Louco Amor (1983) Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela Louco Amor (1983) desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Louco Amor (1983) e de todas as novelas da Globo.

Sobre a Novela Louco Amor (1983)

◘ Período de exibição: 11/04/1983 – 22/10/1983
◘ Horário: 20h30
◘ Nº de capítulos: 160
◘ Autoria: Gilberto Braga
◘ Colaboração: Leonor Bassères
◘ Direção: Ary Coslov, Wolf Maya e José Wilker
◘ Direção-geral: Paulo Ubiratan

O Rio de Janeiro, na década de 1970, era o cenário de Louco Amor, cuja trama central tratava do amor entre pessoas de diferentes classes sociais. A jovem e rica Patrícia (Bruna Lombardi), filha do primeiro casamento do embaixador André Dumont (Mauro Mendonça), é apaixonada por Luiz Carlos (Fábio Jr.), rapaz pobre, filho de Isolda (Nicette Bruno), empregada da família. Desde menino, Luiz Carlos também tem total adoração por Patrícia. Quem não gosta nem um pouco de ver a sofisticada jovem interessada pelo filho da empregada é Renata Dumont (Tereza Rachel), mulher de André e madrasta de Patrícia.

Renata Dumont é uma mulher ambiciosa. Estudou cinema, mas abandonou logo a carreira para se casar com o então jovem diplomata André. Inteligente e sagaz, ajudou o marido a construir uma bela carreira. É conhecida internacionalmente por sua elegância. Narcisista ao extremo, é gentil com os que ama e fria com os que não fazem parte de seu pequeno mundo. O marido, por sua vez, é um homem requintado, de família tradicional, extremamente boa-praça, íntegro, equilibrado e gentil com o próximo. Apaixonado por Renata, com quem tem um filho, Lipe (Lauro Corona), acaba sempre desculpando o comportamento e as atitudes da mulher.

Durante o aniversário de 17 anos de Patrícia, um acontecimento define o destino dos jovens apaixonados. Renata proíbe Luiz Carlos de participar da festa, atribuindo-lhe a tarefa de guardar os carros dos convidados. Revoltado com a humilhação, o rapaz decide se vingar da esnobe patroa e solta os cães da mansão, que invadem os salões e atacam o dono da casa. Enfurecida com a petulância de Luiz Carlos e ciente de que não seria fácil afastá-lo de Patrícia, Renata decide mandar a enteada estudar na Europa, para dar, então, um fim definitivo ao romance entre os dois.

Seis anos depois, Patrícia retorna ao Brasil. Ela está com 23 anos e é mãe do pequeno João (Eduardo de Micheli), mas não revela a paternidade do menino. Luiz Carlos, por sua vez, se formou em Comunicação Social, mas trabalha em uma sapataria, pois não conseguiu entrar no mercado de trabalho. Os dois se reencontram, mas, apesar da euforia inicial, logo sentem que algo entre os dois se perdeu. Ela não se mostra disposta a abrir mão do conforto de sua vida, e ele já não sente mais o mesmo amor adolescente de antes. Luiz Carlos desconfia que é pai de João, mas Patrícia nega. Certo dia, ele descobre que o menino é seu filho e, decepcionado com a mentira de Patrícia, resolve tirá-la de vez de sua vida.

Frustrado, Luiz Carlos passa a se dedicar inteiramente à vida profissional. Ele consegue um trabalho na revista Stampa, editada por Guilherme (Reginaldo Faria). Aos poucos, Luiz Carlos se aproxima de Cláudia (Glória Pires), também jornalista recém-formada e colega de faculdade, uma jovem de origem humilde, muito determinada a subir na vida. A empatia entre os dois é imediata, e eles passam a viver uma história de amor.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Louco Amor (1983)

** Resumo não divulgado

A jovem e rica Patrícia é apaixonada por Luís Carlos, filho de Isolda, a empregada doméstica da família Dumont. Mãe e filho sempre moraram como funcionários na mansão do embaixador André e sua esposa, Renata Dumont, os pais de Patrícia. Um segredo do passado prende Isolda àquela casa e à sra. Dumont. No aniversário da moça, Luís Carlos é proibido de entrar no salão por Renata, que somente permite que ele guarde os carros e não se esqueça de sua condição social inferior.

Com essa situação de injustiça, nasce a raiva e a fúria que irá modificar inteiramente o relacionamento entre eles: Luís Carlos solta os cães, que invadem o salão e atacam André, o qual fica coxo em consequência dessa investida. Para impedir a união de Luís Carlos e Patrícia, Renata manda a filha para a Europa.

Seis anos depois, Luís Carlos fica sabendo que Patrícia vai voltar ao país. A partir daí, iniciam-se a história e o confronto entre dois mundos bastante diferentes. Patrícia retorna com um filho e é obrigada pela mãe a esconder a paternidade da criança. Enquanto isso, Luís Carlos se apaixona por Cláudia, antiga colega de faculdade, moça pobre e batalhadora, porém ambiciosa, e que se envolve por interesse com Lipe, filho dos Dumont. Mas Renata continua a lutar contra a união de sua família com pessoas de classe social inferior, e fará de tudo para impedir essa união, como já acontecera com sua filha.

Contudo, o alvo de Renata é também o seu velho cunhado Edgar (com seu bordão “E-E-E eu não sei?!”), que se apaixonou pela simplória manicure Gisela, a qual ele chama de Gisele. Contra as injustiças de Renata Dumont está Mouriel, amiga da família, uma mulher casada com um homem mais jovem, Guilherme, o proprietário da revista Stampa.

A atriz Beatriz Segall fez uma participação no último capítulo da novela, como Lourdes Mesquita, sua personagem da novela Água Viva, também de Gilberto Braga, exibida em 1980. Ela apareceu em cena para prestigiar a abertura da exposição de Alfredo (Fernando Torres). Os autores de Louco Amor, Gilberto Braga e Leonor Bassères, além de outras celebridades, também participaram da cena.

O ator José Wilker, a convite de Paulo Ubiratan, integrou a equipe de diretores de Louco Amor. O diretor Ary Coslov deixou a novela antes de seu término.
Louco Amor foi exibida na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, Honduras, Itália, Macau, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, Portugal, República Dominicana, Turquia, Uruguai e Venezuela.

A vida de Cláudia
Madura, inteligente e talentosa, Cláudia (Glória Pires) mora com a mãe, a costureira Isa (Arlete Salles), e a irmã, a tímida Carla (Beth Goulart). Sofre com a eterna briga entre sua mãe e seu pai, o doce Alfredo (Fernando Torres). Isa guarda rancor do ex-marido por ele nunca ter ajudado financeiramente em casa. Fotógrafo de um jornal carioca, Alfredo não tem a menor estabilidade financeira e vive endividado.

Antes de se envolver com Luiz Carlos (Fábio Jr.), Cláudia namorava Lipe (Lauro Corona), mais interessada na posição social do rapaz. Lipe é um jovem romântico, sonhador, muito amigo de Luiz Carlos. Ele sofre ao constatar que Cláudia não o ama, mas não guarda nenhum rancor quando descobre que a paixão da jovem é Luiz Carlos, seu grande amigo. Aos poucos, ele consegue esquecer Cláudia e se envolve com a irmã dela, Carla. É com ela, inclusive, que ele se casa no final da novela.

Preocupada com as boas relações da família, a arrogante Renata também se intromete na vida de seu cunhado, Edgar (José Lewgoy), que se apaixona pela simplória manicure Gisela (Lady Francisco), para desespero da grã-fina. Foi especialmente feliz a caracterização feita por José Lewgoy do velho esclerosado, que, a cada vez que lhe corrigiam uma falha de memória, respondia: “…e eu não sei?!” O tom ofendido e a forma pausada de falar transformaram a exclamação do personagem em bordão popular. Quem mais ouvia a expressão era seu inseparável mordomo, Gonçalo (Clementino Kelé).

Outro casal importante da trama é formado por Guilherme e Muriel (Tônia Carrero). Guilherme é dono da revista Stampa, um homem descontraído, franco e muito paquerador. É casado com a sofisticada Muriel, uma mulher mais velha do que ele, elegante, culta, que já fez de tudo na vida. Ávida por novas experiências, Muriel é cheia de vida e completamente apaixonada por Guilherme.

O romance entre José Augusto (Antonio Fagundes) e Lucia (Christiane Torloni) também é mais um destaque de Louco Amor. O rapaz é filho de Muriel e ela, irmã de Guilherme. No início da trama, Lucia tem uma vida infeliz ao lado do marido Fernando (Carlos Eduardo Dolabella). Ótima esposa e mãe dedicada, sente-se sufocada com a mesmice de seus dias, sempre circulando nas altas rodas da sociedade. Sua vida dá uma reviravolta quando ela conhece José Augusto, um jornalista engajado, de personalidade marcante, que encara a vida com invejável simplicidade. Os dois se apaixonam e vivem uma linda história de amor.

A história de Renata
Ao longo da trama, André (Mauro Mendonça) morre em um acidente, deixando Renata (Tereza Rachel) e Patrícia (Bruna Lombardi) na miséria. Ele escorrega de um telhado, de uma altura de mais de dez metros. Outras más notícias ainda estavam por vir. Cláudia e Isolda revelam muitas verdades sobre a vida de Renata, um verdadeiro choque para todos. Renata se chama, na verdade, Agetilde Rocha, filha de Agenor Rocha (Mário Lago), pai que ela escondeu a vida inteira. Ela mudou de nome para esconder seu passado. A vilã foi a responsável pela morte do irmão de Edgar e André. Ela o namorava quando ele descobriu estar sendo traído com um garçom. O rapaz não suportou a traição e atirou no amante, indo preso depois. Acabou se suicidando na cadeia, por se sentir tremendamente envergonhado. Para se livrar de possíveis transtornos, Agetilde vai para o Rio de Janeiro refazer sua vida e passa a se chamar Renata. Ela pede que sua então grande amiga Isolda – as duas eram muito próximas e dividiam um cortiço – crie seu filho junto com o dela. Isolda os leva – Márcio (Carlos Alberto Ricelli) e Luiz Carlos – para Lorena, interior de São Paulo, onde são criados com a ajuda da mãe de Renata. No Rio, a impostora se casa com o milionário André e só permite que seu filho venha para a cidade após a morte de sua mãe. Isolda traz os dois meninos e, indicada por Renata, começa a trabalhar como cozinheira na casa de Edgar. O filho de Renata, que ela acreditava ser Márcio, passou a morar com o avô Agenor.

No entanto, outra revelação ainda surpreenderia Renata: na verdade, ela é mãe de Luiz Carlos, a quem tanto discriminava, e não de Márcio. Isolda trocou as crianças para fazer com que seu filho de sangue pudesse ter melhores condições de vida, o que não poderia lhe proporcionar como cozinheira. Isolda decide revelar a verdade a Renata logo após o assassinato de Márcio. O rapaz morre na explosão da lancha de Edgar, e Luiz Carlos é preso como suspeito do crime. Isolda tenta convencer Renata de que precisa depor a favor de Luiz Carlos, seu verdadeiro filho, para livrá-lo da cadeia. É o que ela faz. A notícia não muda os sentimentos de rancor de Luiz Carlos para com Renata, mas ele aceita seu verdadeiro pai, Sérgio (Milton Moraes).

Renata tenta impedir o casamento de Luiz Carlos com Cláudia para permitir a aproximação de Patrícia. Para tal, chantageia a jornalista com uma gravação em que Alfredo, bêbado, disse que mataria Edgar, explodindo sua lancha, se fosse pelo bem de suas filhas. Renata ameaça Cláudia, dizendo que entregará aquela gravação à polícia, incriminando Alfredo, se ela não desistir de se casar com Luiz Carlos e for morar em Brasília. A jovem, então, desiste do casamento. Guilherme e Muriel, no entanto, a ajudam a tirar fita de Renata.

O desfecho
Após investigação, o delegado Cunha (Ivan Cândido) chega ao verdadeiro assassino de Márcio. Na verdade, o alvo sequer era o rapaz. Foi Fernando quem manipulou a lancha, mas ele queria matar Edgar, seu sócio. Fernando é preso.
Luiz Carlos termina a novela feliz, ao lado de Cláudia e do filho, João. No plano profissional, ele também se realiza: em parceria com Muriel, abre uma editora. Patrícia revela-se uma mulher interesseira, de caráter duvidoso. Depois de perder o amor de Luiz Carlos, tenta conquistar um homem rico de qualquer maneira, chegando a dar em cima de Guilherme. Mas termina a novela sozinha, empregada em uma joalheria. A esnobe Renata é obrigada a descer do salto alto: sem dinheiro e sem prestígio, se muda para Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, onde assume o cargo de gerente de uma modesta pensão da cidade, a Pensão Esperança.

Elenco:
Adelaide Conceição – Débora
Antonio Fagundes – Jorge Augusto
Arlete Salles – Isadora
Armando Bógus – Sampaio (participação especial)
Ary Coslov – Alberto (participação especial)
Beth Goulart – Carla
Bia Seidl – Luciana
Bruna Lombardi – Patrícia
Carlos Alberto Riccelli – Márcio
Carlos Eduardo Dolabella – Fernando Lins
Carlos Gregório – Eurico (participação especial)
Carlos Tatiano
Chica Xavier – Denise
Christiane Torloni
Cláudia Costa – Mônica
Clementino Kelé – Gonçalo
Christiane Torloni – Lucia
Desirée Vignolli – Maria Luiza
Edson Celulari – Marcelo (participação especial)
Eduardo de Michillis – João
Fábio Jr. – Luiz Carlos
Fernando Torres – Alfredo
Francisco Milani – Vicente (participação especial)
Francisco Nagen
Fredy Monteiro
Gilberto Martinho – Dr. Silvio (participação especial)
Glória Alves – Daniela
Glória Pires – Cláudia
Hemílcio Fróes – médico (participação especial)
Ilka Soares – Márcia
Ivan Cândido – inspetor cunha (participação especial)
Joana Fomm – primeira mulher de André (participação especial)
José Leonardo – Marquinho
José Lewgoy – Edgard Dumont
Lady Francisco – Gisela
Lauro Corona – Lipe
Lídia Mattos – Dirce
Lourdes Mayer – Raquel
Luciano Sabino – Dudu
Manoel Eliziário
Márcia Gastaldi – Nilda
Mário Lago – Agenor
Mauro Mendonça – André Dumont
Milton Moraes – Sérgio
Neuza Amaral – Margarida (participação especial)
Nicette Bruno – Isolda
Otávio Augusto – Rodolfo
Paula Bokel – Nely
Paulo Pinheiro – Dr. Cardoso (participação especial)
Paulo Vilaça – participação especial
Reginaldo Faria – Guilherme
Rosane Gofman – Estelinha
Rosita Thomaz Lopes – Nanda
Stepan Nercessian – Pedro (participação especial)
Thelma Reston – participação especial
Telmo Faria – Walther
Tereza Rachel – Renata Dumont
Tônia Carrero – Muriel
Tônia Olivier
Yolanda Cardoso – Alda Maria
Zeni Pereira – Zefa (participação especial)

Elenco / Personagens

MURIEL (Tônia Carrero) Grã-fina carioca, espontaneamente elegante, sofisticada e muito bem informada. É mãe de Jorge Augusto (Antonio Fagundes). Já morou no Saint-Germain-des-Prés, em Paris, onde mantinha amizade com Sartre e Juliette Greco, a quem chamava de “Jujube”; e já foi guia particular em safáris africanos. É uma mulher ávida por novas experiências, muito ligada ao momento presente, sem grande interesse pelo passado e sem grandes inquietações em relação ao futuro. Não se aborrece por um segundo. Vive indo para Nova York por conta de seu trabalho como produtora de moda de uma grande revista, mas gosta mesmo é do Brasil. Frequenta o Baixo Gávea e Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro; Angra dos Reis e Paraty, na Costa Verde carioca; e Búzios, na Região dos Lagos do Rio. Tem a simplicidade das pessoas realmente sofisticadas. Ficou viúva e se casou com Guilherme (Reginaldo Faria), mais novo que ela, com quem mantém uma relação estável, forte, baseada em amor e companheirismo.

GUILHERME (Reginaldo Faria) Companheiro de Muriel (Tônia Carrero), dono de uma empresa ligada ao mundo da moda, da qual fazem parte uma revista classe A e cursos diversos, desde escolas para modelos até cursos de culinária. Guilherme é um boa-praça, franco, descontraído, espontâneo e extremamente simples. Tem, basicamente, as mesmas qualidades de Muriel, exceto o brilho. Não por acaso estão juntos há tanto tempo. Adora jogar tênis, esporte que pratica diariamente. É um paquerador, não resistindo ao charme de uma moça bonita, embora nunca tenha se envolvido mais profundamente. Muriel não se sente ameaçada por essas relações, muito segura da afeição sincera de Guilherme por ela, a quem chama, carinhosamente, de Fellini 8 ½, por ter realizado, até certo ponto, o sonho machista do harém de beldades criado pelo cineasta.

RENATA (Tereza Rachel) De origem humilde, destacou-se como Miss Cinelândia no início da década de 50, e ficou conhecida internacionalmente como uma das mulheres mais elegantes do mundo. Fez cinema, mas, por não ter grande talento ou vocação, abandonou logo a profissão para se casar com o jovem diplomata André (Mauro Mendonça), agora embaixador. E ela o ajudou muito em sua carreira. Renata é doce com os que ama e fria com os que não fazem parte do seu pequeno mundo de eleitos. Narcisista, egoísta, calculista, corteja sempre os que têm poder. Não é desprovida de afetividade, muito pelo contrário. É vítima de uma grande insegurança e uma enorme carência, não acreditando em qualquer de suas qualidades. Casou-se mais por interesse, acostumou-se a André e sempre fez o possível para manter o casamento, cumprindo com eficiência os seus deveres. Tem paixão pelo status, a posição que atingiu.

ANDRÉ (Mauro Mendonça) O embaixador é um homem de família tradicional, educação esmerada, requintado e extremamente boa-praça. Mais doce que sua esposa Renata (Tereza Rachel), por quem tem paixão e a quem trata, de certa forma, como a uma filha, compreendendo como ninguém a sua real fragilidade, apesar da força aparente. É um homem íntegro, adorador de cachimbos, que já foi tentado a ser corrompido, mas não se deixou vencer pelas propostas, nem que fosse porque essa atitude poderia ferir seu requintado e aristocrático senso estético. Sonha com um mundo melhor, o equilíbrio, a paz. Já descrente disso, refugia-se, de certa forma, no pequeno mundo harmonioso das obras de arte.

EDGAR (José Lewgoy) Um senhor viúvo e irmão de André (Mauro Mendonça). Um tipo cômico, empresário riquíssimo e dono de um conglomerado de empresas. Na mocidade, foi extremamente sociável, refinado, divertido, querido por todos. Mas, desde a morte da mulher, começou a apresentar sinais de esclerose. Edgar é uma caricatura de si mesmo. Sem impulsos verdadeiros, sem iniciativa, esforça-se heroicamente para manter a imagem de homem de sociedade. Faz questão de ainda cumprir todos os seus diversos compromissos sociais, mesmo que durma durante jantares ou compareça à igreja errada na hora do casamento. Como não tem herdeiros sua mulher não podia ter filhos , Edgar deve deixar toda a sua fortuna para Lipe (Lauro Corona) e Patrícia (Bruna Lombardi), garantindo-lhes um futuro financeiro tranquilo. Essa possibilidade é muito aguardada por Renata (Tereza Rachel).

LIPE (Lauro Corona) Filho de André (Mauro Mendonça) e Renata (Tereza Rachel). Imaturo, superprotegido, mas romântico, simpático e inteligente. Afetivamente bem mais ligado ao pai. Embora não tenha qualquer profissão, gostaria de ser diretor de cinema.

PATRÍCIA (Bruna Lombardi) Filha do primeiro casamento de André (Mauro Mendonça) e enteada de Renata (Tereza Rachel), com quem se dá muito bem. Afetivamente, sempre age como se fosse sua filha, no que é amplamente correspondida por Renata. Viajou pelo mundo inteiro, mas sempre passou as férias no Brasil, na casa do tio Edgar (José Lewgoy), em Angra dos Reis. Era lá que retomava o contato com Luiz Carlos (Fábio Jr.), companheiro de infância e namorado da adolescência. Ela gosta dele, mas não seria capaz de abdicar de seus luxos em nome do amor.

LUIZ CARLOS (Fábio Jr.) Tímido, de bom caráter, generoso e criado como filho de uma empregada de Edgar, Isolda (Nicette Bruno), na casa do patrão. No final da novela, descobre ser filho de Renata (Tereza Rachel). É apaixonado, desde a infância, por Patrícia (Bruna Lombardi) e deseja se casar com ela, apesar de a relação contrariar Renata. Por ele mesmo, não deseja mais do que realização profissional e amor, mas promete só se reaproximar da amada após conseguir vencer na vida. É formado em Comunicação Social, mas tem dificuldade em encontrar emprego e cumprir seu objetivo.

CLÁUDIA (Gloria Pires) Colega de turma de faculdade de Luiz Carlos (Fábio Jr.), uma jovem simpática, inteligente e extrovertida. Apesar do evidente talento, também tem dificuldade para conseguir emprego. É ambiciosa, no bom sentido, pois quer alcançar realização profissional e afetiva.

CARLA (Beth Goulart) Jovem bonita e meiga, irmã de Cláudia (Glória Pires). Trabalha em uma butique da Zona Sul para ajudar no orçamento doméstico.

ISA (Arlete Salles) Mãe de Cláudia (Glória Pires) e Carla (Beth Goulart). É de classe média-baixa, faz todo o serviço da casa e costura para fora, sua fonte de renda. Vive em função das filhas e tem rancor do ex-marido, Alfredo (Fernando Torres), que nunca a ajudou financeiramente de maneira regular.

ALFREDO (Fernando Torres) Divorciado, pai de Cláudia (Glória Pires) e Carla (Beth Goulart). Tem constantes atritos com sua ex-mulher, que o acusa sempre de irresponsabilidade, não sem alguma razão. Trabalha como fotógrafo de um jornal, mas vive devendo dinheiro. Gostaria muito de poder fazer alguma coisa pelas filhas, já que se sente sempre grande devedor em relação a elas.

AGENOR (Mário Lago) Foi chef de cuisine dos melhores restaurantes do Rio de Janeiro e tem seu talento reconhecido. É muito ligado a Renata (Tereza Rachel), que o protege, tendo por ele um carinho especial. No final da novela, descobre-se que ele é o pai da grã-fina.

MÁRCIO (Carlos Alberto Ricelli) Criado por Agenor (Mário Lago), de quem recebeu tudo o que precisava, apesar de o cozinheiro não ser rico. Foi muito mimado e não tem grandes perspectivas profissionais, vivendo de sua boa aparência. Trabalha como modelo-fotográfico, é ambicioso e gostaria de ascender socialmente. É protegido por Renata (Tereza Rachel), numa relação cheia de mistérios. Na verdade, ela acreditava que ele era seu filho, mas o escondia para que ninguém descobrisse seus erros do passado. No entanto, ela é mãe de Luiz Carlos (Fábio Jr.); Márcio é filho de Isolda (Nicette Bruno).

FERNANDO (Carlos Eduardo Dolabella) Grande executivo, à frente de todos os negócios de Edgar (José Lewgoy), de quem se tornou sócio, subindo na empresa passo a passo. Totalmente dedicado ao trabalho e em excelente situação financeira. É casado há anos com Lucia (Christiane Torloni), tendo negligenciado muito a relação por conta do trabalho.

LUCIA (Christiane Torloni) De tradicional família carioca, irmã de Guilherme (Reginaldo Faria) e casada com Fernando (Carlos Eduardo Dolabella). É uma mulher carente e insatisfeita com a vida que leva, cheia de compromissos sociais. Gostaria de mais realização, não sabendo exatamente em quê. É ótima esposa e mãe de Marquinho (José Leonardo).

MARQUINHO (José Leonardo) Filho de Fernando (Carlos Eduardo Dolabella) e Lucia (Christiane Torloni). Tem 11 anos e é muito ligado à mãe, mais presente em seu cotidiano.

JORGE AUGUSTO (Antonio Fagundes) Filho de Muriel (Tônia Carrero). Repórter especial, e trabalha em uma agência de notícias estrangeira. Destaca-se na cobertura de jornalismo internacional e não mora em cidade determinada. É, aparentemente, um gozador, mas, em nível mais profundo, uma pessoa de grande autenticidade e invejável filosofia de vida.

NANDA (Rosita Thomaz Lopes) Grã-fina de família muito tradicional. É viúva, mãe de Guilherme (Reginaldo Faria) e Lucia (Christiane Torloni). É uma mulher muito chique e responsável pela publicação, a cada dois anos, do livro Nossa Sociedade, com a lista de endereços de pessoas da sociedade carioca.

ALDA MARIA (Yolanda Cardoso) Irmã de Isa (Arlete Salles), com quem divide o apartamento em Copacabana, onde vende roupas usadas. Está sempre de bom humor, vendo o lado bom da vida.

GISELA (Lady Francisco) Vizinha de Alda (Yolanda Cardoso) e Isa (Arlete Salles). Não tem nenhum grau de instrução e sobrevive fazendo pequenos trabalhos de manicure e limpeza de pele. Apaixona-se por Edgar (José Lewgoy).

ISOLDA (Nicete Bruno) Cria Luiz Carlos (Fábio Jr.) como se fosse seu filho, mas, na verdade, é mãe de Márcio (Carlos Alberto Ricelli). Luiz Carlos é filho de Renata (Tereza Rachel), que sempre pensou ser mãe de Márcio. Isolda troca as crianças para que seu filho de sangue tenha melhor qualidade de vida. Apesar do carinho que tem por Luiz Carlos, é contra o seu romance com Patrícia (Bruna Lombardi). Isolda trabalha como cozinheira na casa de Egdar (José Lewgoy).

E mais:;

Adelaide Conceição Débora

Armando Bógus Sampaio (participação especial)

Ary Coslov Alberto (participação especial)

Beatriz Segall Lourdes Mesquita (participação especial)

Beth Goulart Carla

Bia Seidl Luciana

Carlos Gregório Eurico (participação especial)

Carlos Tatiano

Chica Xavier Denise

Cláudia Costa Mônica

Clementino Kelé Gonçalo

Desirée Vignolli Maria Luiza

Edson Celulari Marcelo (participação especial)

Eduardo de Michillis João

Fernando Torres Alfredo

Francisco Milani Vicente (participação especial)

Francisco Nagen

Fredy Monteiro

Gilberto Martinho Dr. Silvio (participação especial)

Glória Alves Daniela

Hemílcio Fróes médico (participação especial)

Ilka Soares Márcia

Ivan Cândido delegado cunha (participação especial)

Joana Fomm primeira mulher de André (participação especial)

Lídia Mattos Dirce

Lourdes Mayer Raquel

Luciano Sabino Dudu

Manoel Eliziário

Márcia Gastaldi Nilda

Milton Moraes Sérgio

Neuza Amaral Margarida (participação especial)

Otávio Augusto Rodolfo

Paula Bokel Nely

Paulo Pinheiro Dr. Cardoso (participação especial)

Paulo Vilaça participação especial

Rosane Gofman Estelinha

Stepan Nercessian Pedro (participação especial)

Thelma Reston participação especial

Telmo Faria Walther

Tônia Olivier

Zeni Pereira Zefa (participação especial)

Trilha Sonora Nacional e Internacional

Nacional:
Só de Você – Tema de Mouriel
Compositores: Rita Lee/ Roberto de Carvalho
Intérprete: Rita Lee

Vendaval da Vida
Compositores: Délcio Carvalho/ Noca Da Portela
Intérprete: Alcione

Reencontro
Compositores: Ivan Reis/ Nenéo
Intérprete: Márcio Greick

Dom de Iludir
Compositores: Caetano Veloso
Intérprete: Gal Costa

Grafitti
Compositores: Guilherme Arantes
Intérprete: Guilherme Arantes

Seres Humanos – Tema de Luís Carlos
Compositores: Guilherme Lamounier
Intérprete: Fábio Jr.

Nosso Louco Amor – Tema de abertura
Compositores: Herman Torres/ Julio Barroso
Intérprete: Gang 90 & Absurdettes

Você me Acende (You Turn on Me)
Compositores: Erasmo Carlos/ Ian Whitcomb
Intérprete: Barão Vermelho

Aranha Cor-de-Rosa
Compositores: Haroldo Barbosa/ Silesu
Intérprete: Naila Skorpio

Aquarela do Brasil
Compositores: Ary Barroso
Intérprete: César Camargo Mariano

Demais
Compositores: Aloysio de Oliveira/ Tom Jobim
Intérprete: Ângela Rô Rô

Tem que Provar
Compositores: Gilson de Oliveira/ Paul de Castro/ Sérgio Rezende
Intérprete: Lauro Corona

Folhas Secas
Compositores: Guilherme de Brito/ Nelson Cavaquinho
Intérprete: Elis Regina

Eu Te Amo
Compositores: Tom Jobim/ Chico Buarque
Intérprete: Chico Buarque

Internacional:
We’ve Got Tonight – Tema de Luís Carlos e Patrícia
Compositores: Bob Seger
Intérprete: Kenny Rogers and Sheena Easton

Really Saying Something
Compositores: E. Holland/ W. Stevenson
Intérprete: Bananarama

Shame On The Moon – Tema de Lipe e Carlinha
Compositores: Rodney Crowell
Intérprete: Bob Seger & The Silver Bullet Band

Long Train Running
Compositores: T. Johnston
Intérprete: Traks

The Shadow Of Your Smile
Compositores: Mandel/ Webster
Intérprete: Jon Lucien

Just Can’t Get Enough
Compositores: V. Clarke
Intérprete: Depeche Mode

Let’s Funk Tonight
Compositores: E. Brouwer/ J. W. Weeda/ R. Brouwer
Intérprete: Blue Feather

Ich Shaun’ Deach An (Peep Peep)
Compositores: Gunther Sigl
Intérprete: Spider Murphy Gang

I Know There’s Something Going On
Compositores: R. Ballard
Intérprete: Fridda

Candy Girl
Compositores: Starr/ Jonzun
Intérprete: New Edition

Can’t Help Falling In Love – Tema de Luís Carlos e Cláudia
Compositores: G. D. Weiss/ H. Peretti/ G. Martini
Intérprete: Cameo

Angel Man
Compositores: Kenny Lehman/ Peter Tufel
Intérprete: Retha Ruges

Electric Avenue
Compositores: Eddy Grant
Intérprete: Eddy Grant

Baby Come On
Compositores: F. Bota/ Sangy
Intérprete: James Othis White Jr.

0 Comentário para: “Louco Amor (1983) Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *