Quatro por Quatro Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela Quatro por Quatro desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Quatro por Quatro e de todas as novelas da Globo.

Sobre a Novela Quatro por Quatro

◘ Período de exibição: 24/10/1994 – 22/07/1995
◘ Horário: 18h50
◘ Nº de capítulos: 233
◘ Autoria: Carlos Lombardi
◘ Colaboração: Ronaldo Santos e Maurício Arruda
◘ Direção: Alexandre Avancini, Luís Henrique Rios e Maurício Farias
◘ Direção geral: Ricardo Waddington

Com ritmo dinâmico e texto descontraído, a trama apresentava conflitos amorosos repletos de separações, reconciliações e tramoias. Quatro carros dirigidos por mulheres descontroladas se chocam no caótico trânsito do Rio de Janeiro. Assim se dá o encontro entre a dondoca Abigail (Betty Lago), a dona de casa Auxiliadora (Elizabeth Savala), a tímida secretária Tatiana (Cristiana Oliveira) e a manicure Babalu (Letícia Spiller). Elas acabam presas na mesma cela e bastam alguns minutos para que descubram que, naquele mesmo dia, todas haviam perdido o homem amado. Uma por todas, todas por uma, elas decidem se unir em um projeto de vingança contra seus algozes, desejando a eles a mesma dor que sentiam. Os alvos são Gustavo (Marcos Paulo), Alcebíades (Tato Gabus Mendes), Fortunato (Diogo Vilela) e Raí (Marcello Novaes), par de cada uma, respectivamente.

O famoso cirurgião Gustavo sempre tratou sua mulher, Abigail, como fútil e burra. Ela, por sua vez, sempre se deixou levar. Mas, em uma competição involuntária com o marido, acaba se descobrindo uma psicóloga promissora. Furioso, ele a humilha, e ela decide acabar com o orgulho profissional dele. Abigail tem jeito de dondoca, mas é a mais inteligente das quatro vingadoras e vai surpreendendo o ex-marido ao longo da trama.

Alcebíades, por sua vez, passa a ter vergonha da mulher depois de subir na vida graças ao trabalho e esforço dela em suas padarias. Novo-rico, dono de um restaurante sofisticado, troca Auxiliadora por uma noiva com idade para ser sua filha, a mimada e afetada Elisa Maria (Lizandra Souto). Para piorar, Alcebíades ainda faz Auxiliadora assinar papéis abrindo mão de seus bens para ele. Abandonada, tudo o que ela quer é ver o ex-marido ter uma grande decepção com a “paquita erótica”, como passa a se referir à ninfeta.

Já Fortunato, sempre trapalhão e trambiqueiro, abandona Tatiana na porta da igreja. Tímida e extremamente romântica, ela perde o rumo e sua pouca autoestima. Das quatro vingadoras, é a mais apática. Aprende muito com Babalu, um furacão de mulher que a ensina a gostar mais de si mesma.

Toda a beleza e o amor de Babalu não foram suficientes para que Raí abandonasse seus rabos de saia. Ele chega a ser flagrado pela namorada com outra mulher em sua própria cama. Babalu é a mais irada das quatro vingadoras. Entretanto, dos quatro casais, esse é o único verdadeiramente apaixonado na trama.

O que começa como uma vingança desorganizada, torna-se um plano perfeito. As quatro combinam que cada uma será responsável pela vingança contra o parceiro da outra. Com o decorrer do tempo, tornam-se grandes amigas e cúmplices, sempre se esforçando para infernizar a vida de seus ex-parceiros.

No último capítulo, Babalu, grávida de Raí, sobe ao altar com o médico-residente Ralado (Marcelo Faria), filho de Gustavo e Abigail. Mas Raí aparece surpreendentemente e declara seu amor à manicure. Ralado tenta interromper a conversa do casal, mas os dois o jogam na piscina e fogem juntos. Dos quatro casais iniciais da trama, somente Babalu e Raí se reconciliam. Eles terminam a novela cheios de filhos, inclusive adotados. Ralado, por sua vez, termina a novela com seu verdadeiro amor, sua parceira de residência médica, Maria Eduarda (Luana Piovani).

Tatiana, que antes escondia sua beleza por trás de grandes óculos e roupas formais, descobre-se uma linda mulher e arrebata o coração do mulherengo Bruno (Humberto Martins). Auxiliadora, por sua vez, abandona a postura de mulher submissa e torna-se uma grande administradora de padarias, tendo Alcebíades como seu empregado, servil e subjugado. Abigail obtém reconhecimento profissional e publica o livro O Doce Sabor da Vingança, com a história das quatro amigas, permeada por um parecer psicológico. Em um cômico triângulo amoroso, Auxiliadora e Abigail passam a disputar o amor de Samuel Spadafora (Kadu Moliterno), um detetive muito atrapalhado, que acaba ficando com a primeira.

Depois de uma passagem de tempo de três anos, a última cena da novela remete ao começo da trama. As quatro amigas iradas batem de carro novamente, brigam com os policiais e voltam para o xadrez. Babalu estava descontrolada porque havia flagrado Raí pelado com a vizinha; Abigail havia brigado com um companheiro de trabalho, porque ele estava com inveja dela, que fora contratada para fazer um quadro de psicologia no Fantástico; Auxiliadora estava à beira de um ataque de nervos com Samuel, um acomodado incapaz de cuidar sequer do esquema de segurança de suas padarias, e Tatiana havia sido esquecida no altar novamente, dessa vez por Bruno. Na mesma cela de antes, as quatro juram vingança, unem as mãos e fazem o gesto dos mosqueteiros, como no capítulo de estreia.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Quatro por Quatro

** Resumo ainda não disponível

Ângela é a menina com receio de conhecer o verdadeiro pai, Bruno, o médico que não conseguiu salvar a mulher a quem amava, Mércia, no momento do parto. Traumatizado com a perda, entregou a criança para ser criada pelo primo Gustavo, e foi refugiar-se no Amazonas, fugindo de todos e do passado. Mas o passado está de volta na figura de Suzana, uma sósia de Mércia que na verdade é sua irmã mais nova, e que enlouquece Bruno num jogo de sedução. De volta ao Rio de Janeiro, Bruno está disposto a reconquistar a filha, mas terá que enfrentar Gustavo , na verdade seu tio bastardo, que detém a guarda de Ângela.

Gustavo é um famoso médico, casado com pseudo-dondoca Abigail, uma psicóloga que sempre lutou para manter o casamento fracassado. Humilhada pelo marido, Abigail decide dar a volta por cima e se vingar de Gustavo. Após um incidente no trânsito, ela vai presa com outras três mulheres com histórias parecidas, também humilhadas pelos seus respectivos homens:a batalhadora Auxiliadora, que sempre lutou para fazer com que o marido, Alcebíades, prosperasse com o seu negócio de padarias, mas que foi trocada por uma garota bem mais jovem, a tímida Tatiana, que foi abandonada no altar pelo noivo, Fortunato e a manicure furacão Babalu, que deu o maior flagrante no namorado, o mecânico Raí, na cama com outra mulher (Norma Shirley).

Na cadeia, as quatro mulheres unem forças e travam um pacto de vingança contra os homens que as traíram e as fizeram sofrer:cada uma será responsável pela punição do “ex” da outra. Abigail fingirá ser a irmã mais velha Calpunia “Pupu” de Alcebíades para infernizar a noivinha Elisa Maria, ainda perturbando Alce com seu maior temor “doenças imaginarias” e assim retomar os bens de Auxi. Auxiliadora por sua vez irá se passar por uma espanhola para descobrir as falcatruas do médico mau caráter. Mas acaba se envolvendo e se apaixonando por Gustavo, o que acaba prejudicando e colocando a vingança em risco. Ainda também se passará pela hilária mulata Maria do Socorro. Tati fingirá ser uma mineirinha recatada para humilhar o mecânico mulherengo Raí, antes mesmo de colocar o plano em ação ela acaba se apaixonando por Bruno. Grávida dele, teme que o mesmo a deixe, por isso esconde o fato e é Ângela que a ajuda nessa parte. Babalu irá trabalhar na casa da avó do Bruno onde Bibi arrumou emprego de jardineiro para Fortunato, e assim vingar Tati infernizando a vida do jardineiro na mansão. Uma curiosidade que foi revelada no Programa Raul Gil por Alexandre Frota no quadro “Pra Quem Você Tira o Chapéu” é a de que o personagem Raí iria ser interpretado pelo mesmo e não por Marcelo Novaes,mas o diretor Ricardo Wadington vetou, a novela seria dirigida por Roberto Talma,que acabou saindo antes mesmo de a novela começar.

Quatro por Quatro marcou a volta da comédia ao horário das 19h. Inicialmente, a novela teria apenas 150 capítulos, mas foi esticada devido a seu grande sucesso.

Letícia Spiller, ex-paquita do Xou da Xuxa (1986), foi considerada pela mídia atriz revelação por conta de sua atuação como Babalu, uma personagem sexy, desbocada e barraqueira. Letícia Spiller conta que se inspirou na Mônica, personagem dos quadrinhos de Mauricio de Sousa, para compor a manicure suburbana. A bolsinha com que ela acertava Raí (Marcello Novaes), toda vez que se irritava com ele, fazia as vezes do coelhinho Sansão. Na opinião da atriz, Babalu era impulsiva e indignada como a Mônica e tinha também o senso de justiça da personagem dos quadrinhos. Toda vez que ficava encabulada ou confusa, Babalu coçava a nuca com rapidez, um trejeito que marcou a personagem.

Babalu tinha um vocabulário, que também caiu na boca do povo na época da novela. Suas expressões mais comuns eram “bofe” (para se referir aos homens), “bicha” (para se referir às mulheres), “mona” (mulher, amiga, forma de um gay chamar o outro), “desaquenda” (abandonar, deixar de lado, sair de perto, esquecer, deixar em paz), “babado” (história, fofoca), “é uó” (feio, ruim), “erezinho” (criança).

A atriz Betty Lago (Abigail) se destacou na novela com seu humor refinado. Em uma cena hilária, uma barata sobe por sua roupa e ela tem um ataque histérico. Os gritos de pânico são da própria atriz, que não precisou fingir o desconforto pelo qual passava a personagem.

Segundo o autor Carlos Lombardi, a trama de Bruno (Humberto Martins) e Gustavo (Marcos Paulo), que disputavam a guarda da menina Ângela (Tatyane Fontinhas Goulart), foi inspirada em histórias semelhantes criadas para Bebê a Bordo (1988) e Perigosas Peruas (1992).

O ator Kadu Moliterno inspirou-se no personagem Mário Fofoca, interpretado por Luiz Gustavo na novela Ti-Ti-Ti, (1985), para criar o detetive atrapalho Samuel Spadafora.

Quatro por Quatro foi reapresentada a partir de agosto de 1998, no Vale a Pena Ver de Novo.

A novela foi exibida na Argentina, Chile, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

Bruno e Gustavo
Os primos Bruno (Humberto Martins) e Gustavo (Marcos Paulo), ambos médicos, disputam a guarda da menina Ângela (Tatyane Fontinhas Goulart). Bruno é o pai biológico da criança, mas abandonou a filha e a cidade por dez anos, depois de ver sua mulher morrer no parto que ele mesmo fez. Com a ausência de Bruno, o inescrupuloso Gustavo cria Ângela com todo carinho. Depois de se isolar durante todo esse tempo na selva amazônica, onde se dedicava à saúde indígena, Bruno volta ao Rio de Janeiro e passa a disputar o amor da filha com o primo. O cenário para as brigas familiares e profissionais dos dois é o hospital da família, que Gustavo administra. Ângela, inicialmente, rejeita o pai, magoada com seu sumiço por tanto tempo, mas a menina acaba se encantando por ele.

Gustavo torna-se vítima das loucuras de Suzana (Helena Ranaldi), uma mulher desequilibrada, que o usa para se vingar do seu infortúnio e insucesso amoroso com Bruno. Ela faz Gustavo entrar em um carro, sem saber que era ela quem o dirigia, e atira o automóvel de uma ribanceira. Os dois morrem.

Elenco:
Adriano Reys – Dr. Meirelles
Afrânio Gama
Alain Kardek – maitre
Alberto Baruque – Tufik
Alexandre Salcedo
Ana Borges – namorada de Ralado
Ana Luiza Folly
Ana Maria Nascimento e Silva – Dora
Andréa Dantas – costureira de Tatiana (Cristiana Oliveira)
Angela Tornatori
Bete Mendes – Fátima
Beto Simas – Leonardo
Bettina Vianny – Dra. Clara
Betty Lago – Abigail
Bianca Byington – Beth Franco
Cacá Silva – motorista de Abigail (Betty Lago) e Gustavo (Marcos Paulo) Carla Regina
Carla Regina
Carlos Gregório – Walter Wanderley
Cibele Santa Cruz
Cláudia Paiva
Cláudio Corrêa e Castro – – médico em Manaus
Clemente Vascaíno – Dr. Sampaio
Cosme dos Santos – Comparsa de Tiago
Cristiana Oliveira – Tatiana
Cristine Fernandes
Daniel Dantas – Celso Franco
Diogo Larrea – Eugênio
Diogo Vilela – Fortunato
Drica Moraes – Denise
Eduardo Caldas
Elizabeth Savala – Auxiliadora
Estelita Bell – Eugênia
Fabiana Ramos – Paulinha
Fábio Junqueira – Dr. Ferreira
Felipe Rocha – Tito
Françoise Forton – Clarisse
Geórgia Gomide – Laura
Gilbeto Porto – garçom
Gilda Nery – copeira na casa de Isadora (Márcia Real)
Helena Ranaldi – Suzana Salles
Helidimar Queiroz
Hugo Gross – Dr. Leandro
Humberto Martins – Bruno
Inês Galvão – Marta Rocha
Ingra Liberato – Rosa
Íris Bustamante – Dra. Silvia
Isa Moraes – cozinheira na casa de Abigail (Betty Lago) e Gustavo (Marcos Paulo)
Jorge Dória – Seu Santinho
Jorge Pontual – Gui
Kadu Moliterno – Samuel Spadafora
Karla Muga – Dani
Leina Krespi – presidiária
Leonardo Vieira – Vinícius Loduca
Letícia Spiller – Babalu
Lizandra Souto – Eliza Maria (Paquita Erótica)
Luana Piovani – Dra. Maria Eduarda
Luciana Coutinho – Norma Shirley
Marcello Novaes – Raí
Marcelo Faria – Ralado
Marcelo Serrado – Dr. Danilo
Márcia Real – Isadora
Marcos Paulo – Gustavo
Marilu Bueno – Calpúrnia
Mario Gomes
Mário Lago – Henrique Pessoa
Mirella – empregada na casa de Fabíola (Nina de Pádua) e Celso (Daniel Dantas)
Miwá Yanagizawa – secretária de Gustavo (Marcos Paulo)
Mônica Torres – Dra. Lélia
Monique Lafond
Monique Marques – copeira na casa de Abigail (Betty Lago) e Gustavo (Marcos Paulo)
Neusa Borges – Tereza
Nilberto Neves – – enfermeiro/maqueiro
Nildo Parente – juiz
Nina de Pádua – Fabiola
Oscar Magrini – Gutierrez
Oswaldo Loureiro – Olegário
Oswaldo Louzada – Waldemar
Patrícia Fernandes
Paulo César Grande – Tiago
Paulo Goulart Filho – bailarino
Paulo Guarnieri
Paulo Reis – Gil
Raimundo Martins – jardineiro na casa de Abigail (Betty Lago) e Gustavo (Marcos Paulo)
Renata Fronzi – D. Vânia
Roberta Índio Brasil – namorada de Átila
Rômulo Arantes – Pedrão
Ronaldo Brittes – motorista na casa de Isadora (Márcia Real)
Rosilaine Pissaia – enfermeira do centro cirúrgico
Samantha Monteiro – Elisângela
Solange Amaral – recepcionista
Sonia Zagury – enfermeira-chefe
Tássia Camargo – Maria Bataglia
Tatiane Fontinhas Goulart – Ângela
Tato Gabus Mendes – Alcebíades
Tony Tornado – Henricão

Elenco / Personagens

GUSTAVO FRANCO (Marcos Paulo) Cirurgião famoso e bem-sucedido, mas um homem inseguro, traiçoeiro, arrivista, frio, mau-caráter, manipulador e autoritário. Assumiu o controle do hospital da família quando seu primo Bruno (Humberto Martins) abandonou a cidade e a filha, Ângela (Tatyane Fontinhas Goulart), por dez anos, depois de ver sua mulher morrer no parto que ele mesmo fez. A partir daí, a menina passou a ser criada com todo o amor por Gustavo e sua esposa, Abigail (Betty Lago), a quem ele sempre tratou como uma mulher fútil e burra. Gustavo e Abigail são pais de Ralado (Marcelo Faria).

ABIGAIL, BIBI (Betty Lago) Linda dondoca, mas nada burra, apesar de levar uma vida muito superficial no início da trama. É esposa de Gustavo (Marcos Paulo) e mãe de Ralado (Marcelo Faria). Além disso, assumiu junto com o marido a criação de Ângela (Tatyane Fontinhas Goulart), filha de Bruno (Humberto Martins). Formou-se em Psicologia, mas nunca clinicou. É uma mulher muito observadora, ousada, chique e naturalmente alegre e otimista. Abigail se une à dona de casa Auxiliadora (Elizabeth Savala), à tímida secretária Tatiana (Cristiana Oliveira) e à manicure Babalu (Letícia Spiller) com o intuito de se vingar do seu marido.

GUSTAVO FRANCO JUNIOR, RALADO (Marcelo Faria) Filho rebelde de Gustavo (Marcos Paulo) e Abigail (Betty Lago), tendo, inclusive, saído de casa. Ralado é um jovem recém-formado em Medicina, que hesita entre continuar rebelde ou assumir seu novo papel como médico. É um conquistador, mas com muitos atrativos, e odeia o pai. Chega a disputar o amor de Babalu (Letícia Spiller) com Raí (Marcello Novaes), mas termina a novela ao lado da médica-residente Maria Eduarda (Luana Piovani).

BRUNO FRANCO HERRERA (Humberto Martins) Eterno sedutor, passional, divertido, íntegro e boa gente. O médico foi o escolhido para administrar o hospital da família, mas, como sumiu por dez anos, por conta da morte de sua esposa, a administração foi assumida por seu primo Gustavo (Marcos Paulo). Ela faleceu no parto que ele mesmo fez. A partir de então, Bruno abandonou a cidade e a filha, Ângela (Tatyane Fontinhas Goulart), que passou a ser criada por Gustavo. Depois de se isolar durante todo esse tempo na selva amazônica, onde se dedicava à saúde indígena, volta ao Rio de Janeiro e passa a disputar o amor da filha com o primo. É irmão de Celso (Daniel Dantas) e de Beth (Bianca Byington) e neto de Isadora (Márcia Real).

ÂNGELA FRANCO HERRERA (Tatyane Fontinhas Goulart) Órfã de mãe, falecida em seu parto, e abandonada pelo pai, Bruno (Humberto Martins), que a deixou logo após a morte da mãe. Cresceu cercada pelo carinho de Gustavo (Marcos Paulo) e Abigail (Betty Lago), mas se tornou uma menina carente por conta da ausência do pai.  Ao reencontrá-lo, inicialmente, rejeita-o, magoada com seu sumiço por tanto tempo, mas acaba se encantando por ele.

ISADORA (Márcia Real) Matriarca da família Franco. Sempre preferiu o neto Bruno (Humberto Martins) ao sobrinho Gustavo (Marcos Paulo), mas foi obrigada a entregar o controle do hospital ao sobrinho por conta do sumiço do neto. Isadora é uma médica aposentada, ainda capaz de atuar quando necessário.

CELSO FRANCO HERRERA (Daniel Dantas) Marido da médica Fabíola (Nina de Pádua), irmão mais velho de Bruno (Humberto Martins), de quem tem inveja, e de Beth (Bianca Byington) e neto de Isadora (Márcia Real). É inseguro, nervoso e completamente manipulado por Gustavo (Marcos Paulo), ajudando-o em suas tramoias.

FABÍOLA (Nina de Pádua) Médica atuante e esposa de Celso (Daniel Dantas). É ela quem ajuda Gustavo a manter o controle do hospital. É inteligente e cínica, tendo pleno conhecimento do jogo político de que participa.

BETH FRANCO HERRERA (Bianca Byington) Irmã mais nova de Celso (Daniel Dantas) e Bruno (Humberto Martins) e neta de Isadora (Márcia Real). É uma dondoca, fria, decidida e autoritária. Trabalha na academia de ginástica que abriu com o dinheiro da família e não liga para o hospital. Envolve-se com o professor de tênis Vinicius (Leonardo Vieira).

VINICIUS LODUCA (Leonardo Vieira) Figura ambígua e com sorriso de criança. É um professor de tênis sem dinheiro, até conhecer Beth (Bianca Byington), com quem deve se casar.

ELISA MARIA HERRERA (Lizandra Souto) Prima de Bruno (Humberto Martins), uma menina órfã, criada por Isadora (Márcia Real). É uma dondoca que vê em Alcebíades (Tato Gabus Mendes) a chance de se livrar do controle da família. Torna-se sua noiva e atiça a raiva da ex-mulher dele, Auxiliadora (Elizabeth Savala).

SUZANA SALLES (Helena Ranaldi) Jovem muito bonita e também dissimulada e desequilibrada. É filha de uma família decadente do interior e ainda mantém a pose de quem frequenta colunas sociais. Instigada por Gustavo (Marcos Paulo), gosta da ideia de se casar com Bruno (Humberto Martins). Só que o fracasso da relação a faz querer se vingar de Gustavo.

AUXILIADORA ALVARADO (Elizabeth Savala) Dona de casa simplória, que sofre com a vergonha que o marido, Alcebíades (Tato Gabus Mendes), tem dela. Alcebíades a troca por uma noiva com idade para ser sua filha, a mimada e afetada Elisa Maria (Lizandra Souto), chamada por Auxiliadora de “paquita erótica”. Paula (Fabiana Ramos), filha do casal, também é contra o romance do pai com a ninfeta. Auxiliadora se une à dondoca Abigail (Betty Lago), à tímida secretária Tatiana (Cristiana Oliveira) e à manicure Babalu (Letícia Spiller) com o intuito de se vingar do seu marido. A partir de então, se transforma em uma mulher muito mais bonita e interessante, mas sempre com jeito meio ingênuo.

ALCEBÍADES ALVARADO (Tato Gabus) marido de Auxiliadora (Elizabeth Savala), pai de Paula (Fabiana Ramos) e herdeiro de uma padaria, que pertencia a seu pai. Sobe na vida graças ao trabalho e esforço de sua esposa. Novo-rico, dono de um restaurante sofisticado, troca Auxiliadora por uma noiva com idade para ser sua filha, a mimada e afetada Elisa Maria (Lizandra Souto). Alcebíades é bufão e hipocondríaco.

PAULA ALVARADO (Fabiana Ramos) Mulher linda que entra em colisão com o pai, Alcebíades (Tato Gabus), quando ele se casa com Elisa Maria (Lizandra Souto).

ISABEL (Neusa Borges) amiga, confidente e empregada de Auxiliadora (Elizabeth Savala), de quem se torna uma forte aliada.

PEDRÃO PEREIRA (Rômulo Arantes) Professor de ginástica. É bom pai para Daniela (Karla Muga) e Eugênio (Diogo Larrea) e bom marido para Clarice (Françoise Forton). É adorado pelos alunos e apaixona-se por uma de suas alunas.

CLARICE PEREIRA (Françoise Forton) Enfermeira é esposa de Pedrão (Rômulo Arantes) e mãe de Daniela (Karla Muga) e Eugênio (Diogo Larrea). Ainda gosta do marido, mas está cansada da sua falta horizontes. É uma mulher infeliz.

DANIELA PEREIRA (Karla Muga) Filha favorita de Pedrão (Rômulo Arantes), uma paixão correspondida, e Clarice (Françoise Forton) e irmã de Eugênio (Diogo Larrea). Estuda dança e se envolve com o primo Ralado (Marcelo Faria).

EUGÊNIO PEREIRA (Dieogo Larrea) Filho de Pedrão (Rômulo Arantes) e Clarice (Françoise Forton) e irmão de Daniela (Karla Muga). É chato, metido a gênio de computador e despreza o trabalho do pai, professor de ginástica. Muda bastante ao conhecer Ângela (Tatyane Fontinhas Goulart).

TATIANA (Cristiana Oliveira) Jovem sozinha na vida, vinda do interior, que esconde sua beleza por trás de grandes óculos e roupas formais. É uma secretária ultraeficiente, mas insegura. Tímida e extremamente romântica, perde o rumo e sua pouca autoestima ao ser deixada no altar pelo noivo Fortunato (Diogo Vilela). Une-se à dondoca Abigail (Betty Lago), à dona de casa Auxiliadora (Elizabeth Savala) e à manicure Babalu (Letícia Spiller) com o intuito de se vingar dele. Das quatro vingadoras, é a mais apática. Aprende muito com Babalu, um furacão de mulher que a ensina a gostar mais de si mesma. É assim que arrebata o coração de Bruno (Humberto Martins).

FORTUNATO (Diogo Vilela) Trapalhão, azarado profissional e capaz de trapaças, quando essa for a melhor saída. Assim como a noiva Tatiana (Cristiana Oliveira), veio do interior, sem parentes. Desnorteia a moça e incendeia sua sede de vingança ao abandoná-la na porta da igreja. É colega de quarto de Tufik (Alberto Baruque).

BARBARELA LOURDES, BABALU (Letícia Spiller) Sustentou a casa depois do sumiço do pai e custeou os estudos do irmão Danilo (Marcelo Serrado), que se forma médico. É filha de dona Fátima (Bete Mendes) e odeia o padrasto Olegário (Oswaldo Loureiro), que julga ser um biriteiro, sem rumo na vida. É uma mulher sexy, desbocada, barraqueira e que só sabe viver de paixão. É manicure, mas estuda à noite para ser cabeleireira e crescer na vida. É namorada de Raí (Marcello Novaes), por quem é verdadeiramente apaixonada, mas sofre por ele ser mulherengo. Une-se à dondoca Abigail (Betty Lago), à dona de casa Auxiliadora (Elizabeth Savala) e à tímida secretária Tatiana (Cristiana Oliveira) com o intuito de se vingar dele. Chega a se envolver com o médico-residente Ralado (Marcelo Faria).

DONA FÁTIMA (Bete Mendes) Mãe de Babalu (Letícia Spiller) e Danilo (Marcelo Serrado). Vive com Olegário (Oswaldo Loureiro), padrasto odiado por Babalu.

DANILO (Marcelo Serrado) Filho de dona Fátima (Bete Mendes), irmão de Babalu (Letícia Spiller), graças ao esforço de quem consegue se formar em Medicina, e marido de Denise (Drica Moraes). É um rapaz obstinado e sério. Disputa uma vaga no hospital com outros médicos-residentes: Leandro (Hugo Gross), Ralado (Marcelo Faria), Silvinha (Iris Bustamente) e Maria Eduarda (Luana Piovani).

OLEGÁRIO (Oswaldo Loureiro) Novo companheiro de dona Fátima (Bete Mendes) e padrasto de Babalu (Letícia Spiller) e Danilo (Marcelo Serrado). Está sempre querendo mandar na enteada. Fátima não concorda com ele, mas não ousa desafiá-lo.

DENISE (Drica Moraes) Mulher de Danilo (Marcelo Serrado). Vive na sombra do marido e da família dele, porque moram todos na mesma casa, sustentada por Babalu (Letícia Spiller), sua cunhada.

RAÍ (Marcello Novaes) Melhor mecânico da Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio de Janeiro. É divertido, bonachão, conquistador, mas, no fundo, é um crianção, um ingênuo. É apaixonado por Babalu (Letícia Spiller), mas não resiste às mulheres que cruzam seu caminho.

TIAGO (Paulo César Grande) Usa o ferro-velho e a oficina de Raí (Marcello Novaes) para trabalhos sujos.

SEU SANTINHO (Jorge Dória) Viúvo e pai de Batalha (Tássia Camargo). O ex-policial é um homem charmoso, que seduz todas as viúvas e solteironas da região.

MARIA BATAGLIA, BATALHA (Tássia Camargo) Filha de Seu Santinho (Jorge Dória) e detetive profissional. É engraçada, interessante, e vive na defensiva em relação aos homens. Vive uma relação de amor e ódio com um colega, o também detetive Samuel (Kadu Moliterno).

SAMUEL SPADAFORA, O SAMUCA ESPADA (Kadu Moliterno) Ex-policial virou detetive profissional por não aguentar a corrupção na sua área. É um mestre em disfarces e um homem animado. Vive uma relação de amor e ódio com Batalha (Tássia Camargo), uma colega de profissão.

LEANDRO (Hugo Gross) Médico-residente assim como Ralado (Marcelo Faria), Danilo (Marcelo Serrado), Silvinha (Iris Bustamente) e Maria Eduarda (Luana Piovani), com quem disputa uma vaga no hospital. É obstinado e dono de um grande senso de humor.

SILVINHA (Iris Bustamente) Médica-residente insegura no trabalho. Faz tudo para agradar, mas sempre exagera. Disputa com Leandro (Hugo Gross), Ralado (Marcelo Faria), Danilo (Marcelo Serrado) e Maria Eduarda (Luana Piovani) uma vaga no hospital.

MARIA EDUARDA (Luana Piovani) Médica, assim como Ralado (Marcelo Faria), Danilo (Marcelo Serrado), Silvinha (Iris Bustamente) e Leandro (Hugo Gross). Só que é uma médica-residente com jeito de princesa. Os outros residentes competem por uma vaga no hospital e por ela. É persistente na luta por seu espaço, mas sempre desmaia ao ver sangue. Termina a novela com Ralado.

MARTA ROCHA (Inês Galvão) Mulher muito engraçada e otimista, que vive ajudando sua amiga Babalu (Letícia Spiller) nas brigas dela com o namorado Raí (Marcello Novaes). Mas, quando a situação favorece, sempre tira uma “casquinha” dele e de outros homens.

TUFIK (Alberto Baruque) Colega de quarto de Fortunato (Diogo Vilela). Eles se revezam na vaga, e cada um fica doze horas no local. É o único amigo do azarado Fortunato e acaba recebendo a sua parte nas desgraças dele. 

Trilha Sonora Nacional e Internacional

Nacional:

O Chamado – Tema de Suzana
Compositores: Marina Lima/ Gioanni Bizzotto
Intérprete: Marina

Guru – Tema de Vinícius
Compositores: Cláudio Rabello/ Dalto
Intérprete: Dalto

Carro e Grana – Tema de Ralado
Compositores: Leoni/ Beni Borja
Intérprete: Leoni

Se Eu me Apaixonar (When I Fall in Love) – Tema de Tatiana
Compositores: Nat King Cole/ Cláudio Rabello
Intérprete: Rosana

Paixão – Tema de Raí
Compositores: Alceu Valença
Intérprete: Alceu Valença

Sempre te Quis – Tema de Clarice
Compositores: Herbert Vianna
Intérprete: Daniela Mercury

Picadinho de Macho – Tema de abertura
Compositores: Aldir Blanc e Tavito
Intérprete: Sandra de Sá

Dança da Solidão – Tema das quatro vingadoras: Babalu, Tatiana, Auxiliadora e Abigail
Compositores: Paulinho da Viola
Intérprete: Marisa Monte e Gilberto Gil

Clube da Esquina II – Tema de Bruno
Compositores: Milton Nascimento/ Lô Borges/ M.Borges
Intérprete: Flávio Venturini

Metade – Tema de Babalu
Compositores: Adriana Calcanhoto
Intérprete: Adriana Calcanhoto

Tão Linda – Tema de Pedrão
Compositores: Bom-Bom
Intérprete: Conexão Japeri

Saudade – Tema de Auxiliadora
Compositores: Dorival Caymmi/ Fernando Lôbo
Intérprete: Nana Caymmi

Indeciso Coração – Tema de Abigail
Compositores: João Bosco
Intérprete: João Bosco

Alguém Como Tu – Tema de Fátima
Compositores: José M. de Abreu/ Jair Amorim
Intérprete: Dick Farney

Internacional:
Always – Tema de Bruno
Compositores: Jon Bon Jovi
Intérprete: Bon Jovi

Short Dick Man – Tema de Danilo
Compositores: Charlie Babie/ Manfred Mohr
Intérprete: Gillette

Kiss and Say Goodbye – Tema de Ralado e Duda
Compositores: Jerome “Rome” Jefferson
Intérprete: N-Phase

It’s a Rainy Day
Compositores: Robyx
Intérprete: Ice MC

I Swear
Compositores: Frank J. Meyers/ Gary Bake
Intérprete: Bill Power

Goodnight Girl – Tema de Ângela
Compositores: Clark/ Pellow/ Mitchell/ Cunningham
Intérprete: Wet Wet Wet

Drop on by
Compositores
Intérprete: Peter Valentine

What Did You Do – Tema de Tatiana
Compositores: Double You
Intérprete: Double You

Take a Toke – Tema de Raí e Babalu
Compositores: Duran Ramos/ G. Man (Jorge Corante)/ Robert Clivillés
Intérprete: C&C Music Factory

Everlasting Love – Tema de Abigail
Compositores: Buzz Cason/ Mac Gayden
Intérprete: Gloria Estefan

Sundown
Compositores: Gordon Lightfoot
Intérprete: Gordon Lightfoot

Is This the Love
Compositores: Zabler/ Kraub/ Schleh
Intérprete: Masterboy

Baby It’s You – Tema de Vinícius
Compositores: Williams/ Bacharach/ David
Intérprete: Smith

Gimme Gimme Your Love – Tema de Paula
Compositores
Intérprete: Cameleon

0 Comentário para: “Quatro por Quatro Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *