Helena (1975) Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela Helena (1975) desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Helena (1975) e de todas as novelas da Globo.

Sobre a Novela Helena (1975)

◘ Período de exibição: 05/05/1975 – 30/05/1975
◘ Horário: 18h15
◘ Nº de capítulos: 20
◘ Autoria: Gilberto Braga
◘ Direção: Herval Rossano

A novela, baseada no romance homônimo de Machado de Assis, é ambientada no Rio de Janeiro, em 1859. O ponto de partida da trama é a leitura do testamento do conselheiro Vale, que surpreende seu filho, Estácio (Osmar Prado), e a tia do rapaz, Úrsula (Ida Gomes): parte da herança é deixada para Helena (Lúcia Alves), uma filha até então desconhecida. O conselheiro deseja ainda que a jovem seja acolhida pelos parentes.

A notícia desagrada profundamente Úrsula, que toma conta da chácara da família no Andaraí e da educação de Estácio, desde que a esposa do conselheiro falecera. Ela vê em Helena uma intrusa e usurpadora. Dr. Camargo (Rogério Fróes) – médico de confiança da família e pai de Eugênia (Ângela Valério), noiva de Estácio – também acha que o amigo cometeu um erro. Mas Estácio, decidido a atender o pedido do pai, leva a moça para viver na chácara.

Helena tem um temperamento alegre e expansivo e sua chegada afeta a vida de todos. A principio é hostilizada por Úrsula, mas depois ganha a sua simpatia. A afeição de Estácio também aumenta a cada dia e, quando seu amigo Luiz Mendonça (José Augusto Branco) demonstra interesse em Helena, ele se dá conta de que está apaixonado pela moça. Embora ela corresponda ao sentimento, o rapaz sente-se culpado porque acredita que os dois são irmãos. O sofrimento de Estácio aumenta quando ele percebe o comportamento esquivo de Helena e descobre seus encontros furtivos com um homem chamado Salvador (Gilberto Sálvio). Desconfiado de que ela tem um amante, ele tenta desvendar o mistério com a ajuda do padre Melchior (Carlos Duval).

Na verdade, Helena sabe que não é a filha legítima do conselheiro. No final, confrontada com as suspeitas e os ciúmes de Estácio, ela revela que Salvador é o seu verdadeiro pai. O conselheiro Vale havia sido amante da sua mãe, a quem prometera cuidar da educação e da felicidade de Helena. Estácio perdoa a moça e declara seu desejo de ficar com ela, mas Helena morre, vítima de uma febre nervosa.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Helena (1975)

** Resumo não divulgado

Helena inaugurou o horário das 18h para a adaptação de clássicos da literatura brasileira. Antes disso, a emissora já havia exibido no horário Meu Pedacinho de Chão (1971), Bicho do Mato (1972) e A Patota (1972).

Com apenas 20 capítulos, a novela contou com uma narração inicial que fazia uma retrospectiva dos acontecimentos a fim de enfatizar a história principal.
Helena foi reapresentada entre fevereiro e abril de 1976.

Elenco:
Ângela Valério – Eugênia
Carlos Duval – Padre Melchior
Gilberto Sálvio – Salvador
Ida Gomes – Úrsula
José Augusto Branco – Luiz Mendonça
Lúcia Alves – Helena
Osmar Prado – Estácio
Reginna Viana – Tomásia
Rogério Fróes – Dr. Camargo
Ruth de Souza – Madalena
Sidney Marques – Vicente
Vanda Mattos – escrava jovem
Vicente Cosmo – moleque

Elenco / Personagens

HELENA (Lúcia Alves) – Jovem bonita, inteligente, de temperamento alegre e expansivo, capaz de se adaptar às diferentes circunstâncias da vida. Recebe parte da herança do Conselheiro Vale, que a reconhece como filha, fruto de um relacionamento extraconjugal que tivera no passado. A princípio é hostilizada pela família do conselheiro, mas logo ganha a simpatia de todos. Apaixona-se por Estácio (Osmar Prado). No decorrer da trama, descobre-se que Salvador (Gilberto Sálvio) é seu verdadeiro pai. O conselheiro havia sido amante da sua mãe e prometera cuidar da educação e da felicidade de Helena.

ESTÁCIO (Osmar Prado) – Jovem austero e tímido, resultado da educação à moda antiga, severa e recatada, que recebera na infância e na adolescência. Filho do Conselheiro Vale, respeitada figurada da sociedade do segundo reinado, dedicou-se aos estudos, sem se interessar muito pela política. Apaixona-se por Helena (Lúcia Alves), mas sente-se culpado, pois acredita que os dois são irmãos.

ÚRSULA (Ida Gomes) – Mulher solteira, irmã do Conselheiro Vale, com quem sempre vivera. É responsável pela chácara da família, no Andaraí, e pela educação de Estácio (Osmar Prado), desde que a cunhada falecera. Severa em relação aos costumes, a princípio não gosta de Helena (Lúcia Alves), mas logo se rende aos encantos da moça.

DOUTOR CAMARGO (Rogério Fróes) – Homem de poucas palavras, aparentemente frio, é um dos melhores amigos do Conselheiro Vale. Médico de confiança da família e pai de Eugênia (Ângela Valério), noiva de Estácio (Osmar Prado). Ele e o Padre Melchior (Carlos Duval) são encarregados pelo testamento do conselheiro.

LUIZ MENDONÇA (José Augusto Branco) – Jovem elegante, expansivo, recém-chegado da Europa, onde passara um tempo. Interessa-se por Helena (Lúcia Alves), despertando o ciúme de Estácio (Osmar Prado), seu amigo.

PADRE MELCHIOR (Carlos Duval) – Homem austero, porém sem formalismo, sociável e tolerante. Mentor espiritual e grande amigo da família Vale. Ele e Dr. Camargo (Rogério Fróes) são nomeados testamenteiros do Conselheiro Vale e têm a missão de fazer cumprir suas últimas vontades.

VICENTE (Sidney Marques) – Jovem escravo, criado pela família Vale e muito estimado pelo conselheiro desde pequeno. Apesar de remotas as chances de liberdade, estabeleceu uma ligação afetiva com todos da casa. Torna-se o grande companheiro de Helena (Lúcia Alves) após a chegada da moça à chácara do Andaraí.

EUGÊNIA (Ângela Valério) – Jovem mimada, filha do Dr. Camargo (Rogério Fróes) e noiva de Estácio (Osmar Prado). Elegante, está sempre bem vestida. Seu mau-humor, no entanto, a torna uma pessoa desagradável, que se irrita facilmente diante de qualquer contrariedade.

SALVADOR (Gilberto Sálvio) – Homem misterioso, de origem humilde, pai de Helena (Lúcia Alves).

MADALENA (Ruth de Souza) – Antiga escrava da chácara da família Vale, a mais respeitada entre os empregados da casa. Afilhada de Úrsula (Ida Gomes).

TOMÁSIA (Reginna Viana) – Mulher recatada, mãe de Eugênia (Ângela Valério).

Trilha Sonora Nacional e Internacional

** Não disponível

0 Comentário para: “Helena (1975) Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *