A Terra Prometida Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela “A Terra Prometida” desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de A Terra Prometida e de todas as novelas da Record.

Sobre a Novela A Terra Prometida

  • Título Original da Novela: A Terra Prometida
  • Período de exibição: 5 de julho de 2016 – atual
  • Nº de capítulos: 140 (previsão)
  • Autoria: Renato Modesto, escrita com Aimar Labaki, Ecila Pedroso, Stephanie Mendes, Jaqueline Vargas e Marcos Lazarini
  • Direção geral: Alexandre Avancini
  • Emissora: Rede Record
  • Horário: 20:30hs
  • Novela anterior: Os Dez Mandamentos

Aproximandamente 1200 a.C. – Acampamento hebreu em Sitim, no deserto de Moabe.

Após a morte de Moisés, Josué é o novo líder dos hebreus. Ele é um guerreiro experiente, dotado de coragem, determinação e de uma fé poderosa. Mas não é tarefa fácil conduzir um povo ao seu destino! Com seus aliados mais próximos e de confiança, o sacerdote levita Eleazar e o líder da tribo Judá Calebe, Josué tem que cumprir uma difícil missão ordenada por Deus: comandar as doze tribos de Israel na conquista de Canaã, a Terra Prometida.

É um grande desafio porque, para chegar a Canaã, é preciso cruzar antes de tudo o Rio Jordão que está caudaloso como nunca, em época de cheia. Depois os hebreus terão que guerrear contra os Cananeus que dominam aquela terra, povos pagãos, idólatras e extremamente violentos. Ao longo da novela, enfrentarão reis, rainhas, nobres e generais perigosos, vingativos e exóticos como o rei Marek, a rainha Kalesi e o comandante chefe Tibar, de Jericó; o rei Durgal e seu irmão, o prefeito Kamir, do reino de Ai; entre outros vilões ameaçadores.

O primeiro grande confronto de Israel é contra o fortificado reino de Jericó, protegido por lendárias muralhas duplas que, além de altíssimas, possuem quatro metros de largura cada uma, um obstáculo aparentemente intransponível. Porém nada é impossível para aqueles que são escolhidos pelo Senhor e nele depositam uma fé verdadeira. Auxiliados por prodigiosos milagres do Senhor, Josué e os hebreus atravessam o Jordão, vêem as muralhas desabarem ao som de suas trombetas e gritos e vão vencendo bravamente cada um dos reinos inimigos que encontram no seu caminho.

Mas não é só com os cananeus que Josué e seus aliados terão que se preocupar. Dentro do próprio acampamento hebreu, existem fortes opositores ao comando de Josué, sendo que o principal deles é o vilão Acã, que tem como cúmplices seus filhos Melquias e Gibar.

Em paralelo às suas responsabilidades como líder de Israel, Josué vive uma emocionante história de amor com a linda Aruna, uma mocinha corajosa e determinada, exímia com a espada, capaz de guerrear ao lado os soldados homens quando necessário. O problema é que a irmã de criação de Aruna, a geniosa e briguenta Samara também é apaixonada por Josué. Tendo sua traiçoeira mãe Léia como cúmplice, Samara vai fazer de tudo para separar o casal central.

Outras emocionantes histórias de amor vão agitar a novela. Salmon, um dos mais importantes guerreiros hebreus, vai se apaixonar por Raabe, uma prostituta de Jericó que, por auxiliar a ele e outro espião de Israel, recebe o prêmio de ser acolhida com sua família em Israel. O casal vai enfrentar todo tipo de oposição e de preconceito, principalmente da ex namorada de Salmon, a ciumenta Jéssica, e da pessimista e fofoqueira Mara.

Também teremos a paixão proibida de Livina e Maquir, jovens de tribos diferentes que são, por isso, proibidos de viver seu amor. Com o tempo, Livina vai descobrir que Maquir não é tão honesto como ela imaginava e, a partir daí, ela terá que lutar para ser feliz ao lado de outro guerreiro, Rune.

Vamos acompanhar a tristeza da bondosa Sama que, por não poder ter filhos, é forçada a aceitar que seu querido marido Boã arrume uma segunda esposa, a dissimulada Ruth.

Vamos rir com as dificuldades da delicada Tirda, às voltas com um marido brutamontes e mal educado, Haniel. E vamos chorar com as desventuras de Chaia e Zaqueu, um casal apaixonado que acaba sendo separado pelas armações de um vilão vingativo, o soldado Tobias.

Muita ação e aventura também vão rechear a trama. Além das épicas cenas de guerra, teremos também fantasia e humor. O fraco e tímido guerreiro Otniel e as crianças Lila, Nobá e Gael vão descobrir o sentido da verdadeira amizade com um gigante bondoso, Talmal. E, no lado cananeu, vamos acompanhar as aventuras de um divertido bando de meninos de rua, os Lagartos.

Voltando à trama central, Josué e seus aliados conseguem vencer gloriosamente Jericó, cujas muralhas vão abaixo graças a um milagre do Senhor. Em seguida, eles atacam o reino de Ai, dominado pelo excêntrico rei Durgal, onde para surpresa geral, sofrem uma grande e vergonhosa derrota.

Josué fica arrasado, mas logo o próprio Deus explica a ele que o culpado do fracasso foi o vilão Acã que, contrariando a vontade divina, roubou espólios de guerra de Jericó. Como castigo, Acã e seus filhos são executados. Livres assim do pecado, os hebreus investem novamente contra Ai e, dessa vez, alcançam uma gloriosa vitória, sendo que na batalha final, Deus realiza outro de seus milagres, permitindo que Josué pare o sol no meio do céu por um dia inteiro.

A fama dos hebreus já percorre agora toda Canaã e deixa os inimigos amedrontados. É por medo que o rei de Gibeão, Zareg, tenta aplicar um golpe: ele e sua corte abandonam sua cidade e vão ao encontro dos hebreus disfarçados, fingindo ser um povo que vem de muito longe, de fora de Canaã. Levam sacos velhos sobre seus jumentos e jarros surrados e manchados. Suas roupas estão puídas e suas sandálias velhas e remendadas. Todo o pão que levam está seco e bolorento.

Dizendo que são aliados, os gibeonitas conseguem ser recebidos entre os hebreus. Seu golpe, porém, logo é desvendado e, como castigo, eles se tornam servos, carregadores de lenha e de água.

A chegada dos gibeonitas traz novos personagens e reviravoltas para a trama: a vilã Mara, influenciada pelos estrangeiros, decide aprender a arte da feitiçaria, algo que acaba por lhe trazer imenso sofrimento. A filha de Calebe, Acsa, fica apaixonada pelo militar Bogotai, o que também acaba por lhe trazer muitos problemas.

Enquanto isso, Adonizedeque, rei de Jerusalém, convoca outros quatro grandes reis e forma uma coalizão para enfrentar os hebreus. Mas mais uma vez, Josué é vitorioso.

Nesse momento da história, as vilãs Samara e Léia armam um golpe que faz Josué pensar que sua amada Aruna foi morta. É o momento mais difícil da trajetória do protagonista, mas ele segue firme em sua fé e não esmorece em sua missão. Ele segue liderando o povo e uma passagem de tempo mostra que Israel vai vencendo mais de quarenta reinos inimigos, um por um, confirmando cada vez mais o domínio sobre Canaã.

Após essa passagem de tempo, os hebreus enfrentam o rei JABIM, da cidade de Hazor, um líder considerado invencível. Mas o Deus dos hebreus prova que só Ele é invencível e Israel alcança nova vitória. É então que Aruna volta, para grande alegria de Josué.

Agora faltam poucos inimigos ainda por exterminar e Josué percebe que está chegando a hora daquela terra repousar da guerra. Depois de outra passagem de tempo, Josué já está mais velho, feliz ao lado da sua também já mais velha esposa Aruna. Ele então divide as terras de Canaã entre as doze tribos, cumprindo a vontade do Senhor.

Depois de mais uma passagem de tempo, Josué já é um ancião. Sentindo que já está próximo o dia da sua morte, ele chama os líderes de todas as tribos, os oficiais e os juízes para seu discurso final.

Nele, Josué relembra as muitas vitórias que alcançaram e relembra as muitas aventuras e batalhas que viveram desde a saída do Egito e durante toda a conquista de Canaã. Dali em diante, todos devem seguir servindo ao Senhor, o Deus santo e zeloso que não perdoará transgressões ou pecados do seu povo. Josué apanha então uma grande pedra como testemunho da aliança feita entre todo o povo e a coloca debaixo de um carvalho, tornando aquele lugar santo. Depois dessas coisas, Josué , este servo do Senhor, grandioso líder militar e espiritual, falece com a idade de cento e dez anos, ficando para sempre como inspiração para todos, como exemplo perfeito de fé, perseverança e coragem.

Com seu sepultamento, termina A Terra Prometida, uma novela repleta de conflitos, intrigas, romances, aventuras, lutas pelo poder, traições, paixões proibidas e amores impossíveis. Tudo isso narrado com muita emoção, deixando para o público a mensagem de que nada é impossível para aqueles que depositam no Senhor uma fé verdadeira.

Resumo Atual da Novela A Terra Prometida

Capítulo 129, segunda-feira, 02 de janeiro – Ravena engana Kamir e o rei é assassinado por Yussuf. O general e a feiticeira são nomeados novos reis de Ai. Eles desfilam pela cidade. Zaíra tenta pedir perdão à Ravena, mas acaba sendo atropelada e morre. As crianças libertam o gigante Talmal. Josué passa as coordenadas do ataque ao seu povo. Salmon e outro pelotão seguem em outra direção. Os soldados avisam sobre a aproximação dos hebreus. Yussuf e Ravena seguem galopando em direção aos portões da cidade. Orias pede perdão à Raabe. Elói manda Ioná a escolher entre ele e Mara. Ravena e Yussuf observam a aproximação do Exército de Israel. A rainha diz que o pelotão de hebreus não é tão grande. O general grita mandando seus homens avançarem. Josué diz que os inimigos morderam a isca. Ioná se mostra indecisa e Elói deixa a tenda de Mara. Aruna o ampara. Salmon avisa para os guerreiros esperarem o momento certo para o ataque. Josué luta com dois cananeus. Yussuf enfrenta um guerreiro hebreu. Calebe parabeniza a bravura de Iru. Yussuf diz que Ravena fica ainda mais linda lutando. Samara tenta conversar com Léia sobre a visita de Darda, mas ela desconversa. Os guerreiros hebreus fingem abandonar o combate. Yussuf ordena que seus homens os persigam. Samara procura Darda para uma conversa. Deus manda Josué estender a lança na direção de Ai. O pelotão de Salmon aproveita o momento e invadem a cidade. Darda diz que Samara deve fazer perguntas à Léia. A vilã conversa com Yana e fica desconfiada. O pelotão de Salmon segue destruindo a cidade de Ai. Otniel salva a vida de Iru na batalha. Noemi conversa com Acsa e pergunta se a filha está interessada em Otniel. Ravena tenta atirar uma bola de fogo em Josué, mas seu poder não funciona contra o líder. A bola de fogo acaba explodindo na própria feiticeira, que morre queimada. Samara pergunta se Léia conhece Yana. Yussuf consegue desarmar Calebe. Yussuf consegue desarmar Calebe. Talmal aparece e salva o guerreiro. O gigante joga o general longe. Léia manda Samara esquecer que viu Yana. Josué finalmente consegue acertar Yussuf. O líder agrade a Deus pela Vitória. Léia sede a pressão de Samara e revela que Yana é mãe de Aruna. Os hebreus arrastam o corpo de Yussuf e conquistam a cidade inimiga. Samara diz que dará um jeito para fazer com que Yana e Aruna sofram. Ioná conversa com Mara e avisa que não ficará longe de Elói. Léia implora para Samara não fazer besteira. Salmon reencontra Raabe e Lila. Josué discursa para o povo. Talmal volta ao acampamento. Aruna se declara para Josué. O líder e Calebe agradecem a ajuda de Talmal. As crianças presenteiam o gigante, que se despede. Acsa pede perdão por ter zombado de Otniel. Calebe se abre com Noemi e diz que Laís se declarou para ele. Em Jerusalém, Ula trabalha na taberna de Lina. Mireu elogia a beleza da ex rainha de Ai. O Oficial do rei avisa sobre a destruição de Ai. Elói lamenta a ausência de Ioná. O rei Adonizedeque diz estar preparado para guerrear contra os hebreus e manda Abul fazer contatos com os reinados vizinhos. Josué fala para os guerreiros que a jornada ainda não terminou. Mireu consegue agradar Úrsula, a filha mimada do rei Adonizedeque. Calebe e Noemi devolvem o punhal dado por Laís. Enciumada, a moça fica remoendo o ódio. Salmon e Josué anunciam seus casamentos com Raabe e Aruna. Furiosa, Samara chora e diz já saber como se vingar. Ioná diz aceitar morar com Elói. Elias tenta amparar Jéssica. Mara tenta impedir a filha de abandonar sua tenda, mas Ioná se mostra decidida. Descontrolada, Jéssica segue chorando, tropeça e acaba caindo em um riacho. Samara procura Quemuel e diz que ele precisa impedir o casamento de Aruna e Josué. A vilã ameaça o próprio pai e diz que contará a todos sobre a verdadeira mãe de Aruna.

Capítulo 130, terça-feira, 03 de janeiro – Samara ameaça Quemuel e diz que contará a todos sobre a verdadeira mãe de Aruna. Iru vê Jéssica se afogando e salva sua vida. Quemuel conversa com Samara e revela toda a verdade. Iru diz que Jéssica encontrará um novo amor. Léia repreende a atitude da filha. Elói e Ioná se instalam na nova tenda. Mara aparece para conhecer o local. Samara continua chantageando Quemuel. Elidade presenteia Rune com uma cela especial que o possibilita andar a cavalo. Raabe se prepara para o casamento. Quemuel e Samara seguem para a tenda de Josué. O veterano diz permitir a união entre ele e Aruna. Samara fica possessa. Aruna conversa com Ioná e mostra o vestido de noiva. Orias se declara para Milah. Eleazar dá início à cerimônia. Samara observa com raiva. Elói se emociona. Gael começa a se expressar mais. Escondida, Yana observa o casório. Adonizedeque diz que pedirá os conselhos de duas prisioneiras.

Capítulo 131, quarta-feira, 04 de janeiro – Abul explica que o rei mantém a rainha e sua mãe aprisionadas. No acampamento, Iru se recorda de Melina. Ele vê Jéssica chorando e a ampara. Com raiva, Laís observa Calebe. Adonizedeque diz que formará uma coalisão invencível com os reis vizinhos. Os noivos recebem o carinho dos convidados. Isaque chama Adélia para uma dança. Orias diz amar Raabe. Salmon agradece todo o apoio de Zuma. Raabe diz que tratará Lila como uma filha. Elias se irrita com as reclamações de Mara e Jogli. Na taberna de Lina, Mireu trata Ula com carinho e delicadeza. Otniel chama Acsa para dançar. Quemuel diz torcer pela felicidade de Aruna. Samara constrange Yana e pede para ela dar os parabéns aos noivos. Josué se declara para Aruna. Oito meses se passam. Grávida, Raabe recebe o carinho de Salmon. Livana cuida de seus dois bebês gêmeos. Boã, Sama e Ruth paparicam a menina que nasceu. Josué diz que é preciso estarem preparados para uma nova guerra. No palácio de Jerusalém, Adonizedeque recebe os reis de Hebron, Jarmute, Laquis, Eglon e Gibeão. Milah se desespera ao notar uma mancha branca na pele.

Capítulo 132, quinta-feira, 05 de janeiro – Orias tenta saber o que está afligindo Milah, mas ela esconde a mancha na pele. Adonizedeque conversa com os outros reis. Os monarcas Pirã e Debir se mostram preocupados. Zaqueu volta a treinar com os outros guerreiros. Tobias fica irritado. Maquir se distrai ao prestar atenção em Rune e Livana. Aruna tem dificuldades em preparar um bom almoço para Josué. O rei Zareg diz aceitar a proposta da aliança com Adonizedeque. Josué e Aruna seguem em direção à tenda de Calebe. Samara e Tobias lamentam a falta de seus grandes amores. Maquir tenta disfarçar a preocupação com o relacionamento de Rune e Livana. Ele desabafa com Haniel e diz ter algo mal resolvida com uma moça. O chefe tribal aconselha o filho a pedir perdão a ela. Milah conta para Orias sobre a sua suspeita de estar com lepra. Adonizedeque e os outros reis formam a ‘coalisão invencível’.

Capítulo 133, sexta-feira, 06 de janeiro – Úrsula diz não confiar no monarca Zareg. Aruna e Josué almoçam com Noemi e Calebe. Adonizedeque faz um ritual pedindo proteção aos deuses. Yana se oferece para ensinar Aruna a cozinhar. O rei Zareg conversa com Bogotai, o general de Gibeão, e com Racal, o sacerdote. Zareg avisa que não pretende formar aliança com Jerusalém, mas sim com os hebreus. Orias e Milah procuram Darda. Com ódio, Laís observa Calebe e Noemi. Milah se desespera ao ouvir Darda dizer que ela está com lepra. Mireu se abre com Ula e revela seu sentimento por ela. Josué é avisado sobre a doença de Milah. O líder avisa que ela deverá deixar o acampamento. Mara fica satisfeita com a situação de Milah. Jéssica se mostra preocupada. Salmon consola Raabe. Aiúde reclama da falta de compaixão de Mara. Raabe tenta amparar os irmãos. Jogli e Paltiel conversam e concordam com Mara. Orias diz que seguirá com Milah para fora de Gilgal. Com um punhal na mão, Laís se aproxima de Noemi com expressão de ódio.

Capítulo 134, segunda-feira, 09 de janeiro – com um punhal na mão, Laís se aproxima de Noemi com expressão de ódio. Inês chega e a moça se esconde com o punhal. Milah e Orias chegam a uma caverna e encontram outros leprosos. Úrsula diz não gostar do rei Zareg. Josué e Aruna visitam Salmon e Raabe. Laís espera Inês ir embora e ataca Noemi com o punhal. Calebe se preocupa com a demora da esposa. Noemi tenta acalmar Laís. Acsa e Otniel procuram por Noemi no acampamento. Os reis conversam na ausência de Adonizedeque. Racal e Bogotai se mostram receosos com o plano do rei Zareg de juntar aos hebreus. Yana conversa com Aruna e dá alguns conselhos culinários. Samara pede a ajuda de Tobias para matar Yana. Josué elogia o almoço preparado por Aruna. Bogotai conversa com Racal e Zareg. Ele diz ser filho de Cosby e revela seu desejo de se vingar de Finéias. Acsa e Otniel procuram por Noemi em todo o acampamento. Zareg convence Racal e Bogotai de se infiltrarem em Gilgal.

Capítulo 135, terça-feira, 10 de janeiro – Milah agradece o apoio de Orias. Elias pergunta se Jéssica não se interessaria em Iru. Com mania de limpeza, Haniel limpa os objetos de sua tenda. Rune, Elidade, Livana e Laila se divertem com os bebês. Ruth toma conta de sua criança. Adonizedeque se despede de Zareg, Racal e Bogotai, que deixam o palácio. Bogotai vai até a taberna e oferece ouro em troca do favor de Lina. Aruna se oferece para ir com Elói até o celeiro. Bogotai pede um monte de roupas velhas. Elói e Aruna chegam no celeiro e se deparam com Noemi sendo atacada por Laís. Bogotai recebe as roupas velhas e pede alimentos estragados. Otniel e Acsa quase se beijam, mas são interrompidos por Iru. Elói avisa Calebe sobre o ataque no celeiro. Com os alimentos estragados e as roupas velhas, Zareg e os nobres deixam Jerusalém rumo ao acampamento hebreu. Na caverna dos leprosos, Milah se espanta ao ver o mesmo moribundo que a atacou. Zareg, Racal, Bogotai e o restante da comitiva se vestem como hebreus e seguem em direção à Gilgal. Calebe chega e tenta impedir que Laís faça alguma besteira.

Capítulo 136, quarta-feira, 11 de janeiro – Calebe chega e tenta impedir que Laís faça alguma besteira. Iru aproveita o momento oportuno e consegue desarmá-la. Aruna oferece amparo à laís. Orebe, o leproso que atacou Milah, diz que alguém o pagou para passar a doença para a família de Raabe. Noemi diz que perdoa Laís. Eleazar oferece ajuda à moça. Orias diz que avisará Raabe para ter cuidado. Raabe tenta consolar Nobá. Úrsula diz não confiar em Zareg. Adonizedeque diz que pedirá os conselhos de suas prisioneiras. A princesa implora para o pai deixá-la ver a mãe e a avó, mas o rei se recusa a atendê-la e a menina chora. Ula agradece pelo carinho e atenção de Mireu. Mara vai até a tenda de Ioná e se desentende com Elói. Lina diz que tentará ajudar Mireu a conquistar Ula. Ela também diz que Bogotai pagou caro por roupas velhas. Ioná concorda com a reclamação de Elói sobre Mara. Noemi agradece a Deus por estar com sua família. Tobias e Zaqueu se desentendem e Salmon chama atenção dos guerreiros.

Capítulo 137, quinta-feira, 12 de janeiro – Maquir se incomoda com a presença de Runa no treinamento. Léia escuta Samara conversar com Tobias e descobre que o filho também se envolveu na morte de Abel. Salmon permite que Rune volte a treinar com sua cela especial para montaria. Samra e Tobias dizem que são o reflexo de Léia. Elidade e Laila se enchem de felicidade com a família. Aruna se comporta de maneira séria e formal. Josué estranha o comportamento dela. Enciumada, Léia reclama da demora de Quemuel. Yana passa alguns ensinamentos para Aruna. Raabe cuida dos irmãos. Lila chega e avisa sobre a presença de um grupo de pessoas estranhas se aproximando do acampamento. Ula se abre com Lina e diz que não pensa em novo marido. Josué e os guerreiros encontram o grupo de Zareg. O rei mente e diz que são de um lugar distante, que vieram para se juntar aos hebreus. Maquir pede perdão à Livana. Josué recebe o grupo de Zareg no acampamento. Haniel tenta animar Maquir. Tirda avisa que Josué está chamando para uma reunião. Os hebreus permitem que os forasteiros fiquem na tribo Naftali. Orias encontra com Raabe e diz que alguma mulher está tentando fazer mal a ela. Bogotai reconhece Finéias e o olha com maldade.

Capítulo 138, sexta-feira, 13 de janeiro – Bogotai reconhece Finéias e o olha com maldade. Racal sorri para Mara. Zareg agradece a hospitalidade dos hebreus. Bogotai tenta se aproximar de Finéias. Raabe agradece o aviso de Orias. Bogotai se enturma com os familiares de Calebe. Orias se reencontra com Milah. Salmon questiona Jéssica, que diz não ter não saber de nada sobre o leproso. Racal se apresenta para Mara. Isaque e Pedael recebem Zareg. Haniel cobra organização dos filhos. Noemi diz que Acsa e Otiniel formariam um belo casal. Jéssica comenta com Mara sobre a desconfiança de Salmon. Zaqueu acusa Tobias de ter sabotado suas armas. Aiúde questiona o encontro de Mara com Jéssica. Ela desconversa. Samara e Léia reclamam da presença dos forasteiros no acampamento. Jéssica agradece pela companhia de Iru. Enciumada, Léia pergunta se Quemuel se encontrará com Yana. Ele nega. Josué diz que Aruna não deve se cobrar tanto e se declara para ela. Léia diz que precisa falar com Tobias. Racal e Bogotai são bem tratados por Eleazar e Finéias. Enquanto passeiam pelo acampamento, Léia diz ter visto Adara e Samara pensa que a mãe está louca. Felizes, Josué e Aruna dançam. Léia para a mulher e vê que não é Adara. Lina e Mireu conversam sobre a princesa Úrsula.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela A Terra Prometida

Capítulo 01, terça 05/07: O comandante Tibar e muitos soldados cananeus observam Josué da muralha de Jericó, em Israel. Do outro lado da muralha, Josué, ao lado de Calebe, aguarda o momento certo para invadir. Nas ruas de Jericó, o povo reclama da falta de agua e comida. No palácio de Jericó, Tibar fala ao rei Marek que o povo está revoltado. O rei ordena que qualquer manifestação deve ser punida com a morte. Do lado de fora, Josué e Calebe avistam algo que chama a atenção. É um soldado mascarado que desaparece no deserto. Josué diz a Calebe que após a sétima volta ao redor da muralha, todos devem gritar acompanhando as trombetas dos Levitas. Deus revelou que, se agirem assim, o muro da cidade cairá abaixo e eles podem invadir. Algumas das mulheres hebreias estão reunidas, tensas, esperando pelos homens que estão participando da ronda a Jericó.

Capítulo 02, quarta 06/07: Deus dá a notícia a Josué da morte de Moisés. Josué se abala mas olha para o céu com muita coragem e determinação. Deus dá a ordem para Josué e seu povo passarem pelo rio Jordão e conquistar Israel. Deus diz que nunca desamparará Josué e que fará o povo herdar a terra que prometeu dar aos pais de Josué. Mas pede que tenha o cuidado de fazer tudo de acordo com os mandamentos Dele. Na tenda de reuniões, Josué dá a notícia da morte de Moisés para os doze líderes e ordena que todos peguem bastante comida para atravessar o rio Jordão e conquistar a terra que foi prometida. Eliebe luta contra Tarik. Tarik fere Eliebe. Aruna corre para ajudar Eliebe. Tarik arrasta Aruna em direção ao cavalo. Do alto da ribanceira, Josué salta sobre Tarik e os dois começam a lutar. Josué fere Tarik. Outros soldados aparecem e Josué e Aruana lutam contra eles. Os hebreus vencem a luta. Na tenda hospital, Darda e sua filha Chaia entendem de ervas e são responsáveis pelo atendimento aos doentes de Israel, são médicas e parteiras. Elas são auxiliadas por Jesana. Elas cuidam do ferimento de Elieber. Acã e seus filhos conspiram contra Josué. O novo libertador pede à Darda para tentar salvar o cananeu capturado. Aruna lamenta o incidente com Elieber. Josué se recorda dos conselhos de Calebe e diz para Aruna que precisarão avisar aos familiares de Elieber. Acã e Eliazafe duvidam que os hebreus consigam atravessar o rio Jordão. Na masmorra do palácio, uma virgem espera para ser sacrificada. Racom se depara com os soldados cananeus mortos e se enfurece ao notar que Tarik sumiu. A virgem é sacrificada na praça central de Jericó como parte do ritual sob os olhares da multidão, do rei Marek e da rainha Kalesi. Tobias e Maquir treinam com espadas, enquanto Jéssica, Samara e Livana assistem animadas. Zaqueu interrompe o treinamento para avisar do ataque a Elieber e Aruna. Ao ser avisada por Josué, Léia se desespera com a notícia. Samara sente ciúmes ao notar o jeito como Aruna agradece Josué. Assim que o rapaz deixa a tenda de Quemuel, Léia começa a culpar Aruna pelo ocorrido com seu filho mais velho. Enciumada, Samara ameaça Aruna. Quemuel intervém e consola a moça. Josué convoca os chefes das tribos Rúbem, Gad e Manassés para que eles encabecem o exército na travessia do rio Jordão na guerra contra os cananeus. Elói pede para lutar com os soldados, mas Josué diz que é melhor o rapaz cuidar de outros afazeres. Em conversa com Aruna, Quemuel avisa que mexer no passado só trará dor a ela. Elói avisa sobre a chegada dos líderes das três tribos. Raabe é humilhada pelas pessoas no comércio da cidade de Jericó e se desespera ao ser ameaçada por Tibar. Josué conversa com os líderes das tribos. Ele avisa que Moisés estabeleceu que eles deveriam encabeçar o exército rumo à Terra Prometida. Eliazafe e Haniel avisam que eles não terão condição de atravessar o Jordão e muito menos invadir Jericó. Os dois líderes dizem que o pedido de Josué é uma loucura e o clima esquenta entre eles. Tibar se distrai e Raabe consegue fugir. Ele começa a persegui-la. O oficial alcança Raabe, que pede perdão. Desesperada a prostituta pede para Tibar matá-la. Ele a liberta em tom ameaçador. Eliazafe e Haniel pedem um tempo para dar a resposta a Josué. Calebe se irrita com a desconfiança do povo. Ao saber das riquezas em Canãa, Acã decide apoiar Josué com segundas intenções. Ele começa a convencer Haniel a seguir para a Terra Prometida. Salmon conversa com Lila sobre seus antepassados. Elieber tem delírios no leito. Aruna sofre ao ver o rapaz naquele estado. Samara impede que a moça continue cuidando de seu irmão. Maquir lança um olhar apaixonado à Livana, que disfarça. Merodaque oferece o sangue da virgem aos deuses do templo de Jericó. A rainha Kalesi se antecipa e toma o cálice com sangue das mãos do sacerdote. Ela oferece aos deuses e questiona Merodaque sobre a veracidade do ritual. O sacerdote avisa que o reino está totalmente protegido. Maquir se declara à Livana, mas ela pede para o rapaz esquecê-la. Ele puxa a moça pelo braço e a surpreende roubando-lhe um beijo. No salão da estalagem, muitos clientes nas mesas. Farduk e algumas prostitutas, entre elas, Liora e Raabe servem as mesas. Farduk repara em Raabe num canto, retraída, assustada, triste, quase se escondendo. Farduk vai conversar com ela e conta toda a história dos hebreus desde a época de Moisés e Ramsés. Raabe fica encantada com o poder do Deus dos hebreus. No palácio, o rei Marek é surpreendido com a visita de Racom. O soldado conta que os soldados foram mortos pelos hebreus e que Tarik foi capturado.

Capítulo 03, quinta 07/07: Furioso, o rei Marek avisa que se banhará no sangue dos hebreus. Enquanto Raabe fica encantada com o Deus de Israel, Farduk avisa que este povo jamais conseguirá invadir Jericó. Elieber acorda e chama por Aruna. Samara e Léia não gostam do que ouvem, mas decidem atender ao pedido do rapaz e chamam a moça. Elieber pede para ficar sozinho com ela. Tarik finge estar desacordado enquanto avista uma faca na tenda. Elieber diz para Aruna nunca esquecer quem é e, logo em seguida, morre em seus braços. Léia se desespera com a morte do filho e, junto de Samara, culpa a moça pela morte de Elieber. Tarik aproveita a distração de todos e consegue pegar a faca, escondendo-a sob o lençol. Jéssica consola Aruna. Tibar chega à estalagem de Farduk e força Raabe a se deitar com ele. Aruna não suporta os últimos acontecimentos e chora desesperada. Tarik nota a presença de Samara e a faz de refém, ameaçando-a com a faca. Jesana corre para avisar a Josué. Raabe aproveita enquanto Tibar dorme para pegar a espada do oficial. Empunhando a faca contra o pescoço de Samara, Tarik pede para falar com o líder do acampamento. Raabe não tem coragem para atacar Tibar. Salmon tenta negociar com Tarik. Tibar acorda e não nota que Raabe tentou lhe matar. Josué chega à tenda onde Samara está sendo ameaçada. Ele tenta acalmar Tarik. Raabe engana Tibar ao fingir gostar do comandante. O Oficial conversa com Racom sobre os hebreus. Samara grita pedindo a ajuda de Josué. Tarik pede um cavalo para a fuga, mas Josué exige que Samara seja libertada antes. Em conversa com Liora, Raabe diz ter medo da obsessão de Tibar e revela que o comandante tirou sua chance de ser feliz. Tarik tenta matar Samara, mas é atingido por uma flechada disparada pelo misterioso soldado mascarado. Léia e Quemuel tentam acalmar a filha após o ataque de Tarik. Samara distrata Aruna e impede que a moça durma em seu quarto. No celeiro, Aruna pede força a Deus. Darda, Chaia e Jesana preparam o corpo de Elieber para o sepultamento. Iru provoca Maquir e eles brigam. Salmon intervêm e diz que não pode haver brigas entre os hebreus. Livana diz a Maquir que não é certo se relacionarem, mas ele a beija. Sem ser percebido, o menino Gael vê Maquir e Livana se beijando. Calebe repreende Iru por desrespeitar um líder tribal. Haniel diz que é uma sina ter um filho imprestável como Gael. Maquir aconselha o pai a ir para a guerra. Ele descobre que Gael viu o beijo em Livana e pede segredo ao irmão. Josué lamenta a morte de Elieber. Farduk, Liora e Raabe comentam sobre a força do Deus dos hebreus. Começa o cortejo fúnebre de Elieber. Tibar avisa que não é possível atacar todos os hebreus de uma só vez. O general aconselha o rei a começar atacando o líder Josué. Aruna assiste de longe ao enterro de Elieber. Boã, Eliazafe e Haniel dizem a Josué que suas tribos participarão da guerra ao lado do líder hebreu. Satisfeito, Acã observa com a certeza de que poderá lucrar com a guerra. Josué declara o avanço à Terra Prometida de Canaã. No fim do enterro, Josué avista Aruna afastada e vai até ela. Ele oferece companhia até sua casa, mas a moça recusa. Salmon incentiva os outros hebreus a continuarem treinando. Jéssica diz que não vê a hora de estar casada com Salmon. Iru zomba do jeito como Otniel luta. Acsa também debocha do rapaz, enquanto Lila o incentiva. Gibar flerta com Acsa. Josué comenta sobre o soldado mascarado com Aruna, mas a moça desconversa. Racom e outros soldados cananeus os observam de longe e começam a segui-los. Sorrateiramente, Racom e os oficiais cananeus matam dois soldados hebreus. Eles escondem os corpos e se disfarçam usando as roupas dos hebreus. Racom e os outros soldados invadem o acampamento e espreitam Josué.

Capítulo 04, sexta 08/07: Racom e os outros soldados cananeus espreitam Josué no acampamento hebreu. Samara se incomoda ao ver Aruna chegando com Josué. Léia tranquiliza a filha dizendo que Aruna não é mulher para o rapaz. Ela aconselha Samara a não destratar a irmã de criação na frente de Josué. Léia faz questão de chamar o novo líder hebreu para a janta. Com segundas intenções, ela pede para Samara preparar o jantar. A moça se mostra atrapalhada na cozinha. A rainha pede a Merodaque para oferecer mais oferendas e sacrifícios aos deuses com a intenção de derrotar Josué. Kalesi escolhe algumas mulheres para satisfazerem o rei enquanto pede para Tupak beija-la. Merodaque ora aos Deuses pedindo a destruição de Josué. Enojada, Raabe chora depois de deitar-se com um cliente. Samara serve Josué, mas ele se mostra insatisfeito com o sabor da comida. Ela se insinua para ele e o rapaz afirma que seu compromisso é com a guerra. Josué elogia a habilidade de Aruna com a espada, para o incômodo de Samara. Escondidos no acampamento, Racom e os soldados cananeus continuam a espera de Josué. Enquanto caminha de volta para casa na companhia de Liora, Raabe é roubada e perde todas as moedas que ganhou na noite. Orias se revolta ao ver a filha chegando em casa sem dinheiro e parte pra cima de Raabe. Racom ordena que os soldados cananeus ateiem fogo na tenda de Quemuel. Os homens atiram flechas de fogo na moradia. Josué, Aruna e os outros se desesperam ao notar que a tenda está pegando fogo. Nobá chora ao presenciar Raabe ser agredida por Orias. Em meio a todo desespero, Josué ordena que ninguém saia da tenda em chamas. Tobias desobedece e deixa o local. Léia se desespera ao ver o filho sair. Racom vê o hebreu do lado de fora da tenda e manda os soldados atirarem flechas. Tobias corre apavorado tentando escapar, mas é atingido por uma flechada na coxa. Quemuel lamenta a atitude do filho de fugir da tenda. Chaia avista a tenda de Quemuel pegar fogo e vai buscar ajuda. Josué tenta usar uma mesa como escudo para protegê-los. Aruna se dispõem a lutar com Quemuel e Josué. Eles saem da tenda usando a mesa como escudo. Racom e os soldados cananeus puxam suas espadas. Aruna, Josué e Quemuel lutam contra dez soldados cananeus. Ferido, Tobias observa a luta escondido. Josué defende Quemuel de um golpe fatal. Zaqueu chega ao local com outros hebreus. Eles começam a levar vantagem no combate. Josué e Aruna voltam para a tenda e salvam Samara e Léia. Racom percebe que estão em desvantagem e ordena que seus homens recuem. Os guerreiros hebreus comemoram a vitória do confronto. Chaia e Zaqueu socorrem Tobias. Quemuel abraça Aruna agradecendo por ela ter lutado bravamente. Léia observa e se incomoda. Samara corre para agradecer a Josué. O líder hebreu oferece sua tenda para abrigar a família de Quemuel. Com as costas marcadas dos golpes da surra, Raabe suplica pela a ajuda dos deuses. Josué pede que Elói prepare as camas para a família de Quemuel. Léia não gosta de ouvir o marido dizer que Josué se daria melhor com Aruna do que com sua filha. Samara afirma que Josué está apaixonado por ela. Aruna se recorda do momento em que foi salva por Josué. O novo líder hebreu ora a Deus. Nobá ajuda Raabe a cuidar dos ferimentos. O dia amanhece e o maná cai do céu sobre o acampamento hebreu. Josué acorda e se depara com a mesa posta por Aruna. Ele elogia o maná preparado por ela. Elói se impressiona ao notar que a moça cuidou de todas as tarefas. Aruna estranha a demonstração de preocupação de Josué. Enquanto lavam roupas a beira do rio Jordão, as mulheres hebreias comentam sobre a guerra que está por vir. Acã conversa com seus filhos, Melquias e Gibar. O vilão afirma que Josué não é o melhor líder para os hebreus e seria melhor se ele fosse morto pelos cananeus. Na tenda de Josué, Calebe também elogia o maná preparado por Aruna. Quemuel nota que Josué tem um coração amolecido. Enquanto tira leite da vaca, Aruna conversa com o animal. Calebe e Eleazer aconselham Josué a não mostrar suas fraquezas ao povo. Josué avisa a Elói que Quemuel e seus familiares precisam logo deixar sua tenda. Sem ser percebida, Aruna escuta a conversa. Lila questiona Gael sobre seu jeito quieto e o convida para brincar com os demais. Josué pede que Calebe reúna os líderes de todas as tribos. Samara tenta provocar Aruna, mas não consegue. Escondido, Otniel observa Acsa lavar roupa. As crianças o encontram e percebem que ele observava a moça. Eles chamam Acsa e Otniel se joga no rio para se esconder dela. Os doze chefes tribais se reúnem com Josué. O líder dos hebreus avisa que é preciso atacar os cananeus para avançarem em direção à Terra Prometida. Alguns líderes tribais discordam. Firme, Josué avisa que aqueles que não aceitarem as ordens de Deus serão considerados traidores, desertores de Israel.

Capítulo 05, segunda 11/07: Josué, Aruna e os outros se desesperam ao notar que a tenda está pegando fogo. Nobá chora ao presenciar Raabe ser agredida por Orias. Em meio a todo desespero, Josué ordena que ninguém saia da tenda em chamas. Tobias desobedece e deixa o local. Léia se desespera ao ver o filho sair. Racom vê o hebreu do lado de fora da tenda e manda os soldados atirarem flechas. Tobias corre apavorado tentando escapar, mas é atingido por uma flechada na coxa. Quemuel lamenta a atitude do filho de fugir da tenda. Chaia avista a tenda de Quemuel pegar fogo e vai buscar ajuda. Josué tenta usar uma mesa como escudo para protegê-los. Aruna se dispõem a lutar com Quemuel e Josué. Eles saem da tenda usando a mesa como escudo. Racom e os soldados cananeus puxam suas espadas. Aruna, Josué e Quemuel lutam contra dez soldados cananeus. Ferido, Tobias observa a luta escondido. Josué defende Quemuel de um golpe fatal. Zaqueu chega ao local com outros hebreus. Eles começam a levar vantagem no combate. Josué e Aruna voltam para a tenda e salvam Samara e Léia. Racom percebe que estão em desvantagem e ordena que seus homens recuem. Os guerreiros hebreus comemoram a vitória do confronto. Chaia e Zaqueu socorrem Tobias. Quemuel abraça Aruna agradecendo por ela ter lutado bravamente. Léia observa e se incomoda. Samara corre para agradecer a Josué. O líder hebreu oferece sua tenda para abrigar a família de Quemuel. Com as costas marcadas dos golpes da surra, Raabe suplica pela a ajuda dos deuses. Josué pede que Elói prepare as camas para a família de Quemuel. Léia não gosta de ouvir o marido dizer que Josué se daria melhor com Aruna do que com sua filha. Samara afirma que Josué está apaixonado por ela. Aruna se recorda do momento em que foi salva por Josué. O novo líder hebreu ora a Deus. Nobá ajuda Raabe a cuidar dos ferimentos. O dia amanhece e o maná cai do céu sobre o acampamento hebreu. Josué acorda e se depara com a mesa posta por Aruna. Ele elogia o maná preparado por ela. Elói se impressiona ao notar que a moça cuidou de todas as tarefas. Aruna estranha a demonstração de preocupação de Josué. Enquanto lavam roupas a beira do rio Jordão, as mulheres hebreias comentam sobre a guerra que está por vir. Acã conversa com seus filhos, Melquias e Gibar. O vilão afirma que Josué não é o melhor líder para os hebreus e seria melhor se ele fosse morto pelos cananeus. Na tenda de Josué, Calebe também elogia o maná preparado por Aruna. Quemuel nota que Josué tem um coração amolecido. Enquanto tira leite da vaca, Aruna conversa com o animal. Calebe e Eleazer aconselham Josué a não mostrar suas fraquezas ao povo. Josué avisa a Elói que Quemuel e seus familiares precisam logo deixar sua tenda. Sem ser percebida, Aruna escuta a conversa. Lila questiona Gael sobre seu jeito quieto e o convida para brincar com os demais. Josué pede que Calebe reúna os líderes de todas as tribos. Samara tenta provocar Aruna, mas não consegue. Escondido, Otniel observa Acsa lavar roupa. As crianças o encontram e percebem que ele observava a moça. Eles chamam Acsa e Otniel se joga no rio para se esconder dela. Os doze chefes tribais se reúnem com Josué. O líder dos hebreus avisa que é preciso atacar os cananeus para avançarem em direção à Terra Prometida. Alguns líderes tribais discordam. Firme, Josué avisa que aqueles que não aceitarem as ordens de Deus serão considerados traidores, desertores de Israel.

Capítulo 06, terça 12/07: Josué manda os hebreus se prepararem para invadir e conquistar Canaã. O rei Marek e a rainha Kalesi assistem a uma luta no palácio. Jamal e Muralha se enfrentam em um confronto mortal. Noemi tenta confortar a dor de Léia. Josué avisa que enviará dois espiões para Jericó. Acã critica o plano do líder dos hebreus. Josué se aproxima e o vilão disfarça. Tobias dá em cima de Chaia enquanto recebe os cuidados da moça. Zaqueu se aproxima e o irmão de Samara fica sem graça. Merodaque se queixa da violenta luta entre Jamal e Muralha. O rei Marek vibra com o confronto dos gladiadores. Quemuel vai até a tenda onde está Tobias e chama o filho de covarde. O líder tribal sugere que Tobias seja um dos espiões solicitados por Josué. Em conversa com Chaia, Zaqueu comenta que gostaria de se oferecer como um dos espiões. Muralha consegue golpear Jamal e sai vitorioso da luta. Elói fala sobre o passado de Josué para Samara. A vilã entra escondida no quarto do líder hebreu e é surpreendida com a chegada dele. Ela o constrange ao dar em cima do rapaz. Elói chega e consegue livrar Josué da saia justa. Marek se enfurece ao ouvir Racom dizer que não conseguiu matar Josué. O Oficial promete que logo trará a cabeça do líder hebreu. Discretamente, o rei faz um sinal para Tibar matar Racom. Tibar sobe a muralha com Racom e pega mais informações sobre Josué. Friamente, ele assassina Racom. Na tribo Naftali, Pedael bebe vinho enquanto os outros se divertem em volta da fogueira. Isaque e Temá disputam uma dança com Adélia e Neziá é rejeitada. Zaqueu avisa que vai se oferecer para a missão dos espiões. Jéssica discute com Salmon ao saber que ele também deseja seguir nesta missão. A rainha Kalesi e algumas sacerdotisas dançam em um ritual ao deus Baal. Merodaque deita-se ao chão rodeado por serpentes. O principal sacerdote de Jericó avisa que Baal quer um novo sacrifício, desta vez com uma criança inocente. Kalesi ordena que Tibar escolha esta criança para o sacrifício. Durante a comemoração em volta da fogueira na tribo Naftali, Josué chega e avisa que precisará de dois espiões para entrar em Jericó. Salmon se prontifica a ajudar e Jéssica vai embora enfurecida. Zaqueu e Melquias também se oferecem para a missão. Todos dão risadas quando Otniel se prontifica a ser um dos espiões. Josué elogia a atitude do rapaz. Maquir também se oferece para a missão. Livana se assusta e diz para ele não ir. Elidade estranha e questiona a filha, mas ela desconversa. Por fim, Iru também se prontifica a seguir na missão. Enojada, Raabe chora depois de Tibar deixar seu quarto. O comandante conversa com outros oficiais e diz que precisará encontrar uma criança inocente para o sacrifício. Josué avisa que fará um torneio para escolher os dois espiões hebreus. Samara volta a bisbilhotar o quarto de Josué. O líder hebreu chega acompanhado de Elói e a vilã se esconde atrás de uma cortina. Raabe e Liora comentam sobre a vida difícil que levam na estalagem. Tibar se dá conta que esqueceu sua espada no quarto de Raabe e volta para buscar. Sem ser notado, ele acaba escutando a conversa entre sua amada e Liora. A prostituta diz ter nojo de Tibar. O comandante se entristece e deixa cair uma lágrima. Ele se afasta da porta com um ar sombrio. Logo em seguida, Tibar se recorda de Nobá, irmão de Raabe, e diz já saber qual criança escolherá para o sacrifício. Josué e Elói percebem que há alguém escondido atrás da cortina. Constrangida, Samara tenta se explicar. Tibar vê Raabe e Liora deixando a estalagem e resolve segui-las. Josué se recusa a ficar conversando com Samara antes de dormir. Liora se despede de Raabe e segue em outra direção. Tibar segue Liora. Samara humilha Aruna e mente dizendo que Josué está apaixonado por ela. Ao se preparar para dormir, Josué se lembra da responsabilidade de conduzir os hebreus como fez seu tio Moisés. Calebe avisa a Noemi sobre a decisão da escolha dos espiões. Josué tem um pesadelo onde os hebreus se voltam contra ele.

Capítulo 07, quarta 13/07: assustado, Josué acorda do pesadelo. Tibar encontra Liora e avisa que lhe dará um castigo. Em conversa com Noemi, Calebe alerta sobre a responsabilidade que Josué carrega. Sem conseguir dormir, Aruna se lembra das humilhações de Samara. Ela se pergunta sobre seu próprio passado e decide sair para dar uma volta. Josué encontra a moça e os dois conversam sobre a vida. O líder hebreu conta sobre a ida de Samara ao seu quarto. Aruna disfarça o incômodo e promete guardar segredo. Cada um em seu quarto, Josué e Aruna oram a Deus. Liora, machucada e cheia de hematomas, chega até a casa de Raabe. Ela conta que foi agredida por Tibar e alerta que a amiga corre perigo. Josué avisa que está providenciando uma nova tenda para a família de Quemuel. Léia tenta provocar Aruna, mas a moça consegue se conter. Ela sai apressada e procura um lugar para ficar sozinha. Ioná a escuta desabafando e pede para Aruna confiar nela. Tibar encontra com o rei Marek e a rainha Kalesi no palácio. O comandante avisa que já encontrou uma criança inocente para o sacrifício. Tibar e alguns soldados chegam até a casa de Raabe. O oficial surpreende a todos ao avisar que levará Nobá. Raabe se desespera e sai atrás de Tibar e os outros soldados. Ela implora pela vida do irmão, mas Nobá é levado para o palácio. Kalesi e Merodaque recebem o menino. Raabe tenta seguir o irmão, mas é impedida de continuar avançando. Aruna desabafa com Ioná e ganha a confiança da moça. A filha de criação de Léia e Quemuel diz acreditar que Josué esteja apaixonado por Samara. O líder dos hebreus se prepara para escolher os dois espiões que entrarão em Jericó. Livana encontra Maquir e pede para ele não participar da competição que definirá os espiões. Ele pede um beijo para a moça, mas são surpreendidos com a chegada de Iru. Tobias pede para ir ao combate, mas Darda e Chaia o impedem. Tibar encontra Raabe na escadaria da frente do palácio e carrega a moça pelos braços. No interior do palácio, o comandante joga Raabe em uma cela ao lado de Nobá. O povo hebreu se reúne para assistir o combate que escolherá os dois espiões de Israel. Salmon, Otniel, Maquir, Zaqueu, Iru e Melquias participam da disputa. Samara se senta ao lado de Josué, mas se desaponta em seguida ao ver o guerreiro se levantar. Três duplas são definidas para o confronto e o combate começa. Melquias vence Otniel com facilidade. Tibar busca Nobá na cela e Raabe se desespera. Zaqueu e Salmon iniciam a próxima luta. Salmon vence o confronto. Jéssica chora de tristeza, pois ela teme que o noivo torne-se um espião. Kalesi e Merodaque se preparam para iniciar o ritual. Arauto avisa ao povo de Jericó sobre o sacrifício de Nobá. Milah se desespera ao ver que Orias está conformado com o sacrifício do filho. Kalesi se arruma para o ritual ao deus Baal. Merodaque afirma que o sacrifício garantirá a derrota dos hebreus. Em uma espécie de gaiola, Nobá é conduzido ao sacrifício. Presa na masmorra do palácio, Raabe se apavora ao notar que o irmão está sendo conduzido à morte. Iru e Maquir iniciam a terceira e última luta. Iru provoca Maquir e acaba vencendo o confronto. Em Jericó, o povo se reúne em frente à praça central para assistir o sacrifício de Nobá. Milah se desespera ao ver Merodaque iniciar o ritual. Orias não aguenta e chora. Nobá se apavora.

Capítulo 08, quinta 14/07: Merodaque se aproxima de Nobá com um punhal e se prepara para sacrificar o menino. Presa na masmorra, Raabe sofre sem ter notícias do irmão. Melquias, Salmon e Iru lutam para decidir quem serão os dois espiões que entrarão em Jericó. Iru dá uma rasteira e derruba Melquias. Josué anuncia que Salmon e Iru são os dois espiões escolhidos. Calebe parabeniza o filho. Jéssica chora inconformada. Melquias lamenta a derrota. Maquir questiona a postura de Iru na briga. Eles discutem na frente de Calebe. Livana diz estar feliz por Maquir também ter perdido. Noemi e Calebe questionam Iru sobre a história dele ter trapaceado na luta contra Maquir. Chateado por não ter sido escolhido como um dos espiões, Zaqueu é consolado por Chaia. Apavorada, Raabe implora para os deuses de Canaã ajudarem Nobá. O povo vibra a espera do sacrifício do menino. Desesperada e de mãos atadas, Raabe ora ao Deus de Israel. Do alto das muralhas de Jericó, o oficial Kadmo avista uma caravana real se aproximando pelo deserto. Raabe continua orando ao Deus dos hebreus. A comitiva do rei Durgal chega à cidade de Jericó. Samara conversa com Josué e acaba assumindo gostar do líder hebreu. A vilã diz amar o rapaz. Aruna chega de repente e avista os dois abraçados. Samara fica indignada ao notar que Josué não correspondeu sua iniciativa. Aruna avista Samara em um canto chorando e vai até lá. A filha de Quemuel mente dizendo que Josué a beijou. Samara se lamenta com sua mãe. Léia dá conselhos para a filha conseguir atrair o líder hebreu. O povo de Jericó vibra à espera do sacrifício de Nobá. Raabe demonstra sua fé no Deus de Israel. Kadmo diz algo no ouvido do rei. Desesperado, Orias abraça Milah. Marek ordena que o ritual seja interrompido. Merodaque e Kalesi não entendem a atitude do rei. Milah e Orias ficam incrédulos. O povo começa a se agitar. Tibar ordena aos soldados que matem o primeiro que se aproximar de Marek. Grok diz para Raabe que Nobá deve estar morto. Ela se mostra confiante no poder do Senhor. Marek discursa para o povo. O rei avisa que o ritual teve que ser interrompido devido à chegada de um rei estrangeiro. Kalesi avisa que em breve o sangue de Nobá será derramado. Milah grita tentando encorajar o filho. Raabe reencontra o irmão na cela e chora emocionada. Milah agradece aos deuses de Canaã. Tibar liberta Raabe. Ela pede para continuar presa ao lado de Nobá, mas é expulsa do palácio. Liora ampara a amiga. Alguns hebreus limpam e reconstroem a tenda de Quemuel. O líder tribal agradece a Josué. Dissimulada, Samara se desculpa com o guerreiro. Aruna avista a conversa dos dois de longe e fica um pouco incomodada. Kalesi reclama da atitude do rei Durgal em chegar sem avisar. O rei estrangeiro entra na sala do trono e presenteia os soberanos de Jericó. Durgal oferece Zuma, um bravo guerreiro Núbio, ao rei Marek. O lutador exibe sua força na frente de todos. Marek pede aos soldados para prepararem um combate para testar o presente. Josué orienta Iru e Salmon para a infiltração em Jericó. Iru diz que a missão será fácil. Josué e Calebe o repreendem. Eles avisam que os espiões precisarão estar disfarçados para que tudo dê certo. Jéssica alerta Salmon sobre o perigo da missão. Em conversa com Léia, Samara faz planos ao lado de Josué. Elói elogia a conduta de Aruna. Liora aconselha Raabe a tirar proveito da paixão que Tibar sente por ela. Zuma e Muralha lutam para satisfazer Marek e outros nobres no palácio. O rei vibra com a vitória do novo guerreiro Zuma. Tibar, Marek e o rei Durgal comentam sobre as proezas dos hebreus. Marek manda Tibar atravessar o rio Jordão para descobrir os planos do exército de Israel. Jéssica discute com Salmon. Ela diz que ele a perderá caso siga na missão. Samara flagra Josué elogiando Aruna. Na estalagem, Raabe dança e seduz Tibar. Ela finge sentir ciúmes do comandante, que acaba acreditando.

Capítulo 09, sexta 15/07: Samara conversa com Léia e diz que viu Josué elogiando Aruna. Isaque e Temá disputam uma dança com Adélia. A moça avisa que ficará solteira até sua irmã, Neziá, conseguir se casar. Josué avisa a Pedael que os espiões precisarão de um bom disfarce. Eles escolhem roupas de mercadores de pele. Acã, Melquias e Gibar se mostram ambiciosos com as riquezas que poderão encontrar em Jericó. Iru provoca Maquir e Livana tenta aliviar a tensão. Elói conversa com Ioná e faz elogios à Aruna. Quemuel discute com Léia e pede para a esposa esquecer o passado. Amanhece no acampamento de Sitim. Sorrateiros, Tibar e Kadmo atacam dois soldados hebreus. Os cananeus se disfarçam com as roupas dos guerreiros de Israel. Os dois homens de Marek caminham disfarçados. Calebe avisa à Noemi que Iru deverá aprender com a vida. Josué vai até a tenda hospital. Ele repreende a atitude covarde de Tobias. Chaia se incomoda com as cantadas do filho de Quemuel. Iru provoca Maquir novamente ao tocar no nome de Livana. Os dois discutem e Maquir dá um empurrão no filho de Calebe. Iru acaba caindo de uma ribanceira e cai desacordado. Elói começa a arrumar a tenda de Josué e nota que alguém se esconde atrás da cortina. Ele pensa que se trata de Samara novamente. O criado então é surpreendido com o ataque de Tibar. O comandante faz Elói de refém e exige informações sobre o líder hebreu. Escondido do lado de fora da tenda, Kadmo nota a aproximação de Josué, Calebe e outros hebreus. O oficial cananeu percebe bem o rosto de Melquias. Tibar é avisado sobre a aproximação dos hebreus e decide levar Elói. Maquir tenta socorrer Iru. Ferido, o provocador pede que Maquir não diga nada a Josué. O líder hebreu retorna para sua tenda e estranha a ausência de Iru e Maquir. Raabe diz para Orias e Milah que o Deus dos hebreus salvou Nobá. Kalesi e Merodaque visitam a oferenda na masmorra. Marek pede para Kalesi dançar para Durgal. O rei estrangeiro não se contém e dá em cima da rainha. Kamir alerta Durgal sobre a perigosa investida. Na tenda de Josué, o líder hebreu orienta seus homens. Melquias desdenha de Otniel e é repreendido por Salmon. Josué diz confiar em Otniel. Maquir e Iru chegam à reunião e inventam uma desculpa. Josué estranha o sumiço de Elói. Otniel procura pelo criado no quarto e vê que algo estranho aconteceu. Josué e os outros homens percebem que Elói foi raptado pelos cananeus. O líder hebreu avisa que a missão para Jericó foi adiada e que todos devem ir à caça desses cananeus. Josué pede para Aruna avisar à família de Elói. Acã sugere que Gibar não desperdice a oportunidade de se casar com Acsa. Otniel chega ao local de treinamento e avisa sobre a captura de Elói. Gibar se exibe para Acsa. Otniel se incomoda. Josué pede a Deus para ajuda-lo a encontrar o criado. A cavalo, os outros hebreus também procuram por Elói. Maquir se preocupa com o estado de saúde de Iru. Enquanto é carregado por Tibar e Kadmo, Elói dá um jeito e consegue deixar uma de suas sandálias no caminho. Aruna chega para avisar à Ioná e se surpreende ao ver que Léia e Samara já estão por lá. Pessimista, Mara preocupa ainda mais a filha Ioná. Aruna demonstra sua fé em Deus. Em uma caverna, Tibar e Kadmo torturam Elói para saber informações sobre Josué. Bravamente, o criado se recusa a falar qualquer coisa sobre o líder hebreu. Kadmo força Elói a beber vinho até se engasgar. Tibar se enfurece com o silêncio do rapaz. Calebe alerta sobre o perigo de Elói conceder informações ao inimigo. Josué diz confiar completamente em seu criado. Mesmo com muita dor, Iru disfarça o ferimento. Salmon encontra a sandália deixada por Elói no caminho. Tibar tenta tirar informações do criado, mas Elói se recusa a falar. O comandante ordena que Kadmo continue torturando o rapaz. Enquanto segue na busca, Acã é surpreendido por dois soldados cananeus e se entrega. O pai de Melquias e Gibar começa a negociar com Tibar. Ele diz querer ouro para entregar os planos dos hebreus. Acã conta sobre a missão de Josué de enviar dois espiões para Jericó.

Capítulo 10, segunda, 18/07: Josué e os outros homens percebem que Elói foi raptado pelos cananeus. O líder hebreu avisa que a missão para Jericó foi adiada e que todos devem ir à caça desses cananeus. Josué pede para Aruna avisar à família de Elói. Acã sugere que Gibar não desperdice a oportunidade de se casar com Acsa. Otniel chega ao local de treinamento e avisa sobre a captura de Elói. Gibar se exibe para Acsa. Otniel se incomoda. Josué pede a Deus para ajuda-lo a encontrar o criado. A cavalo, os outros hebreus também procuram por Elói. Maquir se preocupa com o estado de saúde de Iru. Enquanto é carregado por Tibar e Kadmo, Elói dá um jeito e consegue deixar uma de suas sandálias no caminho. Aruna chega para avisar à Ioná e se surpreende ao ver que Léia e Samara já estão por lá. Pessimista, Mara preocupa ainda mais a filha Ioná. Aruna demonstra sua fé em Deus. Em uma caverna, Tibar e Kadmo torturam Elói para saber informações sobre Josué. Bravamente, o criado se recusa a falar qualquer coisa sobre o líder hebreu. Kadmo força Elói a beber vinho até se engasgar. Tibar se enfurece com o silêncio do rapaz. Calebe alerta sobre o perigo de Elói conceder informações ao inimigo. Josué diz confiar completamente em seu criado. Mesmo com muita dor, Iru disfarça o ferimento. Salmon encontra a sandália deixada por Elói no caminho. Tibar tenta tirar informações do criado, mas Elói se recusa a falar. O comandante ordena que Kadmo continue torturando o rapaz. Enquanto segue na busca, Acã é surpreendido por dois soldados cananeus e se entrega. O pai de Melquias e Gibar começa a negociar com Tibar. Ele diz querer ouro para entregar os planos dos hebreus. Acã conta sobre a missão de Josué de enviar dois espiões para Jericó. Tibar diz que Acã será seu informante secreto. O comandante entrega um anel para que ele possa entrar em Jericó. Tibar e Kadmo deixam o local. Acã tenta acordar Elói. Tibar, Kadmo e os soldados cananeus seguem para Jericó. Salmon entrega a sandália deixada por Elói no caminho. Josué manda Salmon e Iru se prepararem para a missão dos espias. Calebe estranha a ausência de Acã. Jéssica tem nova discussão com Salmon. Ela leva Lila para a casa de Elias. Jéssica avisa ao pai que terminou o noivado. Iru se despede de seus familiares. Calebe acaba discutindo com o filho. Noemi nota que Iru está com febre. Josué se mostra culpado pelo desaparecimento de Elói. Aruna o consola e é elogiada pelo líder hebreu. Sem ser vista, Samara presta atenção na conversa dos dois. Calebe chega e não gosta da aproximação de Josué e Aruna. Samara conversa com Léia e diz temer que seu amado descubra a mentira que contou para Aruna. Léia avisa que colocará a enteada em seu devido lugar. Já sob o efeito do vinho, o rei Durgal conta suas histórias para Kalesi e os outros nobres do palácio. Marek se irrita ao ver o rei estrangeiro cobiçar sua rainha. Léia ordena que Aruna não fale mais sobre o falso romance entre Samara e Josué. O líder hebreu dá as últimas coordenadas sobre a missão dos espias. Jogli, Elizafã e Samuel conspiram contra Josué. Salmon percebe que Iru está ferido. Josué impede que ele siga na missão. Melquias se oferece para substituir Iru e o líder hebreu aceita. Uzi avisa que Acã encontrou Elói. O vilão mente se gabando pela captura do criado, que está desacordado. Josué avisa que Melquias substituiu Iru. Acã se preocupa e mente de novo ao dizer que Elói deu com a língua nos dentes. Dissimulado, Acã tenta acordar o criado. Josué questiona sua atitude. Iru se explica para Tobias. Tibar avisa ao rei Marek sobre as descobertas que fez no acampamento do povo hebreu. Josué avisa que Salmon e Melquias correm perigo. Jogli e Samuel conspiram contra o líder hebreu. Aruna pede para avisar aos espias, mas Josué diz preferir que um soldado o faça. Zaqueu se oferece para ir atrás de Melquias e Salmon.

Capítulo 11, terça, 19/07: Samara percebe que Aruna se afastou e resolve segui-la. A vilã impede que Aruna vá atrás dos espiões. Josué e Calebe dá as últimas orientações a Zaqueu. Samara percebe que Josué pode se zangar com Aruna e decide deixar a moça partir. Aruna segue com Zaqueu na busca por Melquias e Salmon, cada um por um caminho. Os dois espiões hebreus começam a remar para atravessar o rio Jordão. Cavalgando, Zaqueu segue na busca. Também a cavalo, Aruna procura pelos espias. Salmon e Melquias atravessam o Jordão e seguem para Jericó. Josué ora a Deus pedindo proteção. No palácio, Marek e Durgal assistem Zuma e Muralha duelarem com outros lutadores. Kalesi suspira com o físico de Zuma. Marek vibra com a batalha. Kalesi alerta Durgal sobre o perigo que corre tentando seduzi-la. A rainha das serpentes faz um sinal para Tupak. Ela segreda algo a ele olhando cobiçosa para Zuma. Chaia, Darda e Jesana cuidam dos feridos na tenda hospital. Ioná chega para visitar Elói, que permanece desacordado. Sempre pessimista, Mara preocupa ainda mais sua filha. Darda avisa que Elói pode ter traído os hebreus. Jéssica se desespera ao descobrir que os espiões podem ser mortos assim que pisarem em Jericó. Acsa tenta acalmar Lila. Zaqueu atravessa o Jordão em busca de Melquias e Salmon. Trancafiados na masmorra do palácio, Zuma e Muralha conversam sobre o passado. O guerreiro núbio afirma que já foi um rei. Eles falam da hipótese de um dia atacar Marek. Samara avisa que Aruna foi atrás dos espiões. Josué se espanta. Calebe diz que a moça desrespeitou uma ordem do líder dos hebreus. Em conversa com Liora, Raabe diz ter esperança em viver em um lugar melhor. Na entrada do palácio, Tibar avisa aos soldados sobre a possível chegada de espiões hebreus. Ao terminar de se disfarçar, Salmon se abre com Melquias e diz que Jéssica rompeu o noivado. Zaqueu cavalga em direção aos espiões. Salmon e Melquias avistam uma caravana de mercadores e decidem se juntar ao grupo. Acã volta a afirmar que Elói deve ter delatado a missão. Josué se mostra confiante no caráter do seu criado e avisa que irá ao lugar onde Acã enfrentou o cananeu. O vilão engole seco, mas é obrigado a concordar. Zaqueu se aproxima da entrada de Jericó. Ele avista Salmon e Melquias entrando na cidade com a caravana de mercadores.

Capítulo 12, quarta, 20/07: Tibar avista um hebreu próximo à entrada de Jericó. Kadmo começa a revistar os mercadores da caravana. Zaqueu é perseguido por quatro soldados de Jericó. Kadmo se lembra do rosto de Melquias e o hebreu é detido. Zaqueu é perseguido pelos oficiais inimigos. O soldado mascarado aparece para ajuda-lo. Grok avisa que Kalesi deseja ver Zuma. Sem ser percebido, Durgal observa a rainha recebendo o guerreiro núbio em seu quarto. Melquias é conduzido ao palácio. Ioná lamenta o estado de saúde de Elói e se aborrece com o pessimismo de Mara. Josué avisa que precisará ter uma conversa séria com Aruna. Em conversa com Léia, Samara deseja o mal de Aruna. Raabe é assediada por alguns homens e recebe a ajuda de Salmon. Ele luta para proteger a moça. Na estalagem, Salmon não se sente a vontade com a prostituta em seu quarto. Marek descobre que Tibar conseguiu prender um espião hebreu. Enquanto Zaqueu foge dos soldados cananeus, o soldado mascarado galopa na direção deles. Raabe gosta da educação de Salmon. Acã mente para Gibar ao dizer que Elói é denunciou o plano dos espiões. Marek vai até a cela onde Melquias está detido e ordena que prendam o hebreu em uma gaiola em praça pública. Nobá faz perguntas sobre o Deus de Israel. Na tenda hospital, Tobias e Iru iniciam uma briga.

Capítulo 13, quinta, 21/07: Darda intervém e chama a atenção dos rapazes. Enquanto conversam no quarto, Raabe e Salmon são surpreendidos com a chegada de Tibar. Zaqueu luta com os oficiais de Jericó, mas leva a pior. O soldado mascarado aparece e consegue salva-lo. Tibar entra no quarto de Raabe, mas Salomon consegue despista-lo. O noivo de Jéssica pede um quarto para passar a noite na estalagem de Farduk. A irmã de Nobá fica pensativa ao ouvir Tibar dizer que um hebreu foi preso ao tentar entrar em Jericó disfarçado de mercador. Salmon ora a Deus e pede para o Senhor proteger Raabe. O soldado mascarado carrega Zaqueu desacordado. Iru deixa a tenda hospital, mas é repreendido por Calebe. O Soldado misterioso deixa Zaqueu em um local próximo ao acampamento dos hebreus. Jéssica e Lila lamentam a ausência de Salmon, enquanto Elias tenta conforta-las. Otniel encontra Zaqueu ferido. O guerreiro recebe os cuidados de Chaia, Darda e Jesana. Ele avisa que Melquias e Salmon entraram em Jericó. Acompanhados de Acã, Josué e Calebe vão até a caverna onde Elói foi encontrado. O vilão mente e conta sua versão sobre o acontecimento. Melquias é conduzido até a praça central de Jericó e colocado dentro de uma gaiola. A população atirar objetos e ofende o hebreu prisioneiro. Em um local mais distante, Salmon observa angustiado.

Capítulo 14, sexta, 22/07: Aruna retorna à tenda de Josué. Otniel chega e avisa que Zaqueu foi encontrado. Salmon observa Melquias preso na gaiola. Aruna tenta confortar Ioná. Josué descobre que Zaqueu foi salvo pelo soldado mascarado. Léia sugere que Samara substitua Elói na tenda do líder hebreu. Acã se desespera ao descobrir que Melquias entrou em Jericó. O vilão decide atravessar o rio Jordão para falar com Tibar. Sama começa a sentir dores e diz que o bebê está nascendo. Ruth avisa a Boã. Darda começa a ajudar Sama no parto. Boã fica agoniado a espera de notícias. Sama se desespera ao ver que seu bebê nasceu morto. Boã consola a esposa e eles trocam palavras de amor. Acã chega ao outro lado do rio Jordão. Elói começa a recuperar a consciência. Samara tenta fazer as atividades domésticas na tenda de Josué. O líder hebreu é avisado sobre o estado de Elói. Samara aproveita a ausência de Josué e passa os afazeres para Aruna. Elói começa a dar explicações sobre o ataque dos cananeus, mas não se recorda de tudo. Salmon consegue se aproximar da gaiola onde Melquias está preso. O hebreu avisa que dará um jeito de tirar o amigo dali. Acã chega até a entrada de Jericó e pede para falar com Tibar. Marek conversa com o comandante e reclama do jeito como o rei Durgal olha para Kalesi. Tibar é avisado sobre a chegada de Acã. O hebreu avisa que seu filho corre perigo e pede para o comandante de Jericó ajuda-lo. Tibar mente dizendo que ainda não capturou nenhum hebreu. Melquias se assusta ao ouvir Tibar dizer seu nome. Salmon finge estar atacando o prisioneiro hebreu e arremessa frutas boas para Melquias comer. O noivo de Jéssica aproveita para tirar informações dos soldados cananeus. Sem saber que está sendo visto por Durgal, Tupak leva Zuma ao quarto de Kalesi. O rei estrangeiro entra no quarto da rainha e começa a chantageá-la.

Capítulo 15, segunda 25/07: Léia fica decepcionada ao ouvir o marido incentivar a relação de Josué e Aruna. Marek diz não acreditar que o prisioneiro fugiu. Tibar promete encontrar o cúmplice do fugitivo. Os oficiais começam a vasculhar a cidade. O rei ordena que encontrem os hebreus. Na estalagem, Tibar e Kadmo comentam sobre os hebreus fugitivos. Raabe e Salmon cuidam de Melquias. Kadmo diz que os hebreus jamais entrarão em Jericó. Josué se incomoda com os elogios de Samara. Haniel avisa que receberão a visita de Tirda, sua pretendente. Acã visita Elói e finge ter ouvido o criado falar de Jericó com os carrascos. Josué apresenta a nova tenda à família de Quemuel. Samara provoca Aruna. De forma Inconveniente, Léia manda a filha para a tenda de Josué. Sama amamenta o bebê de Einat. Ioná diz que Josué e Aruna formam um belo casal. O líder dos hebreus elogia a capacidade de Otniel em levantar informações tão precisas. Gibar zomba do rapaz. Calebe repreende a maneira como Iru se refere a Otniel. Salmon caminha nas ruas de Jericó. Orias avisa à esposa sobre a presença dos hebreus na cidade. Milah é impedida de entrar no palácio para visitar Nobá. Kalesi e Merodaque observam o menino preso próximo às imagens dos deuses. Salmon admira Raabe dançando. Livana diz para Maquir que não se entregará sendo solteira. Melquias escuta a música na estalagem e resolve sair do quarto. Ele descobre que Raabe é uma prostituta. Inês apresenta Tirda a Haniel e seus filhos. Raabe retorna ao quarto e é assediada por Melquias. Salmon tira Melquias de cima de Raabe. Ela lamenta a atitude do hebreu. O ex noivo de Jessica dá um sermão em Melquias. Tirda conhece a família de Haniel. O líder tribal diz não sentir falta de companhia. Samara implica com Aruna e elas discutem. Melquias diz que Salmon está interessado em Raabe. Quemuel fica indignado ao presenciar Samara dando um tapa na cara de Aruna. Ele manda a filha de criação revidar o golpe. Aruna se recusa e diz que uma agressão não justifica a outra. Quemuel se queixa com Léia, que finge estar preocupada. Josué conversa com Aruna e mostra os mapas dos campos de batalha. Ioná tenta consolar a dor da amiga. Léia aconselha Samara a fingir gostar de Aruna para conseguir ataca-la no momento certo. Ioná e Elói falam do impasse entre Josué, Samara e Aruna. Dissimulada, a filha de Léia finge tratar bem a irmã de criação. Haniel diz que aceita casar-se com Tirda. Em conversa com Raabe, Salmon pede desculpas pela atitude de Melquias. Jessica tenta acalmar Lila. Raabe diz ter fé no Deus dos hebreus. Preso no templo do palácio, Nobá suplica por ajuda. Orias discute com Milah e agride a esposa. Inês diz que Tirda só poderá ficar na tenda de Haniel depois do casamento. A moça diz ter medo de Haniel querer uma criada. Marek diz que Tibar deve relaxar para conseguir encontrar os hebreus fugitivos. O comandante vai se divertir na estalagem de Farduk. Salmon arma um plano para entrar no palácio disfarçado de nobre. Tibar diz que Raabe não conseguira salvar Nobá. Salmon pede ajuda à prostituta. Ele entra em um quarto da estalagem e ataca um guerreiro de Hai. Raabe ajuda a colocar uma barba postiça em Melquias. Ele diz que Salmon tem uma noiva fora de Jericó. Disfarçados de nobres de Hai, Salmon e Melquias caminham em direção ao palácio. Raabe segue logo atrás. No acampamento hebreu, algumas mulheres comentam sobre o novo casamento que vai acontecer. Samara diz que Aruna não tem roupa para ir à festa. Noemi pergunta se Josué pretende se casar um dia. Calebe diz que o líder hebreu tem outras prioridades. Aruna se recorda do momento em que dançou para Josué. Ioná pergunta até quando a moça esconderá a paixão pelo líder hebreu.

Capítulo 16, terça 26/07: Sem ser notada, Samara escuta Aruna e Ioná conversando sobre Ana, a ex-esposa de Josué. A vilã comenta com Léia que tem um novo plano para conquistar seu amado. Ela pega informações sobre Ana com Inês. Ioná incentiva Elói a ver a luz do dia. Josué, Eleazar e Calebe falam sobre a situação dos espiões. Jéssica esconde de Lila a preocupação por Salmon. Gibar chama Elói de traidor e Aruna defende o criado. Disfarçados de nobres da cidade de Hai, Salmon e Melquias entram no palácio. Raabe se revolta ao ver que Milah foi agredida por Orias. Maquir rouba um beijo de Livana. Aruna tenta apoiar Ioná. Salmon e Melquias decidem se separar para investigar o interior do palácio. Enquanto leva Nobá de volta à cela, Grok e o menino cruzam com Melquias no corredor. Ioná diz que fará um vestido especialmente para Aruna. Melquias avista uma sala e decide entrar para averiguar. Ele sai por uma janela e caminha na parede externa do palácio. O hebreu se esgueira até chegar à outra janela. Melquias entra na outra sala e tenta abrir um baú. Ele se assusta ao perceber que alguém está entrando. Josué se lembra do momento em que viu Aruna cantar. Samara mexe nas coisas de seu amado e encontra alguns pertences de Ana. Escondido, Melquias observa a quantidade de riquezas que o rei guarda no baú e tenta fugir pela parede externa do palácio. Ele acaba sendo visto por Kadmo e Grok. Alguns soldados começam a atirar flechas próximas ao hebreu. Samara conta que encontrou os pertences de Ana. A vilã diz para sua mãe que se vestirá como uma rainha para conquistar Josué. Léia tenta convencer Quemuel a comprar roupas caras para a filha. Enquanto caminha explorando o palácio, Salmon se surpreende ao ver a aproximação de Kalesi. A rainha nota a presença do novo nobre e elogia sua beleza. Ela convida Salmon para ser seu acompanhante enquanto assiste a uma luta. Desesperado, Melquias decide se entregar a Kadmo. Kalesi chega com Salmon à sala do trono. Marek repara no rapaz, mas não dá a menor atenção, pensando se tratar de mais um nobre de Hai. Tibar chega e avisa que o hebreu fugitivo foi recapturado. Marek ordena que comece o combate entre os gladiadores. Salmon disfarça e se afasta da rainha. Muralha conversa com Zuma e diz não querer mata-lo. O confronto começa. Salmon aproveita o momento de distração geral e tenta se aproximar da porta de saída. Tibar o vê. Zuma acerta um golpe em Muralha. Salmon refaz seu caminho e segue na direção do rei. Marek faz um gesto autorizando a morte de Muralha. Zuma dá um golpe fatal no oponente. Os nobres começam a aplaudir. Salmon percebe a movimentação dos oficiais e, rapidamente, puxa Kalesi para si. Ele imobiliza a rainha e a ameaça colocando uma faca em seu pescoço. Kalesi põe a mão no cabelo e puxa um adorno em forma de serpente. Ela espeta Salmon na perna e consegue fugir. Tibar e outros soldados acabam imobilizando o hebreu. Marek pensa na melhor maneira de matar Salmon e Melquias. Os espiões são presos com Zuma. Gibar provoca Aruna. Iru e Tobias se estranham durante o treinamento com espada. Maquir olha para Livana e ela vai ao seu encontro. Lila aconselha Otniel a se declarar para Acsa. Aruna fica sem graça ao ser elogiada por Josué. Elói também elogia a conduta da moça. Ioná diz que o líder hebreu está apaixonado por Aruna. Tibar encontra Acã e diz que matará Melquias. Desesperado, o vilão da tribo Judá implora pela vida do filho. O comandante de Jericó o chantageia. Tibar avisa que Acã precisará matar Josué.

Capítulo 17, quarta 27/07: Tibar entrega uma erva venenosa para que Acã mate Josué. Maquir propõe um pacto de fidelidade à Livana. Otniel toma coragem e convida Acsa para acompanha-lo no casamento de Haniel. Ela o surpreendo ao aceitar o convite. Gibar questiona a resposta da moça. Acsa diz que vai explicar sua atitude. Calebe diz estar preocupado com Iru. Em conversa com Gibar e Jessica, Acsa diz que se divertirá às custas de Otniel. Inês explica para Livana sobre os perigos do envolvimento entre pessoas de tribos diferentes. Na praça do mercado, Acã diz estar preocupado com o filho e critica Josué. Calebe avisa ao líder hebreu sobre os murmurinhos e Josué manda reunir os chefes de todas as tribos. Raabe chora ao descobrir que os espiões hebreus foram capturados. Elói não gosta de saber que Samara está fazendo seu trabalho. Ele retorna à tenda de Josué e o guerreiro dispensa a ajuda da moça. A vilã se incomoda ao ver o vestido de Aruna. Tirda se mostra insegura com o casamento, mas Inês a incentiva. Adélia se diverte com a disputa entre Isaque e Temá. Neziá deixa cair uma lágrima ao ver que foi rejeitada. Sama repara em Ruth elogiando Boã. Na masmorra do palácio, Salmon diz estar honrado em conhecer Zuma. Samara decide levar uma cabra para dar um passeio. Léia vai até a tenda de Elias e encomenda um belo vestido para a filha. Samara coloca a cabra para deitar-se em cima do vestido de Aruna. Raabe se revolta com a maneira como Orias trata Milah. Josué defende Elói na presença dos líderes tribais. Raabe tenta se conter ao ouvir Tibar dizendo que os espiões hebreus morrerão queimados. Na cela, Salmon arma um plano com Zuma e Melquias. Eles fingem brigar para chamar a atenção. Grok e outros soldados acabam caindo na armadilha. Acã aproveita o discurso de Josué e coloca o veneno em uma taça. Aruna se desespera ao ver seu vestido destruído pela cabra. Elói serve a taça envenenada a Josué. Samara finge consolar Aruna. Josué levanta sua taça para fazer um brinde. Otniel acaba esbarrando no guerreiro por acidente e deixa a bebida cair. Acã se enfurece. Melquias, Salmon e Zuma lutam e conseguem levar a melhor sobre Grok e os soldados. Eles pegam as chaves das celas e soltam Nobá e os outros prisioneiros. O irmão de Raabe segue em uma direção com Zuma enquanto Salmon e Melquias seguem em outra. Marek ordena que Tibar invada todas as casas da cidade em busca dos fugitivos. Gibar estranha o comportamento de Acã. O vilão decide conversar com Josué. Ele confessa que Tibar mandou mata-lo em troca da vida de Melquias. O líder hebreu pede para Elói chamar os chefes tribais. Salmon e Melquias fogem pelas ruas de Jericó. Zuma consegue ajudar Nobá a fugir, mas acaba sendo capturado por Tibar. Acã implora a Josué pela vida de Melquias. Desesperado, o vilão chora.

Capítulo 18, quinta 28/07: Desesperado, Acã chora preocupado com Melquias. Acsa finge gostar do convite feito por Otniel. Envergonhada, Tirda janta com a família de Haniel. Eleazar diz que o líder da tribo Manassés deve conquistar sua futura noiva. Calebe e Noemi pedem para Acsa não magoar Otniel. Ioná diz que ajudará Aruna a se vestir para o casamento. Kadmo prende Grok na masmorra. O carcereiro se apavora ao ver Zuma no interior da cela. Raabe se emociona ao reencontrar Nobá. Ela leva o irmão para se esconder na estalagem. Salmon e Melquias trocam de roupas com dois mendigos. Liora vai para o quarto com um cliente e estranha o barulho vindo de um baú. Ela encontra dois nobres de Hai presos e amordaçados. Os cananeus esbravejam e saem para chamar Tibar. Raabe corre e manda Nobá se esconder em outro lugar. O menino se esconde em um buraco na muralha de Jericó. Aruna suspira ao lembrar de Josué. Eleazar diz que o líder hebreu deve encontrar um novo amor. Elói chega e diz que o vestido de Aruna foi destruído. Josué manda o criado comprar uma nova roupa para ela. Mara conta para Ioná que Elói comprou um vestido na tenda de Elias. Tirda se sente frustrada ao ouvir Haniel dizendo quais serão suas obrigações. Nobá permanece escondido em um buraco na muralha. Milah se emociona ao saber que Raabe encontrou o irmão. Marek se enfurece ao ouvir Tibar dizendo que não encontrou os espiões hebreus. Disfarçados de mendigos, Salmon e Melquias vão até a casa de Raabe. Jessica se arrepende por ter feito Salmon escolher entre ela e a missão. Tibar e outros oficiais seguem na busca aos hebreus. Elói vai até a tenda de Quemuel e entrega o vestido para Aruna. Com ódio, Samara se lamenta com Léia. A vilã diz que será a mais bela da festa. Aruna procura Josué. Orias esbraveja ao descobrir que os homens em sua casa são os espiões hebreus. Todos se apavoram ao ouvir Tibar bater na porta. Aruna agradece o presente. Elói elogia a moça. Raabe esconde Salmon e Melquias no terraço de sua casa. Tibar e os soldados revistam a casa de Orias. Kadmo manda alguns oficias procurarem os espiões pela cidade. Tibar decide procurar no terraço. Os mendigos vestidos de nobres são detidos. Salmon e Melquias se apavoram ao notar a aproximação de Tibar.

Capítulo 19, sexta 29/07: Tibar espeta Melquias com uma lança e o hebreu leva a mão à boca para não gritar. Antes que o comandante pudesse espetar Salmon, Kadmo chega e avisa que prenderam os espiões hebreus. Raabe agradece a Deus. Ela e Salmon cuidam do ferimento de Melquias. O ex-noivo de Jessica diz que eles serão fies à Raabe. Alguns bandidos beduínos do deserto observam o acampamento dos hebreus. Ioná e Elói riem do mau humor de Mara. Calebe estranha o fato de Josué comentar sobre Ana. Setur conversa com Boã e diz que ter duas mulheres sob o mesmo teto pode trazer problemas. Os bandidos beduínos se aproximam do acampamento. Raabe ajuda os espias a fugirem pela Janela. Salmon diz que voltará para busca-la no dia da invasão dos hebreus. Mas para isso, ele pede para Raabe prender uma corda vermelha na janela. Melquias sente medo ao descer preso pela corda. Antes de deixar a casa de Orias, Salmon beija Raabe. O hebreu fica nervoso quando percebe que a corda está quase arrebentando. Tibar se enfurece ao perceber que os mendigos não são os espiões. Salmon e Melquias conseguem descer da casa de Raabe. Paltiel, Setur e Boã são atacados pelos bandidos do deserto, que roubam grande quantidade de armas. Josué é avisado sobre o ataque. Um pequeno exército de hebreus segue em direção aos ladrões. As hebreias ajudam Tirda a se preparar para o casamento com Haniel. A moça conversa com Livana e diz estar insegura. Maquir e Gael dão um banho forçado em Haniel. Otniel acredita no fingimento de Acsa. Adélia diz que dançará com Isaque e Temá, caso um deles dancem com Neziá. Melquias sofre com o ferimento e Salmon o carrega na fuga pelo deserto. Raabe ora ao Deus de Israel. Merodaque avisa que os deuses estão furiosos devido ao sacrifício interrompido. Nobá se esconde nas ruas de Jericó. Os hebreus conseguem alcançar os beduínos e os derrotam. Começa o cortejo de casamento com Haniel à frente. Inês encoraja Tirda. Haniel fica tenso com a demora da noiva. Ao ver Tirda se aproximar, ele se impressiona com a beleza da moça. O líder tribal coloca uma guirlanda sobre a cabeça da moça e eles seguem à frente do cortejo. Laila e Elidade dizem ter arrumado um pretendente para Livana. Samara e Léia humilham Aruna. Otniel chega para buscar Acsa. Samara aparece cheia de ouros e adornos. Josué conversa com Eleazar e nega estar apaixonado por Aruna. Salmon e Melquias se abrigam em uma caverna no deserto. Eles falam sobre o comentário de Tibar dizendo existir um informante entre os hebreus. Josué se encanta ao ver Aruna chegar na cerimônia. Ele anda em direção à família de Quemuel e nem olha para Samara com seu vestido exagerado. O guerreiro diz que Aruna está linda. Léia e Samara ficam inconformadas.

Capítulo 20, segunda 01/08: Liora vai para o quarto com um cliente e estranha o barulho vindo de um baú. Ela encontra dois nobres de Hai presos e amordaçados. Os cananeus esbravejam e saem para chamar Tibar. Raabe corre e manda Nobá se esconder em outro lugar. O menino se esconde em um buraco na muralha de Jericó. Aruna suspira ao lembrar de Josué. Eleazar diz que o líder hebreu deve encontrar um novo amor. Elói chega e diz que o vestido de Aruna foi destruído. Josué manda o criado comprar uma nova roupa para ela. Mara conta para Ioná que Elói comprou um vestido na tenda de Elias. Tirda se sente frustrada ao ouvir Haniel dizendo quais serão suas obrigações. Nobá permanece escondido em um buraco na muralha. Milah se emociona ao saber que Raabe encontrou o irmão. Marek se enfurece ao ouvir Tibar dizendo que não encontrou os espiões hebreus. Disfarçados de mendigos, Salmon e Melquias vão até a casa de Raabe. Jessica se arrepende por ter feito Salmon escolher entre ela e a missão. Tibar e outros oficiais seguem na busca aos hebreus. Elói vai até a tenda de Quemuel e entrega o vestido para Aruna. Com ódio, Samara se lamenta com Léia. A vilã diz que será a mais bela da festa. Aruna procura Josué. Orias esbraveja ao descobrir que os homens em sua casa são os espiões hebreus. Todos se apavoram ao ouvir Tibar bater na porta. Aruna agradece o presente. Elói elogia a moça. Raabe esconde Salmon e Melquias no terraço de sua casa. Tibar e os soldados revistam a casa de Orias. Kadmo manda alguns oficias procurarem os espiões pela cidade. Tibar decide procurar no terraço. Os mendigos vestidos de nobres são detidos. Salmon e Melquias se apavoram ao notar a aproximação de Tibar.

Capítulo 21, terça 02/08: Tibar espeta Melquias com uma lança e o hebreu leva a mão à boca para não gritar. Antes que o comandante pudesse espetar Salmon, Kadmo chega e avisa que prenderam os espiões hebreus. Raabe agradece a Deus. Ela e Salmon cuidam do ferimento de Melquias. O ex-noivo de Jessica diz que eles serão fies à Raabe. Alguns bandidos beduínos do deserto observam o acampamento dos hebreus. Ioná e Elói riem do mau humor de Mara. Calebe estranha o fato de Josué comentar sobre Ana. Setur conversa com Boã e diz que ter duas mulheres sob o mesmo teto pode trazer problemas. Os bandidos beduínos se aproximam do acampamento. Raabe ajuda os espias a fugirem pela Janela. Salmon diz que voltará para busca-la no dia da invasão dos hebreus. Mas para isso, ele pede para Raabe prender uma corda vermelha na janela. Melquias sente medo ao descer preso pela corda. Antes de deixar a casa de Orias, Salmon beija Raabe. O hebreu fica nervoso quando percebe que a corda está quase arrebentando. Tibar se enfurece ao perceber que os mendigos não são os espiões. Salmon e Melquias conseguem descer da casa de Raabe. Paltiel, Setur e Boã são atacados pelos bandidos do deserto, que roubam grande quantidade de armas. Josué é avisado sobre o ataque. Um pequeno exército de hebreus segue em direção aos ladrões.

Capítulo 22, quarta 03/08: as hebreias ajudam Tirda a se preparar para o casamento com Haniel. A moça conversa com Livana e diz estar insegura. Maquir e Gael dão um banho forçado em Haniel. Otniel acredita no fingimento de Acsa. Adélia diz que dançará com Isaque e Temá, caso um deles dancem com Neziá. Melquias sofre com o ferimento e Salmon o carrega na fuga pelo deserto. Raabe ora ao Deus de Israel. Merodaque avisa que os deuses estão furiosos devido ao sacrifício interrompido. Nobá se esconde nas ruas de Jericó. Os hebreus conseguem alcançar os beduínos e os derrotam. Começa o cortejo de casamento com Haniel à frente. Inês encoraja Tirda. Haniel fica tenso com a demora da noiva. Ao ver Tirda se aproximar, ele se impressiona com a beleza da moça. O líder tribal coloca uma guirlanda sobre a cabeça da moça e eles seguem à frente do cortejo. Laila e Elidade dizem ter arrumado um pretendente para Livana. Samara e Léia humilham Aruna. Otniel chega para buscar Acsa. Samara aparece cheia de ouros e adornos. Josué conversa com Eleazar e nega estar apaixonado por Aruna. Salmon e Melquias se abrigam em uma caverna no deserto. Eles falam sobre o comentário de Tibar dizendo existir um informante entre os hebreus. Josué se encanta ao ver Aruna chegar na cerimônia. Ele anda em direção à família de Quemuel e nem olha para Samara com seu vestido exagerado. O guerreiro diz que Aruna está linda. Léia e Samara ficam inconformadas.

Capítulo 23, quinta 04/08: Inconformada, Léia manda Samara por um sorriso no rosto durante o casamento de Haniel e Tirda. Durgal, Kamir e Yussuf decidem deixar Jericó. O rei de Hai vai até o quarto de Kalesi e pede uma noite com a rainha. Ela não gosta da atitude do rei estrangeiro e uma cobra começa a subir na perna de Durgal. Ele se apavora e implora para que ela afaste a cobra. Kalesi, Tupak e algumas servas riem do rei. Antes de deixar o quarto da rainha, Durgal faz ameaças. Samara chega e atrapalha a conversa entre Aruna e Josué. A vilã se incomoda com o desprezo do guerreiro. Eleazar discursa durante a cerimônia e fala de amor. Samara vê o amado olhando para Aruna e tenta segurar o choro. Léia tenta consolar a vida. Haniel coloca o anel no dedo de Tirda. Acsa cochicha com Gibar e diz não ver a hora de colocar seu plano em prática. Raabe se recorda do beijo em Salmon. Abrigados na caverna, Melquias diz que o amigo está apaixonado pela meretriz de Jericó. Gael se emociona ao ver o pai casando. Jessica chora ao lembrar do ex-noivo. Ferido, Melquias começa a delirar. Elói se declara para Ioná. Neziá estranha a aproximação de Isaque e Temá. Nobá é surpreendido com a chegada de Kalu, que se identifica como o dono do buraco onde o menino está escondido. O irmão de Raabe é expulso do esconderijo. Kalu avisa que o local pertence a um bando de jovens assaltantes chamados Lagartos Gosmentos. Eleazar oficializa a união de Tirda e Haniel. Josué deseja felicidades ao novo casal. Otniel dança com vigor para impressionar Acsa. Sexta 05/08: o capítulo não será exibido em virtude da transmissão da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos.

Capítulo 24, segunda 08/08: sob o sol escaldante do deserto, Salmon segue puxando a maca com Melquias. Tibar e os soldados perseguem Nobá pelas ruas de Jericó. Kalu e os Lagartos Gosmentos encontram o menino e o ajudam. Eles começam a passar lama no irmão de Raabe. Kalu pede permissão a Galimedes, o mais velhos dos Lagartos, para Nobá fazer parte do grupo. Liora diz que Raabe deve aproveitar que Tibar está comendo em suas mãos. Durgal, Kamir e Yussuf deixam Jericó com o restante dos nobres de Hai. Marek pede a Merodaque para fazer um ritual garantindo que Durgal não retorne. No acampamento hebreu, Tobias tenta cuidar do gado. Aruna e Otniel treinam juntos. Sama se desculpa com Einat. Acsa se suja inteira tentando cuidar das cabras. Josué se surpreende ao ouvir Léia dizendo que sabe porque ele não corresponde o amor de Samara. Josué perdoa Léia pela mentira inventada. Rune vai até a tenda de Elidade e presenteia Livana.

Capítulo 25, terça 09/08: na estalagem, Tibar conta que o rei mandou prender todos os meninos com a idade de Nobá. O menino tenta roubar uma galinha para tornar-se um integrante do grupo de jovens assaltantes de Jericó. Salmon desperta e diz que precisa falar com Josué. Jéssica tenta acalmar o rapaz e ele se recorda de Raabe. Preocupado com o estado de saúde de Melquias, Acã decide dormir na porta da tenda de Darda. Rune janta com os familiares de Livana. Elidade se espanta ao encontrar Maquir conversando às escondidas com a filha. Tirda cuida dos afazeres domésticos na tenda de Haniel. Maquir e Livana conseguem despistar Elidade. Disfarçada vestindo um capuz, Raabe foge da estalagem para procurar Nobá. Galimedes e Kalu avisam que o menino precisa roubar alguém para tornar-se de fato um Lagarto Gosmento. Nobá vê uma moça na rua e corre para roubá-la. Ele se espanta ao ver que se trata de Raabe.

Capítulo 26, quarta 10/08: Raabe e Nobá se abraçam emocionados. Tobias e Quemuel criticam a vestimenta de Samara no casamento de Haniel. Léia se sente desconfortável com a pergunta da filha sobre o passado de Aruna. Josué ajuda Aruna a pegar frutas e pinta um clima entre eles. Léia grita pela filha de criação e atrapalha o momento romântico. Samara finge estar agradecida. Aruna começa a pensar em Josué. Samara e Léia estranham a distração da moça. Tibar chega à estalagem. Ele procura por Raabe, mas acaba adormecendo na cama. A meretriz alerta Nobá e os Lagartos Gosmentos sobre a nova ordem do rei. Ela retorna ao prostíbulo e confessa a Tibar que foi procurar pelo irmão. Salmon chama por Josué e Darda o acalma. Raabe implora pelo apoio de Tibar, mas o comandante se recusa a ajudar Nobá. Salmon pede para Lila dar um recado a Josué. Arauto anuncia a nova ordem do rei para todos na cidade. Lila vai até a tenda de Josué para dar o recado de Salmon. Ela diz que seu irmão avisou sobre a existência de um traidor entre os hebreus. Acã permanece à frente da tenda hospital. Melquias delira e começa a gritar. Acã e Gibar se preocupam e decidem entrar na tenda de Darda. Eles abraçam Melquias, que diz ter um traidor no acampamento. Acã se mostra preocupado. Em Jericó, os soldados capturam todos os meninos com a mesma idade de Nobá.

Capítulo 27, quinta 11/08: Os Lagartos Gosmentos conversam e avisam que farão algo para impedir a ação dos oficias. Angustiado, Elói aguarda pela volta de Josué. Na tenda hospital, Salmon relembra do momento em que ouviu Tibar falando da existência de um informante. Acã não se aguenta e se mete na conversa. Josué pede silêncio. O vilão tenta culpar Elói, mas o líder dos hebreus avisa que não se pode acusar alguém sem provas. Melquias, Gibar e Acã partem para cima de Elói e Josué se põe na frente. Em conversa com Raabe, Milah diz estar preocupada com o filho. Os Lagartos Gosmentos atiram pedras nos soldados. O grupo de crianças de rua decidem recuar ao ver Tibar se aproximar com dezenas de soldados. Zuma se revolta com a chegada das crianças na masmorra. Tibar alerta Kalesi e Marek sobre a possível fúria do povo. Josué afirma que Acã também é suspeito, pois o vilão esteve no local onde Elói foi torturado. Sama mostra algumas roupinhas de bebês que ela fez e pede para Ruth entregar à Einat. Boã agradece o apoio da moça. Maquir diz que fugirá com Livana. Elói diz que o melhor a fazer é deixar o acampamento. Ioná declara seu amor ao criado. Josué avisa que prenderá Elói. Calebe o alerta dizendo que a punição para a traição deve ser a morte.

Capítulo 28, sexta 12/08: Acã avisa que Josué não fará justiça. Revoltado, Melquias se levanta e diz que irá atrás de Elói. Salmon o impede e diz que Josué deverá decidir. Gibar chega por trás, com uma jarra de barro, e acerta Salmon na cabeça, que cai desacordado. Acã e os filhos deixam a tenda hospital determinados. Darda, Chaia e Jesana tentam socorrer Salmon. Com Milah, Raabe procura pelo irmão. Galimedes tenta salvar Nobá e acaba sendo preso. Na masmorra do palácio, o líder dos Lagartos Gosmentos é preso junto a Zuma. Léia diz para Samara que é preciso achar o ponto fraco de Aruna. Ioná lamenta a situação de Elói. Melquias discursa para os hebreus na praça do mercado. Ele diz que Elói deve ser punido coma morte. Jesana avisa Josué sobre a atitude do filho de Acã. Ioná e Aruna estranham o burburinho no acampamento. Melquias, Gibar e Acã lideram um grupo de hebreus. Eles seguem com tochas e pedras até a tenda onde está Elói. Melquias grita pelo nome do criado e avisa que invadirão o local. Aruna sai com uma espada em punho e diz que ninguém atacará o rapaz. Melquias e mais alguns homens empurram Aruna e entram. Josué corre para socorrer a moça. Acã e os filhos não encontram Elói no interior da tenda. O criado e Ioná fogem com a ajuda de Samara. Josué questiona a atitude de Acã. O líder hebreu troca olhares com Aruna. Acompanhado de Calebe, Josué procura Elói. Os outros hebreus também procuram o criado e Ioná. Maquir e Livana se preparam para fugir.

Capítulo 29, segunda 15/08: Mara diz que finalmente Ioná ficará livre de Elói. Aiúde pede para a esposa não ser tão insensível. Aruna diz que Samara está tentando mudar. Nobá avisa que Galimedes foi preso. O líder dos Lagartos Gosmentos conversa com Zuma na prisão. Em conversa com Kadmo, Tibar se mostra preocupado com a possível revolta do povo. Raabe e Milah avisa que irão reunir algumas mães que estão chorando pelos filhos. Lila aconselha Salmon a procurar Jéssica. Samara finge estar preocupada com Ioná. Aruna procura Josué e diz não acreditar que Elói tenha traído os hebreus. Salmon diz que ainda conversará com Gibar sobre a pancada que ele tomou na cabeça. Nobá sugere que os lagartos estudem uma maneira de livrar Galimedes da prisão. Tibar diz ter esperança que Acã execute Josué. Raabe reúne as mães de Jericó e discursa. Ela diz que libertarão os meninos presos. Salmon e Melquias contam detalhes sobre a missão dos espias em Jericó. Salmon fala sobre a importante ajuda de Raabe. Josué se impressiona com a coragem da meretriz. Diante das mães desesperadas, Raabe grita pedindo por justiça. Melquias diz que nada o impedirá de ver o julgamento de Elói. Em uma cabana abandonada, Livana e Maquir se declaram. Laila se mostra ansiosa com o futuro casamento da filha com Rune. Apaixonados, Livana e Maquir se beijam. Elidade se cansa do falatório da esposa. Livana avisa que precisa voltar para casa. Amanhece no acampamento hebreu. Elidade acorda Livana e não vê o monte de cobertas escondidas na cama da moça. Josué dá início ao julgamento de Elói. Enquanto caminha apressado, Acã é surpreendido com a presença de Tibar. Todos os líderes tribais dizem considerar Elói culpado. Ioná chora desesperada. O criado é amarrado a um poste. Gibar e Melquias estranham a ausência do pai. Um jovem hebreu entra no celeiro e escuta a conversa entre Tibar e Acã. O comandante de Jericó se irrita ao descobrir que o plano de matar Josué não deu certo. Acã diz que Melquias já está livre e pede ouro em troca do serviço sujo. O jovem hebreu acaba esbarrando em um objeto e chama a atenção da dupla. Acã corre para pegar o intruso e mata o rapaz. Salmon escuta um grito e vai até o celeiro. Nervoso, Acã mente dizendo que o jovem hebreu é um traidor que estava passando informações a um cananeu. Salmon então deduz que Elói é inocente e corre para avisar a todos. Escondido atrás de sacos de grãos, Tibar observa tudo. Em Jericó, Marek se revolta ao saber que o povo está protestando pelos meninos presos. Raabe e Milah comandam a multidão de pais e mães. Kadmo ordena que todos retornem às suas casas. O oficial ameaça Raabe. No acampamento, os hebreus se preparam para apedrejar Elói. Josué ora a Deus.

Capítulo 30, terça 16/08: Elói está prestes a ser apedrejado pelo povo hebreu. Tirda não permite que Gael assista ao apedrejamento do criado. Josué se prepara para autorizar a execução de Elói, mas é surpreendido com a chegada de Salmon. O ex-noivo de Jéssica avisa que o rapaz é inocente. Sem alternativa, Acã diz que o verdadeiro traidor está morto no celeiro. Ioná e Elói se abraçam emocionados. Josué manda soltar o criado imediatamente. Kadmo ameaça espancar Raabe. Nobá aparece e provoca o oficial. Kadmo e os outros soldados perseguem o menino. Nobá se junta aos lagartos Gosmentos e eles conseguem despistar os oficiais. Na prisão do palácio, Galimedes arde em febre e Zuma o ampara. Raabe reúne os pais e mães na estalagem. Ela diz que é preciso arrumar um jeito para sabotar a chegada de suprimentos no palácio. Acã se explica para Josué. O vilão mente sobreo acontecido no celeiro. Raabe mostra fé no Senhor dos hebreus.

Capítulo 31, quarta 17/08: Mesmo sabendo da inocência de Elói, Mara o critica. Josué repreende Acã pela atitude impensada. Melquias e Salmon contam os detalhes sobre a cidade de Jericó para que Setur atualize os mapas de guerra. Josué ora a Deus e recebe uma resposta do Senhor. Acã encontra com Tibar no celeiro e diz que o próximo objetivo dos hebreus é atravessar o rio Jordão. O vilão pede ouro em troca da informação, mas o comandante lhe acerta um tapa na cara. Em Jericó, Marek afirma que o Deus dos hebreus não passa de uma lenda. Diante dos líderes tribais, Josué fala sobre a conversa que teve com Deus. Ele avisa que todos deverão acampar às margens do rio Jordão, pois a travessia está próxima. Diante de Marek e Kalesi, Tibar conta sobre a conversa com Acã. O rei diz ser impossível os hebreus atravessarem o Jordão. Sem Galimedes, Kalu avisa que os Lagartos Gosmentos precisam de um novo líder. Raabe fala do Deus dos hebreus e Orias a repreende. Marek mostra confiança nos deuses de Jericó. Calebe conversa com Gibar, Tobias, Acsa e Iru. Ele avisa sobre a nova ordem de Josué. Quemuel se surpreende com o novo comportamento de Samara. Aruna vai até a tenda de Josué para incentivar o líder hebreu. Jéssica se abre com Salmon e diz sentir sua falta. Josué elogia Aruna. Ele se aproxima para beija-la.

Capítulo 32, quinta 18/08: antes que Josué beije Aruna, Elói chega e atrapalha o momento. Laila começa a falar de Rune e Livana se irrita. A moça diz não gostar do novo pretende. Maquir conversa com Isaque e Temá. Ele nega estar interessado em alguma mulher. Acsa mostra interesse em Gibar. Em pensamento, Josué diz que Aruna fisgou seu coração. Léia chora sentindo falta de Elieber. Lila e Salmon se recordam de seus pais. Josué e todas as tribos de Israel começam a deixar o acampamento de Sitim rumo às margens do rio Jordão. Em Jericó, Raabe ora a Deus. Josué e os hebreus chegam às margens do rio e se espantam com a grandiosidade do Jordão em época de cheia. Calebe conversa com Eleazar e Salmon. Ele diz que é preciso espalhar a fé entre os hebreus murmuradores. Salmon reúne alguns jovens para incentivá-los. Aruna diz palavras de fé e Josué a admira. Samara percebe a presença do líder e começa a discursar. Mas ela murcha ao perceber que não agradou.

Capítulo 33, sexta 19/08: Salmon, Aruna, Otniel e outros jovens tentam reanimar a fé do povo hebreu. Querendo ser o novo líder, Acã conversa com os filhos e diz que é preciso espalhar ideias negativas para jogar o povo contra Josué. Samara e Tobias dizem que não ajudarão os outros. Josué conversa com Deus. Aruna estranha o comportamento do povo. Diante de todos, Josué fala sobre a conversa com Deus. Ele pede para o povo se preparar para passar por um caminho pelo qual nunca passaram antes. Marek descobre que os hebreus foram para a margem do Jordão. Calebe e Noemi falam do comportamento rebelde de Iru. Calebe escuta Eleazar falando sobre orgulho com Otniel. Ele então decide se desculpar com o filho. Acsa sente ciúmes ao percebe Gibar dando em cima de Adélia. Otniel mostra superioridade e diz perdoar os outros jovens. Sem jeito, Haniel tenta mostrar seu carinho por Tirda. O clima de paz e reconciliação toma conta dos hebreus. Josué diz admirar a fé de Calebe. Raabe escuta Tibar dizendo que os hebreus já deixaram o acampamento de Sitim. Josué observa Eleazar e os outros levitas carregarem a Arca da Aliança. Eles se aproximam do rio e o milagre acontece. A correnteza do Jordão se interrompe e as águas começam a se amontoar só de um lado. Um imenso paredão de água se forma. O leito do rio seca. Na margem do Jordão, os hebreus observam, admirados e emocionados, o rio aberto diante da Arca. Josué cavalga até o começo do leito seco e todo o povo começa a segui-lo.

Capítulo 034, segunda-feira, 22 de agosto – Calebe e Noemi falam do comportamento rebelde de Iru. Calebe escuta Eleazar falando sobre orgulho com Otniel. Ele então decide se desculpar com o filho. Acsa sente ciúmes ao percebe Gibar dando em cima de Adélia. Otniel mostra superioridade e diz perdoar os outros jovens. Sem jeito, Haniel tenta mostrar seu carinho por Tirda. O clima de paz e reconciliação toma conta dos hebreus. Josué diz admirar a fé de Calebe. Raabe escuta Tibar dizendo que os hebreus já deixaram o acampamento de Sitim. Josué observa Eleazar e os outros levitas carregarem a Arca da Aliança. Eles se aproximam do rio e o milagre acontece. A correnteza do Jordão se interrompe e as águas começam a se amontoar só de um lado. Um imenso paredão de água se forma. O leito do rio seca.

Capítulo 035, terça-feira, 23 de agosto – Com as doze pedras coletadas pelos doze líderes tribais, é formado um monumento de pedras. Josué discursa para o povo hebreu. O guerreiro fala da selvageria existente em Jericó. Tomado de ódio, Marek vai até a frente do palácio para ver a situação da cidade. Josué se emociona ao ver seu povo chegar à Canaã. Marek afirma que a paz de Jericó nunca esteve tão abalada. Boã se mostra satisfeito ao ver a felicidade estampada no rosto de Sama. Ruth fica incomodada com o beijo do casal. Nobá fala sobre o Deus dos hebreus com os Lagartos Gosmentos. Noemi e Calebe lembram de quando deixaram o Egito. Josué beija Aruna. Samara estranha o sumiço dos dois. Eles se declaram um para o outro. Samara se irrita ainda mais ao ver Josué e Aruna chegarem juntos no acampamento. O líder hebreu se reúne com Eleazar e Calebe. Ele avisa que é preciso montar o acampamento o quanto antes. Os hebreus dançam e cantam para comemorar a chegada na Terra Prometida. Zaqueu e Chaia brindam e se beijam. Maquir olha para Livana. Gael o alerta para o perigo. Josué diz que gostaria de conversar com Quemuel. Léia e Samara se olham, intrigadas. Melquias observa o clima difícil entre Salmon e Jéssica. Em Jericó, Tibar bebe com outros oficiais na estalagem de Farduk. O comandante diz que acabará com os hebreus.

Capítulo 036, quarta-feira, 24 de agosto – Tibar diz que acabará com os hebreus. Eleazar e Calebe avisam a Josué que alguns líderes tribais não estão satisfeitos com a distribuição das tribos. O líder avisa que todos deverão se contentar com a vontade de Deus. Tibar conversa com Kadmo e diz que é preciso fazer ataques surpresa aos hebreus, em pontos isolados. Josué diz que o primeiro passo é a montagem do acampamento. Melquias sente ciúmes ao observar Salmon ser elogiado pela missão dos espias. Tirda desabafa com Inês e diz que Haniel é um homem bom. Paltiel diz que poderá fazer a segurança de Josué. Elói se lamenta por ter sido acusado de traidor. Ioná o incentiva a superar o acontecido. Amargurada, Mara diz que Acã poderia ter demorado mais para salvar o genro do apedrejamento. Laila chama Livana e diz que Rune acaba de chegar. Kadmo conta para Tibar sobre a revolta do povo de Jericó contra a atitude do rei em aprisionar todos os meninos da idade de Nobá. O comandante se irrita ainda mais ao saber que Raabe liderou a revolta. Ele ordena que ela acabe com o movimento. Raabe se recusa e pergunta se Tibar suportaria ver o sacrifício de seu próprio filho. Uma caravana de mercadores segue caminhando pelo deserto. Um belo rapaz, Sandor, está entre os comerciantes. Ele conversa com um mercador e diz estar seguindo para Jericó. O rapaz explica que seu pai mora na cidade e não lhe vê há muitos anos. Melquias se queixa com Acã. Ele reclama dos elogios que Salmon vem recebendo. Setur sugere que Boã tenha outra esposa. Sama e Ruth conversam amigavelmente. Aruna olha com admiração para Josué. O líder hebreu conversa com Quemuel e diz querer casar com Aruna. Escondida, Samara tenta ouvir a conversa dos dois.

Capítulo 037, quinta-feira, 25 de agosto – Quemuel aconselha Josué a manter uma relação com Aruna em segredo. Samara acaba fazendo um barulho e não consegue ouvir a conversa. Algum tempo se passa e o novo acampamento dos hebreus é montado às margens do rio Jordão. Gibar reclama da distribuição das tribos no novo acampamento. Kadmo alerta Tibar sobre a possível invasão dos hebreus. Marek fica furioso ao descobrir que o povo está se negando a produzir alimento para o palácio. Gibar tenta ofender Otniel, mas o rapaz dá uma boa resposta e deixa o filho de Acã com o orgulho ferido. Léia aconselha Samara a descobrir o ponto fraco de Aruna. Aruna aceita manter um relacionamento em segredo com Josué. Ele a beija. Samara finge querer ajudar a irmã de criação. De longe, Yana, uma mulher misteriosa, observa Aruna sem ser notada. Maquir e Livana namoram escondidos. A moça se decepciona ao encontrar com Rune em sua tenda. Samara escuta a mãe chamar Aruna de bastarda, mas Léia desconversa. Jéssica se abre com Elias e diz que não conseguirá viver sem Salmon. Raabe lidera a revolta do povo contra a atitude dos reis em prender os meninos da cidade. Kadmo informa a Marek e Kalesi que uma prostituta está liderando o movimento. O rei avisa que acabará com a baderna de uma vez por todas. Ele e Kalesi vão até a frente do palácio e observam Raabe falar ao povo. Os reis discursam e colocam Raabe contra os protestantes. O povo se agita e olha com ressentimento para Raabe. Sandor chega à entrada de Jericó com a caravana de mercadores. Ele se identifica e um oficial avisa que o filho de Tibar acaba de chegar. O povo começa a pressionar Raabe e Milah. Eles pedem para elas entregarem Nobá. Raabe pede para MIlah seguir com Farduk. Satisfeitos com o resultado do discurso, Marek e Kalesi retornam ao palácio. Tibar se preocupa ao notar o perigo que Raabe corre. Um grupo de homens e mulheres xingam a meretriz e pedem por Nobá. O povo a acua contra a parede. Uma mulher dá um tapa no rosto de Raabe, que se apavora, prestes a ser linchada.

Capítulo 038, sexta-feira, 26 de agosto – o povo xinga e pressiona Raabe. Um homem se aproxima para atingir a meretriz com uma pedra. Sandor chega e impede a atrocidade. Apavorada, Raabe admira a atitude do rapaz. Sandor fica impressionado com sua beleza e a ampara. Milah agradece a ajuda de Farduk. Orias se assusta ao ver o dono da estalagem em sua casa. Raabe conversa com Sandor e explica o acontecido. Orias pede para Farduk não contar a Milah sobre suas idas à estalagem. Calebe conversa com Josué e fala sobre a reclamação de alguns hebreus sobre a distribuição das tribos às margens do rio Jordão. Acã inflama Gibar e Melquias contra o líder de Israel. Josué encontra Aruna às escondidas e fala sobre a reclamação de alguns hebreus. Ela o incentiva e eles se beijam apaixonados. Tirda limpa a tenda e arruma Gael. Haniel chega com Maquir e reclama da atitude da esposa. Grosseiro, o líder tribal avisa para Tirda não se meter na educação do menino. Josué e Aruna conversam para se conhecerem melhor. Em Jericó, Raabe fala sobre Nobá com Sandor. Ele tenta toma-la em seus braços para consola-la, mas ela se esquiva. Jéssica tenta se desculpar com Salmon e o implora para reatar o relacionamento. Ele se mostra inseguro e diz que é preciso dar tempo ao tempo. Ela deixa a tenda irritada. Indeciso, ele se recorda de Raabe. Melquias estranha a tristeza de Jéssica e tenta saber o que houve. Ela se abre e conta do desentendimento com ex-noivo. Oportunista, ele diz que Salmon não tocou em seu nome durante a missão dos espias, pois estava concentrado em outras coisas. Jéssica fica pensativa. Salmon se irrita ao perceber que está pensando em Raabe novamente.

Capítulo 039, segunda-feira, 29 de agosto – Galimedes termina de contar o plano e morre. Raabe é reconhecida por alguns moradores. Eles a pressionam para entregar Nobá ao rei. Iru discute com Tobias e o desafia para um duelo. Kadmo chega e observa Raabe sendo pressionada pelo povo. Nobá aparece no alto de um telhado e chama os oficias. O menino se esconde em uma carroça carregada de feno. Os Lagartos Gosmentos aproveitam o momento e colocam fogo na carroça. Nobá sai de baixo do feno e foge pelo outro lado. Desesperado, Kadmo grita dizendo que a oferenda vai morrer queimada. Fingindo desespero, Raabe chora e grita apavorada.

Capítulo 040, terça-feira, 30 de agosto – no palácio, Marek se diverte com a luta dos gladiadores. Livana se recusa a beijar Rune. Ele pergunta se ela está interessada em outro homem. Livana nega. Tirda se irrita ao presenciar Haniel incentivando Maquir a duelar. Sandor alerta Marek sobre o perigo da aproximação dos hebreus. O rei pede para Merodaque consultar os deuses. Kalesi e o sacerdote de Jericó iniciam um ritual pagão no templo do palácio. A rainha avisa que os deuses exigem o sacrifício de um hebreu. No acampamento, Josué fala sobre o plano de assustar Iru no duelo. O rei Marek ordena um pequeno ataque aos hebreus para capturar alguém para o sacrifício. Noemi pede para Calebe não deixar nenhum mal acontecer a Iru. Em conversa com Tibar, Sandor diz ter encontrado a mulher mais bela de Jericó. Na estalagem, o comandante faz um brinde à Raabe. Os Lagartos Gosmentos tentam pensar em um disfarce para Nobá. Samara finge ser boazinha e Aruna revela ter vontade de conhecer a mãe verdadeira. Acã avisa que irá assistir ao duelo de Iru contra Maquir, Elidade e Tobias. Quemuel e o filho se espantam ao saber que Iru chamou mais guerreiros para o duelo. Josué e os outros guerreiros se preparam para o ataque surpresa ao filho de Calebe. Léia conversa com Mara e diz estar preocupada com o filho. Maquir disputa com Tobias para ser o primeiro a lutar contra Iru. Tibar e os outros oficias do rei seguem em direção aos hebreus.

Capítulo 041, quarta-feira, 31 de agosto – Quemuel e Haniel discutem para saber qual guerreiro duelará primeiro com Iru. De longe, Josué e os outros hebreus observam o local do combate. Tibar, Kadmo e os outros oficiais do rei se aproximam do acampamento hebreu e observam Iru e os outros. O filho de Calebe provoca Elidade. Rune discute com Maquir. Acã chega para assistir os duelos. Tibar pede para Kadmo e os outros soldados aguardarem o momento certo para o ataque. Tobias começa a lutar com Iru. Tibar faz sinal para seus homens atacarem. Josué avista os cananeus atacarem os hebreus no local do duelo. Tobias percebe a aproximação dos inimigos. Acã se desespera. Elidade, Quemuel, Haniel, Maquir, Iru, Tobias e Rune começam a lutar com Tibar e os soldados cananeus. Léia chora preocupada com Tobias e é consolada por Samara. Marek questiona Sandor ao ouvi-lo dizer que a luta entre os gladiadores é uma perda de tempo. Samara fala sobre a vontade de Aruna em conhecer a mãe verdadeira. Léia se mostra incomodada com o assunto. Josué e os outros guerreiros hebreus chegam para ajudar no combate contra os cananeus. Rune salva a vida de Elidade. Sama conversa com Ruth e diz que pode estar grávida novamente. Gael vê uma enorme sombra do lado de fora da tenda e se apavora. Ele fica aliviado ao encontrar Lila. Sandor continua criticando o hábito do rei Marek de incentivar confrontos sangrentos por puro prazer. Kalesi admira a coragem do filho de Tibar. Sama disfarça e não revela o segredo a Boã. Acã tenta fugir do confronto mas de cara com Tibar. Eles lutam e Acã pede para escapar da luta. Tibar decide deixar seu informante fugir.

Capítulo 042, quinta-feira, 01 de setembro – Zaqueu observa e estranha a fuga de Acã. Em conversa com Darda, Chaia diz que Tobias lhe disse algo que não gostaria de ter ouvido. Para impressionar Sandor, Marek manda Zuma executar seu oponente. Tibar começa a lutar com Josué. Chaia se abre com Darda e fala sobre a conversa com Tobias. Sandor prefere não contrarias Marek e pede para se retirar da sala do trono. Kadmo consegue prender Uzi. Kalesi pede para chamar Sandor em seu quarto e o alerta para o temperamento perigoso do rei Marek. Sem alternativa, Zaqueu deixa de ajudar Tobias para salvar a vida de Salmon durante o combate contra os cananeus. O filho de Quemuel acaba sendo detido pelos inimigos e grita culpando o arqueiro. Tobias é arrastado pelos cananeus. Kadmo avisa a Tibar que é melhor voltar, pois já capturaram dois hebreus. O comandante se recusa a abandonar a luta contra Josué. Kadmo é atingido por uma flechada no braço. Eles avistam o Soldado Mascarado e decidem recuar. Calebe dá um golpe fatal em um cananeu. Josué se culpa pela captura de Tobias e Uzi. Ele percebe um barulho vindo da mata e se depara com o Soldado Mascarado. Tibar e os outros soldados seguem puxando Uzi e Tobias amarrados aos cavalos. Josué tenta descobrir a identidade do Soldado Mascarado, mas o guerreiro misterioso se afasta. Quemuel se desespera ao saber que Tobias foi capturado. Sandor se recusa a permanecer no quarto com Kalesi. A rainha manda Tupak seguir o rapaz. Tibar, Kadmo e os outros oficiais seguem em direção à Jericó carregando Tobias e Uzi. O filho de Quemuel tenta fugir e Tibar o persegue. Tupak flagra Sandor conversando com Raabe. Kalesi descobre que Sandor se encontrou com uma mulher e pede para Tupak continuar vigiando o rapaz. Tibar alcança Tobias e o amarra em seu cavalo. O comandante começa a puxa-lo, arrastando seu corpo pela terra. Sandor vai até a estalagem de Farduk. Prestes a se apresentar no salão, Raabe fica tensa ao ver o rapaz. Tibar entrega Tobias ao rei Marek, que fica satisfeito. Sandor descobre que Raabe é uma prostituta e deixa a estalagem decepcionado. Marek pede para ver o hebreu capturado. Tobias aparece com a metade do rosto totalmente desfigurada por ter sido arrastado pelo comandante.

Capítulo 043, sexta-feira, 02 de setembro – Marek fica satisfeito com a captura de Tobias e avisa que os deuses ficarão felizes com o seu sangue. Zuma fica preocupado com o estado do novo prisioneiro e tenta ampara-lo. No acampamento hebreu, Calebe tenta confortar Josué e avisa que o líder não é o culpado. Quemuel cavalga em busca do filho. Josué repreende Iru pela atitude impensada. Léia se desespera ao descobrir que Tobias foi capturado pelos cananeus. Léia, Samara e Aruna pedem para falar com Josué. Uzi é levado por Kadmo até Marek e Kalesi. Josué diz que sairá pela manhã em busca de Quemuel. Samara ampara Léia. Calebe repreende Iru pela atitude irresponsável. Rune estranha a preocupação de Livana com Maquir. Tirda reclama do comportamento de Haniel e Maquir. Gael diz que não tem nada mais emocionante do que ver um gigante. Calebe se queixa com Eleazar sobre o comportamento de Iru. O sacerdote-chefe dos levitas avisa que é preciso deixar o rapaz sofrer as consequências de seus atos. Questionada sobre Maquir, Livana desconversa. Haniel conversa com Gael e fala sobre os gigantes Anaquins que habitam Canaã. Sama se abre com Boã e diz que pode estar grávida. Pedael alerta Temá e Isaque. Ele diz que um dos dois precisará casar com Neziá. Zuma cuida de Tobias na masmorra do palácio. Pedael tenta consolar Eliazafe pelo ocorrido com Uzi. Samuel critica a liderança de Josué. Uzi encontra com Tobias na masmorra. Marek diz que Sandor deve servir ao exército de Jericó. Zuma diz que pretende servir o Deus de Israel quando for libertado. Tobias culpa Zaqueu pela sua captura. Irritado com as respostas de Sandor, Marek diz que o rapaz não passa de um covarde. Jéssica tenta beijar Salmon, mas é interrompida pela chegada de Lila. Na sala do trono, Sandor surpreende a todos ao aparecer pronto para lutar como um gladiador. Aiúde se irrita com o comportamento de Mara. Sandor vence a luta e se recusa a matar o oponente. Contrariado, Marek diz que anunciará um castigo para o filho de Tibar. O comandante conversa com Sandor e reclama de sua atitude perante ao rei. Enquanto conversa com Liora, Raabe lembra de Salmon. Quemuel procura por Tobias. Ele se assusta ao se deparar com grandes pegadas de gigantes. O desespero de Quemuel aumenta quando ele percebe que seu cavalo fugiu.

Capítulo 043, sexta-feira, 02 de setembro – Haniel conversa com Gael e fala sobre os gigantes Anaquins que habitam Canaã. Sama se abre com Boã e diz que pode estar grávida. Pedael alerta Temá e Isaque. Ele diz que um dos dois precisará casar com Neziá. Pedael tenta consolar Eliazafe pelo ocorrido com Uzi. Samuel critica a liderança de Josué. Uzi encontra com Tobias na masmorra. Zuma diz que pretende servir o Deus de Israel quando for libertado.

Capítulo 044, segunda-feira, 05 de setembro – Pedael cai na armadilha dos filhos e diz ter condição de conquistar Neziá. Chaia conversa com Zaqueu e fala sobre a conversa que teve com Tobias. Acã procura Zaqueu e o ameaça. O vilão diz achar bom que o rapaz não tenha comentado nada com Josué sobre a desconfiança de sua fidelidade. Jéssica se mostra arrependida por ter terminado o noivado com Salmon. Tobias e Uzi são levados para o sacrifício. No caminho, Tobias consegue arrebentar a corda e se solta. Ele desarma um soldado e começa a lutar com os outros oficiais. Marek e Kalesi ficam impressionados com a agressividade do hebreu. Muitos soldados chegam e Tobias finalmente é imobilizado. Uzi ora a Deus. Kalu diz temer a prisão de Nobá. Léia aconselha Samara a seguir Aruna. Quemuel é amparado pela mulher misteriosa. Nobá decide deixar o esconderijo usando um capuz. Na praça central de Jericó, Marek e Kalesi dão início ao sacrifício dos hebreus. Merodaque invoca os deuses pagãos. Uzi ora a Deus. Marek avisa que poupará a vida de Tobias momentaneamente. O rei diz que apenas Uzi será morto no sacrifício. Tibar e Sandor percebem a presença de Raabe na multidão. Elói conversa com Josué e diz que viu o líder beijando Aruna. Samara tenta sondar a irmã de criação. Finéias conversa com Eleazar sobre o ciúme de Samara. Zaqueu procura Salmon e diz estar desconfiando da lealdade de Acã. Melquias chega e eles disfarçam. Quemuel conversa com a mulher misteriosa e pensa que está morto. Raabe se emociona ao encontrar Nobá em meio à multidão. Tibar aparece e o menino foge sem ser notado. Diante de todos, Uzi é executado por Merodaque. No acampamento, Josué pede forças ao Senhor. Léia diz para Samara jamais confiar em Aruna. Elas decidem procurar pela moça.

Capítulo 045, terça-feira, 06 de setembro – Léia se emociona ao se deparar com Quemuel deitado sobre uma maca em frente a sua tenda. Gibar dispensa Acsa e diz ter um compromisso. Na masmorra de Jericó, Zuma tenta confortar Tobias. Marek e Kalesi comemoram o sacrifício. O rei ordena que Sandor traga Tobias para uma luta comemorativa. Tibar diz para o filho continuar obedecendo o soberano. Raabe pede para Milah preparar mais comida. Nobá desabafa com Kalu e reclama da vida que está levando. Quemuel conta sobre o corrido no deserto. Samara estranha a aproximação entre Josué e Aruna. Rune ameaça Maquir e manda ele deixar Livana em paz. Haneil estranha a conversa do filho com Rune. Marek diz para Tobias lutar em troca da própria vida. Josué pede para Elói não dizer nada a ninguém sobre o que viu. Para divertir Marek, Tobias luta contra dois gladiadores. Quemuel sonha com a mulher misteriosa e acorda assustado. Ele conta para Léia que foi salvo por Yana, a verdadeira mãe de Aruna. Léia explode de raiva e diz que Yana está morta. Aruna chega e pergunta quem está morta. Léia se recusa a contar o que estava conversando com Quemuel para Aruna. No palácio de Jericó, Tobias vence o oponente e Marek se assusta com a agressividade do hebreu. Aruna estranha e pensa na conversa que ouviu entre os tios. Quemuel pergunta se Léia fez algo contra Yana no passado. Ela nega. Jéssica encontra Salmon e fala sobre a conversa que teve com Melquias. Elói é maltratado por Mara. Ioná desconfia da felicidade do marido. Raabe e Milah levam comida para os Lagartos Gosmentos. Gibar e Temá enganam Otniel e o fazem pensar ter visto um gigante. Maquir encontra Livana e diz que precisa se livrar de Rune. Tirda tenta seguir os conselhos de Inês, mas se desanima com a grosseira de Haniel. Milah sente piedade ao ver a vida que os Lagartos levam nas ruas. No palácio, todos se assustam com a agressividade de Tobias. Sandor tenta proteger o rei Marek. Ao tentar se salvar, Kalesi é impedida pelo hebreu transtornado.

Capítulo 046, quarta-feira, 07 de setembro – Livana pede para Maquir não fazer nada de mal a Rune. Ela diz que dará um jeito na situação. Sandor consegue salvar a rainha da fúria de Tobias. Nobá tenta sair do esconderijo, mas é impedido por Kalu. Kalesi conversa com Marek e diz que o melhor a fazer é matar Tobias. Haniel alerta Maquir sobre os perigos de uma guerra. Laila diz que com o tempo Livana se apaixonará por Rune. Léia diz que Samara não pode deixar Aruna sozinha. Josué se mostra preocupado com Tobias e Uzi. Na masmorra do palácio, Zuma sente-se penalizado com a situação do prisioneiro hebreu. Josué anuncia que Salmon será o responsável pelo treinamento dos soldados hebreus. Calebe se incomoda com o comportamento impulsivo de Iru. Finéias e Eleazar oram a Deus. Sandor vai até a estalagem. Ele pede para Farduk disponibilizar Raabe por um dia inteiro fora do prostíbulo. Kalesi se irrita ao descobrir que o filho de Tibar foi até a estalagem novamente. Samara tenta ajudar Aruna nas tarefas domésticas, mas não mostra habilidade. Otniel conversa com Lila e diz ter visto um gigante. Tupak encontra Sandor e avisa que a rainha deseja vê-lo imediatamente. Antes de entrar no quarto de Kalesi, Sandor é visto por Merodaque. A rainha pede para o filho de Tibar se aproximar de sua cama. Léia pede para Quemuel declarar guerra contra a tribo de Iru. Merodaque conversa com Marek e diz ter visto Sandor no quarto da rainha. Quemuel pressiona Léia e pergunta se ela tentou matar Yana.

Capítulo 047, quinta-feira, 08 de setembro -Quemuel pergunta se Léia tentou matar Yana, a verdadeira mãe de Aruna. Léia nega e pergunta como o marido foi capaz de se envolver com outra. Samara chega e se assusta com a briga dos pais. Tibar se amedronta ao ouvir Marek dizer que Sandor está nos aposentos da rainha. Kalesi tenta seduzir Sandor, mas são surpreendidos com a chegada do rei. Raabe conversa com Farduk e se recusa a passar uma noite fora da estalagem com o misterioso nobre. Kalesi diz que só chamou Sandor em seu quarto para agradecê-lo. Raabe se abre com Liora e diz querer alguém que lhe tire dessa vida. Léia conversa com Samara e fala que está na hora de revelar a verdadeira história de Aruna. Melquias fala com Acã sobre as riquezas existentes no palácio de Jericó. Léia se abre com Samara e diz que existiu outra mulher na vida de Quemuel. Ela conta sobre o caso que o marido teve com Yana no passado. Samara fica indignada ao descobrir que Aruna é fruto desta traição. Zaqueu conversa com Chaia e diz desconfiar de Acã. Acsa diz que precisa ter uma conversa séria com Gibar. Sem ser notado, Zaqueu observa Acã. O vilão procura Josué para saber quando atacarão Jericó. O líder hebreu avisa que é preciso esperar a orientação de Deus. Kalu diz que é preciso achar um disfarce para Nobá. Na masmorra, Tobias se abre com Zuma e fala sobre o ódio que sente por Zaqueu não ter lhe salvado. Salmon aceita o convite de Josué para treinar os guerreiros hebreus.

Capítulo 048, sexta-feira, 09 de setembro – Zaqueu segue Acã e escuta o vilão dizer algo negativo sobre Josué. Ele o questiona, mas Acã nega. Darda aconselha Zaqueu a não acusar ninguém sem ter certeza. Acsa diz que não beijará Gibar antes de firmarem um compromisso sério. Melquias se irrita ao ouvir Josué anunciar que Salmon será responsável pelo treinamento. Kalu vai até a casa de Raabe e pede a atenção de Milah. Ela sente-se penalizada com a situação do menino e o convida para entrar. Marek culpa Sandor pelo incidente com Tobias. Ele avisa que a próxima vez que o Monstro Hebreu atacar, Sandor será responsabilizado. Gibar diz que Otniel não passa de uma falsificação de soldado. Salmon reclama do temperamento impulsivo de Iru. Rune discute com Maquir ao falarem de Livana. Salmon chega e eles desconversam. Calebe se irrita com Iru e Noemi pede que o marido tenha paciência. Otniel diz que treinará mais para ser um grande soldado. Léia pede para Samara continuar vigiando Aruna. Tibar se desespera ao ouvir Marek dizer que matará Sandor caso Tobias perca uma luta. Aruna e Josué namoram escondidos. Temendo a morte do filho, Tibar pede para Sandor deixar Jericó. Josué e Aruna namoram às escondidas. Ele diz que a ama e eles se beijam apaixonados. Sem ser vista, Samara observa o beijo dos dois.

Capítulo 049, segunda-feira, 12 de setembro – Samara chora ao presenciar Josué beijando Aruna. Léia se assusta ao ver a filha transtornada e tenta ampará-la. Sandor diz que não deixará Jericó. Tibar pede para o filho matar Tobias durante os treinamentos. Léia pede para a filha manter a calma e avisa que Aruna não pode vê-la neste estado. Acsa reclama da atitude de Gibar e Jéssica diz que ela não deveria ter menosprezado Otniel. Léia ampara Samara dizendo que ela ainda terá Josué. Mibar decide comprar roupas novas para Neziá. Léia diz que Samara precisa controlar a raiva. Deus fala com Josué e diz que é preciso circuncidar os filhos de Israel. Marek conversa com Kalesi sobre Sandor e demonstra ciúmes. O filho de Tibar vai até a masmorra para treinar os gladiadores. Adélia avisa que transformará Neziá em uma mulher linda. Kalu vai até a casa de Milah pedir comida. Orias chega e o menino se esconde. Kalesi pede ajuda a Merodaque para conquistar o amor de todos os homens. Tobias começa a treinar com Sandor. Neziá discute com Adélia e desiste de experimentar novas roupas. Tobias se enfurece ao lembrar da tortura que sofreu. Ele avança para cima de Sandor. Jéssica parabeniza Salmon pela nova função. Sandor admira a coragem de Tobias e segue treinando o hebreu. Temá e Isaque dão dicas para Pedael conquistar Neziá. Jéssica diz à Neziá que o importante é ela se sentir bonita. Mara aconselha Sama a preparar um jantar para falar sobre a gravidez com Boã. Ruth tenta opinar no preparo do jantar e Sama recusa ajuda. Setur conversa com Boã e diz que Ruth poderia ser uma segunda esposa. Josué fala com Eleazar sobre a conversa que teve com Deus. Merodaque faz ritual para ajudar Kalesi a atrair qualquer homem. Sandor impede Tibar de matar Tobias. Melquias pede para liderar os guerreiros junto a Salmon. Josué explica que ele ainda não está preparado para tal função. O filho de Acã deixa a tenda do líder hebreu com muita raiva. Aruna e Quemuel trocam palavras de afeto. Samara se esforça para tentar esconder a raiva que sente por Aruna. Em meio ao ritual pagão, Kalesi afirma que Sandor será dela. Samara flagra uma mulher desconhecida roubando um saco de grãos no celeiro e a ameaça com uma foice.

Capítulo 050, terça-feira, 13 de setembro – Samara flagra uma mulher desconhecida roubando um saco de grãos no celeiro e a ameaça com uma foice. Adara se faz de vítima e consegue atacar Samara. Elas começam a lutar. Em meio ao ritual pagão, Kalesi afirma que Sandor será dela. Samara consegue levar a melhor na luta e amarra Adara no celeiro. Boã fica impressionado com o jantar preparado por Sama. Adélia lamenta a falta de iniciativa de Neziá. Samara procura Léia e conta sobre a mulher encontrada no celeiro. Calebe convida Quenaz e Otniel para um jantar em sua tenda. Léia diz que usará Adara para enganar Quemuel. Ela quer fazer com que o marido acredite que esta mulher foi quem o salvou, não Yana. Na estalagem de Farduk, Tibar chama Raabe para o quarto. Zuma ajuda Tobias a perceber sua força interior. Calebe se irrita com Iru ao perceber que o filho está zombando de Otniel na mesa de jantar. Acsa admira o jeito maduro do primo. Haniel fica sem jeito ao ser elogiado por Tirda. Tibar diz que nunca deixará Raabe sair de Jericó. Tupak diz que Kalesi está mais bela do que nunca. Nobá estranha a demora de Kalu. Boã se emociona ao saber que Sama está grávida novamente. Enciumado, Nobá se irrita ao descobrir que Kalu esteve com Milah. Josué reúne os chefes tribais e avisa que os hebreus deverão ser circuncidados. Léia diz para Adara fingir ter sido a mulher quem salvou Quemuel no deserto. Eleazar explica a Finéias que a circuncisão marca um laço de fidelidade entre o povo de Israel e o Senhor. Elói se mostra preocupado com a dor que poderá sentir. Boã diz que finalmente a nação de Israel está sendo fundada. Salmon discute com Iru. Acã diz que o acampamento ficará vulnerável quando muitos estiverem de repouso. Gibar diz que os hebreus só correrão perigo caso os cananeus saibam da circuncisão. Quemuel pede perdão a Léia pelos erros do passado. Salmon começa a treinar os guerreiros hebreus. Melquias rouba uma espada e se afasta. Kalesi pede para Tupak trazer alguns soldados em seu quarto. Aruna diz palavras de afeto a Quemuel. Os oficiais de Jericó admiram a beleza estonteante da rainha. Escondida, Samara escuta Aruna dizendo que gostaria de conhecer sua mãe verdadeira. A vilã diz que usará Adara para afastar Aruna de Josué.

Capítulo 051, quarta-feira, 14 de setembro – Samara corre para encontrar Léia e Adara. A vilã diz que a Cananéia se passará por mãe de Aruna. Após o ritual pagão, Kalesi chama a atenção de todos no palácio por sua beleza. Farduk fala sobre Raabe com Sandor. Melquias afia a espada roubada para sabotar o treinamento comandado por Salmon. Acã vai até Jericó e entrega o anel dado por Tibar a um oficial cananeu. O vilão pede para falar com o comandante. Nobá vai até a casa de Milah para procurar Kalu. Zaqueu pega a espada afiada por Melquias para treinar com Otniel. Acã pede mais ouro para revelar novas informações a Tibar. Nobá discute com Kalu ao ver que o menino está escondido na casa de Milah. Raabe volta para casa e é surpreendia por Sandor. Orias chega em casa e se espanta ao ver os Lagartos. Acã faz uma revelação a Tibar. Ele conta que muitos hebreus não terão condição de lutar pois serão circuncidados. Josué pede para Elói comprar um anel de noivado sem que ninguém saiba. Iru diz que ninguém o obrigará a ser circuncidado. Calebe conversa com o filho de maneira compreensível. O rapaz então avisa que está pronto para firmar esta aliança com Deus. Sandor questiona o comportamento de Raabe. Maldosos, Melquias e Gibar observam o treino entre Zaqueu e Otniel. Tibar procura Marek e conta sobre a revelação de Acã. O rei autoriza um ataque aos hebreus, mas pede para o comandante levar Sandor na batalha. Léia e Samara dizem que enfim ficarão livres de Aruna. Sandor pede para Raabe reconsiderar seu pedido. Léia alerta Samara e diz que Quemuel não pode saber que Adara se passará por mãe de Aruna. Otniel é atingido por um golpe de Zaqueu. O rapaz começa a sangrar. Melquias e Gibar ficam satisfeitos com o êxito do plano. Léia e Samara instruem Adara. Sandor combina um novo encontro com Raabe. Aruna encontra Léia e Samara conversando, mas elas disfarçam. Josué e Aruna trocam palavras de amor. Léia diz que precisa prepara Adara direitinho. Raabe encontra com Nobá em sua casa. Aruna namora às escondidas com Josué. Léia e Samara começam a instruir Adara. Darda cuida de Otniel. Gibar critica a liderança de Salmon. Léia reclama do jantar preparado por Aruna. Elói retorna com o anel que Josué pediu para comprar. Aruna se assusta ao ver uma mulher lhe chamando pelo nome.

Capítulo 052, quinta-feira, 15 de setembro – Aruna se assusta ao ver uma mulher lhe chamando pelo nome. Adara finge estar bastante debilitada e pede ajuda. Salmon conta para Josué sobre o incidente com Otniel. Gibar e Melquias criticam a liderança do irmão de Lila. Os Lagartos Gosmentos comem com a família de Raabe. Tibar encontra Sandor e avisa que o rei o quer no ataque aos hebreus. Marek se derrete com a beleza de Kalesi. Adara diz que tem algo muito importante para revelar à Aruna. Ruth elogia a conduta de Boã. Salmon se culpa pelo acidente com Otniel e pede para Jéssica deixa-lo sozinho. Melquias tenta dar em cima de Jéssica. Acã chega em casa e tenta disfarçar o sumiço. Acsa se preocupa ao saber que Otniel foi ferido. Orias se despede de Nobá e fica emocionado. Kalesi se mostra ansiosa para se entregar aos braços de Sandor. Liora conversa com Farduk e diz que um dia deixará a estalagem. Sandor prepara um jantar romântico no alto da muralha e surpreende Raabe. Setur escuta Josué conversando sobre Salmon e pede para dar seu relato. Rune procura Elidade e avisa que pode existir algo entre Livana e Maquir. Sandor declara todo seu amor para Raabe. Kalesi fica furiosa ao saber que Tupak não encontrou Sandor. O filho de Tibar fica furioso ao ouvir Raabe dizer que não o ama. Ela se assusta com o jeito violento do rapaz. No acampamento hebreu, Setur afirma ter conferido cada espada do treinamento. Josué diz que algo estranho aconteceu. Elidade questiona Livana e ela nega qualquer envolvimento com Maquir. A moça se irrita ao saber que Rune foi quem a dedurou. Durante o jantar, Aruna se distrai e pensa em Adara. Raabe conversa com Sandor e diz ter um cliente muito violento. Tibar chega à estalagem e estranha o sumiço de sua amada. O comandante ordena que Kadmo procure Raabe na cidade. Zaqueu procura Josué e diz se sentir culpado pelo acidente no treinamento. Bastante debilitado, Otniel conversa com o arqueiro e o perdoa. Acã aconselha Melquias a não se meter com Salmon. Sandor exige que Raabe revele o nome do cliente possessivo. Transtornado, Tibar grita chamando por Raabe na estalagem. Liora tenta acalma-lo, mas o comandante se mostra irredutível. Sandor e Raabe ficam tensos ao notarem a aproximação do oficial Kadmo.

Capítulo 053, sexta-feira, 16 de setembro – Sandor consegue despistar Kadmo. Raabe se recusa a dizer o nome de seu cliente. Acsa vai até a tenda de Darda para visitar Otniel. Salmon conversa com Lila e diz se sentir culpado. Acsa pede perdão a Otniel. Discretamente, Aruna levanta a noite e vai ao encontro de Adara. Ela pergunta se a mulher misteriosa conheceu sua mãe. Léia impede que Samara saia para observa-las. Adara começa a enganar Aruna inventando uma história sobre o seu passado. Tupak surpreende Sandor no palácio e diz que Kalesi deseja vê-lo imediatamente. A rainha começa a seduzir o filho de Tibar. Otniel desmaia e Darda diz que o rapaz está morrendo. Sandor tenta, mas não resiste à sedução de Kalesi. Tibar ameaça Raabe exigindo saber com quem ela estava. Aruna se surpreende ao ouvir Adara dizer que é sua mãe. Tibar começa a chorar pedindo o amor de Raabe. Aruna diz que precisa de um tempo para pensar no que Adara disse. Darda e Jessana socorrem Otniel e ele reage. Samara finge estar preocupada com Aruna. Adara aproveita a ausência de Aruna e começa a roubar objetos na tenda de reuniões. Léia e Samara dão um saquinho de ouro para Adara pelo serviço prestado. Temendo qualquer problema, elas pedem para a mulher deixar o acampamento imediatamente. Enquanto se entrega nos braços de Kalesi, Sandor acaba chamando a rainha pelo nome de Raabe. Farduc encerra o expediente na estalagem. Raabe se recorda de Salmon. Otniel recupera a consciência e conversa com Salmon sobre a ida à Jericó. Tibar encontra com Sandor no palácio. Eles conversam sobre o poder de sedução das mulheres. Kalesi tenta esconder sua insatisfação para Marek. Raabe chega em sua casa e se lembra de Salmon. Ela diz para Milah que os hebreus logo chegarão em Jericó. Amanhece no acampamento hebreu. Aruna disfarça e diz que precisa sair antes do café da manhã. Samara afirma que ela irá procurar por Adara. Josué pede para falar em particular com Aruna, mas ela diz que precisa resolver um assunto importante. Rune se declara para Livana, mas ela o rejeita. Kalesi procura Merodaque para reclamar do feitiço feito. A rainha avisa que se Sandor não for dela, ele não será de ninguém. Nobá diz que é hora de escolher um novo líder para os Lagartos. Marek pede para Sandor trazer Tobias para uma luta. Samara e Léia conversam e são surpreendidas com a chegada de Josué.

Capítulo 054, segunda-feira, 19 de setembro – bastante debilitado, Otniel conversa com o arqueiro Zaqueu e o perdoa. Acã aconselha Melquias a não se meter com Salmon. Sandor e Raabe ficam tensos ao notarem a aproximação do oficial Kadmo. Sandor consegue despistar Kadmo. Raabe se recusa a dizer o nome de seu cliente. Acsa vai até a tenda de Darda para visitar Otniel. Salmon conversa com Lila e diz se sentir culpado. Acsa pede perdão a Otniel. Discretamente, Aruna levanta a noite e vai ao encontro de Adara. Ela pergunta se a mulher misteriosa conheceu sua mãe. Léia impede que Samara saia para observa-las. Adara começa a enganar Aruna inventando uma história sobre o seu passado. Tupak surpreende Sandor no palácio e diz que Kalesi deseja vê-lo imediatamente. A rainha começa a seduzir o filho de Tibar. Otniel desmaia e Darda diz que o rapaz está morrendo. Sandor tenta, mas não resiste à sedução de Kalesi. Tibar ameaça Raabe exigindo saber com quem ela estava. Aruna se surpreende ao ouvir Adara dizer que é sua mãe. Tibar começa a chorar pedindo o amor de Raabe. Aruna diz que precisa de um tempo para pensar no que Adara disse. Darda e Jessana socorrem Otniel e ele reage. Samara finge estar preocupada com Aruna. Adara aproveita a ausência de Aruna e começa a roubar objetos na tenda de reuniões. Léia e Samara dão um saquinho de ouro para Adara pelo serviço prestado. Temendo qualquer problema, elas pedem para a mulher deixar o acampamento imediatamente. Enquanto se entrega nos braços de Kalesi, Sandor acaba chamando a rainha pelo nome de Raabe. Farduc encerra o expediente na estalagem. Raabe se recorda de Salmon. Otniel recupera a consciência e conversa com Salmon sobre a ida à Jericó. Tibar encontra com Sandor no palácio. Eles conversam sobre o poder de sedução das mulheres. Kalesi tenta esconder sua insatisfação para Marek. Raabe chega em sua casa e se lembra de Salmon. Ela diz para Milah que os hebreus logo chegarão em Jericó. Amanhece no acampamento hebreu. Aruna disfarça e diz que precisa sair antes do café da manhã. Samara afirma que ela irá procurar por Adara. Josué pede para falar em particular com Aruna, mas ela diz que precisa resolver um assunto importante. Rune se declara para Livana, mas ela o rejeita. Kalesi procura Merodaque para reclamar do feitiço feito. A rainha avisa que se Sandor não for dela, ele não será de ninguém. Nobá diz que é hora de escolher um novo líder para os Lagartos. Marek pede para Sandor trazer Tobias para uma luta. Samara e Léia conversam e são surpreendidas com a chegada de Josué.

Capítulo 055, terça-feira, 20 de setembro – Samara e Léia conversam sobre Aruna e Josué. As vilãs são surpreendidas com a chegada do líder hebreu. Josué pede para falar com Quemuel e eles conversam sobre a circuncisão dos guerreiros de Israel. Gibar tenta encontrar com Acsa. Sandor e Grok chamam Tobias para lutar na sala do trono. Aruna diz que levará Adara para um local seguro. Gibar encontra Acsa cuidando de Otniel. Tobias luta para divertir Marek e Kalesi. Josué avisa que Salmon, Setur e Zaqueu são inocentes. O líder hebreu diz que alguém sabotou as espadas. Gibar se preocupa e trata Acsa com carinho. Melquias fica tenso ao descobrir a decisão de Josué. Livana encontra Maquir e diz que é preciso se afastar do rapaz. Enciumada, Kalesi ordena que Tupak encontre Raabe. Aruna apresenta Adara à Ioná. Maquir diz que precisa fugir com Livana. Ela se mostra insegura. Ioná diz que Aruna precisa se certificar sobre a identidade de Adara. Kalesi manda Tupak descobrir todas as informações sobre Raabe. Acã parabeniza os filhos pela sabotagem que resultou no acidente de Otniel. Adara conta sua versão para Ioná. Aruna se emociona ao lembrar da morte de Elieber. Josué e Eleazar falam sobre a circuncisão com Elói. O líder hebreu procura a família de Acã e avisa que sabotaram as espadas. Às escondidas, Raabe sai para levar comida para os Lagartos Gosmentos. Sem ser visto, Tupak a observa. Aruna se emociona com as palavras de Adara. Ansiosas, Léia e Samara vibram com o sucesso do plano. Quemuel diz sentir falta do filho. Na masmorra, Tobias se recorda de Chaia e fala com Zuma sobre seu ódio por Zaqueu. Aruna pede para Adara não deixar o acampamento. Ioná pede para a mulher provar que é mãe de Aruna. Nobá se enche de felicidade ao ver Raabe. Elidade pede para Maquir se afastar de Livana. Tirda e Haniel estranham o comportamento do rapaz. Raabe conversa com Nobá e diz ter a sensação de estar sendo seguida. Adara fala de uma marca de nascimento em Aruna e a moça se emociona pensando se tratar de sua mãe verdadeira.

Capítulo 056, quarta-feira, 21 de setembro – emocionada, Aruna abraça Adara e a chama de mãe. Ioná avisa sobre o perigo de manter a mulher no acampamento. Raabe estranha a presença de Tupak na estalagem. Sama e Boã fazem planos com o bebê. O servo da rainha descobre que Raabe é uma prostituta. Ruth diz admirar o relacionamento de Sama e Boã. Kalesi fica furiosa ao saber que Sandor a trocou por uma prostituta. A rainha se recorda de Raabe. Ela pede para Tupak levá-la disfarçada à estalagem. Aruna diz que não pode permitir que Adara deixe o acampamento. Sama sente dores abdominais e Ruth a ampara. Aruna se abre com Ioná e diz temer que seu povo não a aceite. Tibar e Marek planejam o ataque ao acampamento hebreu. Tobias diz querer matar Zaqueu com as próprias mãos. Darda afirma que Sama precisa ficar na tenda hospital. Ruth se oferece para cuidar de Boã. Aruna diz que é melhor Adara fingir ser uma hebreia. Boã se surpreende ao ouvir Ruth dizer que ficará em sua tenda. Aruna conta para Ioná sobre o relacionamento secreto que vem mantendo com Josué. O líder hebreu encontra Quemuel e faz elogios à fé de Aruna. Adara se veste como uma hebreia. Léia e Samara fazem compras na tenda de Elias. Adara tranquiliza Aruna dizendo que se explicará para Quemuel e Léia. Aruna estranha o fato de Adara já conhecer Quemuel. Ruth conversa com Boã e diz gostar de alguém. Inocente, Aruna agradece por Adara ter ajudado Quemuel no deserto. Nobá diz que está na hora de escolher o novo líder dos Lagartos. Quemuel se surpreende ao ver Adara novamente. Disfarçada, Kalesi vai até a estalagem acompanhada de Tupak. Kalu propõe uma votação para a escolha do novo líder. Kalesi se irrita com o jeito atirado de Liora. Nobá é eleito o novo líder dos Lagartos Gosmentos. Adara pede para Quemuel não dizer nada a ninguém sobre sua verdadeira identidade. Sandor encontra Tibar e revela estar sendo rejeitado por uma mulher de Jericó. Nobá diz que os Lagartos devem deixar Jericó. Kalesi finalmente vê Raabe na estalagem. A rainha diz que a meretriz não perde por esperar. Léia e Samara se espantam ao se depararem com Adara na tenda. Aruna procura Josué e diz que está tudo terminado entre eles.

Capítulo 057, quinta-feira, 22 de setembro – Aruna diz que o relacionamento entre ela e Josué está terminado. O guerreiro hebreu a questiona. Ela diz que ainda não pode revelar o motivo. Adara ameaça Léia e Samara dizendo que todos devem pensar que ela é uma hebreia. Marek procura pela rainha no palácio. Na estalagem, Kalesi fica furiosa ao ser convidada por Farduk para trabalhar no prostíbulo. Nobá fala sobre a invasão dos hebreus com os outros Lagartos Gosmentos. Tibar alerta Sandor para o perigo que corre se envolvendo com a rainha. Samara se revolta com Adara e Léia tenta acalmá-la. Nobá diz que os Lagartos precisam bolar um plano de fuga. Tibar aconselha Sandor a fugir de Jericó. Léia, Samara e Adara disfarçam com a chegada de Aruna. Livana se abre com Jéssica e revela seu amor por Maquir. Adara avisa à Leia e Samara que ficará dormindo no quarto de Tobias. Jéssica aconselha Livana a esquecer Maquir. Samara tenta descobrir se Aruna terminou o relacionamento com Josué. Salmon se recorda de Raabe mais uma vez. Kalesi retorna ao palácio e engana Marek sobre seu paradeiro. Sandor vai atrás de Raabe na estalagem. Léia ameaça Adara. Sandor pede um beijo à Raabe, mas ela se recusa dizendo que o rapaz deverá pagar para beijá-la. Ele fica aborrecido e dá adeus à moça. Aruna sofre ao lembrar de Josué. O líder hebreu discursa para o povo. Josué relembra a saga dos filhos de Israel. Jovens e crianças dizem que estão prontos para a circuncisão. Aruna avisa à Adara sobre a decisão de deixar Josué. Léia diz para Samara que uma hora conseguirão se livrar da cananeia. No Monte Prepúcio, Josué e Eleazar falam sobre a circuncisão para os hebreus. Os jovens começam a se preparar para a aliança com Deus. Sama se decepciona ao descobrir que não está grávida. Circuncidado, Zaqueu recebe os cuidados de Chaia. Jessana elogia a coragem de Elói. Ioná ampara Elói. Marek diz que tem decisões importantes a tomar. Raabe é humilhada por Orias. O último hebreu é circuncidado. Deus fala com Josué. O Senhor avisa que a humilhação vivida pelo povo de Israel no Egito foi removida.

Capítulo 058, sexta-feira, 23 de setembro – Deus fala com Josué. O Senhor avisa que a humilhação vivida pelo povo de Israel no Egito foi removida. Os guerreiros hebreus repousam em suas tendas depois de terem sido circuncidados. Calebe se preocupa com a tristeza de Josué. O marido de Noemi estranha o anel que o líder hebreu guarda. Darda tenta acalmar Sama. Calebe descobre que Josué se envolveu com Aruna. Cabisbaixa, a moça pega água no poço, escuta um barulho próximo e vai ver o que é. Aruna se depara com dezenas de soldados cananeus próximos ao acampamento, prontos para atacar. A moça corre para avisar a Josué. O líder hebreu decide ficar em sua tenda a espera dos inimigos. Tibar, Kadmo e os outros oficias chegam para ataca-lo. As mulheres do acampamento surpreendem os soldados cananeus. Aruna encara Tibar. O grupo de hebreus formado pelas mulheres, Josué e Calebe começa a lutar. Os líderes tribais reforçam o grupo hebreu. Quemuel pede ajuda a Deus. O exército de Israel começa a levar a melhor sobre os inimigos. Acã tem a vida poupada ao mostrar o anel dado por Tibar. As mulheres mostram coragem e atacam os oficias do rei. Aruna luta contra Sandor. Darda põe fogo em umas folhas e os inimigos começam a tossir com dificuldade de respirar. Jéssica, Adélia e Neziá quebram potes na cabeça dos oponentes. Ioná e Chaia atacam com enxadas. Adara vê Léia e Samara escondidas e as chama de covarde. Léia ameaça a impostora. Salmon tenta acalmar Lila. Einat é morta por um soldado cananeu. Josué salva a vida de Aruna no confronto. Tibar e Sandor lutam bravamente. Laila e Livana se escondem preocupadas. Tibar percebe a desvantagem e manda os oficiais recuarem. Josué comemora a vitória, enquanto Aruna lamenta a morte de Einat. Darda avisa que é preciso cuidar dos feridos. Na fuga do acampamento, Tibar aconselha Sandor a fugir para se livrar de Marek e Kalesi.

Capítulo 059, segunda-feira, 26 de setembro – Sandor vai atrás de Raabe na estalagem. Léia ameaça Adara. Sandor pede um beijo à Raabe, mas ela se recusa dizendo que o rapaz deverá pagar para beijá-la. Ele fica aborrecido e dá adeus à moça. Aruna sofre ao lembrar de Josué. O líder hebreu discursa para o povo. Josué relembra a saga dos filhos de Israel. Jovens e crianças dizem que estão prontos para a circuncisão. Aruna avisa à Adara sobre a decisão de deixar Josué. Léia diz para Samara que uma hora conseguirão se livrar da cananeia. No Monte Prepúcio, Josué e Eleazar falam sobre a circuncisão para os hebreus. Os jovens começam a se preparar para a aliança com Deus. Sama se decepciona ao descobrir que não está grávida. Circuncidado, Zaqueu recebe os cuidados de Chaia. Jessana elogia a coragem de Elói. Ioná ampara Elói. Marek diz que tem decisões importantes a tomar. Raabe é humilhada por Orias. O último hebreu é circuncidado. Deus fala com Josué. O Senhor avisa que a humilhação vivida pelo povo de Israel no Egito foi removida. Deus fala com Josué. O Senhor avisa que a humilhação vivida pelo povo de Israel no Egito foi removida. Os guerreiros hebreus repousam em suas tendas depois de terem sido circuncidados. Calebe se preocupa com a tristeza de Josué. O marido de Noemi estranha o anel que o líder hebreu guarda. Darda tenta acalmar Sama. Calebe descobre que Josué se envolveu com Aruna. Cabisbaixa, a moça pega água no poço, escuta um barulho próximo e vai ver o que é. Aruna se depara com dezenas de soldados cananeus próximos ao acampamento, prontos para atacar. A moça corre para avisar a Josué. O líder hebreu decide ficar em sua tenda a espera dos inimigos. Tibar, Kadmo e os outros oficias chegam para ataca-lo. As mulheres do acampamento surpreendem os soldados cananeus. Aruna encara Tibar. O grupo de hebreus formado pelas mulheres, Josué e Calebe começa a lutar. Os líderes tribais reforçam o grupo hebreu. Quemuel pede ajuda a Deus. O exército de Israel começa a levar a melhor sobre os inimigos. Acã tem a vida poupada ao mostrar o anel dado por Tibar. As mulheres mostram coragem e atacam os oficias do rei. Aruna luta contra Sandor. Darda põe fogo em umas folhas e os inimigos começam a tossir com dificuldade de respirar. Jéssica, Adélia e Neziá quebram potes na cabeça dos oponentes. Ioná e Chaia atacam com enxadas. Adara vê Léia e Samara escondidas e as chama de covarde. Léia ameaça a impostora. Salmon tenta acalmar Lila. Einat é morta por um soldado cananeu. Josué salva a vida de Aruna no confronto. Tibar e Sandor lutam bravamente. Laila e Livana se escondem preocupadas. Tibar percebe a desvantagem e manda os oficiais recuarem. Josué comemora a vitória, enquanto Aruna lamenta a morte de Einat. Darda avisa que é preciso cuidar dos feridos. Na fuga do acampamento, Tibar aconselha Sandor a fugir para se livrar de Marek e Kalesi.

Capítulo 060, terça-feira, 27 de setembro – Josué discursa para seu povo e elogia Einat. Ruth cuida de Boã e se decepciona ao ouvi-lo dizer que ela é apenas uma amiga. Ainda muito abalada, Sama pede para passar mais uma noite na tenda de Darda. Ruth inicia um confronto interno e diz que não pode se apaixonar por Boã. Livana pede para Darda examiná-la. Calebe aconselha Josué a esquecer Aruna. Marek se enfurece ao saber que os oficiais perderam a luta para um bando de mulheres. Tibar mente e diz que Sandor morreu na batalha. Indignada, Kalesi se levanta e deixa a sala do trono. Inesperadamente, Marek vai até o quarto da rainha e, de maneira doce, a consola. Mara aconselha Sama a mentir para Boã, dizendo que ainda está grávida. Livana se desespera ao descobrir que está esperando um filho. Ela pede para Darda não contar a ninguém. Adara elogia o desempenho de Aruna no ataque dos cananeus. Léia gosta de ver a aproximação entre as duas. Livana se abre com Jéssica e revela que está grávida. Aruna diz que contará toda a verdade para Josué. Sama concorda em mentir para Boã sobre a suposta gravidez. Livana conversa com Laila e esconde o motivo da visita à tenda de Darda. Sofrendo com a suposta morte de Sandor, Kalesi realiza ritual pagão ao lado de Merodaque. Kadmo bebe na estalagem e lamenta a morte de Sandor. Raabe e Liora escutam. Morodaque entra em transe e avisa que o sofrimento alheio amenizará a dor da rainha. Aruna vai até a tenda de Josué.

Capítulo 061, quarta-feira, 28 de setembro – Aruna desiste de falar a verdade para Josué e deixa a tenda do líder hebreu. Calebe o aconselha a esquecê-la. Liora e Raabe conversam sobre a suposta morte de Sandor. Josué pede para Setur fazer uma espada para Aruna. A moça ensina alguns afazeres para Adara. Alguns dias depois, Josué reúne todos e elogia a bravura das mulheres hebreias. O líder entrega a espada feita especialmente para Aruna. Adara tenta confortar a moça. Aruna pergunta quem é seu verdadeiro pai, mas a cananeia desconversa. Léia conversa com Samara e diz que é preciso pegar informações sobre Aruna com Adara. Kalesi chama Tupak e diz já saber como amenizar sua própria dor. Adara pede uma massagem nos pés para dar informações sobre Aruna e Josué. Quemuel chega e se espanta ao ver Léia massageando Adara. Kalesi sugere que Marek promova um torneio de luta onde o vencedor receberá Raabe como escrava. O rei gosta da ideia. Adara conta para Léia que Aruna e Josué estão separados. Marek ordena que Kadmo vá até a estalagem para buscar Raabe. Tibar se entrega aos braços da prostituta no prostíbulo. Josué se abre com Elói e fala sobre a atitude de Aruna em terminar o namoro. Ele avisa que irá procura-la para descobrir o motivo. O líder hebreu pede autorização a Quemuel para conversar com Aruna. O pai de Samara pede para Adara vigiar a tenda enquanto Josué conversa com a moça.

Capítulo 062, quinta-feira, 29 de setembro – na estalagem, Kadmo chega e avisa que precisará prender Raabe. Tibar ordena que o oficial largue sua amada. O soldado avisa que está cumprindo ordens do rei. Desolado e impotente, o comandante observa Raabe ser levada ao palácio. Josué insiste, mas Aruna se nega a revelar o motivo da separação. Léia e Samara chegam e Adara as impedem de entrar na tenda. Kadmo leva Raabe, acorrentada, até o quarto da rainha. Kalesi pede para ficar sozinha com a meretriz. Ela diz não entender o motivo de Sandor preferir uma prostituta. Irritada, a soberana ordena que prendam Raabe na masmorra. Tibar pede para Marek libertar sua amada, mas o rei se recusa e avisa que a moça vai pertencer ao lutador que vencer o torneio. Josué insiste, mas Aruna chora e diz que simplesmente não pode revelar a verdade. Raabe é levada até a masmorra. Milah se desespera ao saber que a filha foi presa. Sama se preocupa ao perceber a ansiedade de Boã para o nascimento do suposto filho. Aflita, Samara anda de um lado para o outro, curiosa com a conversa no interior da tenda. Josué usa a autoridade de líder e ordena que Aruna revele o motivo da separação. A moça se diz decepcionada com a atitude do guerreiro e pede que ele a deixe só. Samara tenta puxar assunto, mas recebe um fora de Josué. Adara tenta confortar Aruna. Enquanto recolhe o Maná, Livana passa mal e quase vomita. Ruth estranha a tristeza de Sama. Lila conversa com Salmon e diz saber que o irmão não gosta tanto de Jéssica. Na masmorra do palácio, Tobias admira a beleza de Raabe. Kadmo chega para buscar a meretriz. Presa em uma gaiola, Raabe é levada à praça central de Jericó. Samara e Léia debocham de Aruna. Adara percebe e não gosta. Sama se abre com Ruth e revela que não está grávida. Josué diz para Cabele que não voltará a procurar Aruna.

Capítulo 063, sexta-feira, 30 de setembro – Calebe aconselha Josué a esquecer Aruna. Engaiolada, Raabe pede ajuda a Tibar. Orias se sente humilhado ao ver a filha presa. Nobá ora pedindo para Deus ajudar a irmã. Raabe também clama ao Senhor dos hebreus. Orias chega em casa e avisa à Milah sobre a captura da filha. Ele avisa que se inscreverá no torneio para lutar por Raabe. Livana sente um enjoo novamente e Laila estranha. Léia se enfurece ao ver algumas estátuas de deuses pagãos nas coisas de Adara. Milha diz admirar a atitude do marido. Laila conversa com Livana e aconselha a filha a não se entregar para Rune antes do casamento. Farduk e Liora lamentam a prisão de Raabe. Os Lagartos tentam pensar em uma maneira de libertar a irmã de Nobá. Samara diz para Léia que é preciso usar as estatuetas de Adara ao seu favor. Josué e Eleazar reúnem o povo e dão as instruções sobre a páscoa. O líder hebreu relembra as palavras ditas por Moisés. Livana encontra Maquir e diz ter algo muito importante para contar. Grok arrasta Raabe até a masmorra. Elias fala sobre a missão dos hebreus para Lila. Maquir se irrita ao descobrir que Livana está grávida. Temá diz que Pedael protegerá Neziá caso apareça algum gigante. Maquir se recusa a fugir com Livana. O guerreiro diz que Darda pode dar um jeito de interromper a gravidez. Ela se decepciona com a atitude do rapaz. Ele desconversa e diz que encontrarão uma solução. Gael diz que um gigante pode ter passado pelo acampamento. Tibar vai até a masmorra e promete que dará um jeito de libertar Raabe. Boã janta com Sama, Ruth e Setur. Escondido, Tibar procura Tobias na masmorra. O comandante propõe um acordo com o hebreu. O oficial do rei pede para o guerreiro disputar Raabe no torneio em troca de sua liberdade. Neziá chama Pedael e diz que o líder tribal foi muito gentil. Isaque e Temá zombam da situação. Marek fica satisfeito com o sucesso do torneio que tornará Raabe uma escrava. Aruna se abre com Adara e revela estar triste por não ter Josué. Acã e os filhos jantam e desobedecem às palavras de Eleazar sobre as tradições da páscoa. Josué diz que a próxima batalha está por vir. Kalesi avisa que Raabe terá o que merece. Kadmo busca a meretriz na masmorra e a leva até o quarto da rainha. Léia chama Samara e diz já ter um plano para destruir Adara.

Capítulo 064, segunda-feira, 03 de outubro – Livana procura Maquir e fica horrorizada com as palavras do rapaz. Ele diz não querer assumir a criança. No palácio, Orias se apresenta no torneio para tentar defender a filha. Um lutador mascarado também aparece para participar da disputa. Kalesi chega trazendo Raabe engaiolada. A rainha puxa um pano e revela a prostituta bonita e bem vestida. Mara encontra as estatuetas dos deuses cananeus no forno coletivo do acampamento. Léia e Samara observam de um canto e dizem que a hebreia mordeu a isca. Laila presencia Livana chorando e pede para a filha confiar nela. Arauto dá início às lutas. Farduk e Liora lamentam a situação de Raabe. Laila diz à Livana que apressará o casamento da filha com Rune. Grok também luta na disputa por Raabe. O carcereiro vence o primeiro combate. Mara corre para avisar Josué sobre as estatuetas encontradas. Orias luta bravamente para salvar a filha, mas perde o confronto. Enjaulada, Raabe chora desesperada. Angustiado, Nobá sofre sem notícias da irmã. Josué pede para vasculharem todo o acampamento em busca do intruso cananeu. Os hebreus procuram por todas as tribos. Acã diz que ele e seus filhos devem começar a busca falando com Mara. Acã diz que Mara pode estar acobertando o cananeu. Tobias vence sua luta no torneio. Marek anuncia que a grande final da disputa acontecerá na manhã seguinte. Grok prende Raabe na masmorra. Salmon sonha com a meretriz. O guerreiro pede a Deus para esquecer a moça. As frutas guardadas pela família de Acã começam a apodrecer. Zaqueu presencia o vilão carregando o alimento estragado e estranha. Acã diz que é preciso fingir obedecer às ordens de Josué. Contra sua vontade, ele entrega parte de seus frutos a Finéias. O maná para de cair do céu e Inês explica que os hebreus agora desfrutarão dos frutos de Canaã. Marek dá início às finais do torneio.

Capítulo 065, terça-feira, 04 de outubro – Acã vai até a tenda de Aiúde questionar Mara. O vilão diz querer revistar a tenda. Tobias luta com o guerreiro misterioso. Acã e os filhos encontram uma roupa de cananeia na tenda de Mara. Aruna e Adara se preocupam com o sumiço das estatuetas. Acã questiona a família de Aiúde sobre a roupa encontrada. Tobias perde o confronto para o lutador mascarado. Marek pede para ver o rosto do vencedor. O guerreiro tira a máscara e revela ser Sandor. Kalesi fica incrédula. Acã manda os filhos prenderam Aiúde, Mara e Ioná. Marek não gosta da reação impulsiva da rainha ao ver que Sandor está vivo. Kalesi manda prender Raabe e o filho de Tibar. Adara aconselha Aruna a fugir com ela. Josué e Elói chegam à tenda de Mara. Elói tenta perguntar a Ioná sobre o que aconteceu, mas a moça se cala. Marek anula a ordem da rainha e ordena que Sandor fuja com Raabe. Aruna aceita fugir com Adara. Quemuel, Léia e Samara procuram pela impostora, mas percebem que ela fugiu da tenda. Raabe pede para Sandor deixá-la livre, mas o rapaz a obriga a fugir com ele. Tibar vai até a masmorra para falar com Tobias. Otniel diz para Boã que Josué está chamando para uma reunião. Laila conversa com Elidade e diz que é preciso apressar o casamento de Livana e Rune. Maquir lembra do fora que deu em Livana. Na frente de Zuma e Tobias, Tibar chora lamentando a ausência de Raabe. Irada, Kalesi quebra os objetos de seu quarto. Josué pressiona Ioná para saber quem guardou a roupa de uma cananeia na tenda.

Capítulo 066, quarta-feira, 05 de outubro – pressionada, Ioná diz que não tem nada a revelar. Kalesi manda Kadmo matar Sandor e Kalesi. Na tenda de Darda, Maquir engana Jesana e rouba uma erva abortiva. Farduk e Liora falam sobre a vitória de Sandor. Nobá os Lagartos vão atrás de Raabe. Enciumado, Marek vai até o quarto da rainha e a ameaça. Otniel vai até a tenda de Quemuel e avisa que foi encontrado uma roupa de cananeia na tenda de Mara. Antes de fugir com Adara, Aruna decide tentar ajudar Ioná. Marek questiona Tibar sobre o reaparecimento de seu filho. Ao tentar deixar a cidade, Sandor e Raabe são impedidos por alguns capangas da rainha. Milha elogia a coragem de Orias. Aflita com a espera, Adara se recorda dos momentos ao lado de Aruna. Gael procura Livana e avisa que Maquir quer falar ela. Raabe e Sandor são capturados pelos capangas da rainha. Na tenda de reuniões, Josué pressiona Ioná para ela dizer a verdade. Aruna chega e diz ter algo a revelar. Sandor e Raabe são salvos pelos Lagartos Gosmentos. Aruna surpreende a todos ao dizer que é uma cananeia. Raabe e Sandor se escondem na estalagem de Farduk. Aruna explica toda a verdade para todos no acampamento. Ela assume toda a responsabilidade. Triste com a ausência de Raabe, Tibar bebe para tentar esquecer a dor. Acã grita pedindo que Aruna seja condenada à morte. Adara entra na tenda e revela a verdade. A impostora diz que roupa encontrada pertence a ela. Maquir finge estar arrependido e serve o chá abortivo para Livana. Adara se explica para os hebreus e Aruna diz ter ajudado a mulher. Livana percebe a má intenção de Maquir e dá um tapa na cuia com o chá. Ele nega, mas a moça diz que o rapaz é um monstro. Maquir então avisa que não vai deixa-la ter a criança. Adara revela não ser a verdadeira mãe de Aruna. Escondido, Rune observa a conversa entre Livana e Maquir. Ele descobre que a moça está grávida. Josué anuncia a prisão de Adara. O líder avisa que a cananeia ficará detida até que se decida a sua pena. Maquir humilha Livana. Rune sai do esconderijo e se revela. Ele chama o filho de Haniel de desprezível. Na estalagem, Tibar pede para ser consolado por Liora. O comandante leva a prostituta até o quarto. Sem alternativa, Raabe e Sandor se escondem em baixo da cama.

Capítulo 067, quinta-feira, 06 de outubro – Tibar adormece ao lado de Liora e não nota a presença de Sandor e Raabe em baixo da cama. Rune escuta as palavras ofensivas de Maquir para Livana e acerta um soco no rosto do rapaz. Liora diz que ajudará a arranjar um disfarce para Sandor e Raabe deixarem a estalagem. Rune tenta acalmar Livana, mas a moça diz que precisa pagar pelo erro. Raabe e Sandor vão para o esconderijo dos Lagartos. Darda aconselha Boã a conversar com Sama. Tibar pressiona Liora para dizer o paradeiro de Raabe, mas a moça mente e diz não saber onde a amiga está. Darda sugere que Sama conte a verdade para Boã. Haniel trata Tirda com ignorância. Maquir chega na tenda todo machucado pela briga que teve com Rune. Ruth oferece apoio à Sama. Sandor diz que Raabe será dele para sempre. Kalesi ameaça Kadmo e diz querer os fugitivos em suas mãos o quanto antes. Adara ameaça delatar Léia e Samara. As vilãs dizem que darão um jeito de libertar a cananeia. Adara exige que elas lhe preparem uma comida decente. Kalesi procura Marek e diz pertencer ao rei. Aruna pede para Quemuel deixá-la sozinha com Josué. Kalesi finge interesse em Marek e o seduz. Aruna surpreende Samara e pede para a moça deixa-la a sós com Josué. O líder hebreu diz não poder se relacionar com alguém que não confie nele. Aruna fica sem palavras. Léia diz para Samara que é preciso acabar com Adara de uma vez por todas. Aruna pede perdão a Josué. O guerreiro aceita as desculpas, mas diz não existir mais confiança entre eles. Léia e Samara envenenam a comida de Adara. Chaia e Zaqueu fazem planos para a vida na terra prometida. Jesana elogia a beleza de Darda. Mara aconselha Sama a continuar mentindo para Boã. Sandor questiona o sentimento de Raabe e diz que a levará a força. Nobá intervém. Os Lagartos ameaçam o filho de Tibar. Sama conversa a sós com Boã e revela não estar grávida. Farduk conversa com Liora e diz que Tibar deixou a estalagem com cara de poucos amigos. Nobá começa a arquitetar um plano para os Lagartos fugirem de Jericó. Léia e Samara servem o peixe envenenado para Adara. Tibar segue Liora e encontra Raabe escondida com Sandor no refúgio dos Lagartos Gosmentos. Adara se abre com Aruna e revela que alguém a pagou para fingir ser sua mãe. A mocinha insiste para saber quem quis seu mal, mas a impostora cai desmaiada.

Capítulo 068, sexta-feira, 07 de outubro – Darda diz que não há mais nada o que fazer por Adara. A responsável pela tenda hospital avisa que a vida da impostora está por um fio. Boã sente-se magoado com a revelação de Sama e pede um tempo. Tibar diz que não pode fazer nada contra seu filho. O comandante diz que ajudará Sandor a fugir da cidade com Raabe. Livana chega em sua tenda e revela a verdade para Laila. A moça conta que está grávida. Elidade aparece e exige que a filha diga o nome do pai da criança. Rune chega de repente e surpreende a todos. O guerreiro diz que o filho é dele. Raabe agradece por Sandor não ter delatado Nobá ao comandante. Adara morre nos braços de Aruna. Rune se explica para Elidade. Laila questiona a atitude da filha. Rune pede para casar com a moça o quanto antes. Haniel estranha os hematomas de Maquir. Arquitetando um plano de fuga, Nobá tem a ideia de esconder os Lagartos em cestos para serem levados para fora da cidade. Raabe contraria Sandor ao dizer que não fugirá de Jericó. Escondidos nos cestos dos mercadores, Kalu e os Lagartos vão deixando a cidade. Nobá sabe que a chegada dos hebreus está próxima e, por isso, não foge com os amigos. Ele se emociona ao observar, de longe, os Lagartos deixando a cidade escondidos nos cestos. Boã se abre com Setur. O ferreiro aconselha o amigo a perdoar Sama.

Capítulo 069, segunda-feira, 10 de outubro – Aruna procura Ioná e lamenta a morte de Adara. Kalesi aconselha Marek a pedir ajuda militar ao rei Durgal. Ioná consola Aruna dizendo que mais cedo ou mais tarde ela encontrará sua mãe verdadeira. Léia e Samara comemoram o sucesso do plano. Gibar encontra Acsa e tenta roubar um beijo a força. Otniel presencia o assédio e defende a moça. Ela agradece a atitude do rapaz. O guerreiro atrapalhado brinca com Lila e Gael. Raabe fica satisfeita ao encontrar Nobá. Ela pede para o menino ficar escondido em sua casa. Tibar combina com Kadmo uma maneira de salvar Raabe e Sandor. Em conversa com Ioná, Aruna diz que Josué não confia mais nela. Calebe aconselha Josué a esquecer a moça. Otniel conversa com Eleazar e alerta para o temor que as crianças estão sentindo pela proximidade da guerra. Orias e Milah ficam felizes com a chegada de Nobá. Tibar chega no esconderijo e arma um plano para separar Raabe de seu filho. Kadmo leva Sandor para sua casa. A meretriz se surpreende ao perceber que o comandante enganou o próprio filho. A caminho de casa, Kadmo trai Sandor e o entrega aos oficiais. Eleazar tenta tranquilizar as crianças para a proximidade da guerra. Léia e Samara recuperam as joias dadas à Adara. Triste, Aruna pensa em Josué. O líder hebreu conversa com Calebe e diz que precisa fazer o reconhecimento das muralhas sozinho. Sama se surpreende ao ver Boã de volta. Sandor é entregue à rainha. Josué observa as muralhas de longe e se emociona ao ser surpreendido pela presença de um anjo de Deus.

Capítulo 070, terça-feira, 11 de outubro – Josué se emociona ao encontrar um anjo de Deus. A figura divina manda o guerreiro se descalçar para pisar na Terra Santa. O anjo desaparece e as nuvens começam a se mexer. Deus começa a falar com Josué. O Senhor começa a dar orientações para a invasão à Jericó. Kalesi diz que fará Sandor sofrer profundamente. Boã pede para Sama nunca mais mentir. Ele avisa que o que tem a dizer tem a ver com Ruth. Kalesi pede para Kadmo buscar Tibar. Sandor é levado à masmorra. Kadmo engana Tibar sobre o paradeiro do filho e avisa que Kalesi deseja vê-lo imediatamente. Josué fala sobre a conversa com Deus. Ele avisa que o Senhor passou as instruções necessárias para vencer as Muralhas de Jericó. Elidade diz que ninguém pode suspeitar que sua filha ficou grávida antes do casamento. Ele e Rune marcam o casamento para o dia seguinte.

Capítulo 071, quarta-feira, 12 de outubro – Livana pede para falar a sós com o rapaz. Boã surpreende Sama e pergunta se Ruth deseja ser sua segunda esposa. A moça aceita de imediato. Josué fala sobre a conversa que teve com Deus. Ele avisa que o Senhor mandou o exército de Israel rodear a cidade de Jericó sete vezes em sete dias. Sendo assim, os levitas deverão tocar as trombetas enquanto os guerreiros fazem as rondas. Na sétima volta do sétimo dia, ao som das trombetas e do clamor do povo, as Muralhas ruirão. Josué manda Calebe espalhar a notícia. Livana agradece pela coragem de Rune, mas avisa que não ama o rapaz. Josué reúne os guerreiros hebreus e avisa que no amanhecer chegará a hora da invasão à Jericó. Acã duvida da palavra do guerreiro, mas o povo apoia o líder. O vilão disfarça e avisa aos filhos que precisa se ausentar. Elidade diz que Livana se casará depois da conquista de Jericó. Acã vai até o palácio para falar com Tibar. O traidor pede mais ouro e avisa sobre o plano de Josué de atacar a cidade. O comandante avisa ao rei sobre o cerco que os hebreus farão à Jericó.

Capítulo 072, quinta-feira, 13 de outubro – Marek diz ser impossível atravessar as Muralhas. Tibar o alerta dizendo que os mercadores não poderão entrar em Jericó e o abastecimento de alimentos será prejudicado. O rei diz que é preciso pedir ajuda militar a Durgal. Kadmo segreda a Tibar que a rainha o aguarda. O rei manda Arauto ir até o reino de Ai para dar o recado a Durgal. Tibar se surpreende ao ver que Sandor foi capturado pela rainha. Kalesi ordena que o comandante traga o coração de Raabe em troca da vida de seu filho. Arauto chega até o reino de Ai e pede para falar com Durgal. O rei estrangeiro surpreende o emissário de Jericó ao começar a rir do recado enviado por Marek. Amarrada no esconderijo dos Lagartos Gosmentos, Raabe não vê a hora da chegada dos hebreus. Salmon se recorda da meretriz. Jéssica chega e escuta o rapaz dizer o nome de Raabe. Durgal diz que não enviará ajuda a Marek e ameaça matar o Arauto. Salmon tenta se explicar para Jéssica e fala sobre a ajuda que recebeu de Raabe na missão dos espias. Durgal decide poupar a vida de Arauto e ordena que o emissário seja seu mensageiro particular. Salmon diz estar cansado dos ciúmes de Jéssica. Tibar avisa que precisa matar Raabe para ele o filho continuarem vivos. Sandor pede para o comandante não matar a moça, mas Tibar se recusa a ouvir o rapaz. Aruna procura Josué e pede para ele confiar nela novamente.

Capítulo 073, sexta-feira, 14 de outubro – Aruna pede um voto de confiança para Josué. O líder diz que dará nova chance à moça. Samara vê Aruna deixando o local. Ela pega uma pedrinha no chão e entra na tenda de Josué. A vilã diz ter um presente para o guerreiro. Sama diz que vai se esforçar para fazer Boã feliz. Samara inventa que ganhou uma pedrinha de seu pai e gostaria de entregar a Josué para encorajá-lo. O líder hebreu diz que a vilã não tem mais idade para isso e recusa o falso presente. Samara deixa a tenda bufando de raiva. Aruna conversa com Ioná e diz ter um segredo que não pode revelar. Tibar não tem coragem de assassinar Raabe e diz ter um plano para salvar a moça. Léia aconselha Samara a arranjar uma forma de ajudar os hebreus na guerra para chamar a atenção de Josué. Aruna se recorda de Elieber. Acã e os filhos fazem planos ambiciosos após a conquista de Jericó. Tibar chega à estalagem e convida Liora para jantar. O comandante a leva para o quarto e finge interesse na prostituta. Tibar enfia um punhal em Liora e a executa. Calebe conversa com os familiares sobre a guerra que se aproxima. Léia e Quemuel sonham em reencontrar Tobias. Na masmorra, o Monstro Hebreu diz não ter esperança na chegada de seu povo.

Capítulo 074, segunda-feira, 17 de outubro – O exército hebreu segue dando a última volta ao redor da cidade. Kalesi vê Merodaque pedindo ajuda aos deuses e humilha o feiticeiro. Do alto das muralhas, Tibar grita provocando os hebreus. Salmon pede para Iru esperar o momento certo para a invasão. Kalesi diz que Marek a terá para sempre ao seu lado. Aflitas, as mulheres hebreias aguardam no acampamento. Em conversa com Zuma, Tobias avisa que o exército de Israel está chegando. Orias se livra da corda vermelha que Raabe pendurou na janela. Josué avisa que só falta a última volta em volta da cidade. Raabe se desespera ao saber que seu pai jogou a corda vermelha fora. Ela avisa que esta era a única maneira de serem salvos pelos hebreus. A meretriz sai de casa e consegue encontrar a corda. Josué diz que a família de Raabe serão os únicos cananeus poupados. Marek chama Tibar e mostra preocupação. O comandante então decide libertar Sandor da masmorra. Enquanto rodeia Jericó com os hebreus, Acã se afasta do grupo e vai até o palácio para falar com Tibar. O traidor pede mais ouro ao comandante e avisa que Raabe foi quem ajudou os espiões hebreus. Enfurecido, Tibar avisa que matará a prostituta. Nas ruas da cidade, o povo reclama da falta de comida. A cavalo, Sandor vai até o esconderijo onde estava Raabe, mas não a encontra. O guerreiro vai até a casa da meretriz e avisa sobre o perigo que ela está correndo. Tibar descobre que Raabe fugiu do esconderijo e sai a sua procura. Ele consegue avistar sua amada no meio da multidão e arremessa uma lança para matá-la. O comandante se desespera ao notar que matou Sandor. Calebe diz que a última volta está completa e Josué avisa que chegou a hora da invasão. O líder manda os sacerdotes tocarem as trombetas. Os hebreus gritam puxando um forte brado de guerra. Consternado, Tibar abraça o corpo de Sandor. Marek e Kalesi se preocupam com o barulho feito pelo Exército de Israel. Farduk pede proteção aos deuses. Sem sucesso, Kadmo ordena que os soldados cananeus atirem flechas na direção dos hebreus.

Capítulo 075, terça-feira, 18 de outubro – Nobá e Milah se iluminam ao ver Raabe chegar em casa. Emocionado, Salmon avista a muralha começar a tremer. Algumas pedras começam a cair. Uma enorme rachadura se abre e os hebreus assistem, impressionados, ao milagre de Deus. O chão começa a trincar abrindo fendas cada vez maiores. Alguns soldados cananeus caem nas fendas e morrem. Os oficiais do rei se apavoram. Os sacerdotes levitas continuam tocando as trombetas. Os guerreiros hebreus gritam balançando os escudos, lanças e espadas. Josué avista o Soldado Mascarado se afastando ao longe. Marek diz não acreditar no que está acontecendo. Kadmo vê Tibar paralisado ao lado do corpo de Sandor e chama o general para o combate. Uma grande nuvem de poeira começa a subir e alguns soldados cananeus tentam se salvar sem êxito. Um pequeno ponto da enorme muralha fica em pé, sob um facho de luz, como uma torre em meio à completa destruição. É a casa de Raabe. Apresentando sinais de loucura, Marek ordena que ninguém deixe a sala do trono. Merodaque pede ajuda aos deuses de Jericó, mas acaba morrendo soterrado no templo do palácio. Zuma e Tobias conseguem escapar da masmorra. As imponentes muralhas desabam inteiramente. Apenas a casa de Raabe, com uma corda vermelha na janela, se mantém de pé como uma torre em meio à completa destruição. Emocionado, Josué assiste ao desfecho do desabamento milagroso. Com a mente perturbada, Marek não acredita no que está acontecendo e diz que as muralhas são invencíveis. Liderando o Exército de Israel, Josué entra na cidade coberto de poeira, mas imponente, segurando sua espada.

Capítulo 076, quarta-feira, 19 de outubro – Calebe e Josué entram no reino de Jericó liderando o Exército de Israel. O povo cananeu tenta fugir desesperado. Os soldados hebreus perseguem a todos os inimigos. Os guerreiros de Israel lutam com os cananeus. Maquir coloca fogo em uma casa cananeia. Acã chama Gibar e Melquias para entrar no palácio em busca de ouro. Kadmo luta contra Iru e leva a pior. O oficial cananeu cai no chão ferido. Orias diz que não permanecerá dentro de casa à espera dos hebreus. O sapateiro se assusta ao abrir a porta e ver que só sua casa permanece de pé. Os líderes tribais e os outros guerreiros hebreus seguem lutando contra os cananeus. Quemuel se emociona ao reencontrar Tobias. Josué estranha ao notar que Acã e os filhos chegaram primeiro à porta do palácio. Os guerreiros hebreus começam a destruir o portão de entrada do palácio real. O exército de Israel finalmente invade o palácio. Maquir mata Grok. Josué ordena que seus homens se separem para encontrar os reis. Marek se recusa a abandonar o trono e Kalesi o arrasta para fora da sala. Alguns soldados cananeus fazem a escolta dos reis pelo corredor do palácio. Josué e Calebe chegam na sala do trono e não encontram os reis. Kalesi dá um tapa no rosto de Marek para fazê-lo cair na real. A rainha das serpentes manda o rei se esconder e avisa que tentará negociar com os invasores hebreus. Acã e os filhos encontram as riquezas do palácio. Salmon flagra os vilões no corredor carregando algumas sacolas. Nas ruas da cidade, os guerreiros hebreus enfrentam os soldados cananeus. Tibar vê Kadmo no chão ferido e se vinga do soldado. O comandante impede a respiração de Kadmo, que morre. Acã desconversa e Salmon não desconfia da atitude do vilão. O guerreiro chama Melquias para ir atrás de Raabe. Tibar chega até a casa da prostituta e começa a subir as escadas. Raabe e sua família se desesperam ao se depararem com o comandante. Salmon e Melquias lutam com inimigos a caminho da casa da meretriz. Tibar ameaça matar Nobá.

Capítulo 077, quinta-feira, 20 de outubro – Salmon e Melquias correm para a casa de Raabe. Eles chegam a tempo. Melquias corre para lutar com o comandante, mas leva a pior na luta contra Tibar. Salmon corre para enfrentar o general. Josué e Calebe chegam no quarto da realeza e encontram com Kalesi. A rainha oferece ouro aos hebreus. Josué se recusa a receber qualquer riqueza e avisa que precisará cumprir a ordem de Deus. Salmon luta com Tibar e consegue golpear o comandante. Com uma espada cravada no ventre, Tibar cambaleia e cai do alto da casa de Raabe. Ele cai morto sobre um objeto pontudo que atravessa seu corpo. Salmon tranquiliza Raabe. Melquias desperta sem saber o que aconteceu. Kalesi tenta negociar com Josué. Marek sai como um louco do esconderijo e corre para atacar o líder hebreu. Josué é mais rápido e consegue golpear o rei com sua espada. Kalesi se desespera ao ver o marido morto. A rainha sobe na beirada do tanque das serpentes e ameaça os invasores. As cobras começam a subir pelas paredes do tanque e Kalesi começa a gargalhar enlouquecida. Zaqueu atira uma flechada certeira na rainha das serpentes, que cai no interior do tanque e é devorada pelas cobras. Tobias abraça Quemuel aliviado. Os hebreus gritam vibrando com a conquista da cidade de Jericó, que está destruída. O Exército de Israel toma as ruas do reino. Salmon e Melquias amparam a família de Raabe. Josué discursa para seu povo e agradece a Deus pelo êxito da missão. O imenso exército hebreu vai abandonando a cidade em direção às campinas de Canaã. Preocupado, Yusuf observa o movimento dos guerreiros de Israel se retirando da cidade vitoriosos. Josué encontra o Soldado Macarado. O guerreiro misterioso finalmente revela sua verdadeira identidade.

Capítulo 078, sexta-feira, 21 de outubro – Josué encontra o Soldado Mascarado. O guerreiro misterioso finalmente revela sua verdadeira identidade. Josué diz admirar sua coragem. Ansiosas, as mulheres hebreias aguardam por notícias da invasão à Jericó. Escondidos nos cestos de mercadores, os Lagartos seguem na direção do reino de Ai. Kalu reconhece que foi abandonado por Nobá. A família de Raabe segue com Salmon em direção ao acampamento hebreu. Zuma e Tobias também seguem com Quemuel. Aruna chega na tenda onde estão as mulheres hebreias. Lila entra correndo e avisa que os guerreiros estão regressando. Darda corre para ajudar os feridos. Léia se apressa para encontrar o filho. Acsa e Noemi se abraçam a Calebe e Iru. As mulheres hebreias vão encontrando seus maridos e parentes. Acã chama os filhos para esconder o tesouro roubado. Jéssica procura por Salmon. Ruth encontra Boã, que também abraça Sama. Inês parabeniza Josué pela vitória. Samara pede para dar um abraço em Josué, que recusa. Ele e Aruna trocam um olhar. Os guerreiros entregam as riquezas capturadas em Jericó para Eleazar e os outros sacerdotes. No reino de Ai, Yussuf fala sobre a destruição de Jericó provocada pelo Exército de Israel. Durgal fica triste ao saber que Kalesi está morta. O rei diz que o reino de Ai corre perigo e grita descompensado. Acã, Gibar e Melquias cavam um buraco no interior da própria tenda para esconder o tesouro roubado. Aruna conversa com Ioná e diz que revelou seu último segredo a Josué. Samara e Aruna ajudam Darda a cuidar dos feridos. Machucado, Jesana chega na tenda hospital e recebe os cuidados de Chaia. Salmon apresenta a família de Raabe à Lila. Calebe fala sobre a aparição do Soldado Mascarado e Josué desconversa. Emocionada, Léia reencontra Tobias. Jéssica fica aliviada ao rever Elias. Tobias se emociona ao receber os cuidados de Léia. Kamir tenta tranquilizar Durgal e diz que o protegerá. Tobias conta sobre as aventuras que viveu em Jericó. Kamir confabula com Yussuf e diz que será um prazer ter o oficial como genro. Melina, a filha de Kamir, treina atirando flechas na companhia da serva Najara. Ula elogia o desempenho da filha Melina em diversas atividades. Kamir avisa que Durgal deseja fazer uma caçada humana. Zaqueu recebe cuidados de Chaia. Aruna e Samara seguem ajudando na tenda hospital. Jéssica estranha o sumido de seu amado. Salmon avisa à Lila que a família de Raabe se hospedará em sua tenda. Aruna e Samara reencontram Tobias. Raabe agradece a ajuda de Salmon. Durgal pede para Arauto cantar para lhe ajudar a dormir. Jéssica vai até a tenda de Salmon. Ela se surpreende ao notar a presença de Raabe.

Capítulo 079, segunda-feira, 24 de outubro – Raabe pede desculpas pelo constrangimento que causou diante da noiva de Salmon, e ele diz que eles foram noivos, mas agora só estão namorando. Jéssica diz que não se conforma com a cananeia hospedada na casa de Salmon. Acsa aconselha a amiga a segurar o ciúmes e a trata-lo muito bem, para que ele não tenha olhos para outra mulher. Zuma conversa com Josué, Eleazar e Calebe. Ele conta como foi pego escravo, e tudo que passou como prisioneiro. Josué diz que ele é bem-vindo em Gilgal e Zuma diz que a fé de Uzi o inspirou, e ele fez um voto que só serviria ao Deus dos hebreus dali em diante. Kamir conta a Ula que o fogo sagrado revelou que em breve o reino de Ai terá um novo rei. Ela, preocupada, diz que para ele ser rei, seu irmão terá que morrer. O prefeito fica impassível. Ula pede que o marido não confie em Ravena, e não queira o poder a qualquer custo, mas ele a ignora. Chaia diz à mãe que vai visitar Tobias e ela fica preocupada. Chaia diz que eles sempre foram amigos e precisa conforta-lo nesse momento difícil. Salmon leva Raabe e sua família para serem apresentados a Josué, que os recebe com Eleazar e Calebe. Josué diz que todos ali admiram a bravura de Raabe, e pede que ela e sua família se sintam em casa em Gilgal. Raabe pergunta como pode fazer para se tornar uma hebreia, como eles, e Eleazar diz que ele e sua esposa terão o prazer de recebê-los em sua tenda para explicarem sobre os mandamentos de Deus. Léia diz a Tobias que Chaia quer vê-lo. Ele reage forte e lembra do momento em que se declarou à moça. Tobias pede que a mande embora, pois não quer que ela o veja com o rosto deformado. Durgal insiste para que Kamir conte o que está preparando de diferente para entreter o rei e o prefeito por fim revela: Uma caçada humana.

Capítulo 080, terça-feira, 25 de outubro – Kamir diz a Durgal que ele poderá caçar qualquer homem do povo e que fará a seleção. O rei bate o olho em Arauto que está encolhido no chão. Ele diz para Kamir colocar duas presas ao invés de uma. O prefeito de Ai gosta da ideia. Durgal diz que já escolheu um dos homens que terá que correr das flechadas e aponta para Arauto. Ele diz para Kamir ir atrás da outra presa. Rafi, um artesão, termina de confeccionar um cesto e diz para Tiléia, sua esposa e Kira, sua a filha, que vai sair para vender todos os cestos e vai voltar com muito alimento para a família. Samara diz à Chaia que adorou ajudar os feridos. Léia aparece e fala para Chaia que Tobias não quer vê-la porque ainda está muito abalado e ferido. Kamir e Yussuf entram na hospedaria, acompanhados de dois soldados de Ai. Kamir pede para Yussuf colocar um saco de ouro em cima de alguma mesa e esperar que a presa apareça. Laila diz a Elidade para realizar o casamento de Rune e Livana o quanto antes. Um morador de Ai pega o saquinho de ouro e logo é cercado pelos dois soldados. Kamir pede que o morador devolva o saquinho porque não lhe pertence. O morador pede desculpa e Kamir diz para ele ir embora. Kamir pede que Yussuf coloque outro saquinho de ouro em cima da mesa e espera que outra presa mais interessante apareça. Livana, chorosa, com Jéssica, diz que não ama Rune. Jéssica diz que mesmo amando Salmon não tem tanta certeza que se casará com ele e conta que desde que Salmon voltou de Jericó ele ficou interessado em uma tal de Raabe. Elias aparece e fica surpreso com o que ouviu e pergunta se tem outra mulher morando na tenda de Salmon. Raabe está nervosa porque vai ser apresentada para Josué e toda a congregação. Jéssica fala para o pai que Salmon está sendo apenas generoso e Elias acredita na filha, mas pede que fique atenta. Kamir e Yussuf comem enquanto Rafi aparece para vender seus cestos. Kamir pergunta se Rafi quer ganhar algum dinheiro e pede que ele fique sentado ali na outra mesa. Rufi avisa à Zaíra que alguém tinha esquecido aquele ouro ali. E neste momento Kamir decide que encontrou a outra presa e pede que os soldados prendam Rafi, que fica apavorado. O carcereiro abre uma cela onde está Arauto e jogam Rafi ali. Kamir diz para Rafi que ele deveria ter tirado vantagem da situação e por este motivo será uma das presas da caçada humana. Tobias anda de um lado para o outro, como um animal enjaulado quando entra Quemuel.

Capítulo 081, quarta-feira, 26 de outubro – Tobias pede para falar com Setur pois só ele pode ajudá-lo. Na tenda de Calebe, ele reúne a família para dar boas-vindas aos estrangeiros. Josué diz a todos na tenda de reunião que a aliança de Deus com o povo foi mais uma vez confirmada com vitória sobre as muralhas de Jericó. Arauto começa a conversar com Rafi e diz que ali naquele lugar não precisa fazer nada para ser punido. Tiléia fica preocupada com a demora de Rafi. Tobias pede para Setur uma máscara de ferro para cobrir as cicatrizes. Setur sugere uma máscara de couro. Tiléia e Kira saem pelas ruas à procura de Rafi. Elas entram na hospedaria de Zaíra e perguntam sobre o vendedor de cesto. Zaíra revela que os soldados prenderam Rafi. Kamir diz a Durgal que já achou a outra presa. Yussuf aparece e diz que a esposa do vendedor de cesto está do lado de fora do palácio. Kamir pede que a deixe entrar. Durgal conta a Tiléia que ele será uma presa e ela diz para fazer o que quiser com ela para poupar o marido. Ela é retirada do palácio, mas Melina fica comovida com Tiléia. Josué pede para que Zuma fique ao seu lado. Ele conta que Zuma foi um grande rei, conheceu a riqueza e auxiliará muito nas batalhas, além de contribuir muito para o exército de Israel. Iru, enciumado, não gosta do que Josué fala. No palácio, Ravena, sentada no meio do templo, medita de olhos abertos diante da fogueira e diz para Jordi avisar Kamir que não pode vê-lo nas próximas horas. Tobias aparece na tenda das reuniões usando uma máscara de couro. Josué pede que Tobias se aproxime e o elogia pela sua bravura. Todos se aproximam de Tobias para cumprimenta-lo. Em seguida, Josué apresenta Raabe e sua família e diz que eles ajudaram Salmon e Melquias. Josué pede que todos recebam Raabe e sua família de braços e corações abertos. Que os acolham como se fossem de sua própria família. Mara fica desconfiada e Acã diz que Raabe era prostituta em Jericó. Mara se assusta com o que ouve. Ela, indignada, fala para todos que Josué teve coragem de pedir para respeitarem uma prostituta cananeia.

Capítulo 082, quinta-feira, 27 de outubro – Salmon tenta defender Raabe do insulto de Mara. Acã também critica a presença da meretriz no acampamento. Josué intervém e questiona a atitude de Mara. O líder pede para Zuma permanecer ali e avisa que não vai tolerar qualquer preconceito com Raabe. Triste coma prisão de Rafi, Tiléia é amparada por Kira. Envergonhado, Orias diz que deseja deixar o acampamento. Salmon tenta se desculpar com Raabe. Jéssica chega e se irrita ao ver o namorado com a cananeia. Salmon corre para se explicar. Jéssica tenta beijá-lo, mas ele não corresponde. A moça cai em prantos. Lila apresenta Gael a Nobá. Josué lamenta a atitude de Mara e Acã. Aiúde questiona o comportamento da esposa. Kira pede aos deuses de Ai para trazer Rafi de volta. Kalu diz querer deixar a hospedaria de Zaíra. A dona do estabelecimento vai até o palácio real. Aruna tenta confortar Raabe. Zaíra entrega alguns pássaros à feiticeira Ravena. Kalu rouba uma moeda de Kira enquanto ela caminha pelas ruas. Calebe alerta Josué dizendo que Aruna pode desviar sua atenção. O líder descorda e procura a moça para uma conversa. Kira alcança Kalu. Ela fala sobre o sumiço de Rafi com o Lagarto. Ele oferece ajuda. Josué se entende com Aruna e a beija. Tobias não consegue perdoar Zaqueu. Quemuel trata Zuma com hospitalidade. Tobias tira a máscara e parte pra cima de Zaqueu. Eles lutam. Os outros hebreus apartam a briga. Tobias ameaça Zaqueu. Chaia observa o conflito com tristeza. Josué avisa que está na hora de assumir o compromisso com Aruna. Ele pede para ela esquecer o Soldado Mascarado. Léia diz para Samara que elas precisam fingir gostar dos estrangeiros. Tobias chega chateado e Zuma tenta acalmá-lo. O Monstro Hebreu convida o guerreiro núbio para ir até a tribo Naftali. Pedael reclama da atitude de Mara em ofender Raabe. Acã reclama da presença dos estrangeiros no acampamento. Tobias pede para Pedael lhes servir vinho. Jesana convida Darda e Chaia para a tribo das festas. Na masmorra do palácio de Ai, Rafi pede a Arauto para cuidar de Tiléia e Kira caso ele morra na caçada humana. Kruga chega e avisa que o rei deseja ver o mensageiro. Durgal pede para Arauto lhe contar uma história para dormir. Kalu e Kira conseguem achar um buraco no muro do palácio e chegam até a masmorra. Rafi se surpreende ao ver a filha em sua cela. Kamir conversa com Melina e diz que os plebeus servem para o deleite dos governantes. A moça não entende o posicionamento cruel de seu pai. Chaia pede para falar a sós com Tobias. Acã e os filhos provocam Zuma. O guerreiro núbio se controla para não cair na provocação. Kira e Kalu conseguem deixar a prisão antes da chegada de Kruga. Kamir surpreende Melina ao avisar que o jantar é para oficializar a união da filha com o oficial Yussuf. Chaia conversa com Tobias e tenta justificar a atitude de Zaqueu. Darda chega e avisa que estão brigando na tenda. Eles entram e veem Gibar acertando um soco na cara de Zuma.

Capítulo 083, sexta-feira, 28 de outubro – Gibar acerta um soco na cara de Zuma e o chama de covarde. O guerreio núbio tenta se controlar e o encara furioso. Tobias intervém e os alerta sobre o perigo de provocar o lutador. Acã e os filhos zombam do Monstro Hebreu. Tobias fica furioso e parte pra cima. Zuma o segura. Melina se recusa a casar com Yussuf. Ula pede para a filha repensar. Melina diz que Yussuf só a quer para entrar para entrar na família real. Kamir repreende a filha. Melina diz que só se casará por amor. Kamir pede para Yussuf ser paciente. Aruna encontra Ioná e fala da reaproximação com Josué. Samara e Léia dizem acreditar na separação do casal. Aruna se despede de Ioná. Kamir diz que em breve se tornará rei e ameaça Melina. Salmon conversa com Orias. Raabe agradece a hospitalidade de Aruna. Kamir diz que Melina é obrigada a casar com Yussuf. Eleazar diz que Boã precisará cuidar bem das duas esposas. Aruna leva Raabe para conhecer Inês. Zaíra diz que os Lagartos precisam comer bastante. Kira e Kalu falam com Tiléia sobre a ida ao palácio. Inês diz palavras de fé para Raabe. A cananeia agradece o amparo. Tiléia agradece pela atitude de Kalu. Acã fala com os filhos e diz que precisam fingir que foram atacados por Zuma. Kalu volta para hospedaria e fala sobre a aventura que viveu no palácio com Kira. Quemuel diz que Josué precisa saber o que fizeram com Zuma. Durgal diz que não poupará a vida de Arauto. Kruga avisa que chegou a hora da caçada humana. Sama chora ao ouvir Boã dizendo que Eleazar aprovou a união com Ruth. Kamir mente para Yussuf e diz que Melina concordou em se casar. Durgal dá início a caçada humana. Arauto e Rafi correm desesperados para longe do palácio tentando se salvar. Ruth agradece por se tornar a segunda esposa de Boã. Ela sai da tenda e abre um sorriso vitorioso. Rafi e Arauto decidem se separar para dificultar a caçada do rei. Durgal, Kamir e Yussuf seguem caçando as duas presas humanas. Acã pede para falar com Josué urgente. Durgal encontra Rafi e aponta a flecha em sua direção. Arauto aparece de repente e se coloca na frente do rapaz. Acã mente e diz que Zuma agrediu seus filhos. O vilão pede para punirem o guerreiro núbio.

Capítulo 084, segunda-feira, 31 de outubro – Samara fica impressionada ao saber que Aruna é o Soldado Mascarado. Durgal ordena a prisão de Tiléia. Melina se abre com Najara e diz que jamais se casará com Yussuf. Em conversa com Josué, Aruna diz sentir falta de sua mãe. Yana pesca dm um lago para se alimentar. Josué e Aruna trocam palavras de amor. Ruth se irrita ao ouvir Boã dizer que fará uma simples cerimônia de casamento. Laila diz querer que a filha se case com uma grande festa. Tirda se incomoda com o mau cheiro de Haniel. Zaíra permite a presença de Kira na hospedaria. Arauto procura Tiléia na masmorra e diz querer ajudá-la. Ruth e Livana conversam sobre os preparativos de seus casamentos. Tirda reclama do fedor de Haniel e diz que não dormirá ao seu lado. Samara conta para Léia sobre o segredo de Aruna. Escondidos, Kalu e Kira vão até a masmorra para falar com Tiléia. Léia diz que encontrará um jeito de usar esse segredo contra Aruna. Josué e Aruna fazem planos para o futuro. Josué avisa que o próximo alvo dos hebreus será o reino de Ai. Acsa diz ter gostado do presente dado por Otniel. Josué diz que Salmon e Melquias serão espias novamente, desta vez no reino de Ai. Salmon se entristece ao perceber o ciúme de Jéssica. Orias diz que vai deixar o acampamento. Milah pede para o marido ter paciência. Zaíra leva alguns animais para um ritual de Ravena no palácio. Acã avisa que será lucrativo um casamento entre Gibar e Acsa. Kira e Kalu se escondem de alguns soldados no corredor do palácio de Ai. Salmon comunica à família de Raabe sobre a nova missão que enfrentará. Durgal diz que desfrutará dos encantos de Tiléia. Acã procura Calebe e pede a mão de Acsa para Gibar. Ravena joga os coelhos trazidos por Zaíra em uma fogueira. Kalu se impressiona ao descobrir que a dona da hospedaria é uma bruxa. Ruth tenta convencer Boã a fazer uma grande festa de casamento. Arauto tenta amparar Tiléia. Durgal pede o corpo da moça em troca do corpo de Rafi.

Capítulo 085, terça-feira, 01 de novembro – Tiléia se recusa a deitar com Durgal, mas o rei diz que ela será obrigada. Kalu diz que precisa salvar os Lagartos das garras de Zaíra. Acã pergunta se Calebe autoriza que Acsa se case com Gibar. Arauto consegue convencer Durgal a desistir da ideia de deitar-se com Tiléia. Calebe pede um tempo para responder a Acã. Maquir provoca Rune e eles saem no tapa. Calebe conversa com Noemi e diz não concordar com a união entre Acsa e Gibar. Elidade tenta descobrir o motivo da briga, mas Rune desconversa. Kalu avisa aos Lagartos sobre o perigo de estarem próximos à Zaíra. Livana descobre que Rune brigou com Maquir e fica sem resposta para dar à Laila. Ao tentarem fugir, os Lagartos são surpreendidos com a chegada de Zaíra. Elidade e Laila questionam Livana, mas ela consegue disfarçar. Tiléia agradece pela atitude de Arauto. Zaíra impede que os Lagartos fujam. Noemi tenta convencer Acsa a esquecer Gibar. Acã conversa com os filhos e critica Calebe. Acsa encontra o presente deixado por Otniel em sua tenda. O guerreiro atrapalhado se abre com Quenaz. Maquir e Gael tentam convencer Haniel a tomar banho. Zaíra descobre que Kalu já sabe de seu segredo. Os Lagartos conseguem atacar a bruxa e escapam. Na fuga, Lagartinho acaba sendo detido pela dona da hospedaria. Tirda reclama da falta de banho de Haniel. Josué reúne os líderes tribais e avisa sobre sua relação com Aruna. Paltiel, Samuel e Jogli criticam a atitude do líder de Israel. Livana agradece a proteção de Rune. Calebe conversa com Noemi e critica a decisão de Josué de se envolver com Aruna. O líder avisa à guerreira sobre o aviso que deu. Mara também critica a relação de Josué e Aruna. Eleazar e Inês falam sobre o poder de Deus com Raabe e seus familiares. Kalu e os Lagartos se desesperam ao notarem que Lagartinho foi capturado por Zaíra. A dona da hospedaria tenta fazer o menino comer ainda mais. Arauto tenta convencer Durgal a libertar Tiléia, mas o rei se recusa. Quemuel diz que encontrará um marido para Samara. A vilã cai no choro. Kamir conversa com Yussuf e cobiça o trono de Durgal. Arauto chega sem ser notado e escuta a conversa. Calebe procura Acã para dar a resposta sobre o noivado entre Acsa e Gibar. Yana observa Aruna de longe. A moça percebe que está sendo observada. Ela se antecipa e surpreende Yana.

Capítulo 086, quarta-feira, 02 de novembro – Yana diz ser uma hebreia e Aruna oferece ajuda. A forasteira diz que não pode falar muito sobre sua vida e vai embora. A guerreira fica encafifada. Calebe procura Acã e diz que não permite o casamento entre Acsa e Gibar. Kamir e Yussuf descobrem a presença de Arauto na sala do trono. Acã oferece ouro para que Calebe conceda a mão de Acsa para Gibar. Arauto suplica por sua vida e diz não gostar de Durgal. Yussuf diz que o rapaz pode ser útil. Arauto pede para libertarem Tiléia. Acã avisa que Calebe não terá mais sua amizade. Arauto diz que pode ajudar Kamir a destruir Durgal. Léia tenta convencer Samara a aceitar um novo pretendente. Aruna conversa com Josué e fala sobre a mulher misteriosa. Ela diz que pode ser sua mãe. Kalu pede ajuda a Deus para salvar Lagartinho das garras de Zaíra. A dona da hospedaria tenta fazer com que o menino coma mais. Um pastor de ovelhas procura Josué e diz que os animais foram devolvidos tosados e sem ferimentos. O líder fica preocupado. Tiléia é libertada da masmorra. Eleazar e Inês passam os ensinamentos religiosos para Raabe e os outros estrangeiros. Mara diz não admitir que as crianças do acampamento aprendam sobre Deus junto com as crianças cananeias. Ela procura Acã. Raabe agradece a hospitalidade de Salmon. Acã diz que ajudará Mara a arrumar um jeito de impedir a presença dos estrangeiros em Gilgal. Eleazar não os escuta e eles dizem que precisam falar com os pais das crianças hebreias. Zaqueu pede Chaia em casamento. Tirda reclama do cheiro de Haniel. Ula se abre com Melina e diz que Kamir pretende matar Durgal. A jovem procura Ravena e conta o que ouviu de sua mãe. A feiticeira aconselha Melina a contar para Yussuf. Acã elogia a beleza de Mara. Otniel tenta pescar em um riacho próximo ao acampamento. Tiléia volta para casa e reencontra Kira. Os Lagartos dizem que Arauto pode ajudar a libertar o Lagartinho. Aiúde estranha o comportamento de Mara. Salmon e Melquias se despedem de seus familiares e seguem para a missão dos espias, desta vez no reino de Ai. Jéssica sente ciúmes de Raabe. Melina conta para Yussuf que Kamir quer matar Durgal para tomar seu lugar. O general diz que é preciso contar ao rei. Eles chegam na sala do trone e a moça se assusta ao ver Kamir sentado no trono. Otniel encontra a pegada de um gigante.

Capítulo 087, quinta-feira, 03 de novembro – Otniel corre para contar a Josué sobre a pegada de gigante que encontrou próximo ao riacho. Kamir diz que Melina o traiu. A moça implora para ser perdoada. Josué é avisado sobre a pegada do gigante e sai para falar com os outros guerreiros. Kamir manda prenderem Melina na masmorra. Samara não se conforma em casar com o novo pretendente. Josué, Otniel e os outros guerreiros saem para verificar o local onde a pegada foi encontrada. Acã diz que Gibar precisa desonrar Acsa. O vilão manda o filho presentear a moça com uma joia. O carcereiro Kruga amedronta Melina na masmorra. Ula implora para kamir libertar a filha. Tiléia, Arauto e os Lagartos armam um plano para libertar Lagartinho. Josué, Otniel e os outros guerreiros não encontram a pegada. Eles são observados de longe. Gibar presenteia Acsa com uma joia. Ela avisa sobre o perigo de estarem juntos. Acã duvida da palavra de Otniel. Josué alerta seu povo sobre a possível presença de um gigante próximo ao acampamento. Aruna pede para Calebe trinar com ela. O líder tribal se surpreende com a destreza da guerreira. Ao saber da reação de Samara, Aruna avisa que dormirá no celeiro. Acã e Mara convencem Haniel a proibir Gael de andar com as crianças cananeias. Arauto chega à hospedaria e finge estar interessado em Zaíra. Tiléia chega e faz um barraco, fingindo ser esposa do mensageiro. Kalu aproveita a confusão e rouba as chaves de Zaíra. Ele consegue libertar Lagartinho. A bruxa fica furiosa ao saber que foi enganada. Mara e Acã tentam jogar Elias e Jéssica contra os estrangeiros. Tiléia, Arauto e os Lagartos comemoram o êxito do plano. Acã tenta dar em cima de Mara, mas ela fica sem graça e diz que precisa ir. Haniel proíbe o filho de andar com os filhos de Milah. Durgal é bajulado pelos nobres do palácio. Haniel diz não aguentar os sermões de Tirda. Boã e Rune decidem fazer seus casamentos em uma mesma cerimônia. Zaqueu avisa que se casará com Chaia e diz que pode ser um casamento triplo. Todos concordam. Ravena finge compaixão e visita Melina na prisão. A feiticeira encontra Kamir e diz ter a confiança da jovem. O prefeito rouba um beijo da feiticeira, que se faz de difícil e deixa o local. Inconformado com o noivado entre Zaqueu e Chaia, Tobias se abre com Zuma e diz odiar o arqueiro. Jéssica impede que Lila fique perto de Raabe. Melquias e Salmon chegam aos portões do reino de Ai. Em um ato impulsivo, o filho de Acã acaba chamando a atenção de dois soldados.

Capítulo 088, sexta-feira, 04 de novembro – Salmon e Melquias começam a lutar com os dois soldados que vigiavam os portões do reino de Ai. Jéssica nota que Lila não está em sua tenda. Ela sai para procurar a menina. Raabe diz que é hora de sua família ter a própria tenda. Melquias e Salmon conseguem matar os dois oficiais. Eles começam a tirar os uniformes dos soldados e entram na cidade disfarçados. Lila aparece na tenda de Salmon e diz querer ficar com Raabe. Iru encontra a joia que Acsa ganhou de Gibar e alerta a irmã sobre o perigo que está correndo. Acã diz que Gibar deve conquistar a moça. Kamir é avisado sobre a morte dos dois soldados. O general Yussuf avisa sobre a precariedade do exército de Ai. Tirda critica a falta de higiene do marido. Ela reclama da maneira como Haniel trata Gael. Kamir avisa a Durgal sobre a morte dos oficiais. O prefeito diz que cuidará de tudo. Jéssica não encontra Lila e pede ajuda à Mara. Quemuel diz já ter um pretendente para Samara. Kalu e os Lagartos saem para roubar comida. Zaíra os vê e manda dois soldados os prenderem. Léia conversa com a filha e diz que o pretendente se chama Abel. Samara se mostra inconformada e tem uma ideia. Sama recebe os conselhos de Inês. Elias vai até a tenda de Laila para vender um vestido para Livana e Ruth. Chaia e Zaqueu fazem planos para o futuro. Kalu se surpreende ao notar que os dois soldados que o perseguem são Salmon e Melquias. Tobias procura Chaia e declara novamente seu amor. Kalu diz que ajudará Salmon e Melquias a se abrigarem. Ula visita Melina na prisão e diz que a filha precisa obedecer Kamir. O prefeito pergunta se a mulher fez tudo como ele mandou. Kalu chega na casa de Tiléia com comida e trazendo os dois hebreus. Quemuel e Léia recebem Abel, o novo pretendente de Samara. A vilã aparece descabelada e malvestida para espantar o rapaz. Ravena conversa com Kamir e Yussuf. A feiticeira diz que é preciso aproveitar o momento que Durgal está doente para executá-lo. Tobias rouba um beijo de Chaia, mas a moça lhe acerta um tapa na cara. Jéssica encontra Lila na tenda de Salmon, junto com Raabe, e faz um escândalo.

Capítulo 089, segunda-feira, 07 de novembro – Salmon e Melquias começam a lutar com os dois soldados que vigiavam os portões do reino de Ai. Jéssica nota que Lila não está em sua tenda. Ela sai para procurar a menina. Raabe diz que é hora de sua família ter a própria tenda. Melquias e Salmon conseguem matar os dois oficiais. Eles começam a tirar os uniformes dos soldados e entram na cidade disfarçados. Lila aparece na tenda de Salmon e diz querer ficar com Raabe. Iru encontra a joia que Acsa ganhou de Gibar e alerta a irmã sobre o perigo que está correndo. Acã diz que Gibar deve conquistar a moça. Kamir é avisado sobre a morte dos dois soldados. O general Yussuf avisa sobre a precariedade do exército de Ai. Tirda critica a falta de higiene do marido. Ela reclama da maneira como Haniel trata Gael. Kamir avisa a Durgal sobre a morte dos oficiais. O prefeito diz que cuidará de tudo. Jéssica não encontra Lila e pede ajuda à Mara. Quemuel diz já ter um pretendente para Samara. Kalu e os Lagartos saem para roubar comida. Zaíra os vê e manda dois soldados os prenderem. Léia conversa com a filha e diz que o pretendente se chama Abel. Samara se mostra inconformada e tem uma ideia. Sama recebe os conselhos de Inês. Elias vai até a tenda de Laila para vender um vestido para Livana e Ruth. Chaia e Zaqueu fazem planos para o futuro. Kalu se surpreende ao notar que os dois soldados que o perseguem são Salmon e Melquias. Tobias procura Chaia e declara novamente seu amor. Kalu diz que ajudará Salmon e Melquias a se abrigarem. Ula visita Melina na prisão e diz que a filha precisa obedecer Kamir. O prefeito pergunta se a mulher fez tudo como ele mandou. Kalu chega na casa de Tiléia com comida e trazendo os dois hebreus. Quemuel e Léia recebem Abel, o novo pretendente de Samara. A vilã aparece descabelada e malvestida para espantar o rapaz. Ravena conversa com Kamir e Yussuf. A feiticeira diz que é preciso aproveitar o momento que Durgal está doente para executá-lo. Tobias rouba um beijo de Chaia, mas a moça lhe acerta um tapa na cara. Jéssica encontra Lila na tenda de Salmon, junto com Raabe, e faz um escândalo.

Capítulo 090, terça-feira, 08 de novembro – Josué questiona a atitude de Jéssica e diz que providenciará uma tenda para a família de Raabe. Tobias diz que Zaqueu não é digno de Chaia. Abel mostra interesse em Samara. Kamir, Yussuf e Ravena tramam a morte de Durgal. Salmon e Melquias se vestem com as roupas de Rafi. Samara tenta fingir ser desajeitada para espantar Abel. Tobias entra furioso na tenda. Quemuel tenta consolar o filho. Raabe agradece a Calebe por sua nova tenda. Orias reclama da atitude de Jéssica. Na missão dos espias, Salmon descobre que o exército de Ai não está bem preparado. Yussuf tenta descobrir o paradeiro dos invasores. Para tentar afastar Abel, Samara prepara uma sopa com pedras. Lila discute com Jéssica. Na hospedaria de Zaíra, Salmon e Melquias prestam atenção na conversa de Yussuf. Eles escutam o general dizer que existe muita corrupção no reino. Maquir procura Livana. Samara serve a sopa de pedras para Abel e ele diz ter adorado a comida. Ela se decepciona. Maquir trata Livana com carinho. Sem graça, ela deixa o local. Zaíra alerta Yussuf para a presença de Salmon e Melquias na hospedaria. Os hebreus não conseguem disfarçar e eles lutam com os oficiais cananeus. Salmon e Melquias levam a melhor e conseguem fugir. Yussuf esbraveja. Ravena, com a ajuda de Jordi, prepara uma poção para matar Durgal. Ela diz a Kamir que em breve o rei estará morto. Yussuf avisa sobre a luta com os hebreus na hospedaria. Livana inventa uma desculpa sobre sua demora. Tirda fica chateada com a grosseria de Haniel. Mara e Jéssica comentam sobre os estrangeiros. Tirda se irrita com a falta de educação do marido e vai para o quarto. Na casa de Tiléia, Salmon avisa que o melhor a ser feito é interromper a missão em Ai. Yussuf visita Melina na prisão. Ela pede para o general libertá-la como prova de seu amor. Tirda e Haniel discutem. Ela vai dormir no celeiro com Gael. Yussuf pede para Kamir libertar Melina. Acã rouba um beijo de Mara e ela lhe acerta um tapa na cara. O vilão se assusta e ela mostra indecisão. Eles então se beijam. Abel conversa com Samara e diz saber que ela está tentando lhe afastar. Ele diz que ficou ainda mais interessado nela. Samara fica furiosa. Léia e Quemuel dizem que precisam ter uma conversa com a filha. Kamir liberta Melina. Jordi consegue jogar a poção dentro do prato de Durgal. O rei pede para Arauto experimentar a sopa antes. O ex-mensageiro de Jericó começa a passar mal. Durgal grita para chamar os guardas e diz que alguém tentou envenená-lo.

Capítulo 091, quarta-feira, 09 de novembro – Durgal avisa que alguém tentou envenená-lo. Ele manda os guardas prenderem o servo. Arauto suplica por ajuda. Durgal manda os oficiais levarem o ex-mensageiro de Jericó para ser atendido por Ravena. Samara se desespera ao ouvir Quemuel dizendo que ela se casará com Abel querendo ou não. Durgal manda Yussuf e Kamir encontrarem o culpado pelo envenenamento da sopa. Ravena conversa com Jordi e diz que Arauto sobreviverá. Kamir diz que já sabe quem culpar. Kalu diz que ajudará Salmon e Melquias a fugirem. Léia tenta convencer Samara a aceitar o novo pretendente, mas a vilã diz que só aceita Josué. Aruna chega e elas se encaram. Kamir e Yussuf pressionam o criado que serviu a sopa envenenada a Durgal. Eles mandam o servo dizer que foi mandando pelos espiões hebreus. Samara parte para cima de Aruna, mas Léia a segura. A esposa de Quemuel pede para Aruna passar a noite no celeiro para evitar confusão. O criado avisa que tentou matar o rei a mando dos hebreus. Durgal manda executarem o servo. Yussuf não cumpre o combinado e mata o rapaz. Os Lagartos jogam pedras nos soldados que protegem o portão da cidade. Salmon e Melquias conseguem fugir. Ula alerta Melina sobre o perigo de contrariar Kamir. O prefeito descobre que os espiões fugiram. Aruna conversa com Tirda e Gael no celeiro. Kamir diz a Durgal que os hebreus foram os responsáveis pelo envenenamento. Arauto finge estar desacordado e escuta Kamir tramar contra a vida do rei. Aruna e Tirda acordam no celeiro. Salmon chega em casa e estranha a ausência de Lila e Raabe. Inês e Eleazar visitam a família de Milah. Salmon encontra Josué e explica a falha na missão dos espias. O líder repreende Melquias, que chega em casa e desabafa com Acã. Tirda arruma a tenda de Haniel. Salmon se surpreende ao saber que Jéssica colocou Lila de castigo. Arauto tenta fazer com que Durgal não acredite em Kamir, mas ele é surpreendido com a chegada do prefeito. Haniel chega em casa faminto e pede comida à Tirda. Salmon pede para Lila se retirar e diz que precisa falar a sós com Jéssica. Melina se abre com Najara e diz que fugirá de Ai. Salmon termina o namoro com Jéssica.

Capítulo 092, quinta-feira, 10 de novembro – Salmon termina o namoro com Jéssica e ela culpa Raabe. A prostituta fica feliz ao rever o guerreiro hebreu. Iru conversa com Melquias e avisa que fará algo que o faça ser respeitado. Raabe explica para Salmon sobre o acontecido entre ela e Jéssica. Noemi se preocupa com a impulsividade de Iru. Durgal e Kamir armam um plano para enviar espiões ao acampamento aproveitando o sétimo dia de descanso obrigatório dos hebreus. Isaque e Temá chamam Neziá para conversar com Pedael. Haniel é criticado pelo mau cheiro. Pedael pede para namorar com Neziá. Jéssica se lamenta com Mara. Zuma escuta Léia falando mal dele. Ravena diz que Melina deve se conformar com Yussuf. Abel presenteia Samara com um lindo vestido. Josué conversa com Aruna e diz que Samara terá que aceitar a relação deles. Noemi acha o colar que Gibar deu para Acsa. Melquias dá em cima de Jéssica. Zuma avisa que deixará a tenda de Quemuel. Acã namora com Mara às escondidas no celeiro. Ela chega em casa e disfarça o atraso. Raabe convida Zuma para morar em sua nova tenda. Inês e Eleazar falam sobre o Shabat, nome dado ao descanso semanal dos hebreus, conforme a orientação que Deus deu a Moisés. Acã chega em sua tenda e reclama da preguiça dos filhos na preparação do Shabat. Elias tenta confortar Jéssica. Lila janta com Salmon. Boã se declara para Sama. Disfarçados de hebreus, Yussuf e dois soldados seguem para o acampamento. Josué ora a Deus. Tobias fica intrigado com a atitude de Zuma. O guerreiro núbio é acolhido pela família de Raabe. Yussuf chega ao acampamento e decide entrar na tenda de Acã. Calebe se irrita ao saber que Gibar deu uma joia para Acsa. Ravena humilha Jordi, seu ajudante. Ele se mostra obcecado pela feiticeira. Kamir deixa o quarto e Ula fica curiosa. Acã é surpreendido por Yussuf e tenta negociar com o general de Ai. O vilão hebreu diz que pode entregar Josué. Kamir fica satisfeito ao ouvir Ravena dizer que ele será o novo rei de Ai. A feiticeira se entrega ao prefeito. Yussuf e os dois soldados entram na tenda de Josué enquanto o líder dorme.

Capítulo 093, sexta-feira, 11 de novembro – Josué acorda e luta com os cananeus. Ravena se entrega ao prefeito Kamir. Josué mata os dois soldados e luta com Yussuf. O líder hebreu atinge o general de Ai. Ferido, Yussuf foge e recebe a ajuda de Acã, que pede ouro em troca de novas informações. O oficial do rei diz uma senha para o vilão hebreu entrar na cidade de Ai. Ravena seduz Kamir e diz ser digna de tornar-se uma rainha ao lado dele. O prefeito se rende aos encantos da ambiciosa feiticeira. Kamir volta para seu quarto e maltrata Ula. Josué se reúne com Calebe e Salmon. Eles chegam a conclusão que pode haver um traidor entre os hebreus. Orias e Milah trocam palavras de amor. Ravena cuida do ferimento de Yussuf. Durgal se mostra confiante na vitória contra os hebreus. Aruna diz que Josué precisa estar concentrado na próxima batalha. Alguns dias se passam. Chaia, Livana e Ruth dão os últimos retoques em seus vestidos de noiva. Tirda reclama que Haniel não quer tomar banho para ir ao casamento. Kamir, Yussuf e Ravena preparam os últimos detalhes para a cerimônia de união entre Melina e o general. Ula se emociona ao ver a filha vestida de noiva. Melina pede para ficar um tempo sozinha. Ela diz para Najara que precisa dar um jeito de fugir. Maquir tenta convencer Haniel a tomar um banho. Calebe e Noemi se preparam para a festa de casamento. Iru pede para ir na frente. Ele encontra Melquias e avisa que irá escondido até Ai para matar o rei. Durgal é bajulado por suas servas antes de ir para a cerimônia de união entre Melina e Yussuf. Acã pede para Melquias não dizer nada a Calebe sobre a ida impulsiva de Iru ao reino de Ai. A festa de casamento começa na tribo Naftali. Mara critica Elói. Elidade é cumprimentado pelos outros líderes tribais. Ruth se mostra ansiosa.

Capítulo 094, segunda-feira, 14 de novembro – Josué acorda e luta com os cananeus. Ravena se entrega ao prefeito Kamir. Josué mata os dois soldados e luta com Yussuf. O líder hebreu atinge o general de Ai. Ferido, Yussuf foge e recebe a ajuda de Acã, que pede ouro em troca de novas informações. O oficial do rei diz uma senha para o vilão hebreu entrar na cidade de Ai. Ravena seduz Kamir e diz ser digna de tornar-se uma rainha ao lado dele. O prefeito se rende aos encantos da ambiciosa feiticeira. Kamir volta para seu quarto e maltrata Ula. Josué se reúne com Calebe e Salmon. Eles chegam a conclusão que pode haver um traidor entre os hebreus. Orias e Milah trocam palavras de amor. Ravena cuida do ferimento de Yussuf. Durgal se mostra confiante na vitória contra os hebreus. Aruna diz que Josué precisa estar concentrado na próxima batalha. Alguns dias se passam. Chaia, Livana e Ruth dão os últimos retoques em seus vestidos de noiva. Tirda reclama que Haniel não quer tomar banho para ir ao casamento. Kamir, Yussuf e Ravena preparam os últimos detalhes para a cerimônia de união entre Melina e o general. Ula se emociona ao ver a filha vestida de noiva. Melina pede para ficar um tempo sozinha. Ela diz para Najara que precisa dar um jeito de fugir. Maquir tenta convencer Haniel a tomar um banho. Calebe e Noemi se preparam para a festa de casamento. Iru pede para ir na frente. Ele encontra Melquias e avisa que irá escondido até Ai para matar o rei. Durgal é bajulado por suas servas antes de ir para a cerimônia de união entre Melina e Yussuf. Acã pede para Melquias não dizer nada a Calebe sobre a ida impulsiva de Iru ao reino de Ai. A festa de casamento começa na tribo Naftali. Mara critica Elói. Elidade é cumprimentado pelos outros líderes tribais. Ruth se mostra ansiosa.

Capítulo 095, terça-feira, 15 de novembro – Rune reclama do atraso de Chaia e Zaqueu. Mara conversa com Léia e critica a diferença de idade entre Boã e Ruth. Sama escuta Mara falando mal dela e a chama de falsa. Arauto vai até a casa de Tiléia e fala sobre as riquezas do palácio. Kalu insinua que ele está apaixonado por Tiléia. Arauto desconversa. Eles armam um plano de roubar comida do palácio. Sama diz que Mara não tem mais sua amizade. Calebe estranha a ausência de Iru na festa. Lais, uma linda hebreia, observa Calebe de longe. Rune se declara para Livana. Arauto finge estar interessado na amizade de Kruga e o distrai. Tiléia, Kalu e Kira aproveitam a distração do carcereiro e entram no interior do palácio. Enciumada, Samara fala mal de Aruna para Léia. Ela se incomoda ao ver Abel se aproximar. Haniel chega bem vestido ao casamento. Tirda fica admirada. Ela se aproxima do marido e nota que ele não tomou banho. Ela se decepciona. Arauto continua enganando Kruga enquanto seus amigos deixam o palácio carregando sacos de comida. Eleazar se incomoda com a atitude grosseira de Haniel. Inês conforta Tirda e diz que ela deverá tomar uma atitude. Lais se apresenta à Noemi e Calebe. Tiléia chega em casa com a comida roubada e pede para os Lagartos convidarem todos da rua para um banquete em sua casa. Arauto diz admirá-la. Neziá diz que aceita namorar com Pedael. Raabe se incomoda com os olhares para ela. Calebe encontra Acã e avisa que quer Gibar longe de Acsa. Mibar permite que Neziá se encontre com Pedael. Tiléia, Kira, Kalu e os Lagartos distribuem comida para os vizinhos. No palácio, Yussuf estranha o atraso da noiva. Melina conversa com Najara e pede um véu escuro para cobrir o rosto. Isaque e Temá disputam Adélia. Jéssica, Mara e Acã criticam a presença dos estrangeiros na festa de casamento. A ex noiva de Salmon tenta provocar Raabe. Boã pede para Ruth controlar a ansiedade. Chaia chega linda ao casamento. Zaqueu segue para a cerimônia, mas é surpreendido por Tobias. O Monstro Hebreu o ameaça com uma faca.

Capítulo 096, quarta-feira, 16 de novembro – Tobias coloca uma faca no pescoço de Zaqueu e o conduz para longe dali. O arqueiro consegue tirar o anel de noivado e o solta no chão. Salmon e Raabe trocam elogios. Melquias fala com Jéssica e critica a cananeia. Kalu avisa que é preciso fazer algo contra Zaíra. Chaia estranha a demora de Zaqueu. Ruth pede para iniciar logo o casamento e é repreendida por Boã. Ioná e Aiúde se incomodam com as palavras de Mara. Ela troca olhares com Acã. Durgal manda chamar Melina para que o casamento aconteça logo. Os Lagartos planejam sabotar a comida da hospedaria de Zaíra. Chaia começa a ficar nervosa com a demora do noivo. Inês tenta encorajar Sama. Josué pede para Otniel e Quenaz irem atrás de Zaqueu. Usando um véu opaco, Najara finge ser Melina. Ula abraça a criada pensando ser a filha. Otniel encontra o anel de Zaqueu caído no chão. Enquanto caça próxima ao acampamento, Yana observa Zaqueu, amarrado, sendo conduzido por Tobias. Abel tenta elogiar Samara, mas é distratado por ela. Darda tenta acalmar Chaia. Envergonhada, a moça pede para Eleazar continuar a cerimônia sem ela. Ao deixarem Naftali, Darda e Chaia são observadas por alguém. Tobias leva Zaqueu para uma caverna e o ameaça. Incomodado, Kamir conversa com Ravena e comenta sobre a admiração que Jordi sente por ela. Ula se incomoda com os comentários da feiticeira. Josué fica preocupado ao saber que o anel de Zaqueu foi encontrado no chão. O líder pede para Salmon e outros guerreiros investigarem o sumiço de Iru e de Zaqueu. Ravena começa a celebrar a cerimônia de união entre Yussuf e a suposta noiva. Durgal se emociona com a festa. Kalu e Lagartinho entram na hospedaria sem ser notados. Eles jogam um líquido na comida que será servida aos clientes. Jesana avisa à Chaia que Zaqueu foi raptado. Calebe pede para Josué não preocupar Noemi. Darda tenta acalmar Chaia. Na caverna próxima ao acampamento, Tobias continua ameaçando Zaqueu. Salmon, Otniel e Quenaz encontram pegadas e seguem a pista. Zaíra serve a comida para os clientes na hospedaria de Ai. Eleazar dá prosseguimento à cerimônia. Bêbado, Maquir fala mal de Rune para Gibar. Eleazar dá continuidade ao casamento. Mara fala mal de Sama para Aiúde, que se incomoda. Eleazar oficializa a união entre Boã e Ruth, Livana e Rune. Kamir distrata Ula.

Capítulo 097, quinta-feira, 17 de novembro – Jordi e Ravena fazem um ritual pagão para unir Yussuf e a noiva. Eleazar os declaram maridos e mulheres. Laila e Elidade se emocionam ao ver a filha casada. Isaque e Temá apresentam um número circense. Adélia começa a cantar uma canção em hebraico. Noemi e Aruna elogiam a voz da moça. Os clientes de Zaíra começam a passar mal. Em baixo de uma mesa, Kalu e Lagartinho riem. Para impressionar Josué, Samara dá um beijo em Abel. Josué deixa a festa para verificar a investigação do sumiço de Iru e Zaqueu. Um gigante rouba um prato de comida na cerimônia dos hebreus. Yussuf fica chocado ao notar que é Najara em baixo do véu. Melina foge de Ai a cavalo. Tobias ameaça Zaqueu com uma lâmina quente. Yana chega sem ser notada. Rune e Livana seguem montados a cavalo no cortejo final do casório. Todos se surpreendem ao ver um gigante fugindo com a comida. O cavalo de Rune se assusta e empina. Rune e Livana seguem montados a cavalo no cortejo final do casório. Todos se surpreendem ao ver um gigante fugindo com a comida. O cavalo de Rune se assusta e empina. O animal quase pisoteia Livana, mas Rune se coloca na frente e leva uma forte patada nas costas. O guerreiro grita de dor. As crianças olham fascinadas para o gigante, que, assustado, foge. Desesperada, Livana grita pedindo ajuda para o rapaz. Rune é levado para a tenda de Darda. Ele diz não sentir as pernas. Melina galopa rapidamente fugindo de Ai. Irritado, Yussuf questiona Najara sobre o desaparecimento de Melina. A criada diz que apenas obedeceu às ordens da princesa. Yana se aproxima e atira uma flecha em Tobias antes que ele pudesse ferir Zaqueu. O Monstro Hebreu persegue a mulher. Rune recebe os cuidados de Darda. Ioná tenta confortar Chaia. kalu e Lagartinho conseguem fugir da hospedaria de Zaíra. Najara tenta se explicar para Ula.

Capítulo 098, sexta-feira, 18 de novembro – Kamir manda os soldados procurarem Melina. O prefeito se desentende com Ula e lhe acerta um tapa no rosto. Boã manda Ruth se acomodar na tenda. Darda se preocupa ao ver que Rune não sente as pernas. Tobias alcança Yana, mas ela acaba caindo de uma ribanceira. Zaqueu tenta se desamarrar. Yussuf pede para Ravena cancelar o casamento com a falsa noiva. O general pede para ficar a sós com Najara na prisão. Arauto estranha A escassez de comida no Palácio. Na casa de Tiléia, os Lagartos comemoram o sucesso do plano na hospedaria. Najara seduz Yussuf. O general não resiste e beija a criada. Na fuga, Melina acaba perdendo seu cavalo e segue a pé no deserto. Elói vai até a tenda de Josué e comunica o aparecimento do gigante. O líder hebreu e Aruna visitam Rune na tenda hospital. Gibar e Melquias decidem caçar o gigante sozinhos para ganharem respeito no acampamento. No celeiro, Acã e Mara se beijam às escondidas. Tobias se enfurece ao perceber que Zaqueu fugiu. Na fuga, o arqueiro avista Yana desacordada. Salmon e Otineil encontram Zaqueu. Eles seguem na direção da mulher desconhecida. Milah pede para Orias buscar farinha no celeiro. Agitado, Tobias chega na tenda de Raabe e pede a ajuda de Zuma. Bandidos beduínos cercam Melina no deserto. Iru percebe o perigo e corre para defendê-la. Eles lutam contra os bandidos do deserto. Iru leva a melhor no confronto, mas Melina é ferida e cai desacordada. Orias flagra Acã beijando Mara no celeiro. Otniel e Salmon chegam até a parte de baixo da ribanceira e amparam Yana. Fraca, ele pede para não ser levada ao acampamento hebreu.

Capítulo 099, segunda-feira, 21 de novembro – Yana pede para não ser levada ao acampamento hebreu e desmaia novamente. Otniel e Salmon começam a levantá-la. Acã percebe que Orias o flagrou beijando Mara. O vilão ameaça o pai de Raabe. Iru carrega Melina desacordada. Tobias explica todo o acontecido e avisa que fugirá de Gilgal. Melina acorda e se apresenta como Najara. Yussuf avisa que poupará a vida da criada e pede para ela observar Ula e Kamir de perto. Livana se desespera ao saber que Rune pode ficar aleijado. Salmon, Ortniel e Zaqueu chegam na tenda de Darda trazendo Yana. Chaia se surpreende ao rever seu amado. Acã pede para Orias lhe encontrar na manhã seguinte e avisa que o sapateiro terá que deixar Gilgal. Zaqueu conversa com Josué e avisa que foi sequestrado por Tobias. Otniel diz que Tobias pode estar bem longe. Aruna conta que já viu a mulher encontrada nas proximidades do acampamento. Zuma tentar convencer Tobias a desistir da ideia de fugir. Samara conversa com Léia e diz que beijou Abel para fazer ciúmes em Josué. Com a ajuda de Sama, Ruth se prepara para passar a primeira noite com Boã. Tirda discute com Haniel e sai de casa. Ela procura Inês e diz não suportar mais o mau cheiro e as grosserias do marido. Orias diz para Milah que eles devem deixar Gilgal. Sem entender, ela afirma que não deixará o acampamento. Iru e Melina conversam em uma caverna. Inês diz que Tirda pode ficar em sua tenda o tempo que precisar. Livana diz para Laila que passará a noite ao lado de Rune na tenda de Darda. Zaíra se enfurece com a falta de cliente e ameaça os Lagartos. Josué ordena a busca pelo gigante. Haniel pede aos filhos para prepararem o jantar. Léia se desespera ao descobrir que foi Tobias quem sequestrou Zaqueu. Haniel reclama do jantar preparado pelos filhos. De maneira fria, Boã se deita com Ruth. Logo em seguida, ele volta para seu quarto e deita ao lado de Sama, que finge dormir. Os oficiais de Ai avisam a Yussuf que o cavalo de Melina foi encontrado. Enquanto conversa com Najara, Ula tenta disfarçar um hematoma em seu rosto. Yussuf flagra Kamir beijando Ravena e fica em silêncio. Sonolento, Haniel tenta abraçar Tirda e cai da cama. Melquias e Gibar tentam caçar o gigante. Eles são vistos por alguém. Josué se surpreende ao ver Tobias em sua tenda. O Monstro Hebreu avisa que veio se entregar. Aruna tenta acalmar Rune e não percebe Yana fugindo.

Capítulo 100, terça-feira, 22 de novembro – Aruna sai a procura da forasteira. Fraca, Yana tenta fugir, mas cai desmaiada. Tobias se entrega a Josué explicar o acontecido. O líder hebreu avisa que o rapais será julgado. Sem revelar ter visto o beijo, Yussuf se aproxima e avisa que o cavalo de Melina foi encontrado. A princesa se surpreende ao ouvir Iru dizer que matará Durgal. O gigante consegue amarrar Gibar e Melquias e rouba a comida deles. Livana se desespera ao imaginar que não poderá consumar o casamento com Rune. Quemuel se enfurece com Tobias. Léia implora para Josué desculpar seu filho. Melina beija Iru e pede para o rapaz levá-la para Gilgal. Josué diz que Tobias deverá ser julgado. Aruna encontra o líder e diz que a mulher fugiu da tenda de Darda. Orias sai em silêncio e é visto por Zuma. O sapateiro encontra Acã e avisa que está deixando o acampamento. Zuma aparece e pergunta onde Orias está indo. Rabe encontra Yana desacordada perto de sua tenda. Orias pede para Zuma não se meter e vai embora. O estrangeiro questiona Acã. Raabe e Milah cuidam de Yana. Zuma chega trazendo Acã e avisa que Orias deixou Gilgal. Ruth se irrita ao ver que Boã não passou a noite ao seu lado. Ela pega o lençol manchado de sangue e pendura na entrada da tenda para todos saberem que Boã tem uma nova mulher. Obrigado por Zuma, Acã mente e explica que encontrou Orias deixando o acampamento sem nenhum motivo. Zaíra encontra Ravena e promete trazer os Lagartos para serem sacrificados. Kalu avisa que Ravena precisa ser detida. Os Lagartos acham graça da falta de jeito de Arauto no trato com Tiléia. Minar permite que Pedael namore Neziá. Isaque e Temá pedem Adélia em namoro. Ela diz que vai pensar em quem ela prefere. Gibar e Melquias contam para Josué que encontram o gigante. Eles mentem se gabando. Todos riem ao escutarem os rapazes dizendo que não conseguiram capturar a criatura. Sama fica constrangida ao ver o lençol sujo de sangue pendurado em sua tenda. Zaqueu se declara para Chaia. Josué ordena que as buscas ao gigante continuem. Inês dá conselhos à Tirda. Livana diz que sempre ficará ao lado de Rune. Haniel se incomoda com a bagunça em sua tenda. Boã repreende Ruth pela atitude impulsiva. Arauto e Tiléia se beijam. Melina e Iru são surpreendidos com a chegada de soldados de Ai. Eles tentam lutar mas são levados ao palácio de Durgal. Quemuel avisa a Tobias que chegou a hora do julgamento. Melina e Iru são entregues a Durgal. Aiúde flagra Acã em sua tenda conversando com Mara.

Capítulo 101, quarta-feira, 23 de novembro – Acã desconversa e diz que veio avisar que viu uma estranha na tenda de Raabe. Durgal aconselha Yussuf a se casar logo com Melina. Tiléia diz para Arauto que precisa de um tempo. Durgal manda os guardas prenderem Iru no calabouço. Ruth conversa com Tirda e finge ter gostado da noite de núpcias. Inês aconselha Sama. Acã avisa a Josué sobre a estrangeira que viu na tenda de Raabe. O líder deduz que se trata de Yana. Ula avisa Melina sobre a raiva de Kamir. Arauto ajuda Durgal a se vestir para o casamento da sobrinha com Yussuf. Nobá diz não acreditar que Orias tenha fugido sem motivo. O sapateiro caminha no deserto se afastando do acampamento. Acsa e Noemi se preocupam com o sumiço de Iru. O jovem guerreiro acorda dentro da masmorra do palácio. Arauto se distrai pensando em Tiléia e é questionado pelo rei. Laila alerta Elidade para o perigo de Rune não poder consumar o casamento. Revoltado, o guerreiro pede para Livana anular o casamento. Noemi diz que Laís será sempre bem-vinda em sua tenda. Boã se incomoda com a aproximação de Ruth. Zuma tenta acalmar Tobias. Léia critica o estrangeiro núbio. Josué dá início ao julgamento de Tobias. Zaqueu testemunha e conta o que aconteceu. Quemuel elogia a atitude do filho de ter se entregado. Acã diz que o Monstro Hebreu deve ser punido. Mara envenena Jéssica contra Raabe. Elói e Jesana levam Yana de volta para a tenda de Darda. Rune chama Jesana e diz que precisa dizer algo importante. Léia implora para livrarem seu filho. Tobias assume toda a culpa diante de todos. Jesana aconselha Rune a ter paciência e diz que o guerreiro ainda poderá ter uma vida normal ao lado de Livana. A moça procura Laila e diz que Rune quer anular o casamento. Tobias culpa Zaqueu por ter sido capturado pelos cananeus de Jericó. O Monstro Hebreu surpreende a todos ao dizer que Chaia é o grande amor de sua vida. No pal[acio de Ai, Ravena realiza uma cerimônia para unir Yussuf e Melina. Os hebreus pedem para Tobias ser apedrejado. Léia implora para livrarem seu filho. Josué condena Tobias a receber vinte chibatadas diante de todo o acampamento de Gilgal. Ravena oficializa a união entre Yussuf e Melina. Amarrado em um tronco, Tobias começa a receber as chibatadas.

Capítulo 102, quinta-feira, 24 de novembro – Léia chora ao ver o filho sendo punido. Chaia não suporta ver Tobias sendo chicoteado. Ravena declara Yussuf e Melina casados oficialmente. Ele tenta beijar a moça, mas ela cospe nele. Quemuel tenta acalmar Léia. Kamir vai até a masmorra e diz que fará de Iru um escravo. Tobias desabafa com Aruna e diz não acreditar mais em Deus. Haniel sente seu próprio mau cheiro. Inês dá conselhos à Tirda. Kamir avisa à Ula que arrancará informações do prisioneiro hebreu. Najara escuta a conversa e conta para Yussuf o plano do prefeito. Kamir avisa que Melina se tornará uma serva para ser castigada. A princesa então é obrigada a trabalhar nas ruas do reino. Exausta, ela vê Iru sendo escravizado. Zaqueu e Chaia combinam um novo casamento. Samara conversa com Tobias e diz saber de um jeito para o irmão se vingar de Zaqueu. Josué avisa que é preciso conquistar logo o reino de Ai. Samara aconselha Tobias a fingir arrependimento para enganar a todos. Josué tem a ideia de enviar uma caravana de artistas hebreus disfarçados para se infiltrarem na cidade inimiga. Orias chega até os portões de Ai e os soldados o deixam entrar. Aruna e Darda conversam sobre Yana. Orias procura emprego nas ruas de Ai. Yussuf reclama por Kamir não ter falado nada sobre o castigo que daria à Melina. Kalu oferece ajuda a Orias e o leva para a casa de Tiléia. Eleazar fala sobre Deus com a família de Raabe. Elói não suporta as ofensas de Mara e avisa à Ioná que eles precisam morar sozinhos. Acã conversa com Jogli, Eliazafe e Samuel. O vilão mente sobre a saída de Orias do acampamento. Raabe diz para Eleazar que seu pai deixou Gilgal. O sumo sacerdote tenta confortá-la. Jéssica morre de ciúmes ao ver Salmon conversando com Raabe. Melina tenta dar água para Iru, mas eles são vistos por um soldado. O oficial ameaça bater na moça. Desacordada, Yana chama por Aruna. Darda observa. Josué vai até a tribo Naftali e diz que a família de Pedael seguirá para uma importante missão no reino de Ai. Raabe desabafa com Salmon, chora e ele a ampara em seus braços. Jéssica observa com ódio.

Capítulo 103, sexta-feira, 25 de novembro – Jéssica observa com ódio o abraço entre Salmon e Raabe. Ela se lembra da conversa que teve com Melquias sobre a possibilidade de corromper a ex prostituta novamente. Josué avisa que pretende enviar Pedael e os filhos para o reino de Ai disfarçados de saltimbancos. Noemi pensa em seu filho. Iru tenta defender Melina e começa a lutar com os soldados. Pedael e os filhos se mostram animados com a ideia de Josué. O líder de Naftali diz que é preciso ter mulheres na caravana. Eles convidam Adélia e Neziá para a missão. Mibar diz que só deixará suas filhas seguirem se ele também for. Noemi pede para Deus proteger Iru. O guerreiro hebreu luta bravamente e consegue fugir. Melina é detida pelos oficiais. Raabe admira a fé de Milah no Deus dos hebreus. Apaixonado, Salmon se recorda de momentos ao lado de Raabe. Ioná diz não concordar em deixar a tenda dos pais. Elói avisa que chegou no seu limite. Samara diz que ajudará Tobias. Jéssica e Melquias tramam contra Raabe. Quemuel fica impressionado com a nova postura de seu filho. Jesana cuida de Rune. Darda diz que Yana chamou por Aruna, mas a forasteira desconversa. Josué se declara para sua amada. Calebe conversa com Noemi e chega à conclusão que Iru pode ter ido em direção de Ai. Durgal fica indignado ao saber que o hebreu fugiu. O rei diz não suportar mais os desentendimentos entre Yussuf e Kamir. Para fazer com que Calebe corra perigo, Acã diz para os filhos que é preciso avisar ao chefe tribal sobre a partida de Iru para a cidade de Ai. Yussuf se recusa a ajudar Melina. Na tenda de Darda, Rune se mostra desanimado com sua situação. Yana se ilumina com a visita de Aruna. Boã tenta superar o constrangimento de um relacionamento triplo. Yana conversa com Aruna e mente dizendo se chamar Maya. Zuma pede emprego na ferraria de Setur. Rune pede para Jesana chamar Eleazar. Livana decide ficar ao lado de seu marido e segue para a tenda hospital. Laila diz admirar a atitude da filha. Ao deixar sua tenda, a moça encontra Maquir. O rapaz se mostra cafajeste e ela vai embora. Para armar contra Zaíra, os Lagartos aconselham Orias a procurar emprego na hospedaria. A bruxa gosta dos serviços do sapateiro e oferece trabalho em seu estabelecimento. Samara desabafa com Léia e avisa que vai se livrar de Abel. Rune pede para Eleazar anular o casamento. Livana chega e diz que eles ficarão casados até o fim. Acã e os filhos vão até a tenda de Calebe. Eles dizem que Iru avisou que partiria para o reino de Ai para matar Durgal. Calebe se desespera e diz que seguirá para Ai. Acã sorri satisfeito.

Capítulo 104, segunda-feira, 28 de novembro – Calebe se irrita com o atraso de Acã em passar a informação sobre o paradeiro de Iru. O chefe tribal expulsa os vilões de sua tenda. Eleazar se emociona com a demonstração de amor de Livana para Rune. Calebe avisa a Josué sobre a atitude impulsiva de Iru. Acã comemora o plano contra Calebe. Josué permite que Calebe siga para Ai com a caravana dos saltimbancos. Rune declara seu amor por Livana. Tiléia pede para Arauto ter mais paciência, pois ela ainda lembra de Rafi. O carcereiro Kruga avisa a Yussuf que Melina está ardendo em febre. Arauto conversa com Durgal e diz estar apaixonado. Ruth fica enciumada ao ouvir Boã dizer que passará a noite com Sama. Calebe avisa que partirá com a caravana em busca do filho. Iru se abriga na caverna do gigante, que o observa de maneira inocente. Tobias conversa com Zuma e Aruna. Ele finge estar profundamente arrependido. Calebe encontra Gibar conversando com Acsa e manda o rapaz se afastar definitivamente de sua filha. Aruna e Josué falam sobre Tobias. Zuma parabeniza a atitude do amigo, que diz também querer trabalhar. Raabe e Salmon trocam palavras carinhosas. Jéssica e Melquias armam um plano contra Raabe. Os hebreus da tribo Naftali se preparam para a missão dos saltimbancos. Josué fica feliz ao ver Tobias trabalhando na ferraria. Abel leva flores para Samara e é distratado por ela. Orias se prepara para o primeiro dia de trabalho na hospedaria de Zaíra. Abel se irrita com Samara e a ameaça. Ela fica satisfeita. Josué avisa que Calebe seguirá na caravana dos artistas hebreus. Samara procura Josué e declara todo seu amor. O líder avisa que nunca terá nada entre eles. A vilã fica com ódio. A caravana se prepara para partir. Laís se despede de Calebe. Noemi agradece pela atitude da moça. Fraca e doente, Melina acaba desmaiando enquanto trabalha como serva nas ruas de Ai. Livana avisa que chegou a hora de Rune ir para casa. Darda questiona Yana sobre seu comportamento arredio. Antes da caravana deixar o acampamento, todos se surpreendem com a chegada de Iru. Yana se abre com Darda e revela ser a verdadeira mãe de Aruna.

Capítulo 105, terça-feira, 29 de novembro – Yana se abre com Darda e revela ser a verdadeira mãe de Aruna. Ela começa a contar sua história para a curandeira. Calebe se emociona ao ver o filho retornando ao acampamento. Josué agradece a Deus pela volta de Iru. Acã lamenta o retorno do rapaz. Na frente de todos, Calebe esbraveja com Iru, que sente vergonha. Melina é levada de volta ao palácio. Ula fica indignada com Kamir ao ver o estado de sua filha. Noemi pede para Calebe ter paciência com Iru. Yana continua contando sua história para Darda. Os Lagartos combinam um plano com Orias para atacarem Zaíra. Samara conversa com Léia e diz ter um plano infalível para separar Josué e Aruna. Yana termina de contar toda sua história e pede para Darda guardar segredo. Samara diz que é preciso fazer com que Josué acredite que Aruna ainda se arrisca usando o disfarce de Soldado Mascarado. A vilã avisa que tentará convencer Abel a participar do plano. Zaíra elogia o desempenho de Orias no primeiro dia de trabalho. A bruxa dá em cima do sapateiro, que desconversa. Alguns dias se passam e Samara conta para Tobias que Zaqueu e Chaia se casarão novamente. Josué e Aruna fazem planos para o futuro. A caravana de hebreus disfarçados de saltimbancos chega ao reino de Ai. Laís visita a família de Calebe e é bem recebida por Acsa e Noemi. Raabe presencia alguns hebreus zombando de Salmon por sua causa e fica triste. O público da cidade de Ai se diverte com as apresentações artísticas e teatrais dos saltimbancos recém-chegados. Orias disfarça e vai até um dos quartos da hospedaria e abre uma janela. Milah tenta confortar Raabe. Salmon conversa com Lila e tenta explicar sua situação atual. Kalu e Lagartinho libertam os pássaros de Zaíra. A bruxa esbraveja. A caravana de espiões hebreus é impedida de entrar no palácio de Durgal. Chaia e Zaqueu chegam na tenda de Eleazar para uma simples cerimônia. Quemuel reclama por Samara ter falado sobre o casamento com Tobias. O chefe tribal corre para certificar-se que o filho não fará besteira. Durgal avisa que não permitirá outro desentendimento entre Kamir e Yussuf. Quemuel procura Josué e avisa que Tobias pode fazer mal novamente a Zaqueu. Melquias deixa sua tenda dizendo que colocará em prática um plano contra Raabe. Kamir implora para Ravena salvar a vida de Melina. Tobias chega na tenda de Eleazar e diz que precisa conversar com Zaqueu. Melquias vai até a tenda de Raabe e oferece ouro para se deitar com ela.

Capítulo 106, quarta-feira, 30 de novembro – Raabe atira o saco de ouro na cara de Melquias e diz que jamais voltará a se vender. Tobias surpreende a todos e pede perdão a Zaqueu e Chaia. Ula flagra Kamir beijando Ravena. Ela pede para a feiticeira se retirar e esbraveja com o marido. O prefeito de Ai ameaça a esposa e Ula é obrigada a ficar quieta. Milah tenta dá forças para Raabe. Zaíra manda Oriais ficar de olho nos Lagartos Gosmentos. Quemuel parabeniza a atitude do filho. Zaqueu e Chaia acreditam nas palavras de Tobias. Livana faz questão de cuidar de Rune. Eleazar oficializa a união entre Chaia e Zaqueu. Tobias conversa com Samara e revela seu plano. O Monstro Hebreu avisa que sabotará as armas de Zaqueu. Setur fica satisfeito com o trabalho de Zuma e Tobias. Josué elogia Aruna. Samara diz que Abel deverá provar seu amor por ela. Melquias encontra com Jéssica e avisa que Raabe não aceitou o ouro. A ex prostituta se abre com Aruna e fala sobre a proposta de Melquias. Eleazar aconselha Salmon. Acã conversa com os filhos e revela ser um informante a serviço dos cananeus. Aruna se oferece para cuidar dos doentes na tenda de Darda. Acã avisa que se encontrará com Yussuf. Os saltimbancos planejam fazer uma serenata para chamar a atenção de Durgal. Kamir beija Ravena e pede para a sacerdotisa não se importar com Ula. Aruna aconselha Yana a permanecer no acampamento. Melquias e Gibar preparam uma armadilha para pegar o gigante. Acã e Mara se beijam às escondidas no celeiro. Otniel caminha distraído e acaba caindo na armadilha colocada para pegar o gigante. O guerreiro atrapalhado bate com a cabeça e desmaia. Uma enorme sombra surge atrás dele. Yana agradece toda a hospitalidade de Darda. Gibar se assusta ao notar que Otniel foi levado pelo gigante. Quenaz tenta alertar Iru para o exagero na bebida, mas o jovem guerreiro diz que não precisa de conselhos. Mara conversa com Jéssica e diz que precisam arrumar um jeito de fazer com que Salmon pense que Raabe voltou a se prostituir. Laís pede para Iru parar de beber. Gibar chega e avisa que o gigante raptou Otniel. Na frente do palácio do rei, Adélia começa a cantar com uma voz doce e suave. Durgal gosta de ouvir a canção e pede para os guardas encontrarem a dona da bela voz. Laís leva Iru para a tenda. Noemi agradece a atitude da moça e leva o filho para o quarto. Laís se insinua para Calebe, que fica constrangido. Noemi volta para a sala. Ela vê a moça e seu marido de mãos dadas e estranha. Em uma caverna, Otniel acorda e vê o gigante parado na sua frente com uma faca na mão.

Capítulo 107, quinta-feira, 01 de dezembro – Otniel e o gigante gritam assustados. Talmal se apresenta ao guerreiro hebreu e avisa que não fará nenhum mal a ele. Quenaz se desespera ao saber que seu filho foi levado pela criatura. Noemi estranha ao ver Calebe de mãos dadas com Laís. A moça desconversa e diz que estava apenas agradecendo. Calebe e Noemi aconselham Iru a conhecer melhor Laís. O rapaz avisa que a hebreia está caidinha por Calebe. O chefe tribal repreende o comentário de Iru. O jovem guerreiro diz já ter encontrado seu grande amor. Melina desperta e Ula pergunta quem é Iru. Durgal recebe os saltimbancos em seu quarto e pede para conhecer a dona da bela voz. Ula pede para Melina jamais falar sobre o que viveu com o hebreu Iru. Durgal conhece Adélia e se encanta com sua beleza. Josué e outros guerreiros hebreus organizam uma busca a Otniel. O gigante cuida do rapaz na caverna. Pedael e os saltimbancos se instalam no palácio de Durgal. Josué avisa que as buscas continuarão no dia seguinte. Boã avisa que dormirá no quarto de Sama e Ruth fica incomodada. Najara procura Yussuf e conta que Melina se envolveu com o hebreu Iru. O general agradece a atitude da criada e a beija. Otniel se assusta com o ronco do gigante. Jéssica e Melquias tramam novo plano contra Raabe. A ex prostituta se abre com Aruna e fala de seu sentimento por Salmon. Talmal conversa com Otniel e fala sobre sua história de vida. Inês aconselha Ruth a parar de tentar competir com Sama. Jéssica aproveita a distração de Raabe e coloca um saco de ouro em seus pertences. Melquias então começa a agarrá-la. Aruna chega e presencia o guerreiro tentando abusar de Raabe. Melquias tenta se explicar, mas Aruna diz que contará o que viu para Josué. Haniel diz para os filhos que só tomará banho quando não suportar mais o próprio cheiro. Eleazar faz a circuncisão de Tobias. Os saltimbancos encenam e divertem o rei Durgal. Acã vai até o reino de Ai procurar por Yussuf. O vilão hebreu entra na hospedaria de Zaíra e é visto por Orias. O sapateiro avisa sobre a presença de Acã para os Lagartos, que dão a ideia de se infiltrarem no palácio para descobrir a intenção do vilão hebreu. Aruna leva Raabe para a tenda de Darda. Quenaz encontra uma pegada de gigante enquanto procura pelo filho. Otniel conversa com Talmal e percebe que ele não é uma criatura do mal. Durgal se encanta com a voz de Adélia. Acã encontra Yussuf e revela que os saltimbancos são espiões hebreus. Orias e Kalu presenciam a traição, sem ser notados. Otniel e Talmal se assustam ao serem encontrados por Quenaz, Gibar e os outros hebreus. Aruna procura Josué e fala sobre o ataque sofrido por Raabe. Salmon fica irritado. Melquias chega em seguida e se apresenta.

Capítulo 108, sexta-feira, 02 de dezembro – Melquias afirma ter como provar que Raabe se vendeu. Josué avisa que de qualquer maneira o guerreiro errou. Os hebreus tentam capturar o gigante, mas a criatura foge. Gibar acaba ferido. Acã encontra Yussuf e revela que os saltimbancos são espiões hebreus. Orias e Kalu presenciam a traição, sem ser notados. Yussuf conta para Durgal o que ouviu de Acã. Os artistas circenses continuam se apresentando na sala do trono. Melquias diz que Raabe aceitou seu ouro. Josué diz que precisam falar com a moça. Sem que os saltimbancos percebam, Durgal manda os guardas cercarem a sala do trono. Raabe tenta se explicar para Josué, mas os hebreus encontram o ouro em sua tenda. Samara pede para Abel pegar a roupa do Soldado Mascarado na tenda de Josué. Gibar e Otniel voltam para o acampamento e recebem os cuidados de Darda. Josué avisa que Raabe precisa ser julgada. Abel aceita pôr em prática o plano de Samara. Durgal desmascara os saltimbancos hebreus. Quenaz alerta Calebe dizendo que Laís parece estar interessada nele. Durgal diz que antes de matar os artistas, eles devem diverti-lo um pouco mais. Raabe recebe o apoio de seus familiares. Jéssica e Melquias comemoram o fracasso da cananeia. Calebe chega em casa e se assusta ao ver Laís com Noemi. Adélia canta para tentar agradar o rei. Zaqueu vai até a tenda de Acã e avisa que Gibar está ferido na tenda hospital. Ferido com algumas flechadas, o gigante Talmal tenta fugir, mas cai desmaiado. Acã visita Gibar na tenda de Darda. Jesana chega avisando sobre um tumulto no acampamento. Jéssica e Mara lideram um movimento contra Raabe. Josué é avisado sobre a revolta. Sentindo falta de Tirda, Haniel finalmente decide tomar banho. Jéssica, Mara, Melquias e outros hebreus protestam na frente da tenda de Raabe. Milah diz que é preciso orar a Deus. Tirda se surpreende ao ver Haniel de banho tomado. Abel entra na tenda de Josué e consegue pegar a roupa do Soldado Mascarado. Adélia não aguenta de tanto cantar e desmaia. Para não atrapalhar a apresentação, Neziá continua cantando. Durgal fica impressionado ao perceber que a voz não era de Adélia. Ele ordena que os guardas ataquem. Salmon se coloca na frente da tenda de Raabe e ameaça Melquias.

Capítulo 109, segunda-feira, 05 de dezembro – Salmon se coloca na frente da tenda de Raabe e ameaça Melquias. Eles começam a lutar. Josué chega e ordena que parem imediatamente. Pedael e os saltimbancos lutam contra os soldados do rei. Orias e Kalu chegam e ajudam os hebreus. Josué manda todos voltarem para suas tendas e diz que ninguém fará mal à Raabe. Kalu ajuda os saltimbancos a fugirem do palácio. Desconfiada, Tirda avisa que ainda não voltará para a tenda de Haniel. Lila e Gael encontram o gigante caído enquanto brincam próximos ao acampamento. Josué avisa que Raabe deverá provar sua inocência. Acã critica a liderança de Josué. Salmon e Raabe se beijam. Na casa de Tiléia, Pedael agradece a ajuda de Kalu e Orias. Os saltimbancos seguem para a saída da cidade. Eles conseguem deixar o reino de Ai antes dos guardas serem avisados. Yussuf fica irado ao saber que os espiões hebreus conseguiram fugir. Durgal ordena que o general mate todos os soldados que foram enganados. Salmon diz saber como provar a inocência de Raabe. Os hebreus amarram o gigante encontrado por Lila e Gael. Abel entrega para Samara a roupa do Soldado Mascarado. Darda é chamada para cuidar dos ferimentos do gigante. Otniel pede para a curandeira avisar que Talmal é uma criatura do bem. Acã e os filhos se incomodam com a quantidade de pulgas em sua tenda. Samara a visa a Léia que o plano deu certo. Melina tenta dispensar Yussuf, mas o general aparece na porta de seu quarto. Otniel diz para Quenaz que o gigante o ajudou. Yussuf diz já saber do encontro entre Melina e o hebreu. Ele ameaça fazer mal à mãe da moça. Melina implora para ele deixar Ula em paz e avisa que fará tudo o que o general mandar. Yana se emociona com a relação pai e filho de Quenaz e Otniel. Aruna diz que jamais perdoaria um pai ou uma mãe que abandonasse o filho. Samara conta para Tobias que Aruna é o Soldado Mascarado. Darda cuida dos ferimentos do gigante. Samara pede para Tobias se vestir com a roupa do Soldado Mascarado para enganar Josué e colocá-lo contra Aruna. O Monstro hebreu se recusa a participar do plano. Salmon procura Josué e diz saber de um jeito para provar a inocência de Raabe. Yana se abre com Darda e chora devido ao comentário de Aruna. Melquias se surpreende ao ver Raabe chegando em sua tenda. Kira se incomoda ao presenciar Arauto beijando Tiléia. Os saltimbancos chegam ao acampamento. O gigante acorda e grita pedindo para ser desamarrado. Raabe pede para falar a sós com Melquias. Eles conversam e o guerreiro deixa claro que agiu de má fé. Josué, Calebe e Salmon se revelam e desmascaram Melquias.

Capítulo 110, terça-feira, 06 de dezembro – Josué, Calebe e Salmon se revelam e desmascaram Melquias. O guerreiro tenta se justificar, mas o líder de Israel avisa que ele será punido. Maquir tenta atacar Talmal, mas é impedido por Zaqueu. Eles se surpreendem ao verem que o gigante está chorando. Tiléia diz aceitar fugir de Ai com Arauto. Enciumada, Kira vê os dois se beijando e foge de casa. Maquir procura Josué e avisa que o gigante acordou. Além do aparecimento de pulgas, as comidas começam a estragar na tenda de Acã. Milah fica aliviada ao saber que Raabe foi inocentada. Sem alternativa, Melina decide acompanhar Yussuf até o quarto do general. Josué conversa com Talmal e diz que o gigante ficará preso, mas o líder avisa que ninguém o fará mal. Pedael e os filhos procuram Josué para dar informações sobre a missão em Ai, mas Elói avisa que o líder de Israel saiu para conversar com o gigante aprisionado. Durgal fica indignado com a fuga dos artistas espiões. Ravena avisa que fará um ritual infalível contra os hebreus. Arauto e os Lagartos saem para procurar Kira nas ruas da cidade. Pedael diz estar impressionado com a bela voz de Neziá. Ele pergunta por que a moça sempre fez com que todos pensassem que a voz era de Adélia. Ela diz que fez isso por ser tão tímida. Pedael elogia sua beleza e se declara para ela. Tiléia fica aflita sem notícias de sua filha. Ravena recebe Zaíra no palácio a avisa que precisará de um sacrifício humano para manter os hebreus longe do reino.

Capítulo 111, quarta-feira, 07 de dezembro – Adélia conversa com Temá e Isaque. Ela avisa que dará a resposta antes deles partirem para a batalha de Ai. Léia diz que ajudará Samara a pôr em prática o plano contra Aruna. Josué avisa que já sabe como punir Melquias. Samara pede para Abel vestir a roupa do Soldado Mascarado na batalha contra Ai. Ele se recusa. Léia aparece e avisa que o rapaz deverá obedecer sua filha caso queira se casar com ela. Eleazar afirma que o gigante pode ser um aliado do povo do exército de Israel. Pedael e os filhos encontram com Josué e dão as informações sobre a missão em Ai. Livana tenta passar confiança para Rune. Pedael conta que o exército de Ai está despreparado e sem armamento de qualidade. Acã e Mara criticam a liderança de Josué. O vilão chama Maquir em um canto e diz que o rapaz precisa matar o gigante. Jéssica vai até a tenda de Raabe e agride verbalmente a cananeia. Aruna e Ioná presenciam a ofensa. Maquir despista Zaqueu e fica sozinho vigiando Talmal. Kira entra escondida na hospedaria e pede ajuda a Orias. Melquias começa a ser julgado e tenta se defender ofendendo os estrangeiros. Mara e Acã pedem a inocência do guerreiro. Raabe chega ao julgamento e todos murmuram. Eleazar avisa que os estrangeiros devem ser aceitos de acordo com as leis de Deus. Josué afirma que Melquias merece ser punido. Orias aconselha Kira a conversar com Tiléia. Josué diz que Melquias deverá pagar ouro para Raabe e ordena que o guerreiro peça perdão à cananeia. Zaíra Vê Orias com Kira e manda a menina ficar na hospedaria. Raabe diz perdoar Melquias e todos admiram sua atitude. Makir aproveita enquanto o gigante dorme e se prepara para atingi-lo na cabeça com uma pedra. Josué anuncia que está chegando a hora da guerra contra o reino de Ai.

Capítulo 112, quinta-feira, 08 de dezembro – Maquir é pego pelas crianças tentando matar Talmal. O guerreiro disfarça. O gigante acorda e conversa amigavelmente com as crianças. Zaíra prende Kira em uma gaiola. Raabe agradece o apoio e compreensão de Josué. Jéssica olha a cananeia com ódio. Acã dá ouro para Melquias pagar o combinado à Raabe. As crianças dizem acreditar no gigante. Lila dá um beijo em Talmal. Melquias chantageia Jéssica e pede um beijo para ela. Sem alternativa, a moça beija o guerreiro. Abel aceita se vestir de Soldado Mascarado. Adélia e Elias ajudam Neziá a se cuidar para ficar mais bonita. Tobias encontra com Samara e diz que já sabotou as armas de Zaqueu. Josué e os outros guerreiros planejam a invasão ao reino de Ai. O líder avisa que apenas os mais jovens irão e que Salmon comandará as tropas. Tobias se finge de bom moço e entrega as armas sabotadas para Zaqueu. Gibar leva Acsa para o celeiro e tenta beijá-la a força. Ioná aparece e manda que ele a solte. Tiléia fica preocupada sem ter notícias de Kira. Kamir alerta Durgal para a superioridade do exército hebreu. Zaqueu conversa com Chaia e fala sobre as armas feitas por Tobias. Haniel se declara para Tirda e ela concorda em voltar para casa. Kamir e Ravena fazem planos para derrotar Durgal. Tiléia se desespera ao descobrir que Kira foi capturada por Zaíra. Livana beija Rune e diz que já é hora de terem uma noite de núpcias. Pedael dá conselhos de guerra para Temá e Isaque.

Capítulo 113, sexta-feira, 09 de dezembro – Neziá aparece deslumbrante e Pedael olha com admiração. Laís encontra Calebe voltando para tenda sozinho e se declara para ele. Ela pede um beijo, mas o chefe tribal a repreende e diz que jamais trairia Noemi. Laís fica arrasada e diz para si que o guerreiro irá se arrepender. Isaque e Temá pressionam Adélia para que ela dê logo a resposta. Finalmente a moça avisa que escolherá Temá para se casar. Eles se beijam e comunicam o noivado para Mibar. Salmon pede Raabe em casamento. Darda diz que Otniel não está preparado para deixar sua tenda. Salmon se despede de Raabe e ela o deseja sorte na batalha do dia seguinte. Finéias se abre com Eleazar e diz querer participar da guerra. Josué reúne a família de Aruna e diz que se casará com a moça depois da vitória de Israel sobre Ai. Léia tenta acalmar Samara. Aruna começa a dançar de felicidade. Livana e Rune comemoram o sucesso da noite de núpcias. Otniel foge da tenda de Darda. O exército hebreu se prepara para deixar o acampamento em direção ao reino de Ai. Josué discursa para os guerreiros. Acã manda os filhos ficarem de olho nas riquezas do reino inimigo. Adélia se despede de Temá. Samara dá as últimas orientações a Abel. Zaqueu se despede de Chaia enquanto Tobias observa. Calebe diz para Iru ter cuidado. Jéssica fica furiosa ao ver Salmon e Raabe se beijando. O exército hebreu segue para a guerra.

Segunda-feira, 12/12/2016 – cap. 115

O exército hebreu caminha para a guerra contra o reino de Ai. Alguns sacerdotes carregam a Arca da Aliança. Salmon, Zaqueu e Quenaz seguem logo atrás, conduzindo o exército. Darda sai correndo para avisar a Josué sobre o sumiço de Otniel. As mulheres hebreias oram para seus filhos e maridos. Otniel segue com o exército, infiltrado entre os guerreiros. Aruna diz que Josué está confiante na vitória do povo de Israel. O líder e os chefes tribais fazem planos após a vitória contra Ai. Eleazar alerta Josué e avisa que não podem tomar decisões sem consultar o Senhor. Elias presencia Jéssica falando mal de Salmon para Mara e questiona a filha. Eliazafe se abre com Setur e diz já não ter mais as habilidades de um jovem guerreiro. Jéssica encara Elias e mantém a postura contra Salmon e Raabe. Tirda diz ter orgulho de Haniel. Durgal se desespera ao ser avisado sobre a aproximação do exército de Israel. Melquias e Gibar reclamam das dores e coceiras. Eles fazem planos para roubar as riquezas de Ai. Maquir tenta se aproximar de Livana, mas ela diz sentir nojo dele. Boã diz estar preocupado com a demora de Ruth em engravidar. Desesperado, Durgal questiona os feitiços de Ravena e diz que nada funciona em seu reino. O exército hebreu segue na direção de Ai. Otniel caminha escondido entre os guerreiros. Os moradores de Ai ficam assustados com a aproximação do povo inimigo.

Tiléia, Orias e os Lagartos saem em busca de um esconderijo. Antes de deixar a hospedaria, Zaíra vai até o quarto para buscar Kira. Elói diz não aguentar mais viver sob o mesmo teto de Mara. Kalu consegue libertar Kira das garras de Zaíra. Aprisionado, Talmal conversa com as crianças do acampamento. Darda aconselha Ruth a se acalmar e aguardar a hora certa para engravidar. Tiléia nota que Orias sumiu. Rune e Livana fazem planos para o futuro. O exército hebreu avança em direção à entrada da cidade. Amedrontados, os moradores correm tentando se esconder. Os guerreiros de Israel arrombam os portões de Ai. Yussuf grita tentando incentivar os soldados. Melina conversa com Najara e diz que o momento é propício para uma fuga. Com medo, Durgal lamenta a chegada do povo inimigo. Kalu aconselha Tiléia a pedir proteção ao Senhor dos hebreus. Salmon e Quenaz lutam com soldados cananeus e alguns moradores. Kamir chega e começa a lutar com Salmon. Yussuf consegue matar um guerreiro hebreu. Salmon estranha a dificuldade em vencer os homens de Ai. Chaia pede para Deus proteger seu marido. Kamir ordena que os oficiais continuem lutando contra os hebreus. Tobias tem dificuldade em vencer um soldado inimigo. Yussuf luta com Zaqueu. O arqueiro se assusta ao ver que suas armas não estão suportando o combate. Tobias observa e sorri vitorioso. Yussuf, com um único golpe, consegue quebrar a espada de Zaqueu. O general então enterra a espada no peito do arqueiro. Tobias fica satisfeito.

Terça-feira, 13/12/2016 – cap. 116

Yussuf, com um único golpe, consegue quebrar a espada de Zaqueu. O general então enterra a espada no peito do arqueiro. Tobias fica satisfeito. Salmon se aproxima e tenta amparar o companheiro. Desesperado, ele pede ajuda a Tobias. O Monstro Hebreu se aproxima, finge preocupação e pede para outros guerreiros ajudarem Zaqueu. Tiléia conversa com Kira e tenta explicar sua situação com Arauto. Gibar e Melquias entram na hospedaria e roubam o ouro de Zaíra. Desesperado, Durgal ordena que os súditos formem uma barreira diante dele. O soberano pede para Arauto fingir ser o rei caso os hebreus cheguem à sala do trono. Josué demonstra preocupação devido à conversa que teve com Eleazar. O líder pede para Elói avisá-lo assim que avistar os guerreiros hebreus retornando. O exército de Israel começa a levar a pior na batalha. Salmon avisa que é preciso recuar. Yussuf provoca Iru e consegue desarmar o jovem guerreiro. Isaque e Temá se mostram surpresos com a derrota. Orias encontra com Salmon e pede para dar um recado à Milah. O guerreiro aconselha Orias a retornar para o acampamento. O sapateiro avisa que não pode voltar para Gilgal. Yussuf desiste de matar Iru e decide aprisionar o guerreiro hebreu.

Zuma tenta correr para socorrê-lo, mas é impedido por outros soldados cananeus. O exército de Israel abandona o reino de Ai. Desacordado, Zaqueu é levado por outros guerreiros. Kamir chega até a sala do trono e avisa que estão derrotando os hebreus. Ravena diz que seus deuses jamais os abandonariam. O prefeito avisa que irão atrás dos hebreus para aproveitarem o momento e guerrearem em campo aberto. As mulheres hebreias aguardam ansiosas pelos guerreiros. Iru é levado para a masmorra do palácio. Durgal avisa que partirá com os oficiais em busca dos guerreiros hebreus que fugiram. Alguns chefes tribais criticam a estratégia usada por Josué. Salmon e Quenaz avisam que precisarão enfrentar os soldados de Ai para conseguirem retornar ao acampamento. Sem saber que se trata de Abel, eles avistam o Soldado Mascarado. Salmon pede para um hebreu retornar sozinho à Gilgal para avisar a Josué sobre a situação crítica do exército de Israel. Os hebreus ficam encurralados. O exército de Ai se aproxima. Tobias e Zuma estranham a resistências dos soldados inimigos. Antes de chegar à Gilgal, o guerreiro enviado por Salmon é atingido por uma flecha e cai morto. Durgal se gaba por ter executado o inimigo.

Quenaz avista Otniel e corre para perto do filho. Ele se distrai e acaba sendo atingido por um cananeu. Otniel luta bravamente. Ferido, Quenaz admira a coragem do rapaz. O chefe tribal agoniza e morre nos braços do filho. Orias encontra Tiléia e avisa que os hebreus estão sendo derrotados. Salmon manda os guerreiros recuarem e abandonarem a batalha. Temá se distrai e é atingido por Kamir. O jovem guerreiro cai desacordado. Isaque corre para tentar ajudar o irmão. Durgal comemora a vitória e acaba ferindo um membro da própria corte com sua espada. Kamir e Yussuf também celebram o triunfo. Zaíra percebe que roubaram todo seu ouro. Elói avista a chegada dos guerreiros hebreus e corre para avisar a Josué. Melina se desespera ao saber que Yussuf capturou Iru. Elói avisa à Noemi sobre a aproximação do exército de Israel. Calebe e Josué avistam o Soldado Mascarado e estranham a presença do cavaleiro enigmático. Feridos e derrotados, os guerreiros hebreus chegam ao acampamento.

Quarta-feira, 14/12/2016 – cap. 117

Feridos e derrotados, os guerreiros hebreus chegam ao acampamento. Josué se surpreende ao saber do resultado da guerra. Acã critica a estratégia de Josué. Calebe se desespera ao ver o corpo de Quenaz. Durgal avisa que desfilará pela cidade para comemorar a vitória. Ravena e Kamir planejam o assassinato do rei. A feiticeira leva o prefeito até o templo do palácio e mostra uma capa envenenada. Yussuf obriga Melina a castigar Iru. A moça não consegue. O general então começa a chicotear o jovem guerreiro. Noemi sofre sem ter notícias do filho. Josué e os líderes tribais soltam um grito de dor lamentando a derrota. Acã reúne alguns hebreus e discursa contra Josué. Abel avisa que se vestiu de Soldado Mascarado e Samara fica satisfeita ao saber que o rapaz cumpriu com o combinado. Inês conversa com Aruna e diz que é preciso ter fé no Senhor. Melina se abre com Ula e lamenta a atitude de Yussuf. Najara observa. Na masmorra, Iru se lembra da família e mostra arrependimento. Deus fala com Josué e avisa que existe um pecador entre o povo de Israel. O Senhor diz que algumas riquezas foram roubadas durante a invasão à Jericó. Josué então avisa que o pecador será punido e apedrejado com toda sua família. Kamir encontra com Ula e engana a esposa. O prefeito pede para ela entregar a capa envenenada para presentear o rei Durgal.

Zuma procura Calebe e avisa que viu Iru ser preso em Ai. Kira e os Lagartos ficam satisfeitos ao saberem que Arauto quer morar com todos eles. Noemi acalma Calebe e fala sobre os perigos de seguir sozinho para o reino inimigo. Melquias e Gibar entregam o ouro roubado em Ai para Acã. Eles estranham a coceira que não para. Noemi, Acsa e Calebe amparam Otniel. Jéssica vê Salmon abraçado com Raabe e ofende o guerreiro. Pedael se preocupa ao saber que Temá foi ferido gravemente. Durgal se prepara para desfilar pelo reino. Chaia chora ao lado de Zaqueu, que permanece desacordado. Darda avisa que Temá não aguentará por muito tempo. Ula entrega a nova capa para Durgal, que fica satisfeito com o presente. O rei deixa o palácio e segue para o cortejo pela cidade. Léia recebe notícias de Tobias. Na tenda de Darda, Temá morre nos braços de Pedael. Isaque e Adélia choram. Durgal segue saudando o povo durante o cortejo. Kamir mostra ansiedade, mas Ravena manda ele ter calma. Josué pede para Elói deixa-lo sozinho. Yana se esconde ao perceber a aproximação de Quemuel e Léia. Durgal começa a sentir uma queimação na pele e grita de dor. Arauto tenta ajudar o soberano, mas é tarde demais. O mensageiro avisa que o rei está morto. Kamir e Ravena observam satisfeitos.

Quinta-feira, 15/12/2016 – cap. 118

O corpo de Durgal é velado na sala do trono. Melina lamenta a morte do tio. Ravena olha o corpo e não resiste, sorri satisfeita. Arauto diz que sentirá falta do rei. Quemuel e Léia deixam a tenda hospital e Yana para de se esconder. Darda observa e questiona sua atitude. Acã diz que não seguirá as ordens de Josué e não se santificará. Kamir conversa com Ravena e diz não confiar cem por cento em Yussuf. Isaque consola Pedael, enquanto Mibar ampara Adélia. Calebe conversa com Noemi e diz que precisa arrumar um bom disfarce para resgatar Iru em Ai. Zaqueu acorda e recebe os cuidados de Chaia. Com o objetivo de se santificar, Haniel assume seus erros e se desculpa com os familiares. Laila também pede perdão por seus defeitos. Kamir e Ula assumem o trono de Ai. Aruna estranha a presença do Soldado Mascarado no campo de batalha. Léia e Samara falam mal de Aruna. Kamir arma para Ula e a acusa de ter matado Durgal. O prefeito manda os guardas prenderem a esposa nas masmorras. Melina se desespera e implora pela liberdade de sua mãe. Elói avisa que existe um traidor entre os hebreus. Josué ora a Deus. Elói se declara para Ioná.

Melina procura Kamir e diz que ele não pode matar Ula. Salmon vai até a tenda de Raabe e avisa que Orias está no reino de Ai. Kamir diz não sentir nada pela esposa e filha. Melina implora pela ajuda de Yussuf. Sama ajuda Ruth a se reanimar. Nobá diz que trará Orias de volta. Yana se abre com Darda e revela que Quemuel é o verdadeiro pai de Aruna. Tobias finge estar preocupado com Zaqueu. Deus revela o nome do traidor para Josué. Ioná e Elói estranham a ausência de Mara. Em conversa com Gibar, Melquias avisa que Acã saiu cedo de casa. Mara e o vilão se encontram às escondidas no celeiro. Acã retorna para sua tenda e se mostra animado com a reunião marcada por Josué. No palácio, Yussuf se assusta ao ver que Ula fugiu da masmorra. Josué discursa para seu povo e avisa que tantas mortes foram causadas pelo pecado de um homem. Acã e os filhos se olham assustados.

Sexta-feira, 16/12/2016 – cap. 119

Josué avisa que Acã é o traidor. Mara se surpreende com a revelação. O líder diz que o vilão deverá ser apedrejado. Acã e os filhos puxam suas espadas para se defenderem. Yussuf obriga Kruga a dar a notícia da fuga de Ula para Kamir. O rei diz saber quem ajudou sua esposa a fugir. Acã confessa ter roubados as riquezas do palácio de Jericó. Josué pede para Salmon e Otniel buscarem o tesouro roubado na tenda do traidor. Melina é levada até o rei e nega ter ajudado Ula a fugir. Kamir pede para Ravena consultar os deuses. Salmon e Otniel localizam o ouro na tenda de Acã. Jordi conversa com Melina e confessa ter ajudado sua mãe a fugir da prisão. Ula aparece no templo e pede para sua filha fugir com ela. Desesperado, Gibar suplica por ajuda e diz que seu pai é o único culpado. Acã repreende a atitude covarde do filho. Melina diz que não pode fugir da cidade ainda, pois precisa salvar Iru. Ula avisa que fugirá sozinha. Os soldados procuram por Ula na hospedaria de Zaíra. A rainha foge a cavalo. Acã e os filhos caminham para o apedrejamento.

Gibar se surpreende com a força de Otniel. Ravena consulta os deuses e revela que um homem ajudou Ula a fugir da prisão. A feiticeira diz que não é possível enxergar o rosto do impostor, mas avisa que Melina é inocente. Arauto conversa com Kira e Tiléia e revela a verdade sobre o dia da caçada humana. Acã, Gibar e Melquias são apedrejados pelo povo hebreu. Mara chora no celeiro. Maquir e outros guerreiros jogam as riquezas roubadas por Acã em uma fogueira. Eleazar e Josué avisam que o local do apedrejamento se chamará Vale de Acor. Léia e Samara provocam Aruna. Yussuf avisa que os guardas não encontraram Ula. O rei Kamir avisa que encontrará o culpado. Jordi observa preocupado e engole em seco. Ioná aconselha Aruna a falar com Josué e esclarecer a aparição do Soldado Mascarado. Preso na masmorra e com as costas feridas, Iru ora a Deus.

Preocupado com o filho, Calebe conversa com Josué e diz que se disfarçará de rei para entrar em Ai. Em Jerusalém, o general Abul conversa com o soberano do reino. O rei Adonizedeque diz querer visitar Kamir, o novo rei de Ai. Elói diz não suportar mais viver sob o mesmo teto de Mara. O criado de Josué avisa que partirá com Calebe na missão para resgatar Iru. Úrsula, a filha do rei Adonizedeque, mostra sua crueldade e pede para o pai executar um nobre sem motivo algum. Aruna procura Josué e diz que precisa ter uma conversa séria e definitiva. Calebe comunica aos seus familiares sobre a nova missão.Otniel diz querer acompanhar o tio. Acsa se impressiona com a coragem do rapaz. Elói chega e avisa que também deseja seguir na missão. Aruna avisa que não usou a roupa do Soldado Mascarado. Josué abre o baú e vê que o disfarce foi roubado.

No capitulo 119, segunda-feira, 19 de dezembro – Durgal segue saudando o povo durante o cortejo. Kamir mostra ansiedade, mas Ravena manda ele ter calma. Josué pede para Elói deixa-lo sozinho. Yana se esconde ao perceber a aproximação de Quemuel e Léia. Durgal começa a sentir uma queimação na pele e grita de dor. Arauto tenta ajudar o soberano, mas é tarde demais. O mensageiro avisa que o rei está morto. Kamir e Ravena observam satisfeitos. O corpo de Durgal é velado na sala do trono. Melina lamenta a morte do tio. Ravena olha o corpo e não resiste, sorri satisfeita. Arauto diz que sentirá falta do rei. Quemuel e Léia deixam a tenda hospital e Yana para de se esconder. Darda observa e questiona sua atitude. Acã diz que não seguirá as ordens de Josué e não se santificará. Kamir conversa com Ravena e diz não confiar cem por cento em Yussuf. Isaque consola Pedael, enquanto Mibar ampara Adélia. Calebe conversa com Noemi e diz que precisa arrumar um bom disfarce para resgatar Iru em Ai. Zaqueu acorda e recebe os cuidados de Chaia. Com o objetivo de se santificar, Haniel assume seus erros e se desculpa com os familiares. Laila também pede perdão por seus defeitos. Kamir e Ula assumem o trono de Ai. Aruna estranha a presença do Soldado Mascarado no campo de batalha. Léia e Samara falam mal de Aruna. Kamir arma para Ula e a acusa de ter matado Durgal. O prefeito manda os guardas prenderem a esposa nas masmorras. Melina se desespera e implora pela liberdade de sua mãe. Elói avisa que existe um traidor entre os hebreus. Josué ora a Deus. Elói se declara para Ioná. Melina procura Kamir e diz que ele não pode matar Ula. Salmon vai até a tenda de Raabe e avisa que Orias está no reino de Ai. Kamir diz não sentir nada pela esposa e filha. Melina implora pela ajuda de Yussuf. Sama ajuda Ruth a se reanimar. Nobá diz que trará Orias de volta. Yana se abre com Darda e revela que Quemuel é o verdadeiro pai de Aruna. Tobias finge estar preocupado com Zaqueu. Deus revela o nome do traidor para Josué. Ioná e Elói estranham a ausência de Mara. Em conversa com Gibar, Melquias avisa que Acã saiu cedo de casa. Mara e o vilão se encontram às escondidas no celeiro. Acã retorna para sua tenda e se mostra animado com a reunião marcada por Josué. No palácio, Yussuf se assusta ao ver que Ula fugiu da masmorra. Josué discursa para seu povo e avisa que tantas mortes foram causadas pelo pecado de um homem. Acã e os filhos se olham assustados.

No capitulo 120, terça-feira, 20 de dezembro – Josué avisa que Acã é o traidor. Mara se surpreende com a revelação. O líder diz que o vilão deverá ser apedrejado. Acã e os filhos puxam suas espadas para se defenderem. Yussuf obriga Kruga a dar a notícia da fuga de Ula para Kamir. O rei diz saber quem ajudou sua esposa a fugir. Acã confessa ter roubados as riquezas do palácio de Jericó. Josué pede para Salmon e Otniel buscarem o tesouro roubado na tenda do traidor. Melina é levada até o rei e nega ter ajudado Ula a fugir. Kamir pede para Ravena consultar os deuses. Salmon e Otniel localizam o ouro na tenda de Acã. Jordi conversa com Melina e confessa ter ajudado sua mãe a fugir da prisão. Ula aparece no templo e pede para sua filha fugir com ela. Desesperado, Gibar suplica por ajuda e diz que seu pai é o único culpado. Acã repreende a atitude covarde do filho. Melina diz que não pode fugir da cidade ainda, pois precisa salvar Iru. Ula avisa que fugirá sozinha. Os soldados procuram por Ula na hospedaria de Zaíra. A rainha foge a cavalo. Acã e os filhos caminham para o apedrejamento. Gibar se surpreende com a força de Otniel. Ravena consulta os deuses e revela que um homem ajudou Ula a fugir da prisão. A feiticeira diz que não é possível enxergar o rosto do impostor, mas avisa que Melina é inocente. Arauto conversa com Kira e Tiléia e revela a verdade sobre o dia da caçada humana. Acã, Gibar e Melquias são apedrejados pelo povo hebreu. Mara chora no celeiro. Maquir e outros guerreiros jogam as riquezas roubadas por Acã em uma fogueira. Eleazar e Josué avisam que o local do apedrejamento se chamará Vale de Acor. Léia e Samara provocam Aruna. Yussuf avisa que os guardas não encontraram Ula. O rei Kamir avisa que encontrará o culpado. Jordi observa preocupado e engole em seco. Ioná aconselha Aruna a falar com Josué e esclarecer a aparição do Soldado Mascarado. Preso na masmorra e com as costas feridas, Iru ora a Deus. Preocupado com o filho, Calebe conversa com Josué e diz que se disfarçará de rei para entrar em Ai. Em Jerusalém, o general Abul conversa com o soberano do reino. O rei Adonizedeque diz querer visitar Kamir, o novo rei de Ai. Elói diz não suportar mais viver sob o mesmo teto de Mara. O criado de Josué avisa que partirá com Calebe na missão para resgatar Iru. Úrsula, a filha do rei Adonizedeque, mostra sua crueldade e pede para o pai executar um nobre sem motivo algum. Aruna procura Josué e diz que precisa ter uma conversa séria e definitiva. Calebe comunica ao seus familiares sobre a nova missão. Otniel diz querer acompanhar o tio. Acsa se impressiona com a coragem do rapaz. Elói chega e avisa que também deseja seguir na missão. Aruna avisa que não usou a roupa do Soldado Mascarado. Josué abre o baú e vê que o disfarce foi roubado.

No capitulo 121, quarta-feira, 21 de dezembro – Josué diz acreditar em Aruna e afirma que alguém entrou em sua tenda para roubar as vestes do Soldado Mascarado. Léia e Samara dizem acreditar no término do casal. Calebe pede para Pedael ajuda-lo a disfarçar-se de rei de Jerusalém. Kamir reúne os nobres do palácio e avisa que Ravena será arainha. Enciumado, Jordi olha com raiva. Samara fica furiosa ao saber que Josué não brigou com Aruna. Léia tenta acalmar a filha. Melina se abre com Najara e diz que Kamir terá um triste final. Nobá diz estar preocupado com Orias. Calebe, Elói e Otniel se disfarçam de nobres de Jerusalém. Calebe mostra um baú que levará para presentear Kamir. Nobá pede para sair da tenda para brincar no acampamento. Otniel se despede de Talmal. Elói diz que vai morar com Ioná quando voltar da missão. Nobá se esconde em baú e segue, sem ser notado, com Calebe, Otniel e Elói para o reino de Ai. A contra gosto, Jordi oficializa a união entre Kamir e Ravena. Samara finge estar interessada no compromisso com Abel. Josué se declara para Aruna. Os nobres do palácio saúdam a nova rainha. Ula galopa depressa pelas caminas de Canaã. Quemuel tenta disfarçar o desinteressa da filha em Abel. Laila anuncia que está grávida. Zaqueu conversa com Chaia e diz desconfiar que Tobias pode ter sabotado suas armas. Samara pede para o irmão buscar alguns escorpiões para um plano. Elidade fica feliz com a notícia dada por Laila. Calebe, Otniel e Elói seguem para o reino de Ai. Tobias entrega os escorpiões para Samara. Zaíra se encontra com Ravena e promete trazer alguém para o sacrífico. A falsa comitiva do rei de Jerusalém chega ao reino de Ai. Os soldados permitem a entrada dos hebreus disfarçados. O verdadeiro rei Adonizedeque fala sobre os hebreus em seu palácio. Os moradores de Ai cumprimentam a falsa comitiva. Nobá sai do baú e foge para o interior da cidade. Kamir recebe Calebe e seus companheiros. O novo rei de Ai questiona a veracidade da comitiva. Samara encontra com Abel no celeiro e começa a seduzi-lo. Ele se entrega a ela e acaba morto, picado pelos escorpiões.

No capitulo 122, quinta-feira, 22 de dezembro – Samara encontra com Abel no celeiro e começa a seduzi-lo. Ele se entrega a ela e acaba morto, picado pelos escorpiões. Calebe demonstra firmeza e Kamir acredita no falso rei. O soberano de Ai manda os hebreus disfarçados ficarem a vontade em seu palácio. Adonizedeque, o verdadeiro rei de Jerusalém, avisa que partirá para o reino de Ai. Úrsula pede para acompanhar o pai na viagem. Nobá procura por Orias na ruas da cidade. Léia estranha a felicidade da filha. Setur encontra o corpo de Abel no celeiro. O carcereiro Kruga zomba de Iru nas masmorras. Calebe descobre que o filho está na prisão do palácio. O falso rei pede para ficar a sós com o prisioneiro. Samara finge chorar pela morte de Abel. Léia vai consolar a filha e fica chocada ao descobrir que Samara assassinou o pretendente. Calebe se emociona ao encontrar o filho na masmorra. Laís visita Noemi e leva um punhal para presentear Calebe. Elói conversa com Ravena e finge ser um feiticeiro poderoso. Maquir provoca Finéias e o sacerdote mostra que é bom com a espada. Jesana parabeniza Laila e Livana pela gravidez. Quemuel questiona a preocupação de Léia. Josué estranha ao ver Finéias treinando com os outros guerreiros. Léia desconversa e protege a filha. Samara conversa com Tobias e comemora a morte de Abel. Josué aconselha Finéias dizendo que existem diversas formas de batalhar por Israel. O sacerdote então segue para o tabernáculo e se emociona ao olhar para o local sagrado. Nobá encontra com Kalu e segue par a casa de Tiléia. Finéias conversa com Eleazar e diz querer servir ao Senhor. Josué pede Aruna em casamento. Ela aceita e o líder comunica a união para os outros hebreus. Samara não suporta e deixa o local. Salmon aproveita a ocasião e comunica que se casará com Raabe. Jéssica fica furiosa. Milah estranha o sumiço de Nobá. Kamir serve um banquete para a comitiva de Calebe. Adonizedeque se prepara para deixar Jerusalém. Josué tem a ideia de fazer seu casamento junto com o de Salmon e Raabe. Aruna concorda. Chaia e Darda cuidam de Zaqueu. Salmon e Raabe aceitam o convite de Josué. Nobá e Kalu vão até a hospedaria de Zaíra. O menino reencontra Orias. Samara se descontrola e ofende Aruna. Yana anda distraída pelo acampamento e acaba encontrando Quemuel.

No capitulo 123, sexta-feira, 23 de dezembro – Yana conversa com Quemuel e revela que ele é o pai de Aruna. O chefe tribal diz que ela nunca devia ter voltado para o acampamento. Zaíra flagra Orias com Kalu e Nobá. Yana avisa a Quemuel que não deixará o acampamento novamente. Kalu e Nobá conseguem fugir, mas Orias fica abobalhado ao respirar um pó mágico jogado por Zaíra. Salmon procura por Nobá no acampamento. Laila recebe as felicitações pela gravidez. Milah se preocupa com o sumiço de Nobá. Quemuel e Aruna trocam palavras de afeto. Yana se abre com Darda e fala sobre o encontro que teve com Quemuel. Maquir provoca Rune e eles acabam brigando novamente. Enfeitiçado, Orias é levado ao palácio por Zaíra. Ravena agradece a oferenda. Haneil mostra que realmente mudou e exige limpeza em sua tenda. Livana diz admirar a coragem de Rune. Eles se beijam. Ravena leva Orias até o rei Kamir. Calebe, Otniel e Elói se assustam ao ver o sapateiro. Kamir manda prender o estrangeiro. Orias é levado até a masmorra e encontra com Iru. O marido de Milah então cai na real e se dá conta de onde está. Salmon procura pelo irmão de Raabe nas margens do acampamento. Arauto avisa que irá ao palácio para tentar salvar Orias. Sama avisa que Ruth pode estar grávida. Mara conversa com Jéssica e diz que Finéias pode ajuda-las a afastar os estrangeiros de Gilgal. Arauto encontra com Iru e Orias nas masmorras. Mara e Jéssica vão até a tenda de Finéias. Abul avisa que Adonizedeque partirá para o reino de Ai. Calebe avisa que é preciso logo fazer algo para libertar Iru. Josué ordena que um pelotão procure por Nobá. Darda diz que Ruth está grávida. Boã se emociona com a notícia. Raabe é chamada para ir até a tenda de Finéias. Eleazar então a coloca de frente para Jéssica e Mara. O sumo sacerdote repreende a atitude preconceituosa das duas. Aruna e Josué trocam palavras de amor e fazem planos para o futuro. Jéssica e Mara se dizem humilhadas. A mãe de Ioná avisa que expulsará os estrangeiros de qualquer maneira. Os soldados de Ai estranham a presença de uma segunda comitiva de Jerusalém na cidade. Calebe, Elói e Otniel são surpreendidos ao ouvirem o anúncio da chegada do verdadeiro rei Adonizedeque.

Capitulo 124, segunda-feira, 26 de dezembro – Samara encontra com Abel no celeiro e começa a seduzi-lo. Ele se entrega a ela e acaba morto, picado pelos escorpiões. Calebe demonstra firmeza e Kamir acredita no falso rei. O soberano de Ai manda os hebreus disfarçados ficarem a vontade em seu palácio. Adonizedeque, o verdadeiro rei de Jerusalém, avisa que partirá para o reino de Ai. Úrsula pede para acompanhar o pai na viagem. Nobá procura por Orias na ruas da cidade. Léia estranha a felicidade da filha. Setur encontra o corpo de Abel no celeiro. O carcereiro Kruga zomba de Iru nas masmorras. Calebe descobre que o filho está na prisão do palácio. O falso rei pede para ficar a sós com o prisioneiro. Samara finge chorar pela morte de Abel. Léia vai consolar a filha e fica chocada ao descobrir que Samara assassinou o pretendente. Calebe se emociona ao encontrar o filho na masmorra. Laís visita Noemi e leva um punhal para presentear Calebe. Elói conversa com Ravena e finge ser um feiticeiro poderoso. Maquir provoca Finéias e o sacerdote mostra que é bom com a espada. Jesana parabeniza Laila e Livana pela gravidez. Quemuel questiona a preocupação de Léia. Josué estranha ao ver Finéias treinando com os outros guerreiros. Léia desconversa e protege a filha. Samara conversa com Tobias e comemora a morte de Abel. Josué aconselha Finéias dizendo que existem diversas formas de batalhar por Israel. O sacerdote então segue para o tabernáculo e se emociona ao olhar para o local sagrado. Nobá encontra com Kalu e segue par a casa de Tiléia. Finéias conversa com Eleazar e diz querer servir ao Senhor. Josué pede Aruna em casamento. Ela aceita e o líder comunica a união para os outros hebreus. Samara não suporta e deixa o local. Salmon aproveita a ocasião e comunica que se casará com Raabe. Jéssica fica furiosa. Milah estranha o sumiço de Nobá. Kamir serve um banquete para a comitiva de Calebe. Adonizedeque se prepara para deixar Jerusalém. Josué tem a ideia de fazer seu casamento junto com o de Salmon e Raabe. Aruna concorda. Chaia e Darda cuidam de Zaqueu. Salmon e Raabe aceitam o convite de Josué. Nobá e Kalu vão até a hospedaria de Zaíra. O menino reencontra Orias. Samara se descontrola e ofende Aruna. Yana anda distraída pelo acampamento e acaba encontrando Quemuel. . Yana conversa com Quemuel e revela que ele é o pai de Aruna. O chefe tribal diz que ela nunca devia ter voltado para o acampamento. Zaíra flagra Orias com Kalu e Nobá. Yana avisa a Quemuel que não deixará o acampamento novamente. Kalu e Nobá conseguem fugir, mas Orias fica abobalhado ao respirar um pó mágico jogado por Zaíra. Salmon procura por Nobá no acampamento. Laila recebe as felicitações pela gravidez. Milah se preocupa com o sumiço de Nobá. Quemuel e Aruna trocam palavras de afeto. Yana se abre com Darda e fala sobre o encontro que teve com Quemuel. Maquir provoca Rune e eles acabam brigando novamente. Enfeitiçado, Orias é levado ao palácio por Zaíra. Ravena agradece a oferenda. Haneil mostra que realmente mudou e exige limpeza em sua tenda. Livana diz admirar a coragem de Rune. Eles se beijam. Ravena leva Orias até o rei Kamir. Calebe, Otniel e Elói se assustam ao ver o sapateiro. Kamir manda prender o estrangeiro. Orias é levado até a masmorra e encontra com Iru. O marido de Milah então cai na real e se dá conta de onde está. Salmon procura pelo irmão de Raabe nas margens do acampamento. Arauto avisa que irá ao palácio para tentar salvar Orias. Sama avisa que Ruth pode estar grávida. Mara conversa com Jéssica e diz que Finéias pode ajuda-las a afastar os estrangeiros de Gilgal. Arauto encontra com Iru e Orias nas masmorras. Mara e Jéssica vão até a tenda de Finéias. Abul avisa que Adonizedeque partirá para o reino de Ai. Calebe avisa que é preciso logo fazer algo para libertar Iru. Josué ordena que um pelotão procure por Nobá. Darda diz que Ruth está grávida. Boã se emociona com a notícia. Raabe é chamada para ir até a tenda de Finéias. Eleazar então a coloca de frente para Jéssica e Mara. O sumo sacerdote repreende a atitude preconceituosa das duas. Aruna e Josué trocam palavras de amor e fazem planos para o futuro. Jéssica e Mara se dizem humilhadas. A mãe de Ioná avisa que expulsará os estrangeiros de qualquer maneira. Os soldados de Ai estranham a presença de uma segunda comitiva de Jerusalém na cidade. Calebe, Elói e Otniel são surpreendidos ao ouvirem o anúncio da chegada do verdadeiro rei Adonizedeque.

Capitulo 125, terça-feira, 27 de dezembro – Kamir pede para deixarem a comitiva entrar. Calebe age com firmeza e diz ser o verdadeiro rei de Jerusalém. Adonizedeque entra na sala do trono e enfrenta Calebe. Josué e Aruna fazem planos para o futuro. Adonizedeque diz conhecer Arauto. Kamir então pergunta ao mensageiro qual dos dois é o verdadeiro rei. Eleazar diz ter orgulho de Finéias. Mara encontra um leproso e oferece alimento em troca de um favor. Arauto finge lembrar de Calebe e diz que ele é o verdadeiro rei. Kamir então manda os guardas prenderem Adonizedeque. Calebe respira aliviado. Úrsula chora na prisão. Mara combina com Jéssica um jeito de fazer com que o leproso se aproxime de Raabe. Darda aconselha Yana a falar com Léia. Calebe tem a ideia de tomar Melina como refém. Escondida, a princesa escuta a conversa e revela sua presença. Ela diz que vai ajuda-los a deixar o palácio. Mara diz ser contra a filha ir morar com Elói. Calebe, Melina, Elói e Otniel começam a planejar a fuga. Deus fala com Josué e diz que é hora de invadir Ai. O líder comunica o aviso aos outros guerreiros e começa a planejar o ataque. Calebe finge fazer Melina refém e liberta Iru da prisão. Josué e os guerreiros falam sobre o ataque ao reino de Ai. Haniel se abre com Tirda e fala sobre o seu passado. Yussuf não encontra Melina no quarto e diz que vai matá-la. Darda pede para falar a sós com Léia. Calebe agradece a ajuda de Arauto e deixa a casa de Tiléia com sua comitiva. Kamir fica perplexo ao saber que prendeu o verdadeiro rei de Jerusalém. Fingindo-se de nobre, Otniel grita ordenando que os guardas aram os portões. Kamir convida Adonizedeque para um banquete. Yussuf deixa o palácio em busca dos hebreus. Calebe a falsa comitiva segue fugindo de Ai. Adonizedeque diz não querer fazer aliança com Kamir. Jordi pede para seguir com a comitiva do verdadeiro rei de Jerusalém, que se recusa a levar o feiticeiro. Sem ser vista, Ravena observa a atitude de seu assistente. O leproso caminha tentando se esconder. Quemuel estranha ao saber que a esposa foi até a tenda de Darda. Josué avisa que no dia seguinte os hebreus atacarão o reino de Ai. Yussuf alcança a falsa comitiva de Calebe e atira uma flecha em Melina. Iru grita desesperado. Léia fica impressionada ao se deparar com Yana. O leproso chega até a tenda de Raabe e abraça Milah.

Capitulo 126, quarta-feira, 28 de dezembro – Ravena engana Kamir e o rei é assassinado por Yussuf. O general e a feiticeira são nomeados novos reis de Ai. Eles desfilam pela cidade. Zaíra tenta pedir perdão à Ravena, mas acaba sendo atropelada e morre. As crianças libertam o gigante Talmal. Josué passa as coordenadas do ataque ao seu povo. Salmon e outro pelotão seguem em outra direção. Os soldados avisam sobre a aproximação dos hebreus. Yussuf e Ravena seguem galopando em direção aos portões da cidade. Orias pede perdão à Raabe. Elói manda Ioná a escolher entre ele e Mara. Ravena e Yussuf observam a aproximação do Exército de Israel. A rainha diz que o pelotão de hebreus não é tão grande. O general grita mandando seus homens avançarem. Josué diz que os inimigos morderam a isca. Ioná se mostra indecisa e Elói deixa a tenda de Mara. Aruna o ampara. Salmon avisa para os guerreiros esperarem o momento certo para o ataque. Josué luta com dois cananeus.

Capitulo 127, quinta-feira, 29 de dezembro – Yussuf enfrenta um guerreiro hebreu. Calebe parabeniza a bravura de Iru. Yussuf diz que Ravena fica ainda mais linda lutando. Samara tenta conversar com Léia sobre a visita de Darda, mas ela desconversa. Os guerreiros hebreus fingem abandonar o combate. Yussuf ordena que seus homens os persigam. Samara procura Darda para uma conversa. Deus manda Josué estender a lança na direção de Ai. O pelotão de Salmon aproveita o momento e invadem a cidade. Darda diz que Samara deve fazer perguntas à Léia. A vilã conversa com Yana e fica desconfiada. O pelotão de Salmon segue destruindo a cidade de Ai. Otniel salva a vida de Iru na batalha. Noemi conversa com Acsa e pergunta se a filha está interessada em Otniel. Ravena tenta atirar uma bola de fogo em Josué, mas seu poder não funciona contra o líder. A bola de fogo acaba explodindo na própria feiticeira, que morre queimada. Samara pergunta se Léia conhece Yana. Yussuf consegue desarmar Calebe.

Capitulo 128, sexta-feira, 30 de dezembro – Yussuf consegue desarmar Calebe. Talmal aparece e salva o guerreiro. O gigante joga o general longe. Léia manda Samara esquecer que viu Yana. Josué finalmente consegue acertar Yussuf. O líder agrade a Deus pela Vitória. Léia sede a pressão de Samara e revela que Yana é mãe de Aruna. Os hebreus arrastam o corpo de Yussuf e conquistam a cidade inimiga. Samara diz que dará um jeito para fazer com que Yana e Aruna sofram. Ioná conversa com Mara e avisa que não ficará longe de Elói. Léia implora para Samara não fazer besteira. Salmon reencontra Raabe e Lila. Josué discursa para o povo. Talmal volta ao acampamento. Aruna se declara para Josué. O líder e Calebe agradecem a ajuda de Talmal. As crianças presenteiam o gigante, que se despede. Acsa pede perdão por ter zombado de Otniel. Calebe se abre com Noemi e diz que Laís se declarou para ele.

Elenco / Personagens

Confira o perfil e conheça os personagens da novela A Terra Prometida

ACÃ – Tribo Judá
Kadu Moliterno

Guerreiro interesseiro, ambicioso, mentiroso, difamador. Finge ser honesto e fiel, mas detesta JOSUÉ e CALEBE. Gostaria de ser ele o líder de Israel. É um traidor que trabalha como espião para os cananeus. Em Jericó, ele comete o grande anátema (pecado) de roubar espólios de guerra, algo que tinha sido proibido por Deus. Por causa desse anátema, Israel perde a primeira batalha contra Ai

ACSA – Tribo Judá
Marisol Ribeiro

Filha de CALEBE, irmã de IRU. Linda e vaidosa, é uma boa moça, mas um tanto fútil e mimada. Ao longo da novela, amadurece. É cortejada por OTNIEL, mas o esnoba, pois o considera um fracote. Prefere flertar com o convencido GIBAR. Na segunda fase da novela, depois da morte de GIBAR, ela se apaixona por BOGOTAI, um gibeonita, o que deixa OTNIEL muito enciumado. Tempos depois, quando os gibeonitas se tornam servos, o romance de ACSA com BOGOTAI se torna proibido e ele acaba sendo expulso do acampamento hebreu. Acsa vai finalmente se apaixonar por OTNIEL que está mudado, mais valente e seguro, mas agora ele é que não a deseja mais. ACSA, então, faz tudo para provar que mudou e que merece seu amor, acabando por conquistá-lo

ADARA – Tribo Efraim
Yaçanã Martins

Mulher nômade (no estilo beduína), uma “rata do deserto” que aceita fingir ser a mãe de ARUNA, participando de um golpe da vilã SAMARA

ADÉLIA – Tribo Naftali
Rachel Erlich

Filha mais nova de MIBAR, irmã de NEZIÁ. Bela, coquete, vaidosa, mimada, cheia de não-me-toques, uma filhinha de papai. Dentro de casa, geniosa, difícil, briguenta.

AIÚDE – Tribo Aser
Fábio Villa Verde

Líder da tribo Aser, marido de MARA, pai de IONÁ. É um general correto, honesto, bem intencionado, um tanto manipulado por sua esposa MARA. Depois que ela começa a aprender feitiçaria com um criado (RACAL, antes feiticeiro de Gibeão), AIÚDE passa por influência dos feitiços a ser um general ambicioso e sanguinário.

ARAUTO – Cananeu de Ai
Danilo Sacramento

Arauto de Jericó, onde tem uma participação discreta, Trônio tem uma grande participação na fase de Ai, tornando-se servo do rei DURGAL. É um personagem positivo, engraçado, criativo. Ele se apaixona pela plebeia TILÉIA

ARUNA – Tribo Efraim
Thais Melchior

Bela moça órfã criada por QUEMUEL e LÉIA, irmã de criação de ELIEBER, TOBIAS e SAMARA. Não sabe quem são seus pais. Acredita que sua mãe morreu logo depois de dar à luz. ARUNA gostaria de saber mais sobre seu passado e, ao longo da novela, vai desvendar mistérios que nem imagina sobre a história de seus progenitores. Mistérios que vão explicar porque o pai de criação QUEMUEL gosta dela diferentemente da mãe de criação LÉIA que a despreza e da irmão adotiva SAMARA que a detesta. ARUNA é corajosa, destemida. É o par romântico de JOSUÉ. É linda e delicada, mas forte e ágil. Luta como uma verdadeira guerreira, melhor do que um homem. É tão exímia lutadora que começa a participar das batalhas militares, junto com os homens. Leva uma flechada de TOBIAS que age manipulado por SAMARA, que arma para parecer que o assassino foi ZAQUEU. ARUNA sobrevive, porém, e depois de um período presa por inimigos cananeus, retorna para ficar com seu amado JOSUÉ

BOÃ – Tribo Rúbem
Tatsu Carvalho

Líder da tribo Rúbem. Honesto, honrado, diplomático, humilde. Ama a esposa SAMA, mas ela não consegue lhe dar filhos e, assim, ele acaba tendo uma segunda esposa, mais jovem e fértil, RUTH. As segundas núpcias trazem muitos problemas para a família.

CALEBE – Tribo Judá
Milhem Cortaz

Líder da tribo Judá, casado com NOEMI, pai de IRU e ACSA, irmão de QUENAZ, tio de OTNIEL. Guerreiro poderoso, absolutamente fiel ao seu grande amigo JOSUÉ. Forte e impetuoso, CALEBE tem um coração puro e generoso. É um homem de muita fé, um marido apaixonado por sua esposa NOEMI e um excelente pai, sempre pronto a corrigir e aconselhar, às vezes com carinho, outras com firmeza, os filhos que vivem dando problemas.

CHAIA – Tribo Efraim
Juliana Boller

Boa, generosa, corajosa, determinada. Filha da viúva Darda, aprendeu com ela a ser uma excelente parteira e curandeira. Conhece todas as ervas e plantas medicinais, sabe realizar cirurgias e trabalha com dedicação heróica numa grande tenda que é usada como hospital para os feridos de guerra. Ela ama seu noivo ZAQUEU. Quando ele é forçado a fugir para a cidade de refúgio, CHAIA fica sozinha e sofre preconceito por ser noiva de um “assassino”. Na etapa final da novela, a inocência de ZAQUEU é provada. Ele retorna e os dois finalmente se casam.

DARDA – Tribo Efraim
Ana Barroso

Senhora viúva, mãe de CHAIA, sua amiga e confidente. É parteira e curandeira, entendida de ervas e plantas medicinais. Sábia e experiente, equilibrada, forte, determinada, boa conselheira

DURGAL – Cananeu de Ai
Roberto Frota

Velho rei de Ai, vaidoso, mimado, excêntrico, tão cruel quanto brincalhão. Gosta de ser adulado, é ingênuo e manipulável

ELEAZAR – Levita
Bernardo Velasco

Sacerdote-chefe dos levitas, grande amigo e confidente de JOSUÉ, tanto quanto o guerreiro CALEBE. Casado com INÊS, pai de FINÉIAS. Sábio de memória prodigiosa, excelente contador de histórias. Aos mais jovens, ele relata os feitos dos hebreus no passado, as histórias maravilhosas de Abraão, Jacó, José e Moisés, as aventuras e milagres que trouxeram o povo até este momento de fortalecimento e conquista

ELIAS – Tribo Judá
João Bourbonnais

Pai de JESSICA, comerciante, o homem mais rico da tribo Judá. Fica indignado quando SALMON rompe o noivado com sua filha para se casar com RAABE, uma estrangeira ex-prostituta. ELIAS, na segunda metade da novela, decide se casar de novo, e começa a cortejar DARDA

ELIDADE – Tribo Benjamin
Guilherme Leme Garcia

Líder da tribo Benjamin. Marido de LAILA, pai de LIVANA. É um guerreiro honesto e correto que ama a família e a filha. Como sua esposa fala demais, ELIDADE acaba tendo que se contentar em dar sua opiniões só quando LAILA “permite”, o que faz dos dois um casal com um bom toque de humor. Ele tem um coração de ouro, é muito simpático e generoso, mas fica revoltado quando descobre o relacionamento de sua filha LIVANA com um soldado de outra tribo, MAQUIR

ELIEBER- Tribo Efraim
Felipe Folgosi

Pronuncia-se ELIÉBER. Participa apenas dos capítulos 001 e 002, mas sua participação é muito importante. Filho mais velho de QUEMUEL e LÉIA, guerreiro valoroso e honesto, é o único que trata a filha de criação ARUNA com carinho e respeito. Ele a ensina a lutar espada, a atirar com arco-e-flecha, é mestre e amigo. ELIBER morre assassinado pelos cananeus no capítulo 002, o que traz grande sofrimento para toda a família, principalmente para ARUNA

ELIZAFÃ – Tribo Zebulom
Armando Amaral

Líder da tribo Zebulom,. Prático, honesto, trabalhador, correto, justo.

ELIAZAFE – Tribo Gad
Altair Rodrigues

Líder da tribo Gad. É um líder tribal viúvo, meio cego. Inteligente, grande estrategista militar, perito em preparar emboscadas e armadilhas para os inimigos. Ele auxilia JOSUÉ no planejamento das batalhas e invasões, mas não é totalmente fiel, chegando a conspirar em segredo contra decisões do líder. Apesar da visão ruim, ainda é um bom guerreiro

ELÓI – Tribo Aser
Claudio Gabriel

Genro de AIÚDE, casado com IONÁ. Cavalariço de JOSUÉ, absulutamente fiel ao líder JOSUÉ, um companheiro de confiança, bondoso, sensível, generoso. Enfrenta grande oposição da sogra MARA que o detesta. Depois que seu sogro se fere em batalha, ele se torna na prática o novo líder da tribo. Sofre muito quando sua esposa IONÁ se separa dele, influenciada pela magia negra da sogra MARA e do criado RACAL (antigo sacerdote de Gibeão)

FARDUK – Cananeu de Jericó
Castrinho

Dono da estalagem de Jericó, patrão de RAABE

FINÉIAS – Levita
Rafael Queiroz

Filho de ELEAZAR. É preparado para ser o sucessor de ELEAZAR como chefe dos levitas. Jovem e valente, embora seja um sacerdote, insiste em lutar junto aos guerreiros nas frentes de batalha.

GIBAR – Tribo Judá
Rodrigo Phavanello

Filho mais velho de ACÃ, irmão de MELQUIAS. Vaidoso, convencido, prepotente. Gosta de ACSA, filha de CALEBE e compete por ela com OTNIEL

GROK – Cananeu de Jericó
Antonio Gonzales

Carcereiro de Jericó.

HANIEL – Tribo Manassés
Paulo Cesar Grande

Líder da tribo Manassés, viúvo, pai de MAQUIR e do menino GAEL. Homem bom, mas rude, grosseirão, mal educado. Tem uma relacionamento ruim com os filhos MAQUIR, que puxou seu gênio difícil e sempre o enfrenta, e GAEL, que é um menino retraído e calado desde a morte da sua mãe. HANIEL se casa novamente com a bondosa TIRDA

HANIEL – Tribo Manassés
Paulo Cesar Grande

Líder da tribo Manassés, viúvo, pai de MAQUIR e do menino GAEL. Homem bom, mas rude, grosseirão, mal educado. Tem uma relacionamento ruim com os filhos MAQUIR, que puxou seu gênio difícil e sempre o enfrenta, e GAEL, que é um menino retraído e calado desde a morte da sua mãe. HANIEL se casa novamente com a bondosa TIRDA

INÊS – Levita
Brendha Haddad

Esposa de ELEAZAR, mãe de FINÉIAS. Amiga de NOEMI, esposa de CALEBE, e de LAILA, esposa de ELIDADE. Ela é ótima conselheira e gosta de contar histórias do povo hebreu. É uma mulher correta, antiquada, apegada à tradição, desconfiada dos jovens e preocupada com as regras e os costumes. Ela teme que Israel se perverta naquela “terra de pagãos”

IONÁ – Tribo Aser
Day Mesquita

Filha de AIÚDE e MARA, casada com ELÓI. Bondosa, carinhosa, um doce de criatura. Amiga e confidente de ARUNA. É apaixonada pelo marido ELÓI, mas influenciada pela feitiçaria de sua mãe MARA acaba se divorciando do marido e casando em segundas núpcias com o rico REFÁ. Depois ela descobre que foi influenciada e volta para os braços de ELÓI, seu verdadeiro amor

IRU – Tribo Judá
Guilherme Boury

Filho mais velho de CALEBE e NOEMI. Irmão de ACSA. Um grande guerreiro, forte, belo, destemido, a quem CALEBE prepara para ser sucessor de sua liderança no clã. IRU é atirado, inconsequente, vaidoso, um grande arrumador de encrencas. IRU se apaixona por MELINA, a princesa de AI, e acaba sendo aprisionado pelos inimigos. Depois de passar por muitas dificuldades e perigos, IRU volta para juntos dos hebreus transformado, mais maduro e equilibrado como seus pais tanto queriam. Ele então se apaixona por JESSICA, a ex-noiva de SALMON. Com ela, IRU amadurece e se torna mais equilibrado. Os dois terminam a novela juntos e felizes

ISAQUE – Tribo Naftali
Daniel Erthal

Filho mais velho de PEDAEL, irmão de TEMÁ. Simpático, brincalhão, toca flauta e é bom ator, fazendo em parceria com o irmão números de equilibrismo e malabarismo, além de representações que satirizam os outros personagens. Quer casar com a filha mais nova de MIBAR, ADÉLIA, então faz de tudo para que o irmão se case primeiro com a irmã mais velha NEZIÁ

JESANA – Tribo Efraim
André Ramiro

Ajudante de DARDA e CHAIA no tratamento dos doentes e feridos de Gilgal. Tem bom coração, é honesto e generoso. Quando RUNE se acidenta e fica paralítico, JESANA passa a auxiliá-lo e os dois se tornam grandes amigos. Quando ZAQUEU parte para o exílio, JESANA propõe casamento a CHAIA na intenção de se tornar protetor dela e de sua mãe DARDA. CHAIA bem que tenta se envolver com JESANA, mas não é feliz e eles se separam

JESSICA – Tribo Judá
Maytê Piragibe

Noiva de SALMON, filha de ELIAS. Vaidosa, geniosa, ciumenta. Ao sentir que SALMON já não gosta dela como antes, JESSICA começa a se comportar como vilã. Depois que é abandonada por SALMON e trocada por RAABE, faz intrigas para aumentar o preconceito de todos contra a ex-prostituta. Adiante, quando SALMON assume seu amor por RAABE, JESSICA quase enlouquece, fazendo de tudo para minar a felicidade do ex-noivo. Na etapa final, JESSICA vai se apaixonar por IRU, filho de CALEBE, com quem terminará a novela feliz

JOGLI – Tribo Dan
Dudu Oliveira

Líder da tribo Dan. Genioso, violento, sanguinário

JOSUÉ – Tribo Efraim
Sidney Sampaio

Depois da morte de Moisés, torna-se o líder militar e espiritual dos hebreus e comanda a conquista da Terra Prometida. Vive agora próximo ao tabernáculo, junto dos Levitas, mas sua tribo originária é a tribo Efraim. Guerreiro experiente, dotado de coragem, determinação e de uma fé poderosa. Brilhante estrategista, justo, sincero, corajoso, firme, direto, sempre dizendo a verdade doa a quem doer. Ama a cada um dos hebreus como se fossem seus filhos, preocupando-se com o bem estar de cada um, sendo atencioso com todos, até com os mais humildes, mas também sabendo ser rigoroso e severo nos momentos de necessidade, sempre no cumprimento das leis e das determinações de Deus. Viúvo de Ana, planejava ficar solitário pelo resto da vida, mas apaixona-se pela bela e corajosa ARUNA. Seu envolvimento com ela desperta o ódio da vilã SAMARA que, apaixonada de forma obsessiva por JOSUÉ, sente-se renegada e jura vingança

KADMO – Cananeu de Jericó
Marcos Reis

Oficial cananeu

KAMIR – Cananeu de Ai
Roberto Bomtempo

Irmão do REI DURGAL, prefeito de Ai, casado com ULA, pai de MELINA. Frio como um psicopata, ambicioso, cruel, deseja o trono de seu irmão DURGAL e acaba cometendo o fratricídio para consegui-lo

KALESI – Cananéia de Jericó
Juliana Silveira

A temida “senhora das serpentes” de Jericó. Tão bela, quanto má, esposa do REI MAREK. Sádica, cruel

LAILA – Tribo Benjamin
Valéria Alencar

Esposa de ELIDADE, mãe de LIVANA. Fofoqueira e verborrágica, tem bom coração, mas repara demais na vida alheia. Está sempre dando opiniões sobre tudo e dominando a conversação, o que cansa seu marido ELIDADE e dá à personagem um bom toque de humor. LAILA sonha que a filha LIVANA tenha um bom casamento. Amiga de NOEMI, esposa de CALEBE e de INÊS, esposa de ELEAZAR. Quando se revela que LIVANA está envolvida com MAQUIR, um integrante de outra tribo, LAILA fica envergonhada a ponto de se negar a sair de casa para encarar os vizinhos

LAIS – Tribo Judá
Ariela Massotti

Entra na novela por volta do capítulo 075. Moça bonita que perdeu o pai na batalha de Jericó e ficou sozinha no mundo, ansiosa para conseguir um bom casamento que lhe dê segurança. Ela se apaixona por CALEBE, mesmo sabendo que ele é um homem casado. Embora CALEBE não lhe dê a menor esperança, LAIS fica obcecada, passando a perseguir o amado, a tentar seduzi-lo a todo custo, e a tentar prejudicar sua esposa NOEMI e até seus filhos IRU e ACSA. Uma personalidade doentia, portanto

LÉIA – Tribo Efraim
Beth Goulart

Mulher de QUEMUEL, mãe de ELIEBER, TOBIAS, SAMARA e da filha de criação ARUNA. Ambiciosa e orgulhosa, tem uma preferência não disfarçada pelos filhos legítimos TOBIAS e SAMARA, sempre tratando com rispidez e desprezo a filha adotiva ARUNA. É cúmplice e conselheira de SAMARA, decidida a ajudar a filha a conquistar o viúvo JOSUÉ

LIVANA – Tribo Benjamin
Leticia Medina

Filha de ELIDADE e LAILA. Mocinha ingênua, sonhadora, romântica. Tem um relacionamento secreto e proibido com MAQUIR, um filho de outra tribo, Manassés. Ela engravida de MAQUIR e só não é punida porque outro homem, RUNE, assume o filho. LIVANA constinua sendo assediada pelo cafajeste MAQUIR enquanto tenta se acertar com o marido RUNE que sofre um grave acidente. Com o tempo, LIVANA se apaixona por RUNE

LIORA – Cananéia de Jericó
Leticia Tomazzela

Prostituta amiga de RAABE

MAQUIR – Tribo Manassés
Alexandre Slavieiro

Filho de HANIEL e enteado de TIRDA, irmão de GAEL. Um bom soldado, mas mau caráter, de temperamento rebelde, voluntarioso. Apaixona-se por LIVANA, mocinha da tribo Benjamim, e acaba por engravidá-la. Como é proibido o relacionamento entre tribos, ele renega a ela e ao filho. LIVANA se casa com outro homem, RUNE, que assume a criança como se fosse sua. Apesar disso, MAQUIR segue cercando a moça e tentando seduzi-la novamente

MARA – Tribo Aser
Cristiana Oliveira

Esposa de AIÚDE, mãe de IONÁ. Extremamente pessimista a ponto de se tornar engraçada por sua morbidez. Amarga, desconfiada, ambiciosa, vaidosa, ardilosa, falsa, manipuladora. Incentiva o marido AIÚDE para que ele seja violento e sanguinário com os inimigos e para que conquiste cada vez mais poder. Ela sonha em conseguir que sua filha IONÁ se separe de seu genro ELÓI (que detesta) e consiga um segundo casamento vantajoso com o homem mais rico da tribo, REFÁ. Em nome de seus objetivos, começa a cultuar deuses pagãos e a aprender magia negra com seu criado RACAL que descobre ter sido o principal sacerdote do reino de Gibeão

MAREK – Cananeu de Jericó
Igor Rickli

Rei de Jericó, casado com a RAINHA KALESI. Prepotente, vaidoso, desprezível

MELINA – Cananéia de Ai
Carla Diaz

Filha de KAMIR e ULA, torna-se princesa de Ai depois que seu pai assume o trono. De início parece ser uma personagem positiva, mas acaba se revelando tão perigosa e ardilosa quanto os pais. Quando Ai é atacada pelos hebreus, tenta fugir disfarçada de serva e com sua serva NAJARA disfarçada de princesa. Sua escolta é atacada pelos hebreus, NAJARA que se identica como a princesa MELINA de Ai é morta. E a verdadeira MELINA foge e se esconde. Tem um romance com o hebreu IRU

MELQUIAS – Tribo Judá
Gabriel Gracindo

Filho mais novo de ACÃ, irmão de GIBAR. Invejoso, mau caráter, agressivo, briguento, mas um bom soldado, do tipo que gosta da guerra. Um dos espiões enviados por JOSUÉ a Jericó, juntamente com SALMON. Tem inveja do relacionamento de SALMON e RAABE e a deseja de uma forma insistente e agressiva. Com despeito, MELQUIAS ajuda a alimentar o preconceito contra ela e sua família

MERODAQUE – Cananeu de Jericó
Marcos Winter

Principal sacerdote de Jericó. Feiticeiro sinistro que realiza rituais macabros com serpentes e sacrifica virgens e crianças inocentes aos deuses pagãos de Canaã

MIBAR – Tribo Naftali
Gilberto Torres

Pai de NEZIÁ e ADÉLIA. Ambicioso, mesquinho. Não vê a hora de casar a filha mais velha NEZIÁ, pois esta já está ficando “velha” para casar, com vinte e cinco anos. Sabe que os dois filhos de PEDAEL querem ADÉLIA e está interessado no dote farto que o líder da tribo lhe dará. Tenta negociar para que um deles aceite a mais velha NEZIÁ, mas os dois irmãos não cedem.

MILAH – Cananéia de Jericó
Elizângela

Esposa de ORIAS, mãe de RAABE e NOBÁ. Dona de casa humilde, sofrida, envergonhada, recalcada. RAABE a ensina a se dar valor e ser mais altiva. Ela fica muito doente, quase morre, mas se cura graças a um milagre

MURALHA – Cananeu de Jericó
Bruno Palatão

Lutador no estilo gladiador. Muito grande e forte

NEZIÁ – Tribo Naftali
Juliana Kelling

Filha mais velha de MIBAR, irmã de ADÉLIA. Nada vaidosa, não se cuida, está sempre de cabelos não penteados, mal vestida, uma espécie de “Beth, a Feia”. Mas é doce, bondosa, generosa, cheia de qualidades. Na segunda fase da novela, vai começar a se arrumar e será revelado que é, na verdade, ainda mais linda do que a irmã caçula

NOEMI – Tribo Judá
Nívea Stelmann

Esposa de CALEBE, mãe de IRU e ACSA. É uma mulher de muita fé, um exemplo de esposa e mãe amorosa, sempre pronta a ajudar e aconselhar o marido, os filhos e os amigos. Ela é apaixonada por CALEBE e faz tudo para agradá-lo. Também é uma mãe protetora e compreensiva, mas sabe ser firme quando preciso. Até porque os filhos IRU e ACSA ainda precisam amadurecer muito e estão sempre se metendo em encrencas

ORIAS – Cananeu de Jericó
Walter Breda

Pai de RAABE e NOBÁ. Sapateiro humilde, grosseiro, rude, bruto com a esposa e com a filha RAABE, pois não se conforma pelo fato dela ser uma prostituta. Depois que vai viver com os hebreus, reluta em aceitar o Deus de Israel. Só o faz depois que sua esposa MILAH é curada milagrosamente de uma grave doença. Então ele vai se tornando um homem melhor e mais carinhoso com a família. Tenta voltar a trabalhar e ser respeitado na tribo Judá, mas enfrenta grande preconceito até encontrar aceitação

OTNIEL – Tribo Judá
Leonardo Miggiorin

Filho de QUENAZ, sobrinho de CALEBE. Homem pequeno e de constituição frágil, ingênuo, desajeitado, amante da paz, acaba subestimado e ridicularizado pelos outros guerreiros. Tem um bom relacionamento com o pai viúvo, mas é menosprezado pela moça que ama, ACSA. Aprende a ser um verdadeiro soldado e um homem maduro com um amigo inesperado, o gigante TALMAL. Transforma-se então num guerreiro respeitado e conquista o coração de ACSA. Será no futuro o primeiro Juiz de Israel, substituto de JOSUÉ na liderança dos hebreus

PALTIEL – Tribo Issacar
Lino Corrêa

Líder da tribo Issacar. Não é muito inteligente, mas é o mais forte dos líderes tribais. É de uma fidelidade absoluta a JOSUÉ e acaba se tornando o chefe da guarda pessoal do líder dos hebreus

PEDAEL – Tribo Naftali
Ernani Moraes

Líder da tribo Naftali, pai de ISAQUE e TEMÁ. Gordo, glutão, beberrão, gosta de festas, música e de apostas. Alegre, risonho, humorista, um bom comunicador

QUEMUEL – Tribo Efraim
Raymundo de Souza

Líder da tribo Efraim, esposo de LÉIA, pai de ELIEBER, TOBIAS, SAMARA e da filha de criação ARUNA. É um bom guerreiro, fiel a JOSUÉ, mas um tanto submisso às vontades da temperamental esposa LÉIA e dos filhos mimados SAMARA e TOBIAS. Gosta de ARUNA e até tenta defendê-la da má vontade das mulheres da casa, mas sem a firmeza necessária. Ao longo da novela, vai aprender a se impor mais sobre a esposa e a filha caçula. Depois que sua filha ARUNA é dada como morta, supostamente por uma flechada do caçador ZAQUEU, a vida pacata de QUEMUEL se transtorna e ele jura vingança

QUENAZ – Tribo Judá
Zeca Carvalho

Irmão mais novo de CALEBE, da tribo Judá. Viúvo, pai de OTNIEL. QUENAZ gosta do filho OTNIEL e se preocupa com as dificuldades deste em se tornar um grande guerreiro. Tem com o filho uma relação de amizade e confiança, sempre o aconselhando e incentivando

RAABE – Cananéia de Jericó
Mirian Freeland

Prostituta de Jericó, bela, humilde, corajosa, sincera, inteligente, tem fé no Senhor apesar de sua origem pagã. Ela ajuda os espiões hebreus SALMON e MELQUIAS a escaparem dos soldados cananeus. Por este ato heroico e por acreditar no Deus único, ela e sua família são preservados quando Jericó é invadida e dizimada. RAABE e sua família passam a viver na tribo Judá. O povo não admite tão fácil a presença daqueles estrangeiros, ainda mais sabendo que RAABE era prostituta. Ela e seus familiares enfrentam muito preconceito, principalmente porque ela se apaixona e se envolve com um dos espiões hebreus, SALMON

RACOM – Cananeu de Jericó
Daniel Villas

Oficial cananeu, subalterno de TIBAR

RUNE – Tribo Benjamin
Douglas Sampaio

É escolhido por ELIDADE como noivo de LIVANA. Apaixona-se por ela de verdade e quando descobre que LIVANA está grávida de MAQUIR, salva o casal pecador assumindo o filho como se fosse dele. É honesto, correto e corajoso. Sofre um grave acidente que o deixa paralítico e pensa que sua vida acabou por esse motivo. Com a ajuda de LIVANA e dos amigos, RUNE descobre que ainda tem muito para viver e que ainda pode ser muito feliz

RUTH – Tribo Rúbem
Louise Marie

Segunda esposa de BOÃ. No início, parece honesta, correta e bondosa, mas depois se mostra ardilosa e interesseira. Depois que se torna segunda esposa, começa a fazer tudo o que pode para se sobressair à primeira esposa SAMA

SALMON – Tribo Judá
Rafael Sardão

Espião enviado por JOSUÉ a Jericó. Irmão mais velho de LILA a quem cria como um filha, pois os dois são órfãos. Honesto, bondoso, corajoso, SALMON acredita que seus pais foram mortos por cananeus e, por isso, não vê a hora de atacá-los na guerra. SALMON tem um compromisso de casamento com JESSICA, mas se apaixona pela prostitua de Jericó RAABE, enfrentando por isso muita oposição da parte de sua família e de todos da tribo

SAMA – Tribo Rúbem
Andrea Avancini

Esposa de BOÃ. Boa esposa de BOÃ, sofre muito porque não consegue ter filhos. Cinco já nasceram mortos. Por conta disso, BOÃ arruma uma segunda esposa, a jovem RUTH. No início, SAMA aceita, mas depois que nasce o filho de RUTH, ela começa a alimetar um ciúme doentio da esposa mais jovem

SAMARA – Tribo Efraim
Paloma Bernardi

Filha do líder QUEMUEL e de LÉIA, irmã de ELIEBER, TOBIAS e ARUNA. Mimada, geniosa, briguenta, explosiva. Louca de paixão por JOSUÉ sem ser correspondida, quer obsessivamente conquistá-lo e se casar com ele. Despreza a irmã de criação ARUNA, a quem não gosta na verdade por invejar suas qualidades. Quando descobre que JOSUÉ ama justamente ARUNA, fica revoltada e se transforma na principal vilã da novela. Torna-se uma verdadeira peste, invejosa, rancorosa, mentirosa, chantagista, manipuladora, vingativa

SAMUEL – Tribo Simeão
Guggo Morales

Líder da TRIBO SIMEÃO. É um grande militar, um guerreiro temido

SANDOR – Cananeu de Jericó
Pedro Henrique Moutinho

Filho do comandante TIBAR. Parece honesto, corajoso, romântico, mas depois revela-se um homem possessivo e tão perigoso quanto seu pai. Apaixona-se por RAABE, sem que o pai saiba

SETUR – Tribo Rúbem
Caetano O’Maihlan

Melhor amigo de BOÃ, soldado corajoso, ferreiro especialista armas de guerra, faz as melhores lanças e espadas de toda Israel. Também é excelente desenhista e ajuda JOSUÉ fazendo mapas das cidades a serem conquistadas. Belo jovem, fiel ao líder BOÃ.

TALMAL – Gigante
Paulo Goulart Filho

Gigante que ficará amigo dos personagens OTNIEL, LILA e GAEL.

TEMÁ – Tribo Naftali
Osmar Silveira

Filho mais novo de PEDAEL, irmão de ISAQUE. Agitado, extrovertido, falante, piadista, toca pandeiro e é parceiro do irmão nos números circenses e nas cenas teatrais em que satirizam os outros personagens. Também quer casar com a irmão mais nova de MIBAR, ADÉLIA, então luta para empurrar a mais velha NEZIÁ para o irmão.

TIBAR – Cananeu de Jericó
Leonardo Franco

Chefe do exército de Jericó, braço direito do REI MAREK. Ardiloso, violento, corrupto. Tem uma relação de amor e ódio por RAABE. É o principal vilão de Jericó, pai do jovem soldado SANDOR

TIRDA – Tribo Manassés
Priscilla Uba

Nova esposa de HANIEL, madrasta de MAQUIR e GAEL. Bondosa, generosa, tolerante, sua vida é a família. Ela faz todo possível para domar o marido grosseirão e seus dois filhos problemáticos. Com amor e paciência, ela acaba conseguindo.

TOBIAS – Tribo Efraim
Raphael Viana

Filho de QUEMUEL e LÉIA, irmão de ELIEBER, SAMARA e ARUNA. Guerreiro forte, ágil, habilidoso, TOBIAS gosta de CHAIA, mas ela já é noiva do guerreiro ZAQUEU. Ele começa a história com alguns defeitos de caráter inicialmente sutis. Um tanto egoísta, um tanto invejoso, um tanto covarde. Depois é sequestrado pelos cananeus e sofre muito. Arrastado amarrado a um cavalo, fica com metade do rosto toda marcada por cicatrizes. Prisioneiro dos inimigos, transforma-se num guerreiro famoso (uma espécie de gladiador). Ao voltar para junto dos hebreus, passa a ser um importante vilão, junto com a irmã SAMARA

TOBIAS – Tribo Efraim
Raphael Viana

Filho de QUEMUEL e LÉIA, irmão de ELIEBER, SAMARA e ARUNA. Guerreiro forte, ágil, habilidoso, TOBIAS gosta de CHAIA, mas ela já é noiva do guerreiro ZAQUEU. Ele começa a história com alguns defeitos de caráter inicialmente sutis. Um tanto egoísta, um tanto invejoso, um tanto covarde. Depois é sequestrado pelos cananeus e sofre muito. Arrastado amarrado a um cavalo, fica com metade do rosto toda marcada por cicatrizes. Prisioneiro dos inimigos, transforma-se num guerreiro famoso (uma espécie de gladiador). Ao voltar para junto dos hebreus, passa a ser um importante vilão, junto com a irmã SAMARA

TUPAK – Cananeu de Jericó
Diego Amaral

Eunuco serviçal da rainha KALESI

ULA – Cananéia de Ai
Rafaela Mandelli

Esposa de KAMIR, mãe de MELINA. Parece bondosa, mas é conivente com as maldades do marido, manipuladora, ambiciosa. Depois não suporta a culpa pelos crimes e violências que incentivou o marido a cometer e enlouquece.

UZI – Tribo Gad
Paulo Hamilton

Bom soldado, melhor amigo de ELIAZAFE. Morre durante a guerra contra Jericó

YANA – Tribo Efraim
Luciana Braga

Todos pensam que ela morreu, mas na verdade a MÃE DE ARUNA vive no deserto, à margem do acampamento hebreu, observando de longe o desenvolvimento de sua filha. Depois vai se revelar para ARUNA e se tornar sua aliada secreta

YUSSUF – Cananeu de Ai
Iran Malfitano

Comandante que parece honesto, fiel ao rei DURGAL, mas que também se mostra um vilão, mancomunado com o amigo KAMIR. Depois da morte de DURGAL, passa a se desentender com KAMIR e se torna ele também uma de suas vítimas

ZAQUEU – Tribo Efraim
Ricky Tavares

Líder dos caçadores da tribo Efraim, noivo de CHAIA. Gentil, extrovertido, bem humorado, apaixonado por sua noiva. SAMARA arma para parecer que ele foi o assassino involuntário de ARUNA. Certo de que matou mesmo ARUNA por engano, ZAQUEU tem que fugir e se esconder numa cidade de refúgio. ZAQUEU volta ao acampamento hebreu disfarçado, atrás de justiça. No final, consegue comprovar sua inocência e fica com sua amada CHAIA

ZUMA – Cananeu de Jericó
Iran Gomes

Lutador núbio, no estilo gladiador. Muito grande e forte

Elenco
♦ SIDNEY SAMPAIO – Josué
♦ THAÍS MELCHIOR – Aruna
♦ LUCIANA BRAGA – Yana
♦ RAYMUNDO DE SOUZA – Quemuel
♦ BETH GOULART – Léia
♦ FELIPE FOLGOSI – Eliber
♦ PALOMA BERNARDI – Samara
♦ RAPHAEL VIANA – Tobias
♦ RICKY TAVARES – Zaqueu
♦ JULIANA BOLLER – Chaia
♦ ANA BARROSO – Darda
♦ ANDRÉ RAMIRO – Jesana
♦ MILHEM CORTAZ – Calebe
♦ NÍVEA STELMANN – Noemi
♦ GUILHERME BOURY – Iru
♦ MARISOL RIBEIRO – Acsa
♦ YAÇANÃ MARTINS – Adara
♦ LEONARDO MIGGIORIN – Otniel
♦ ZECA CARVALHO – Quenaz
♦ KADU MOLITERNO – Acã
♦ RODRIGO PHAVANELLO – Gibar
♦ GABRIEL GRACINDO – Melquias
♦ RAFAEL SARDÃO – Salmon
♦ MAYTÊ PIRAGIBE – Jéssica
♦ JOÃO BOURBONNAIS – Elias
♦ ARIELA MASSOTTI – Laís
♦ PAULO CÉSAR GRANDE – Haniel
♦ BERNARDO VELASCO – Eleazar
♦ BRENDHA HADDAD – Inês
♦ RAFAEL QUEIROZ – Finéias
♦ PRISCILA URBA – Tirda
♦ ALEXANDRE SLAVIERO – Maquir
♦ GUILHERME LEME GARCIA – Elidade
♦ VALÉRIA ALENCAR – Laila
♦ LETÍCIA MEDINA – Livana
♦ DOUGLAS SAMPAIO – Rune
♦ ERNANI MORAES – Pedael
♦ DANIEL ERTHAL – Isaque
♦ OSMAR SILVEIRA – Temá
♦ GILBERTO TORRES – Mibar
♦ RACHEL ERLICH – Adélia
♦ JULIANA KELLING – Neziá
♦ FÁBIO VILLA VERDE – Aiúde
♦ CRISTIANA OLIVEIRA – Mara
♦ CLÁUDIO GABRIEL – Elói
♦ DAY MESQUITA – Ioná
♦ DUDU OLIVEIRA – Jogli
♦ LINO CORREIA – Patiel
♦ ALTAIR RODRIGUES – Eliazafe
♦ PAULO HAMILTON – Uzi
♦ GUGGO MORALES – Samuel
♦ ARMANDO AMARAL – Elizafã
♦ TATSU CARVALHO – Boã
♦ ANDREA AVANCINI – Sama
♦ LOUISE MARRIE – Ruth
♦ CAETANO O´MALHLAN – Setur
♦ MÍRIAN FREELAND – Raabe
♦ MARCOS WINTER – Merodaque
♦ ELIZÂNGELA – Milah
♦ ÍGOR RICKLY – Rei Marek
♦ JULIANA SILVEIRA – Rainha Kalesi
♦ LEONARDO FRANCO – Tibar
♦ PEDRO HENRIQUE MOUTINHO – Sandor
♦ MARCOS REIS – Kadmo
♦ ANTÔNIO GONZALEZ – Grok
♦ CASTRINHO – Farduk
♦ LETÍCIA TOMAZELLA – Liora
♦ IRAN GOMEZ – Zuma
♦ BRUNO PATALÃO – Muralha
♦ DANIEL VILLAS – Racom
♦ DIEGO AMARAL – Tupak
♦ WALTER BREDA – Orias
♦ ROBERTO FROTA – Rei Durgal
♦ ROBERTO BONTEMPO – Kamir
♦ CARLA DIAZ – Melina
♦ RAFAELA MANDELLI – Ula
♦ IRAN MALFITANO – Yussuf
♦ DANILO SACRAMENTO – Arauto
♦ PAULO GOULART FILHO – Talmal
♦ Rei Zareg
♦ Rainha Jefoné
♦ Rei Adonizedec
♦ Rei Jabim
♦ Bogotai
♦ Najara
♦ Ravena
♦ Tiléia
♦ Racal
♦ Refá

Trilha Sonora Nacional e Internacional

Obs.: aguardando divulgação oficial da trilha sonora pela emissora Rede Record

0 Comentário para: “A Terra Prometida Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *