Meu Pecado Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela Meu Pecado desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Meu Pecado e de todas as novelas do SBT.

Sobre a Novela Meu Pecado

  • Título Original: Mi pecado
  • Período de exibição (Original/México): 15/06 a 13/11/2009
  • Nº de capítulos (Original/México): 110
  • Autoria: – Cuauhtémoc Blanco, María del Carmen Peña e Víctor Manuel Medina
  • Direção: – Jorge Fons
  • País de origem: México
  • Título no Brasil: Meu Pecado
  • Período da 1ª exibição (SBT): 02/06 a 31/10/2014
  • Horário (SBT): 16h15
  • Nº de capítulos (SBT): 110

Uma poderosa história de amor, paixões e intrigas que mudarão para sempre a vida de três famílias e de uma cidade inteira. Juliano e Lucrécia sabem que nasceram um para o outro. Desde crianças estiveram unidos por um inocente carinho infantil que, com o passar dos anos, se transformou em um amor verdadeiro. Juliano é filho de Rodolfo, um professor, e de Justina, uma mulher egoísta que pode destruir a amizade do marido com Paulino, o pai de Lucrécia, e dono da fazenda Milagre.

Rosário, mãe de Lucrécia, é uma mulher amargurada que ignora a filha e demonstra sua clara preferência por César, seu outro filho. Quando César morre em um acidente, Rosário culpa Lucrécia e Juliano. O ódio de Rosário pela filha é tão grande que Paulino, para protegê-la, afasta a menina da mãe e a manda para outra cidade.

Anos depois, Lucrécia volta para o povoado acompanhada de sua prima Renata, uma jovem ambiciosa e decidida a lhe roubar tudo. Juliano e Lucrécia voltam a se encontrar e renasce o amor que sempre sentiram um pelo outro. Mas Gabino também se interessa pela bela jovem e se aproveita dos problemas econômicos de Paulino para exigir que lhe dê a mão de sua filha em casamento. Carmelo também deseja Lucrécia, mata seu próprio pai e acusa Juliano do crime.

Lucrécia se vê obrigada a se casar com Carmelo para salvar Juliano e evitar a falência de seu pai. Pensando que Lucrécia o traiu, Juliano vai embora do povoado. Apesar do sacrifício de Lucrécia, Paulino perde a fazenda. A esperança de Lucrécia renasce quando ela descobre que Juliano é o novo proprietário da fazenda e os dois estão dispostos a lutar até a morte para defender seu amor e o direito à felicidade.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Meu Pecado

Resumo da novela Meu Pecado conforme divulgado pelo SBT na primeira exibição de 02/06 a 31/10/2014 (total de 110 capítulos). Mi pecado Resúmenes – Summaries.

Capítulo 01 – 02 de junho: Paulino, o dono da fazenda “Milagre”, é pai de Lucrécia e César. Rosário, a mãe das crianças super protege o filho e, ao mesmo tempo, demonstra um ódio incompreensível pela filha. Inês, esposa de Ramiro, está com os dias contados e tem sua doença agravada pelo próprio marido que dá a ela uma medicação que piora seu estado dia a dia. Manoel é um menino que não simpatiza muito com Lucrécia enquanto César não pede a chance de humilhá-lo. Delfina, a babá de Lucrécia e César sempre se refere a Manoel como irmão de leite deles. Justina, esposa de Rodolfo, critica o marido por ser um professor medíocre que não pode dar a ela e aos filhos a vida que eles merecem e pede que se espelhe em Ramiro. Na verdade, ela e Ramiro são amantes e este só se casou com Inês interessado em seu dinheiro. Sentindo que sua vida está por um fio, Inês pede a presença do padre Matias para se confessar. Justina também visita Inês e diz que seu marido lhe é infiel. Justina afirma para Inês que seu marido tem uma amante, mas diz não saber quem é e ela passa mal. Paulino presenteia o filho, César, com um pônei. Lucrécia fica encantada com o presente do irmão e, decepcionada quando ganha um vestido. Rosário pergunta a Lucrécia onde está seu medalhão e ordena que o encontre. Ramiro chega em casa e Inês o acusa de ter uma amante, mas ele nega.

Capítulo 02 – 03 de junho: Lucrécia vai até o celeiro procurar o medalhão e vê Gabino e Justina se beijando. Juliano encontra a jóia e vai até a fazenda entregá-la a Lucrécia. Inês manda chamar o advogado para mudar seu testamento, mas Ramiro não permite que fale com ela. Furioso, ele vai até o quarto da esposa e exige uma explicação. Ela afirma que quer mudar seu testamento para que ele não receba nada após sua morte. Maquiavélico, Ramiro dá uma injeção fatal em Inês. A injeção mata Inês instantaneamente e passam-se muitas horas até que Assunção a encontre morta. O médico quer que seja feita uma autópsia, mas Ramiro o convence do contrário. Rosário insiste para que Lucrécia se confesse e ela conta ao padre Matias que viu Ramiro e Justina se beijando. Com o objetivo de informar que tem problemas com Lucrécia por causa e Juliano, Rosário visita os pais do menino. Justina se ofende com a visita e acusa Rosário de discriminação por não pertencerem à mesma classe social. Rodolfo promete que sua família não voltará a por os pés na fazenda “Milagres”. Matias visita Ramiro e o critica por ter uma amante. Assunção confidencia a Delfina que desconfia que Ramiro matou Inês.

Capítulo 03 – 04 de junho: Delfina sugere a Assunção que conte ao padre Matias. Ramiro flagra Assunção conversando com o padre, desconfia que ela contou algo importante e ameaça demiti-la. Depois da missa de corpo presente, Ramiro envia Assunção junto com o carro fúnebre para a cidade onde Inês será enterrada e onde vivem seus filhos. Depois da missa, Rodolfo sai para almoçar com Juliano. Justina aproveita que está sozinha para se encontrar com o amante e exigir que faça dela sua esposa, por que espera um filho dele. Justina chega em casa muito tarde, não dá nenhuma explicação ao marido e este a acusa de ter um amante. No dia seguinte, Rodolfo leva os filhos até a fazenda e pede a Paulino que cuide de seus filhos por que tem problemas conjugais. As crianças vão brincar na beira do rio e César cai na água. Juliano tenta, mas não consegue salvar César, que é levado pela correnteza. Paulino é informado que Ramiro comprou as terras que lhe interessavam. Rodolfo desabafa com padre Matias e afirma que se descobrir que Justina o engana com outro homem, matará os dois. Paulino vai até a beira do rio procurar o filho e Manoel mostra o lugar onde o menino caiu.

Capítulo 04 – 05 de junho: Delfina encontra Lucrécia dentro do guarda-roupa e tenta consolá-la. Depois de muitas horas de busca, Modesto encontra o corpo do menino. Paulino pega o filho nos braços e o leva para a fazenda. Rosário se nega a ir ao enterro e acusa Juliano de ter matado seu filho. Depois se tranca em seu quarto e toma um frasco de remédio. Delfina encontra Rosário desfalecido com um frasco de remédio vazio a seu lado. O médico é chamado, Rosário recobra a consciência e diz ao marido que não sabe como vai continuar vivendo sem seu filho. Lucrécia, completamente esquecida pelos pais, sofre pela morte do irmão. Justina quer deixar o povoado, mas Rodolfo é contra e diz que seria como aceitar a culpa de Juliano e, em seguida, diz que talvez ela tenha um motivo para querer fugir. Justina proíbe os filhos de voltarem a ver Lucrécia. Lucrécia sai escondida da fazenda para ver Juliano e diz ao amigo que sabe que ele não foi culpado pela morte de seu irmão. Padre Matias tenta convencer Paulino que a morte de seu filho foi um acidente, mas é interrompido por Rosário que volta a acusar o menino. Rosário ameaça mandar a filha para um colégio interno se voltar a se encontrar com Juliano. Rosário vai até o cemitério para visitar o túmulo do filho e sofre um desmaio. Ela é levada para o hospital e o médico comunica a Paulino que sua esposa está grávida.

Capítulo 05 – 06 de junho: Paulino fica feliz ao saber da gravidez, mas Rosário não aceita e pede ao médico que faça algo para que a criança não nasça. No primeiro dia de aula, Rosário diz a Lucrécia que não irá para a escola e que passará a ter uma professora particular para que não volte a se encontrar com Juliano. Ramiro propõe a Paulino sociedade no cultivo das maçãs. Rosário descobre que Lucrécia e Juliano trocam cartas, culpa Manoel e esbofeteia o menino. Delfina, para defender o filho, devolve a bofetada e é demitida. Paulino tenta convencer Rosário a voltar atrás em sua decisão. Depois conversa com Delfina e esta não aceita o dinheiro que ele lhe oferece. Delfina e Manoel deixam a fazenda e pedem ajuda a padre Matias. Josué encontra as cartas de Lucrécia para Juliano e entrega para a mãe. Juliano flagra a mãe queimando suas cartas e diz que a odeia. Ramiro volta ao povoado e se encontra com Justina. Rodolfo vai procurar o “amigo”.

Capítulo 06 – 09 de junho: Juliano entra escondido no quarto de Lucrécia e quase é flagrado por Rosário. Depois que ele foge pela janela, Rosário exige que a filha lhe entre as cartas de Juliano. Lucrécia diz que está disposta a entregá-las se permitir que Delfina e Manoel voltem para a fazenda. Rosário percebe que a filha está usando a corrente do irmão e exige que a entregue. Lucrécia se nega, as duas brigam pela corrente e Rosário cai da escada. Lucrécia grita por socorro ao ver a mãe inconsciente. Paulino chama a ambulância e Rosário é levada para o hospital. Justina pede a Ramiro que lhe dê uma prova de seu amor. Rosário recobra a consciência e recebe a notícia que perdeu o bebê. Ramiro marca encontro com Justina. Ao vê-la nervosa e olhando insistentemente para o relógio, Rodolfo desconfia. Lucrécia leva uma rosa para a mãe, mas ao tentar entregá-la é expulsa aos gritos por Rosário que culpa a filha por ter perdido o bebê. A menina vai embora assustada e Rosário diz ao marido que quando voltar não quer vê-la na fazenda.

Capítulo 07 – 10 de junho: Assustado com o comportamento de Rosário, Paulino decide mandar a filha para um colégio interno e diz ao padre Matias que precisa afastar Lucrécia da mãe por que tem medo do que ela possa fazer. Depois de ter saído correndo do hospital, Lucrécia desaparece. Manoel a encontra na cachoeira e a leva para casa. Delfina conta a Lucrécia que terá que ir para um colégio interno. Manoel conta para Juliano que Lucrécia vai embora do povoado. O menino tenta se despedir da amiga, mas chega tarde. Delfina entrega a medalha de Lucrécia para Juliano e diz que ela pediu que lhe entregasse. Justina sai de casa com a desculpa que vai buscar Juliano e se encontra com Ramiro. Juliano chega em casa sozinho e Rodolfo pergunta onde está sua mãe. Ramiro diz a Justina que se estiver disposta a ir embora com ele terá que esquecer seus filhos. Modesto pede Delfina em casamento. Paulino deixa Lucrécia no internato onde ela conhece sua prima Renata.

Capítulo 08 – 11 de junho: No dia da formatura de Lucrécia, Rosário finge estar doente para não participar da cerimônia. Depois se arrepende e aparece de surpresa. Renata tem uma séria discussão com a diretora do colégio. Durante o baile, Jorge convida Lucrécia para dançar, mas Renata se antecipa e se levanta para dançar com o rapaz. Carmelo perde no pôquer o dinheiro destino a pagar seus empregados. Ramiro se encontra com Justina. Carmelo diz a Branca que está trabalhando com seu pai e ela teme que Ramiro não goste da relação que há entre eles. Justina volta para casa tarde da noite e Rodolfo não acredita em sua explicação. Rosário fica furiosa quando Lucrécia comunica que não pretende cursar uma universidade e que voltará para a fazenda.

Capítulo 09 – 12 de junho: Rosário tenta impedir que a filha volte para a fazenda, mas Lucrécia enfrenta a mãe e diz que não precisa de sua permissão. Rosário e Paulino deixam à festa. Carmelo volta a jogar com a intenção de recuperar o que perdeu. No dia seguinte à formatura, Rosário entra em contato com a direção do colégio e diz que sua filha só poderá deixar a instituição com sua autorização. Lucrécia recebe a informação, mas não aceita e deixa o colégio. Carmelo entrega a Ramiro um envelope e diz que é o dinheiro que faltava para pagar os peões. Indignado com a atitude irresponsável de Carmelo, Ramiro impõe regras. Renata questiona Madalena sobre o testamento de seu pai. Ela diz que não existe herança. Furiosa, Renata a acusa de roubo, a empurra e Madalena cai sem vida. Lucrécia chega a São Pedro e quase é atropelada pelo carro de Juliano.

Capítulo 10 – 13 de junho: Depois de um encontro desagradável com Juliano, Lucrécia vai para a fazenda de táxi. Rosário se irrita com a presença da filha e está determinada a mandá-la embora no dia seguinte. Paulino não apoia decisão da esposa e permite que Lucrécia fique na fazenda. Renata pede dinheiro emprestado a Jorge. Lupita encontra Madalena morta no escritório. Juliano é extremamente agressivo com Lucrécia e ela, decepcionada diz que ele foi o único que não lhe deu um abraço de boas vindas. Envergonhada, ele decide abraçar a amiga, mas Rosário aparece e lhe dá uma bofetada.

Capítulo 11 – 16 de junho: Rosário continua acusando Juliano de ser o responsável pela morte de seu filho. Lucrécia tenta defendê-lo, mas enfrenta a fúria da mãe que ameaça mandá-la de volta ao colégio interno. Juliano comenta com o pai o problema que teve com Rosário e Rodolfo pede a ele que não volte a procurar Lucrécia. Josué diz à mãe que a viu chegando ao povoado com Ramiro e se surpreende com a reação da mãe. Branca tenta uma reconciliação com Carmelo. Ramiro pede a Carmelo que supervisione o trabalho na plantação de Paulino. Nesse momento chega Tereza, comenta que Lucrécia está no povoado e diz que quer oferecer uma festa de boas vindas. Renata chega a São Pedro e está discutindo com um taxista quando Josué passa e lhe oferece ajuda. Rosário não gosta nada da visita surpresa de Renata e diz a Paulino que a culpa é de Lucrécia. Renata ouve a conversa sem ser vista pelo casal. Lucrécia é surpreendida pela chegada da polícia que a acusa de ser suspeita da morte de Madalena.

Capítulo 12 – 17 de junho: O delegado quer que Lucrécia preste depoimento na cidade onde aconteceu o crime. Rosário, para impedir que o nome da família seja envolvido em um escândalo, manda chamar o Advogado da família e o Dr. Estrada consegue que ela seja ouvida no povoado. Ramiro pergunta a Juliano se está interessado em sua filha e ele nega. Tereza organiza uma festa de boas vindas para Lucrécia e convida Juliano. Ele recusa o convite e diz que não tem mais nada em comum com Lucrécia. Ramiro dá ordens a Carmelo para que vá buscar a colheita de maçãs. Lucrécia, em seu depoimento, diz que quando deixou o colégio à diretora estava bem. Afirmação que é reforçada por Renata, que mente ao dizer que as duas saíram juntas. Mais tarde, Lucrécia diz a Renata que ela mentiu provavelmente para se livrar de qualquer suspeita. já que manifestou várias vezes o desejo de matar Madalena. Rosário não acredita na inocência da filha. Juliano encontra Lucrécia chorando, tenta consolá-la e lhe dá um beijo.

Capítulo 13 – 18 de junho: Renata e Manoel encontram Lucrécia e Juliano passeando perto do rio. Lucrécia apresenta a prima a seu amigo de infância. Carmelo convida Renata para jantar e, no restaurante, conta a ela a história da família Córdoba. Rosário diz a Lucrécia que decidiu fazer a festa de boas vindas em sua casa e que vai combinar tudo com Tereza. Paulino não gosta da decisão da esposa, mas Rosário diz que assim poderá controlar os convidados. Lucrécia confidencia a Delfina que Juliano a beijou. A babá aconselha que se afaste do rapaz porque não pode existir nada entre eles. Renata critica Lucrécia por nunca ter lhe dito que Juliano foi o responsável pela morte de César. Lucrécia defende Juliano e Renata percebe que a prima está apaixonada por ele. Renata se desculpa com Rosário por não ter avisa que ia sair com Carmelo e se oferece para mantê-la informada de tudo que Lucrécia faz e com quem. Rosário questiona sua atitude e ela diz que não gostaria dever a prima envolvida com o responsável pela morte de seu irmão. Lucrécia pede a Manoel que entregue uma mensagem sua para Juliano. Ele se nega e Renata se oferece para levá-la. Padre Matias reúne os amigos Rodolfo, Ramiro e Paulino e pede a eles que esqueçam as desavenças e sejam amigos novamente. Ramiro diz a Paulino que precisa fazer mais investimentos e que se não obtiver resultados terá que procurar outro sócio. Justina encontra o bilhete enviado a Juliano e vai falar com Lucrécia. Furiosa, ela exige que Lucrécia deixe seu filho em paz e lhe dá uma bofetada. Lucrécia devolve a bofetada.

Capítulo 14 – 19 de junho: Rosário pergunta à filha, o que Justina fazia em sua casa. Lucrécia diz que veio lhe devolver a bofetada que deu em Juliano. Branca diz ao tio que quer ir embora de São Pedro e padre Matias desconfia que algo muito grave aconteceu. Teresa se surpreende quando Justina afirma que Juliano está interessado nela e que vai ajudá-la a se casar com ele. Rodolfo comenta com o filho que Justina deu uma bofetada em Lucrécia. Irritado, Juliano diz ao pai que não vai permitir que ninguém interfira na vida dos dois. Manoel deixa claro para Branca que não quer que ninguém saiba que eles mantêm um romance. Juliano proíbe a mãe de se aproximar de Lucrécia e exige respeito. Tereza pergunta abertamente a Lucrécia se está apaixonada por Juliano. Ela nega. Ramiro diz a Justina que não permitirá que Juliano se aproxime de Tereza e que se for necessário contará que os dois são amantes. Lucrécia ouve a conversa, aparece diante dos dois e diz que há anos os surpreendeu.

Capítulo 15 – 20 de junho: Justina pede a Ramiro que faça algo para impedir Lucrécia de contar a todos que são amantes. Paulino pergunta a Renata qual é sua situação financeira. Ela afirma que o pai a deixou amparada, mas as formalidades legais vão levar algum tempo. Lucrécia diz a Juliano que Ramiro não é uma pessoa confiável e logo depois, ele ouve uma conversa de Ramiro com Ernesto falando sobre a possibilidade de terminar a sociedade com Paulino. Juliano diz que isso não seria justo. Justina diz a Rodolfo que Lucrécia a odeia e afirma que ela faria qualquer coisa para prejudicá-la. Lucrécia comenta com Delfina o que descobriu sobre Ramiro e Justina e ela aconselha que fale com padre Matias. Lucrécia vai ver o padre e, quando está contando o que viu, chega Rodolfo e exige que ela diga tudo que sabe sobre sua esposa. Lucrécia desconversa e diz que estava contando sobre a visita de Justina à fazenda. Quando Lucrécia volta para casa, encontra Renata que pede a ela que se arrume, pois Carmelo as convidou para jantar. Lucrécia não quer ir, mas Renata insiste. No restaurante, Lucrécia encontra Josué, se sente incomodada ao ser admirada por ele e decide voltar para a fazenda. Josué insiste em acompanhá-la e quando tenta beijá-la é surpreendido por Juliano. Josué enfrenta Juliano e exige que explique a Lucrécia quem é Lorena.

Capítulo 16 – 23 de junho: Juliano se nega a dizer quem é Lorena, mas depois ela descore que foi namorada dele. Carmelo leva Renata até a fazenda “Milagre” e a beija apaixonadamente. Lucrécia os observa da janela de seu quarto. Justina se confessa com padre Matias e revela que há muitos anos é amante de Ramiro. Paulino pede ao advogado que investigue tudo sobre o testamento do pai de Renata. Lucrécia pergunta ao pai se teve algum relacionamento com Justina e ele conta que no passado foram namorados. Ramiro presenteia Lucrécia com um lindo cavalo. Ela devolve o presente e pergunta se está querendo comprar seu silêncio. Para se vingar, ele mostra a Lucrécia uma foto de Paulino e Justina se beijando e a data que aparece no verso é de quando ele já estava casado com Rosário. Depois da discussão entre Josué e Juliano, Lucrécia decide voltar para a cidade e entrar para a Universidade. Ao saber da decisão, Renata pede a ela que não vá embora.

Capítulo 17 – 24 de junho: Lucrécia surpreende Juliano e Tereza se beijando, acredita que ele não passa de um mulherengo e decide voltar imediatamente para a cidade. Os convidados chegam para a festa em homenagem a Lucrécia. Padre Matias chega com Branca e pede para falar com Lucrécia antes de entrar. Lucrécia vai ao encontro do padre, ele pergunta o que queria lhe dizer quando foi procurá-lo na igreja, mas ela diz que não tem direito de falar sobre a vida de ninguém. Mesmo sem ser convidado, Juliano tenta entrar na festa e diz que precisa falar com Lucrécia. Mas, ao ser impedido, grita que ela é o único amor de sua vida e que vai esperá-la para sempre. Lucrécia tenta falar com ele, mas é impedida por Rosário. Depois de explicar para a mãe que não existe nada entre ela e Juliano, Rosário a obriga a voltar para a festa. Branca pergunta a Carmelo por que não foi buscá-la e se surpreende quando ele responde que jamais sentiria algo por ela e que Renata é sua namorada. Preocupado com o pai que ainda não voltou para casa, Juliano sai para procurá-lo e encontra Rodolfo completamente bêbado. Paulino não concorda com a decisão de Lucrécia de voltar para a cidade, mas Rosário apoia e diz que quer a filha longe de Juliano. Lucrécia e Juliano se encontram na porta da igreja e declaram seu amor. Juliano pede a Lucrécia que se case com ele.

Capítulo 18 – 25 de junho: Juliano pede Lucrécia em casamento e jura que a fará muito feliz. Lucrécia admite para padre Matias que ama Juliano e este promete que, se decidir ficar em São Pedro, poderá contar com sua ajuda. Carmelo decide levar para a fazenda “Milagre”, o cavalo que Ramiro comprou para Lucrécia. Quando Renata percebe que é eminente sua saída da fazenda, finge que está se sentindo mal. Rosário não acredita em Renata e critica a ingenuidade de Paulino que se preocupa com a saúde dela. Jorge telefona para Lucrécia, pede a ela que tome muito cuidado com Renata, diz que é uma pessoa muito perigosa e afirma que ela matou a diretora do colégio. Renata pergunta a Lucrécia o que conversava com Jorge e ela afirma que ele lhe contou coisas muito interessantes que aconteceram no dia que mataram a diretora do colégio. O advogado informa Paulino sobre a real situação financeira do pai de Renata, afirma que seu primo estava falido quando morreu e que não deixou nenhum centavo para a filha. Sentindo que está sem saída e que será obrigada a deixar a fazenda, Renata entra gritando, pede ajuda a Lucrécia e mostra a mão ensanguentada.

Capítulo 19 – 26 de junho: Sangrando muito, Renata pede ajuda a Lucrécia e é levada para o hospital. O médico diz a Paulino que ela está fora de perigo, mas terá que passar a noite internada em observação. Paulino diz a rosário que terão que permitir que Renata fique na fazenda até que se recupere, mas Rosário não acredita que Renata tenha querido mesmo se suicidar. Justina diz a Ramiro que, em segredo de confissão, contou ao padre Matias sobre a relação que há entre eles. Ramiro fica furioso, procura o padre e confirma tudo que Justina disse. Indignado, Matias dá uma bofetada em Ramiro. Juliano vai até o rio para se encontrar com Lucrécia, mas ela não aparece. No hospital, ela tenta entrar em contato com Juliano, mas não consegue. Josué espia o irmão. Lucrécia comunica á mãe que decidiu ficar mais alguns dias na fazenda para cuidar da prima, mas Rosário não permite e diz que deve voltar imediatamente para a cidade. Lucrécia enfrenta a mãe e se nega a ir embora. Rosário diz a Renata que deve fazer de tudo para conquistar Juliano para que Lucrécia se desiluda.

Capítulo 20 – 27 de junho: Renata aceita a proposta de Rosário e diz que fará de tudo para conquistar Juliano. Ramiro não comparece ao encontro com Justina e deixa a amante furiosa. Os dois discutem e ele termina o relacionamento. Justina procura padre Matias e jura vingança. Mais tarde, o sacerdote aconselha Ramiro a tomar muito cuidado com o que Justina poderá fazer contra ele. Quando Carmelo conta ao pai que Renata tentou se matar por causa dele, Ramiro adverte o filho para o interesse financeiro dela. Renata começa a envenenar Juliano contra Lucrécia dizendo que ela está interessada em Carmelo. Mais tarde, Juliano encontra os dois juntos e acusa Lucrécia de traição. Rodolfo comunica a Justina que decidiu lhe dar o divórcio.Justina diz a Rita que Branca e padre Matias são amantes. Paulino pede a Manuel que leve alguns documentos para que Ramiro assine e provoca a fúria do amigo. Manuel comenta com ele que Carmelo não tem aparecido na plantação. Ramiro pede explicações ao filho e Carmelo comenta que quase foi atropelado por Juliano e afirma que vai conquistar Lucrécia. Renata visita Carmelo, diz que Lucrécia contou o que lhe aconteceu e o beija. Tereza flagra os dois. Depois que Renata vai embora, Carmelo diz para a irmã que quer terminar seu relacionamento com ela. Renata espera por Juliano diante da casa dele, diz que não sabe se está apaixonada por ele ou por Carmelo e o beija. Branca assiste a cena. Mais tarde, Renata conta a Rosário que Juliano a beijou. Justina chega em casa e encontra Rodolfo fazendo as malas. Ele diz que vai ficar temporariamente na casa do padre Matias e ela tenta convencer o marido a ficar em casa. Ramiro procura Paulino e tenta explicar por que Carmelo não foi trabalhar. Vista como amante do padre, Branca enfrenta a fúria dos habitantes de São Pedro que a maltratam e desprezam. Lucrécia e Juliano procuraram padre Matias e pede que os casem imediatamente.

Capítulo 20 – 30 de junho: Justina diz a Rita que Branca e padre Matias são amantes. Paulino pede a Manuel que leve alguns documentos para que Ramiro assine e provoca a fúria do amigo. Manuel comenta com ele que Carmelo não tem aparecido na plantação. Ramiro pede explicações ao filho e Carmelo comenta que quase foi atropelado por Juliano e afirma que vai conquistar Lucrécia. Renata visita Carmelo, diz que Lucrécia contou o que lhe aconteceu e o beija. Tereza flagra os dois. Depois que Renata vai embora, Carmelo diz para a irmã que quer terminar seu relacionamento com ela. Renata espera por Juliano diante da casa dele, diz que não sabe se está apaixonada por ele ou por Carmelo e o beija. Branca assiste a cena. Mais tarde, Renata conta a Rosário que Juliano a beijou. Justina chega em casa e encontra Rodolfo fazendo as malas. Ele diz que vai ficar temporariamente na casa do padre Matias e ela tenta convencer o marido a ficar em casa. Ramiro procura Paulino e tenta explicar por que Carmelo não foi trabalhar. Vista como amante do padre, Branca enfrenta a fúria dos habitantes de São Pedro que a maltratam e desprezam. Lucrécia e Juliano procuraram padre Matias e pede que os casem imediatamente.

Capítulo 22 – 01 de julho: Padre Matias se nega a casar os dois e diz que precisam se conhecer melhor. Lucrécia e Juliano decidem procurar outro padre. Carmelo critica Renata por ter sido vista beijando Juliano e tenta terminar o relacionamento. Ela jura que tudo não passa de fofoca e diz que o ama. Rodolfo finalmente decide ir embora por uns dias para pensar se pode ou não continuar casado com Justina. Juliano tenta impedi-lo, mas ele vai para a casa de Matias. Justina pede ao filho, Josué, que venda um broche seu. Ele vai até a joalheira e lá pedem a ele que entre um par de alianças para seu irmão, Juliano. Josué percebe quais são os planos do irmão e jura que não vai permitir que se case com Lucrécia. Justina exige que Ramiro lhe dê dinheiro, mas ele afirma que não lhe dará nenhum centavo. Assunção aconselha Carmelo a se livrar de Renata antes que seja tarde demais. Delfina tenta convencer padre Matias a realizar o casamento de Lucrécia e Juliano. Depois de se declarar para Lucrécia e discutir com Juliano, Josué sofre um acidente e fica gravemente ferido.

Capítulo 23 – 02 de julho: Josué bate com o carro de Carmelo. Juliano que estava seguindo o irmão, o leva para o hospital. Lucrécia está na igreja esperando por Juliano. Rosário aparece, discute com a filha e dá ordens para que não saia de seu quarto. Matias conta para Rodolfo que Lucrécia e Juliano querem se casar. Juliano avisa o pai sobre o acidente. Ao chegar no hospital, Rodolfo fica sabendo que o estado de seu filho é grave e que está passando por cirurgia. Ao voltar da cabana onde se encontra com o amante, Justina fica sabendo do acidente e via com o padre para o hospital. Um policial informa Carmelo e Ramiro que encontraram o carro de Carmelo em um barranco e ficam sabendo do acidente. No hospital Ramiro comenta com Justina que Juliano estava perseguindo o irmão na hora do acidente. Fora de si, Justina acusa Juliano de tentar matar o irmão assim como fez com César. Renata comenta com Rosário sobre o acidente. Ela diz que Lucrécia não deve ficar sabendo e sugere que Renata vá até lá para dar seu apoio a Juliano. O médico conversa com Justina e Rodolfo e diz que Josué ficará com sequelas. Desesperada com o estado do filho, Justina procura Ramiro e diz que ele tem que ajudá-la a salvar a vida de Josué por que é filho dele e não de Rodolfo.

Capítulo 24 – 03 de julho: Ramiro fica surpreso com a revelação de Justina e ela diz que está disposta a provar a paternidade através de um teste de DNA. Tereza visita Lucrécia, diz que quer ser sua amiga e afirma que está convencida que é por ela que Juliano está apaixonado. Ela também comenta sobre o acidente sofrido por Josué e vai com ela até o hospital. Chegando lá, Lucrécia é hostilizada por Rodolfo que a culpa pelo acidente. Padre Matias tenta conversar com Lucrécia, mas é impedido por Rosário. Juliano é levado preso sob suspeita de ter provocado acidente. Antes de ser levado ele pede a Tereza que não conte nada para seu pai. Rodolfo surpreende Ramiro tentando fazer algo para ajudar Josué e pede explicações. Ao descobrir que Josué também está apaixonado por Lucrécia, vai procurá-la e deixa claro que deve se afastar de seus dois filhos. Ao recobrar a consciência, Josué diz que não está sentindo a perna. O médico diz que o enxerto não deu resultado e, para tentar salvar sua perna, terá que operá-lo novamente.

Capítulo 25 – 04 de julho: Josué é levado para o centro cirúrgico. Manuel vai ver Juliano na delegacia e os dois suspeitam que Carmelo o acusou de ter causado o acidente. Rosário diz a Delfina que fará de tudo para manter Lucrécia longe de Juliano. A enfermeira informa a Rodolfo que seu filho vai precisar de uma transfusão. Preocupado, ele comenta com o padre que será difícil conseguir, pois Josué tem sangue Ó negativo. Manuel conta para Matias que Juliano está preso e o padre pede a ele que vá até a fazenda “Milagre” para ver se alguém pode doar sangue para Josué. Tereza pede ao pai que faça algo para ajudar Juliano, mas Ramiro se nega. Lucrécia procura Carmelo e pergunta por que acusou Juliano. Ele diz que está louco por ela e tenta beijá-la. força. Lucrécia lhe dá uma bofetada e Rosário os observa de longe. Matias fala com Rodolfo sobre a prisão de Juliano e ele vai até lá para tentar liberta-lo. O delegado afirma que isso só será possível com uma declaração de Josué afirmando que o irmão não foi o responsável pelo acidente. Rosário marca um encontro com Carmelo no cemitério e afirma que se ele está interessado em Lucrécia fará de tudo para que se case com ela o mais rápido possível.

Capítulo 26 – 07 de julho: Diante do túmulo de César, Rosário diz a Carmelo que vai ajudá-lo a se casar com Lucrécia o mais rápido possível, mas antes terá que terminar seu relacionamento com Renata e se dedicar seriamente ao trabalho. Matias percebe que pouca gente tem assistido suas missas e tenta encontrar uma explicação. Justina visita Rita e pede a ela que ajude a divulgar na cidade que seu filho precisa de doadores de sangue. Branca, que tem o mesmo tipo sanguíneo, vai até o laboratório, mas não pode doar por que está grávida. Angustiada ela tenta contar para Carmelo, mas não o encontra. Josué culpa o irmão pelo acidente e se nega a assinar a declaração para libertar Juliano. Paulino exige que Carmelo formalize seu compromisso com Renata, mas ele se nega e afirma que não está apaixonado por ela. Lucrécia recebe flores de Carmelo e joga no lixo. Renata visita Juliano na cadeia e afirma que existe algo entre Lucrécia e Carmelo. Justina e Rodolfo procuram desesperadamente por um doador. Paulino chega ao hospital, oferece sua ajuda e diz ter o mesmo tipo sanguíneo.

Capítulo 27 – 08 de julho: Paulino vai até o consultório do médico que está cuidando de Josué, se oferece para ser o doador, mas com a condição de que seu gesto fique no anonimato. Renata descobre que Carmelo enviou flores a Lucrécia e exige uma explicação. Carmelo deixa claro que não sente nada por ela e que está interessado em Lucrécia. Furiosa, Renata acusa a prima de tentar roubar seu namorado e faz ameaças. Rodolfo pede ajuda a Matias para que convença Josué a fazer a declaração em favor do irmão. Ramiro contrata um advogado para defender Juliano. Em liberdade, Juliano vai até o hospital visitar o irmão, mas Josué se recusa a falar com ele. Carmelo critica o pai por te ajudado Juliano e Ramiro acusa o filho de ter sido responsável pela prisão dele. Ramiro questiona Justina sobre o tipo sanguíneo de Josué e pergunta quem é o pai dele. Paulino procura Justina em sua casa, revela que foi o doador e pergunta se Josué é seu filho.

Capítulo 28 – 09 de julho: Depois de doar sangue para salvar a vida de Josué, Paulino quer saber se é o pai dele, mas Justina afirma que não sabe quem é o pai de seu filho. Desconfiado pelo fato dos dois terem o mesmo tipo sanguíneo, Paulino diz que vai investigar. Lucrécia, Renata e Rosário se preparam para depor sobre a morte da diretora. Lucrécia está decidida está decidida a dizer a verdade mesmo que prejudique sua prima, mas Rosário diz que vai obrigá-la a mentir. Branca diz a Carmelo que espera um filho dele e pede sua ajuda. Lucrécia atende um pedido de Josué e vai visitá-lo no hospital. Chegando lá é surpreendida quando ele afirma que só dirá a verdade diante das autoridades se ela jurar que nunca se casará com Juliano, caso contrário, dará outra versão. Lucrécia se nega a ser chantageada e ameaça Josué dizendo que vai contar a todos que ele tentou violentá-la. Rosário tenta de todas as formas aproximar Lucrécia de Carmelo e para isso pede ajuda a Renata, ameaçando expulsá-la de sua casa se negue a ajudá-la. Josué finalmente diz a verdade em seu depoimento e isenta Juliano de qualquer culpa. Rita incentiva um grupo de moradores, vão até a casa do padre, jogam pedras e gritam que Branca é uma descarada.

Capítulo 29 – 10 de julho: Assustada, Branca se esconde. Do lado de for, as pessoas indignadas, atiram uma tocha contra a casa do padre, que se incendeia. Rosário, Renata e Lucrécia se preparam para ir até a delegacia da cidade. Rosário lembra que devem dizer o mesmo que consta no depoimento que fizeram em São Pedro. Quando elas ratificam o que disseram em São Pedro, o delegado afirma que estão mentindo e revela que tem uma testemunha que passou a noite com Renata no dia do homicídio. Rodolfo descobre que a conta do hospital já foi paga e acusa Justina de ter pedido ajuda a Ramiro. Ela nega. Rodolfo procura Ramiro e ele também nega ter pagado a conta. Juliano via buscar o irmão para levá-lo para casa, mas diz que não quer sua ajuda. Lucrécia está sozinha em um restaurante quando Carmelo aparece e diz que está lá para conquistar seu amor. Ramiro pergunta a Assunção onde está Carmelo e Juliano ouve quando ele diz que está na cidade.

Capítulo 30 – 11 de julho: Lucrécia tenta entrar em contato com Juliano, mas quem atende ao telefone é Lorena e se identifica como sua namorada. Branca pede ao tio que não a leve até a casa de Ramiro, mas não diz o motivo. Mais tarde, na casa do fazendeiro, ele pergunta por que não quer ficar e ela acaba contando que está grávida e que Carmelo é o pai de seu filho. Ramiro pede a ela que não conte nada a seu tio. Carmelo convida Rosário, Lucrécia e Renata para um passeio. Antes de aceitar o convite, Lucrécia deixa claro que não vai aceitar seus galanteios e que só pode lhe oferecer sua amizade. Juliano chega ao hotel decidido a levar Lucrécia, mesmo contra sua vontade. Ao ver que Juliano está levando Lucrécia á força, Rosário chama a polícia e acusa Juliano de sequestro. Rosário exige que Paulino a ajude a convencer Lucrécia a se casar com Carmelo. Diante da negativa do marido, ela pede o divórcio.

Capítulo 31 – 14 de julho: Carmelo critica Branca por ter contado a Ramiro sobre o bebê e diz que nunca se casará com ela. Lucrécia fica desconcertada quando Manuel diz que está cansado de ser apenas seu cão de guarda. Juliano se desentende com Ramiro por causa de Carmelo e diz ao fazendeiro que se quiser pode despedi-lo. Paulino diz a Carmelo que jamais concordará que se case com Lucrécia. Lorena visita Lucrécia e entrega a ela o convite de seu casamento com Juliano. Indignada, Lucrécia pede explicações a Juliano e ele afirma que ela é a única mulher com a qual se casaria. Como o tratamento de Josué vai ser muito caro, Rodolfo pede a Justina que venda a casa do Rio Branco. Sem saber como resolver o problema, Justina procura Ramiro para que ele cumpra a promessa que e lhe entregue a escritura do imóvel. Paulino comunica a Ramiro que não poderá contar com a produção de maçã para seu novo negócio. Juliano discute com Lorena e é chantageado por ela. Juliano chega a na casa de Ramiro e ouve sua mãe dizer a ele que merece a casa por ter sido sua amante durante tantos anos. Furioso, Juliano tenta matar Ramiro.

Capítulo 32 – 15 de julho: Juliano faz um disparo contra a janela e não tinge Ramiro. Depois, ao ficar a sós com o filho, Justina pede a ele que pense muito bem antes de contar a verdade para seu pai. Padre Matias também pede a ele que não diga nada. Mesmo sabendo que sua mãe vai sofre com a separação, Manoel decide deixar a fazenda para se afastar de Lucrécia. Juliano decide deixar a casa dos pais depois de ter descoberto que sua mãe e Ramiro são amantes. Renata comenta com a tia que Juliano esteve a ponto de se casar com Lorena e Rosário pede a ela que faça de tudo para que os dois se reconciliem. Rosário consulta um advogado para dar início ao processo de divórcio. Depois leva as roupas do marido para o quarto de hóspedes e, encontra entre seus pertences o comprovante de um depósito bancário na conta de Josué. Intrigada, ela pede explicações ao marido.

Capítulo 33 – 16 de julho: Rosário fica furiosa quando Paulino confessa que Josué pode ser seu filho e o expulsa de casa. O advogado diz a Paulino que por lei Rosário tem direito a metade de seu patrimônio. Padre Matias comenta com Lucrécia que Juliano já sabe que Justina e Ramiro são amantes e diz que ela deveria ir embora com ele. Lucrécia conversa com Juliano e conta que já sabia do relacionamento dos dois. Juliano se sente traído por Lucrécia. Ramiro diz a Branca que não pode forçar Carmelo a assumir essa criança por que ele tão ter certeza que o filho seja dele. Lorena pede ao pai que arrume um emprego para Juliano e diz que está apaixonada por ele. Renata procura Lorena e se oferece para ajudá-la a reconquistar Juliano. A mando de Carmelo, Rita procura o Arcebispo para acusar padre Matias de manter um relacionamento amoroso com sua sobrinha. Juliano se despede de Matias e diz que está indo embora por que Lucrécia já não tem certeza do que sente por ele. Renata e Lorena se unem e preparam uma armadilha para separar Lucrécia e Juliano.

Capítulo 34 – 17 de julho: Lucrécia vai até a pensão onde Juliano está morando e, chegando lá, flagra Lorena dando um beijo nele. Juliano tenta se explicar, mas Lucrécia se recusa a ouvi-lo. Depois de ser acusado de manter um relacionamento amoroso com sua sobrinha, padre Matias tenta provar que é tudo mentira, mas o Arcebispo decide transferi-lo de paróquia sem sua sobrinha. Manoel se despede da mãe e dos amigos e deixa a fazenda Milagre. Renata comemora quando Lucrécia diz que terminou se namoro com Juliano. Porém, dias depois, Tereza conta a Lucrécia que ela foi vítima de uma armadilha de sua prima. Furiosa, Lucrécia dá uma bofetada em Renata e exige que vá embora de sua casa. Rosário defende Renata. Ernesto descobre que foi enganado por Ramiro e desfaz o negócio. Rodolfo descobre por acaso que Juliano apontou uma arma contra Ramiro. Decidido a confirmar suas suspeitas, Rodolfo obriga Justina a ir com ele até a casa de Ramiro e este afirma que o motivo foi por que disse a Juliano que está apaixonado por Lucrécia.

Capítulo 35 – 18 de julho: Ramiro afirma que está interessado em Lucrécia e que pretende se casar com ela. Rodolfo diz a Justina que Ramiro não o convenceu e pergunta por que ela havia ido até a casa dele. Ao conversar com o pai, Juliano percebe que ele ainda não sabe que está sendo traído e decide deixar que ele acredite na versão dada por Ramiro. Padre Matias conta a Paulino o motivo pelo qual está sendo transferido de paróquia. Branca pede ajuda a Carmelo para se desfazer do bebê. Ramiro afirma diante de Juliano que está decidido a se casar com Lucrécia e Juliano ameaça matá-lo caso se aproxime dela. Juliano tenta entrar à força na fazenda “Milagre”, pede para falar com Lucrécia e diz a Paulino que precisa levá-la para longe daquele lugar. Delfina e Fidel se encontram no supermercado e se reconhecem.

Capítulo 36 – 21 de julho: Depois de muitos anos, Delfina encontra Fidel, o pai de seu filho e fica muito nervosa. O homem visita Ramiro e pede a ele emprego de guarda-costas. Socorro pede a Juliano que deixe a pensão e ele pede ajuda a padre Matias. Branca pede a Assunção que a ajude a se desfazer do bebê. Renata diz a Juliano que não tem sido leal com Lucrécia por que sua tia lhe pediu que os separasse. Justina procura Ramiro e que saber qual seu real interesse por Lucrécia. Ele responde que pretende se casar com ela. Josué sai de casa em cadeira de rodas, vai até a fazenda Milagre e diz a Lucrécia que vai se suicidar se ela não se afastar de Juliano. Rosário procura Ramiro para informa que está se divorciando de Paulino e propõe que continue a sociedade com ela. Ramiro aceita a proposta, mas impõe como condição que Lucrécia se case com ele.

Capítulo 37 – 22 de julho: Rosário diz a Ramiro que aprova seu casamento com Lucrécia. Depois conversa com a filha, diz que se enganou ao querer que se casasse com Carmelo e insiste para que se case com um homem maduro. Branca recebe um recado de Carmelo e vai se encontrar com ele. Carmelo a acusa deter contado para toda a cidade sobre sua gravidez e diz que no dia seguinte irão até rio Branco para por fim a essa situação. Josué informa aos pais que pretende ir para o seminário. Ramiro telefona para Lucrécia e diz que precisa vê-la para falar sobre seu pai. Carmelo vai com Branca até Rio Branco para que faça um aborto, mas não a acompanha até a clínica. Ao se ver sozinha Branca muda de ideia e vai embora. Quando ela conta para Carmelo que decidiu ter o bebê, ele fica furioso e, ao tentar forçá-la a voltar para a clínica, Branca é atropelada.

Capítulo 38 – 23 de julho: Covardemente, Carmelo foge do local sem prestar socorro. Branca é levada para a emergência e perde o bebê. Justina pede ao padre Matias que convença Josué a desistir do sacerdócio. Juliano não consegue trabalho por que Ramiro se encarregou de fazer com que todos lhe neguem uma oportunidade. Padre Matias é avisado sobre o acidente com sua sobrinha e, chegando lá, descobre que Branca estava grávida. Paulino suplica a Rosário que desista do divórcio. Lucrécia ouve a conversa dos pais e descobre que Josué é seu meio-irmão. Renata conta a Carmelo que seu pai está cortejando Lucrécia e que pretende se casar com ela. Enquanto isso, Lucrécia visita Teresa e Ramiro diz a ela que se casando com um homem rico poderá solucionar o problema financeiro de seu pai. Lucrécia diz a Ramiro que está louco se pensa que se casaria por interesse. Ele tenta beijá-la e é flagrado por Carmelo.

Capítulo 39 – 24 de julho: Indignado, Carmelo critica o pai por querer namorar com Lucrécia e o despreza. Juliano espera por Lucrécia na porta da fazenda “Milagre”. Ela chega de táxi, conta do assédio de Ramiro e que tentou beijá-la à força. Furioso, Juliano diz que vai matá-lo. Lucrécia enfrenta a mãe e a critica por tentar jogá-la nos braços do fazendeiro. Paulino chega, quer saber o motivo da discussão e, ao saber o que Rosário está tramando, ele a chama de louca e diz que jamais permitiria que Lucrécia se casasse com Ramiro. Juliano briga com Ramiro, depois o fazendeiro procura Fidel e diz que quer Juliano morto e enterrado. Paulino visita Ramiro, diz ao ex-amigo que nunca aceitaria um relacionamento entre ele e sua filha e desfaz a sociedade. Rodolfo e Paulino se unem para ajudar padre Matias. Eles preparam um abaixo assinado para enviar ao bispo pedindo que ele continue na paróquia. Ramiro procura padre Matias e diz que quer confessar todos os seus pecados. Matias fica chocado ao ouvir sua confissão. O carro de Juliano sofre uma avaria e, quando ele caminha pela estrada é atacado e apunhalado por Fidel.

Capítulo 40 – 25 de julho: Fidel vai embora do local e deixa Juliano caído com um punhal cravado em suas costas. Paulino permite que Lucrécia vá para a Universidade para afastá-la de Ramiro. Muito ferido, Juliano consegue chegar até a casa de padre Matias, que o socorre e leva para o hospital. Em meio ao seu delírio, Juliano murmura que quer Lucrécia longe de Ramiro por que senão fará com ela o mesmo que fez com sua mãe. Rodolfo pergunta a Justina o que significa isso. Carmelo se embebeda, diz a Fidel que odeia seu pai e que quer vê-lo morto. A polícia interroga Juliano, mas ele diz que estava escuro e não conseguiu ver o rosto do agressor. Chega ao povoado padre Leopoldo, o substituto de padre Matias. Lucrécia visita Josué para se despedir e fica sabendo o que aconteceu com Juliano. Justina diz ao delegado que sabe quem tentou matar seu filho e acusa Rosário.

Capítulo 41 – 28 de julho: Diante de Lucrécia e do delegado, Justina acusa Rosário de mandar matar seu filho. Rodolfo, Justina e Lucrécia saem do quarto para que o delegado interrogue Juliano. Justina provoca Lucrécia e esta diz a Rodolfo que ele não sabe com que classe de mulher está casado. Juliano diz ao delegado que desconfia que Ramiro mandou matá-lo. O delegado vai até a casa de Ramiro, mas ele tem um álibi e diz que na noite em que Juliano foi agredido estava na casa de padre Matias. Lucrécia pergunta à mãe se ela mandou matar Juliano. Renata visita Juliano no hospital e conta que Lucrécia vai deixar a cidade. Justina exige que Ramiro deixe em paz Lucrécia e Juliano e ameaça contar a verdade a seus filhos sobre a morte de Inês caso ele insista em persegui-los. Lucrécia volta ao hospital e Renata conta que Juliano saiu para procurá-la. Matias é comunicado que deve deixar imediatamente a paróquia. Camilo diz a Teresa que vai exigir que o pai lhe dê sua parte na herança. Lucrécia diz a Juliano que vai embora de São Pedro, mas junto com ele.

Capítulo 42 – 29 de julho: Ramiro exige que Justina lhe diga quem mencionou que ele matou Inês. Ela desconversa e ameaça contar a Rodolfo que os dois são amantes. Ramiro ameaça fazer mal à família de Delfina se alguém voltar a insinuar que ele matou Inês. Lucrécia tenta convencer Juliano que está disposta a ir embora com ele. Rodolfo e Paulino viajam levando o abaixo-assinado pedindo que padre Matias continue em São Pedro. Rosário exige que Juliano se afaste de Lucrécia. Dois policias procuram Rosário e informam que está sendo acusada de mandar matar Juliano. Carmelo pede ao pai sua parte na herança. Ramiro se nega e diz ao filho que terá esperar que ele morra para ver se estará em seu testamento.

Capítulo 43 – 30 de julho: Depois de uma violenta discussão com Rosário, Paulino se tranca no escritório e coloca fogo no lugar. A empregada avisa Lucrécia que o escritório está pegando fogo e que seu pai estala dentro. Lucrécia consegue abrir a porta e, com a ajuda de Modesto retira o pai inconsciente. Lucrécia se dá conta que o pai tentou se matar quando ele recobra a consciência e diz que quer morrer. Lucrécia diz à mãe que seu pai está passando por um momento muito difícil e precisa muito de seu apoio. Rosário diz que está disposta a desistir do divórcio desde que ela se case com Ramiro. Rodolfo questiona o filho sobre as coisas que disse quando estava delirando e pergunta se ele sabe algo sobre Justina e Ramiro. Juliano diz que não sabe de nada. Lucrécia diz a Juliano que por enquanto não poderá deixar a cidade por que seu pai está precisando dela. Juliano diz que tem medo de perdê-la para sempre.

Capítulo 44 – 31 de julho: Lucrécia decide ficar para ajudar o pai na recuperação. Paulino pede a ela que vá embora antes que sua mãe destrua sua vida. Carmelo está bebendo com Fidel quando este deixa cair à medalha de Juliano. Carmelo a guarda. Ramiro fica sabendo que há praga em sua plantação. Lucrécia e Juliano decidem fugirem juntos e pedem a padre Matias que os case. Renata percebe que a prima está planejando algo e conta para a tia. Rosário ordena que espione sua filha. Rodolfo pressiona Justina e ela acaba confessando que é amante de Ramiro há muitos anos. Rodolfo procura Ramiro que, confirma tudo e ainda conta que dá dinheiro a Justina. Rosário flagra Lucrécia saindo com uma mala e tenta detê-la. Mas a filha diz que tem a bênção do pai para ir embora e se casar com Juliano. Rosário faz de tudo para impedir que a filha vá embora, mas Lucrécia a enfrenta e sai de casa.

Capítulo 45 – 01 de agosto: Enquanto Lucrécia deixa a fazenda “Milagre”, Juliano aluga um quarto na pensão de dona Socorro para seu pai. Juliano se encontra com Lucrécia no rio, diz que por enquanto não pode deixar a cidade por que seu pai precisa dele e a leva para a pensão. Rosário procura Ramiro e diz a ele que precisa fazer alguma coisa para impedir que Lucrécia vá embora com Juliano. Ramiro telefona para Juliano, diz que ele ou Josué não é filho de Rodolfo e marca um encontra à meia-noite para lhe revelar a verdade. Carmelo chega em casa bêbado, encontra o pai de saída portando um revólver. Ramiro espera Juliano. Carmelo segue o pai, chega antes de Juliano e insiste para que deixe Lucrécia e Juliano em paz. Os dois discutem, entram em luta corporal e o revólver dispara. Ramiro cai mortalmente ferido e tem nas mãos a corrente com a medalha de Juliano que Carmelo tem no pescoço.

Capítulo 46 – 04 de agosto: Carmelo pega o revólver, entra no carro e foge deixando o pai mortalmente ferido. Quando Juliano chega ao local, encontra Ramiro ferido. Ele pergunta que atirou, mas Ramiro não consegue dizer e morre com a medalha de Juliano em suas mãos. Juliano, acompanhado do pai e de Lucrécia vão até a delegacia registrar a ocorrência. Juliano é detido quando Teresa o acusa de ter matado seu pai. Enquanto isso, Carmelo esconde o revólver e a camisa suja de sangue. Josué diz ao pai que não aprova o comportamento de sua mãe e diz que também quer ir embora de casa. Quando os policias perguntam a Juliano sobre a medalha, ele afirma que foi roubada quando ele foi atacado. Carmelo pergunta a Fidel onde encontrou a medalha. Ele conta que Ramiro lhe pagou para que matasse Juliano e que foi nesse dia que pegou a medalha. Assunção está arrumando quarto de Carmelo quando encontra a camisa ensanguentada e o revólver que ele havia escondido.

Capítulo 47 – 05 de agosto: Assunção acusa Carmelo deter matado o próprio pai. A princípio ele nega, mas depois confessa que foi um acidente e pede a ela que não conte nada. Rodolfo tenta contratar um advogado para defender Julian, mas todos se negam a assumir o caso e aconselham que espere um defensor público. Depois do sepultamento do pai, Carmelo volta para casa e encontra no escritório do pai uma carteira de Juliano. Justina é pega de surpresa quando Juliano conta por que ia se encontrar com Ramiro e lhe pergunta qual dos dois não é filho de Rodolfo. Justina garante que nenhum deles é filho de Ramiro. Assunção diz a Carmelo que não pode permitir que uma pessoa inocente pague pelo seu crime e Carmelo promete inocentar Juliano se ela ficar calada. Carmelo encontra Lucrécia diante do Ministério Público, diz que tem a prova que inocentará Juliano, mas que só a entregará se ela prometer se casar com ele.

Capítulo 48 – 06 de agosto: Com a promessa de que tem a prova que pode inocentar Juliano, Carmelo insiste em se casar com Lucrécia, mas ela o despreza. Um advogado se oferece para defender Juliano e o aconselha a se declarar culpado. Indignado, ele dispensa os serviços do profissional, diz o pai que pode se defender sozinho e pergunta por que ainda não lhe fizeram a prova da parafina. Convencido de que Carmelo matou o próprio pai, Fidel faz chantagem.. Paulino solicita um empréstimo bancário e é aconselhado a vender todas as suas propriedades. Delfina visita Assunção e se preocupa ao vê-la tão nervosa e pede a ela que conte o que sabe. Modesto informa rosário sobre o estado da plantação de maçãs. Quando Paulino chega, decide destruir a plantação. Pessoalmente e munido de uma serra elétrica, ele começa a derrubar as árvores e, repentinamente cai ao chão como se tivesse sido atingido por um raio. Fidel encontra Delfina na rua e pergunta por Manoel.

Capítulo 49 – 07 de agosto: Paulino é levado para o hospital e os médicos diagnosticam que ele sofreu um derrame cerebral. Ele passa a noite na terapia intensiva, é estabilizado, mas não consegue falar e nem mover um lado do corpo. Rosário se recusa a avisa Lucrécia, mas Delfina o faz e ela, ao ver a filha, a culpa pelo que aconteceu com o pai. Josué vai ver o pai para comunicar que está deixando a cidade no dia seguinte. Assunção ameaça denunciar Carmelo se ele não fizer o possível para libertar Juliano. Juliano é informado que no dia seguinte começará seu julgamento. Lucrécia recebe um bilhete de Carmelo onde ele afirma que além de libertar Juliano pode salvar seu pai da ruína se aceitar se casar com ele. Sem encontrar uma solução para o problema de Juliano e do pai, Lucrécia diz a Carmelo que aceita se casar com ele.

Capítulo 50 – 08 de agosto: Lucrécia se despede de Juliano e os dois trocam juras de amor, mas ela não conta nada sobre a decisão que acaba de tomar. Carmelo pede a Assunção a camisa manchada de sangue e a pistola, mas ela alega que queimou a camisa e guardou o revólver para evitar outra tragédia. Carmelo leva a carteira de Juliano até a delegacia e afirma que o homem que a roubou também matou seu pai. Lucrécia visita a plantação e dá ordens a Modesto para que elimine as árvores com problemas e plante outras no lugar. Lucrécia conta a padre Matias sua decisão de se casar com Carmelo e afirma que sua mãe desta vez não interferiu. Mas, para Delfina ela conta que decidiu se casar com Carmelo para livrar Juliano da prisão e para evitar que seu pai perca as plantações. Juliano é posto em liberdade e decide procurar Lucrécia. No hospital ele encontra Lucrécia com Carmelo e descobre que vão se casar. Juliano fica furioso quando Carmelo beija Lucrécia diante dele.

Capítulo 51 – 11 de agosto: Lucrécia tenta se explicar e diz a Juliano que tomou essa decisão para tirá-lo da cadeia e para evitar que seu pai perca todas as suas propriedades. Desolado, Juliano se embriaga e é encontrado por padre Matias. Paulino recobra a consciência e pergunta a Lucrécia por que está chorando. Assunção critica Carmelo por forçar Lucrécia a se casar com ele afirma que é pior que seu pai. Rodolfo diz a Matias que Justina lhe pediu perdão e que está pensando em lhe dar outra oportunidade. Juliano ouve a conversa e pergunta ao pai se não tem dignidade ao pensar em perdoar sua mãe depois de tudo que lhe fez. Carmelo tenta convencer Lucrécia de que está apaixonado, mas ela não acredita e deixa claro que, apesar de ter aceitado se casar com ele, nunca será sua mulher. O testamento de Ramiro é lido diante de Tereza e Carmelo, que ficam perplexos ao saber que o pai dividiu seus bens em três partes. Rosário visita Juliano, diz que Josué é filho de Ramiro e ameaça contar a verdade para Rodolfo se ele tentar se aproximar de Lucrécia. Juliano deixa a cidade e Lucrécia cai no rio.

Capítulo 52 – 12 de agosto: Quando Fidel tenta extorquir Carmelo exigindo parte da herança que vai receber, é informado que as coisas mudaram e que agora é ele quem pode ir para a cadeia acusado de assassinato. Em um momento de fraqueza, Lucrécia chora e diz à mãe que não sabe se poderá viver longe de Juliano. Rosário enfatiza que Carmelo deve ser sua prioridade. Ao saber que Rodolfo decidiu voltar para casa, Justina pensa que os dois voltarão a viver como marido e mulher, mas ele deixa claro que vai dormir no quarto dos filhos. Rosário ignora que a filha não pretende se casar na igreja e insiste para que Lucrécia use seu vestido de noiva. Rosário pede ao padre Matias que convença Lucrécia a se casar na igreja. Ele, por sua vez, diz que fará de tudo para convencê-la a desistir do casamento e pergunta a Rosário por que é tão cruel com sua filha. Justina dá uma bofetada em Rosário por tê-la caluniado diante de seus filhos. Rosário tenta impedir que Rodolfo e Matias visitem Paulino. Lucrécia comunica à mãe que cuidará da plantação com a ajuda de Modesto. Justina insiste para que Carmelo coloque a casinha do Rio Branco em seu nome. Ele pergunte o que ela lhe dará em troca e Justina vai para a cama com o filho de seu amante.

Capítulo 53 – 13 de agosto: Carmelo insulta Justina e a deixa sozinha sem dinheiro para voltar para a casa. Rodolfo procura Justina por todas as partes, enquanto ela consegue uma carona e chega em casa tarde da noite. Manoel volta para casa e se revolta com Delfina e Modesto por não terem lhe contado tudo que estava acontecendo. Modesto apoia Lucrécia em sua decisão de cuidar das plantações. Carmelo pressiona Lucrécia e marca o casamento para o próximo sábado. Lucrécia diz a Rosário que em breve receberão o empréstimo de Carmelo. Manoel critica a decisão de Lucrécia e ela explica ao amigo as razões que teve para aceitar se casar com Carmelo. Renata conta a Paulino que Lucrécia vai se casar com Carmelo. Ele tenta se levantar e cai da cama. Quando Lucrécia chega, Paulino pede a ela que jure que não se casará com ele.

Capítulo 54 – 14 de agosto: Ao saber que Renata provocou a queda de Paulino, Rosário a expulsa de casa, mas Lucrécia assume a culpa. Matias descobre o que Carmelo fez com Branca e vai procurá-lo, mas o rapaz é grosseiro com ele. Lucrécia comunica a Carmelo que não vai mais se casar com ele. Sua reação é ameaçá-la dizendo que todos os seus seres queridos pagarão por sua decisão. Lucrécia comunica a Modesto que terão que trabalhar com recursos próprios porque não haverá trato com Carmelo. Padre Matias se surpreende ao ver que Justina, em seu desespero, está se aproximando de Deus. Manoel pede a Carmelo que respeite a decisão de Lucrécia. Os dois discutem, Fidel aparece e, para defender Carmelo, atinge Manoel com uma garrafa. Depois fica muito nervoso ao saber que agrediu o próprio filho.

Capítulo 55 – 15 de agosto: Carmelo ordena a Fidel que se livre de Manoel, e ele arrasta o rapaz para outro lugar. Rodolfo encontra Manoel muito machucado e o socorre. Rosário reúne os empregados e comunica que devido à situação financeira decidiu vender a fazenda e diz que já não precisará de seus serviços. Lucrécia tenta convencer a mãe a voltar a atrás em sua decisão, mas ela insiste que não há outra opção. Convencida de que Carmelo é o culpado, Lucrécia vai procurá-lo, lhe dá uma bofetada e diz que é pior do que ela pensava. Paulino manda chamar padre Matias e diz que precisa se confessar. Rosário comunica a Lucrécia que vendeu as terras para Carmelo.

Capítulo 56 – 18 de agosto: Rosário diz a Lucrécia que Paulino lhe deu uma procuração com plenos poderes e, por isso, pode tomar as decisões que achar conveniente. Lucrécia aceita se casar com Carmelo, mas deixa claro quais são as duas condições. Delfina e sua família arrumam as malas para deixar a fazenda. Antes de sair, Delfina diz a Rosário que trata sua filha exatamente como seu pai a tratava. Juliano vai até a fazenda, mas não tem coragem de entrar. Renata vê o rapaz e, no dia seguinte conta para Rosário. Tereza se revolta com o casamento do irmão e não aceita o convite para assistir a cerimônia. Carmelo pede a Fidel que lhe dê o revólver e que seja testemunha junto com seu advogado. Juliano chega ao cartório no momento em que Lucrécia diz que aceita Carmelo com seu esposo.

Capítulo 57 – 19 de agosto: Ao ouvir o “sim” de Lucrécia para Carmelo, Juliano deixa o local. Carmelo tenta beijar Lucrécia, mas ela se esquiva. Lucrécia vai até a fazenda pegar seus pertences e é desprezada por Rosário e Paulino. Lucrécia se instala no quarto que foi de Ramiro. Carmelo chega completamente bêbado, vai ao quarto de Lucrécia e tenta forçá-la a fazer amor com ele. Assunção chega para ajudá-la a se livrar do rapaz. Rosário diz a Lucrécia que cancelou o contrato de compra e que Carmelo vai ajudá-los no que puder. Os empregados são recontratados e, três anos depois, a plantação começa a dar resultado. Juliano é o encarregado de outra fazendo e está prestes a se casar com Lorena.

Capítulo 58 – 20 de agosto: Quando Lucrécia, Modesto e Manuel se cumprimentam comemorando a primeira colheita de maçãs sem praga e levam a primeira caixa para Paulino, ironicamente Lorena mostra o convite de casamento para Juliano. A saúde de Ernesto está cada vez mais frágil, mas ele está tranquilo por que sabe que deixa sua filha em boas mãos. Obcecada por ter um neto, Rosário quer levar Lucrécia a um especialista, mas ela afirma que não engravida pro que não quer. Paulino diz a Rosário que deve respeitar a decisão da filha por que Carmelo não é o marido ideal para ela. Com medo de que Carmelo acabe com dinheiro deixado pelo pai, Tereza propõe a Manuel que se case com ela para que possa requerer sua parte na herança. Assunção pede a Lucrécia que seja mais amável com Carmelo por que o distanciamento em que vivem o tem afetado negativamente. Rodolfo aconselha Juliano a não se casar apenas por gratidão. A situação entre Carmelo e Renata fica tensa quando ela exige que lhe dê outro lugar em sua vida e insistindo que se divorcie de sua prima.

Capítulo 59 – 21 de agosto: Carmelo se embriaga e acredita que está vendo seu pai. No dia seguinte, Lucrécia tenta convencê-lo a mudar de vida e afirma que tudo poderia ser diferente entre eles. Rosário diz a Carmelo que já está na hora de tomar as rédeas da situação e que a única maneira de manter Lucrécia a seu lado é se tiverem um filho. Matias comunica que em breve chegará um novo sacerdote para ajudá-lo e diz a Branca que terá que encontrar outro lugar para viver. Lucrécia a acolhe em sua casa. Tereza recebe o convide de casamento de Lorena e Juliano e mostra para Lucrécia, que fica muito abalada com a notícia. Ernesto comenta com Juliano que em breve Paulino vai enviar a primeira remessa de maçãs e diz ao futuro genro que já é hora que tenha um negócio em seu nome. Rosário diz a Delfina que precisa ter um neto custe o que custar.

Capítulo 60 – 22 de agosto: Miguel chega à casa de Ernesto e cumprimenta Lorena com um beijo forçado. Nesse momento chega Juliano e, visivelmente irritado, pergunta à noiva por enviou convite para a família de Ramiro. Carmelo convida Lucrécia para jantar e Renata aparece sem ser convidada. Matias diz Rodolfo que ele ainda não conseguiu perdoar Justina, pois caso contrário, estariam dormindo no mesmo quarto. Renata pergunta a Lucrécia o porquê não se divorcia de Carmelo. Juliano jura para Manoel que já esqueceu Lucrécia e pede que não volte a mencioná-la. Lucrécia aconselha Tereza a se interessar pela plantação. Depois de interromper seu jantar com Lucrécia, Carmelo proíbe Renata de voltar a por os pés em sua casa, sob a ameaça de terminar definitivamente com ela.

Capítulo 61 – 25 de agosto: Josué se apresenta ao padre Matias como o diácono que veio para ajudá-lo. Lucrécia fica sabendo que Josué está de volta, vai lhe dar as boas vindas, mas ele a trata friamente. Renata vai falar com Rita e, com a intenção que ela espalhe a fofoca, conta que Carmelo e Lucrécia nunca dormiram juntos. Josué vai ver os pais e Justina e Rodolfo sentem o filho muito distante e frio com eles. Renata encontra Carmelo quando está saindo de viagem e decide ir com ele. Depois telefona para Rosário e conta que teve que fazer uma viagem a trabalho. Carmelo vista Ernesto que se surpreende ao vê-lo. Carmelo diz que está prestes a perder suas propriedades e pede sua ajuda. Ernesto se nega a ajudá-lo, os dois discutem e Carmelo tenta asfixiá-lo. Renata encontra Lorena e Juliano e se surpreende ao saber que vão se casar.

Capítulo 62 – 26 de agosto: Carmelo asfixia Ernesto. Matias critica a atitude prepotente de Josué diante de seus pais. Lorena e Juliano encontram Ernesto morto. A empregada comenta que o patrão recebeu a visita de um homem e Juliano sugere a Matilde que seja feita uma autopsia. Ela se nega e proíbe Juliano de comentar o fato com Lorena. Ernesto era o comprador da colheita de Paulino e, com sua morte, o negócio não se concretiza. Certa de que Rodolfo tem um encontro com os amigos Matias e Paulino, Justina decide visitar o advogado. O jogo dos amigos é cancelado, Rodolfo compra flores para a esposa, mas tem uma grande decepção ao vê-la entrar no carro de um homem.

Capítulo 63 – 27 de agosto: Justina passa a tarde na casa do advogado e ouve quando Carmelo telefona para pedir que venda a casa de Rio Branco. Justina diz ao advogado que adoraria comprá-la se tivesse dinheiro. Ela também fica sabendo que Carmelo e Renata mantém um romance. Ao voltar para casa, Justina recebe uma ligação do filho e fica sabendo que Ernesto está morto. Preocupada com a demora do marido, ela telefona para Matias e fica sabendo que o jogo foi cancelado. Matias e Josué encontram Rodolfo completamente bêbado na porta da escola. Carmelo vai ao bar encontrar os amigos e é surpreendido quando todos debocham dele afirmando que seu casamento com Lucrécia é só de fachada. Ele volta para casa furioso e acusa Lucrécia de ter espalhado a fofoca. Renata comenta com Rosário que Branca foi namorada de Carmelo e esta se lembra do dia que Ramiro lhe disse que seu filho ir ser pai. Matias comenta com Paulino sobre a bebedeira de Rodolfo e confidencia ao amigo que Justina e Ramiro foram amantes.

Capítulo 64 – 28 de agosto: Rosário obriga Branca a lhe contar tudo que aconteceu entre ela e Carmelo e ameaça expulsa-la de sua casa e de seu emprego se comentar algo com Lucrécia. Carmelo pede ao advogado que apresse a venda da casa de Rio Branco. Matilde convence Lorena a não seguir Juliano em sua viagem a São Pedro, mas ela está apavorada com a ideia de Juliano e Lucrécia voltarem a se encontrar. Uma mensagem eletrônica sem identificação chega a São Pedro afirmando que o acordo para a compra da colheita de maçãs continua em pé mesmo que Ernesto esteja morto. Quando Justina pergunta a Rodolfo se está se sentindo melhor, ele lhe dá uma bofetada e pergunta quem é seu amante. Ela nega qualquer romance extraconjugal e depois procura o amante para dizer que precisam terminar o relacionamento. O advogado pede a ela que deixe o marido e se case com ele. Decidido a convencer a cidade que tudo vai bem entre ele e a esposa, Carmelo obriga Lucrécia a sair para jantar com ele e tenta beija-la em público. Ela não permite o beijo e vai embora sozinha.

Capítulo 65 – 29 de agosto: Juliano chega a São Pedro e encontra o pai sentado do lado de fora da casa. Os dois se abraçam e ele pergunta se essa situação tem a ver com sua mãe. Rodolfo diz ao filho que terão que dividir o quarto. Fazendo-se de vítima, Justina diz ao filho que o pai ainda pensa que ela o trai. Carmelo fica furioso com Lucrécia por ter provocado um escândalo em público e ela deixa claro que não está disposta a participar de uma farsa. Rosário comenta com Paulino que Carmelo hipotecou a propriedade e sugere que o ajudem financeiramente. Juliano questiona a mãe e recorda que tentou falar com ela por telefone e não a encontrou. Paulino conversa com o gerente do banco sobre a situação de Carmelo e este afirma que já é tarde demais para que se possa fazer alguma coisa por ele. Nos Álamos chega à ordem de embargo da propriedade e agora o banco é o dono de tudo que há nelas. Paulino comunica a Carmelo que perdeu tudo que seu pai lhe deixou.

Capítulo 66 – 01 de setembro: Tereza flagra Renata e Carmelo se beijando. Indignada ela pede uma explicação ao irmão e ameaça contar tudo para Lucrécia. Durante uma conversa com o marido, Rosário acaba admitindo que foi um erro obrigar Lucrécia a se casar com Carmelo. Justina pede o divórcio a Rodolfo. Lucrécia teme com o que possa acontecer quando Rosário souber que agora Juliano ficará responsável pelos negócios de Ernesto. Juliano e Lucrécia se encontram na igreja. Ele pede que olhando nos seus olhos diga que não significa nada para ela. Ele a beija e recebe uma bofetada. Ele volta a beijá-la e desta vez é correspondido. Josué assiste a cena à distância.

Capítulo 67 – 02 de setembro: Josué flagra o irmão beijando Lucrécia, critica sua atitude e depois pede ao padre Matias que converse com ele. O padre conversa com Juliano e diz que não é justo que brinque com os sentimentos de Lucrécia e Lorena. Justina pede ao amante que lhe compre a casa que Carmelo está vendendo, para que tenha uma segurança depois que se divorcie de Rodolfo. Paulino fala sobre negócios com Juliano e este o tranquiliza e diz que não se preocupe com as maçãs que não puder entregar. Rodolfo pede perdão a Justina por ter duvidado dela e pede que cancele o processo de divórcio. Justina não aceita o pedido de desculpa e diz que não vai desistir da separação. Fidel diz a Carmelo que Juliano está de volta e ele, armado, vai procurar o rival. Carmelo encontra Lucrécia conversando com Manuel, exige que ela volte para casa, discute com Manuel e faz ameaças. Fidel sai em defesa de Manuel e ameaça matar Carmelo se fizer algo contra seu filho. Manuel fica chocado com a revelação e Carmelo debocha da situação. Renata é demitida e o advogado informa que foi a pedido de Carmelo. Lucrécia é flagrada mais uma vez, desta vez conversando com Josué, e Carmelo ameaça matar Juliano se voltar a se encontrar com ele. Josué telefona para Lorena e aconselha que viaje imediatamente para São Pedro ou poderá Juliano para Lucrécia.

Capítulo 68 – 03 de setembro: Depois da ligação de Josué, Lorena decide viajar para São Pedro. Miguel se oferece para levá-la, mas Matilde consegue convencê-la a não viajar sozinha com ele. Carmelo vai com o advogado até o banco para pagar a hipoteca, mas, chegando lá, é informado que as terras têm novo proprietário. Carmelo fica furioso ao saber que Juliano comprou a propriedade. Justina é informada que a casa do rio Branco não está mais à venda. Matias diz a Rodolfo que Josué não tem vocação religiosa e que só usa a batina como refúgio. Paulino diz que não se importa em ter que tratar de negócios com Juliano, mas Carmelo deixa claro que Rosário não pensa como ele. Marcelina comenta com Lorena que um jovem visitou seu pai um pouco antes de sua morte. Rosário procura Juliano, lhe dá uma bofetada, o insulta por ter comprado as terras e o ameaça de morte se voltar a se aproximar de Lucrécia.

Capítulo 69 – 04 de setembro: Depois de ameaçar Juliano, Rosário procura Carmelo e adverte que terá que tomar muito cuidado para não perder também a esposa. Juliano pede a padre Matias que cuide das terras que acaba de comprar, mas ele não aceita por respeito ao amigo Paulino. Apesar de Lucrécia negar o encontro, Carmelo bate nela por ter voltado a se encontrar com Juliano. Assunção percebe os hematomas e diz a Lucrécia que deve se separar de Carmelo. Carmelo ordena a Fidel que desapareça para sempre com Juliano e, quando este se nega, ele oferece como pagamento a casa do Rio Branco. Renata espera por Carmelo na rua e é atropelada pela caminhonete do rapaz. Rita assiste a cena e Carmelo pede sua ajuda. Depois de levar Renata para o hospital e avisar Paulino do acidente, Carmelo pede a Rita que diga ao delegado que Renata se atirou diante do carro e lhe dá dinheiro. Juliano procura Carmelo e faz ameaças caso volte a agredir Lucrécia. Ao sair da casa do rival, Juliano encontra Lucrécia e lhe dá um beijo. Nesse momento chega Lorena e o acusa de ter viajado para São Pedro para se encontrar com Lucrécia.

Capítulo 70 – 05 de setembro: Quando Carmelo informa que Lorena e sua tia ficarão hospedadas em sua casa, Lorena decide ir para a casa dos pais. Ao chegar lá, Lucrécia é recebida com carinho pelo pai, mas Rosário ordena que volte para a casa de seu marido. Rosário não acredita na versão de Renata de que Carmelo a atropelou de propósito e a acusa de estar interessada em seu genro. A pedido de Carmelo, Fidel lhe consegue uma espingarda e este afirma que vai antecipar o que havia planejado. Paulino se indispõe com Juliano e diz que só tratará dos assuntos da fazenda com Manuel. Miguel pede a Juliano que não se casa com Lorena, porque não a ama. Lucrécia pergunta a Renata se é amante de Carmelo. Juliano diz a Lorena que no dia seguinte deixarão São Pedro. Mais tarde Juliano sai para cavalgar e Fidel dispara contra ele.

Capítulo 71 – 08 de setembro: Juliano está cavalgando quando Fidel disparara e ele cai mortalmente ferido. Manuel se despede de Delfina e Modesto e deixa a fazenda a pé. No caminho ele encontra o cavalo de Juliano e se preocupa com o que possa ter acontecido. Mais adiante ele encontra o amigo de infância ferido. Juliano não permite que Manuel o leve para o hospital, conta que alguém tentou matá-lo e pede que o leve para uma gruta. Mais tarde, Manuel procura Lucrécia e a leva até o local onde deixou Juliano. Lucrécia e Manuel cuidam dos ferimentos e Juliano diz a Lucrécia que desconfia que Carmelo mandou matá-lo. Lorena espera em vão por Juliano e Matilde diz a ela que essa é a prova de que ele não se importa com ela. Carmelo vai buscar Lucrécia na casa dos pais, ela o acusa de adultério e diz que pedirá o divórcio. Assim que Lucrécia sai, Carmelo entra escondido no quarto de Renata e a acusa de ter contado a Lucrécia sobre o relacionamento dos dois. Juliano começa a melhorar e conta a Lucrécia que esteve presente em seu casamento com Carmelo. Os dois conversam sobre muitas coisas, falam de seus sentimentos e se beijam. Lorena decide procurar Juliano e vai até a fazenda Milagre. Rosário informa que Lucrécia está na plantação trabalhando e Lorena pergunta se tem certeza disso. Enquanto isso, Lucrécia e Juliano estão à beira do lago vivendo um lindo momento de amor. Carmelo e Fidel estranham que o corpo de Juliano ainda não tenha sido encontrado.

Capítulo 72 – 09 de setembro: Lucrécia se entrega de corpo e alma a Juliano e este percebe que seu casamento com Carmelo nunca foi consumado. Lorena tem certeza que Juliano está com Lucrécia, mas Carmelo, convencido de que seu desafeto está morto, assegura que isso não é possível. Depois Carmelo conversa com Lorena e Matilde, diz que muita gente na cidade não gostou da volta e Juliano e que talvez algo de ruim tenha acontecido com ele. Quando Fidel está decidido a certificar-se de que Juliano está morto, Manuel diz a ele que se aconteceu alguma coisa com seu amigo suspeitará de Carmelo e de quem trabalha para ele. Padre Matias leva Juliano para sua casa e lá ele recebe a visita de Josué e Rodolfo. Rosário aconselha Carmelo a levar Lucrécia, mas ela se nega e diz que está decidida a pedir o divórcio. Paulino diz a Carmelo que pretende liquidar a dívida que tem com ele para que deixe sua filha em paz. Juliano diz a Lorena que não pode se casar com ela, mas é surpreendido com a notícia de que ela espera um filho.

Capítulo 73 – 10 de setembro: Lorena diz a Juliano que não pode abandoná-la por que espera um filho seu e ele pede provas da paternidade. Depois ela conta para Justina sobre a gravidez, que a aconselha a dar a prova que Juliano está pedindo e garante que seu filho não fugirá de sua responsabilidade. Juliano diz a Lorena que não deve continuar hospedada na casa de Carmelo e a convida para ficar em sua casa. Justina encontra Carmelo, lhe dá uma bofetada e o chama de assassino, assim com seu pai. Tereza chega nesse momento e Justina diz a ela que Ramiro matou sua mãe e afirma que Assunção sabe de tudo. Tereza insiste para que Assunção conte o que sabe, mas ela afirma que é só uma suspeita. Carmelo diz a Assunção que não duvida que seu pai tenha matado sua mãe e agora não sente nenhum remorso em ter acabado com a vida dele. Juliano conta a Lucrécia sobre a gravidez de Lorena e ela diz que ele terá que assumir Lorena e o filho, afirma que o amor deles é impossível e vai embora cavalgando. Justina chega em casa com Lorena e Matilde, comunica ao marido que são suas hóspedes e afirma que terão que dormir juntos para poder acomodá-las. Juliano diz a Lorena que vai se casar com ela. Matilde fica sabendo da gravidez de Lorena e pergunta a ela quem é o pai da criança, Juliano ou Miguel. Justina ouve a conversa.

Capítulo 74 – 11 de setembro: Tereza fica arrasada ao saber que Ramiro matou sua mãe. Delfina tenta contornar a situação afirmando que são apenas suspeitas e que não existe nenhuma prova convincente. Assunção fala com padre Matias sobre suas suspeitas e afirma que Carmelo matou o próprio pai. Justina questiona Lorena e ela jura que Juliano é o pai do filho que está esperando. Matilde diz a Justina que tudo que ela quer é que sua família lucre financeiramente com o casamento de Juliano com sua sobrinha. Seguindo instruções de Rosário, Josué diz a Lucrécia que seu irmão nunca teve a intenção de terminar seu compromisso como Lorena. Sem respeitar o casamento de Delfina com Modesto, Fidel propõe a ela que vivam juntos. Delfina diz a Lucrécia que não acredita no que Josué lhe disse sobre Juliano. Lorena fica furiosa ao ver Juliano usando a medalha que ganhou de Lucrécia e arranca a jóia de seu pescoço. Furioso com a atitude de Lorena, Juliano deixa claro que se responsabilizará pelo filho, mas não se casará com ela.

Capítulo 75 – 12 de setembro: Lorena fica furiosa, conta para Justina o que acaba de acontecer e ela promete resolver a situação. Justina tenta convencer o filho a se casar com Lorena, mas ele pede à mãe que respeite sua decisão. Juliano procura Lucrécia, diz que não vai se casar com Lorena e que não pretende renunciar ao amor que sente por ela. Lucrécia reage mal e diz que não vai permitir que ele a use como desculpa para não cumprir com suas obrigações. Lorena vai até a fazenda “Milagre”, discute com Lucrécia e passa mal. O médico examina Lorena, diz que ela teve uma ameaça de aborto e recomenda repouso absoluto. Lorena se vê obrigada a ficar hospedada na fazenda e Lucrécia se surpreende com a atitude de Rosário que se mostra muito satisfeita por tê-la em sua casa. Carmelo vai a até a fazenda com a intenção de levar Lucrécia para sua casa, mas ela se nega. Carmelo tenta levá-la à força. Nesse momento entra Juliano e defende Lucrécia. Carmelo fica sabendo que Juliano foi visitar Lorena e não Lucrécia e vai embora. Renata vai ver Carmelo, tira uma foto dele e diz que é para que o identifiquem como a pessoa que estava com Ernesto no dia de sua morte.

Capítulo 76 – 15 de setembro: Depois de fazer a foto, Renata ameaça entregá-la para Juliano e Lorena para que investiguem se foi ele quem esteve com Ernesto pouco antes de sua morte. A propósito da presença de Lorena na fazenda, Renata diz a Lucrécia que talvez aconteça com ela o mesmo que aconteceu com Rosário, que sofra uma queda e perca o bebê. Rosário insiste para que Lucrécia volte a viver com Carmelo para provar a Juliano que sua decisão é definitiva. Lorena conversa com Lorena e insinua que seu pai foi assassinado. Rodolfo continua convencido de que Josué embora seja padre, continua apaixonado por Lucrécia. Diante do fato, padre Matias diz a Paulino que se as suspeitas se confirmarem terá que dizer a ele que Lucrécia é sua meia-irmã. Inconformado com separação o amante de Justina vai até sua casa e Josué flagra os dois se beijando. Mãe e filho discutem.

Capítulo 77 – 16 de setembro: Carmelo luta com Lucrécia e consegue violentá-la. Quando Assunção chega em casa, encontra Lucrécia nua, jogada no chão e chorando copiosamente. Assunção se dá conta do que aconteceu e Lucrécia a faz prometer que não contará a ninguém o que aconteceu. Logo depois faz suas malas e volta para a casa dos pais. Carmelo está no bar com os amigos quando chega Assunção e, diante de todos, lhe dá uma bofetada. Carmelo diz a Assunção que Lucrécia é sua esposa e pode fazer com ela o que quiser. Fidel vai atrás de Delfina, insiste para que formem uma família e afirma que seria mais feliz com ele do que com Modesto. Delfina pede a Fidel que a deixe em paz, mas ele tenta beijá-la. Lorena volta com Matilde para a casa de Justina e diz a Juliano se seu filho não vai nascer se não se casar com ela. Depois de flagrar a mãe aos beijos com o amante, Josué conversa com o pai, diz que as coisas mudaram e que agora o admira muito. Padre Matias encontra Josué se auto-flagelando e este diz que está pagando pelo pecado de amar Lucrécia. O padre diz que deve esquecer Lucrécia pois é sua meia-irmã.

Capítulo 78 – 17 de setembro: Ao ver o desespero de Josué, padre Matias se vê obrigado a revelar a verdade. Incrédulo, Josué procura a mãe e exige que lhe diga quem é seu verdadeiro pai. Ela jura que não sabe quem é seu pai e é insultada pelo filho. Renata coloca uma foto de Carmelo no quarto de Branca e depois diz a Rosário que a empregada continua apaixonada por seu genro. Furiosa, rosário expulsa Branca da fazenda. Depois que Justina admite para Rodolfo que não sabe quem é o pai de Josué, ele desta vez não consegue perdoá-la e a expulsa de casa diante da desaprovação de Juliano. Renata exige que Carmelo passe para seu nome a casa do Rio Branco em troca de seu silêncio sobre a morte do pai de Lorena. Rodolfo visita Paulino, o surpreende com uma bofetada e diz que jamais imaginou que seria traído pelo seu melhor amigo. Paulino pede perdão a Rodolfo.

Capítulo 79 – 18 de setembro: Rosário critica Paulino por ter dito a Rodolfo que Josué pode ser seu filho. Os dois discutem e Paulino diz a Rosário que procurou outra mulher por ela nunca o amou. Carmelo precisa de dinheiro com urgência e decide procurar Rosário para renegociar a dívida que os Córdoba tem com ele. Ao chegar na fazenda Carmelo encontra Lucrécia, que lhe dá uma bofetada. Delfina percebe algo de estranho, questiona Lucrécia e ela conta que foi violentada por Carmelo. Rodolfo diz a Josué que não importa se ele não for seu pai biológico, que sempre o verá como seu filho e o apoiará em tudo que precisar. Rodolfo visita Matias, recrimina o amigo por nunca ter lhe contado a verdade sobre Josué, o culpa pela situação e diz que não quer mais saber dele. Modesto procura Fidel para pedir que deixe Delfina em paz, os dois discutem e se agridem. Fidel tenta atingir Modesto com uma navalha, mas ele reage, consegue pegar a arma e atinge Fidel no abdome.

Capítulo 80 – 19 de setembro: Modesto tenta socorrer Fidel, mas ele não permite. Depois conta a Delfina o que aconteceu, jura que foi um acidente, mas sabe que pode ser preso por tentativa de assassinato e decide conversar com Paulino sobre o ocorrido. Carmelo, sem pudor nenhum, diz a Lucrécia que se tivesse cooperado as coisas teriam sido diferentes. Lucrécia reage lhe dando uma forte bofetada e diz que se voltar a se aproximar dela o matará. Depois pede a Rosário que proíba a entrada dele na fazenda, nas se recusa a dizer o motivo. Depois do problema com Fidel, o advogado investiga se há alguma acusação contra Modesto e este se surpreende ao saber que não. Rosário pergunta a Carmelo o que fez contra sua filha e deixa claro que não vai permitir que volte a agredi-la. Depois de dizer a Renata que não vai se casar com Lorena, Juliano recebe dela um envelope com a foto de Carmelo, e o faz prometer que se Carmelo teve mesmo algo a ver com a morte de Ernesto fará de tudo para que vá para a cadeia. Carmelo pressiona e ameaça Branca para que lhe passe informações sobre os negócios de seu sogro. Justina aconselha Lorena a se livrar da criança, caso Juliano não seja o pai. Mais tarde ela procura o ginecologista para dizer que não quer e nem pode ser esse filho e, portanto quer abortar.

Capítulo 81 – 22 de setembro: Marcelina confirma para Juliano que Carmelo foi o homem que esteve com Ernesto no dia de sua morte. Juliano encontra Carmelo e pergunta o que foi fazer na casa de Ernesto e ele nega ter algo a ver com a morte dele. Depois telefona para Renata e diz que seu plano não funcionou. Tereza fica zangada com Lucrécia por não ter lhe contado que Manoel estava apaixonado por ela. Paulino visita Branca para se desculpar pela forma como Rosário a tratou e explica sobre a relação entre Carmelo e Renata. Quando ele volta para casa, Renata se oferece para fazer o trabalho de Branca, mas ele não aceita, diz que Branca vai voltar e que ela terá que deixar a fazenda por que já sabe de seu relacionamento com Carmelo. Rosário reforça a decisão do marido e expulsa a sobrinha de sua casa. Justina conta ao amante que já se separou de Rodolfo. Renata procura Carmelo e exige que a hospede em sua casa. Lorena procura Lucrécia para pedir que deixe Juliano livre por que, caso contrário, seu filho não nascerá. Depois ela finge que está em briga corporal com Lucrécia e se joga escada abaixo.

Capítulo 82 – 23 de setembro: Pedindo, aos gritos, que Lucrécia a solte, Lorena se joga da escada fingindo que foi empurrada pela rival. O resultado é que Lorena perde o bebê e ninguém, nem mesmo Paulino e Juliano, acreditam na inocência de Lucrécia. Desprezada por Carmelo, Renata se hospeda na pensão de dona Socorro. Justina visita o padre e, em tom de provocação, diz que foi amante de todos os seus amigos e afirma que ele está com ciúmes por ter ficado de fora. Rosário visita Lorena e ela insiste em acusar Lucrécia de ter sido a responsável pela queda que a fez perder o bebê. Rosário diz que há muitas contradições no seu relato e que deve pensar muito bem no que vai dizer. Ela explica que na o quer que Lucrécia volte para Juliano, agora que a criança já não existe. Mais tarde, Lucrécia está na plantação quando é surpreendida pela chegada dos policiais que a levam presa sob a acusação de tentativa de homicídio.

Capítulo 83 – 24 de setembro: Lucrécia é levada presa acusada de tentativa de homicídio. Lorena recebe alta e vai para um hotel. Carmelo vai até a fazenda Milagre e Paulino claro que sua família não quer nenhum trato com ele. Carmelo retruca e diz que enquanto Lucrécia for sua esposa perante a lei as coisas terão que ser como ele quer. Lucrécia é interrogada, mas não consegue convencer as autoridades de sua inocência. Paulino contrata um advogado para defender Lucrécia. Como única testemunha, Rosário é interrogada, mas afirma que quando chegou Lorena já estava caída. Justina irrita o amante ao convidar Renata para ficar hospedada na casa dele. Ao saber da prisão de Lucrécia, Juliano vai até a delegacia. Rosário procura Carmelo para contar que Lucrécia está presa. Juliano procura Lorena e diz que está disposto a tudo para que ela retire a queixa contra Lucrécia. Ela aproveita a oportunidade e diz que só retira a acusação se casar com ela no dia seguinte.

Capítulo 84 – 25 de setembro: Juliano não admite ser chantageado e diz a Lorena que passará o resto de sua vida com Lucrécia. Renata comenta com Justina que Lucrécia voltou a fazer com Lorena o mesmo que fez com sua mãe quando ela perdeu o bebê. O advogado segue as instruções de Justina e não comparece à acareação entre Lucrécia e Lorena. Juliano invade ao escritório do advogado e o acusa de ser uma marionete nas mãos de sua mãe. Aproveitando que estão sozinhos, Renata tenta seduzir Josué. Depois dá uma bofetada em Branca e diz que a guerra entre elas está apenas começando. Rosário não faz nada para ajudar a filha e diz a Paulino que prefere vê-la atrás das grades do que nos braços de Juliano. Revoltado, Paulino diz a Rosário que está louca e que deveria estar em um manicômio.

Capítulo 85 – 26 de setembro: Paulino diz a Juliano que Lucrécia vai ser transferida para um presídio da capital onde deve esperar pelo julgamento. Os dois tentam desesperadamente encontrar uma maneira de evitar a transferência. Juliano procura Lorena, diz que nunca vai se casar com ela e que se não retirar a denuncia contra Lucrécia, vai deixá-la na miséria por que está em suas mãos o controle de toda a fortuna de seu pai. Fidel vai até a plantação para tentar se aproximar do filho, mas Manuel diz que está muito ocupado e se afasta. Ele, então, começa a fazer perguntas aos trabalhadores sobre a rotina de trabalho e fica sabendo que naquela noite vai sair um caminhão carregado. No dia seguinte, Modesto é avisado que o caminhão da fazenda foi roubado e o motorista agredido. Delfina critica Rosário por não defender a filha.

Capítulo 86 – 29 de setembro: Mesmo vivendo com o amante, Justina procura Rodolfo para pedir outra oportunidade. Diante da negativa ela afirma que fará de tudo para ficar com a casa. Rosário se defende da acusação de Delfina e afirma que mesmo que quisesse não poderia defender a filha. Quando Lucrécia está prestes a ser transferida para a capital, Lorena é surpreendia pela presença do médico que declara ter sido procurado pela vítima, que pediu que lhe fizesse um aborto. Com esse depoimento, Juliano comprova que Miguel era o pai da criança. Branca pede ao tio que previna Josué contra Renata, pois ela pode ser uma péssima influência. Lorena é obrigada a retirar a acusação contra Lucrécia e ela é posta em liberdade. Lucrécia e Juliano deixam à delegacia juntos e felizes. Rosário não aceita a situação e avisa Carmelo e exige que faça valer sua autoridade de marido e a leve de volta para sua casa.

Capítulo 87 – 30 de setembro: Depois do teste de DNA, Josué e Rodolfo são informados que Paulino é o pai biológico e ficam arrasados. Lorena comenta com Matilde que Lucrécia está em liberdade e fica sabendo que Miguel está indignado por ela não ter contado que era o pai do filho que estava esperando. Lucrécia e Juliano fazem amor no lago. Rosário começa a dizer coisas desconexas, o médico é chamado e diz que seu delírio é causado por um medicamento. Delfina telefona para Lucrécia que sua mãe está muito mal e o casal volta para a cidade. Carmelo, depois de receber o pagamento pelas maçãs roubadas, está na caminhonete com Fidel quando vê passar Lucrécia e Juliano e decide segui-los. O casal para no posto de gasolina para abastecer, Juliano deixa Lucrécia sozinha no veículo e quando volta se dá conta que ela desapareceu.

Capítulo 88 – 01 de outubro: Juliano desce do carro para procurar um telefone público e não percebe que a caminhonete de Carmelo está estacionada atrás. Ao voltar ele não encontra Lucrécia, que foi levada à força por Carmelo e é trancada em um dos quartos de sua casa. Depois do teste de DNA, Justina tenta seduzir Paulino, diz que o ama e que quer viver a seu lado. Mas Paulino a trata com desdém e descarta qualquer possibilidade de um caso entre eles. Assunção e Teresa tentam ajudar Lucrécia, mas são ameaçadas por Carmelo. Renata telefona para Rosário e conta que Paulino se encontrou com Justina.

Capítulo 89 – 02 de outubro: Justina procura o filho, Josué para tentar convencê-lo a visitar Paulino e também diz que estaria disposta a tudo para se reconciliar com Rodolfo. Josué pede à mãe que desista de Rodolfo e afirma que ele está interessado em outra mulher. Modesto conta a Paulino que Carmelo está mantendo Lucrécia presa em sua casa. Carmelo entra no quarto onde Lucrécia está trancada e a beija a força. Lucrécia se defende dando uma tesourada nas pernas de Carmelo e aproveita o momento para fugir e encontra Juliano. Os dois se abraçam e se beijam e são flagrados por Paulino. Juliano pede ao pai de Lucrécia que a leve para a fazenda Milagre e a proteja das maldades de Carmelo. Josué procura Paulino e os dois conversam como pai e filho. Lucrécia vai conversar com Rosário, que pede a ela que nunca vá embora da fazenda. Lucrécia diz que pretende refazer sua vida ao lado de Juliano e Rosário ameaça se matar. Lucrécia e Juliano se encontram às escondidas no estábulo, Rosário aparece com um rifle e aponta a arma para a cabeça de Juliano. Lucrécia se coloca na frente para defender Juliano e Rosário aponta a arma para a própria cabeça e ameaça apertar o gatilho.

Capítulo 90 – 03 de outubro: Ao repartir o dinheiro por um “trabalho”, Carmelo tenta deixar Fidel de fora, mas o capataz reage e obriga Carmelo a lhe dar sua parte. Juliano conta para padre Matias que Rosário tentou se suicidar, depois os dois comentam que não entendem porque ela é tão cruel com sua própria filha. Diante de Renata, Branca diz a Josué que a expulsaram da fazenda por que descobriram que mantinha um caso com Carmelo. Josué decide terminar seu namoro com Renata. Fidel espera por Manoel na porta da cantina, para se despedir e lhe entregar uma quantia em dinheiro. Manoel está dizendo que não aceita o dinheiro quando ouve um disparo e Fidel cai morto em seus braços. Diante da determinação de Paulino de fazer o que for possível para que a filha se reconcilie com Juliano, Rosário decide abrir o jogo e diz ao marido que não tem nenhum grau de parentesco com Lucrécia por que é filha de outro homem.

Capítulo 91 – 06 de outubro: Estarrecido diante da afirmação de que Lucrécia não é sua filha, Paulino pergunta a Delfina se houve outro homem na vida de Rosário. A governanta afirma que nunca existiu outro homem e que Rosário está querendo se vingar dele. A polícia interroga Carmelo sobre a morte de Fidel e este finge que não sabia de nada. Juliano diz a Lucrécia que terá que fazer uma viagem para entregar a Lorena o controle das empresas de seu pai. Justina descobre quem é a mulher com quem Rodolfo está saindo e vai procurá-la. Josué vai até a fazenda procurar Lucrécia e, mais uma vez é destratado por Rosário que deixa claro que não quer ninguém de sua família em suas terras e volta a acusar Juliano de ser o responsável pela morte de seu filho, César. Josué defende o irmão e confessa que foi ele quem convenceu César a cruzar o rio. Lucrécia vai com Carmelo ao tribunal para a reunião de conciliação e é surpreendida quando Carmelo afirma que não está de acordo com o divórcio. Paulino interrompe a reunião e acusa Carmelo deter transformando a vida de sua filha em um inferno enquanto ele mantinha um relacionamento extraconjugal. Carmelo tenta desmentir o sogro, mas Renata entra e confirma o que Paulino disse.

Capítulo 92 – 07 de outubro: Manoel assiste o enterro de Fidel e lá encontra Josué que foi visitar o túmulo de César e pedir perdão por ter causado sua morte. Justina reage de forma violenta ao saber que Carmelo não pretende lhe vender a casa para Luciano. Depois ela diz a Renata que já não suporta o amante e que vivia melhor com seu marido. Durante a reunião de conciliação, Carmelo diz que ama Lucrécia. Renata mais uma vez interrompe o depoimento, afirma que foi amante de Carmelo e prova com fotos o que acaba de dizer. Diante dos fatos, o juiz afirma que não há mais obstáculos para homologar o pedido de divórcio. Depois da audiência, Carmelo faz ameaças a Renata e Paulino. Manoel se declara para Tereza. Simão oferece seus serviços para Carmelo e este ordena que ateie fogo na adega de Paulino. Rosário expulsa o marido de casa quando ele afirma que Lucrécia e Juliano se casarão em breve. Quando Juliano vai passar para as mãos de Lorena o comando das empresas de seu pai, é surpreendido com uma acusação de fraude e recebe voz de prisão.

Capítulo 93 – 08 de outubro: Lorena acusa Juliano de malversação de fundos e má administração e ele é levado preso. Na delegacia ela paga fiança e sai livre provisoriamente. Lucrécia fica sabendo da briga dos pais e, ao tentar conversar com a mãe, esta a acusa de ter sido a causa de todas as brigas familiares e de sua infelicidade conjugal. Os empregados da fazenda estão trabalhando duro para conseguir colher às maçãs e transporta-las até o galpão onde Paulino está supervisionando o trabalho. Ele deixa o local por alguns minutos, Carmelo aproveita o momento e ordena a Simão que ateie fogo e entrega a ele os brincos de Renata. Paulino tenta impedir o ato criminoso, entre em luta corporal com o capataz, é agredido e cai inconsciente. Depois de atear fogo no local, Simão joga os brincos de Renata e vai embora deixando Paulino no local. Modesto e os trabalhadores tentam socorrer Paulino que está envolto pelas chamas. Depois de muito trabalho os homens conseguem controlar o incêndio e resgatam Paulino inconsciente. Lucrécia chega nesse momento, se desespera ao ver o pai morrer em seus braços.

Capítulo 94 – 09 de outubro: Apesar do esforço dos empregados da fazenda, Paulino morre asfixiado. Rosário se culpa pela morte do marido por tê-lo expulsado de casa e acredita que ele mesmo tenha colocado fogo no galpão. Juliano apresenta provas de sua inocência, mas não pode deixar a cidade até que termine a investigação. Lorena fica furiosa. Ao saber da morte de Paulino, Rodolfo sente remorso por ter se negado a perdoar o ex-amigo. Carmelo tem a ousadia de comparecer ao velório, mas é expulso por Lucrécia. Rosário e Lucrécia ficam perplexos quando os policiais entregam a elas os brincos que encontraram no local incendiado. As duas reconhecem a joia de Renata

Capítulo 95 – 10 de outubro: Os policiais afirmar para Rosário e Lucrécia que o incêndio foi provocado e entregam a elas os brincos que encontraram no local. Rosário afirma que os brincos pertencem a Renata e acredita que ela ateou fogo ao galpão. Delfina desconfia de Carmelo, vai falar com Rosário sobre suas suspeitas, mas a patroa diz que precisa de provas. Tereza conta para Carmelo que está namorando com Manuel e este acusa o peão de estar com ela por interesse. Juliano procura Lorena e pede a ela que retire a acusação. Diante da negativa, ele lembra que ela apresentou provas falsas e que assim que ele provar sua inocência ela irá para a cadeia. Lorena pergunta a Matilde sobre a falsificação da auditoria e ela admite que Miguel foi o responsável. Os detetives interrogam Renata e ela admite que os brincos são seus . Logo depois percebe que os brincos devem ter caído quando brigou com Carmelo e diz aos detetives que Carmelo deve ter colocados os brincos no local do incêndio para comprometê-la. Lucrécia procura Carmelo e o acusa de assassinato. Revoltada com a atitude de Carmelo, Assunção diz que ele foi longe demais nas suas maldades e decide entregar para a polícia a camisa manchada de sangue. Lucrécia diz a Delfina que tudo indica que está grávida.

Capítulo 96 – 13 de outubro: Sem coragem para entregar Carmelo para a polícia, Assunção procura padre Matias, entrega a ele a camisa ensanguentada e pede que faça o que achar melhor. Dias depois, o padre devolve a camisa sob a alegação que não pode acusar ninguém sem conhecer como os fatos aconteceram. Atormentada com a possibilidade de estar esperando um filho de Carmelo, Lucrécia segue o conselho de Delfina e procura um médico. Ele confirma a gravidez, mas diz que precisa esperar quatro meses para fazer o teste de paternidade. Lucrécia e Juliano se encontram no rio. Ela conta sobre a gravidez e que foi violentada por Carmelo. Furioso, Juliano vai procurar Carmelo. Lucrécia fica surpresa quando Rosário diz a ela que nenhum homem tem direito de obrigar uma mulher a fazer amor com ele.

Capítulo 97 – 14 de outubro: Rosário se sente muito triste por saber que Carmelo violou sua filha, já que ela também foi violentada quando era jovem, mas por medo nunca disse nada a ninguém. Juliano procura Carmelo para acertar as contas por ele ter violado Lucrécia. Ele bate no rapaz até deixá-lo jogado no chão. Assunção procura o Padre para que lhe devolva as provas que comprovam que Carmelo foi o assassino de Ramiro. Rodolfo diz a Justina que se está com outra mulher é por ser diferente dela; Irene é uma mulher decente, trabalhadora e leal, não precisa do divórcio para estar com ela. Justina lamento muito ter sido infiel ao seu esposo com tantos homens, mas no fundo ela segue apaixonada por ele e sofre por não ter aproveitado o amor que Rodolfo sentia por ela. Simon procura Irene para lhe pedir que volte pra ele. Ela se nega e Simon ameaça tirar a filha dela. Carmelo é ameaçado de morte por dever dinheiro a alguns apostadores.

Capítulo 98 – 15 de outubro: Carmelo procura Teresa para lhe pedir dinheiro para pagar suas dívidas. Rosário queima as lembranças que por tantos anos a atormentaram, enquanto que Delfina se compadece por tudo que Rosário sofreu. Renata procura Juliano, pois está preocupada porque Justina desapareceu e ninguém sabe onde ela foi. Rosário e Lucrécia se apresentam na leitura do testamento de Paulino. Minutos depois, chega Josué mas Rosário se aborrece pois não está de acordo que ele receba parte da herança. Rosário se irrita e sai do cartório sem escutar que Josué renuncia à parte que lhe corresponde da herança e que Paulino não deixou nada para ela. Carmelo discute com sua irmã e a empurra escada abaixo.

Capítulo 99 – 16 de outubro: Depois de brigar com seu irmão, Teresa cai escada abaixo e fica inconsciente. Carmelo, desesperado, tenta acordá-la. Ele pensa que a matou ao jogá-la pelas escadas, mas ao se dar conta de que ela não reage, ele foge. Assunção está disposta a entregar as provas que tem contra Carmelo. Os agentes do Ministério Público procuram Carmelo para perguntar sobre o paradeiro de Simon. Carmelo chora desesperadamente por ter tentado matar sua irmã e deixá-la jogada sem ter ajudado. Manuel e Juliano encontra Teresa, ambos se dão conta de que ela não reage. Eles a levam para o hospital para tentar ajudá-la e descobrir o que aconteceu. Rosário continua discordando da relação de Lucrécia e Juliano, por isso novamente tenta chantagear sua filha, mas desta vez Lucrécia não permite. Teresa recebe a visita do seu irmão no hospital. Ele está muito arrependido do que fez e lhe pede perdão, mas Teresa se debate entre a vida e a morte.

Capítulo 100 – 17 de outubro: Carmelo visita Teresa no hospital. Ao acordar, Teresa entra em uma crise nervosa por ver seu irmão ali e não poder fazer nada. Ela se dá conta que o arrependimento dele é falso. Branquinha espera ansiosa por Josué para jantarem, mas ele demora e Padre Matias a aconselha a entrar em contato com o rapaz para saber o porquê de sua ausência. Rosário descobre que Lucrécia está grávida e lhe pede que se desfaça do seu filho, pois se nascer será uma desgraça para a família. O doutor de Teresa informa a Assunção e Manuel que ela está melhorando e em breve sairá da terapia intensiva. Branquinha procura Josué em sua casa, mas ao chegar Renata abre a porta e lhe diz que ela já está vivendo com ele. Branquinha fica muito desiludida e vai embora sem saber que tudo não passa de mentiras de Renata. Juliano está disposto a se casar com Lucrécia e ser o pai do seu filho ainda que exista a possibilidade da criança ser de Carmelo. Teresa confessa a Manuel e Assunção que foi Carmelo quem a empurrou das escadas.

Capítulo 101 – 20 de outubro: Diante de Assunção e Manuel, Tereza acusa o irmão de tentar matá-la. Carmelo vai embora. Assunção vai atrás dele e exige uma explicação. Ele jura que foi um acidente, mas a governanta percebe que está mentindo. Manuel leva Tereza e Assunção para passar alguns dias na casa do padre Matias. Tereza ouve uma conversa entre o padre e Assunção e fica sabendo que Carmelo matou seu pai. Revoltada, Tereza diz à polícia que Assunção sabe algo sobre a morte de seu pai e a empregada é interrogada. Ela afirma que tem provas do envolvimento de Carmelo na morte do pai e leva os policiais até a casa de Carmelo. Ao perceber a presença da polícia, Carmelo foge. Rosário quer romper o contrato de trabalho que tem com Juliano, mas ele não aceita. Ao saber da intenção da mãe, Lucrécia diz que não pode tomar essa decisão sozinha por ela é dona de parte do negócio. Lorena é desprezada por Miguel.

Capítulo 102 – 21 de outubro: Depois de saber, por Rosário, que Lucrécia está grávida Carmelo ameaça lhe tirar o bebê se ficar provado que é seu filho. Nesse momento chega Juliano e agride o rival. A polícia tenta mais uma vez prender Carmelo, mas ele consegue fugir. Assunção é detida como sua cúmplice. Renata, por telefone, conta para Lorena que Juliano e Lucrécia esperam um filho. Lucrécia e Juliano estão na plantação e não percebem que estão sendo vigiados por Lorena. Os dois se beijam e Lorena joga o carro em cima deles. Juliano consegue proteger Lucrécia e é Lorena que sai machuca no acidente que provocou. Justina e Renata vão até a casa de Luciano recolher seus pertences. Revoltado, o advogado a acusa de ter destruído sua vida e tenta sufocá-la.

Capítulo 103 – 22 de outubro: Justina é ameaçada pelo amante. Renata aparece e agride o advogado com um golpe na cabeça e ele cai inconsciente. Branca pede explicações a Josué sobre a presença de Renata em sua casa. Ele jura que não existe nada entre eles e que Renata é apenas hóspede de sua mãe. Rodolfo e Irene saem para passear com Rosinha e num momento de descuido perdem a criança. Matilde chega ao hospital para visitar Lorena e encontra Juliano. Os dois se impressionam ao vê-la sem as ataduras. Antes de dormir, Lucrécia avisa Rosário que vai até o estábulo levar seu cavalo. Ao chegar lá se depara com Carmelo que, depois de golpeá-la e dopá-la a leva embora do local. Rosário percebe que algo está errado e decide ir atrás da filha. Chegando ao estábulo, encontra apenas a medalha de Lucrécia jogada no chão.

Capítulo 104 – 23 de outubro: Rosário pede ajuda aos empregados para tentar encontrar Lucrécia. Delfina avisa Juliano e todos saem para procurá-la. Enquanto isso, Carmelo leva Lucrécia para a casa do Rio Branco e a deixa no local amarrada e amordaçada. A polícia prende Simão e Rosário quer olhar nos olhos do homem que tirou a vida de seu marido. Quando Renata fica sabendo do sequestro de sua prima, deduz que Carmelo a levou para a casa do Rio Branco. Juliano e Renata vão até lá para resgatá-la. Juliano entra em luta corporal com Carmelo, tiros são disparados e Renata é atingida.

Capítulo 105 – 24 de outubro: Juliano consegue desarmar Carmelo e percebe que Renata está muito ferida. Justina leva os policiais até a casa do Rio Branco e Carmelo é preso. Juliano socorre Renata e a leva para o hospital. Enquanto isso, em São Pedro, Manuel fala com Tereza sobre a possibilidade de Lucrécia estar na casa do Rio Branco, conta sobre o relacionamento de Carmelo com Renata e também que seu pai e Justina foram amantes e afiram que Carmelo está envolvido no roubo do caminhão.

Capítulo 106 – 27 de outubro: O delegado mostra a Carmelo a prova que Assunção lhe entregou e o acusa da morte do pai, do roubo do caminhão e de ter planejado o incêndio que matou Paulino. Rosário agradece Juliano por ter salvado a vida de sua filha e lhe dá um beijo. Em sua cela, Carmelo começa a apresentar sinais de loucura ao ver seu pai tentando matá-lo. Rosário entrega a Lucrécia os papeis de seu divórcio e pede perdão a filha por tê-la obrigado a se casar com Carmelo. Tereza vai visitar o irmão na prisão e ele tenta matá-la.

Capítulo 107 – 28 de outubro: Finalmente Lucrécia consegue se divorciar de Carmelo e ele é transferido para a penitenciária. Juliano pede a Lucrécia que marquem a data do casamento e depois pede a mão dela para Rosário. Depois, Juliano vai embora e Lucrécia questiona a mãe sobre sua preferência por César e por nunca a ter tratado com uma filha.

Capítulo 108 – 29 de outubro: Rosário decide então contar o segredo que guardou durante anos e diz a Lucrécia que foi violentada pelo próprio pai e que ela é o fruto dessa violência. Lucrécia, em choque, diante da revelação diz a Rosário que não é culpada pelo que aconteceu e diz que sempre a amará como sua mãe. No dia do casamento, Lucrécia lamenta a ausência da mãe. Justina também não comparece porque deixou o povoado e Juliano não sabe de seu paradeiro. Rosário passa em frente à igreja e observa a cerimônia de longe.

Capítulo 109 – 30 de outubro: Padre Matias declara Lucrécia e Juliano. Rosário está trancada em seu quarto quando Delfina avisa que já nasceu seu neto. O casal está feliz com o nascimento do bebê e Lucrécia pergunta a Juliano se não quer fazer o teste para saber se ele é o pai. Juliano a interrompe e diz não ter nenhuma dúvida de que o filho é seu. Josué e Branca comunicam ao padre Matias que vão viver na selva para ajudar os mais necessitados.

Capítulo 110 – 31 de outubro: resumo do último capítulo da novela Meu Pecado, Rosário apresenta seu bebê para Rosário e diz que se chama César. Lucrécia deixa o bebê com a mãe e vai conversar com Delfina, ao voltar, não encontra a mãe nem o bebê. Elas procuram desesperadamente. Rosário vai até a beira do rio e relembra a infância de seus filhos e depois se joga nas águas até afundar. Três anos depois, Lucrécia, Juliano e o filho visitam o local como uma família feliz e jogam rosas no rio

Elenco / Personagens

ROSÁRIO (DANIELA CASTRO): Mãe de Lucrécia e esposa de Paulino. Nunca perdoou a filha por ter permitido a morte de César e vive frustrada por não ter podido dar um filho homem ao marido. É uma mulher conservadora e preconceituosa. Não aceita a relação de Lucrécia com Juliano por considerá-lo responsável pelo acidente com seu filho, há tantos anos. Tudo leva a crer que existe uma razão mais profunda e misteriosa, além do preconceito machista, para o desprezo que sente por Lucrécia.

CARMELO (ARMANDO ARAIZA): Homem inescrupuloso e violento, filho do homem mais rico do povoado, Gabino (Sergio Goyri). Cresceu rodeado de luxos e mimos e puxou o caráter do pai, contra quem mais tarde se voltará e será até capaz de matá-lo. Nutre uma paixão obsessiva por Lucrécia e fará o impossível para separá-la de Juliano.

RENATA (JESSICA COCH): Sobrinha de Rosário e prima de Lucrécia. Vive com os tios na fazenda em São Pedro e inveja tudo o que Lucrécia possui, inclusive o amor de Juliano. Vai se unir a Carmelo para separá-los.

GABINO (SERGIO GOYRI): Fazendeiro mais poderoso de São Pedro, gosta de exercer influência e autoridade sobre seus empregados, sua família e todo o povoado. Casou-se com Inês (Lucía Méndez) e a matou envenenada para ficar com a fortuna dela. O casal teve dois filhos: Carmelo e Tereza (Gabriela Carrillo). Tem um caso há vários anos com Justina, mulher de seu melhor amigo, Rodolfo.

RODOLFO (FRANCISCO GATTORNO): Professor da escola primária do povoado, é casado com Justina e pai de Juliano e Josué. Homem simples e trabalhador, é feliz trabalhando honestamente e ajudando as pessoas como pode. Sofre com o desprezo de Justina e de Josué, que o consideram medíocre, mas tem em Juliano um aliado incondicional. É a favor da felicidade de seu filho com Lucrécia. Nem desconfia que Justina o trai com Gabino.

PAULINO (ROBERTO BLANDÓN): Pai de Lucrécia e marido de Rosário. Fazendeiro rico da região, fez fortuna como produtor e exportador de maçãs uma simbologia do pecado do título. Assim como a esposa, tem preconceito com Lucrécia por ser mulher, mas acabará admirado pela personalidade forte e decidida da moça. No passado, teve um romance extraconjugal com Justina, esposa de seu amigo Rodolfo, o que hoje lhe causa muita culpa.

JUSTINA (SABINE MOUSSIER): A mãe de Juliano e Josué é uma mulher recalcada e imoral. Nunca se conformou com a vida simples que seu marido, Rodolfo, pode lhe dar em seu trabalho como professor e o traiu com seus dois melhores amigos, os fazendeiros Paulino e Gabino. O caso com Gabino já dura anos e é por interesse, mas ela nunca pôde arrancar dele mais do que migalhas de sua fortuna. Mima o filho mais novo, Josué, e faz dele um rapaz sem caráter. Inventará que Juliano é filho biológico de Paulino a fim de afastá-lo de Lucrécia.

MATIAS (SALVADOR SÁNCHEZ): É o padre do povoado de São Pedro. Homem íntegro e sério, procura ajudar a todos e influir positivamente na vida das pessoas. Conhece e é obrigado a guardar os segredos de Paulino, Gabino e suas famílias, mas procurará fazer justiça e impedir que os pecados de seus pais influenciem a vida de seus filhos apoiando, inclusive, o romance de Juliano e Lucrécia. Cria sua sobrinha, Branca (Jackie García), e será injustamente acusado de ter um caso com ela.

ASSUNÇÃO (TINA ROMERO): Empregada da casa de Gabino, praticamente criou os filhos dele, Carmelo e Tereza, e é a referência materna dos dois. Carinhosa e honesta, sabe de muitos segredos da família do fazendeiro. Não se conforma com a falta de caráter de Carmelo e está sempre contra os crimes e tramoias do rapaz, apesar de amá-lo como se fosse seu filho.

JOSUÉ (DIEGO AMOZURRUTIA): Filho caçula de Justina e Rodolfo, tem torno de 20 anos e é irmão de Juliano. Mal-criado pela mãe, não trabalha nem estuda e acha que merece tudo do bom e do melhor. Tem inveja de Juliano pela boa relação que este tem com Rodolfo. Não sabe, mas seu pai verdadeiro é Paulino Córdoba. Um acidente de carro mudará sua vida para sempre.

TEREZA (GABRIELA CARRILLO): Filha menor de Gabino e irmã de Carmelo. É a melhor amiga de Lucrécia e um dos poucos apoios afetivos da garota. Criada pela babá Assunção, sofre com a falta de carinho de seu pai. Apaixona-se por Juliano, mas ao não ser correspondida apoia a relação dele com Lucrécia. Tem baixa auto estima, acha-se feia e não percebe o quanto na verdade é atraente. Acabará encontrando o amor nos braços da pessoa que menos espera.

BRANCA (JACKIE GARCÍA): Garota tímida e frágil, perdeu a mãe muito cedo e foi criada por seu tio, o padre Matias. Sofre preconceito do povoado por ter nascido de uma mãe solteira. Ingênua, será seduzida por Carmelo e ficará grávida dele, que depois a abandonará. Isso ocasionará problemas a seu tio, que será acusado de ter engravidado a própria sobrinha.

INÊS (LUCÍA MÉNDEZ): Mãe de Carmelo e de Tereza, esposa de Gabino. Casou-se apaixonada sem saber que o marido estava interessado apenas em seu dinheiro. É assassinada pelo marido, morrendo envenenada já no segundo capítulo da trama.

Elenco
Maite Perroni – Lucrecia Córdoba Pedroza Horta
Eugenio Siller – Juliano Horta Almada
Daniela Castro – Rosário Pedroza de Córdoba
Armando Araiza – Carmelo Souza Valdivia
Sérgio Goyri – Ramiro Souza Beltrán
Sabine Moussier – Justina Almada
Francisco Gattorno – Rodolfo Horta
Roberto Blandón – Paulino Córdoba
Altair Jarabo/Vannya Valencia – Lorena Mendizabal Molina
Salvador Sánchez – Padre Matias Quiroga
Diego Amozurrutia – Josué Horta Almada/ Josué Córdoba Almada
Aldo Gallardo – Manuel Solís
Lucía Méndez – Inês Valdívia de Souza
Jessica Coch – Renata Valencia
Tina Romero – Assunção Torres
Magda Karina – Delfina Solís (Naná)
Ricardo Franco – Miguel Mendizabal Molina
Úrsula Prats – Matilde Molina de Mendizabal
Gilberto de Anda – Fidel Cruz
Claudio Báez – Luciano Ordorica
Antonio Medellín – Modesto Flores
Sergio Reynoso – Ernesto Mendizabal
Dacia Arcaráz – Irene Valenzuela
Rafael Goyri – Simón Méndez
Dacia Arcaráz – Irene Valenzuela Horta
Jackie Garcia – Branca Quiroga (Branquinha)
Gabriela Carrillo – Teresa Souza Valdivia (Teresinha)
María Prado – Rita López
Amparo Garrido – Maria do Socorro (Socorro)
Ana Linares – Antonia (Toninha)
Daniela Aedo – Lucrécia Córdoba Pedrosa (1ª Fase)
Adriano Zendejas – Juliano Horta Almada (1ª Fase)
Alejandro Speitzer – Carmelo Souza (1ª Fase)
Robin Vega – Josué Horta Almada (1ª Fase)
Alejandro Cervantes – Manuel Solís (1ª Fase)
Diego Velázquez – César Cordoba Pedrosa (1ª Fase)

Trilha Sonora Nacional e Internacional

1. “Como se Explica o Amor?” “(tema de abertura no Brasil Brasil)”
2. “Mi Pecado” “(tema de abertura no México México)”
3. “Sabes”
4. “Te Necesito”
5. “El Amor nos Encontró”
6. “El Amor no Soportó”
7. “Un Nuevo Amanecer”
8. “No Puedo Dejarte de Amar”
9. “Inolvidable”
10. “Cual es mi Pecado”

0 Comentário para: “Meu Pecado Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *