de que o Álvaro (Celso Frateschi) ache-a na casa do Padre Dinis (Virgílio Castelo). O Barão de Barbacena descobre o endereço do padre. Mateus (Pedro Lamares) resolve ir ao Rio de Janeiro pedir ajuda a Antônia (Suzy Rêgo). Álvaro chega à casa de Padre Dinis com a polícia e se surpreende quando Pedro (Bruno Gradim) diz que é filho de Ângela. Domingos e Tadeu se reúnem para uma conversa a portas fechadas.

  63. Capítulo

  64. Teresa é espancada pelo pai como castigo pela tentativa de fuga Domingos (Antônio Grassi) e Tadeu (Flávio Galvão) trocam acusações sobre o passado. O juiz perde a cabeça e aponta a arma para o inimigo. Padre Dinis (Virgílio Castelo) impede a guarda de revistar sua casa, mas não consegue evitar que Álvaro (Celso Frateschi) reapodere-se da escrava Luzia (Vanessa Pascale). Em Lisboa, Elisa afirma à polícia de que tem certeza de que Leopoldo é o assassino de Arthur (Carlos Vieira). À bordo de um navio para o Brasil, Alberto (Felipe Camargo) flerta com uma viúva. Em Resende, Joaquim (Erom Cordeiro) promete mandar José (Ronnie Marruda) de volta a fazenda e faz Rosália (Dani Ornellas) comer, do chão, a comida que ela levava para Teresa (Anna Sophia Folch). A febre de Simão (Miguel Thiré) não cede e João (Reinaldo Gonzaga) acha que ele não resistira. Domingos e Tadeu preferem ver os filhos mortos do que juntos. O juiz se vê obrigado a aceitar a proposta de Baltazar (Marcos Breda) e liberta Tadeu. Sem notícias de Simão, D. Rita (Ana Bustorff) reza para tentar se acalmar. Ana (Bruna Brignol) também está preocupada com Mateus (Pedro Lamares). Simão acorda e chama por Teresa. Mariana (Julianne Trevisol) chora. No Rio de Janeiro, Luzia não conta para Álvaro onde está Ângela (Graziella Moretto). Padre Dinis quer levar a baronesa para um convento, pois acredita ser a única maneira de protegê-la. Tadeu esclarece a Joaquim que ele deve obedecer a Baltazar. Tadeu espanca Teresa por causa da tentativa de fuga.

  65. Capítulo

  66. Rita e Ana procuram por Simão Corajosa, Teresa (Anna Sophia Folch) reafirma o amor por Simão (Miguel Thiré) e Tadeu (Antônio Grassi) não pára de surrá-la. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) quer proteger Ângela (Graziella Moretto) da vingança de Álvaro (Celso Frateschi) e levá-la para um convento. Pedro (Bruno Gradim) não aceita se separar de novo da mãe. Álvaro quer castigar Luzia (Vanessa Pascale) pela traição e a manda tirar a roupa, humilhando-a. Mateus (Pedro Lamares) chega ao Rio de Janeiro e pede ajuda a D.Antônia (Suzy Rêgo). Os dois partem para Resende. Com maus pressentimentos, Dinis planeja ir a Lisboa visitar os filhos. Enquanto isso, Arthur (Carlos Vieira) é enterrado e Elisa (São José Correia) jura vingança. A caminho do Brasil, Alberto (Felipe Camargo) seduz uma bela viúva. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) chora a perda do bebê e, mesmo dividido, Estevão (Nuno Pardal) a ampara. O homem contratado por Manuel (Leonor Seixas) para empurrar Adelaide da escada dá um prazo de um dia para ele pagá-lo pelo serviço. Em Resende, a febre de Simão não cessa e o rapaz continua a delirar, chamando por Teresa. Domingos (Flávio Galvão) desconsidera Simão como filho e proíbe D.Rita (Ana Bustorff) e Ana (Bruna Brignol) de pronunciarem o nome dele dentro de casa. Mãe e filha decidem sair em busca de notícias sobre Simão. Rita acha que Simão pode estar na casa de Tadeu Dias e pede para o Padre Bernardo (Adriano Reys) ir até lá averiguar.

  67. Capítulo

  68. Júlia vê Domingos aos beijos com Jacyra Rita (Ana Bustorff) convence o Padre Bernardo (Adriano Reys) a ir à casa de Tadeu Dias (Antônio Grassi) procurar por Simão (Miguel Thiré). Teresa (Anna Sophia Folch) continua a apanhar do pai. Rosália (Dani Ornellas) teme pela vida dela. Baltazar (Marcos Breda) consegue fazer o tio parar e promete para a prima que vai ajudá-la. Padre Bernardo chega à casa de Tadeu e é mal recebido por ele e pelo filho. Mas Baltazar logo acolhe o padre para manipulá-lo e fazê-lo acreditar que Teresa foi violentada por Simão e seu bando. Teresa pede para Rosália descobrir se o amado está vivo. No Rio de Janeiro, Frei Adriano (Lafayette Galvão) aceita abrigar Ângela (Graziella Moretto) no convento. Ele se preocupa com Pedro (Bruno Gradim), agora que o barão sabe da sua existência e sugere ao Padre Dinis (Virgílio Castelo) mandá-lo para fora do Brasil. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) se desespera ao encontrar o bilhete de Manuel (Leonardo Carvalho) numa roupa de Estevão (Nuno Pardal) À bordo do navio, Samuel (Michel Bercovitch) não quer correr o risco de ser mal recebido no Brasil e elimina o sobrenome judeu Goldberg. Baltazar finge estar do lado de Teresa e pede para ela confirmar a versão da história que ele contou ao padre. Padre Bernardo desconfia e pede para conversar a sós com Teresa. Simão ainda delira e tenta se levantar da cama, mas João (Reinaldo Gonzaga) o segura. Júlia (Natália Luiza) flagra Domingos (Flávio Galvão) e Jacyra (Iracema Starling) aos beijos. Da Redação

  69. Capítulo

  70. Iludida por Baltazar, Teresa acusa Simão Domingos (Flávio Galvão) e Jacyra (Iracema Starling) beijam-se apaixonadamente. Chocada, Júlia (Natália Luiza) sai sem ser vista e chora escondida. Domingos insiste para que a índia aceite algum dinheiro. Baltazar (Marcos Breda) explica o Tadeu (Antônio Grassi) e Joaquim (Erom Cordeiro) que vai ajudar Teresa (Anna Sophia Folch) a encontrar Simão (Miguel Thiré) e assim matá-lo. Iludida pelas promessas de Baltazar, Teresa faz uma falsa confissão a Padre Bernardo (Adriano Reys) e afirma que Simão e seus homens a violentaram. Rosália (Dani Ornellas) ouve os homens da casa comemorarem terem conseguido enganar Teresa e o padre Bernardo. Baltazar orienta Tadeu a espalhar o boato de que Teresa foi ferida quando Simão tentou raptá-la e agora está à beira da morte. Na taberna, Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) serve Domingos e entretém os fregueses. Aníbal (Edgar Amorim) a observa, cada vez mais interessado. No Rio de Janeiro, Padre Dinis (Virgílio Castelo) combina com Frei Adriano (Lafayette Galvão) levar Ângela (Graziella Moretto) para o convento. A mãe de Pedro (Bruno Gradim) continua muito doente. Em sua casa, Álvaro (Celso Frateschi) bebe até se embriagar. À bordo do navio e a caminho do Brasil, Alberto (Felipe Camargo) flerta com uma jovem viúva (Mariana Costa Pinto) Em Lisboa, Elisa (São José Correia) segue deprimida e chora a morte do irmão. Padre Dinis decide voltar a Europa para rever os filhos Arthur (Carlos Vieira) e Elisa e matricular Pedro numa escola. Na casa do juiz, D. Rita (Ana Bustorff) e Ana (Bruna Brignol) se recusam a acreditar nas palavras de Padre Bernardo e preocupadas, decidem procurar por Simão. Na taberna, Domingos assiste surpreso Tadeu espalhar o boato de que Teresa está entre a visa e a morte por causa de Simão. Tadeu conhece Eugênia e encantado, confessa a Aníbal que ela será dele custe o que custar. No largo do chafariz, Jacyra percebe a tristeza de Júlia, que não a explica porque chora. Rosália cuida dos ferimentos de Teresa. Na casa do ferreiro, Simão segue sendo cuidado por Mariana (Julianne Trevisol), que está cada vez mais apaixonada. Mateus (Pedro Lamares) chega do Rio de Janeiro e traz Antônia (Suzy Rêgo) para cuidar de Simão. João (Reinaldo Gonzaga) se encanta com a beleza de Antônia. Padre Dinis leva chá para Ângela, mas não encontra Pedro em casa. Na casa do barão de Barbacena, Pedro aparece dizendo que precisa ter uma conversa de homem para homem com Álvaro. Da Redação

  71. Capítulo

  72. Pedro e Álvaro se enfrentam num duelo Pedro (Bruno Gradim) exige de Álvaro (Celso Frateschi) uma explicação por ter enclausurado Ângela (Graziella Moretto) durante tanto tempo. Luzia se preocupa e tenta evitar atritos entre os dois. Padre Dinis (Virgílio Castelo) tenta disfarçar para Ângela a preocupação com Pedro, que saiu sem avisar. Álvaro e Pedro se exaltam e iniciam um duelo de espadas. O barão consegue desarmar o rapaz . Jacinto (Júlio Levy) vê Mateus (Pedro Lamares), mas não tem coragem de abordá-lo. Mateus espera Domingos (Flávio Galvão) sair e entra na casa do juiz para trazer notícias de Simão (Miguel Thiré). O juiz volta à casa e prende Mateus. O homem que empurrou Adelaide (Leonor Seixas) das escadarias de Coimbra dá um prazo final para Manuel (Leonardo Carvalho) lhe pagar pelo serviço e ele pede ajuda da própria esposa de Estevão (Nuno Pardal). Mateus não revela para o juiz o paradeiro de Simão. Domingos manda a guarda revistar todas as casas da cidade. Teresa (Anna Sophia Folch) não desiste de Simão e prefere ir para o convento a casar com Baltazar (Marcos Breda), que pede para Tadeu (Antônio Grassi) deixá-lo tentar amolecer o coração da prima e tomá-la por esposa. Para espanto de Padre Bernardo (Adriano Reys), Ana (Bruna Brignol) e Rita (Ana Bustorff) lhe pedem para descobrir, com Mateus, onde Simão está escondido. Em Coimbra, Adelaide reconhece o homem que lhe empurrou da escada conversando com Manuel. Da Redação

  73. Capítulo

  74. Elisa descobre que Leopoldo é um nome falso de Alberto Adelaide (Leonor Seixas) tenta correr atrás do homem, mas Manuel (Leonardo Carvalho), que finge não conhecê-lo, a segura. Enquanto isso, Estevão (Nuno Pardal) relê o bilhete e, transtornado, dá um soco na porta e fere a mão. Adelaide cuida do ferimento de Estevão. Armado com uma faca, ele e Manuel saem atrás do homem que tentou assassinar sua esposa. Em Resende, Padre Bernardo (Adriano Reys) vai até a prisão falar com Mateus (Pedro Lamares), que se recusa a revelar o paradeiro de Simão (Miguel Thiré) Baltazar (Marcos Breda) e impede Jacinto (Júlio Levy) de entrar em sua casa à procura de Simão. Na casa do ferreiro, a febre de Simão passa e ele reconhece Mariana (Julianne Trevisol) e Antônia (Suzy Rêgo) Em Lisboa, Elisa (São José Correia) se dá conta de que Leopoldo de Saavedra é uma identidade falsa, pois o detetive não achou nenhuma pista dele. A duquesa decide procurar por Samuel Goldberg (Michel Bercovitch) No navio, Samuel conta a Alberto (Felipe Camargo) sobre o erro que cometeu sem eu passado, quando roubou todo o dinheiro de uma mulher de quem era amante. No Rio de Janeiro, Carlos (Igor Kovalewski) promete para Emília (Ana Kutner) que um dia lhe dará uma vida confortável. Em Resende, Antônia fala para Mariana sobre sua mãe, que teve toda fortuna roubada por um homem chamado Samuel Adams. Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Pedro (Bruno Gradim) saem com Ângela para o convento, mas Álvaro (Celso Frateschi) os intercepta. Da Redação

  75. Capítulo

  76. Álvaro captura Ângela. Álvaro (Celso Frateschi) chega para buscar Ângela (Graziella Moretto) na hora da partida para o convento e Padre Dinis (Virgílio Castelo) não oferece resistência, pois sabe que o barão tem a lei do seu lado. Baltazar (Marcos Breda) propõe a Teresa (Anna Sophia Folch) uma troca: ele a apresenta à sociedade do Rio de Janeiro como sua noiva para alcançar um cargo de prestígio e, depois, facilita a fuga da prima para Europa com Simão (Miguel Thiré). Consciente, Simão tenta se levantar da cama, pois quer buscar notícias de Teresa. Mariana (Julianne Trevisol) pede para o pai conseguir as informações, já que também foi vista no tiroteio. Álvaro beija Ângela à força e ela tem um forte acesso de tosse. Frei Adriano (Lafayette Galvão) sugere ao Padre Dinis procurar por uma terceira pessoa que conheça a história de Ângela para provar a Álvaro que ela é inocente. Depois de saber pelo detetive que Samuel (Michel Bercovitch) foi para o Brasil, Elisa (São José Correia) está decidida a ir para a colônia. Manuel (Leonardo Carvalho) e Estevão (Nuno Pardal) procuram pelas ruas de Coimbra o homem que tentou assassinar Adelaide (Leonor Seixas). O português acha que ele é, também, o amante da esposa e promete matá-lo. Domingos (Flávio Galvão) promete conceder a Mateus (Pedro Lamares) a liberdade se ele revelar o paradeiro de Simão. Teresa aceita a proposta de noivado de Baltazar, mas exige uma prova de que o primo quer mesmo ajudá-la. Joaquim (Erom Cordeiro) amarra Zuza (Gabriel Austin), pois ele saiu de casa sem sua permissão. Bêbado, Álvaro arranca a roupa de Ângela para possuí-la como esposa. Da Redação

  77. Capítulo

  78. Mariana beija Simão Ângela (Graziella Moretto) sabe que Álvaro (Celso Frateschi) tem direitos perante a lei e se entrega ao marido. Padre Dinis (Virgílio Castelo) quer provar para o barão que Ângela é inocente e foi obrigada pelo pai a enganar o barão. O padre decide, então, procurar o cigano que lhe vendeu Pedro, ainda bebê. A caminho do Brasil, Alberto (Felipe Camargo) transa com a viúva (Mariana Costa Pinto) que vem paquerando num corredor do navio. Elisa (São José Correia) prepara suas bagagens para a viagem ao Brasil. Ângela se sente humilhada após transar com Álvaro. Em Resende, Baltazar (Marcos Breda) quer levar Teresa (Anna Sophia Folch) para o Rio de Janeiro e pede permissão a Tadeu (Antônio Grassi). Diante de Rosália (Dani Ornellas), Joaquim (Erom Cordeiro) castiga Zuza (Gabriel Austin) com a palmatória por ele ter saído de casa sem avisá-lo. Júlia (Natália Luiza) convence Jacinto (Júlio Levy) a deixá-la entrar na cadeia para falar com Mateus (Pedro Lamares). O português pede para a mendiga avisar Simão (Miguel Thiré) sobre a revista que o juiz mandou fazer em todas as casas da cidade. Tadeu cobra mais uma vez dívida que João (Reinaldo Gonzaga) tem com ele e manda o ex-matador atirar em Simão diante do pai. Joaquim quer surrar Teresa, mas desiste quando ela fala de Baltazar como seu futuro noivo. Tadeu manda Aníbal (Edgar Amorim) readmitir Jacyra (Iracema Starling) para trabalhar na taberna. Mariana (Julianne Trevisol) dá um beijo apaixonado em Simão.

  79. Capítulo

  80. Padre Dinis decide mandar Pedro estudar em Portugal Depois do beijo, Simão (Miguel Thiré) se preocupa com Mariana (Julianne Trevisol), pois ele ama Teresa (Anna Sophia Folch) e não quer vê-la sofrer. VEJA AS FOTOS! Pedro (Bruno Gradim) está disposto a ir até as últimas conseqüências com o barão para ter de volta a companhia da mãe. Padre Dinis (Virgílio Castelo) decide mandá-lo para Lisboa para evitar uma tragédia. Júlia (Natália Luiza) avisa a Simão sobre a revista em todas as casas da cidade e conta que Teresa está à beira da morte. Baltazar (Marcos Breda) visita Mateus e conta sobre seu trato com Teresa. O advogado promete tirá-lo da cadeia para ele intermediar a troca de cartas entre Simão e Teresa. Antônia (Suzy Rêgo) oferece a sua casa, no Rio de Janeiro, para Simão se refugiar. Padre Dinis promete para Pedro que conseguirá libertar Ângela (Graziella Moretto) e a levará para viver junto com ele em Coimbra. O padre sai em busca do cigano Come-Facas. Álvaro (Celso Frateschi) manda Luzia (Vanessa Pascale) instalar Ângela em seu quarto. Simão tem uma recaída e não tem condições de fugir no lombo de um cavalo. João (Reinaldo Gonzaga) promete arrumar uma carroça, mas só para o dia seguinte. Agora que sabe que Jacyra (Iracema Starling) tem um caso com o juiz, Tadeu (Antônio Grassi) quer mantê-la sempre por perto. Desconfiada, Jacyra não ter certeza vai pensar se volta a trabalhar na taberna, Tadeu invade o quarto de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e a beija à força. D. Rita (Ana Bustorff) está mais animada depois que recebeu notícias do filho e Ana (Bruna Brignol) irrita Domingos (Flávio Galvão) ao falar sobre a prisão e Mateus. Baltazar pede para Teresa escrever uma carta para Simão. A moça confia cada vez mais no primo. Ângela afirma que não guarda nenhum sentimento bom para Álvaro. Sem ver saída para seu dilema, o barão aponta a pistola para própria cabeça e aperta o gatilho.

  81. Capítulo

  82. Ângela confessa que está apaixonada Ângela (Graziella Moretto) tenta retirar a arma de fogo das mãos de Álvaro (Celso Frateschi). Um tiro é disparado. Álvaro entrega a arma à baronesa e pede que ela o mate, pois senão ele irá matar o misterioso homem que ela diz amar. Na taberna do Aníbal (Edgar Amorim), Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) permite que Tadeu (Antônio Grassi) a veja totalmente nua somente para poder empurrá-lo de roupa e tudo na banheira. Depois de recompostos, ela ameaça Tadeu com um punhal, surpreendendo a todos os fregueses. Júlia (Natália Luiza) aconselha Jacyra (Iracema Starling), que não sabe se aceita ou não voltar a trabalhar na taberna. Na prisão, Mateus (Pedro Lamares) ceia com Jacinto (Júlio Levy) e conta porque veio parar no Brasil. Na casa do juiz, Ana (Bruna Brignol) enfrenta o pai e o acusa de ser injusto por ter mandado prender Simão (Miguel Thiré) e Mateus. Com saudades da Europa, D. Rita desdenha da vida no Brasil. Na casa do ferreiro, João (Reinaldo Gonzaga) decide sair em busca de uma carroça. Antônia (Suzy Rêgo) aconselha Mariana (Julianne Trevisol) a desistir da paixão impossível que é Simão. De volta ao Rio de Janeiro, Ângela confessa a Luzia (Vanessa Pascale) que está apaixonada, mas se recusa a revelar-lhe o nome do amado. Em um acampamento cigano na praia, Padre Dinis (Virgílio Castelo) procura pelo cigano de nome Come-Facas, mas o mais velho da comunidade não tem notícias dele há mais de anos. À bordo e uma navio a caminho do Brasil, Alberto (Felipe Camargo) transa com a viúva num canto escuro do convés. Depois conversa com Samuel (Michel Bercovitch) e afirma que quer enterrar seu passado como pirata e cigano. Em Resende, Zuza (Gabriel Austin) sofre com os ferimentos nas mãos depois de apanhar de Joaquim (Erom Cordeiro). Baltazar (Marcos Breda) fala para Rosália (Dani Ornellas) e o menino que se Teresa (Anna Sophia Folch) se casar com ele, os dois não sofrerão mais pois ele os levará consigo. Tadeu ordena Joaquim a ir para o Rio de Janeiro com Teresa e a seguir as ordens de Baltazar. Simão agradece aos cuidados de Teresa e tenta dizê-la que não a ama como ela a ele. Na praia, Padre Dinis vê quando Álvaro, embriagado, tenta o suicídio se jogando no mar e pede ajuda a um grupo de ciganos.

  83. Capítulo

  84. Antônia aconselha Simão a se afastar de Mariana Com a ajuda de alguns ciganos, Padre Dinis (Virgílio Castelo) evita o suicídio do Barão de Barbacena, retirando Álvaro (Celso Frateschi) do mar. Em Resende, Antônia (Suzy Rêgo) se ofende quando o ferreiro João (Reinaldo Gonzaga) elogia sua beleza. Mariana (Julianne Trevisol) fica constrangida quando Simão (Miguel Thiré) fala na frente do pai e de D. Antônia que ama Teresa (Anna Sophia Folch). O ferreiro briga com o rapaz porque está colocando sua família em risco. À bordo do navio, Samuel (Michel Bercovitch) insiste a Alberto (Felipe Camargo) que no Brasil quer ser chamado de Samuel Adams. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) é rude com Adelaide (Leonor Seixas) e continua à caça do homem que a atacou. Manuel (Leonardo Carvalho) faz amor com uma prostituta brasileira, a ameaça e rouba todo o dinheiro dela. De volta a Resende, D. Rita (Ana Bustorff) se nega a fazer amor com o marido Domingos (Flávio Galvão)devido à preocupação quanto ao paradeiro do filho Simão. Enquanto isso, Ana (Bruna Brignol) sai de casa escondida dos pais. Ela vai à Câmara pedir a Jacinto (Júlio Levy) que a deixe ver Mateus (Pedro Lamares), que está preso. Na praça do chafariz, Jacyra (Iracema Starling) fica intrigada quando Júlia (Natália Luiza) refere-se ao juiz Domingos pelo nome. Na cela, Mateus revê Ana e revela que Simão está bem e não corre mais riscos, mas se recusa dizer onde ele está. Quando retorna a sua casa, Ana é surpreendida pela mãe, D. Rita. Na casa do ferreiro, D. Antônia aconselha Simão a não dar esperanças a Mariana e logo que possível que se afaste dela, afim de que não a magoe ainda mais. Jacyra pergunta se Júlia conhece Domingos há muito tempo e a louca da praça afirma que sabe do romance da índia com o juiz. As duas trocam confidências e Júlia conta toda sua história com Domingos. No Rio de Janeiro, Padre Dinis chega com o Barão de Barbacena carregado e tem que enfrentar a rudez de Serafim, escravo da casa do barão. Ângela (Graziella Moretto) convence o escravo a deixar que o padre entre na casa. Depois de cuidar do barão, Padre Dinis desarma o escravo a convida Ângela a fugir com ele.

  85. Capítulo

  86. Tadeu revele porque ele e Domingos são inimigos há anos Padre Dinis (Virgílio Castelo) imobiliza o escravo de Álvaro (Celso Frateschi) e dá a chance de Ângela (Graziella Moretto) escapar, mas a baronesa se recusa a fugir. Ela revela ao padre que o marido a violentou e que depois tentou se matar, o que para ela mostra que o barão também é vítima do amor. Ângela também revela que está apaixonada por um homem. Em Resende, Júlia (Natália Luiza) confessa a Jacyra (Iracema Starling) que conhece Domingos (Flávio Galvão) e Tadeu (Antônio Grassi) há mais de anos, desde que chegou de Portugal e viveu com os pais num pequeno povoado onde os dois hoje inimigos também viviam. As duas fazem um pacto de segredo e amizade. Tadeu conta a Baltazar que a inimizade que tem por Domingos de Azevedo começou quando ambos conheceram ainda jovens, a filha de comerciantes portugueses, Júlia. Tadeu revela que Júlia se entregou a ele, mas escolheu se casar com Domingos. Ele então revelou ao adversário que a noiva se entregara para ele. Domingos então humilhou Júlia no altar da igreja, no dia do casamento, que acabou por não acontecer. Ângela aconselha ao Padre Dinis a procurar pela parteira que a ajudou quando o filho Pedro nasceu. Teresa (Anna Sophia Folch) entrega a carta que escreveu para Simão (Miguel Thiré) a Baltazar (Marcos Breda). Zuza (Gabriel Austin) mostra os ferimentos feitos pela palmatória ao amigo Tabara (Caio Vydal) Na casa do ferreiro, Antônia admira o físico de João, que trabalha na ferraria. Dizendo-se advogado de Mateus (Pedro Lamares), Baltazar vai ao juiz exigir a libertação do jovem com a justificativa de que não havia nenhum português na noite em que Simão foi a casa de Tadeu ver Teresa. O juiz flagra o escrivão Jacinto (Júlio Levy) ouvindo a conversa por trás da porta. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) sofre ameaças do homem que contratou para atacar Adelaide (Leonor Seixas) porque lhe deve dinheiro. Ele então vai a Estevão (Nuno Pardal) e revela que encontrou o homem. Mateus é libertado, mas desconfia das intenções de Baltazar. Ele pede ajuda a Júlia, pois vai até Simão e teme ser seguido. De volta ao Rio de Janeiro, Álvaro acorda e Ângela revela que foi o Padre Dinis quem o salvou no mar.

  87. Capítulo

  88. Simão recebe uma carta de Teresa Álvaro (Celso Frateschi) não entende porque Padre Dinis (Virgílio Castelo) salvou sua vida. Ângela (Graziella Moretto) não fugiu porque quer provar ao barão a sua inocência. Padre Dinis procura a mulher que fez o parto de Pedro (Bruno Gradim). Em Resende, Jacyra (Iracema Starling) aceita voltar para a taberna, mas não fica muito satisfeita por ter de dividir o quarto com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Teresa (Anna Sophia Folch) está ansiosa para receber a resposta de Simão (Miguel Thiré) Mateus (Pedro Lamares) retorna à casa de João (Reinaldo Gonzaga) e Júlia (Natália Luiza) o acompanha de longe para ter certeza de que a guarda não o seguiu. O rapaz entrega a carta de Teresa (Anna Sophia Folch) sem Mariana (Julianne Trevisol) perceba. Domingos (Flávio Galvão) treina esgrima com a filha Ana (Bruna Brignol). Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) confessa a Jacyra (Iracema Starling) que já amou um homem. Em Lisboa, Elisa (São José Correia) assusta a sua criada (Adriana Prado) com sua sede de vingança e se prepara para a viagem ao Brasil. Já que foi surrada pelo pai mesmo sem ter entregado seu corpo a Simão, Teresa promete para Rosália (Dani Ornellas) que da próxima vez não hesitará em fazê-lo. Simão está radiante com a carta de Teresa e Mariana se entristece, pois acaba por descobrir que ele escreve para a amada. Padre Dinis encontra Fernão (Geraldo Mateus), o barão de Rio Seco.

  89. Capítulo

  90. Mariana se entrega a Simão enquanto ele delira Fernão (Geraldo Mateus) tenta negar que é o pai de Ângela (Graziella Moretto), mas acaba confiando nas intenções do padre e lhe faz confissões. Ângela revela para Luzia (Vanessa Pascale) que está apaixonada e Álvaro (Celso Frateschi) ouve. Pedro (Bruno Gradim) se esconde no quintal da casa de Álvaro para saber notícias da mãe. Fernão quer inocentar a filha diante do barão e decide lhe falar que Ângela foi obrigada a mentir para conseguir o casamento. Simão (Miguel Thiré) dorme e delira por Teresa (Anna Sophia Folch). Mariana (Julianne Trevisol) se despe e faz sexo com o rapaz, que está inconsciente. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) e Estevão (Nuno Pardal) encontram e espancam o homem que tentou assassinar Adelaide (Leonor Seixas). Manuel dá um soco em Estevão, que cai desmaiado, e se prepara para matar o homem que ele mesmo contratou. O pai de Mariana, João (Reinado Gonzaga) por pouco não flagra a filha se entregando para Simão. Mateus (Pedro Lamares) vai partir com Simão, mas antes promete a Ana (Bruna Brignol) que voltará para buscá-la. João prepara a carroça para a partida e a guarda chega para fazer a revista em sua casa. Mariana tenta impedir. Jacinto (Júlio Levy) entra no quarto de Mariana, percebe alguém na cama, por debaixo dos lençóis e puxa.

  91. Capítulo

  92. Manuel mata o homem que atacou Adelaide Jacinto (Júlio Levy) se depara com Antônia (Suzy Rêgo) em trajes íntimos. Simão (Miguel Thiré) está escondido debaixo da cama. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) mata o homem e, ao perceber a chegada da patrulha, incrimina Estevão, que continua desacordado. Estevão tenta se explicar com os guardas, mas vai para a cadeia. Adelaide (Leonardo Carvalho) se desespera. Júlia (Natália Luiza) está desconfiada porque viu João (Reinaldo Gonzaga) conversando com Tadeu (Antônio Grassi). O estado de Simão (Miguel Thiré) piora e ele não pode viajar. Baltazar (Marcos Breda) entrega a carta de Simão para Teresa, que se emociona ao ler. No Rio de Janeiro, Álvaro (Celso Frateschi) agradece ao Padre Dinis (Virgílio Castelo) e promete a Pedro (Bruno Gradim) nunca mais ser violento, desde que não mexam mais com ninguém da casa dele. Dinis acha que Fernão (Geraldo Mateus) vai aliviar o próprio fardo ao rever Ângela (Graziella Moretto) e inocentá-la. Manuel brinda sozinho à realização de seus planos. Agora, o brasileiro quer voltar a terra natal como advogado. Aníbal (Edgar Amorim) tenta evitar, mas Tadeu manda todos saírem da taberna e ameaça Eugênia (Maria Carolina Ribeiro)com um revólver.

  93. Capítulo

  94. Álvaro descobre que Ângela sempre foi inocente Em troca de ter-lhe salvado a vida, Padre Dinis (Virgílio Castelo) pede para que Álvaro (Celso Frateschi) escute o que Fernão (Geraldo Mateus) tem a dizer. Fernão confessa para Álvaro toda sua culpa pelos erros que cometeu e inocenta Ângela (Graziella Moretto). O Barão se sente mal por ter sido injusto com a mulher que amou estes anos todos. Em Resende, José (Ronnie Marruda) trata Zuza (Gabriel Austin) e Rosália (Dani Ornellas) com ternura. Tadeu (Antônio Grassi) e Joaquim (Erom Cordeiro) viajam para receberem uma nova remessa ilegal de escravos. Júlia (Natália Luiza os vê) e vai até a casa deles saber de Rosália se eles irão passar a noite fora. Antônia (Suzy Rêgo), João (Reinaldo Gonzaga), Mateus (Pedro Lamares) e Simão (Miguel Thiré) estão de partida para o Rio de Janeiro e Júlia chega para lhes avisar que Teresa (Anna Sophia Folch) está praticamente sozinha em casa, na companhia apenas de Baltazar (Marcos Breda) Domingos (Flávio Galvão) e Rita (Ana Bustorff) estão na expectativa para a chegada de Manuel (Leonardo Carvalho). Baltazar dá uma aula de etiqueta com talheres para Teresa e ao perceber o que se passa do lado de fora da casa, a faz subir para o quart, mas é rendido por João com um revólver apontado contra a nuca. Apoiado em Mateus, Simão entra na casa e sobe até o quarto de Teresa. Antônia os espera do lado de fora. Ângela perdoa Álvaro por tê-la maltratado por tantos anos. Mas o Barão ainda carrega o peso da culpa e sai de casa em disparada, sem dizer para onde vai. Teresa não quer fugir com Simão.

  95. Capítulo

  96. Simão beija Mariana Ângela (Graziella Moretto) se emociona, mas desabafa com o pai por lhe ter causado estes anos todos de sofrimento. Luzia (Vanessa Pascale) está preocupada, pois Álvaro (Celso Frateschi) está para chegar. Jacinto (Júlio Levy) está encantado com a beleza de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Domingos (Flávio Galvão) sabe que Tadeu (Antônio Grassi) pode se livrar facilmente da acusação de Eugênia e decide armar um flagrante. Baltazar (Marcos Breda) impressiona Tadeu e irrita Joaquim (Erom Cordeiro) com seus esclarecimentos sobre a política européia. Teresa (Anna Sophia Folch) escreve mais uma carta para Simão (Miguel Thiré) e, desta vez, Baltazar a queima no fogão. Agora, o advogado quer tratar de levar adiante o combinado com a prima e planeja a festa de noivado e uma viagem ao Rio de Janeiro. Baltazar pede permissão a Tadeu para levar Teresa para o Rio de Janeiro. Como a moça não deve viajar sozinha com o noivo, Joaquim, a contragosto, deverá acompanhá-los. Eugênia decide continuar a trabalhar na taberna. Fernão (Geraldo Mateus) conta para Eugênia que o irmão dela morreu ao tentar defendê-la do escárnio público. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) tem certeza que Manuel (Leonardo Carvalho) é o assassino do crime que ele foi acusado. Baltazar acha que poderá matar Simão no Rio de Janeiro. Rosália (Dani Ornellas) pede para Teresa levá-la junto para o Rio de Janeiro, pois tem medo e ficar sozinha com Tadeu e Joaquim. Simão e Mariana (Julianne Trevisol) beijam-se na despedida. Álvaro se surpreende ao se deparar com o pai de Ângela em sua própria casa.

  97. Capítulo

  98. Álvaro descobre que Ângela sempre foi inocente Em troca de ter-lhe salvado a vida, Padre Dinis (Virgílio Castelo) pede para que Álvaro (Celso Frateschi) escute o que Fernão (Geraldo Mateus) tem a dizer. Fernão confessa para Álvaro toda sua culpa pelos erros que cometeu e inocenta Ângela (Graziella Moretto). O Barão se sente mal por ter sido injusto com a mulher que amou estes anos todos. Em Resende, José (Ronnie Marruda) trata Zuza (Gabriel Austin) e Rosália (Dani Ornellas) com ternura. Tadeu (Antônio Grassi) e Joaquim (Erom Cordeiro) viajam para receberem uma nova remessa ilegal de escravos. Júlia (Natália Luiza os vê) e vai até a casa deles saber de Rosália se eles irão passar a noite fora. Antônia (Suzy Rêgo), João (Reinaldo Gonzaga), Mateus (Pedro Lamares) e Simão (Miguel Thiré) estão de partida para o Rio de Janeiro e Júlia chega para lhes avisar que Teresa (Anna Sophia Folch) está praticamente sozinha em casa, na companhia apenas de Baltazar (Marcos Breda) Domingos (Flávio Galvão) e Rita (Ana Bustorff) estão na expectativa para a chegada de Manuel (Leonardo Carvalho). Baltazar dá uma aula de etiqueta com talheres para Teresa e ao perceber o que se passa do lado de fora da casa, a faz subir para o quart, mas é rendido por João com um revólver apontado contra a nuca. Apoiado em Mateus, Simão entra na casa e sobe até o quarto de Teresa. Antônia os espera do lado de fora. Ângela perdoa Álvaro por tê-la maltratado por tantos anos. Mas o Barão ainda carrega o peso da culpa e sai de casa em disparada, sem dizer para onde vai. Teresa não quer fugir com Simão.

  99. Capítulo

  100. Teresa e Simão fazem amor Teresa (Anna Sophia Folch) não quer fugir com Simão (Miguel Thiré), pois acha arriscado e confia na promessa de Baltazar (Marcos Breda) em ajudá-los. Simão se anima ao saber que Teresa também irá para o Rio de Janeiro, mas sente ciúmes de Baltazar, que irá acompanhá-la até lá. No Rio de Janeiro, Ângela (Graziella Moretto) confessa para o Padre Dinis (Virgílio Castelo) que o ama. De início, Pedro (Bruno Gradim) não reage muito bem quando Padre Dinis lhe apresenta o avô Fernão (Geraldo Matheus). Completamente apaixonada, Teresa se entrega ao amor de Simão. Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) está de partida e aproveita os últimos momentos em Portugal na cama com uma prostituta. Adelaide o flagra e o acusa de ter cometido o assassinato o bebê que ela abortou. De volta a Resende, Jacinto (Júlio Levy) está encantado por Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Aníbal (Edgar Amorim) fica com ciúmes. Do lado de fora da casa de Tadeu (Antônio Grassi), Antônia (Suzy Rêgo) e Júlia (Natália Luiza) esperam apreensivas na carroça. Dentro da casa, Baltazar se sente humilhado com a demora de Teresa e Simão no quarto. Na casa do Barão de Barbacena, Fernão tenta se redimir com Pedro ao contar para Álvaro (Celso Frateschi) que Ângela é inocente, mas o rapaz reluta em perdoar o avô. Álvaro prepara uma arma e ameaça Fernão: diante dos fatos, um deles deve morrer.

  101. Capítulo

  102. Alberto e Samuel chegam ao Brasil Fernão (Geraldo Mateus) só tem forças para fazer um último desejo e morre pedindo perdão a Ângela e a Pedro por todas as desgraças que causou. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) recusa a proposta de casamento de Aníbal (Edgar Amorim). Simão (Miguel Thiré) chega à casa de Antônia (Suzy Rêgo) ardendo em febre. Mateus (Pedro Lamares) corre para chamar um médico, enquanto João (Reinaldo Gonzaga) quer voltar logo para a casa, pois Mariana (Julianne Trevisol) está sozinha. No café da manhã, Tadeu (Antônio Grassi) está de bom-humor por adquirir novos escravos de forma ilegal e nem desconfia do ocorrido na casa na noite anterior. De volta ao Rio de Janeiro, Ângela não deseja mal a Álvaro (Celso Frateschi), pois sabe que ele também é vítima dos erros de Fernão. Álvaro se sente injustiçado e entrega o próprio destino a Deus ao se jogar no mar. Eugênia vai conversar com o juiz e Jacinto (Júlio Levy), encantado pela moça, consegue fazê-la passar a frente de outras pessoas. Ela planeja, com Domingos (Flávio Galvão), se vingar legalmente de Tadeu. Joaquim (Erom Cordeiro) mata um escravo que tentou fugir da fazenda. José (Ronnie Marruda) tenta conter a raiva. Revoltado, um dos escravos tenta atacar Joaquim, mas o filho de Tadeu Dias consegue vencê-lo na luta. Teresa conta a Rosália (Dani Ornellas) que se entregou a Simão. Alberto (Felipe Camargo) e Samuel (Michel Bercovitch) chegam ao Brasil e vão direto ao escritório que alugaram. O judeu não vê a hora de encontrar Cecília Valente para saldar a dívida que tem com ela. No cortiço onde mora, Emília (Ana Kutner) recebe uma ordem de despejo.

  103. Capítulo

  104. Alberto e Samuel chegam ao Brasil Fernão (Geraldo Mateus) só tem forças para fazer um último desejo e morre pedindo perdão a Ângela e a Pedro por todas as desgraças que causou. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) recusa a proposta de casamento de Aníbal (Edgar Amorim). Simão (Miguel Thiré) chega à casa de Antônia (Suzy Rêgo) ardendo em febre. Mateus (Pedro Lamares) corre para chamar um médico, enquanto João (Reinaldo Gonzaga) quer voltar logo para a casa, pois Mariana (Julianne Trevisol) está sozinha. No café da manhã, Tadeu (Antônio Grassi) está de bom-humor por adquirir novos escravos de forma ilegal e nem desconfia do ocorrido na casa na noite anterior. De volta ao Rio de Janeiro, Ângela não deseja mal a Álvaro (Celso Frateschi), pois sabe que ele também é vítima dos erros de Fernão. Álvaro se sente injustiçado e entrega o próprio destino a Deus ao se jogar no mar. Eugênia vai conversar com o juiz e Jacinto (Júlio Levy), encantado pela moça, consegue fazê-la passar a frente de outras pessoas. Ela planeja, com Domingos (Flávio Galvão), se vingar legalmente de Tadeu. Joaquim (Erom Cordeiro) mata um escravo que tentou fugir da fazenda. José (Ronnie Marruda) tenta conter a raiva. Revoltado, um dos escravos tenta atacar Joaquim, mas o filho de Tadeu Dias consegue vencê-lo na luta. Teresa conta a Rosália (Dani Ornellas) que se entregou a Simão. Alberto (Felipe Camargo) e Samuel (Michel Bercovitch) chegam ao Brasil e vão direto ao escritório que alugaram. O judeu não vê a hora de encontrar Cecília Valente para saldar a dívida que tem com ela. No cortiço onde mora, Emília (Ana Kutner) recebe uma ordem de despejo.

  105. Capítulo

  106. Emília está grávida de Carlos Joaquim (Erom Cordeiro) coloca o escravo amarrado sobre um formigueiro e pede para José (Ronnie Marruda) jogar mel sobre ele. Enquanto Emília (Ana Kutner) recebe a carta de despejo, Carlos (Igor Kovalewsky) se esforça para fazer seu aluno tocar violino. Samuel (Michel Bercovitch) não sabe como fazer para encontrar Cecília Valente. Apesar de já ter melhorado o braço, Tadeu (Antônio Grassi) não deixa Aníbal (Edgar Amorim) tirar a tipóia, pois quer explorar esse fato para incriminar ainda mais Simão (Miguel Thiré). Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) se insinua para Tadeu e pede para ele aparecer à noite em seu quarto. Em seu último dia em Portugal, Manuel (Leonardo Carvalho) acorda com a prostituta e a expulsa do seu quarto. Estevão (Nuno Pardal) está desesperado na prisão e quer provar que Manuel é o verdadeiro assassino. Ele fala sobre o bilhete que achou a Adelaide (Leonor Seixas), que não confessa a traição. Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Pedro (Bruno Gradim) fazem o enterro de Fernão (Geraldo Matheus). João (Reinaldo Gonzaga) está de partida e declara para Antônia (Suzy Rêgo) todo o seu amor. José (Ronnie Marruda) planeja fugir para o quilombo, mas só se Rosália (Dani Ornellas) e Zuza (Gabriel Austin) também fugirem com ele. Teresa (Anna Sophia Folch) quer saber por que Joaquim tem tanta implicância com Zuza. Rosália desconversa. Mesmo na miséria, Carlos fica radiante quando Emília diz que espera um filho seu. Eles decidem pedir ajuda financeira ao Padre Dinis. Simão (Miguel Thiré) continua tendo delírios de febre. Frei Adriano (Lafayette Galvão) aconselha Padre Dinis a assumir seu amor por Antônia. José vai até Rosália perguntar se ela quer fugir para o quilombo e se declara para a escrava. Baltazar (Marcos Breda) e João se esbarram na taberna e se reconhecem. Tadeu fica desconfiado.

  107. Capítulo

  108. Tadeu descobre que Simão tentou mais uma vez fugir com Teresa Rosália (Dani Ornellas) está com medo de fugir. José (Ronnie Marruda) lhe dá um beijo e a pede em casamento. Tadeu (Antônio Grassi) desconfia, mas mesmo assim, apresenta formalmente João (Reinaldo Gonzaga) a Baltazar (Marcos Breda). No Rio de Janeiro, Álvaro (Celso Frateschi) anda nu pela praia e é espancado por um grupo de negros maltrapilhos. Padre Dinis (Virgílio Castelo) está a sua procura. Na taberna, Tadeu desrespeita Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e a moça joga vinho nele. Padre Dinis fica enciumado ao ouvir Mateus (Pedro Lamares) comentar que João gosta de Antônia (Suzy Rêgo). Em Coimbra, Manuel (Leonardo Carvalho) prepara sua mala para a partida. Na cadeia, Estevão (Nuno Pardal) jura que se vingará dele com as próprias mãos. João teme que Baltazar acabe contando para Tadeu que ele é cúmplice de Simão (Miguel Thiré). Diante da pressão de Tadeu, Baltazar acaba por revelar sobre a última tentativa de fuga de Simão e Teresa (Anna Sophia Folch), quando ficou sob a mira de João. Joaquim (Erom Cordeiro) sai com os escravos para se vingar de João. Baltazar teme pela vida de Simão, pois acha que, sob tortura, João vai acabar revelando o paradeiro dele. Antônia se declara e beija o Padre Dinis.

  109. Capítulo

  110. Eugênia se muda para a casa do Juiz Domingos Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) desafia Tadeu (Antônio Grassi) e ele manda Aníbal (Edgar Amorim) demiti-la da taberna. Em Coimbra, o comissário não dá sequer uma oportunidade para Estevão (Nuno Pardal) tentar provar que é inocente. A bordo do navio e a caminho do Brasil, Manuel (Leonardo Carvalho) tenta conquistar uma mulher casada. Ao vê-la desamparada, Domingos (Flávio Galvão) convida Eugênia para ser criada em sua casa. D. Rita (Ana Bustorff) fica encantada com Eugênia e a aceita de imediato que ela trabalhe em sua casa. No Rio de Janeiro, Pedro (Bruno Gradim) quer passar uns tempos na casa de Álvaro (Celso Frateschi), junto da mãe. Padre Dinis (Virgílio Castelo) está atormentado e pede conselhos para Frei Adriano (Lafayette Galvão). O padre promete refletir sobre largar ou não o hábito. Ângela (Graziella Moretto) confessa a Antônia (Suzy Rêgo) que se declarou para o Padre Dinis. Zuza (Gabriel Austin) vê José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) se beijarem e aceita que ele seja seu pai. Mariana (Julianne Trevisol) aceita dinheiro de Baltazar (Marcos Breda) para fugir para o Rio de Janeiro com o pai. No Rio de Janeiro Samuel (Michel Bercovitch) encontra Emília (Emília), mas pensa se tratar de Cecília, sua antiga amante.

  111. Capítulo

  112. Mariana é violentada por Joaquim Theobaldo (Renato Rocha) desarma Mariana (Julianne Trevisol) e Joaquim (Erom Cordeiro) a leva para o quarto, onde a jovem é violentada. João (Reinaldo Gonzaga) nada pode fazer para impedir. Baltazar (Marcos Breda) sai para tentar fazer alguma coisa, pois teme que João acabe por contar a Joaquim sobre o paradeiro de Simão (Miguel Thiré). Joaquim marca a pele de João com ferro em brasa, mesmo assim o ferreiro nada revela sobre o destino de Simão. Mariana consegue escapar da vigilância dos escravos e capangas de Joaquim e foge para pedir socorro na casa do juiz. Joaquim se revolta ao perceber que Mariana fugiu e promete matar João se ela chegar lá com a guarda. Na cadeia, Jacinto (Júlio Levy) tripudia de Tadeu (Antônio Grassi), que está preso dentro da cela. Baltazar percebe que a guarda está pronta para sair e pede a ajuda de Zuza (Gabriel Austin) para mostrar-lhe o caminho e chegar primeiro na casa de João. No Rio de Janeiro, Antônia (Suzy Rêgo) comemora a notícia de que sua irmã, Emília (Ana Kutner) está grávida. Carlos (Igor Kovalewsky) reluta, mas acaba por aceitar a ajuda de Padre Dinis (Virgílio Castelo) para poder criar dignamente o filho. De volta a Resende, Baltazar consegue convencer Joaquim a ir embora antes da guarda chegar. O advogado pede para eles deixarem um escravo e o mata assim que ele se distrai. Domingos (Flávio Galvão) chega com a guarda e Baltazar relata que matou o escravo quando tentava apartar uma luta dele com João. Mariana acusa Joaquim, mas o juiz nada pode fazer enquanto ela não tiver provas. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) está satisfeita por ter se vingado de Tadeu e não teme ter que sair da vila. Baltazar quer proteger João e Mariana e aconselha a moça a não incriminar Joaquim. Ele promete levá-la junto com o pai para perto de Simão. Da Redação

  113. Capítulo

  114. Tadeu ameaça revelar romance de Domingos e Jacyra Mariana (Julianne Trevisol) não sabe se aceita a proposta de Baltazar (Marcos Breda) de levá-la junto com o pai para perto de Simão (Miguel Thiré) a fim de protegê-los. No Rio de Janeiro, Simão não consegue manter-se de pé fora da cama. Antônia (Suzy Rêgo) está certa de que o Padre Dinis (Virgílio Castelo) correspondeu de forma amorosa ao seu beijo. O padre está tentado a largar o hábito e pede ajuda divina para orientá-lo. Ângela (Graziella Moretto) tem febre e delira com o nome do marido Álvaro (Celso Frateschi) Em Resende, Domingos (Flávio Galvão) manda Jacinto (Júlio Levy) devolver as roupas de Tadeu (Antônio Grassi) e convocar uma reunião com os vereadores. Ao saber da reunião com os vereadores, Tadeu chantageia Domingos e ameaça revelar que sabe que ele tem um caso com a índia Jacyra (Iracema Starling). Em troca de manter o segredo, o comerciante quer a liberdade. Samuel (Michel Bercovitch) contrata um detetive para achar Cecília, sua antiga amante. Domingos confessa para Rita (Ana Bustorff) a importância do lar e da família em sua vida. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) se desespera ao saber que Manuel (Leonardo Carvalho) já deixou a cidade e está à bordo de um navio à caminho do Brasil. Na cadeia, Estevão (Nuno Pardal) tem certeza de que o ex-amigo é o verdadeiro criminoso, pois fugiu do país. Adelaide não quer acreditar nisso e acaba por confessar que ele era seu amante. De volta a Resende, Baltazar vai até a Câmara Municipal para tentar livrar Tadeu da cela. Domingos chama Tadeu para uma conversa em sua sala. Os ânimos se exaltam e o juiz saca a arma para atirar no rival.

  115. Capítulo

  116. Eugênia se muda para a casa do Juiz Domingos Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) desafia Tadeu (Antônio Grassi) e ele manda Aníbal (Edgar Amorim) demiti-la da taberna. Em Coimbra, o comissário não dá sequer uma oportunidade para Estevão (Nuno Pardal) tentar provar que é inocente. A bordo do navio e a caminho do Brasil, Manuel (Leonardo Carvalho) tenta conquistar uma mulher casada. Ao vê-la desamparada, Domingos (Flávio Galvão) convida Eugênia para ser criada em sua casa. D. Rita (Ana Bustorff) fica encantada com Eugênia e a aceita de imediato que ela trabalhe em sua casa. No Rio de Janeiro, Pedro (Bruno Gradim) quer passar uns tempos na casa de Álvaro (Celso Frateschi), junto da mãe. Padre Dinis (Virgílio Castelo) está atormentado e pede conselhos para Frei Adriano (Lafayette Galvão). O padre promete refletir sobre largar ou não o hábito. Ângela (Graziella Moretto) confessa a Antônia (Suzy Rêgo) que se declarou para o Padre Dinis. Zuza (Gabriel Austin) vê José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) se beijarem e aceita que ele seja seu pai. Mariana (Julianne Trevisol) aceita dinheiro de Baltazar (Marcos Breda) para fugir para o Rio de Janeiro com o pai. No Rio de Janeiro Samuel (Michel Bercovitch) encontra Emília (Emília), mas pensa se tratar de Cecília, sua antiga amante.

  117. Capítulo

  118. Baltazar compra um escravo Samuel (Michel Bercovitch) se apresenta para Emília (Ana Kutner), que fica horrorizada ao saber quem ele é. Carlos (Igor Kovalewsky) chega na hora e tenta agredi-lo em defesa da honra da esposa. O judeu deixa um cartão com o seu endereço. Antônia (Suzy Rêgo) confessa para Ângela (Graziella Moretto) que também ama o Padre Dinis (Virgílio Castelo) e, inclusive, sentiu que foi correspondida quando o beijou. Emília procura por Antônia na casa do Padre Dinis (Virgílio Castelo), mas não a encontra Desmemoriado, Álvaro (Celso Frateschi) é posto para fora da cadeia devido à superlotação das celas. Simão (Miguel Thiré) confessa a Mateus (Pedro Lamares) que não confia nas benfeitorias de Baltazar (Marcos Breda). Em Resende, Baltazar pede e Aníbal (Edgar Amorim) lhe arranja um bom escravo, chamado Quincas (Alexandre Henderson). Joaquim (Erom Cordeiro) desconfia de que José (Ronnie Marruda) está de namoro com outra escrava e resolve vigiá-lo. Desconfiado de que seja Rosália (Dani Ornellas), ele manda José castigar o filho dela, Zuza (Gabriel Austin). Mariana (Julianne Trevisol) viaja para o Rio de Janeiro, mas João (Reinaldo Gonzaga) tem de ficar, pois não tem forças para viajar. Baltazar manda Quincas segui-la para descobrir o paradeiro de Simão. Jacinto (Júlio Levy) vai até a casa de Domingos (Flávio Galvão) e acaba falando do duelo que o juiz fará com Tadeu (Antônio Grassi). Rita (Ana Bustorff) escuta e fica desesperada. Ângela pede para Antônia não abandonar Dinis e Pedro (Bruno Gradim) depois que ela morrer. O padre ouve por detrás da porta.

  119. Capítulo

  120. Preso, Estevão pode ser condenado à morte Padre Dinis (Virgílio Castelo) entra no quarto de Ângela (Graziella Moretto) como se nada tivesse ouvido e avisa Antônia (Suzy Rêgo) que a irmã dela, Emília (Ana Kutner), a espera na sala. Antônia se revolta ao saber que Samuel (Michel Bercovitch) está no Brasil quer se vingar pela mãe delas, que foi roubada por ele no passado. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) fica horrorizada ao saber que Estevão (Nuno Pardal) poderá ser condenado à morte. Em Resende, Tadeu (Antônio Grassi) tenta se reaproximar da filha Teresa (Anna Sophia Folch), mas o desejo da moça de se casar com Simão (Miguel Thiré) o impede. Mariana (Julianne Trevisol) parte para o Rio de Janeiro e Quincas (Alexandre Henderson) dorme ao invés de segui-la. Antônia vai com Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília até a casa de Samuel para acertar as contas com o judeu por todo o mal que causou a sua mãe. Samuel demonstra todo seu arrependimento e oferece metade de sua fortuna para reparar o erro cometido. De volta a Resende, Rita (Ana Bustorff) tenta fazer Domingos (Flávio Galvão) desistir do duelo. Tadeu vai à casa de João e reconhece Júlia (Natália Luiza) José (Ronnie Marruda) se dá conta de que Joaquim (Erom Cordeiro) soube da fuga para o quilombo e corre para a fazenda para tentar avisar para os outros escravos. Os escravos começam a fugir da senzala e Joaquim inicia uma caçada aos fugitivos.

  121. Capítulo

  122. José e Rosália fazem amor Domingos (Flávio Galvão) diz a Rita (Ana Bustorff) que precisa duelar com Tadeu Dias (Antônio Grassi) antes que ele o ataque pelas costas. Joaquim (Erom Cordeiro) persegue e mata vários escravos que tentaram fugir da fazenda de café. Antônia (Suzy Rêgo) e Carlos (Igor Kovalewsky) acham que Emília (Ana Kutner) deveria aceitar o dinheiro de Samuel (Michel Bercovitch) para poder criar o filho que está por vir. Padre Dinis (Virgílio Castelo) decide mandar Ângela (Graziella Moretto) e Pedro (Bruno Gradim) para um outro lugar onde a tísica possa se recuperar melhor. Desmemoriado, Álvaro (Celso Frateschi) vive junto a um grupo de vagabundos na praia. José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) fazem amor e a escrava diz que ele é o primeiro homem com que ela se deita por vontade própria. Sofrendo de amores pelo Padre Dinis, Antônia não vê mais sentido em continuar dividindo o mesmo teto com ele na condição de irmã. Joaquim pendura de cabeça para baixo em uma árvore todos os escravos e começa a surrá-los, inclusive os que já estão mortos. Domingos e Tadeu iniciam o duelo com armas, mas erram os tiros nas duas primeiras tentativas.

  123. Capítulo

  124. Estevão é condenado a morte em Coimbra Padre Bernardo (Adriano Reys) intervém no duelo para impedir que Domingos (Flávio Galvão) e Tadeu (Antônio Grassi) cometam uma desgraça. José (Ronnie Marruda) promete a Zuza (Gabriel Austin) que um dia eles serão livres. Antônia (Suzy Rêgo) pergunta sobre o passado do Padre Dinis (Virgílio Castelo), mas ele se recusa a falar do assunto. Domingos está revoltado com a intervenção do Padre Bernardo no duelo. Ana (Bruna Brignol) admite ao pai que foi ela quem comunicou ao padre. Na fazenda, Joaquim (Erom Cordeiro) continua a castigar os escravos e afirma que só vai parar depois que um deles morrer. José pergunta a Rosália (Dani Ornellas) se Joaquim já abusou dela. Tadeu pede para Zuza lhe avisar quando Júlia (Natália Luiza) chegar à praça. Encabulado, Mateus (Pedro Lamares) conta para Simão (Miguel Thiré) que ele e Ana se amam e já se beijaram. Pelo filho que está por vir, Emília (Ana Kutner) decide aceitar o dinheiro oferecido por Samuel (Michel Bercovitch). Carlos (Igor Kovalewsky) pergunta se o dinheiro é de origem lícita. Agora o ex-banqueiro quer que Antônia também aceite sua oferta. Em Coimbra, Estevão (Nuno Pardal) recebe a sentença de morte e Adelaide (Leonor Seixas) vai pedir-lhe perdão. Mariana (Julianne Trevisol) chega à casa do Padre Dinis e conta a Simão sobre a tortura que Joaquim cometeu em João (Reinaldo Gonzaga) para revelar o paradeiro dele. Simão pergunta a Mariana se Joaquim abusou dela.

  125. Capítulo

  126. Mariana conta a Simão que Joaquim a atacou Mariana (Julianne Trevisol) confirma para Simão (Miguel Thiré) que Joaquim (Erom Cordeiro) abusou dela. Alberto (Felipe Camargo) e Samuel (Michel Bercovitch) se comovem com a história de Antônia (Suzy Rêgo) e prometem achar sua filha perdida em troca do perdão ao ex-banqueiro. Padre Dinis chega e reconhece Alberto como o cigano que lhe vendeu Pedro (Bruno Gradim) ainda bebê. Os dois guardam particularidades um do outro e combinam de mantê-las em segredo. Ângela (Graziella Moretto) acha que Padre Dinis (Virgílio Castelo) guarda um grande segredo. Mariana se aconchega em Simão, que nada pode fazer para se esquivar. Em Resende, Tadeu (Virgílio Castelo) quer que Aníbal lhe ajude a se vingar de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Na casa do juiz, Rita (Ana Bustorff) está encantada com a classe de Eugênia e se comove com o fato de ela ter se perdido da mãe. Alberto se oferece para ajudar no resgate a João (Reinaldo Gonzaga) Armado, Tadeu entra na casa de João e manda Júlia (Natália Luiza) amarrá-lo. O comerciante puxa a mendiga para a sala e a questiona sobre o que ela veio fazer em Resende.

  127. Capítulo

  128. Tadeu quer que Júlia deite-se com ele Júlia (Natália Luiza) conta sobre o seu passado para Tadeu (Antônio Grassi) e revela o motivo do ódio entre ele e Domingos (Flávio Galvão). Júlia fala que foi parar em Resende para ficar mais perto de Domingos e Tadeu confessa que sempre foi apaixonado por ela. Alberto (Felipe Camargo) pede para Samuel (Michel Bercovitch) não acompanhá-lo até Resende devido ao ódio que Antônia (Suzy Rêgo) tem por ele. Baltazar (Marcos Breda) quer organizar a festa do noivado dele com Teresa (Anna Sophia Folch). Mariana (Julianne Trevisol) conta ao Padre Dinis (Virgílio Castelo) a noite de tortura a que Joaquim (Erom Cordeiro) a submeteu junto com o pai. Simão se sente culpado por isso. Júlia pede para Tadeu não revelar a Domingos que ela está na vila, mas ele só aceita manter o silêncio em troca de uma noite de amor com ela. Com a ajuda que oferece, Alberto acha que pode ganhar a confiança de Antônia e, assim, ajudar Samuel. Agora que estão ricos, Emília (Ana Kutner) quer que o marido Carlos (Igor Kovalewsky) se dedique somente a compor suas músicas. Tadeu tortura mais o ferreiro para saber onde se esconde Simão. João nada conta e ele promete matá-lo junto com a filha no dia seguinte. João estranha o fato de Júlia ter ficado tanto tempo conversando com Tadeu. Joaquim flagra José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) aos beijos.

  129. Capítulo

  130. Tadeu quer que José e Rosália procriem Joaquim (Erom Cordeiro) agride Rosália (Dani Ornellas) e José (Ronnie Marruda) parte para cima dele. Rosália teme pela sua vida e pede socorro para Baltazar (Marcos Breda), mas ele não consegue convencer Joaquim a desistir do castigo. Teresa (Anna Sophia Folch) pede ajuda a Baltazar para tentar aliviar o castigo de José. Joaquim (Erom Cordeiro) demonstra sentir ciúme de Rosália. Álvaro (Celso Frateschi) despenca de cima de uma árvore, mas Alberto (Felipe Camargo) consegue salvá-lo antes de ele cair no chão. Tadeu (Antônio Grassi) cobra empenho de Aníbal (Edgar Amorim) para ajudá-lo a se vingar de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Tadeu decide que José e Rosália devem ir juntos para o tronco e depois procriarem, para desespero de Joaquim. Baltazar não consegue fazer nada para impedir. Antônia (Suzy Rêgo) não se sente à vontade com a companhia de Alberto (Felipe Camargo). Tadeu Dias concorda com Baltazar e acha que uma grandiosa festa de noivado para Teresa ajudaria a melhorar sua reputação em Resende. Zuza (Gabriel Austin) teme pela vida da mãe. Joaquim prepara-se para chicotear os dois no tronco.

  131. Capítulo

  132. Mariana conta a Simão que Joaquim a violentou Joaquim (Erom Cordeiro) maltrata José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas). Simão (Miguel Thiré) pede para Mateus (Pedro Lamares) procurar por Teresa (Anna Sophia Folch) em Resende e Mariana (Julianne Trevisol) ouve. Samuel (Michel Bercovitch) vai até a casa de Emília (Ana Kutner) para deixar algum dinheiro, mas Carlos (Igor Kovalewsky) chega e o expulsa. Júlia (Natália Luiza) vai buscar ajuda com Ana (Bruna Brignol) para tirar João (Reinaldo Gonzaga) de sua casa antes que Tadeu (Antônio Grassi) volte para matá-lo. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) se oferece para dirigir a charrete de Rita (Ana Bustorff), às escondidas. Rosália desmaia e Joaquim joga-lhe um balde de água para reanimá-la. Zuza (Gabriel Austin) está preocupado com o que pode acontecer com a mãe e pede a ajuda de Teresa para interceder por eles. Teresa impõe uma condição a Baltazar para o casamento: salvar José e Rosália da fúria de Joaquim e, depois, casá-los. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) pede perdão, mas Estevão (Nuno Pardal) promete matá-la junto com o amante se conseguir a absolvição. De volta a Resende, Joaquim termina de chicotear José e Rosália e os deixa no tronco para passar a noite. João se refugia na caverna de Júlia e Quincas (Alexandre Henderson) os vê partir. João repara no retrato de Domingos (Flávio Galvão) e Júlia revela seu segredo para o ferreiro. Baltazar convence Tadeu de que é importante para chegar até Simão, deixar Rosália e José vivos, pois são escravos de confiança de Teresa. Mariana conta para Simão que foi violentada por Joaquim. Tadeu intercepta Eugênia, que dirige sozinha a charrete.

  133. Capítulo

  134. Joaquim revela paixão por Rosália Baltazar (Marcos Breda) quer preservar a reputação de Tadeu (Antônio Grassi) na vila e o faz desistir de se vingar de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) no meio da rua. Tadeu manda Joaquim (Erom Cordeiro) voltar à fazenda e soltar os escravos. Domingos (Flávio Galvão) pede para Jacyra (Iracema Starling) encontrá-lo na câmara após o expediente. Mariana (Julianne Trevisol) comove Simão (Miguel Thiré) com a história do estupro e o seduz para uma noite de amor. Ângela (Graziella Moretto) está mal de saúde e se preocupa com Álvaro (Celso Frateschi), que continua desaparecido. Júlia (Natália Luiza) conta detalhes de seu passado com Domingos para João (Reinaldo Gonzaga). Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Antônia (Suzy Rêgo) seguem o caminho sozinhos, já que Mateus (Pedro Lamares) teve problemas com o cavalo e Alberto (Felipe Camargo) vai acompanhá-lo até um ferreiro. No Rio de Janeiro, Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) brindam a farta ceia à luz de velas. Baltazar promete para Jacinto (Júlio Levy) que vai ajudá-lo a conquistar Eugênia. Na verdade, trata-se de um plano para ajudar Tadeu a se vingar da moça. Joaquim demonstra ter sentimentos por Rosália. Simão se desculpa com Mariana depois de dizer que se deitou com ela por pena. Padre Dinis e Antônia são surpreendidos por bandidos no momento em que se beijavam na estrada. Jacinto flagra Domingos e Jacyra namorando, transando na sala do juiz.

  135. Capítulo

  136. Baltazar quer organizar a festa de noivado com Teresa Domingos (Flávio Galvão) conta para Jacyra (Iracema Starling) que Tadeu (Antônio Grassi) sabe do caso deles. Domingos faz Jacinto prometer que guardará o segredo de que Jacyra é sua amante. Depois de atender ao pedido de Teresa (Anna Sophia Folch) para salvar José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas), Baltazar (Marcos Breda) quer a recompensa e se apressa para organizar a festa para o seu noivado. Simão (Miguel Thiré) se sente culpado, pois acha que faltou com o respeito com Mariana (Julianne Trevisol). Padre Dinis (Virgílio Castello) e Antônia (Suzy Rêgo) são amarrados pelos bandidos, mas Alberto chega para salvá-los. Tadeu e Aníbal (Edgar Amorim) esperam o juiz Domingos sair da câmara para zombá-lo, pois sabem do caso dele com Jacyra. José pergunta a Teresa se Joaquim (Erom Cordeiro) já atacou Rosália alguma vez. Domingos chega a casa e Rita (Ana Bustorff) o espera no quarto com uma camisola sensual. Tadeu questiona Joaquim sobre o ciúme desmedido que ele sentiu ao ver Rosália e José juntos. Padre Dinis, Alberto, Antônia e Mateus (Pedro Lamares) encontram a casa de João (Reinaldo Gonzaga) vazia e se dividem para procurá-lo em Resende. Mateus pede e Antônia vai à casa do juiz entregar-lhe um recado para Ana (Bruna Brignol).

  137. Capítulo

  138. Tadeu pergunta ao filho Joaquim se Zuza é filho dele Antônia (Suzy Rêgo) chega à casa do juiz e Rita (Ana Bustorff) não dá oportunidade para ela poder falar com Ana (Bruna Brignol) sobre Mateus (Pedro Lamares). Tadeu (Antônio Grassi) quer saber de Joaquim (Erom Cordeiro) se Zuza (Gabriel Austin) é mesmo seu filho. Em Coimbra, Adelaide (Leonor Seixas) deixa uma carta de despedida para Estevão (Nuno Pardal) na prisão e vai para casa arrumar as malas para partir de Portugal. De volta a Resende, Padre Dinis (Virgílio Castelo) procura por Padre Bernardo (Adriano Reis) na igreja, mas não consegue as informações de que necessita. Além disso, Dinis pede ao padre para ir até a casa de Tadeu conseguir uma carta de Teresa (Anna Sophia Folch) para Simão (Miguel Thiré). José (Ronnie Marruda) também acha que Joaquim trata Rosália de uma forma diferente dos outros escravos. Antônia quer ir até a igreja com Ana, mas Rita se convida para acompanhá-las. Júlia (Natália Luiza) deixa João (Reinaldo Gonzaga) na caverna e vai até a ferraria ver se já chegou o socorro. Baltazar (Marcos Breda) encoraja Jacinto (Júlio Levy) e o escrivão decide ir até a casa do juiz para falar com Eugênia. Tadeu ameaça contar toda a verdade para o juiz caso Júlia não se deite com ele até a meia-noite.

  139. Capítulo

  140. Padre Bernardo leva notícias de Simão a Teresa Tadeu (Antônio Grassi) segura Júlia (Natália Luiza) pelo braço. O juiz Domingos (Flávio Galvão) vê e o manda soltá-la, mas não reconhece sua antiga noiva. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) aceita se encontrar com Jacinto (Julio Levy) à noite. Na ausência de Padre Bernardo (Adriano Reys) na igreja, Rita (Ana Bustorff) volta para casa. Ana (Bruna Brignol) e Antônia (Suzy Rêgo) ficam a sós para poderem conversar. Padre Bernardo vai à casa de Tadeu (Antônio Grassi) para dar notícias de Simão (Miguel Thiré) a Teresa (Anna Sophia Folch) e conseguir uma carta da moça. Antônia leva Ana até Matheus (Pedro Lamares), na casa de João (Reynaldo Gonzaga). Domingos não gosta de saber que Ana ficou sozinha com Antônia e pede para Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) buscá-la na igreja. Joaquim (Erom Cordeiro) quase flagra Teresa escrevendo a carta para Simão. Aníbal (Edgar Amorim) tenta avisar Eugênia do perigo que corre e Tadeu chega bem na hora. Alberto (Felipe Camargo) encontra Eugênia e se encanta pela beleza da moça. Baltazar (Marcos Breda) pega a arma de João enquanto ele dorme e o desafia.

  141. Capítulo

  142. Baltazar quer que João mate Joaquim Baltazar (Marcos Breda) diz a João (Reynaldo Gonzaga) que Joaquim (Erom Cordeiro) abusou de Mariana (Julianne Trevisol) e faz uma proposta para o ferreiro: matar o filho de Tadeu (Antônio Grassi) em troca de uma grande quantia em dinheiro. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) não encontra Ana (Bruna Brignol) pelas ruas de Resende. Alberto (Felipe Camargo) pede a Júlia (Natália Luisa) para apresentar-lhe Eugênia. Ângela (Graziella Moretto) não pára de pensar em Álvaro (Celso Frateschi) e quer reencontrá-lo. Álvaro se apresenta e se confessa com Frei Adriano (Lafayette Galvão). Jacinto (Julio Levy) está certo de que se casará com Eugênia e pede para o juiz Domingos (Flávio Galvão) apadrinhar seu casamento. Joaquim vê Rosália (Dani Ornellas) e José (Ronnie Marruda) juntos, o expulsa da cozinha e ameaça abusar de novo da escrava. Tadeu vê Antônia (Suzy Rêgo) na taberna e começa a insultá-la. Padre Dinis (Virgílio Castelo) chega para defendê-la e começa a lutar com o fazendeiro. Baltazar chega para apartar a briga de Tadeu com o Padre Dinis. Ele conta a Tadeu que o plano para pegar Eugênia está arquitetado. Aníbal (Edgar Amorim) não quer maltratar Eugênia, mas Tadeu conta com ele para ajudá-lo a se vingar

  143. Capítulo

  144. Antônia quer que Dinis deixe de ser padre Aníbal (Edgar Amorim) promete a Jacyra (Iracema Starling) que vai avisar a Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) sobre a intenção de Tadeu (Antônio Grassi) de se vingar dela. Rita (Ana Bustorff) questiona Ana (Bruna Brignol), pois Eugênia não a encontrou na igreja. Mas a própria criada livra a filha do juiz das desconfianças da mãe. Depois de saber que sua filha foi violentada, João (Reynaldo Gonzaga) piora seu estado de saúde. Alberto (Felipe Camargo) bebe na taberna e ouve Tadeu arquitetar o plano para maltratar Eugênia. Rosália (Dani Ornellas) pede ajuda para Teresa (Anna Sophia Folch), pois teme que Joaquim (Erom Cordeiro) a violente. Alberto quer impedir que façam mal para Eugênia. Aníbal não quer fazer nada contra a mulher que ama e vai buscar os conselhos do Padre Bernardo (Adriano Reys). Alberto e Eugênia se trombam no largo e se provocam. Antônia (Suzy Rêgo) exige que Dinis (Virgílio Castelo) largue imediatamente o hábito. Tadeu está empenhado em realizar um grande festejo de noivado para Teresa e, assim, mostrar o seu poder na vila. Aníbal vai até a casa do juiz tentar falar com Eugênia, mas não a encontra. Mesmo com dificuldades, João pega a arma e sai da caverna decidido a matar Joaquim. Dinis vai à igreja pegar a carta de Teresa com Padre Bernardo e Rita acaba por ouvi-los falando de Simão (Miguel Thiré). Tadeu vai atrás de João em sua casa, mas encontra Mateus (Pedro Lamares) sozinho e o ameaça de morte se ele não contar onde está Simão.

  145. Capítulo

  146. Álvaro refugia-se num convento Mateus (Pedro Lamares) tem a ponta da espada de Tadeu (Antônio Grassi) na sua garganta, mas se distrai com a chegada de Ana (Bruna Brignol), Mateus o acerta uma cadeira. Padre Dinis (Virgilio Castelo) conta para Rita (Ana Bustorff) toda a verdade do paradeiro de Simão (Miguel Thiré). A portuguesa, agora, quer ver o filho e ameaça contar tudo para Domingos (Flávio Galvão) se o padre não permitir visitá-lo. Mariana (Julianne Trevisol) quer se entregar a Simão, mas ele rejeita. Tadeu acorda furioso e Mateus o observa escondido na mata. Jacyra (Iracema Starling) quer avisar Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) sobre os perigos que ela corre, mas Baltazar (Marcos Breda) a impede. Frei Adriano (Lafayette Galvão) cede uma roupa da ordem para livrar Álvaro (Celso Frateschi) dos trapos que vestia e este pensa em seguir a vida religiosa. João (Reynaldo Gonzaga) entra na igreja se arrastando e cai desmaiado. Tabara (Caio Vydal) e Zuza (Gabriel Austin) o encontram. Tadeu pede para Joaquim (Erom Cordeiro) procurar e matar Mateus. Alberto (Felipe Camargo) se finge de bêbado pelas ruas de Resende e na taberna. Domingos decide abrigar João em sua casa. Ao vê-lo, Rita se lembra da história que Padre Dinis lhe contou e se dá conta de que ele é o homem que se sacrificou por Simão. A portuguesa acaba por revelar isto ao marido.

  147. Capítulo

  148. Tadeu surpreende Eugênia na Câmara Municipal Mesmo depois de ter salvado o seu filho, Domingos (Flávio Galvão) não perdoa João (Reynaldo Gonzaga) e o acusa de ter ajudado um criminoso. Mariana (Julianne Trevisol) chora, pois se sente desprezada por Simão (Miguel Thiré). Teresa (Anna Sophia Folch) pergunta a Rosália (Dani Ornellas) se ela quer se casar com José (Ronnie Marruda). Tadeu (Antônio Grassi) diz a Aníbal (Edgar Amorim) que ele também terá de violentar Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Padre Dinis (Virgilio Castelo) vai até a taberna procurar Alberto (Felipe Camargo), mas se retira logo por causa das ameaças de Tadeu. Alberto conta para Dinis, Antônia (Suzy Rêgo) e Mateus (Pedro Lamares) sobre João, que está abrigado na casa de Domingos. Frei Adriano (Lafayette Galvão) dá conselhos a Álvaro (Celso Frateschi), que sente dificuldade em lembrar do passado. Tadeu sai da taberna com Aníbal e mais três escravos para abusar de Eugênia. Padre Dinis, Alberto e Mateus, que estão escondidos, vão atrás, mas Joaquim (Erom Cordeiro) chega com seus capangas para detê-los. O dois grupos duelam e Mateus fica sob a mira da arma de Joaquim, que o amarra juntamente com Padre Dinis e Alberto. O filho de Tadeu Dias exige saber o esconderijo de Simão. Antônia pede para passar a noite na casa de Domingos. Eugênia chega à câmara e Jacinto (Julio Levy), que está a sua espera, se declara para a moça. Tadeu chega de surpresa e anuncia que ela será sua esta noite.

  149. Capítulo

  150. Antônia descobre que Eugênia é sua filha roubada Na sala do juiz Domingos (Flávio Galvão), Tadeu (Antônio Grassi) dá uma surra em Eugênia (Maria Carolina Ribeiro), com a ajuda dos escravos. Baltazar (Marcos Breda) espera do lado de fora. No Largo do Chafariz, o cabo Cristóvão (Adriano Carvalho) tenta socorrer Alberto (Felipe Camargo), Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Mateus (Pedro Lamares), mas é reprimido pelo bando de Joaquim (Erom Cordeiro), que lhe aponta as armas. Júlia (Natália Luiza) aproveita o momento de distração e consegue desamarrar os três. Domingos só espera a recuperação de João (Reinaldo Gonzaga) para poder ir atrás de Simão (Miguel Thiré). Desamarrados das cordas, Alberto, Dinis e Mateus lutam com Joaquim e seus capangas. Jacinto (Júlio Levy) prende Baltazar. Com uma pistola, invade a sala da câmara e ameaça matar Tadeu se ele não soltar Eugênia. Alberto, Dinis e Mateus chegam à câmara e começam a lutar com Tadeu Dias e seus escravos para salvar Eugênia. João está encantado por Antônia (Suzy Rêgo) e lhe pede um beijo. Júlia vai até a casa do juiz avisar o que está acontecendo na câmara municipal. Domingos sai às pressas. Padre Dinis coloca Tadeu Dias na ponta de sua espada e ordena a todos que se desarmem. Domingos chega e manda Tadeu e seus escravos para a cela, onde já estão Baltazar e Joaquim. Antônia vai cuidar dos ferimentos de Eugênia e descobre que ela é sua filha ao ver a marca de nascença nas suas costas.

  151. Capítulo

  152. Tadeu, Joaquim e Baltazar fogem da cadeia Antônia (Suzy Rêgo) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) se abraçam emocionadas ao se descobrirem mãe e filha a muitos anos separadas. Domingos (Flávio Galvão) pressiona Padre Dinis (Virgílio Castelo) a contar onde está escondido Simão (Miguel Thiré) e ameaça prendê-lo. No Rio de Janeiro, Samuel (Michel Bercovitch) aparece bêbado na casa de Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) para lhes entregar uma parte do dinheiro prometido e tem que ser carregado de volta para casa. Apaixonado, Jacinto (Júlio Levy) se sente culpado pelo ocorrido com Eugênia. Para garantir que o grupo de Padre Dinis não deixará Resende, Domingos convida a todos para passarem a noite em sua casa e alerta Mateus (Pedro Lamares) para que fique longe de Ana (Bruna Brignol). Jacinto permite a fuga de Tadeu (Antônio Grassi), Baltazar (Marcos Breda) e Joaquim (Erom Cordeiro) ao cair nas provocações deles. Baltazar aparece cedo na casa do juiz Domingos e diz que não voltará para a prisão.

  153. Capítulo

  154. Rita e Domingos descobrem o paradeiro de Simão Baltazar (Marcos Breda) desafia o juiz Domingos (Flávio Galvão) ao questionar a justiça na Vila de Resende. Joaquim (Erom Cordeiro) ameaça abusar de Rosália (Dani Ornellas), que amedrontada, propõe casamento a José (Ronnie Marruda), que aceita de imediato. Baltazar fala mal de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Alberto (Felipe Camargo) parte para cima dele. No Rio de Janeiro, Carlos (Igor Kovalewsky) pede para Samuel (Michel Bercovitch) se afastar de Emília (Ana Kutner). Tadeu (Antônio Grassi) monta uma guarda com seus escravos e capangas para ficar de olho em Padre Dinis (Virgílio Castelo) e seu grupo. Ana (Bruna Brignol) e Mateus (Pedro Lamares) se beijam e Rita (Ana Bustorff), escondida, escuta o rapaz revelar o esconderijo de Simão (Miguel Thiré). Jacinto (Júlio Levy) vai até a casa do juiz pedir perdão a Eugênia. Alberto pergunta a Júlia (Natália Luiza) porque ela não foi até a casa do juiz comemorar com eles. Padre Dinis propõe um acordo com Domingos: deixá-lo sair de Resende com João em troca da rendição de Simão. Rita entra na hora e diz que sabe que Simão se esconde na casa do padre. Padre Dinis pergunta a Domingos se Tadeu Dias o ameaça com chantagens. Antônia (Suzy Rêgo) surpreende Alberto e Eugênia num clima romântico. O ex-pirata cobra de Antônia a promessa que ela fez no Rio de Janeiro, de que perdoaria Samuel caso os dois a ajudassem a achar sua filha desaparecida. Baltazar convence Tadeu a casar José e Rosália. Além disso, ele quer transformar sua própria festa de noivado com Teresa em casamento.

  155. Capítulo

  156. Eugênia descobre romance da mãe com Padre Dinis Antes de aceitar a proposta de Domingos (Flávio Galvão) para a rendição de Simão (Miguel Thiré), Padre Dinis (Virgílio Castelo) quer consultar Antônia (Suzy Rêgo). No convento, Álvaro (Celso Frateschi) quer seguir vida religiosa, mas primeiro terá de encarar o seu passado. De volta a Resende, João (Reinaldo Gonzaga) está preocupado, pois Mariana (Julianne Trevisol) e Simão estão sozinhos no Rio de Janeiro. Diante dos passantes, Jacinto (Júlio Levy) desafia Baltazar (Marcos Breda) para um duelo. Baltazar pede a Aníbal (Edgar Amorim) um quarto na taberna, mas ninguém pode saber de nada. Sedutor, Alberto (Felipe Camargo) pede a Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) que o ajude a convencer Antônia a receber o dinheiro prometido por Samuel (Michel Bercovitch). Eugênia ouve Padre Dinis (Virgílio Castelo) dizer a Antônia que não conseguiria viver sem ela. Em nome da dívida que tem com Antônia, Samuel vai à casa de Ângela (Graziella Moretto) oferecer a Pedro (Bruno Gradim) seus préstimos para tentar salvar a vida de sua mãe. Tadeu (Antônio Grassi) segura Júlia (Natália Luiza) e a manda encontrá-lo na casa de João, que está vazia.

  157. Capítulo

  158. Rosália revela que Zuza é filho de Joaquim Tadeu (Antônio Grassi) diz a Júlia (Natália Luiza) que a ama. Pedro (Bruno Gradim) não vê outra saída e aceita a ajuda financeira de Samuel (Michel Bercovitch) para levar Ângela (Graziella Moretto) até Frei Galvão, o padre milagreiro de São Paulo. Jacinto (Júlio Levy) conta a Domingos (Flávio Galvão) seu plano para prender de vez Tadeu Dias. Padre Dinis (Virgílio Castelo) vai ao Rio de Janeiro negociar a rendição de Simão (Miguel Thiré). Mariana (Julianne Trevisol) revela a Simão que foi seu pai o autor do disparo no ombro que quase matou o juiz. Antônia (Suzy Rêgo) confessa a Ângela que ama Dinis e sabe que é correspondida, mas trata-se de um amor impossível. Na casa de João (Reinaldo Gonzaga), Júlia rouba a arma de Tadeu e lhe acerta um tiro no joelho. Mesmo assim o comerciante reage e a mendiga o golpeia na cabeça, fazendo-o desmaiar. Alberto (Felipe Camargo) escuta Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) dizer que fechou seu coração para o amor. Joaquim (Erom Cordeiro) pede a Aníbal (Edgar Amorim) um quarto na taberna. Júlia revela a Baltazar (Marcos Breda) o que fez com Tadeu Dias. Em troca do seu silêncio, o advogado pede que a mendiga o ajude a falar com João. Mateus (Pedro Lamares) e Alberto vão a casa de João pegar algumas mudas de roupas para o ferreiro. Zuza (Gabriel Austin) descobre que é filho de Joaquim ao ouvir a confissão de Rosália (Dani Ornellas) a Teresa (Anna Sophia Folch).

  159. Capítulo

  160. João Araújo pede Antônia em casamento Zuza (Gabriel Austin) se recusa a acreditar que é filho de Joaquim (Erom Cordeiro). Rosália (Dani Ornellas) conta a José (Ronnie Marruda) que Joaquim era bom para ela e que a tinha até prometido casamento. Mas tudo mudou quando ela ficou grávida e Zuza nasceu. Na casa do ferreiro, Mateus (Pedro Lamares) e Alberto (Felipe Camargo) encontram Tadeu desacordado e muito ferido. Quincas (Alexandre Henderson) aparece e ataca Mateus, que acaba machucado o braço. Baltazar (Marcos Breda) interrompe a luta e os convence a irem embora. Na taberna, Júlia (Natália Luiza) pede que Aníbal (Edgar Amorim) e Joaquim (Erom Cordeiro) socorram Tadeu. Rita (Ana Bustorff) sente-se enganada por Antônia (Suzy Rêgo), pois ela não lhe revelou o paradeiro de Simão (Miguel Thiré). Domingos (Flávio Galvão) exige que João (Reinaldo Gonzaga), ainda em recuperação dos ferimentos que sofreu, revele o paradeiro de Simão. João revela que sua filha Mariana (Julianne Trevisol) foi violentada por Joaquim e mesmo assim não contou onde se esconde o filho do juiz. Domingos pede que João o ensine a chegar ao local, pois já sabe que Simão está na casa do Padre Dinis (Virgílio Castelo) no Rio de Janeiro. Tadeu é levado entre a vida e morte para casa, onde é operado por um médico. Domingos se prepara para ir ao Rio de Janeiro e pede para que Alberto e Mateus zelem pela segurança das mulheres enquanto ele estiver fora. Manuel (Leonardo Carvalho) chega de surpresa vindo de Portugal. Ele fica surpreso ao saber da paixão proibida entre Simão e Teresa (Anna Sophia Folch). Alberto desconfia das intenções de Manuel. João Araújo pede a mão de Antônia em casamento. Padre Dinis chega ao Rio de Janeiro e alerta Simão de que o pai dele, o juiz Domingos, está para chegar. Em troca de ter acobertado a identidade de quem atirou em Tadeu, Baltazar exige que Júlia revele toda sua história.

  161. Capítulo

  162. Júlia revela seu passado a Baltazar Baltazar (Marcos Breda) exige que Júlia (Natália Luiza) revele sua história, caso contrário denunciará que foi ela quem atirou em Tadeu Dias (Antônio Grassi) Joaquim (Erom Cordeiro) manda José (Ronnie Marruda) até a fazenda avisar Theobaldo (Renato Rocha) de que Tadeu foi ferido. Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Simão (Miguel Thiré) não encontram Ângela (Graziella Moretto) e Pedro (Bruno Gradim) em casa. Antônia (Suzy Rêgo) flagra Alberto (Felipe Camargo) pedir Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) em casamento e arma uma discussão com os dois. No convento, Frei Adriano (Lafayette Galvão) tenta em vão ajudar Álvaro (Celso Frateschi) a recobrar a memória. Na taberna, Manuel (Leonardo Carvalho) olha com interesse para Jacyra (Iracema Starling). Júlia conta sua história a Baltazar, sobre como Tadeu e Domingos (Flávio Galvão) disputaram seu amor no passado, Tadeu inventou uma mentira que fez Domingos humilhá-la no dia de seu casamento. Abandonada por amigos e familiares, Júlia passou a viver nas ruas e, sem que o juiz jamais suspeitasse de que a louca da cidade é sua antiga noiva. Manuel mente e conta a Mateus (Pedro Lamares) e Alberto que Estevão fora condenado à morte por ter assassinado o amante de sua esposa Adelaide. Padre Dinis conta a Frei Adriano que Antônia finalmente encontrou a filha Eugênia. Dinis vê Álvaro vivendo como um religioso no convento. Joaquim exige que Rosália (Dani Ornellas) vá até a taberna se encontrar com ele, caso contrário, ele vai matar José.

  163. Capítulo

  164. Joaquim confessa a Rosália que sempre a amou Na taberna, Joaquim (Erom Cordeiro) agarra Rosália (Dani Ornellas) à força. Ele confessa a Rosália que sempre a amou e ela leva um tapa ao falar que Zuza (Gabriel Austin) é filho dele. Joaquim recusa-se a acreditar e, ao mesmo tempo emocionado e contrariado, segue tratando a escrava com violência. No convento, Padre Dinis (Virgílio Castelo) tenta fazer com que Álvaro (Celso Frateschi) lembre-se de sua vida como Barão de Barbacena. No Rio de Janeiro, Domingos (Flávio Galvão), Jacinto (Júlio Levy) e Cristóvão (Adriano Carvalho) chegam à casa do Padre Dinis à procura de Simão (Miguel Thiré), mas só encontram Mariana (Julianne Trevisol), pois o filho do juiz está hospedado agora na casa de Ângela de Souza (Graziella Moretto) Rosália conta a Teresa (Anna Sophia Folch) que Joaquim a obrigou a deitar-se com ele. Júlia (Natália Luiza) comenta com Jacyra (Iracema Starling) de que vai sumir por um tempo e pede a ela que revele toda sua história a Domingos, caso não volte em dois meses. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) aceita se casar com Alberto (Felipe Camargo), desde que seja o mais rapidamente possível, pois teme pela segurança dela e da mãe. Surpreso com a sinceridade da jovem, Alberto pede um tempo para pensar. Jacyra e Aníbal (Edgar Amorim) desconfiam de Baltazar (Marcos Breda) quando ele aluga um quarto na taberna, mas nenhum deles vê mais ninguém entrar lá. No café da manhã, D. Rita (Ana Bustorff) comenta que Alberto está com a idade certa para se casar e constituir uma família. Tadeu ainda se recupera de seus ferimentos quando recebe a visita de Padre Bernardo (Adriano Reys) e Júlia.

  165. Capítulo

  166. Júlia se entrega a Tadeu Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) ouve João (Reinaldo Gonzaga) pedir Antônia (Suzy Rêgo) em casamento e irrita a mãe ao parecer concordar com o pedido do ferreiro. Ela revela à mãe que decidiu se casar com Alberto (Felipe Camargo). Joaquim (Erom Cordeiro) tenta separar José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) e fica irritado quando Teresa (Anna Sophia Folch) e Baltazar (Marcos Breda) reafirmam a intenção de casar os dois escravos na igreja. Eles combinam os detalhes com Padre Bernardo (Adriano Reys) Júlia (Natália Luiza) aceita entregar-se a Tadeu (Antônio Grassi) se ele concordar em revelar a Domingos (Flávio Galvão) que ela sempre foi inocente, pois não se entregou a homem nenhum antes do casamento. Mateus (Pedro Lamares) pede ajuda a D. Rita (Ana Bustorff) para convencer o juiz que aceite que ele se case com Ana (Bruna Brignol). De volta a Resende, Domingos dá voz de prisão a Alberto, Mateus e Padre Dinis (Virgílio Castelo), que ele considera serem cúmplices de Simão (Miguel Thiré). Na taberna, Aníbal (Edgar Amorim) revela a Alberto que é apaixonado por Eugênia. Na casa do juiz, Mariana (Julianne Trevisol) revê o pai, ainda em recuperação dos ferimentos causados por Joaquim e seus capangas. João pergunta se é verdade que ela foi violentada pelo filho de Tadeu Dias e emocionada, Mariana confessa que sim. Depois do encontro amoroso, Tadeu confessa a Júlia que não vai cumprir com sua parte do acordo. Padre Dinis, Alberto e Mateus concordam em levar Domingos até Simão para não serem presos. Alberto aceita se casar com Eugênia e os dois se beijam. Antônia e Padre Dinis flagram o beijo.

  167. Capítulo

  168. Disfarçado de beata, Simão se encontra com Teresa na igreja Alberto (Felipe Camargo) e Antônia (Suzy Rêgo) discutem por causa de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Rosália (Dani Ornellas) conta a Zuza (Gabriel Austin) que ela vai se casar com José (Ronnie Marruda) , que promete que um dia os três serão livres. Eugênia questiona o amor da mãe pelo Padre Dinis (Virgílio Castelo). Alberto revela toda sua história a Dinis e conta que, depois de ter saído do Brasil com o dinheiro que recebeu pela venda do menino Pedro (Bruno Gradim), ele fez fortuna como o pirata Barba Roxa e mais tarde como um corsário. Depois de criar sociedade com Samuel (Michel Bercovitch), Alberto decidiu seguir uma vida honesta. Para convencer Antônia a aceitar a união dos dois, Padre Dinis sugere que eles contem a ela que foi Alberto quem salvou a vida de Pedro ainda bebê. Júlia (Natália Luiza) conta a Jacyra (Iracema Starling) que foi obrigada a deitar-se com Tadeu (Antônio Grassi). Jacyra desmascara Tadeu, quando este nega a Aníbal (Edgar Amorim) que ele tenha forçado Júlia a se deitar com ele. Tadeu ameaça revelar à vila o romance da índia com o juiz, caso ela insista em desafiá-lo. Alberto beija Eugênia apaixonadamente. Teresa (Anna Sophia Folch) termina de arrumar Rosália para o casamento. Padre Dinis, Alberto, Mateus (Pedro Lamares) e Manuel (Leonardo Carvalho) resolvem acompanhar Rita (Ana Bustorff), Ana (Bruna Brignol), Mariana (Julianne Trevisol) e Eugênia até a igreja. No convento, Frei Adriano (Lafayette Galvão) está furioso com a invasão de uma mulher a sua cela. É Elisa de Mandeville (São José Correia), a Duquesa de Ponthieu, que chegou ao Rio de Janeiro e pergunta pelo pai, Sebastião de Menezes. Elisa revela que precisa contar ao pai de que seu irmão, Arthur (Carlos Vieira), foi assassinado. Na igreja, as famílias Dias e Azevedo se encontram. Padre Bernardo (Adriano Reys) começa o casamento de José e Rosália. Elisa descobre que no Brasil, seu pai, Sebastião de Meneses virou padre e responde pelo nome de Padre Dinis. Frei Adriano conta à duquesa que o pai dela está em Resende. Jacinto (Júlio Levy) quer convencer Aníbal a ajudá-lo num plano contra Tadeu Dias. Enquanto prossegue o casamento de José e Rosália, Simão (Miguel Thiré) se senta ao lado de Teresa, disfarçado como uma velha beata.

  169. Capítulo

  170. Dinis flagra beijo de Antônia e João Araújo Joaquim (Erom Cordeiro) quase flagra Simão (Miguel Thiré), vestido de beata, conversando com Teresa (Anna Sophia Folch). Simão pede para a amada encontrá-lo na taberna à noite. Como parte do plano para prender Tadeu (Antônio Grassi), Jacinto (Júlio Levy) ganha a confiança de Aníbal (Edgar Amorim) e pede para o taberneiro ir conversar com o juiz. Baltazar (Marcos Breda) convence Tadeu a deixar os recém casados José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) passarem a noite sozinhos na taberna. Alberto (Felipe Camargo) pede para Antônia (Suzy Rêgo) confiar nele e não se opor ao casamento com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) Simão consegue enganar Aníbal e arruma hospedagem na taberna. Ele planeja fugir com Teresa. Eugênia questiona Padre Dinis (Virgílio Castelo) para ele se entregar ao amor que sente por Antônia. Ela muda o visual da mãe, para que Antônia pareça mais sensual. Na verdade, ela quer deixar o padre com ciúmes e aconselha João (Reinaldo Gonzaga) a ser mais ousado ao abordar Antônia. Teresa coloca um sonífero na bebida de Baltazar e se disfarça com roupas masculinas para ir ver Simão. João rouba um beijo de Antônia e Padre Dinis assiste a cena, enciumado.

  171. Capítulo

  172. Vestida como um homem, Teresa se encontra com Simão Padre Dinis (Virgílio Castelo) fica enciumado depois de ver João (Reinaldo Gonzaga) beijar Antônia (Suzy Rêgo) e confessa todo o seu amor por ela. Mateus (Pedro Lamares) vê Teresa (Anna Sophia Folch), vestida de homem, na taberna e a encaminha até o quarto de Simão (Miguel Thiré) antes que as pessoas a descubram. Simão e Teresa curtem o reencontro apaixonados, mas são interrompidos pela chegada de Baltazar (Marcos Breda). Domingos (Flávio Galvão) promete a Aníbal (Edgar Amorim) um cargo na câmara municipal se ele ajudar na prisão de Tadeu (Antônio Grassi). Baltazar convence Simão de que fugir com Teresa não é a melhor alternativa. Na taberna, Manuel (Leonardo Carvalho) paquera Jacyra (Iracema Starling) Baltazar a Teresa chegam juntos à casa e dão de cara com Tadeu Dias. O advogado tem que inventar uma história para dobrar o futuro sogro e inocentar Teresa. Na casa de Domingos, Elisa (São José Correia) chega de surpresa e vê o pai como padre Manuel descobre Simão vestido de beata.

  173. Capítulo

  174. Manuel conta a Domingos que Simão está em Resende Manuel (Leonardo Carvalho) promete a Simão (Miguel Thiré) que guardará segredo sobre a presença dele em Resende. Padre Dinis (Virgílio Castelo) fica atordoado quando Elisa (São José Correia) lhe conta sobre o assassinato de Arthur (Carlos Vieira). João (Reinaldo Gonzaga) já sabe como irá se vingar de Joaquim (Erom Cordeiro) começa a colocar em prática seu plano. Manuel delata Simão para Domingos (Flávio Galvão), mas Alberto (Felipe Camargo) e Mateus (Pedro Lamares) o tiram da taberna antes da chegada da guarda. Alberto e Mateus escondem Simão na caverna de Júlia (Natália Luiza). Domingos os vê no chafariz e dá-lhes voz de prisão. Mariana (Julianne Trevisol) vai até a taberna à procura de Joaquim.

  175. Capítulo

  176. João se vinga e tortura Joaquim, que é castrado pelo ferreiro Mariana (Julianne Trevisol) seduz Joaquim (Erom Cordeiro) e o leva até sua casa. Presos, Alberto (Felipe Camargo) e Mateus (Pedro Lamares) e recebem a visita de suas amadas Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Ana (Bruna Brignol), além de Dona Rita (Ana Bustorff). Domingos (Flávio Galvão) e as expulsa da carceragem. Padre Dinis (Virgílio Castelo) está chocado com a notícia da morte do filho e bebe na taberna para tentar atenuar sua dor. Armado, João (Reinaldo Gonzaga) surpreende Joaquim e o leva à ferraria para torturá-lo, como vingança pelo filho de Tadeu (Antônio Grassi) ter violentado sua filha Mariana. Sem ser percebido, Manuel (Leonardo Carvalho) assiste João castrar Joaquim. Eugênia fala de Alberto para Elisa (São José Correia), mas a portuguesa não sabe que se trata do seu ex-amante de Portugal, que usava o nome de Leopoldo de Saavedra. Simão (Miguel Thiré) se espanta ao ver o retrato de seu pai na caverna de Júlia (Natália Luiza) Alberto e Mateus concordam em levar Domingos até o esconderijo de Simão em troca da liberdade. Com a perna enfaixada, Tadeu não pode ir salvar Joaquim e manda Aníbal (Edgar Amorim), que o encontra amarrado no lombo de um cavalo, mas ainda vivo. João e Mariana saem para pedir proteção ao juiz. Simão vai ser preso, mas antes cobra uma explicação de Domingos para Júlia guardar um retrato dele quando jovem.

  177. Capítulo

  178. Antônia e Dinis fazem amor Domingos (Flávio Galvão) prende Simão (Miguel Thiré), mas não sabe responder o que faz o seu retrato naquela caverna. Tadeu (Antônio Grassi) fica furioso ao saber que Joaquim (Erom Cordeiro) ficou estéril. Manuel (Leonardo Carvalho) tenta jogar seu charme para cima de Elisa (São José Correia). Padre Dinis (Virgílio Castelo) está inconsolável com a morte de seu filho. Antônia (Suzy Rêgo) tenta confortá-lo e os dois acabam transando. João (Reinaldo Gonzaga) confessa ao juiz que se vingou de Joaquim e quer ajuda para não ser incriminado, mas Domingos não sabe o que fazer. Mariana (Julianne Trevisol) fala para Simão (Miguel Thiré) sobre o noivado de Teresa (Anna Sophia Folch) e Baltazar (Marcos Breda). Joaquim está em estado de choque e não consegue dizer quem foi seu agressor. Tadeu vai até a câmara cobrar justiça pelo seu filho. Ele acusa João ter espancado Joaquim Rita (Ana Bustorff) e Ana (Bruna Brignol) correm até a cela para reencontrar Simão. Elisa revê Alberto (Felipe Camargo) aos beijos com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro).

  179. Capítulo

  180. Baltazar tenta subornar Padre Bernardo Depois de rever Alberto (Felipe Camargo) aos beijos com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro), Elisa (São José Correia) passa mal e é amparada por Ana (Bruna Brignol) e Manuel (Leonardo Carvalho). Eugênia planeja se casar com Alberto na igreja de Resende. Tadeu (Antônio Grassi) continua desesperado com a situação de Joaquim (Erom Cordeiro). Domingos (Flávio Galvão) expulsa Ana e Rita (Ana Bustorff) da cela de Simão (Miguel Thiré) e questiona o filho sobre a paixão por Teresa (Anna Sophia Folch). Simão quer saber o real motivo do ódio entre as famílias Dias e Azevedo. Eugênia convida D. Rita e Domingos para serem seus padrinhos de casamento. Manuel convence Elisa a contar-lhe sua história com Alberto e se oferece para ajudá-la em seu plano de vingança. No caminho de volta de São Paulo ao Rio de Janeiro, Samuel (Michel Bercovitch), Ângela (Graziella Moretto) e Pedro (Bruno Gradim) chegam a Resende. A baronesa conta como foi seu encontro com Frei Galvão no mosteiro da Luz. Ela consola Dinis (Virgílio Castelo) pela perda do filho, mas ele quer vingar a morte do filho Arthur (Carlos Vieira) Traumatizado, Joaquim recusa-se a contar quem o castrou. Baltazar (Marcos Breda) tenta subornar Padre Bernardo (Adriano Reys) para que ele realize seu casamento com Teresa sem o consentimento dela, mas o religioso se recusa. Elisa surpreende Alberto na igreja de Resende.

  181. Capítulo

  182. Elisa surpreende Alberto na igreja Alberto (Felipe Camargo) puxa Elisa (São José Correia) para um canto da igreja e pergunta o que ela quer dele. Ela o acusa de ter matado Arthur (Carlos Vieira), mas ele nega. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) se aproxima, mas não vê Elisa. Rosália (Dani Ornellas) conta a Teresa (Anna Sophia Folch) sobre a prisão de Simão (Miguel Thiré). A jovem convence o pai a deixar que Rosália saia às compras para que a escrava possa saber de Padre Bernardo (Adriano Reys) os planos de Baltazar (Marcos Breda). Na cadeia, Simão pede para que Mateus (Pedro Lamares) busque notícias de Teresa. Padre Dinis (Virgílio Castelo) conta a Ângela (Graziella Moretto) que encontrou Álvaro (Celso Frateschi) desmemoriado e vivendo num convento no Rio de Janeiro. Padre Bernardo conta a Rosália que Baltazar tentou suborná-lo para que ele o casasse com Teresa. Ao sair da igreja, a escrava encontra Baltazar, que mata um escravo na frente dela só para ameaçá-la de morte, caso ela conte seus planos a noiva dela. Padre Bernardo encontra o corpo do escravo escondido no confessionário. Com a ajuda de José (Ronnie Marruda) e Zuza (Gabriel Austin), Mateus consegue se encontrar com Teresa. Ele conta á jovem o plano de Simão para a fuga do casal. Samuel (Michel Bercovitch) acompanha Padre Dinis à casa de Domingos (Flávio Galvão), onde conhece D. Rita (Ana Bustorff) e Ana (Bruna Brignol). Alberto conta a Samuel que encontrou a filha de Antônia (Suzy Rêgo), Eugênia, e que pretende casar-se com ela. Em sua casa, Tadeu (Antônio Grassi) comanda as arrumações para a festa de noivado de Teresa e Baltazar. Amedrontada, Rosália não conta a Teresa os planos dele. Na hospedaria da taberna, Antônia e Eugênia visitam Ângela (Graziella Moretto) e Pedro (Bruno Gradim). Samuel conta a Alberto, Manuel (Leonardo Carvalho) e Padre Dinis como se deu o encontro de Ângela com Frei Galvão em São Paulo. Elisa chega à sala e Dinis a apresenta como sendo sua filha.

  183. Capítulo

  184. Simão fica frente a frente com Tadeu Dias Samuel (Michel Bercovitch) tem um acesso de tosse ao ver Elisa (São José Correia), que finge não conhecê-los e cumprimenta Alberto (Felipe Camargo). Manuel (Leonardo Carvalho), Elisa, Samuel e Alberto trocam ironias. O reencontro de Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Ângela (Graziella Moretto) é emocionante e cheio de lágrimas. Ângela diz a Eugênia que ela pode voltar para o Rio e ficar com Álvaro (Celso Frateschi), mas a jovem revela que está noiva de Alberto. Teresa (Anna Sophia Folch) convence Tadeu (Antônio Grassi) a deixá-la ir à igreja se confessar, acompanhada de Baltazar (Marcos Breda). Ela conta aos dois que Simão (Miguel Thiré) voltou a Resende e está preso. Aníbal (Edgar Amorim) procura o juiz Domingos (Flávio Galvão) e conta que aceita se unir a ele e a Jacinto (Júlio Levy) num plano para prender Tadeu Dias. Mateus (Pedro Lamares) conta a Ana (Bruna Brignol) que Simão e Teresa pretendem fugir logo mais à noite. Na igreja, Teresa pede ajuda a Padre Bernardo para fugir com Simão, pois acredita que o pai dela quer matá-los. Domingos (Flávio Galvão) resolve fazer uma acareação, se reúne com Tadeu e Simão e os ânimos se exaltam. Tadeu exige uma condenação ao filho do juiz. Eugênia encontra Alberto, Samuel e Elisa, que continua trocando ironias com o ex-amante. Mateus pede a ajuda de Alberto e Samuel no plano de fuga de Simão e Teresa. Manuel e Elisa tramam acabar com o romance de Alberto e Eugênia. Ele insinua-se para a duquesa, mas ela o dispensa. Mais tarde, na taberna, Alberto é levado por Jacyra (Iracema Starling) até um quarto, onde Elisa o aguarda.

  185. Capítulo

  186. Simão é condenado pelo próprio pai a um ano de prisão Elisa (São José Correia) acusa Alberto (Felipe Camargo) de ter matado Arthur (Carlos Vieira). Sedutora, ela faz com que o ex-pirata não resista a seus encantos e os dois transam no quarto da taberna. Também na taberna, Manuel (Leonardo Carvalho) assedia Jacyra (Iracema Starling). Mateus (Pedro Lamares) chega e o acusa de ter traído Simão (Miguel Thiré) ao entregá-lo ao juiz. Os dois começam uma briga. Pressionado por Tadeu (Antônio Grassi), Domingos (Flávio Galvão) condena Simão a um ano de prisão. Ele renega o pai e revoltado, é conduzido para sua cela. Escondida, Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) ouve uma conversa romântica entre sua mãe Antônia (Suzy Rêgo) e o Padre Dinis (Virgílio Castelo) Depois de ter-se deitado com ele, Elisa ameaça contar para toda Resende o passado pirata de Alberto caso ele não desista de se casar com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Alberto dá um tapa em Elisa depois que ela ofende a honra de Eugênia e a deixa falando sozinha. Tadeu conta a Teresa (Anna Sophia Folch), Baltazar (Marcos Breda) e Joaquim (Erom Cordeiro) que Simão foi condenado a um ano de cadeia. Padre Dinis (Virgílio Castelo) pede que Elisa não revele a ninguém que seu verdadeiro nome é Sebastião de Menezes. Alberto convence Eugênia a adiar o casamento até que eles voltem ao Rio de Janeiro. Alberto, Mateus, Samuel e Eugênia chegam à câmara e ela convence Jacinto (Júlio Levy) a deixar que os homens visitem Simão. Eles roubam as armas da guarda. Jacinto se surpreende ao saber que Eugênia está noiva de Alberto. Ameaçador, Baltazar procura por Padre Bernardo (Adriano Reys).

  187. Capítulo

  188. Rita flagra marido aos beijos com Jacyra Baltazar (Marcos Breda) ameaça matar Padre Bernardo (Adriano Reys) caso ele colabore com o plano de fuga de Teresa (Anna Sophia Folch). Manuel (Leonardo Carvalho) quer a ajuda de Elisa (São José Correia) para separar Mateus (Pedro Lamares) e Ana (Bruna Brignol) Arrasado, Jacinto (Júlio Levy) conta a Aníbal (Edgar Amorim) que Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) está noiva de Alberto (Felipe Camargo). Alberto, Samuel e Mateus escondem as armas que pegaram na Câmara. Eugênia e Alberto comunicam a todos que o casamento deles foi adiado. Elisa ameaça Alberto mais uma vez e dá horas para que ele termine o noivado. Baltazar conta ao juiz que as armas da Câmara foram roubadas. Ao encontrar-se com Simão (Miguel Thiré), ele ameaça deita-se com Teresa à força caso Simão insista com o plano de fuga e mais tarde, repete as mesmas ameaças a Teresa. Dona Rita (Ana Bustorff) quer saber o que fazia o retrato de seu marido na caverna de Júlia (Natália Luiza). Confidente de Jacyra (Iracema Starling), Aníbal aconselha a índia a visitar Domingos (Flávio Galvão), que está inconsolável depois de ter condenado à prisão o próprio filho. Tadeu (Antônio Grassi) não se conforma com o estado quase que catatônico de Joaquim (Erom Cordeiro). D. Rita flagra Domingos aos beijos com Jacyra na Câmara Municipal. Mais tarde em casa, Domingos ameaça prender Mateus, Samuel (Michel Bercovitch) e Alberto pelo roubo das armas. Alberto se irrita e saca a espada.

  189. Capítulo

  190. Jacyra confessa a Domingos que Tabara é filho dele Alberto (Felipe Camargo) dá um sermão em Domingos (Flávio Galvão) devido à forma com que o juiz trata o filho Simão (Miguel Thiré) e se retira da casa do juiz. Domingos exige que as armas reapareçam e expulsa Mateus (Pedro Lamares) de sua casa. Jacyra (Iracema Starling) está preocupada com o sumiço de Júlia (Natália Luiza). Depois de flagrar Domingos beijando Jacyra, Rita (Ana Bustorff) está decepcionada. Joaquim (Erom Cordeiro) bota José (Ronnie Marruda) e Zuza (Gabriel Austin) no tronco, mas Baltazar (Marcos Breda) manda retirá-los já que, agora, os escravos são de sua propriedade. Manuel (Leonardo Carvalho) e Elisa (São José Correia) têm um plano para separar Mateus e Ana (Bruna Brignol). Depois da visita a Frei Galvão, Ângela (Graziella Moretto) está melhor de saúde e agradece a ajuda de Samuel (Michel Bercovitch). Mesmo assim, Antônia (Suzy Rêgo) não consegue perdoá-lo. Padre Bernardo (Adriano Reys) confessa para Dinis (Virgílio Castelo) que está sendo intimidado por Baltazar para que ele celebre o casamento de Teresa (Anna Sophia Folch), ao invés do noivado. Padre Dinis pensa numa maneira para impedir a realização do casamento de Baltazar com Teresa. Alberto teme que a presença de Elisa atrapalhe seus planos de casar com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Mateus cai na armação de Manuel e Elisa e Ana o flagra na cama com a portuguesa. Jacyra confessa a Domingos que Tabara (Caio Vydal) é seu filho. O juiz oferece um dinheiro para a índia deixar a vila.

  191. Capítulo

  192. Teresa e Mariana estão grávidas Jacyra (Iracema Starling) não sabe se aceita a proposta do juiz para se mudar de Resende com Tabara (Caio Vydal) em troca de dinheiro. Depois de ver Mateus (Pedro Lamares) na cama com Elisa (São José Correia), Ana (Bruna Brignol) furiosa, quase bate nele. Samuel (Michel Bercovitch) tenta consolá-la e ganha um beijo da moça. Mateus culpa Manuel (Leonardo Carvalho) pelo ocorrido e os dois acabam brigando. Alberto (Felipe Camargo) tenta separá-los. Alberto confessa a Mateus que já conhecia Padre Dinis (Virgílio Castelo) e Elisa (São José Correia). A duquesa quer que Manuel fale sobre a morte de Arthur (Carlos Vieira) na frente de Alberto e Dinis. Depois do beijo, Samuel (Michel Bercovitch) fica encantado por Ana. Padre Bernardo (Adriano Reys) diz a Simão (Miguel Thiré) que ele terá que ser amigo de Baltazar (Marcos Breda) para impedir o casamento dele com Teresa (Anna Sophia Folch) Mateus tenta se explicar para Ana, mas ela não confia mais nele. Antônia (Suzy Rêgo), Eugênia (Maria Carolina Ribeiro), Ângela (Graziella Moretto), Pedro (Bruno Gradim) e Luzia (Vanessa Pascale) partem de volta para o Rio de Janeiro. Teresa e Mariana (Julianne Trevisol) sentem os primeiros sintomas de gravidez.

  193. Capítulo

  194. Grávida, Mariana quer se casar com Simão Teresa (Anna Sophia Folch) comemora a possibilidade de esperar um filho de Simão (Miguel Thiré). Joaquim (Erom Cordeiro) não quer participar da festa de casamento de sua irmã. Tadeu (Antônio Grassi) está ansioso para receber os nobres da vila e se tornar um cidadão respeitável. Já que Mariana (Julianne Trevisol) foi violentada por Joaquim porque não revelou o paradeiro de Simão, João (Reinaldo Gonzaga) acha que o rapaz deve preservar a honra dela e assumir a paternidade da criança que a filha dele espera. Tadeu comunica para Teresa que tem outros planos: ao invés de noivado, ela casará com o primo. Como planejado, Baltazar também se faz de vítima da situação e a conforta. Padre Dinis (Virgílio Castelo) diz a Alberto (Felipe Camargo) que jamais perdoaria o assassino de seu filho. Padre Bernardo (Adriano Reys) diz a Domingos (Flávio Galvão) que Baltazar é o assassino do escravo na igreja e o juiz manda a guarda até a casa de Tadeu para uma diligência. Padre Dinis, Mateus (Pedro Lamares), Alberto e Samuel (Michel Bercovitch) põem em prática o plano para impedir o casamento e dizem ter uma denúncia a fazer contra Baltazar. Mariana conta sobre sua gravidez a Simão e lhe propõe casamento. Já no início da festa de casamento na casa de Tadeu Dias, Jacinto (Júlio Levy) dá voz de prisão para Baltazar.

  195. Capítulo

  196. Baltazar mata Quincas e tenta incriminar Mateus, Alberto e Samuel Baltazar (Marcos Breda) aceita ir até a Câmara Municipal para não criar mais confusões na frente dos convidados. Mateus (Pedro Lamares), Domingos (Flávio Galvão) e Alberto (Felipe Camargo) também acusam Baltazar de ter matado o escravo na igreja. Tabara (Caio Vydal) não quer sair da vila de Resende para morar em uma cidade grande. Enquanto Baltazar não chega, Tadeu (Antônio Grassi) tenta causar uma boa impressão frente aos convidados. Aníbal (Edgar Amorim) acha que vai como convidado para o casamento, mas Tadeu o coloca para trabalhar. Escravo de Baltazar, Quincas (Alexandre Henderson) é morto pelo dono sem que o juiz perceba apenas para que ele possa incriminar Mateus, Alberto e Samuel. Ameaçado, Padre Bernardo (Adriano Reys) inocenta Baltazar diante de Domingos e o juiz libera o advogado. Padre Dinis (Virgílio Castelo) desconfia que Elisa (São José Correia) veio até o Brasil atrás do assassino de Arthur (Carlos Vieira). Domingos quer mandar Alberto, Matheus e Samuel para trás das grades, pois acha que um deles assassinou o escravo.

  197. Capítulo

  198. Simão interrompe casamento de Teresa e Baltazar Teresa (Anna Sophia Folch) não quer descer para o casamento e Baltazar (Marcos Breda) tenta fazê-la mudar de idéia. Domingos (Flávio Galvão) acha que o assassino de Quincas (Alexandre Henderson) está entre Alberto (Felipe Camargo), Mateus (Pedro Lamares) e Samuel (Michel Bercovitch) e quer que um deles confesse. O juiz manda os três para a cela, mas Alberto reage, desarmando os soldados e apontando a arma contra Domingos que, desprevenido, nada pode fazer. Ana (Bruna Brignol) questiona Elisa (São José Correia) por ter se deitado com um desconhecido, mas a portuguesa argumenta que foi forçada por Mateus. Alberto coloca Domingos, Jacinto (Júlio Levy) e os guardas para dentro da cela e liberta Simão (Miguel Thiré). Simão ignora o apelo do pai para tirá-lo da cela e sai para tentar evitar que o casamento de Teresa aconteça. Padre Dinis (Virgílio Castelo) intervém no casamento e diz que este não pode se realizar por se tratarem os noivos de dois primos, mas Baltazar apresenta uma autorização especial da Cúria Romana. Para entrar na casa de Tadeu (Antônio Grassi), Simão, Alberto, Mateus e Samuel amarram os capangas e o colocam no tronco. Simão interrompe a cerimônia para fazer um anúncio diante de todos: o casamento de Baltazar com Teresa é um crime.

  199. Capítulo

  200. Joaquim tenta matar Simão, mas é atingido pela própria arma Com a ajuda de Alberto (Felipe Camargo), Mateus (Pedro Lamares) e Samuel (Michel Bercovitch), Simão (Miguel Thiré) interrompe a cerimônia de casamento de Teresa (Anna Sophia Folch) e Baltazar (Marcos Breda). A confusão é geral entre os convidados. Tadeu (Antônio Grassi) e Joaquim (Erom Cordeiro) querem atirar em Simão. Rita (Ana Bustorff) chega Câmara Municipal e encontra Domingos (Flávio Galvão), Jacinto (Júlio Levy), Cristóvão (Adriano Carvalho) e os outros guardas presos na cela. Simão revela a toda sociedade do Vale do Paraíba a paixão que ele e Teresa nutrem entre si. Ele pede perdão a Tadeu por todo o mal que possa ter-lhe causado, ao mesmo tempo que perdoa tudo o que sofreu na mão dos Dias. Com a arma na cintura, Joaquim quer matar Simão, mas é contido por Aníbal (Edgar Amorim). Ameaçador, Baltazar pergunta a Teresa se o que Simão afirma é verdade. Com medo, Teresa mente, nega a paixão por Simão e diz que se casa com Baltazar de livre e espontânea vontade. Revoltado, Simão acredita que ela está sendo forçada, mas é contido por Alberto. Joaquim saca a arma e aponta para Simão, que tenta segurar o braço de seu algoz. Os dois se atracam numa luta e um tiro é disparado. Joaquim cai ferido com o tiro de sua própria arma. Tadeu acusa Simão de ter tentado matar Joaquim, mas Padre Dinis (Virgílio Castelo) alerta o juiz de que se tratou de um acidente. Domingos dá voz de prisão a Simão e seu bando. Alberto dispara um tiro para o alto e na correria dos convidados, consegue fugir ao lado de Samuel e Mateus. Simão e Teresa se abraçam em meio à confusão. Ela pede perdão por ter mentido e ele lamenta o que aconteceu ao irmão dela. Os dois são separados por Domingos e Baltazar. Nos braços de Tadeu, Joaquim pede perdão por todos os erros que cometeu e morre no colo do pai, que se desespera. Tadeu expulsa todos de sua casa e permanece abraçado ao filho morto. Na cozinha, Rosália (Dani Ornellas) chora a morte de Joaquim. Alberto e Samuel decidem voltar ao Rio de Janeiro. Na Câmara Municipal, Simão é preso e chora. Desolado, Domingos fala a Simão que nada poderá fazer e que ele será condenado a morte pelo assassinato de Joaquim Dias.

  201. Capítulo

  202. No velório de Joaquim, Tadeu dá uma bofetada em Teresa Domingos (Flávio Galvão) teme que Simão (Miguel Thiré) seja condenado à morte pelo assassinato de Joaquim (Erom Cordeiro). Na taberna, Mateus (Pedro Lamares) quase briga com Manuel (Leonardo Carvalho) por causa da prisão de Simão, mas é contido por Jacyra (Iracema Starling). Depois de passar horas abraçado ao filho morto, Tadeu (Antônio Grassi) é retirado de perto de Joaquim por Baltazar (Marcos Breda). Zuza (Gabriel Austin) pergunta a José (Ronnie Marruda) se ele tem que chorar a morte do pai. Antes de voltar para o Rio com Alberto (Felipe Camargo), Samuel (Michel Bercovitch) procura por Ana (Bruna Brignol) e se declara para ela. Em casa, Rita (Ana Bustorff) está nervosa sem ter notícias de Simão e Domingos. Ana e Elisa (São José Correia) tentam acalmá-la. Ao saberem do que aconteceu, Ana e Rita vão até a câmara. Padre Dinis (Virgílio Castelo) tenta em vão convencer Simão a não perder as esperanças. Tadeu reúne seus homens e segue para a Câmara de Resende disposto a matar Simão com as próprias mãos. Domingos, Dinis, Mateus, Jacinto (Júlio Levy) e Cristóvão (Adriano Carbalho) são obrigados a enfrentar Tadeu, Theobaldo (Renato Rocha) e outros capangas. Manuel (Leonardo Carvalho) tenta seduzir Elisa. Antônia (Suzy Rêgo) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) chegam ao Rio de Janeiro. Ângela (Graziella Moretto) chega em casa e credita às pílulas de Frei Galvão sua súbita melhora. Mateus se apresenta ao juiz, mas Domingos e convencido por Padre Dinis a não prendê-lo. Mariana (Julianne Trevisol) se recusa a acreditar que Simão possa ser condenado à morte. Mateus tenta convencer Ana de que foi vítima de uma armação de Manuel para separá-los.Rita flagra beijo de Manuel e Elisa. Começa o velório de Joaquim. Teresa pede perdão ao pai. Tadeu dá-lhe uma bofetada.

  203. Capítulo

  204. Baltazar propõe uma aliança com Mariana Baltazar (Marcos Breda) leva Tadeu (Antônio Grassi) e Teresa (Anna Sophia Folch) até a cozinha, para que pai e filha possam conversar em particular. Tadeu não perdoa Teresa e a culpa pela morte de Joaquim (Erom Cordeiro). Manuel (Leonardo Carvalho) conta à mãe que está apaixonado por Elisa (São José Correia). Rita (Ana Bustorff) se entusiasma com a possibilidade de casar o filho com uma nobre. Disposta a tudo para salvá-lo, Mariana (Julianne Trevisol) visita Simão (Miguel Thiré). Domingos (Flávio Galvão) leva Simão para a cadeia no Rio de Janeiro, onde o filho será julgado por outro juiz. Simão se sente abandonado. Acompanhada de Ana (Bruna Brignol), D. Rita vai à casa dos Dias pedir pelo fim do ódio entre as duas famílias. Em vão, ela tenta convencer Tadeu a não se vingar de Simão. As duas são expulsas do local. Padre Dinis (Virgílio Castelo), Mateus (Pedro Lamares) e Elisa chegam ao Rio e reencontram Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Antônia (Suzy Rêgo). Elisa afirma que Alberto (Felipe Camargo) a convidou para se hospedar em sua casa. Júlia (Natália Luiza) volta a Resende a tempo de ver o cortejo de Joaquim passar pela Praça do Chafariz. Alberto e Samuel (Michel Bercovitch) ficam boquiabertos com a chegada de Elisa e ameaçados por ela, são obrigados a hospedá-la. Incomodada com a presença de Elisa, Eugênia pressiona Alberto para que eles marquem a data de casamento. O corpo de Joaquim Dias é velado na igreja de Resende. Baltazar propõe uma aliança a Mariana (Julianne Trevisol), para que juntos eles executem um plano para separar Teresa e Simão definitivamente.

  205. Capítulo

  206. Álvaro revê Ângela e recupera a memória Baltazar (Marcos Breda) oferece dinheiro a Mariana (Julianne Trevisol) para que ela possa viajar ao Rio de Janeiro e ajudar Simão (Miguel Thiré). Em troca ele quer que ela informe todos os passos do amado e o mantenha longe de Teresa (Anna Sophia Folch). Mariana aceita colaborar com o plano. Elisa (São José Correia) exige que Alberto (Felipe Camargo) cancele o casamento com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro), mas o ex-pirata confirma que já marcou a data e que não vai mais aceitar as chantagens da duquesa. Elisa ameaça denunciá-lo pelo assassinato de Arthur (Carlos Vieira) e no meio da discussão, Alberto aperta o pescoço de Elisa. De volta a Resende, Júlia (Natália Luiza) conversa com Jacyra (Iracema Starling) sobre o amor que sente por Domingos (Flávio Galvão). No Rio de Janeiro, o juiz conhece Tarquínio (Daniel Barcelos), o juiz carioca que vai julgar Simão. Teresa tem um plano para fugir e precisa da ajuda de Rosália (Dani Ornellas), mas continua com enjôos devido à gravidez. Samuel (Michel Bercovitch) evita que Alberto perca a cabeça e consegue separá-lo de Elisa, que jura vingança. Os dois acham melhor contar toda a verdade sobre a morte de Arthur para Padre Dinis (Virgílio Castelo) antes que Elisa o faça. Dinis leva Álvaro (Celso Frateschi) de volta para casa. Ao rever Ângela (Graziella Moretto), o barão de Barbacena recupera a memória e de joelhos, pede perdão à esposa por todo o mal que causou a ela. Ela o perdoa, mas não se entusiasma em viver maritalmente com ele. Elisa chega aos prantos na casa de seu pai e inventa que fora atacada por um escravo. Pedro (Bruno Gradim) a vê pela primeira vez, encantado com a beleza da duquesa. Elisa pega a pistola que Dinis esconde embaixo da cama e segue para a casa de Alberto. Padre Dinis dá por falta da arma. João (Reinaldo Gonzaga) decide acompanhar a filha Mariana na viagem ao Rio de Janeiro. Adelaide (Leonor Seixas) chega à casa dos Azevedo, para surpresa de Manuel (Leonardo Carvalho). Ana (Bruna Brignol) e Rita (Ana Bustorff) flagram o beijo dos dois. Adelaide inventa que é esposa de Manuel e que eles se casaram em Coimbra. Alberto chega em casa e se depara com Elisa, que o ameaça com uma arma. Padre Dinis também chega, mas não consegue impedir que a duquesa atire!

  207. Capítulo

  208. Baltazar descobre que Teresa está grávida de Simão Padre Dinis (Virgílio Castelo) empurra Elisa (São José Correia) e evita que o tiro atinja Alberto (Felipe Camargo). Aos gritos, Elisa acusa o ex-pirata de ter matado Arthur (Carlos Vieira), irmão dela e filho de Dinis. Surpreso com a invenção de Adelaide (Leonor Seixas), Manuel (Leonardo Carvalho) é obrigado a corroborar a mentira de que eles são casados. Rita (Ana Bustorff) abraça a nora. No Rio de Janeiro, Dinis dá um tapa em Elisa ao entender que ela e Alberto são amantes. Com a espada na mão, ele desafia Alberto. Os dois lutam violentamente, já que Dinis não ouve os apelos para que parem de duelar. Dinis pergunta se ele matou mesmo seu filho e Alberto confirma que sim. Samuel (Michel Bercovitch) visita Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) para presenteá-los com uma volumosa quantia em dinheiro e a escritura de uma casa. Na prisão, Simão (Miguel Thiré) pensa em Teresa (Anna Sophia Folch). Em Resende, Baltazar (Marcos Breda) descobre que a jovem está grávida. Samuel leva Emília e Carlos para conhecer a nova casa e pede perdão por tudo que causou a mãe dela, a Antônia (Suzy Rêgo) e a ela no passado. Emília perdoa Samuel. Antônia chega com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Emília finalmente conhece a sobrinha. José (Ronnie Marruda) quer que Rosália (Dani Ornellas) e Zuza (Gabriel Austin) fujam com ele. Dinis e Alberto lutam à exaustão. Elisa interrompe a luta e pede clemência, pois não quer perder também o pai. Elisa conta ao pai sua versão sobre o envolvimento com Alberto e a morte de Arthur. Júlia (Natália Luiza) volta a sua caverna e descobre que o retrato de Domingos (Flávio Galvão) que guardava desapareceu. Domingos chega de viagem e se surpreende quando Manuel apresenta a esposa Adelaide. O juiz briga com o filho pelo ato irresponsável e Ana (Bruna Brignol), desconfiada, pede para ver a certidão de casamento. Teresa, Rosália e José rendem Baltazar e o amarram na cozinha. Aos poucos, eles fazem o mesmo com Theolbaldo (Renato Rocha) e os demais capangas que vigiam a casa. Tadeu se reúne com os vereadores e mesmo sob protestos de Jacinto (Júlio Levy), acusa Domingos e ter participado da morte de Joaquim. Ele exige que o juiz seja preso e destituído do cargo e ainda denúncia que Domingos mantém duas amantes em Resende, a índia Jacyra (Iracema Starling) e a D. Maria, na verdade Júlia.

  209. Capítulo

  210. Domingos reencontra Júlia, sua antiga noiva Júlia (Natália Luiza) se desespera com o sumiço do retrato de Domingos (Flávio Galvão) e acha que o juiz acabará descobrindo quem ela realmente é. Adelaide (Leonor Seixas) diz para Domingos que os papéis do casamento dela com Manuel (Leonardo Carvalho) foram perdidos no navio. Ela obriga o amante a obedecê-la se não quiser pagar pelos crimes que cometeu em Portugal. Com uma faca, Baltazar (Marcos Breda) consegue se soltar das cordas. Teresa (Anna Sophia Folch), Rosália (Dani Ornellas), José (Ronnie Marruda) e Zuza (Gabriel Austin) passam a noite escondidos na casa de João (Reinaldo Gonzaga) e planejam partir para o Rio de Janeiro. No Rio, Mariana (Julianne Trevisol) e João chegam à casa de Padre Dinis (Virgílio Castelo) para visitar Simão (Miguel Thiré), que está preso. Antônia (Suzy Rêgo) finalmente perdoa Samuel (Michel Bercovitch) por ele no passado ter roubado a mãe dela. Diante dos vereadores, Tadeu (Antônio Grassi) coloca Domingos frente a frente com Jacyra (Iracema Starling) e Júlia e as apresenta como amantes do juiz. Ele fica chocado ao saber que a mendiga conhecida como Dona Maria é, na verdade, Júlia Queiroz, de quem já foi noivo no passado. Tadeu comemora, pois acha que conseguirá destituir Domingos do cargo de juiz. Frei Adriano (Lafayette Galvão) acha que Dinis deve ouvir a versão de Alberto (Felipe Camargo) para a morte de Arthur (Carlos Vieira). Tadeu fica enfurecido ao saber da fuga de Teresa com os escravos e manda Baltazar trazê-la de volta viva ou morta. Domingos se sente enganado por Júlia e a expulsa da sala aos berros. Rita (Ana Bustorff) chega na hora. Dinis vai ter uma conversa definitiva com Alberto.

  211. Capítulo

  212. Teresa segue para o Rio de Janeiro em busca de Simão Padre Dinis (Virgílio Castelo) chega à casa de Alberto (Felipe Camargo) e quer a ouvir a verdade sobre os acontecimentos em Portugal que resultaram na morte de Arthur (Carlos Vieira).O ex-pirata conta tudo o que aconteceu entre ele e Elisa (São José Correia) e pede perdão a Dinis por ter sido responsável pela morte do filho dele. Diante da família de Domingos (Flávio Galvão), Júlia (Natália Luiza) conta que já foi noiva do juiz, para espanto de Rita (Ana Bustorff). Júlia afirma que é inocente, mas Domingos se recusa a ouvi-la e continua a pensar que ela era amante de Tadeu Dias (Antônio Grassi) quando estavam juntos. Na taberna, Jacyra (Iracema Starling) se sente humilhada por ter sido exposta por Tadeu e Aníbal (Edgar Amorim) tenta consolá-la. Manuel (Leonardo Carvalho) tenta tocar em Adelaide (Leonor Seixas), mas ela se recusa a se entregar a ele. Padre Dinis está arrasado e pede a presença de Antônia (Suzy Rêgo) ao seu lado para confortá-lo. Baltazar (Marcos Breda) retorna sem pistas sobre a fuga de Teresa (Anna Sophia Folch). No Rio de Janeiro, Mariana (Julianne Trevisol) vai encontrar Simão na cadeia. Teresa, Rosália (Dani Ornellas), José (Ronnie Marruda) e Zuza (Gabriel Austin) partem por uma trilha secreta rumo à capital. Apaixonado, Pedro (Bruno Gradim) só tem olhos para Elisa (São José Correia). Álvaro (Celso Frateschi) está disposto a tudo para reconquistar o coração de Ângela (Graziella Moretto). Baltazar sugere a Tadeu contar para os vereadores que Teresa foi raptada pela quadrilha dos amigos de Simão. Padre Dinis coloca Alberto e Elisa frente a frente, pois sabe que um dos dois está mentindo.

  213. Capítulo

  214. Tadeu inventa que Teresa foi raptada para esconder fuga da filha Diante do pai, Elisa (São José Correia) conta uma versão distorcida dos fatos ocorridos em Portugal e acusa Alberto (Felipe Camargo), mas o ex-pirata alega ter matado Arthur (Carlos Vieira) em legítima defesa. Elisa se descontrola e começa a insultar Alberto, Samuel (Michel Bercovitch) e até Dinis (Virgílio Castelo), que não se contém e dá um tapa na filha. Ana (Bruna Brignol) vai até a caverna e ouve de Júlia (Natália Luiza) toda a verdade do envolvimento dela com Domingos (Flávio Galvão) no passado. Rita (Ana Bustorff) está desiludida com Domingos depois de saber que o marido juiz tem um filho fora do casamento: Tabara (Caio Vydal). Domingos obriga Manuel (Leonardo Carvalho) a trabalhar com ele na Câmara Municipal. Adelaide (Leonor Seixas) se diverte com a situação. Baltazar (Marcos Breda) sai à procura de Teresa (Anna Sophia Folch). Teresa, Rosália (Danni Ornellas), José (Ronnie Marruda) e Zuza (Gabriel Austin) caminham pela mata e a filha de Tadeu (Antônio Grassi) não se sente bem. Domingos conta para Manuel que Tabara é seu irmão. No Rio de Janeiro, Álvaro (Celso Frateschi) leva Ângela (Graziella Moretto) para passear pelas ruas da cidade e os dois saem de mãos dadas. João (Reinaldo Gonzaga) quer que Simão (Miguel Thiré) honre Mariana (Julianne Trevisol) e, pelo menos, dê o nome dele ao filho que ela espera. Jacyra (Iracema Starling) vai dizer ao juiz que está decidida a partir de Resende. Tadeu entra na sala com os vereadores para a audiência e os flagra conversando a sós. Ele conta que Teresa foi raptada e tem certeza de que foram os amigos de Simão. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) vai tomar satisfações com Alberto sobre a relação dele com Elisa.

  215. Capítulo

  216. Simão decide assumir o filho de Mariana Alberto (Felipe Camargo) confessa a Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) que teve um caso com Elisa (São José Correia) em Lisboa, mas nada fala sobre a morte do irmão dela. Domingos (Flávio Galvão) decide se afastar temporariamente do cargo de juiz e levar as acusações de Tadeu Dias (Antônio Grassi) para serem julgadas pelo Vice-Rei, no Rio de Janeiro. Frei Adriano (Lafayette Galvão) aconselha Padre Dinis (Virgílio Castelo) a voltar para Portugal com Elisa. Júlia (Natália Luiza) conta a Rita (Ana Bustorff) sobre o seu amor por Domingos. Simão (Miguel Thiré) aceita dar seu nome para o filho de Mariana (Julianne Trevisol). Jacyra (Iracema Starling) fala para Tabara (Caio Vydal) que ele é filho de Domingos. Emília (Ana Kutner) vai se encarregar da decoração do casamento de Alberto e Eugênia. Elisa revela a Antônia (Suzy Rêgo) segredos do passado de Dinis e leva uma bofetada do pai. Domingos conta com Jacinto (Júlio Levy) para cuidar da câmara durante a ausência dele. Baltazar (Marcos Breda) e Theobaldo (Renato Roch) ficam de tocaia perto da prisão onde está Simão, pois têm certeza que Teresa (Anna Sophia Folch) logo aparecerá por lá. Na trilha para o Rio de Janeiro, Teresa passa mal e desmaia. Rita leva Júlia para conversar com Domingos.

  217. Capítulo

  218. Teresa chega ao Rio e revê Simão na cadeia Padre Dinis (Virgílio Castelo) quer levar Elisa (São José Correia) para Portugal e lhe arranjar um casamento. Domingos (Flávio Galvão) não deixa Júlia (Natália Luiza) se explicar e a expulsa de sua casa. Ana (Bruna Brignol) diz a Júlia que pretende se casar com Samuel (Michel Bercovitch) e lhe convida para morar com ela em sua nova casa. No Rio de Janeiro, Samuel vibra com o casamento de Alberto (Felipe Camargo), pois acha que o evento ajudará os negócios. Elisa e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) discutem e a duquesa dá um tapa na noiva de Alberto. Padre Dinis expulsa a própria filha de casa. Na trilha para o Rio de Janeiro, Teresa (Anna Sophia Folch) arde em febre e José (Ronnie Marruda) afirma que ela está com maleita. Baltazar (Marcos Breda) e Theobaldo (Renato Rocha) chegam numa luxuosa casa empoeirada, onde o advogado planeja morar com Teresa, assim que se casarem. Decidida, Rita (Ana Bustorff) afirma que vai acompanhar Domingos até o Rio de Janeiro, pois quer ver Simão (Miguel Thiré). Além disso, a portuguesa planeja voltar para Lisboa assim que a situação de seu filho estiver resolvida. Padre Dinis pede abrigo para sua filha na casa de Álvaro (Celso Frateschi). Pedro se empolga com a chegada da moça. Ana acha que o destino a empurra para os braços de Samuel, já que terá de acompanhar seus pais até o Rio de Janeiro, onde vive o banqueiro. Ângela (Graziella Moretto) rouba um beijo de Dinis. Álvaro vê e ainda tenta cobrar seus direitos de marido. Teresa consegue chegar até a cadeia e reencontra Simão.

  219. Capítulo

  220. Elisa descobre que Dinis não é padre de verdade Na cadeia, Simão (Miguel Thiré) e Teresa (Anna Sophia Folch) beijam-se. Elisa (São José Correia) flerta com Pedro (Bruno Gradim). Padre Dinis (Virgílio Castelo) aguarda a chegada de um navio para que ele e Elisa partam para Portugal. Pedro se oferece para acompanhá-los na viagem. Aníbal (Edgar Amorim) conta a Tadeu (Antônio Grassi) que os Azevedo viajaram para o Rio de Janeiro. Tadeu invade a sala do juiz e mesmo diante dos protestos de Jacinto (Júlio Levy) e Cristóvão (Adriano Carvalho), assume o comando da vila. Emocionada pelo reencontro, Teresa desmaia e desespera Simão. Baltazar (Marcos Breda) aparece e leva a jovem para sua casa no Rio. O Juiz Tarquínio (Daniel Barcellos) confirma que o julgamento de Simão será em dois dias. Mais uma vez, Baltazar ameaça os escravos Rosália (Dani Ornellas) e José (Ronnie Marruda). Na casa de Alberto (Felipe Camargo), Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Emília (Ana Kutner) cuidam dos detalhes do casamento. Pedro pede o consentimento da mãe para ir estudar em Portugal. Teresa melhora e tenta sair de casa para rever Simão, mas Rosália conta que Baltazar mantém homens armados na porta. Antônia (Suzy Rêgo), Mariana (Julianne Trevisol) e João Araújo (Reinaldo Gonzaga) decidem visitar Simão na cadeia. Em Resende, Adelaide (Leonor Seixas) chora de saudades de Portugal e de Estevão (Nuno Pardal). Padre Dinis perdoa Alberto e concorda que ele matou seu filho Arthur (Carlos Vieira) por acidente. Alberto se oferece para pagar os estudos de Pedro em Coimbra. No largo do Chafariz, Júlia (Natália Luiza) surpreende a todos ao aparecer arrumada e bem vestida. Ela surpreende Tadeu na sala do juiz. Elisa procura Frei Adriano (Lafayette Galvão) para falar que o pai vive amasiado com Antônia. O frei deixa escapar que Dinis não é padre de verdade.

  221. Capítulo

  222. Antônia descobre que Dinis e Ângela se beijaram Hesitante, Frei Adriano (Lafayette Galvão) admite que Dinis não é padre de verdade, pois nunca consagrou os votos. Elisa (São José Correia) finge preocupar-se com o pai, mas comemora ter descoberto seu segredo. Na câmara, Júlia (Natália Luiza) humilha Tadeu Dias (Antônio Grassi) e o deixa enfurecido. Na taberna, Júlia comemora com Jacyra (Natália Luiza) ter recuperado sua verdadeira identidade e não mais ter que se fingir de louca. Baltazar (Marcos Breda) se oferece para criar o filho de Teresa (Anna Sophia Folch) caso Simão (Miguel Thiré) seja condenado à forca. Doente, Teresa tem uma crise e arde em febre. Baltazar decide procurar um médico. Na cadeia, Simão receba a visita de Mateus (Pedro Lamares), Mariana (Julianne Trevisol), Antônia (Suzy Rêgo), João (Reinaldo Araújo), Ana (Bruna Brignol) e Rita (Ana Bustorff). Mateus tenta convencer Ana de que fora vítima de uma armação de Manuel (Leonardo Carvalho) e Elisa, mas Ana confessa que está apaixonada por outro homem. Mateus chora na frente de todos. Na casa do Barão de Barbacena, Álvaro (Celso Frateschi) não se conforma de ter visto Ângela (Graziella Moretto) beijar Padre Dinis (Virgílio Castelo). Antônia oferece a casa de Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) para hospedar Domingos (Flávio Galvão) e sua família no Rio de Janeiro. Dinis convida Antônia a viajar com ele para Portugal, mas ela exige que ele a leve como sua mulher de verdade. Baltazar convence Mariana a ajudá-lo num plano que fará com que Simão acredite que Teresa morreu vítima da maleita. Os dois fazem com que Simão, sem desconfiar de nada, peça a Mariana para chegar o estado de saúde de Teresa. Álvaro conta a Antônia que flagrou Padre Dinis beijando Ângela.

  223. Capítulo

  224. Mariana convence Simão de que Teresa está à beira da morte Antônia (Suzy Rêgo) custa a acreditar quando Álvaro (Celso Frateschi) lhe diz que flagrou o beijo Ângela (Graziella Moretto) e Dinis (Virgílio Castelo). Elisa (São José Correia) e Pedro (Bruno Gradim) se preparam para viajar a Portugal. Antônia leva Domingos (Flávio Galvão), Rita (Ana Bustorff) e Ana (Bruna Brignol) a casa de Emília (Ana Kutner) e Carlos (Igor Kovalewsky). Emília ajuda Ana a localizar Samuel (Michel Bercovitch). Jacinto (Júlio Levy) entrega a Tadeu Dias (Antônio Grassi) a convocação para o julgamento de Simão (Miguel Thiré) no Rio de Janeiro. Antônia confessa a João Araújo (Reinaldo Gonzaga) o amor que sente por Dinis. Na taberna de Resende, Júlia (Natália Luiza) e Jacyra (Iracema Starling) perguntam por Domingos. No Rio de Janeiro, o juiz é tratado com frieza pela esposa, D. Rita. Mariana (Julianne Trevisol) visita Teresa (Ana Sophia Folch), que lhe entrega uma carta a Simão. Mariana entrega a carta a Baltazar (Marcos Breda), que a substitui por outra, que Mariana leva a Simão. Na cela, Mariana convence Simão de que Teresa está à beira da morte. Ana visita Samuel e lhe diz que aceita seu pedido de casamento. Samuel confessa a jovem que é judeu. Os dois se beijam. Antônia flagra beijo de Dinis e Ângela. Dinis tenta em vão contornar a situação. Ele admite até largar a vida religiosa, mas Antônia não cede. Em nova visita a Teresa, Mariana conta que espera um filho de Simão.

  225. Capítulo

  226. Começa o julgamento de Simão Mariana (Julianne Trevisol) fala para Teresa (Anna Sophia Folch) que está grávida de Simão (Miguel Thiré). Domingos (Flávio Galvão) não autoriza que Ana se case com Samuel (Michel Bercovitch), pois o considera um foragido da justiça. Antônia (Suzy Rêgo) decide deixar a casa do Padre Dinis (Virgílio Castelo) e vai morar com a irmã Emília (Ana Kutner). João (Reinaldo Gonzaga) diz que ainda espera por Antônia. Júlia (Natália Luiza) tenta se acostumar a ser vista em Resende como uma pessoa normal e não uma mendiga. Simão jura se enforcar se Teresa morrer por causa da maleita. Mateus (Pedro Lamares) o consola. Mariana está certa de que Simão se casará com ela. Agora que ocupa o lugar de Domingos na câmara de Resende, Tadeu (Antônio Grassi) quer impor que os cidadãos da vila lhe façam reverências nas ruas. Adelaide (Leonor Seixas) se recusa a entregar-se a Manuel (Leonardo Carvalho) e ainda ameaça revelar seu segredo. Tadeu recebe um bilhete de Baltazar (Marcos Breda) contando que achou Teresa no Rio de Janeiro. O fazendeiro pretende castigá-la cruelmente se ela não morrer com a maleita. Samuel está inconsolável por causa da negativa de Domingos em permitir que se case com Ana. O juiz Tarquínio (Daniel Barcellos) dá início ao julgamento de Simão. Começa o casamento de Alberto (Felipe Camargo) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Elisa chega para interromper a cerimônia com acusações contra o noivo.

  227. Capítulo

  228. No casamento de Alberto e Eugênia, Elisa expõe passado do ex-pirata Diante de todos os convidados, Elisa (São José Correia) revela que, além de ser um ex-pirata, Alberto (Felipe Camargo) é o assassino de seu irmão. Antônia (Suzy Rêgo) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) ficam horrorizadas e saem. Padre Dinis (Virgílio Castelo) chega para acalmá-las. Ele redime Alberto e diz para Antônia e Eugênia que já o perdoou pelo assassinato de seu filho, pois ele agiu em legítima defesa. Dinis pede para Eugênia confiar em Alberto e não desistir do casamento. Tadeu Dias (Antônio Grassi) testemunha no tribunal e faz várias acusações contra Simão. Padre Dinis também isenta Alberto de culpa diante dos convidados e sai levando Elisa. Mateus dá o seu depoimento, mas este é desconsiderado por causa do envolvimento dele nos fatos relatados. Para surpresa de todos, Aníbal (Edgar Amorim) resolve depor de forma voluntária a favor de Simão. Pedro (Bruno Gradim) se despede de Ângela (Graziella Moretto), Álvaro (Celso Frateschi) e Luzia (Vanessa Pascale) e parte rumo a Portugal para completar seus estudos. Alberto esclarece tudo sobre seu passado para Eugênia. A moça acredita na redenção do pirata e decide continuar a cerimônia do casamento. Padre Bernardo (Adriano Reys) casa os dois. Simão surpreende e toma a palavra para dizer que é culpado.

  229. Capítulo

  230. Mariana mente para Teresa e diz que Simão foi condenado à morte No tribunal, Simão (Miguel Thiré) admite que é culpado por amar demais. Domingos (Flávio Galvão) surpreende e defende o filho ao dizer que ele agiu em legítima defesa na morte de Joaquim (Erom Cordeiro). O juiz Tarquínio (Daniel Barcellos) pede um tempo para pensar. Baltazar (Marcos Breda) acha que vai perder o julgamento. Alberto (Felipe Camargo) pede perdão a Antônia (Suzy Rêgo) por ter escondido de todos o seu passado. Elisa (São José Correia) finge se arrepender e pede para Padre Dinis (Virgílio Castelo) perdoá-la. Para tentar mudar o rumo da sentença final do juiz, Tadeu (Antônio Grassi) inventa que Teresa (Anna Sophia Folch) morreu e, em seguida, retorna para casa, fingindo estar abalado. Samuel (Michel Bercovitch) pede ajuda a Antônia para convencer Domingos a permitir o casamento dele com Ana (Bruna Brignol). Simão fica inconsolável com a notícia da morte de Teresa e mal dá ouvidos ao anúncio de sua absolvição feita pelo juiz. Domingos agradece Aníbal (Edgar Amorim) pela defesa de Simão e promete protegê-lo das maldades de Tadeu. Ângela (Graziella Moretto) ama Padre Dinis e se entristece com a sua partida. Álvaro (Celso Frateschi) a desilude e afirma que esse amor não é correspondido. Conforme planejado por Baltazar, Mariana (Julianne Trevisol) corre para dar a notícia da condenação de Simão para Teresa. Tadeu chega e confirma que Simão será enforcado em breve.

  231. Capítulo

  232. Simão invade a casa de Baltazar para ver o corpo de Teresa Depois da absolvição de Simão (Miguel Thiré), Rita (Ana Bustorff) fala para Domingos que está decidida a passar um tempo em Portugal e pede a sua permissão. Ela também pede ao marido que permita o casamento de Ana (Bruna Brignol) e Samuel (Michel Bercovitch) Tadeu (Antônio Grassi) não se conforma com o resultado do julgamento e quer fazer justiça com as próprias mãos. Simão quer ver Teresa (Anna Sophia Folch) de qualquer jeito e pede para Mariana (Julianne Trevisol) levá-lo até a casa dela, mas a camponesa se nega, pois teme que ele descubra a farsa. João (Reinaldo Gonzaga) quer que Mariana atenda ao desejo de Simão e se compromete a ir junto, para garantir que o rapaz não será visto. Simão invade a casa de Baltazar (Marcos Breda) e dá de cara com Tadeu, que lhe diz que o corpo de Teresa já foi enterrado em um local secreto. Baltazar leva Teresa para ver Simão na cadeia, mas depois de conversar com um soldado, ele mente para ela e diz que os condenados a forca não podem receber visitas. Domingos decide dar o seu consentimento para Ana casar com Samuel e Mateus (Pedro Lamares) tenta impedir. Baltazar vai dar doses mais fracas do remédio a Teresa para que ela não esteja bem de saúde na hora do suposto enforcamento de Simão. Antônia (Suzy Rêgo) decide aceitar o pedido de casamento de João. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) pergunta para Alberto (Felipe Camargo) se ele deitou-se com Elisa (São José Correia) em Resende.

  233. Capítulo

  234. Antônia decide se casar com João Alberto (Felipe Camargo) confessa a Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) que se sujeitou às chantagens de Elisa (São José Correia), pois teve medo que ela contasse tudo o que aconteceu em Portugal para Dinis (Virgílio Castelo). Tadeu (Antônio Grassi) quer voltar logo para Resende e se vingar de Aníbal (Edgar Amorim). Baltazar (Marcos Breda) pede para ele ficar no Rio de Janeiro para assistir ao enforcamento de outro preso condenado e falar para Teresa (Anna Sophia Folch) que fora Simão (Miguel Thiré). Rita (Ana Bustorff) quer que o filho vá com ela a Portugal. Teresa (Anna Sophia Folch) não se sente bem e Baltazar comemora, pois, como planejado, ela não terá forças para sair da cama e ver o suposto enforcamento de Simão. Ana (Bruna Brignol) pede para Aníbal levar um recado para Júlia (Natália Luiza). A moça quer que ela seja sua dama de companhia, depois que casar. Com medo de Simão descobrir que Teresa está viva, Mariana (Julianne Trevisol) quer impedir a ida dele para Resende. Ela convence o pai a ir com ela para o Rio de Janeiro, atrás de Simão. Tadeu manda José (Ronnie Marruda) ficar de longe e o escravo pensa que é Simão quem é enforcado. Simão e Mateus (Pedro Lamares) chegam à Resende e se surpreendem quando Manuel (Leonardo Carvalho) lhes apresenta Adelaide (Leonor Seixas) como a viúva de Estevão (Nuno Pardal) e sua atual esposa. Tadeu conta com detalhes para Teresa como foi o enforcamento de Simão. Emília (Ana Kutner) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) se espantam quando Antônia (Suzy Rêgo) lhes fala de sua intenção de casar com João (Reinaldo Gonzaga) Baltazar quer providenciar logo o casamento com Teresa, antes que Tadeu descubra que ela espera um filho de Simão.

  235. Capítulo

  236. Simão se casa com Mariana, Teresa se casa com Baltazar Emília (Ana Kutner) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) tentam fazer com que Antônia desista de se casar com João (Reinaldo Gonzaga), pois sabem que ela ama Dinis (Virgílio Castelo). Diante das dificuldades em fazer negócios na colônia e ainda mais depois do escândalo protagonizado por Elisa (São José Correia) frente à sociedade carioca, Samuel (Michel Bercovitch) sugere que Alberto (Felipe Camargo) passe uma temporada em Londres. Simão (Miguel Thiré) pensa em ir para Portugal e Mariana (Julianne Trevisol) se oferece para ir junto. João cobra dele a promessa de assumir a paternidade do seu neto. Domingos (Flávio Galvão) ganha um voto de confiança do Vice-Rei e poderá ocupar de novo o seu cargo em Resende. Em Resende, já acreditando na morte de Teresa, Simão se casa com Mariana. No Rio de Janeiro, sem ter outra alternativa, Teresa se casa com Baltazar. Conforme a orientação de Ana (Bruna Brignol), Júlia (Natália Luiza) deixa Resende e se despede de Jacyra (Iracema Starling). Rita (Ana Bustorff) se prepara para viajar para Portugal e teme se deparar as mudanças, depois de tanto tempo longe. Manuel (Leonardo Carvalho) quer impedir que Aníbal (Edgar Amorim) se hospede em sua casa, mas Adelaide (Leonor Seixas) o faz aceitar. Domingos contrata Manuel e Aníbal para trabalharem na Câmara Municipal de Resende. Tadeu (Antônio Grassi) aparece para desafiar o juiz e ameaçar Aníbal. Simão volta ao Rio e apresenta Mariana como sua esposa. Álvaro (Celso Frateschi) diz a Ângela (Graziella Moretto) que deixará a casa dela.

  237. Capítulo

  238. Nova fase de Paixões Proibidas – dois anos depois… Álvaro (Celso Frateschi) não suporta mais dividir o mesmo teto com a pessoa que ama sem ser correspondido e decide deixar a casa de Angela (Graziella Moretto). Os dois se despedem com um beijo. Tadeu (Antônio Grassi) propõe a Jacyra (Iracema Starling) gerenciar a taberna, como fazia Aníbal (Edgar Amorim). No Rio de Janeiro, Carlos (Igor Kovalewsky) brinda o casamento de Simão (Miguel Thiré) e Mariana (Julianne Trevisol). Ana (Bruna Brignol) oferece ao irmão um trabalho no escritório que Alberto (Felipe Camargo) vai montar em Londres. Domingos (Flávio Galvão) quer fazer da antiga caverna de Júlia (Natália Luiza) um lugar para poder ficar a sós com Jacyra (Iracema Starling). Alberto e Samuel (Michel Bercovitch) tentam consolar Simão, que ainda sente a morte da amada. Em casa, Teresa (Anna Sophia Folch) também sofre ao acreditar que Simão está morto. Alberto, Eugênia (Maria Carolina Ribeiro), Simão e Mariana partem para Inglaterra. Passagem de tempo em Paixões Proibidas: Antônia (Suzy Rêgo) e João (Reinaldo Gonzaga) se casam e vão viver em Resende. Elisa (São José Correia), Pedro (Bruno Gradim) e Dinis (Virgílio Castelo) viajam para Portugal. D Rita (Ana Bustorff) também embarca para sua terra natal. Teresa dá à luz ao filho de Simão. Nasce o filho de Mariana. Júlia vira governanta na casa de Ana e Samuel. Dois anos depois… Ana escreve uma carta para Simão contando dos avanços na cidade do Rio de Janeiro com a chegada da corte portuguesa ao Brasil. Em Resende, Adelaide não permite que Manuel a toque, apesar da insistência do marido. De longe, Estevão (Nuno Pardal) os observa. Domingos está decepcionado com o filho e dá uma bronca em Manuel por não se dedicar ao seu trabalho na câmara municipal. Em Portugal, Rita e sua prima Olinda (Julie Sargeant) estão preocupadas com os avanços do exército francês em direção à propriedade onde estão. Dinis, sem a batina, quer tirar Mateus dos combates. Pedro retorna de Coimbra, pois as aulas foram canceladas devido à guerra. Preocupado, Dinis decide abrigar Elisa e Pedro junto de Rita e sua prima Olinda. Alberto, Eugênia, Simão e Mariana retornam de Londres. Mesmo casados com outras pessoas, Simão e Teresa não conseguem deixar de pensar um no outro. Em Resende, Estevão surpreende Manuel e lhe ameaça com uma pistola.

  239. Capítulo

  240. Elisa encontra o Barão de Saraiva e descobre que ele é seu avô Manuel (Leonardo Carvalho) não acredita que Estevão (Nuno Pardal) está vivo e acha que é uma assombração. O português afirma que chegou para se vingar, mas vai embora ao perceber a aproximação de João (Reinaldo Gonzaga). Diante do ferreiro, o filho do juiz chora de medo. Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) vão até Resende visitar Antônia (Suzy Rêgo), que vive casada ao lado de João. Tadeu Dias (Antônio Grassi) ameaça João com uma arma, mas Jacyra (Iracema Starling) chega e retira o revólver das mãos dele. Em Lisboa, Padre Dinis (Virgílio Castelo), Elisa (São José Correia) e Pedro (Bruno Gradim) visitam Rita (Ana Bustorff) e sua prima Olinda (Julie Sargeant) e falam sobre suas famílias no Brasil. Padre Dinis ajuda Mateus (Pedro Lamares) a lutar contra os franceses e confessa ao jovem o ssegredo de suas várias identidades. No Rio de Janeiro, Álvaro (Celso Frateschi) retorna para casa e traz junto Micaela (Cristina Amadeo), a irmã desconhecida de Ângela, de quem o pai dela falou em seu leito de morte. Emocionada, Ângela abraça a irmã e a convida para viver em sua casa. Alberto (Felipe Camargo) comenta com Samuel (Michel Bercovitch) que Simão (Miguel Thiré) é muito hábil nos negócios. Sem querer, Adelaide (Leonor Seixas) fala de Estevão (Nuno Pardal) para Emília. Em Lisboa, Rita recebe a visita do Barão de Saraiva (Henrique Viana), um velho conhecido da família, que desmaia ao ver Elisa. Álvaro e Ângela se beijam e Micaela vê tudo escondida. O Barão de Saraiva descobre que Elisa é sua neta, que ele nunca conheceu.

  241. Capítulo

  242. Simão descobre que Teresa está viva e casada com Baltazar Barão de Saraiva (Henrique Viana) fala com ódio de Sebastião de Meneses, uma das identidades de Dinis, e o culpa por ter passado a vida solitário e recolhido. Dinis revela a Pedro (Bruno Gradim) seus segredos guardados sobre as duas mulheres que teve no passado e se culpa pela morte delas. Elisa pede que Pedro não conte a Dinis sobre a visita do Barão e lhe dá um beijo como recompensa. Na Taberna em Resende, Tadeu (Antônio Grassi) reconhece Francisco (Anderson Carvalho) como o pai de um rapaz morto por João (Reinaldo Gonzaga) e o estimula a vingar-se. Estevão (Nuno Pardal) chega à casa de Domingos (Flávio Galvão) e se apresenta para Emília (Ana Kutner) e Adelaide (Leonor Seixas) como um primo da portuguesa. Adelaide desmaia ao ver o ex-marido. No Rio de Janeiro, Teresa (Anna Sophia Folch) cuida do jardim e Ana (Bruna Brignol) e Júlia (Natália Luiza) a reconhecem de longe.. Elas descobrem também que a moça está casada com Baltazar (Marcos Breda) Em Lisboa, Padre Dinis decide retornar ao Brasil e quer que Mateus (Pedro Lamares) o acompanhe. Barão de Saraiva e Elisa se unem num plano de vingança contra Dinis a concluem que Pedro tem ser a primeira vítima Francisco está pronto para atirar em João (Reinaldo Gonzaga), mas Antônia (Suzy Rêgo) consegue impedir ao acerta um tiro na mão dele. Ela fica desconfiada e quer saber por que aquele homem queria matar João Ele afirma que foi confundido com alguém. Teresa confessa com Frei Adriano (Lafayette Galvão) e diz que não consegue esquecer Simão (Miguel Thiré). Ana e Júlia contam para Simão sobre Teresa e o rapaz fica inconformado ao saber que ela está viva e ainda por cima casada. Estevão vai até a câmara municipal falar com Manuel (Leonardo Carvalho) De longe, Simão vê Teresa e Baltazar de mãos dadas e chora.

  243. Capítulo

  244. Antônia descobre que João Araújo foi um matador de aluguel Simão (Miguel Thiré) quer falar com Teresa (Anna Sophia Folch), mas Ana (Bruna Brignol) e Júlia (Natália Luiza) o convencem a voltar outro dia, quando Baltazar (Marcos Breda) não estiver por perto. Na frente de Jacinto (Júlio Levy) e Aníbal (Edgar Amorim), Estevão (Nuno Pardal) é cínico e se apresenta a Manuel (Leonardo Carvalho), como se não o conhecesse. Tadeu (Antônio Grassi) oferece dois de seus escravos para ajudar Francisco (Anderson Carvalho) numa nova tentativa de vingança contra João (Reinaldo Gonzaga). Alberto (Felipe Camargo), Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Mariana (Julianne Trevisol) vão até Resende visitar João e Antônia (Suzy Rêgo). Júlia (Natália Luiza) quase deixa escapar para Mariana que Teresa está viva. Em Lisboa, Elisa (São José Correia) e Barão de Saraiva (Henrique Viana) combinam de ir até o Rio de Janeiro para se vingarem de Padre Dinis (Virgílio Castelo) José (Ronnie Marruda) terá de trabalhar mais sete anos para conseguir sua alforria, a de Rosália (Dani Ornellas) e Zuza (Gabriel Austin) De longe, Simão sofre ao ver Teresa e Baltazar juntos, cuidando do filho dele. Padre Dinis chega à casa de Olinda (Julie Sargeant) e só não reconhece o Barão de Saraiva porque ele está de costas e simula um acesso de tosse para deixar o recinto. Dinis fala para Elisa sobre os planos de regresso ao Brasil, mas ela diz que precisa antes resolver alguns assuntos pendentes em sua terra. Rita (Ana Bustorff) também não quer voltar enquanto não receber um chamado de Domingos (Flávio Galvão). Em Resende, Domingos diz a Jacyra (Iracema Starling) que a ama, mas jamais se separará de Rita. Francisco ataca a casa de João com mais dois escravos. Alberto chega na hora e consegue impedir o massacre. Desarmado, Francisco diz por que queria se vingar e revela o passado de João, que era capitão-do-mato. Antônia fica em estado de choque, mas o ferreiro continua a negar a verdade.

  245. Capítulo

  246. Emília ouve os segredos de Adelaide e Manuel Francisco (Anderson Carvalho) acusa João (Reinaldo Gonzaga). Simão (Miguel Thiré) está decepcionado com Teresa (Anna Sophia Folch), pois acha que ela armou a história da própria morte para poder casar com Baltazar (Marcos Breda). Estevão (Nuno Pardal) manda Manuel (Leonardo Carvalho) deixar o quarto e força Adelaide (Leonor Seixas) a se deitar com ele. Mariana (Julianne Trevisol) confessa para Antônia (Suzy Rêgo) que seu pai era capitão-do-mato. Confusa, ela decide passar a noite na taberna com Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Alberto (Felipe Camargo). Antônia e João conversam e o ferreiro acaba por contar tudo sobre seu passado. No Rio de Janeiro, Simão intercepta a sege onde está Baltazar. Júlia (Natália Luiza) desaconselha Simão a procurar Teresa, pois se ela também pensa que ele está morto. Disfarçadamente, Baltazar sonda José (Ronnie Marruda) e Zuza (Gabriel Austin) para saber se eles viram Simão pelas ruas. Emília (Ana Kutner) ouve Adelaide falar com Manuel sobre todas as maldades que ele cometeu em Portugal. Teresa diz a Rosália (Dani Ornellas) que sente a presença de Simão perto dela. Antônia decide passar um tempo no Rio de Janeiro. Elisa (São José Correia) quer se casar com Pedro (Bruno Gradim).

  247. Capítulo

  248. Elisa e Pedro se casam Pedro (Bruno Gradim) fica assustado com a proposta de casamento de Elisa (São José Correia) e teme a desaprovação de Dinis (Virgílio Castelo). Adelaide (Leonor Seixas) está assustada com a frieza de Estevão (Nuno Pardal). Dinis (Virgílio Castelo) diz a Elisa que eles deverão partir em dois dias para o Brasil. Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) se despedem de Domingos (Flávio Galvão) e tentam fazê-lo abrir os olhos a respeito da índole de Manuel (Leonardo Carvalho) João (Reinaldo Gonzaga) e Mariana (Julianne Trevisol) conversam melancólicos, pois sabem que não são correspondidos por seus amores. No Rio de Janeiro, Baltazar (Marcos Breda) coloca um pó branco no chá de Teresa. Júlia (Natália Luiza) vai até a casa de Teresa (Anna Sophia Folch) falar pessoalmente com ela, mas não a encontra. Zuza (Gabriel Austin) diz que Teresa está passando muito mal. Em Lisboa, Elisa e Pedro fazem amor. É a primeira vez do jovem. Barão de Saraiva (Henrique Viana) conversa com Rita (Ana Bustorff) e Olinda (Julie Sargeant) sobre o Brasil. De volta a Resende, Tadeu (Antônio Grassi) está embriagado na taberna e nem percebe a presença de Jacinto (Júlio Levy) e Aníbal (Edgar Amorim) Depois de provocar o mal-estar de Teresa, Baltazar é atencioso e cuida da sua recuperação. Estevão decide fazer um piquenique com Adelaide e Manuel se vê obrigado a permitir, mesmo com a preocupação de Domingos com a reputação do filho. Elisa e Pedro saem cedo de casa e retornam casados.

  249. Capítulo

  250. Baltazar mata Frei Adriano Padre Dinis (Virgílio Castelo) desconfia das verdadeiras intenções de Elisa (São José Correia) ao se casar com Pedro (Bruno Gradim), mas ela jura amá-lo de verdade. Pedro decide voltar para o Brasil junto com Elisa, Padre Dinis e Mateus (Pedro Lamares), já que as aulas em Coimbra estão interrompidas pela guerra. Simão (Miguel Thiré) desafia Baltazar (Marcos Breda) e diz que irá todos os dias até a porta de sua casa para ver Teresa (Anna Sophia Folch) Dois meses depois, Padre Dinis, Pedro e Elisa estão no Rio de Janeiro. Ângela (Graziella Moretto) fica chocada ao saber do casamento de seu filho com Elisa. Emília (Ana Kutner) aconselha Antônia (Suzy Rêgo) a perdoar João (Reinaldo Gonzaga). Mariana (Julianne Trevisol) decide voltar para o Rio de Janeiro para ficar com Simão. Baltazar leva Teresa para se confessar com Frei Adriano (Lafayette Gonzaga). A moça diz ao religioso que sente a presença de Simão ao seu lado. No convento, disfarçado de frade, Simão aborda Baltazar e o questiona por ele manter Teresa como uma prisioneira. Baltazar reconhece Padre Dinis e o vê entrando na cela de Frei Adriano. Em Portugal, Olinda (Julie Sargeant) e Rita (Ana Bustorff) estão preocupadas com a proximidade das batalhas à propriedade delas. Em Resende, Estevão (Nuno Pardal) bate em Manuel (Leonardo Carvalho) e manda-o dizer a todos que foram salteadores que o feriram. Pedro quer visitar Antônia na casa de Alberto (Felipe Camargo) e Elisa se oferece para acompanhá-lo. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Antônia não se conformam quando Pedro apresenta Elisa como sua esposa Receoso de que Frei Adriano conte a Teresa que Simão está vivo, Baltazar mata o frei franciscano.

  251. Capítulo

  252. Depois de mais de dois anos, Teresa revê Simão Depois de matar Frei Adriano (Lafayette Galvão) Baltazar (Marcos Breda) retira o hábito do religioso e deixa o convento vestido com ele. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) não acredita no amor de Elisa (São José Correia) por Pedro (Bruno Gradim). Antônia (Suzy Rêgo) tenta acreditar nas boas intenções da moça. Escondida atrás de uma cortina, Micaela (Cristina Amadeo) ouve Ângela (Graziella Moretto) dizer a Dinis (Virgílio Castelo) que o ama. Feridos, Estevão (Nuno Pardal) e Manuel (Leonardo Carvalho) dizem a Domingos (Flávio Galvão) que foram atacados por salteadores. O juiz fica desconfiado. Padre Dinis recebe a notícia da morte de Frei Adriano. Mariana (Julianne Trevisol) leva o filho Martim à câmara municipal para que Domingos possa conhecer o neto. No Rio de Janeiro, Zuza (Gabriel Austin) fica assustado ao ver Simão (Miguel Thiré) na rua e acha que viu um fantasma. Antônia se irrita com Emília (Ana Kutner) quando ela lhe fala do retorno de Padre Dinis. Pedro e Mateus (Pedro Lamares) acompanham Padre Dinis até o convento. Elisa fica aliviada com a saída do marido e vai até Antônia lhe contra sobre a morte do frei. Em Portugal, Rita (Ana Bustorff) quase é atingida no jardim enquanto colhia vegetais. Olinda (Julie Sargeant) manda um criado ao campo de batalha e ele retorna com a notícia de que os combates próximos à Quinta dos Botelhos já se encerraram. João (Reinaldo Gonzaga) quer voltar ao Rio de Janeiro para encontrar Antônia e chama Mariana para acompanhá-lo, pois acha que ela está muito tempo longe de Simão. Rosália (Dani Ornellas) encontra um hábito no baú do quarto de Teresa (Anna Sophia Folch). No velório de Frei Adriano, Antônia consola Padre Dinis. Teresa vai até o jardim esperar a chegada de Baltazar e vê Simão na porta da casa.

  253. Capítulo

  254. Simão conta a Mariana que Teresa está viva Acreditando que Simão (Miguel Thiré) está morto, Teresa (Anna Sophia Folch) desmaia ao revê-lo. Baltazar (Marcos Breda) chega na hora e o expulsa. Rosália (Dani Ornellas) acode Teresa. Baltazar ameaça Rosália e fala para que ela nunca conte a ninguém que encontrou um hábito de frei franciscano em sua casa. Ângela (Graziella Moretto) e Álvaro (Celso Frateschi) vão até o velório de Frei Adriano (Lafayette Galvão). Baltazar engana Teresa e diz que ela o viu e pensou ser Simão. Apesar disso, a moça está certa de que era mesmo o seu amado. Padre Dinis (Virgílio Castelo) está inconformado e quer descobrir quem foi o assassino de Frei Adriano. Mateus (Pedro Lamares) olha o livro de visitas do convento e vê que Baltazar, Teresa e Simão estiveram com o frei no dia de sua morte. Júlia (Natália Luiza) vai até a casa de Baltazar para falar de Simão para Teresa, mas não consegue, pois a moça passa mal. Baltazar pede para Rosália não dizer nada a Teresa sobre a visita de Júlia. Ele tenta convencer Teresa de que ela está ficando louca. Em Resende, Estevão (Nuno Pardal) e Adelaide (Leonor Seixas) saem para um piquenique. Domingos (Flávio Galvão) está cada vez mais desconfiado do comportamento do português. Dinis interroga Baltazar por ele ter feito duas visitas ao convento no mesmo dia. O padre se surpreende ao perceber a presença de Teresa. Baltazar espera Dinis ir embora para pegar o hábito que havia escondido às pressas e se desfaz dele, queimando-o numa fogueira. Elisa (São José Correia) e Pedro (Bruno Gradim) aparecem no escritório de Alberto (Felipe Camargo), que insulta Elisa. Pedro parte para cima dele com a espada, mas o ex-pirata logo consegue desarmá-lo. Simão diz a Mariana (Julianne Trevisol) que sabe que Teresa está viva.

  255. Capítulo

  256. Com a ajuda de Mariana, Baltazar tenta enlouquecer Teresa Dissimulada, Mariana (Julianne Trevisol) finge surpresa com a notícia de que Teresa (Anna Sophia Folch) está viva. No piquenique, Estevão (Nuno Pardal) agarra Adelaide (Leonor Seixas) e a beija. Padre Dinis (Virgílio Castelo) conta a Pedro (Bruno Gradim) que Alberto (Felipe Camargo) era o cigano Come-Facas, que lhe salvou a vida quando o pai de Ângela (Graziella Moretto) mandou matar o próprio neto. Ele leva Pedro até Alberto para que ele se desculpe. João (Reinaldo Gonzaga) quer que sua esposa Antônia (Suzy Rêgo) volte para casa, mas ela preciosa de mais tempo para pensar. Em Portugal, Barão de Saraiva (Henrique Viana) conversa com Rita (Ana Bustorff) e Olinda (Julie Sargeant) e está decidido a conhecer o Brasil. Rita está triste, pois Domingos (Flávio Galvão) não manifesta vontade em tê-la por perto novamente. Mariana procura Baltazar (Marcos Breda) e os dois arquitetam um plano para afastar Simão e Teresa. Mateus (Pedro Lamares) e Simão se reencontram e o português promete ajudar o amigo a reencontrar Teresa. Baltazar quer convencer todos de que Teresa está louca e lhe prepara um chá de ervas que causam alucinações. Padre Dinis pede para Alberto contratar Pedro para trabalhar em seu escritório. Alberto se oferece a ir até a casa de Teresa e contar-lhe toda a verdade. João pede ajuda de Dinis para convencer Antônia a retornar para casa. Depois de tomar o chá, Teresa começa a se debater e gritar que está cercada por bichos. Alberto chega com Mateus e os dois vêem a jovem tendo alucinações.

  257. Capítulo

  258. Micaela seduz Álvaro Alberto (Felipe Camargo) fica espantado com o estado de Teresa (Anna Sophia Folch), que sofre de alucinações. Padre Dinis (Virgílio Castelo) acha que Baltazar (Marcos Breda) pode ter matado Frei Adriano (Lafayette Galvão) porque ele sabia que Simão (Miguel Thiré) estava vivo e podia contar para Teresa. Tadeu (Antônio Grassi) chega à casa de Baltazar e ao se deparar com Alberto e Mateus (Felipe Camargo) na sala, logo saca sua espada. Baltazar chega para intervir e combina com Alberto um encontro no dia seguinte. Zuza (Gabriel Austin) está com medo e conta a Baltazar que viu Simão na rua. Baltazar está prestes a matar o menino quando Padre Dinis chega e diz ao advogado que tem certeza de que ele é o assassino de Frei Adriano. Mariana (Julianne Trevisol) está arrasada, pois Simão não pára de pensar em Teresa. Micaela (Cristina Amadeo) se declara para Álvaro (Celso Frateschi) e lhe rouba um beijo. Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) não gosta da idéia de Pedro (Bruno Gradim) trabalhar no escritório de Alberto. Padre Dinis testemunha horrorizado as alucinações de Teresa. Baltazar diz a Zuza para não contar a ninguém que viu o fantasma de Simão. Luzia (Vanessa Pascale) observa Micaela sair do quarto de Álvaro à noite. Adelaide (Leonor Seixas) pede para Estevão (Nuno Pardal) matá-la de uma vez só ao invés de ficar maltratando-a. Em Portugal, Olinda (Julie Sargeant) e Rita (Ana Bustorff) saem para tentam ir ao mercado, mas se vem no meio de uma batalha entre portugueses e franceses.

  259. Capítulo

  260. Elisa revela a Antônia que Dinis nunca foi padre Em Portugal, Rita (Ana Bustorff) e Olinda (Julie Sargeant) param de ouvir barulhos de tiros e seguem com a carruagem. Antônia (Suzy Rêgo) vai até a casa de Padre Dinis (Virgílio Castelo) e os dois acabam se beijando. Elisa (São José Correia) observa escondida. Baltazar (Marcos Breda) dá mais doses do chá para Teresa (Anna Sophia Folch) e ela começa a ter alucinações na frente de Tadeu (Antônio Grassi). O advogado quer convencer o tio de que ela está louca. Rosália (Dani Ornellas) sofre, pois Baltazar manda Zuza (Gabriel Austin) para Resende, enquanto ela fica no Rio de Janeiro. Júlia (Natália Luiza) observa a partida da sege com Baltazar, Tadeu, Teresa e Zuza e conta a Simão (Miguel Thiré). Elisa aparece na casa de Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) e é mal recebida por Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Em particular, a portuguesa conversa com Antônia e revela o grande segredo de Padre Dinis: ele não é padre de verdade, pois e nunca fez os votos de castidade. Sem achar mantimentos em lugar algum, Rita e Olinda procuram sobras de raízes na horta. Em seu escritório, Alberto (Felipe Camargo) recebe Pedro (Bruno Gradim) para trabalhar e impõe a condição de que Elisa jamais deverá aparecer no local. Sem saber que Antônia já sabe do seu segredo, Padre Dinis conversa com ela e é recebido com uma bofetada. Mateus (Pedro Lamares) pergunta a Júlia se Ana (Bruna Brignol) é feliz no casamento com Samuel (Michel Bercovitch.) Tadeu, Baltazar e Zuza chegam a Resende sem Teresa que, segundo o advogado, ficou em um lugar secreto. No Rio de Janeiro, Simão vai até a casa de Baltazar e Rosália se assusta ao vê-lo, pois pensa que ele está morto.

  261. Capítulo

  262. Teresa é encarcerada por Baltazar Ângela (Graziella Moretto) expulsa o homem de sua casa e diz a Micaela (Cristina Amadeo) que ela é boa demais por dar atenção a esse tipo de gente. Simão (Miguel Thiré) pede o auxílio de Domingos (Flávio Galvão) para salvar Teresa (Anna Sophia Folch) das mãos de Baltazar (Marcos Breda). Apesar de compreender o filho, o juiz não pode tomar nenhuma atitude legal para ajudá-lo. Para não serem vistos por ninguém, Barão de Saraiva (Henrique Viana) e Elisa (São José Correia) se encontram secretamente num convento e arquitetam um plano de vingança contra Dinis (Virgílio Castelo) e Alberto (Felipe Camargo). Com a viagem para Portugal, Domingos deixa a câmara municipal sob a responsabilidade de Jacinto (Júlio Levy). Manuel (Leonardo Carvalho) se desculpa com Domingos por ter seduzido Jacyra (Iracema Starling) e promete ser mais responsável com o trabalho. No Rio de Janeiro, Teresa sofre presa numa cadeia pública ao lado de criminosas e loucas. Simão intercepta a carruagem de Baltazar e exige saber do paradeiro de Teresa. Adelaide (Leonor Seixas) se declara para Estevão (Nuno Pardal) e lhe explica o castigo que aplica em Manuel, que tem de viver sob os desmandos dela para não ser denunciado para o pai. Os dois se beijam. Manuel confessa seus crimes para Estevão e Adelaide. Os dois decidem denunciá-lo ao juiz Domingos. Manuel foge de casa e vai pedir abrigo na casa de Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner, no Rio de Janeiro. Dois meses depois, na Quinta dos Botelhos, em Portugal, Rita (Ana Bustorff) e Olinda (Julie Sargeant) são atacadas por três soldados franceses.

  263. Capítulo

  264. Elisa e Barão planejam vingança contra Padre Dinis Estevão (Nuno Pardal) e Adelaide (Leonor Seixas) se beijam e Padre Bernardo (Adriano Reys) vê a cena escandalizado. Estevão e Adelaide explicam-lhe toda a história, mas, ele continua a achar imoral e exige que eles se retirem da casa do juiz. Em Portugal, Olinda (Julie Sargeant) e Rita (Ana Bustorff) estão sob a mira dos soldados franceses que exigem jóias e dinheiro. Domingos (Flávio Galvão) aparece de surpresa e mata dois dos soldados. Quando está prestes a ser vencido pelo terceiro, Rita o acerta com um tiro. No Rio de Janeiro, a Irmandade Nossa Senhora do Rosário aceita ajudar José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) a comprarem a alforria. Pedro (Bruno Gradim) encontra o Barão de Saraiva (Henrique Viana) na porta de sua casa e Elisa (São José Correia) revela que o barão é avô dela. Os dois difamam Padre Dinis (Virgílio Castelo) e tentam convencer Pedro de que ele é uma má pessoa, pois querem a ajuda do rapaz para se vingar. Em Resende, Jacyra (Iracema Starling) quer largar o emprego na taberna, mas diante dos pedidos insistentes de Tadeu (Antônio Grassi), decide voltar atrás. Baltazar (Marcos Breda) não quer vender a alforria dos três escravos e manda José escolher entre a de Zuza (Gabriel Austin) e a de Rosália. Dinis chega em casa e o Barão de Saraiva se esconde para não ser reconhecido. Pedro interroga o padre para saber se ele fez mesmo os votos. Elisa chega na hora e demonstra surpresa com a pergunta. Rita convida Olinda a passar uns tempos no Brasil e fugir da guerra. Pedro pergunta a Álvaro (Celso Frateschi) se ele sabe de algum envolvimento entre Padre Dinis e Ângela (Graziella Moretto).

  265. Capítulo

  266. Teresa é encarcerada por Baltazar Ângela (Graziella Moretto) expulsa o homem de sua casa e diz a Micaela (Cristina Amadeo) que ela é boa demais por dar atenção a esse tipo de gente. Simão (Miguel Thiré) pede o auxílio de Domingos (Flávio Galvão) para salvar Teresa (Anna Sophia Folch) das mãos de Baltazar (Marcos Breda). Apesar de compreender o filho, o juiz não pode tomar nenhuma atitude legal para ajudá-lo. Para não serem vistos por ninguém, Barão de Saraiva (Henrique Viana) e Elisa (São José Correia) se encontram secretamente num convento e arquitetam um plano de vingança contra Dinis (Virgílio Castelo) e Alberto (Felipe Camargo). Com a viagem para Portugal, Domingos deixa a câmara municipal sob a responsabilidade de Jacinto (Júlio Levy). Manuel (Leonardo Carvalho) se desculpa com Domingos por ter seduzido Jacyra (Iracema Starling) e promete ser mais responsável com o trabalho. No Rio de Janeiro, Teresa sofre presa numa cadeia pública ao lado de criminosas e loucas. Simão intercepta a carruagem de Baltazar e exige saber do paradeiro de Teresa. Adelaide (Leonor Seixas) se declara para Estevão (Nuno Pardal) e lhe explica o castigo que aplica em Manuel, que tem de viver sob os desmandos dela para não ser denunciado para o pai. Os dois se beijam. Manuel confessa seus crimes para Estevão e Adelaide. Os dois decidem denunciá-lo ao juiz Domingos. Manuel foge de casa e vai pedir abrigo na casa de Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner, no Rio de Janeiro. Dois meses depois, na Quinta dos Botelhos, em Portugal, Rita (Ana Bustorff) e Olinda (Julie Sargeant) são atacadas por três soldados franceses.

  267. Capítulo

  268. Elisa e Barão planejam vingança contra Padre Dinis Estevão (Nuno Pardal) e Adelaide (Leonor Seixas) se beijam e Padre Bernardo (Adriano Reys) vê a cena escandalizado. Estevão e Adelaide explicam-lhe toda a história, mas, ele continua a achar imoral e exige que eles se retirem da casa do juiz. Em Portugal, Olinda (Julie Sargeant) e Rita (Ana Bustorff) estão sob a mira dos soldados franceses que exigem jóias e dinheiro. Domingos (Flávio Galvão) aparece de surpresa e mata dois dos soldados. Quando está prestes a ser vencido pelo terceiro, Rita o acerta com um tiro. No Rio de Janeiro, a Irmandade Nossa Senhora do Rosário aceita ajudar José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) a comprarem a alforria. Pedro (Bruno Gradim) encontra o Barão de Saraiva (Henrique Viana) na porta de sua casa e Elisa (São José Correia) revela que o barão é avô dela. Os dois difamam Padre Dinis (Virgílio Castelo) e tentam convencer Pedro de que ele é uma má pessoa, pois querem a ajuda do rapaz para se vingar. Em Resende, Jacyra (Iracema Starling) quer largar o emprego na taberna, mas diante dos pedidos insistentes de Tadeu (Antônio Grassi), decide voltar atrás. Baltazar (Marcos Breda) não quer vender a alforria dos três escravos e manda José escolher entre a de Zuza (Gabriel Austin) e a de Rosália. Dinis chega em casa e o Barão de Saraiva se esconde para não ser reconhecido. Pedro interroga o padre para saber se ele fez mesmo os votos. Elisa chega na hora e demonstra surpresa com a pergunta. Rita convida Olinda a passar uns tempos no Brasil e fugir da guerra. Pedro pergunta a Álvaro (Celso Frateschi) se ele sabe de algum envolvimento entre Padre Dinis e Ângela (Graziella Moretto).

  269. Capítulo

  270. Simão e Teresa se reencontram Pedro (Bruno Gradim) discute com a mãe quando Ângela (Graziella Moretto) admite ao filho que está apaixonada por Padre Dinis (Virgílio Castelo). Ao retornar, está desolado e concorda com Elisa (São José Correia) em ajudá-la em eu plano contra Dinis. Rita (Ana Bustorff) quer que Domingos (Flávio Galvão) ouça o que Júlia (Natália Luiza) tem a dizer a ele quando ambos voltarem ao Brasil. Dois meses depois, Micaela (Cristina Amadeo) sofre com a chantagem do homem que ajudou a incriminar Luzia (Vanessa Pascale). Mateus (Pedro Lamares) e Simão (Miguel Thiré) desconfiam que Teresa (Anna Sophia Folch) possa estar na cadeia pública, presa com as loucas. Ao chegaram lá, Simão reencontra Teresa e ela revela que os dois têm um filho. Simão promete tirá-la de lá. Simão, Mateus, Ana (Bruna Brignol) e Júlia (Natália Luiza) planejam libertar Teresa enquanto Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) derem sua primeira recepção à sociedade do Rio de Janeiro. Manuel (Leonardo Carvalho) tenta seduzir Emília e a beija, mas é rechaçado. Pedro ouve Samuel (Michel Bercovitch) e Alberto (Felipe Camargo) falarem que os documentos bancários que garantem a fortuna deles estão no cofre do escritório. Antônia (Suzy Rêgo) regressa de Resende para a festa de Emília e revê a irmã e a filha Eugênia (Maria Carolina Ribeiro). Elisa avisa o Barão de Saraiva (Henrique Viana) de que Dinis estará na festa. Ela e Pedro planejam roubar os documentos de Alberto. A duquesa pede que Micaela consiga para ela uma arma de fogo. Começa a festa na casa de Carlos e Emília. Antônia reencontra Dinis e revela que foi Elisa quem Na casa de Alberto, Simão se despede emocionado do filho e deixa Mariana (Julianne Trevisol) desconfiada. Na festa, Elisa e Pedro reencontram Alberto e Eugênia Ângela vê Dinis e Antônia se beijando.

  271. Capítulo

  272. Barão de Saraiva revela a todos os segredos do Padre Dinis Ângela (Graziella Moretto) vê Dinis (Virgílio Castelo) e Antônia (Suzy Rêgo) se beijando e reage enciumada. Barão de Saraiva (Henrique Viana) chega à festa e ao ver Dinis, chama-o de assassino da frente de todos os convidados. Ele revela a todos que Dinis nunca foi padre de verdade e que seu nome real é Sebastião de Menezes. Diante todos, Dinis revela seu passado, sua paixão pela filha do Barão e trágica morte dela no parto, num convento. Ele pede perdão ao Barão, que faz um escândalo. Na cadeia pública, Mateus (Pedro Lamares) arma uma confusão para distrair a guarda. Elisa (São José Correia) chora e discute com o pai por ele ter escondido dela a existência de eu avô. Samuel (Michel Bercovitch) observa Pedro (Bruno Gradim) bêbado na festa e se preocupa Ao lado de um quarteto de cordas, Carlos (Igor Kovalewsky) entretém os convidados com sua música. Na cadeia pública, Simão, Mateus, Alberto (Felipe Camargo) e Samuel enfrentam os guardas e os escravos de Baltazar (Marcos Breda e conseguem fugir com Teresa (Anna Sophia Folch). Na luta, Mateus salva a vida de Samuel. Álvaro (Celso Frateschi) vê de longe Micaela (Cristina Amadeo) entregar uma arma e fogo a Elisa. Na festa, Samuel desconfia da ausência de Pedro e Elisa e resolve ir até o escritório. Quando chega lá, flagra os dois roubar os documentos de sua fortuna. Samuel ameaça chamar a polícia e desesperada, Elisa atira nele.

  273. Capítulo

  274. Elisa mata Samuel e Pedro Elisa (São José Correia) mata Samuel (Michel Bercovitch) com um tiro. Pedro (Bruno Gradim) se desespera e ela dá um tapa nele. Na cadeia pública, Baltazar (Marcos Breda) briga com todos os guardas que deixaram que Simão (Miguel Thiré) e seus amigos libertassem Teresa (Anna Sophia Folch). Teresa e Simão decidem ir a Resende procurar pelo filho e José (Ronnie Marruda) e Rosália (Dani Ornellas) decidem ir junto para encontrar Zuza (Gabriel Austin). Pedro está desesperado com o ato de Elisa e teme que os dois sejam enforcados. Ao carregar outra arma, a duquesa admite que só se casou com ele para irritar Padre Dinis. Pedro se desespera e Elisa atira nele friamente. Depois do assassinato, Elisa altera a cena do crime e faz com que pareça que Samuel e Pedro duelaram. Na festa de Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner), Álvaro (Celso Frateschi) se irrita com as provocações de Micaela (Cristina Amado). Ana (Bruna Brignol) está preocupada com a demora de Samuel. Alberto (Felipe Camargo) e Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) decidem ir embora. Manuel (Leonardo Carvalho) não pára de galantear Emília. Antônia (Suzy Rêgo) e Dinis marcam um reencontro. Furioso com a fuga de Simão e Teresa, Baltazar oferece uma recompensa para quem encontrar os dois. Alberto chega ao escritório e encontra os corpos de Samuel e Pedro. Elisa entrega ao Barão de Saraiva (Henrique Viana) os documentos que roubou. Alberto chega à casa do Padre Dinis e conta da morte de Pedro e Samuel. Dinis se desespera. Elisa finge um desmaio. Alberto decide chamar a polícia. Mateus (Pedro Lamares) conta a Ana sobre a morte de Samuel. Dinis conta a Ângela (Graziella Moretto) sobre a morte do filho. Terminada a festa, Carlos avisa que vai recolher-se. Manuel leva Emília ao escritório e a beija sedutoramente. Carlos flagra o beijo e parte para cima de Manuel Depois da surra, o músico confronta a esposa. No escritório, Alberto e o inspetor de polícia iniciam as investigações sobre o crime. Ângela chega ao local e ao ver Elisa a acusa de ter causado toda a tragédia. Na casa de Alberto, Mariana descobre Simão fugiu com Teresa.

  275. Capítulo

  276. Mariana se sacrifica para salvar Simão Mariana (Julianne Trevisol) está enfurecida porque Ana (Bruna Brignol), Mateus (Pedro Lamares), Eugênia (Maria Carolina Ribeiro) e Alberto (Felipe Camargo) foram cúmplices da fuga de Simão (Miguel Thiré) e Teresa (Anna Sophia Folch). Emília (Ana Kutner) pede perdão a Carlos (Igor kovalewsky) por ter beijado Manuel (Leonardo Carvalho). Antônia (Suzy Rêgo) fica desolada quando Padre Dinis (Virgílio Castelo) conta sobre a morte de Pedro (Bruno Gradim). Micaela (Cristina Amadeo) ameaça Elisa (São José Correia) com uma faca, pois teme que a duquesa revele que conseguiu a arma de fogo com ela. Elisa consegue desarmá-la e também ameaça matá-la, como fez com Samuel e Pedro. Simão, Teresa, Júlia (Natália Luiza), Rosália (Dani Ornellas) e José (Ronnie Marruda) chegam a Resende. Rita (Ana Bustorff), Domingos (Flávio Galvão) e Olinda (Julie Sargeant) chegam a Resende e reencontram Adelaide (Leonor Seixa) e Estevão (Nuno Pardal). Os dois contam?lhes toda a verdade sobre o que aconteceu em Portugal e o que fez Manuel. O juiz quer que Jacinto (Júlio Levy) e Aníbal (Edgar Amorim) partam em busca de Manuel, mas é surpreendido com a chegada de Carlos e Emília, que entregam o filho do juiz. Álvaro flagra Micaela entregando dinheiro ao homem que enganou Luzia. Ele tenta em vão capturá-lo, mas é impedido por Micaela. O barão revela a Ângela que Micaela não é irmã dela de verdade e que foi Micaela quem deu a Elisa a arma de fogo que matou Pedro. Desesperada, Micaela saca uma arma e ameaça o dois. Ela atira e foge. A bala atinge Álvaro. Domingos prende Manuel e determina que o filho seja levado à justiça do Rio de Janeiro. Simão e José (Ronnie Marruda) invadem a casa de Tadeu Dias para reaverem Joaquinzinho e Zuza (Gabriel Austin) e se deparam com Tadeu, Theobaldo (Renato Rocha) e Baltazar (Marcos Breda), que ameaça as crianças com uma faca. Mariana chega e testemunha a cena. Diante do inspetor de polícia, Dinis acusa a filha Elisa de ter matado Samuel e Pedro e como prova tira da bolsa dela parte dos documentos que ela roubou. Revoltada, Elisa xinga todos e transtornada, ofende ainda mais Dinis e Alberto (Felipe Camargo). O Barão de Saraiva (Henrique Viana) também chega para dizer que não pode compactuar com os crimes de Elisa. Ângela pede perdão a Álvaro e pelas ruas do Rio, Micaela volta a se prostituir. Baltazar revela a Simão que Mariana o ajudou a forjar a história das falsas mortes. Simão fica inconformado com a traição de Mariana. Baltazar atira uma faca em Simão, mas Mariana se joga na frente do amado e é atingida.

  277. Capítulo

  278. Resumo do último capítulo da novela Paixões Proibidas: chega ao fim hoje a novela “Paixões Proibidas” escrita por Aimar Labaki e baseada nas obras de Camilo Castelo Branco. A Band não foi feliz em termos de audiência com a novela que ficou na casa dos pontos no Ibope. Mais uma trama bem dirigida e com uma excelente produção a emissora não deixou a desejar e continuará investindo em teledramaturgia. Seu próximo projeto é uma novela músical baseado em “High School Musical”. Finalmente, Simão e Tereza vivem felizes juntos O casal enfrenta Tadeu e Baltazar, e resgata o filho de ambos ameaçado pelo crápula Depois de muito sofrimento, Simão (Miguel Thiré) descobre que Baltazar (Marcos Breda) trancafiou Teresa (Anna Sophia Folch) numa cadeia pública. E, junto com Mateus (Pedro Lamares), Alberto (Felipe Camargo) e Samuel (Michel Bercovitch), o rapaz aproveita uma festa dada por Carlos (Igor Kovalewsky) e Emília (Ana Kutner) para invadir o presídio. Lá, os quatro duelam com os guardas e os escravos infiltrados de Baltazar, e conseguem resgatar Teresa. Já ao lado da sua paixão, a jovem confessa a Simão que os dois têm um filho e que ele está com Baltazar, em Resende. Assim, imediatamente, o casal retorna à cidade natal. Na fazenda de Tadeu Dias (Antônio Grassi), Baltazar ameaça matar a criança. Simão, porém, consegue render os bandidos, os deixa amarrados e foge para a casa de Domingos (Flávio Galvão), que promete ajudar o herdeiro. No outro dia, o juiz prende Baltazar e, em troca de sua liberdade, exige que o canalha anule seu casamento com Teresa e deixe a cidade para que a moça e seu filho possam viver em paz. Assim, Baltazar escapa da forca e desaparece da região, enquanto Teresa e Simão vivem felizes para sempre juntinho do herdeiro.

Elenco / Personagens

Confira o perfil e conheça os personagens da novela Paixões Proibidas

DOMINGOS DE AZEVEDO (Flávio Galvão) – Casado com Rita, pai de Manuel, Simão e Ana. Ama a família, mas aparenta ser um tanto frio com os familiares. O juiz de fora da Vila de Resende vive em constante luta para manter a lei a ordem na cidade. Exímio espadachim, é o professor de sua filha Ana, mesmo contra a vontade de Rita. Apesar da idade, desperta muitas paixões. Sua esposa, Dona Rita, vive à sua inteira devoção. Apesar da fama de correto, Domingos esconde um romance secreto com Jacyra. Além disso, o juiz é objeto da paixão secreta da Maria Louca da vila, a quem ele nem percebe. Domingos também vive em conflito com o filho Simão, pois o considera muito rebelde, irresponsável e nada parecido com o filho mais velho Manuel.

RITA DE AZEVEDO (Ana Bustorff) – Portuguesa, nunca se adaptou aos trópicos. Nostálgica e austera, Rita tenta reproduzir na Vila de Resende os hábitos e costumes da corte, com resultados involuntariamente ridículos. Fidelíssima ao marido, o juiz Domingos, coloca-o acima até dos próprios filho Mateus, Manuel e Ana.

ANA DE AZEVEDO (Bruna Brignol) – Filha mais jovem dos Azevedo e xodó do juiz Domingos, Ana foi criada entre meninos e por isso é quase um moleque, para desgosto da mãe, que não consegue ensinar à filha os modos da corte portuguesa. Apesar de jovem, Ana já desperta a atração dos homens e ao ter consciência disso, fica ansiosa por viver sua própria história de amor.

SIMÃO DE AZEVEDO (Miguel Thiré) – Bem-humorado, culto e de espírito aventureiro, Simão é jovem, inteligente e enérgico, mas também rebelde e às vezes quase irresponsável. Depois de ser expulso da faculdade, volta ao Brasil, onde conhece Teresa, por quem se apaixona perdidamente.

MANUEL DE AZEVEDO (Leonardo Carvalho) – Filho mais velho de Domingos e Rita, Manuel é um verdadeiro escroque. Estuda em Coimbra, mas não se esforça em aprender. Seu objetivo é se formar e conseguir um emprego público no Brasil, para ficar bebendo e dormindo com as raparigas. Mas o pai nem desconfia das intenções do filho e vê nele um homem responsável e de valor. Em Coimbra, Manuel vive um tórrido romance com Adelaide, a esposa de seu melhor amigo, Estevão.

TADEU DIAS (Antônio Grassi) – Bruto, violento e rude, Tadeu é pai de Teresa e Joaquim. Nasceu pobre, mas enriqueceu fazendo tráfico de escravos, especiarias e ouro. Tenta se portar e falar sob uma capa de civilidade, mas seus maus modos e piores instintos sempre aparecem. Fazendeiro e dono da taberna e hospedaria da Vila de Resende, Tadeu quer controlar a todos e principalmente a filha, a quem ama em devoção e jamais aceita que ela se apaixone pelo filho de seu pior inimigo.

TERESA DIAS (Anna Sophia Folch) – Heroína romântica, Teresa é frágil e delicada, mas suporta com dignidade e força as provações. Filha de Tadeu e irmã de Joaquim, tem na escrava Rosália uma segunda mãe. Leitora voraz, Teresa é culta, educada e por isso, muito diferente de sua família. O mundo da jovem mudará quando se apaixonar por Simão e começar a descobrir quem o pai dela realmente é.

JOAQUIM DIAS (Erom Cordeiro) – Filho de Tadeu Dias. De má índole e violento, Joaquim é quase um sádico e parece ter prazer em espancar e maltratar as pessoas. Quer controlar a irmã Teresa porque desconfia que ela esconda algo. Seu passatempo favorito é torturar os escravos, em especial o menino Zuza, filho da escrava da casa.

BALTAZAR GUIMARÃES (Marcos Breda) – Primo de Teresa, Baltazar é chamado pelo tio Tadeu Dias para se casar com a filha. Em geral, fala baixo, é conciliador e excelente argumentador. Mas, em situações extremas, fala grosso e pode ser extremamente violento.

ALBERTO DE MIRANDA (Felipe Camargo) – Sério, inteligente e até violento, Alberto nasceu no Brasil, cigano. Ao vender uma criança, usa o dinheiro para tentar a sorte na Europa, primeiro como um marujo, mas logo como um corsário e depois pirata, lutando por conta própria sob o nome de Barba Roxa. Enriqueceu e encontrou um parceiro ideal em Samuel Goldberg, que pouco a pouco, vai legalizando sua fortuna e lhe dá uma fachada de homem digno. Muda-se então para Portugal, onde assume a identidade de Leopoldo de Saavedra. Homem de muitas paixões, se envolve em Lisboa com a Duquesa de Ponthieu, Elisa de Mandeville, uma mulher sedutora e possessiva que se apaixona por ele. Quando se vê obrigado a viajar para o Brasil devido a um trágico acontecimento, se apaixona pela jovem Eugênia Valente e por ela tenta se regenerar.

SAMUEL GOLDBERG (Michel Bercovitch) – Único amigo de verdade de Alberto, de quem realmente gosta, à parte os negócios que têm juntos. Samuel adora a boa vida que leva – ama os bons vinhos, a boa comida e as mulheres. Tem acesso a tudo isso pelo dinheiro que acumulou, mas guarda uma grande culpa por ter roubado a amante em sua juventude.) – Ao voltar ao Brasil tenta pagar sua dívida e se redimir, mas pode ter problemas ao se envolver com uma mulher casada e mais tarde com uma moça muito mais jovem que ele.

FREI ADRIANO (Lafayette Galvão) – Velho sábio, único detentor de todos os segredos de Padre Dinis, é confidente e muitas vezes conselheiro para o misterioso português. Fala pausadamente, mas com firmeza.

MARIA/(Júlia Queirós (Natália Luiza) – Portuguesa, vive quase como eremita numa casa abandonada próxima à Vila de Resende e sobrevive de esmolas. Todos na cidade pensam que ela é louca, mas a verdade é que Maria esconde um segredo que envolve o juiz Domingos de Azevedo, a quem ela ama quase que em devoção. Anda sempre com o rosto escondido, para que não a reconheçam. Na frente dos outros, age como louca e fala coisas desconexas, mas sozinha em casa, veste-se com suas antigas roupas, toma chá e aparenta sanidade.

ÁLVARO DE SOUZA (Celso Frateschi) – De temperamento explosivo, Álvaro é marido de Ângela e amante de Eugênia e mantém as duas na mesma casa. O Barão de Barbacena vive amargurado pela grande decepção da sua vida: sua mulher se entregou a outro homem antes dele. Por isso, trata a Baronesa com muita crueldade e dá pouca atenção à amante Eugênia.

ÂNGELA DE SOUZA (Graziella Moretto) – Esposa do Barão de Barbacena, Ângela vive enclausurada em seu quarto, vítima da crueldade do marido, que não a perdoa por ter se casado com ele sem ser virgem. Na juventude, Ângela se apaixonou por um jovem sem posses e a ele se entregou. Desse amor nasceu Pedro, que ainda bebê foi entregue ao Padre Dinis. Tísica, ela acredita que vai morrer e por isso pede ao Padre que traga o filho, hoje um homem adulto, que fora criado por ele e Antônia.

EUGÊNIA VALENTE (Maria Carolina Ribeiro) – Forte, sensual e de bom coração, Eugênia é a filha de Antônia que fora roubada da mãe por ciganos, quando tinha apenas 5 anos. Cresce na marginalidade e, já adolescente, vai trabalhar como criada na casa do Barão de Torres Novas, Álvaro de Souza, onde acaba entregando-se a ele e virando sua concubina. Finge ser a algoz de Ângela, a esposa do Barão, mas na verdade é seu anjo da guarda. Tudo na vida da jovem está prestes a mudar com uma inesperada visita. Ela se apaixonará perdidamente pelo empresário Alberto de Miranda, sem sequer imaginar seu passado de crimes e pirataria.

LUZIA (Vanessa Pascale) – Escrava na casa do Barão de Barbacena, Luzia é um verdadeiro anjo da guarda para a patroa Ângela. Com a ajuda de Eugênia, faz de tudo para poupar os sofrimentos impostos por Álvaro de Souza à mulher doente.

JOÃO ARAÚJO (Reinaldo Gonzaga) – Homem rude e de poucas palavras. Ferreiro, foi capitão-do-mato e matador profissional, mas largou tudo e se regenerou por amor à filha, Mariana, que criou sozinho. Apesar da aparente tranqüilidade, João não perdeu a personalidade violenta e tenta o tempo todo controlar-se. Vai se apaixonar por Antônia Valente.

MARIANA ARAÚJO (Julianne Trevisol) – De modos simples, mas afetuosa, Mariana é uma camponesa. Criada somente pelo pai, o ferreiro João Araújo, ela cresceu com pouco dos costumes das moças de sua geração, mas não deixa de ser bela e delicada. Seu amor por Simão a leva a cometer crimes e maldades, não por má natureza, mas por acreditar nessa paixão.

ROSÁLIA (Dani Ornellas) – Escrava da casa de Tadeu Dias, Rosália é bela, forte e muito sensual. Após a morte da mãe de Teresa, praticamente criou a menina. Tem horror dos patrões Tadeu e Joaquim, mas não foge porque sabe que se capturada, nem ela nem o filho seriam poupados da morte.

ZUZA (Washington Austin) – Filho de Rosália, Zuza tem horror a castigos físicos e morre de medo de Joaquim. Na ingenuidade infantil, tem dificuldade em entender porque é tratado diferentemente das crianças brancas. Por isso, desde menino, sonha com a liberdade.

JOSÉ (Ronnie Marruda) – Escravo que luta pela liberdade e sonha em fugir para um quilombo. Apaixona-se por Rosália e será um pai para Zuza.

CARLOS SALGADO (Igor Kovalewsky) – Músico extremamente talentoso e criativo, Carlos é um romântico antes da época, temperamental e intempestivo. Fala alto e é um vulcão de criatividade que assusta quem está ao redor. Vive quase que na miséria com a esposa Emília, mas sua sorte está para mudar.

EMÍLIA SALGADO (Ana Kutner) – Irmã e melhor amiga de Antônia, Emília é frágil, apaixonada e muito dedicada ao marido Carlos. A vida muda quando conhece Samuel, pois fica tentada a viver um romance com o comerciante, o que lhe proporcionaria uma vida muito mais confortável.

PADRE DINIS (Virgílio Castelo) – Padre Dinis é um homem atormentado por um passado trágico que ele insiste em esconder. Nasceu Sebastião de Meneses em Portugal e foi levado ainda jovem para a França, onde se casou e se tornou Duque de Ponthieu. É pai de Elisa de Mandeville e Arthur, que vivem em Lisboa e há muito tempo não têm notícias do pai. No Brasil, Padre Dinis ama, há anos, Antônia Valente, mas não deixa transparecer seus sentimentos. Têm ainda um alter-ego: sua insônia e grande angústia levam-no a passar a maior parte das noites perambulando pelas ruas do Rio, em roupas civis ou até encapuzado, onde envolve-se em aventuras e situações dramáticas.

ANTÔNIA VALENTE (Suzy Rêgo) – Filha de comerciantes que enriqueceram, Antônia teve educação refinada, mas quando perdeu tudo, foi obrigada a enfrentar a vida. Mulher forte e digna, dedica-se à incessante busca pela filha, roubada ainda criança. Apaixonada pelo Padre Dinis, vive com ele como se fossem irmãos e não tem coragem de expressar o que sente devido ao respeito que tem pelo voto religioso dele. Antônia também cria com todo amor o filho adotivo Pedro Almeida.

PEDRO ALMEIDA (Bruno Gradim) – Filho de Ângela, criado por Padre Dinis e Antônia. É um adolescente típico, fisicamente entre a infância e a vida adulta, e com um temperamento afoito. Ao longo da história vai ficando adulto e choca a sociedade da época ao se relacionar com uma mulher mais velha.

ANÍBAL SETÚBAL (Edgar Amorim) – Aníbal é o responsável pela taberna e hospedaria de Tadeu Dias e também o braço direito do poderoso comerciante de Resende, servindo como comparsa nas vilanias e crimes cometidos por Tadeu e Joaquim.

JACYRA (Iracema Starling) – Índia da tribo dos Puris, que foi dizimada 20 anos antes, na região de Resende, pela varíola, introduzida de propósito pelo homem branco. Tem um temperamento forte. Cria o filho, Tabara, como branco, porque quer que ele tenha mais chances na vida. Sensual e intensa, é apaixonada por Domingos, com quem mantém um romance secreto. Trabalha na taberna, sob as ordens de Aníbal.

TABARA (Caio Vydal) – Filho de Jacyra. Doce, gentil e esperto, Tabara é o típico menino, adora brincar e viver aventuras com o melhor amigo Zuza. É muito apegado à mãe.

ELISA DE MANDEVILL (São José Correia) – Filha de Sebastião de Meneses, Elisa cresceu na França ao lado do irmão, Arthur, acostumada ao luxo e aos benefícios da nobreza. Com a Revolução Francesa, muda-se para Portugal, onde vive de algumas posses que o pai lhe deixa. Elisa não conhece limites para seus desejos, nem morais, nem práticos. É em Lisboa que se envolve com o misterioso comerciante Leopoldo de Saavedra e acaba se apaixonando, mas não é correspondida à altura. Ao passar por um trágico acontecimento que lhe tira tudo que ama, Elisa fica obcecada com a idéia de vingança e segue para o Brasil, onde reencontra o pai e também o antigo amante.

ARTHUR (Carlos Vieira) – Mimado e covarde, Arthur é um tremendo bon vivant que cresceu acostumado às regalias da corte. Muito apegado à irmã Elisa de Mandeville, depende dela para quase tudo e por causa de seu vício no jogo, perde muito dinheiro e tem muitos problemas.

ESTEVÃO (Nuno Pardal) – Estudante em Coimbra, Estevão é um homem forte e vigoroso, casado com Adelaide. Simples e sem malícia, é muito amigo do brasileiro Manuel, sem desconfiar do envolvimento dele com Adelaide.

PADRE BERNARDO (Adriano Reys) – Pároco de Resende. Procura manter-se eqüidistante nas brigas entre os Dias e os Azevedo, até porque é confessor das duas famílias. É sinceramente devoto e dedicado à vida religiosa.

ADELAIDE (Leonor Seixas) – Moça simples, que se casou com Estevão e veio estudar em Coimbra. Apaixona-se por Manuel, o melhor amigo do marido e não sabe que o brasileiro finge ser triste, solitário e estudioso para enganá-la. Teme que o marido descubra sua traição, mas, apaixonada, vai correr muitos riscos.

MATEUS CORREIA (Pedro Lamares) – Português e estudante da Universidade de Coimbra, Mateus é o melhor amigo de Simão. Ao ser também expulso, resolve seguir com o amigo para o Brasil, onde se apaixona pela jovem Ana, irmã mais nova de Simão.

BARÃO DE SARAIVA (Henrique Viana) – Velho nobre português que chega ao Brasil com a corte portuguesa. Bonachão, é adepto de aforismos e frases feitas. Encontra em Dona Rita uma alma gêmea e descobre em Elisa de Mandeville uma forte relação com o seu passado.

JACINTO (Júlio Levy) – Jacinto é escrivão e braço direito de Domingos na Vila de Resende. Covarde, treme e gagueja cada vez que se vê em perigo. Tem profunda e sincera admiração pelo juiz, a quem defende na medida em que sua covardia lhe permite.

ELENCO
Felipe Camargo – Alberto de Miranda (Leopoldo de Saavedra)
Virgílio Castelo – Padre Dinis (Sebastião de Meneses)
São José Correia – Elisa de Mandeville
Anna Sophia Folch – Teresa Dias
Antônio Grassi – Tadeu Dias
Flávio Galvão – Domingos de Azevedo
Miguel Thiré – Simão de Azevedo
Suzy Rêgo – Antónia Valente
Julianne Trevisol – Mariana Araújo
Celso Frateschi – Álvaro de Sousa
Dani Ornellas – Rosália
Edgar Amorim – Aníbal Setúbal
Erom Cordeiro – Joaquim Dias
Adriano Reys – Padre Bernardo
Ana Bustorff – Rita de Azevedo
Gabriel Austin
Graziella Moretto – Ângela de Sousa
Henrique Viana – Barão de Saraiva
Igor Kovalewsky – Carlos Salgado
Iracema Starling – Índia Jacira
Carlos Vieira – Arthur de Mandeville
Júlio Levy – Jacinto
Lafayette Galvão – Frei Adriano
Leonardo Carvalho – Manuel de Azevedo
Leonor Seixas – Adelaide
Marcos Breda – Baltazar Guimarães
Maria Carolina Ribeiro – Eugénia Valente
Michel Bercovitch – Samuel Goldberg
Bruna Brignol – Ana de Azevedo
Natália Luiza – Maria (Júlia Queirós)
Nuno Pardal – Estevão
Pedro Lamares – Mateus Correia
Reynaldo Gonzaga – João Araújo
Renato Rocha – Theobaldo
Ronnie Marruda – José
Ana Kunter – Emília Salgado
Caio Vydal – Índio Tabara
Vanessa Pascale – Luzia
Bruno Gradim – Pedro Almeida

Trilha Sonora Nacional e Internacional

01 – ROMANCE DA MORENINHA – Alceu Valença
02 – ENROSCO – Simone
03 – JOANA FRANCESCA – Chico Buarque
04 – EU NÃO SE QUEM TE PERDEU – Pedro Abrunhosa
05 – DESEJOS – Fátima Guedes
06 – OLHOS DE FAROL – Ney Matogrosso
07 – HÁ UMA MÚSICA DO POVO – Mariza

Tema de Abertura: ROMANCE DA MORENINHA – Alceu Valença
Moreninha
Do cabelo cacheado
Aonde eu for
Levo você a meu lado
Moreninha
No meu translado
Tem a palavra de amor
Aonde eu for
Levo você a meu lado
Moreninha

Inda me lembro
Do dia que te achei
Eu encontrei
A nossa felicidade
Moreninha
O que eu tinha
Era saudade e paixão
A moreninha
Alegrou meu coração

Há tanta pedra
Em meu caminho
Moreninha
Há tantos mistérios
No mar

Há tanta pedra
Em meu caminho
Moreninha
Há tantos mistérios
No mar

Um certo dia
Moreninha foi embora
Não marcou hora
Nem sequer me avisou
Aonde ia
Na noite fria
Ouvi o ronco do vapor
Eu te perdia
Quando o navio apitou

Eu te perdia
Quando o navio apitou…

0 Comentário para: “Paixões Proibidas Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *