Coração de Estudante Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela Coração de Estudante desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Coração de Estudante e de todas as novelas da Globo.

Sobre a Novela Coração de Estudante

◘ Período de exibição: 25/02/2002 – 28/09/2002
◘ Horário: 18h
◘ Nº de capítulos: 185
◘ Autoria: Emanuel Jacobina
◘ Colaboração: Nelson Nadotti, Max Mallmann, Júlio Fischer e Cristiane Friedman
◘ Direção: Ricardo Waddington, Rogério Gomes, Fabrício Mamberti e Cláudio Boeckel
◘ Direção geral: Ricardo Waddington e Rogério Gomes
◘ Direção de núcleo: Ricardo Waddington

Preservação do meio ambiente e exercício da cidadania eram os pilares de Coração de Estudante. O professor de Biologia Edu (Fábio Assunção) é um homem idealista que se muda com o filho Lipe (Pedro Malta) para a charmosa e fictícia cidade de Nova Aliança, em Minas Gerais, em busca de qualidade de vida. Edu é noivo de Amelinha (Adriana Esteves), filha do rico e ganancioso fazendeiro João Mourão (Cláudio Marzo). Mas essa relação se desestabiliza quando Edu se apaixona pela sonhadora advogada Clara (Helena Ranaldi), filha de Lígia (Jussara Freire) e do experiente advogado Raul Gouveia (Marcos Caruso). Edu é pai solteiro e procura estar sempre presente na vida de Lipe, tentando mantê-lo afastado da mãe, Mariana (Carolina Kasting), cuja dependência química e consequente irresponsabilidade não lhe deram condições de criar o filho.

O futuro sogro de Edu, João Mourão, é o maior empresário de Nova Aliança: é dono de uma fazenda, um laticínio, um frigorífico e uma empresa de viação, todos batizados com o nome de sua falecida esposa, Vitória. Ele é a força motriz da economia do município e o maior empregador da cidade, exercendo grande poder sobre os habitantes. João desconfia dos verdadeiros interesses de Edu em relação à filha. A implicância só aumenta quando ele descobre que o rapaz é grande defensor da natureza e das leis de proteção ambiental, o que o transforma em rival na briga por um trecho de mata virgem. A área é cobiçada pelo fazendeiro e, há seis anos, alvo de disputa na justiça para torná-la de proteção ambiental. Edu tem Clara como aliada nessa briga.

Clara é professora e responsável pelo escritório modelo do curso de Direito da Universidade Estadual de Nova Aliança (Uena), onde Edu começa a dar aulas. Ela namora Leandro Junqueira (Marcello Antony), coordenador do curso de Agronomia da universidade, carreirista que finge ser aliado do reitor Ronaldo Rosa (Leonardo Villar), mas, na verdade, é um espião de João Mourão no universo estudantil. Leandro é apaixonado pela namorada, com quem deseja se casar. A aproximação de Edu e Clara não agrada nem a Leandro nem à Amelinha, que se sentem ameaçados com essa amizade.

Clara e Edu realmente se apaixonam e vivem um romance que, além da interferência de Amelinha, é abalado pela chegada à cidade do promotor Pedro Guerra (Bruno Garcia). Sedutor e bem-humorado, Pedro Batalha – como Clara passa a chamá-lo – tenta de todas as formas conquistar o coração da advogada, que conta com a sua ajuda e a da detetive Matilde (Cláudia Lira) nas investigações sobre o passado de Mariana. Durante a trama, Clara começa a se sentir em segundo plano na vida de Edu, envolvido nos problemas com Mariana, e abre uma brecha para um antigo pretendente, o filho do reitor Ronaldo Rosa, Júlio Rosa (Marcos Palmeira).

No decorrer da novela, Mariana entra com uma ação judicial reivindicando a guarda de Lipe e, com a ajuda de Leandro, autor de várias armações para desmoralizar Edu, ganha o direito de ficar com o menino nos finais de semana. Para não perder o filho de vez, Edu se casa com Amelinha, apesar de amar Clara. A filha de João Mourão dá à luz Joãozinho, um bebê com síndrome de Down.

Edu sempre relutou em deixar Lipe com a mãe, porque Mariana nunca aceitou fazer tratamento e livrar-se da dependência química. Sob o efeito de drogas, ela chegou a atropelar seu irmão, Joaquim (Marcelo Escorel). Disposto a destruir a vida do professor, Leandro se envolve com Mariana e, no fim da novela, tenta levar Lipe à força para o exterior. O vilão, porém, é desmascarado pela própria Mariana, que participa de uma armadilha para que ele confesse seus crimes e vá preso. Coração de Estudante chega ao fim com a união feliz de Clara, Edu e Lipe, enquanto Mariana finalmente aceita iniciar um tratamento para deixar as drogas.

João Mourão se desarma ao descobrir que Clara é sua filha, fruto de um caso com Lígia. A notícia desagrada Amelinha, que ganha mais um motivo para não gostar da advogada, e Raul, que se choca com a traição da mulher.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Coração de Estudante

25/02 a 02/03/2002
Segunda-feira – Edu sobe numa árvore para impedir que ela seja derrubada. Ele pede demissão e Amelinha o convida para morar em Nova Aliança. Edu e Lipe sofrem um acidente na estrada. Mateus vê Baú, Carlos e Cardosinho pelados na cachoeira. Clara tira Edu do carro antes da explosão. Fábio arromba a porta ao ver fogo na cozinha.

Terça-feira – Fábio apaga o fogo. Baú, Carlos e Cardosinho pensam que ele é um ladrão. João não deixa que Amelinha procure Edu. Clara volta ao local do acidente e não encontra Edu. Lineu se sente orgulhoso por tê-los resgatado. Edu diz a João que não sabe se vai se casar com Amelinha. Mateus fica com ciúmes ao ver Baú beijando Pati.

Quarta-feira – Lipe diz ao pai que tem raiva de Clara. Amelinha destrata Nélio na frente de Edu, que estranha. Leandro fica preocupado ao saber que Clara vai se encontrar com João. Carlos se interessa por Rafaela e Rosana por Fábio. João sugere que Clara o defenda no processo e ela fica indignada com a proposta. Edu reconhece a voz dela.

Quinta-feira – Edu agradece Clara, deixando Amelinha com ciúmes. Rafaela e Edu aguardam ansiosos o início das aulas. Esmeralda tenta convencer Mateus a voltar a estudar. Lipe sofre com a ausência da mãe. Mateus interrompe um beijo entre Esmeralda e João. Amelinha faz um escândalo ao ver Edu e Clara chegando juntos.

Sexta-feira – Edu não entende o comportamento de Amelinha. Lipe é mal-educado com Clara. Amelinha vai com Lipe tomar banho no açude e o deixa sozinho de propósito. Os meninos criticam Fábio quando ele diz que é fiel à namorada. Lipe diz a Edu que queria que ele se casasse com Amelinha. Edu pede Amelinha em casamento.

Sábado – Amelinha fica radiante, mas João não. Mateus solta sapos na festa, criando pânico. Clara repassa os pontos da defesa com Ronaldo. João manda Beraldo dar uma surra em Sílvio. Edu dá sua primeira aula. Armando convence Esmeralda a ir à missa de Vitória. Ronaldo fica pasmo ao saber que Edu será genro de João.

04 a 09/03/2002
SEGUNDA-FEIRA – Ronaldo diz a Edu que vai demiti-lo na primeira oportunidade. Beraldo manda Sílvio sair da cidade. Clara afirma para Ronaldo que eles vão ganhar a causa, graças ao depoimento de Sílvio. Madalena e Clara choram no túmulo de Júlio. Esmeralda termina com João. Edu ouve Clara falando de Júlio e entende que eles se envolveram. João encontra Clara e Edu.

TERÇA-FEIRA -João expulsa Clara e Edu de suas terras. Fábio explica para Rosana que não pode ficar com ela porque tem uma namorada. Clara não dá o estágio para Rafaela. Edu cai do cavalo várias vezes, mas acaba conseguindo montar. Clara vê o casebre de Sílvio queimado e fica furiosa. Edu se oferece para encontrar Sílvio e surge um clima entre ele e Clara.

QUARTA-FEIRA – Clara vai para a audiência enquanto Edu alcança o trem de Sílvio. Sílvio diz ao juiz que as terras são de João, deixando Clara arrasada. A universidade perde a causa e Ronaldo acredita que Edu influenciou Sílvio a favor de João. O fazendeiro paga a Leandro por ter contratado Edu como professor da universidade.

QUINTA-FEIRA – Amelinha e João exigem que Leandro não conte nada a Edu sobre a contratação. Clara expulsa Leandro de sua casa quando ele tenta agarrá-la. João pede desculpas para Esmeralda. Carol provoca Lipe e eles acabam brigando. João manda que Leandro roube o diário de Júlio. Lipe tem febre alta. Clara ajuda Amelinha a cuidar dele. Edu chega e vêa cena.

SEXTA-FEIRA – O médico diz que Lipe melhorou e Edu agradece a Clara, deixando Amelinha enciumada. Carlos garante que vai tirar a virgindade de Rafaela, para irritação de Fábio. Edu se oferece para fazer trabalho voluntário na escola de Lipe. Edu diz a Amelinha que não vai querer morar na fazenda depois do casamento.

11 a 16/03/2002
SEGUNDA-FEIRA – Ronaldo diz a Edu que vai demiti-lo na primeira oportunidade. Beraldo manda Sílvio sair da cidade. Clara afirma para Ronaldo que eles vão ganhar a causa, graças ao depoimento de Sílvio. Madalena e Clara choram no túmulo de Júlio. Esmeralda termina com João. Edu ouve Clara falando de Júlio e entende que eles se envolveram. João encontra Clara e Edu.

TERÇA-FEIRA -João expulsa Clara e Edu de suas terras. Fábio explica para Rosana que não pode ficar com ela porque tem uma namorada. Clara não dá o estágio para Rafaela. Edu cai do cavalo várias vezes, mas acaba conseguindo montar. Clara vê o casebre de Sílvio queimado e fica furiosa. Edu se oferece para encontrar Sílvio e surge um clima entre ele e Clara.

QUARTA-FEIRA – Clara vai para a audiência enquanto Edu alcança o trem de Sílvio. Sílvio diz ao juiz que as terras são de João, deixando Clara arrasada. A universidade perde a causa e Ronaldo acredita que Edu influenciou Sílvio a favor de João. O fazendeiro paga a Leandro por ter contratado Edu como professor da universidade.

QUINTA-FEIRA – Amelinha e João exigem que Leandro não conte nada a Edu sobre a contratação. Clara expulsa Leandro de sua casa quando ele tenta agarrá-la. João pede desculpas para Esmeralda. Carol provoca Lipe e eles acabam brigando. João manda que Leandro roube o diário de Júlio. Lipe tem febre alta. Clara ajuda Amelinha a cuidar dele. Edu chega e vêa cena.

SEXTA-FEIRA – O médico diz que Lipe melhorou e Edu agradece a Clara, deixando Amelinha enciumada. Carlos garante que vai tirar a virgindade de Rafaela, para irritação de Fábio. Edu se oferece para fazer trabalho voluntário na escola de Lipe. Edu diz a Amelinha que não vai querer morar na fazenda depois do casamento.

18 a 23/03/2002
SEGUNDA-FEIRA – Amelinha não deixa Edu se explicar. Rosana e Bruna deixam os rapazes ficarem na república. Amelinha diz a Clara que subornou Leandro para Edu ser aceito na universidade. Leandro nega. Fábio quer ajudar Edu no trabalho comunitário. Rafaela conhece Mateus. Leandro devolve o dinheiro de João. Edu encontra Clara.

TERÇA-FEIRA – Clara tenta se livrar de Edu. Ele se declara, mas ela não acredita. Raimunda diz a João que Sofia tem um dom. Amelinha leva Lipe para passar uma noite na fazenda. Rosana e Carlos sentem um clima entre Rafa e Fábio. Edu e Clara se beijam. Um homem tenta assaltar o Império. Sofia pressente que Edu não está sozinho.

QUARTA-FEIRA – Armando chega e o assaltante foge do bar com o dinheiro. Amelinha liga para Edu e confirma que ele está acompanhado. João quer Esmeralda de volta, mas ela não. Rafa empresta um livro para Mateus. Edu diz a Lipe que está apaixonado por Clara. Fábio beija Rosana. Rafaela vê e fica triste. Clara confessa a Edu que o ama.

QUINTA-FEIRA – Carlos, Baú e Cardosinho socorrem Fábio, que está com febre. Amelinha procura Edu. João sofre por Esmeralda. Lígia aceita o convite de Raul para ir a Belo Horizonte. Pati e Baú combinam passar a noite juntos. Mateus se interessa pelo livro de Rafa. Edu, Lipe e Clara se divertem na cachoeira. Amelinha desafia Clara.

SEXTA-FEIRA – Clara tenta fugir da discussão, mas Amelinha não deixa. Rafaela impede que Cardosinho eCarlos perturbem Fábio. Lineu entrega para João o levantamento da periferia da cidade. Pati dá um fora em Mateus. Rafa se irrita ao chegar em casa e ver Fábio e Rosana se beijando. Clara conta para a mãe sobre a ameaça de Amelinha.

25 a 30/03/2002
SEGUNDA-FEIRA – Amelinha não deixa Edu se explicar. Rosana e Bruna deixam os rapazes ficarem na república. Amelinha diz a Clara que subornou Leandro para Edu ser aceito na universidade. Leandro nega. Fábio quer ajudar Edu no trabalho comunitário. Rafaela conhece Mateus. Leandro devolve o dinheiro de João. Edu encontra Clara.

TERÇA-FEIRA – Clara tenta se livrar de Edu. Ele se declara, mas ela não acredita. Raimunda diz a João que Sofia tem um dom. Amelinha leva Lipe para passar uma noite na fazenda. Rosana e Carlos sentem um clima entre Rafa e Fábio. Edu e Clara se beijam. Um homem tenta assaltar o Império. Sofia pressente que Edu não está sozinho.

QUARTA-FEIRA – Armando chega e o assaltante foge do bar com o dinheiro. Amelinha liga para Edu e confirma que ele está acompanhado. João quer Esmeralda de volta, mas ela não. Rafa empresta um livro para Mateus. Edu diz a Lipe que está apaixonado por Clara. Fábio beija Rosana. Rafaela vê e fica triste. Clara confessa a Edu que o ama.

QUINTA-FEIRA – Carlos, Baú e Cardosinho socorrem Fábio, que está com febre. Amelinha procura Edu. João sofre por Esmeralda. Lígia aceita o convite de Raul para ir a Belo Horizonte. Pati e Baú combinam passar a noite juntos. Mateus se interessa pelo livro de Rafa. Edu, Lipe e Clara se divertem na cachoeira. Amelinha desafia Clara.

SEXTA-FEIRA – Clara tenta fugir da discussão, mas Amelinha não deixa. Rafaela impede que Cardosinho eCarlos perturbem Fábio. Lineu entrega para João o levantamento da periferia da cidade. Pati dá um fora em Mateus. Rafa se irrita ao chegar em casa e ver Fábio e Rosana se beijando. Clara conta para a mãe sobre a ameaça de Amelinha.

01 a 06/04/2002
SEGUNDA-FEIRA – Amelinha pede que Clara conte a Raul sobre o que eles estão conversando. Clara diz que está namorando Edu e que teve um romance com Júlio. Fábio tem febre de novo. Raul aceita a argumentação da filha e fica a seu lado. João propõe ser sócio de Esmeralda no Império. Rita convida Lipe para dormir em sua casa. Edu e Clara se amam.

TERÇA-FEIRA – Rafaela afirma que não gosta de Carlos. Leandro diz a Edu que acabará com ele se fizer Clara sofrer. Pati desconfia que está grávida e Baú fica assustado. Ronaldo dá o diário de Júlio para que Leandro leia e encontre a razão para João querer as terras. Clara manda Amelinha deixá-la em paz. Mas a outra responde que está apenas começando.

QUARTA-FEIRA – Amelinha promete transformar a vida de Clara e Edu em um inferno. Rafaela fica feliz porque Mateus diz que gostou do livro. Esmeralda inventa uma festa e uma rifa para arrecadar dinheiro. Amelinha gargareja cachaça para ficar com bafo de bebida. Luciana, a namorada de Fábio, chega à cidade. Amelinha se finge de bêbada para beijar Edu.

08 a 13/04/2002
SEGUNDA-FEIRA – Leandro pede a Mariana que deixe o seu telefone e garante que dirá a Edu que ela ligou. Nélio diz a Amelinha que só vai embora da cidade depois que a criança nascer. Mateus se recusa a assinar uma intimação. Amelinha vê uma mancha de sangue na camisola e pede que Edu leve um médico à fazenda.

TERÇA-FEIRA – Edu fica aflito. O médico tranqüiliza Amelinha e manda que ela faça uma ultra-sonografia. Vitinho rasga um trabalhode Fábio. João vibra ao saber que o projeto da hidrelétrica sairá do papel. Rafa se assusta ao receber uma intimação. Amelinha insiste para que Pati nunca conte a ninguém que o filho que ela espera é de Nélio.

QUARTA-FEIRA – Esmeralda e Caio conversam, embevecidos um com o outro. Mateus faz Rafa prometer que não vai abrir a boca na delegacia. Leandro mente para Mariana dizendo que Edu está viajando e por isso não deu o recado ainda. Beraldo expulsa Caio das terras de João. Rafa confessa a Clara que estava dirigindo o carro.

QUINTA-FEIRA – Clara fica perplexa com a confissão de Rafa. Raimunda promete a Edu que vai cuidar de Amelinha e do bebê. Clara incentiva Rafa a procurar o delegado e afirma que será sua advogada. João quer que Bonifácio desaproprie a terra de mil posseiros. Rosana e Fábio voltam a namorar. Edu pede Clara em casamento.

SEXTA-FEIRA – Clara pede um tempo para pensar. Pati volta para casa, deprimida e usando uma cadeira de rodas. Edu fica pasmo quando Leandro avisa que Mariana tem ligado. Clara reage fortemente quando Pati diz que nunca vai andar. Lipe pede que o pai fale dos tempos em que vivia com a mãe. Edu telefona para Mariana.

SÁBADO – Edu marca um encontro com Mariana. Mateus dá um presente a Rafa. Baú pede desculpas a Mateus. Esmeralda recebe flores de Caio. Pati é agressiva com Rafa e garante que não vai perdoá-la. Clara se surpreende ao saber que Mariana está de volta e estranha a preocupação de Edu com o estado da ex-mulher.

15 a 20/04/2002
SEGUNDA-FEIRA – Clara se surpreende ao saber que Edu se separou de Mariana porque ela era drogada. Edu fala de seu casamento com a mãe de Lipe. Caio e Esmeralda se beijam. Clara promete apoiar Edu. Raimunda briga com Amelinha por ter sido agressiva com Sofia. Edu viaja para São Paulo. Mariana fica cara a cara com Edu.

TERÇA-FEIRA – Mariana diz a Edu que quer muito ver Lipe. Mariana garante que está se tratando. Edu decide que vai conversar com o filho e marcar o dia para que ela se encontre com Lipe. Rita descobre sobre a hidrelétrica. Os pais de Rafaela chegam e mandam que ela arrume as malas. Lipe quer saber se a mãe está voltando.

QUARTA-FEIRA – Edu explica a Lipe que Mariana não vai voltar a morar com eles, mas deseja vê-lo. Lineu faz Rita jurar que não vai contar a ninguém sobre a hidrelétrica. Rafaela desafia os pais e afirma que não vai voltar. Amelinha provoca Clara, que não se intimida e pergunta se foi coincidência ela ficar grávida quando Edu a abandonou.

QUINTA-FEIRA – Clara insiste com Amelinha que desconfia de algo errado na sua gravidez. João mostra para um banqueiro, um empreiteiro e um investidor estrangeiro o local da hidrelétrica. Edu e os alunos recolhem água do riacho que irriga as lavouras. Lipe não quer que Clara durma em sua casa, porque sua mãe vai chegar.

SEXTA-FEIRA – Clara entende a reação de Lipe. Fábio e Rafaela garantem que não são namorados, quandoAntônio pergunta. Os colegas zombam de Lipe porque ele insiste que a mãe vai chegar. Edu confirma que a água é imprópria até para banho. João pede que Clara deixe Edu se casar com Amelinha e se torne amante dele.

SÁBADO – Clara expulsa João de sua casa e ameaça-o com um processo. Os pais resolvem deixar Rafaela em Nova Aliança. Amelinha copia a assinatura de Raimunda e depois pede um empréstimo como se fosse ela. Edu e os alunos dão ensinamentos aos agricultores. Raimunda nega tudo. Mariana chega e abre os braços para Lipe.

22 a 27/04/2002
SEGUNDA-FEIRA – Mariana se abraça chorando com Lipe. João expulsa Raimunda da fazenda. Beraldo quer implorar perdão e Raimunda vai embora sozinha. Sofia se desespera ao saber que Raimunda foi embora. Amelinha a tranca no quarto. Esmeralda abriga Raimunda. Clara pressiona Pati para saber se Amelinha está grávida de Edu. Mariana pede que Edu converse com Lipe sobre os motivos do seu sumiço.

TERÇA-FEIRA – Mariana garante que não sumirá novamente. Pati garante a Clara que o filho é de Edu. Clara solicita ao prefeito que garanta o saneamento básico à população de baixa renda. Mariana pede que Clara a ajude a recuperar a sua relação com Edu. João e Raul insistem que os posseiros sejam desalojados. Clara pressiona Edu para saber se ele não está mexido com a presença da ex-mulher.

QUARTA-FEIRA – Edu nega que esteja mexido com a presença de Mariana. Clara adverte João de que ele tem 24 horas para pagar os direitos trabalhistas de Raimunda, senão será processado por calúnia e difamação. Amelinha conta a Mariana que Edu abandonou-a grávida. João tenta pressionar Caio, que estáfazendo o relatório de impacto ambiental. Nélio ouve Clara perguntar a Raimunda se Amelinha traía Edu.

QUINTA-FEIRA – Leandro senta-se com Clara. Amelinha resgata as jóias e rasga os documentos. Nélio confessa a Raimunda que o filho de Amelinha pode ser seu. Leandro decide mandar Edu para um congresso para que Mariana cuide de Lipe por uns dias. Raimunda compra um lugar para morar. Esmeralda desanima ao saber que João está envolvido na hidrelétrica. Clara fica surpresa com a revelação de Nélio.

SEXTA-FEIRA – Nélio mostra a marca no braço e Clara garante que Amelinha não poderá negar-lhe o direito de ver o filho. Edu pede que Mariana vá à apresentação de Lipe na escola. Amelinha espalha que Mariana é dependente de drogas. Mariana se descontrola com as fofoqueiras e vai embora. Ela bebe cachaça no Império. Clara surpreende Amelinha ao dizer que o filho que ela está esperando é de Nélio.

SÁBADO – Amelinha ameaça mandar o pai matar o peão. Esmeralda despreza a ajuda de Caio. Clara ameaça mandar prender João Mourão se algo acontecer a Nélio. Leandro socorre Mariana, bêbada. Edu exige que Mariana fale com o filho e depois volte para São Paulo. Nélio briga com o ex-patrão. Mariana pede que Edu deixe que ela cuide do filho, mas ele insiste que ela conte a verdade a Lipe.

29/04 a 04/05/2002
SEGUNDA-FEIRA – Mariana explica aLipe que está passando por problemas. Amelinha diz a Nélio que, se ele desmentir o que disse a Clara, eles podem voltar a ficar juntos. Clara fica indignada quando Leandro conta que mandou Edu ao Pará por causa dela. Clara convence Edu a ir ao congresso e promete cuidar de Lipe. Amelinha marca um encontro com Nélio. Mariana pede que Clara deixe Lipe com ela.

TERÇA-FEIRA – Clara não deixa que Lipe durma na casa com Mariana. Amelinha humilha Raimunda. Leandro convida Mariana para sair. Eneida e Clara comemoram o êxito do escritório-modelo. Caio beija Esmeralda. Clara cobra tudo a que Esmeralda tem direito e João paga. Amelinha marca encontro com Nélio. Lígia vira as costas e Lipe some da escola. Clara se preocupa com o paradeiro de Lipe.

QUARTA-FEIRA – Amelinha beija Nélio e garante que o espera à noite. Clara explode ao encontrar Lipe em casa com a mãe. Amelinha briga com Nélio porque ele faltou ao encontro. Amelinha pede que Leandro consiga que Mariana volte a beber. João odeia ver Caio e Esmeralda juntos. Lipe briga com um colega que fala mal de Mariana. Amelinha marca novo encontro na fazenda e ele garante que vai.

QUINTA-FEIRA – Amelinha faz promessas, deixando Nélio esperançoso. Pati não aceita namorar Baú. Clara conversa com Lipe e pede que ele não resolva os problemas com violência. Beraldo ouve Amelinha contratando três capangas para matar Nélio. Clara procura o delegado. Os capangas atacam Nélio. Clara chega à fazenda com os policiais. Nélio, caído no chão, está prestes a receber o golpe fatal.

SEXTA-FEIRA – Clara invade a fazenda com os policiais atrás e salva Nélio. Leandro e Mariana fazem amor. Nélio não incrimina Amelinha. Clara lembra os favores que fez para as mães dos alunos e convida-as para o chá na casa de Lipe. João dá 24 horas para Esmeralda pagar a segunda parcela da dívida. Mariana pede que Clara não compareça ao chá e explode afirmando que ela está querendo ser mãe de Lipe.

SÁBADO – Clara promete que não vai aparecer na festa. João garante que rasgará os papéis se Esmeralda voltar a ser dele. Mariana, tensa, recebe as mães dos colegas de Lipe. Amelinha faz fofocas com as mulheres sobre o vício de Mariana. Amelinha põe vodca no suco que ela oferece para Mariana. Lipe liga para Clara e pede que ela vá à sua casa. Mariana dança em cima da mesa e bebe cachaça na garrafa.

06 a 11/05/2002
Segunda: Clara consegue conter Mariana, que não entende o que aconteceu. Lipe não fala com a mãe e prefere ficar com Clara. Isso acaba deixando Mariana arrasada.

Terça: Amelinha ameaça Mariana com a perda de Lipe. Ela provoca, e Clara manda que fique longe de Mariana. Clara estranha encontrar a rival na sala de Leandro. Lipe briga na escola. Edu chega, e o filho pede para ir embora da cidade.

Quarta: Leandro e Mariana transam. Edu manda que Mariana vá embora. Ela tenta pedir desculpas ao filho, mas Lipe não escuta. Mariana avisa que vai se mudar para a pousada, Edu se surpreende. Padre Saulo pergunta qual é a filha nascida do adultério.

Quinta: Leandro sugere que Mariana peça judicialmente a guarda do filho. Lígia revela ao padre que Clara é a filha de João Mourão. Edu avisa a Nélio que os dois obrigarão Amelinha a fazer um exame de DNA.

Sexta: Edu afirma que se podefazer o teste de DNA pelo líquido amniótico. Mariana ameaça Edu e manda que ele não coloque o filho contra ela. Edu encontra Leandro com Mariana e reage mal. Leandro insiste que Mariana deve brigar na Justiça. Leandro bebe uísque e Mariana se perturba. Edu chama Amelinha para conversar e ela se surpreende ao encontrar Nélio também no carro.

Sábado:
Edu acusa Amelinha de tê-lo traído. Ela nega, mas Nélio confirma tudo. Ela acaba confessando e concorda em fazer o exame depois que o bebê nascer. Mariana quase bebe, mas joga o copo na parede. Dois capangas se aproximam da casa de Clara, um abre as saídas de gás, e o outro joga uma tocha acesa. A casa pega fogo. Clara dorme no quarto tomado pelas chamas.

13 a 18/05/2002
Segunda: Clara dorme enquanto o fogo se espalha por sua casa. Lipe percebe o fogo, e Edu corre para arrombar a porta. Os bombeiros acodem Clara, que tem certeza de que não foi um acidente e que a culpa é de João. Clara ouve Amelinha comentar que já fez o exame.

Terça: Edu invade a casa de João fazendo-lhe ameaças. João jura não ter nada a ver com o incidente, mas manda Lígia avisar a Clara para sair do seu caminho. Mariana jura ao filho que não bebeu mais depois da festa. Amelinha recebe o resultado dos exames e se desespera. Ela avisa a Edu que o filho que está esperando tem síndrome de Down.

Quarta: Amelinha diz que vai tirar o filho. Clara fica com o exame dela para que Edu possa fazer o seu, comparar e descobrir quem é o pai. Lipe mostra-se confuso com a idéia de ter um irmão com problemas. João recebe uma intimação para prestar esclarecimentos sobre o incêndio. Edu leva o filho para conhecer um centro para crianças portadoras de síndrome de Down. João se choca quando Lígia conta que Clara é sua filha.

Quinta: João jura que jamais vai contar a alguém e diz que não teve nada a ver com o incêndio. O juiz concede o mandado de busca e apreensão. João procura Clara, mas ela o expulsa. João recrimina Amelinha pelo incêndio. Mariana quer sair com Lipe, mas Edu hesita. Edu avisa a Amelinha que vai fazer o exame para determinar se é ou não pai do bebê.

Sexta: Lipe fica apreensivo com o estado da mãe. Mariana desabafa com Madalena. Edu pressiona Mariana para saber se ela voltou a beber. Ela nega, mas Edu desconfia. Clara acusa Amelinha; João cobra uma explicação de Amelinha.

Sábado: Amelinha nega tudo e não entende por que o pai mostra-se tão simpático com Clara. Lipe dorme com Mariana na pousada. Leandro abraça Mariana; Lipe não gosta da novidade. Leandro pede um uísque e vai embora deixando a garrafa. Mariana bebe. Lipe acorda e chama a mãe. Ela derrama leite quente em seu braço, queimando-o.

20 a 25/05/2002
SEGUNDA – João insiste que não teve nada a ver com o incêndio, mas Clara não acredita. Ele passa mal, ela hesita, mas o ampara. Esmeralda acode Mariana e leva Lipe para o pronto-socorro. Mariana, apavorada, foge do hospital. Nélio ajuda a desatolar uma vaca premiada de João e, em vez de pagamento, pede que ele impeça Amelinha de tirar a criança. Edu garante que não vai deixar Mariana ficar sozinha com o filho. Clara fica constrangida quando Sofia diz a Carol que ela foi apaixonada por Júlio.

TERÇA – Clara nega ter namorado Júlio, mas não consegue sustentar a mentira para Sofia. João fica passado ao saber que há a possibilidade de o neto ser filho de Nélio e que Amelinha pretende fazer um aborto. Leandro se propõe a pagar um advogado para lutar pela guarda de Lipe. Fábio briga com Rosana. Mariana convida Lipe para um piquenique. Pati consegue dar alguns passos sozinha, mas se joga no chão de propósito ao ver Baú chegando. Amelinha chora no ombro de Edu e Clara os vê.

QUARTA – Clara mostra-se compreensiva, mas vai embora. Pati adora ver Baú culpado e finge estar sofrendo. João procura Nélio para saber suas intenções com a criança. Clara não consegue esquecer o passado com Júlio. Nélio consola Amelinha, mas eles acabam brigando. Lipe se lembra de uma bebedeira da mãe e sai correndo. Ela o encontra numa caverna e os dois se abrigam da chuva. Amelinha vai a uma boate barra-pesada. Quando Lipe chega em casa, Edu expulsa Mariana. Ela diz que não vai mais beber.

QUINTA – Leandro oferece um advogado para Mariana, que está disposta a brigar com Edu pela guarda de Lipe. Amelinha é assaltada na saída da boate e pede socorro a Edu. Clara pede que ele não vá, mas ele sai. João diz a Esmeralda que perdoou a dívida. Pati faz Baú carregá-la. Edu combina sair com Clara, mas um jogo de futebol de Lipe o atrasa. Mariana também vai ver o jogo. Clara vai sozinha à reunião das amigas. Edu se irrita ao saber que Mariana vai entrar na Justiça pela guarda do filho.

SEXTA – Lipe fica ansioso ao ver os pais brigando. Cláudio Augusto, um velho companheiro de Clara, se aproxima fazendo charme. Lígia implora que João desista de reconhecer Clara como filha. Fábio e Rafaela se agarram com desejo. Edu marca um gol e Lipe comemora. João manda que Nélio não seja capacho da filha. Pati mostra para Amelinha que voltou a andar, mas pede segredo. Fábio e Rafa transam sem parar. Clara e Amelinha saem no tapa. João confessa para Amelinha que ela e Clara são irmãs.

SÁBADO – Amelinha acusa o pai de ter protegido Clara quando ela tomou Edu dela. Mateus e Rafaela discutem. Nélio pinta uma faixa pedindo que Amelinha não tire o filho, chamando a atenção de todos na cidade. Ligia descobre que Pati está andando, mas a menina pede segredo. Mariana pede que Clara seja a sua advogada, mas ela não aceita. Baú pede Pati em casamento. João procura um advogado e pede sigilo: quer deixar parte de sua herança para Clara. Lipe procura Mariana para conversar.

27/05 a 01/06/2002
SEGUNDA – Amelinha confirma que o filho é de Edu e Nélio fica desolado. O advogado promete a João preparar o testamento deixando para Clara uma parte do que ele tem. Pati aceita o pedido de casamento de Baú. Mariana pede emprego a Esmeralda. Leandro confessa para Mariana o que fez e jura estar apaixonado por ela. Nélio, bêbado, faz strip-tease no bar e é preso. Amelinha bate em Sofia quando ela prevê que o filho não vai nascer. Lipe pede carona, se assusta com o motorista e pede socorro a Leandro.

TERÇA – Leandro pressiona Lipe, que conta que estava fugindo de casa. Bia, Rita, Bruna e outras meninas se unem para soltar Nélio. Mariana encontra Leandro e Lipe esperando-a. Ele sugere que ela fuja da cidade com o filho. Edu bota Lipe de castigo que, enfezado, manda o pai cuidar do filho de Amelinha. Clara se lembra do dia em que Júlio jurou que ia tomar uma decisão e acabou morrendo em um desastre de carro. Amelinha pressiona Edu para saber o que ele vai fazer quando a criança nascer.

QUARTA – Edu e Amelinha conversam sobre a criança. Clara se sente culpada pela morte de Júlio. Amelinha pede perdão a Raimunda. Pedro pára no posto com sua moto e pede informações a Baú, Cardosinho e Fábio. Eneida diz a Clara que o novo promotor está chegando à cidade. A moto de Pedro é roubada, ele corre atrás dos ladrões e a recupera. Depois, quase atropela Clara e os dois discutem. Nélio pede Amelinha em casamento. Clara dá de cara com Pedro no tribunal e ele se apresenta como o novo promotor.

QUINTA – Clara e Pedro trocam insultos. Amelinha diz a Nélio que não existe a possibilidade de se casarem. Edu e Lipe se impressionam com o ódio que Clara sente de Pedro. O bar se enche de mulheres, que suspiram por Nélio. Baú, Cardosinho e Fábio morrem de medo do promotor. Clara pede que Edu pare de falar dos seus problemas com outras mulheres. Pedro cai na rua depois de tomar muita cachaça. Nélio pede a mão de Amelinha para João. Edu recebe a citação da ação que Mariana move contra ele.

SEXTA – Edu fica indignado. Pedro chega atrasado no tribunal e surpreende Clara quando desiste da acusação. João manda Amelinha arrumar um marido, senão vai ter que engolir Nélio. Pedro disputa com Clara uma mesa no Império e acaba convidando-a para se sentar com ele. Amelinha combina com Lipe de levá-lo num passeio nas corredeiras, sem que Edu saiba. Pedro tenta dormir, mas a festa da garotada impede. Ele ameaça dar voz de prisão a todos. João fica sem fala ao pegar Amelinha e Nélio na cama.

SÁBADO – Amelinha dá um berro chamando Nélio de tarado. João demonstra claramente que entendeu o golpe de Amelinha. Ela mostra-se ressentida por ele ter mudado desde que descobriu ser pai de Clara. Amelinha vomita ao descer as corredeiras. Lígia arma uma festa de aniversário para Clara. Ela fica sem ação quando Pedro chega com um presente. Clara e Edu se arrumam para um jantar a dois. Amelinha liga para Edu pedindo ajuda. Clara acende as velas e dá os últimos retoques na mesa.

03 a 08/06/2002
SEGUNDA – Edu pede a Lipe que avise Clara que ele vai à casa de Amelinha. Mariana e Leandro vêem Edu saindo. Baú tenta agradar Pati, que se faz de mal-humorada. Pedro aparece na casa de Clara, que fica tentando expulsá-lo. Lipe assiste a um vídeo com Mariana e Leandro. Edu se preocupa com Clara, mas Amelinha não o deixa ir embora. Pedro sugere que Clara o use para provocar ciúmes em Edu. João aparece na casa de Clara e lhe dá uma caixinha de música. Ele tenta se desculpar, mas Clara termina o noivado.

TERÇA – Edu tenta se explicar, mas Clara não volta atrás. Lipe dá a Mariana um presente que fez de Dia das Mães. Edu conta a Lipe que Clara terminou com ele. Caio vai ao bar de Esmeralda. Clara briga com Pedro e acaba chorando por causa de Edu. Lipe diz a Clara que vai morar com a mãe para que ela volte com Edu. Ela se emociona, mas recusa. Rafaela tenta ser simpática com Mateus, que se irrita com ela. Edu tenta conversar com Clara. Pedro manda Edu parar de importuná-la e os dois brigam.

QUARTA – Edu leva a melhor na briga com Pedro. João tenta conversar com Clara, mas ela responde com grosseria. Lipe cuida do pai, que está com o olho roxo. Os homens da cidade jogam futebol contra os universitários. Amelinha fica em pânico quando Sofia conta que João falou em outra irmã. Nélio agarra Esmeralda e é demitido. João expulsa Amelinha de casa quando ela levanta a mão para bater em Sofia. Pedro oferece uma carona para Clara, que aceita. Amelinha bate na casa de Edu. Pedro e Clara se beijam.

QUINTA – Clara dá um tapa em Pedro. Amelinha chora insistindo quenão tem para onde ir. João oferece carona a Clara. Rita contrata Nélio como segurança. João tenta levar Amelinha para casa, mas ela não vai. Clara ofende Pedro ao ver que ele ganhou de João uma caixa de uísque. Lipe se preocupa ao saber que a mãe está gripada e leva comida para ela. Edu acusa Mariana de ter bebido e Lipe se chateia com o pai. Clara acusa João de ter comprado o promotor. Depois, ela o encontra caído.

SEXTA – João pede que Clara não o deixe sozinho. Clara insiste que eles têm que ir ao posto de saúde e o leva de carro. Lipe enfrenta o pai, decidido a cuidar da mãe. Amelinha acusa Clara de ter feito João passar mal e conta que está morando com Edu. João, agradece a Clara por ter salvo sua vida. Lígia se preocupa ao ver como Pati manipula Baú. Clara manda um bilhete para Edu avisando que não vai mais cuidar do processo contra Mariana. Pati descobre um envelope nas coisas da mãe e gela ao ler. Ela o entrega a Raul.

SÁBADO – Raul examina os papéis, se lembra de uma conversa com João e entende tudo. Edu convence Clara a não largar a causa. Nélio tripudia de Amelinha, que tem uma crise ao vê-lo na cama com Bruna. João se preocupa ao saber que Raul sabe de tudo e põe uma arma debaixo do travesseiro. Lígia chora quando Raul pergunta se Clara é filha de João. Fábio e Cardosinho amarram Nélio e fingem que estão interessados nele. Edu leva Amelinha para ver crianças com Síndrome de Down. Raul vai à casa de João.

10 a 15/06/2002
SEGUNDA-FEIRA – Raul acusa João de traição e exige que ele nunca se aproxime de Clara ou o porá na cadeia. Edu mostra a Amelinha um menino com síndrome de Down que estuda com Lipe. Nélio não sabe o que fazer com o assédio de Fábio e Cardosinho. Esmeralda comunica ao filho que Caio vai morar com eles e Mateus manda que ela escolha entre ele e o namorado. Edu vê Pedro e Clara se beijando.

TERÇA-FEIRA – Clara empurra Pedro e se explica para Edu, que vai embora. Caio acha melhor sair, mas Esmeralda finca pé. Edu e Nélio bebem cachaça juntos. Rafa vê Mateus na rodoviária e o acusa de achar que o mundo gira em torno dele. Clara se irrita porque pensa no beijo. João passa mal e manda chamar seu advogado. Clara procura a mulher de um cliente e encontra Pedro na casa dela.

QUARTA-FEIRA – Clara e Pedro brigam pela testemunha. Lipe se encontra com Mariana sem avisar Edu, que aparece de surpresa. O carro de Clara atola, Pedro finge que vai dar uma carona, mas a deixa sentada na lama. Nélio pede para ser peão de rodeio e é humilhadopor Zeca. Lipe finge estar com febre. Pedro cai da moto. Nélio se inscreve no rodeio. Fugindo do temporal, Clara e Pedro se abrigam num celeiro.

QUINTA-FEIRA – Clara tenta ir embora, mas não consegue. Esmeralda aceita se casar e Mateus fica revoltado. Lipe vibra ao ver que os pais estão se entendendo. Pedro se insinua, mas Clara dá um corte. Edu propõe a Mariana que eles se entendam fora do tribunal. Pedro acorda gritando, fragilizado, e Clara o conforta. Zeca oferece um emprego na caravana para Nélio. Começa a audiência de Edu e Mariana.

17 a 22/06/2002
SEGUNDA-FEIRA – João tem um acidentevascular cerebral e vai para a UTI. Amelinha chega ao hospital e leva uma bofetada de Clara. Os rapazes começam a cobrar pelas massagens de Nélio. Lipe critica Mariana por ter falado mal do pai. Amelinha conta para Edu que Clara é sua irmã. Ele corre para o hospital e dá de cara com Pedro. O promotor dá a Clara o documento no qual João lhe doa um terço dos bens.

TERÇA-FEIRA – Clara diz que não quer nada do fazendeiro. João está fora de perigo. Lineu diz a Amelinha que a única coisa que impede a hidrelétrica é a casa de Raimunda. Ela pede que Raimunda volte a morar na fazenda. Edu diz a Mariana que também vai jogar pesado. Clara manda Amelinha desistir de comprar a casa de Raimunda e mostra o documento no qual João lhe doou parte de seus bens.

QUARTA-FEIRA – Amelinha fica possessa, mas Clara garante que não tem interesse no dinheiro de João. Edu diz a Mariana e Leandro que não deixará Lipe ir para a França com eles. Clara diz a Raul que ele sempre será o pai que ela admira. Nélio vai trabalhar com a primeira-dama. Clara diz a Edu que é preciso investigar no Rio e revelar a vida de Mariana no tribunal. Pedro avisa Clara que vai com ela para o Rio.

24 a 29/06/2002
SEGUNDA-FEIRA – Mariana ri do constrangimento de Edu. O marido de Mercedes procura os advogados e conta onde ela e Mariana compravam drogas. Clara e Matilde sobem o morro sem Pedro. O traficante Tião prende as duas e quer saber o paradeiro de Mariana. Lolô pede que Nélio fique com ela, senão contará para o pai as fugidas da mãe. Andréa, a assistente social, surpreende-se ao ver Mariana cuidando de Edu.

TERÇA-FEIRA – Mariana banca a bondosa e Andréa mostra-se solidária. Lineu ameaça capar Nélio, mas Lolô pede que o pai o obrigue a se casar com ela. Baú enjoa de tanto lamber cola de envelope, passa mal e desmaia. Matilde, Pedro e Clara vão a uma boate barra pesada. Clara, bêbada, e Pedro se beijam. Ela chama Pedro de Edu, irritando-o. Ele desabotoa a blusa de Clara depois que ela dorme.

QUARTA-FEIRA – Pedro tira a roupa de Clara e deita-se nu ao lado dela. Mariana fica revoltada por Edu mandar revirar seu passado e se desculpa com Leandro. Clara acorda e grita ao ver Pedro ao seu lado na cama. Edu liga e ele atende. Rita agarra Nélio e se escondeno armário quando Lolô chega. Leandro insiste que Mariana ligue para o irmão, Quinzinho. Clara, Pedro e Matilde batem na porta de Joaquim.

QUINTA-FEIRA – Joaquim, que tem um problema na perna, diz que não quer se envolver. Lineu acha que Nélio pode dar um bom vice e lhe ensina etiqueta e as manhas da política. Joaquim pede um tempo a Clara para decidir se vai testemunhar. Mariana telefona para o irmão e pede ajuda. As mulheres gritam histéricas no primeiro comício de Nélio. Mateus beija Rafa. Amelinha dá dinheiro para Nélio fugir sozinho.

SEXTA-FEIRA – Pedro diz a Clara que está apaixonado, mas logo recupera o jeito provocador. Nélio diz a Amelinha que vai se casar com Lolô. Leandro conta para Andréa que Edu foi a um congresso e não sabia com quem deixar Lipe. O casamento de Lolô e Nélio é interrompido por Maurício, que promete assumir o filho. Leandro pede Mariana em casamento. Joaquim diz a Clara que não testemunhará contra a irmã.

SÁBADO – Nélio diz a Rita que não vai ser objeto sexual. Amelinha ameaça o vizinho que avançou com a cerca em sua fazenda. João piora. Edu fica enciumado ao ver Clara chegar com Pedro. Baú resolve ir à casa de Pati e a ouve dizer que o odeia. Edu se irrita quando Marina chega para ficar com Lipe porque ele tem que dar aula. Depois que o pai sai, Lipe tenta pegar um saco de biscoitos, sobe em um banco e cai.

01 a 06/07/2002
SEGUNDA-FEIRA – Com um corte na cabeça, Lipe chama pelo pai e pela mãe. Clara o leva para o pronto-socorro. Mariana e Leandro acusam Edu. Nélio põe anúncio no jornal procurando uma esposa. Baú banca o cínico no ensaio do casamento. Clara vai ao hospital e, no leito de João, diz que seu pai é Raul. Leandro e Carrasco pressionam Lipe para saber o que ele vai dizer quando for perguntado com quem quer ficar.

TERÇA-FEIRA – Lipe chuta a canela de Leandro. Amelinha e Clara brigam por causa da decoração da cabana de caça. Pati estranha o jeito de Baú, mas ele finge que nada aconteceu. Pedro vai visitar Clara na cabana. Rita diz a Amelinha que Nélio está de caso com Esmeralda. Lipe conversa à vontade com Pedro,o juiz e a assistente social. Muda de expressão, porém, quando é perguntado com quem deseja ficar.

QUARTA-FEIRA – Lipe diz que quer ficar com os dois, mas acaba concordando que se continuar com Edu está tudo bem. Esmeralda nega, mas quando Rita tripudia ela mente que está de caso com Nélio. Pedro ergue um brinde aos filhos criados longe do pai. Lipe explode com a pressão dos pais. Baú some. Pedro, na brincadeira, propõe casamento a Clara. Pati vai até o altar sozinha. Baú chega logo depois, sério.

QUINTA-FEIRA – Baú pede que Pati dance com ele e empurra a cadeira de rodas, deixando-a constrangida. Mariana mostra a Lipe a casa em que vão morar. Ele não gosta quando Leandro diz que será seu novo pai. Clara insiste para que Pedro fale do seu passado e ele acaba chorando de saudade dos filhos. Nélio e Esmeralda não se agüentam e se beijam. Edu se decepciona ao ver Pedro dormindo na cabana de Clara.

SEXTA-FEIRA – Edu vai embora enciumado. Esmeralda diz a Nélio que a história deles não tem futuro. No meio da noite, Pedro se deita na cama de Clara, que o expulsa. Mariana sugere viajar com Leandro e Lipe para os dois se entenderem. Rafa confessa a Fábio que gosta dele e de Mateus. Baú diz aos amigos que vai fazer Pati sofrer. Edu aceita que Lipe passe fins de semana alternados com Mariana. Lipe viaja.

SÁBADO- Leandro e Lipe implicam um com ooutro. Esmeralda diz a Nélio que a diferença de idade atrapalha. Lipe se aborrece quando Leandro fala em morar na França. Baú avisa a Pati que se sente tão culpado pelo acidente que nem consegue transar. João sai de seu corpo e conversa com Sofia. Leandro joga Lipe de roupa na piscina e ele piora da gripe. Edu se estranha com Leandro e o chama de covarde.

08 a 13/07/2002
SEGUNDA-FEIRA – Edu e Leandro trocam socos e acabam na delegacia. Amelinha oferece dinheiro para Leandro retirar a queixa, mas ele não aceita. Sofia conversa com a imagem do pai. Mariana convida Lipe para dormir em sua nova casa, mas ele prefere ficar com o pai. Baú cai na farra com Cardosinho e Carlos. Edu se preocupa quando Clara diz que o relatório da assistente social é mais favorável à Mariana.

TERÇA-FEIRA – Clara pede que Edu se acalme. Amelinha ameaça pôr Sofia de castigo. João joga um cinzeiro no chão, assustando-a. Carrasco ensina Mariana a bancar a vítima no tribunal. Edu contrata Rosana como baby-sitter. Leandro propõe aumentar a nota de Rosana se ela atrapalhar a vida de Edu. Lipe tem um pesadelo. Mariana começa o seu depoimento falando sobre o gênio difícil do ex-marido.

QUARTA-FEIRA – Edu espera ansioso do lado de fora e Amelinha o acalma. Mariana garante ao juiz que está limpa e Pedro diz que ela está em tratamento. Madalena defende Mariana, mas Clara força-a a falar da festa de Lipe. O médico de Mariana depõe a seu favor. Edu beija Clara, mas Pedro interrompe.Clara vê João na beira da cama. Rosana se insinua para Edu. Mariana diz ao juiz que tem condições de criar o filho.

QUINTA-FEIRA – Começa o depoimento de Edu. Pati segue Baú até a cachoeira, onde ele se encontra com mulheres. Clara e Carrasco trocam acusações, irritando Bonifácio. Amelinha e Nélio transam. Rosana diz a Edu que quer passar a noite com ele. Ele coloca-a gentilmente para fora. Pati diz a Baú que, por um milagre, ela voltou a andar. Edu vê Rosana contando a Leandro e outros professores que foi agarrada por ele.

SEXTA-FEIRA – Edu nega, mas Rosana o acusa de assédio sexual. Mariana acha que Leandro armou tudo. Na audiência, Leandro surpreende a todos mostrando uma certidão de casamento com Mariana. Ele mostra a declaração assinada por Rosana, mas Pedro não deixa que seja incluída nos autos. Edu liga para Joaquim e tenta convencê-lo a depor. Sofia chama o pai. Joaquim entra no tribunal.

SÁBADO – Mariana tenta impedir que o irmão deponha, mas não consegue. Ele conta ao juiz que a irmã o atropelou quando ele tentou impedi-la de dirigir bêbada. Pati se insinua para Nélio. Baú os flagra e manda que o peão fique com ela. Edu comemora antecipadamente a vitória comendo pizza com Lipe. Pedro diz a Clara que é hora de ela esquecer Edu. O juiz dá a guarda de Lipe para Mariana.

15 a 20/07/2002
SEGUNDA-FEIRA – Edu fica desesperado e avançasobre o juiz. Pedro e Clara conseguem tirá-lo do tribunal. Mariana dá um beijo em Leandro, agradecida. Lipe fica triste ao saber que vai ter que morar com a mãe. Fábio fica zangado ao ver Mateus estudando com Rafaela. Clara tenta consolar Edu, mas ele a trata mal. Pedro beija Clara e ela confessa que gosta dele. Edu leva Lipe para a casa de Mariana, arrasado.

TERÇA-FEIRA – Pedro promete que vai acabar com a solidão de Clara. Três meses depois, Amelinha mostra uma barriga de oito meses. Raimunda se preocupa, pois Amelinha inicia as obras da hidrelétrica e não entregou terras aos posseiros. Mariana tem dificuldades com Lipe. Nélio acha um bebê num cesto com um bilhete que diz que é sua filha. Mariana pede a Edu que faça Lipe ficar amigo de Leandro.

QUARTA-FEIRA – Edu diz que a responsabilidade agora é dela. Pedro acampa no jardim de Clara. Esmeralda ajuda Nélio a cuidar do bebê. Lipe põe sal no açucareiro. Clara promete aos posseiros entrar com um recurso. Pedro diz a Clara que confia nela para conseguir o direito de visita aos filhos. Lígia diz a Edu e Mariana que Lipe está agressivo. Ele insiste que quer morar com o pai. Nélio e Esmeralda se beijam.

QUINTA-FEIRA – Eemeralda deixa claro que não vai ser a mãe da filha de Nélio. Mariana sugere que Edu, Leandro e Lipe acampem juntos. Clara manda Pedro dormir na barraca. Nélio sofre para trocar fraldas. Raul leva os papéis do divórcio para Lígia assinar. Edu teme perder o recurso por não ter uma família constituída. Mateus fica arrasado por não passar no vestibular. Edu pede Clara em casamento.

SEXTA-FEIRA – Clara não aceita o pedido de Edu. Mateus diz a Rafa que não ligou por não ter entrado na faculdade. Leandro, Edu e Lipe viajam, o carro ferve e eles acabam na oficina de Morcego. Lipe descobre que é um desmanche e os bandidos provocam Leandro e Edu. A polícia chega. No Império, Edu briga com um homem que dá um peteleco em Lipe e é fotografado. Na manhã seguinte, ele vê a foto no jornal.

SÁBADO – Amelinha, fingindo estar muito aflita, promete que vai estar sempre ao lado de Edu. Esmeralda aconselha Nélio a entrar com um pedido de adoção e ele resolve que ela será a mãe. O novo advogado de Edu diz que ele perdeu o recurso. Pedro procura Edu e lhe diz que Clara está muito feliz ao seu lado. Mariana avisa Edu que vai levar Lipe para a França. Edu pede Amelinha em casamento.

22 a 27/07/2002
SEGUNDA-FEIRA – Amelinha fica feliz com aproposta de Edu. Leandro diz a Lipe que Mariana pode abandoná-lo de novo. Pedro pergunta a Clara se ela ainda ama Edu e ela nega. Rosana tenta se desculpar com Edu, mas ele a ignora. Pedro diz a Nélio que seria melhor se ele e Esmeralda se casassem para adotar Mabel. A mãe de Mabel vai buscá-la. Pedro queima sua barraca e diz a Clara que o casamento deles começou.

TERÇA-FEIRA – Clara aceita viver com Pedro. A mulher explica que Mabel não é filha de Nélio e ele é obrigado a entregá-la. Rafaela e Mateus transam. Clara começa a se irritar com a presença de Pedro. Amelinha manda Clara cuidar de suas terras e ela contrata Nélio. Pati quer se separar de Baú, mas ele diz que vai continuar casado com ela só para irritá-la. Amelinha fica indignada ao ver Nélio nas terras de Clara.

QUARTA-FEIRA – Amelinha promete que financiará a participação de Nélio em rodeios se ele parar de trabalhar para Clara. Edu diz a Amelinha que quer se casar logo para recuperar a guarda de Lipe. Nélio tenta se demitir, mas Clara o convence aficar. Baú ameaça espalhar que Pati fingiu ser paraplégica. Raul diz a Lígia que não a ama mais. Pedro vê Nélio em sua banheira. Clara encontra Edu na casa de Amelinha.

QUINTA-FEIRA – Clara ironiza porque Edu já se sente o dono da casa. Pedro e Nélio se enfrentam na banheira. Clara e Amelinha brigam por causa da cerca e Edu toma partido da futura mulher. Amelinha vigia Nélio com um binóculo. Edu e Lipe experimentam seus fraques para o casamento no dia seguinte. Nélio leva Amelinha para uma cabana, tranca-a lá e garante que ela só sairá quando desistir do casamento.

SEXTA-FEIRA – Amelinha tenta sair da cabana, mas descobre que a porta está trancada. Clara se preocupa com o paradeiro de Nélio. Raimunda deixa Edu intrigado ao contar que Amelinha e suas roupas desapareceram. Amelinha bate com um penico na cabeça de Nélio, nocauteando-o. Baú flagra Pati e Cardosinho se agarrando e morre de rir. A bolsa dáágua de Amelinha estoura e Nélio fica apavorado.

SÁBADO – Amelinha fica histérica e Nélio, atarantado. Ele se irita ao perceber que Amelinha inventou que o neném estava nascendo. Edu e Clara encontram Amelinha e Nélio. Mariana sente-se insegura, mas Leandro diz que Edu não vai recuperar a guarda de Lipe. Edu e Lipe vão para a igreja. Pedro veste uma casaca, dá um anel de plástico para Clara e tenta consolá-la. Amelinha sobe o altar.

29/07 a 03/08/2002
SEGUNDA-FEIRA – Amelinha e Edu se casam. Pedro pede que Clara vá à recepção para provar que pode encarar Edu. Lolô tenta seduzir Nélio. Esmeralda consegue fazer com que Raul e Lígia dancem juntos, mas ele continua frio com ela. Baú dança com Laura, deixando Pati furiosa. Mariana se sente tentada ao ver o drinque de Leandro. Nélio dá um fora em Lolô. Edu diz a Amelinha que não vai transar com ela.

TERÇA-FEIRA – Amelinha fica perplexa. Nélio afirma para Edu que ele não deveria brincar com os sentimentos de Amelinha. Leandro garante a Lipe que a culpa é dele por seu pai ter se casado com uma mulher que não ama. Lolô aparece na faculdade e Baú aproveita para provocar ciúmes em Pati. Edu vê Leandro maltratando Lipe e os dois quase brigam. Clara chama Lígia e Raul para jantar. Lipe foge de casa.

QUARTA-FEIRA – Edu e Mariana procuram Lipe. Amelinha morre de raiva por Edu ter saído para procurar Lipe. Clara tenta fazer com que Raul converse com Lígia. Edu encontra Lipe na rodoviária. Raimunda vê Nélio dormindo no galinheiro e ele diz que queria ficar perto de Amelinha. Edu tira o filho da casa de Mariana e bate em Leandro. Mariana vai buscar Lipe com a polícia e diz que Edu não poderá mais vê-lo.

QUINTA-FEIRA – Edu fica arrasado por ter que se separar do filho. Edu pede ajuda a Clara. Esmeralda aconselha Nélio a esquecer Amelinha. Lolô se insinua para Baú. Clara decide ajudar Edu, para raiva de Pedro e Amelinha. Edu agradece a Amelinha por tudo o que ela já fez por ele e os dois se beijam. Rafaela fica chateada ao ver Fábio beijando Rosana. Amelinha e Edu vão fazer amor, mas ela começa a passar mal.

SEXTA-FEIRA – Amelinha teme perder o bebê. Nélio procura Amelinha e Edu manda o peão desaparecer da fazenda. Baú estranha quando Pati não demonstra ciúmes. Eneida avisa a Clara que perderam o recurso do embargo da hidrelétrica. Edu conversa com os posseiros em nome de Amelinha e Clara o acusa de ter mudado de lado. Edu acusa Clara de ter traído o amor dos dois. Amelinha e Pedro chegam.

SÁBADO – Pedro vai embora e Clara vai atrás. Amelinha ficacalma, para surpresa de Edu, mas longe dele demonstra seu ódio. Baú provoca Pati, mas ela finge não notar. Lígia pede que Raul reconsidere a decisão de se separar. Edu descobre que Amelinha pagou alguém para fotografar a briga e pôr no jornal. Amelinha sente dores. Edu beija Clara. Nélio chega à fazenda e Raimunda pede que ele faça o parto.

05 a 10/08/2002
SEGUNDA-FEIRA – Nélio resolve fazer oparto de Amelinha. Clara manda Edu embora, mas ele a beija. Ela diz que a chance deles já passou e Pedro ouve. João acorda. Pedro diz a Edu que Amelinha está passando mal. O filho de Amelinha nasce. Nélio chega arrasado ao bar de Esmeralda, que o consola. Edu pede que Mariana deixe Lipe conhecer o irmão e ela concorda. João foge do hospital e procura Clara.

TERÇA-FEIRA – Clara diz a João que nunca vai chamá-lo de pai. Amelinha fica receosa de deixar Lipe pegar seu filho. Todos da fazenda ficam pasmos ao ver João, que se orgulha do neto. Baú fica confuso com a indiferença de Pati. Edu agradece a Nélio por ter feito o parto. João vai ao escritório de Raul e pede que ele desfaça seus negócios desonestos. Pedro manda que Edu pare de correr atrás de Clara.

QUARTA-FEIRA – Pedro acusa Edu de ser covarde. Os dois saem para brigar em local afastado. Pedro pede que Edu deixe Clara ser feliz. Raul pede que Clara não tenha contato com João. Lipe e Edu se encontram na escolinha de futebol. Os posseiros se defrontam com osoperários da hidrelétrica. Amelinha estranha as novas atitudes do pai. Esmeralda desmaia e Nélio a leva para o hospital. João e Edu brigam.

QUINTA-FEIRA – Armando diz a Mateus e Nélio que Esmeralda teve uma arritmia cardíaca. Amelinha proíbe João de chegar perto do neto. Lipe mente para a mãe para se encontrar com Edu. O bebê tem febre, Edu não vai ao encontro e pede desculpas ao filho. Mariana dá uma bronca em Lipe e ameaça prender Edu. Pati pede o divórcio a Baú. Amelinha avisa que entrou com um pedido de interdição de João.

SEXTA-FEIRA – Raul sugere que João passe sua fortuna para Amelinha. João pede que Clara seja sua advogada. Baú sai de casa. Fábio avisa aos amigos que foram desclassificados do festival porque a música de Baú não era inédita. Lipe não quer que o pai vá à sua festa. Amelinha manda reiniciar as obras e mostra a João uma procuração, assinada por ele antes do coma, dando-lhe plenos poderes.

SÁBADO – João fica decepcionado. Leandro incentiva o ciúme de Lipe. Baú agarra Lolô. Um mágico diverte as crianças na festa de Lipe. O menino descobre que o mágico é o pai. Leandro manda o delegado pôr Edu para fora. Amelinha leva uma bofetada de João.Esmeralda e Nélio se beijam. Amelinha manda os peões botarem João para fora, mas eles não obedecem. João resolve sair e pede abrigo para Clara.

12 a 17/08/2002
SEGUNDA-FEIRA – João pede para passar a noite na casa deClara. Baú se chateia ao ver que seus colegas de banda estão com raiva dele. Clara deixa que João fique. Pedro se irrita por dormir na sala. Amelinha fica furiosa ao saber que o pai está morando com Clara e diz que vai fazer com que ele perca seu poder. Pati e Lolô brigam. Clara discute com João e, sem querer, o chama de pai. Esmeralda e Nélio se beijam.

TERÇA-FEIRA – Nélio e Esmeralda dormem juntos. Lolô dá uma surra em Pati. Mateus encontra Nélio no quarto da mãe e fica furioso. Amelinha e Edu conversam com Armando sobre os cuidados que devem ter com o filho. Baú avisa Pati que vai começar a namorar Lolô. Nélio leva Esmeralda para passear pela cidade, mostrando a todos que eles estão juntos. Pedro diz a Clara que quer ter um filho com ela.

QUARTA-FEIRA – Clara diz a Pedro que não quer ter filhos. Amelinha vê Nélio beijando Esmeralda. Ela seduz Edu, eles transam, mas ele se arrepende. Lolô diz a Rita que vai engravidar de Baú para fazê-lo ficar com ela. Amelinha ameaça não contribuir para a campanha de Lineuse ele não expulsar os posseiros. Clara e Pedro vão defender os posseiros quando sabem que a polícia vai expulsá-los. Edu vai também.

QUINTA-FEIRA – Clara decide ir com Edu conversar com a polícia e Pedro fica com ciúmes. João exige que a polícia deixe os posseiros em paz. Mateus quer que Rafaela se case com ele, mas ela acha que está muito nova. Lineu diz a João que ele não tem mais autoridade na cidade. Edu convence o prefeito a fazer com que a polícia recue. Clara avisa Pedro que conseguiu para ele um encontro com seus filhos.

SEXTA-FEIRA – Clara confirma que o encontro é no dia seguinte, no Rio. Lipe pede à mãe que Leandro não faça nada contra Edu. Nélio e Esmeralda passeiam pela praça e os fofoqueiros comentam. Leandro pressiona Ronaldo a tomar uma atitude contra Edu. Rafa pede que Fábio finja que estão juntos. Clara e Pedro viajam. As crianças encontram um cavalo machucado. Pedro chora ao reencontrar os filhos.

SÁBADO – André e Rodrigo não aceitam os presentes de Pedro. Lipe pede ajuda a Nélio para controlar o cavalo Costelinha. O dono do animal aparece e concorda em vendê-lo. Baú só fala de Pati, irritando Lolô. A simpatia de Clara quebra o gelo de André e Rodrigo. Pedro diz aos filhos que não foi culpado pela morte da mãe e eles se abraçam. Mateus vê Rafa e Fábio se beijando. Pedro pede Clara em casamento.

19 a 24/08/2002
SEGUNDA-FEIRA – Clara não sabe se quer se casar com Pedro. Nélio garante que vai dar um jeito de comprar Costelinha. Esmeralda dá aulas de português a Nélio. Mateus termina com Rafa e vai embora. João conta a Edu que Pedro pediu Clara em casamento. O juiz permite que Edu volte a ver o filho. Lipe quer que Nélio ganhe o rodeio para comprar Costelinha. Amelinha se oferece para patrocinar o peão.

TERÇA-FEIRA – Nélio fica tentado a participar do rodeio, mas se recusa por causa de Esmeralda. Edu implora que Clara qunão se case com Pedro, mas ela se irrita com as exigências dele. Lolô se insinua para Baú, que foge. Zeca Estrela desafia Nélio a participar do rodeio. Mariana resolve levar um gato de rua para Lipe. Clara pensa em como vivia dividida quando estava com Júlio e Edu e aceita se casar com Pedro.

QUARTA-FEIRA – Pedro vibra. Amelinha se impressiona com a presunção de Buddy Holiday, empresário de Zeca. Mariana passa mal e Armando diagnostica alergia a gato. Nélio pede que Pedro se inscreva no rodeio para que ele participe disfarçado. As crianças pedem doações para comprar Costelinha. Nélio, de capacete, faz boa apresentação no rodeio. Edu se choca quando Clara diz que vai se casar com Pedro.

QUINTA-FEIRA – Edu insiste que Clara não ama Pedro e ela manda que o professor não se intrometa. Esmeralda diz a Nélio que não perdoa mentiras. Lipe propõe uma trégua e Leandro aceita. As crianças acusam Nélio de covarde. O peão motoqueiro fica 12 segundos em cima do cavalo. Zeca Estrela exige que ele tire o capacete, mas o peão consegue escapar. Amelinha descobre que Nélio é o peão motoqueiro.

SEXTA-FEIRA – Amelinha diz que não vai contar aos organizadores, só a Esmeralda. Clara aconselha Pedro a parar com a farsa. Amelinha diz a Esmeralda que há um segredo entre ela e o peão. Edu nega que sua viagem tenha a ver com Clara, mas Amelinha fica intrigada. Esmeralda organiza um brunch para exibir os progressos de Nélio na hora do rodeio. Pedro fica apreensivo com o atraso e decide montar o cavalo.

SÁBADO – Pedro se agarra ao cavalo e se classifica.Ao saber que o motoqueiro se classificou, Nélio se assusta e começa a falar português castiço. Leandro desafia Lipe a comer escargot, mas acaba preparando um hambúrguer. Zeca oferece uma vaga na companhia para Pedro, desde que ele perca o rodeio. Baú cai nos braços de Pati. Buddy sabota o cavalo de Nélio, que cai. Amelinha corre para o meio da arena.

26 a 31/08/2002
SEGUNDA-FEIRA – Nélio acorda e Amelinha fica feliz, mas disfarça. Pedro e Nélio garantem que houve sabotagem. Baú jura para Pati que não quer mais Lolô. Amelinha diz a Esmeralda que Nélio estava no rodeio e ela se sente humilhada. Nélio decide ir embora do bar, mas Esmeralda o perdoa. Lolô se insinua para Zeca Estrela. Leandro encontra-se com um homem estranho. Nélio começa outra prova no rodeio.

TERÇA-FEIRA – Nélio e Buddy terminam empatados. Clara leva João para a audiência que servirá para provar que ele não é louco. O homem misterioso pede a Leandro dinheiro para não revelar que ele mandou matar Júlio. Nélio vence o rodeio e dedica a vitória a Esmeralda. Buddy convida Nélio para viajar com a companhia, mas ele não aceita. Lipe se esconde no carro de Leandro e o vê atirando no homem misterioso.

QUARTA-FEIRA – Amelinha fica perturbada ao ver que Nélio desistiu de ir embora por causa de Esmeralda. Lipe vê Leandro escondendo o corpo e foge. O dono de Costelinha diz a Nélio que o vendeu para um frigorífico. Lipe conta para Mariana o que viu, mas ela não acredita. Lipe conta para Clara. Nélio rouba Costelinha. Lipe pede que Mariana não o deixe sozinho com Leandro. Edu chega e vê o filho histérico.

QUINTA-FEIRA – Edu pergunta a Leandro o que ele fez com Lipe. A polícia procura Nélio no bar. Mariana deixa Lipe dormir na casa do pai. Clara deixa que Nélio esconda Costelinha em sua casa. Lipe diz a Edu que viu Leandro matar um homem e o professor o leva para prestar depoimento. A polícia procura provas contra Leandro, mas não acha nada. Leandro pega Lipe na escola e diz que quer conversar com ele.

SEXTA-FEIRA – Leandro diz a Lipe que ele se enganou. A polícia prende Nélio. Amelinha diz que comprou Costelinha e Esmeralda fica com ciúmes. Leandro sugere a Mariana e Edu que levem Lipe a um psicólogo. Edu fica furioso, mas concorda. Nélio passa a noite na cadeia. Mariana vê Edu procurando uma arma em sua casa. Leandro diz a Lipe que vai matar Edu se o menino insistir em sua história.

SÁBADO – Leandro manda Lipe dizer ao pai que inventou tudo. Mateus reclama porque está resfriado. Lipe diz ao pai que não quer falar com o juiz porque não tem certeza do que viu. Edu quer saber se ele foi ameaçado, mas o menino nega. Pedro pede que Clara converse com sua sogra e as duas se dão bem. Amelinha insufla o ódio de Raul por João. Leandro manda Lipe dizer ao juiz que quer morar com Mariana.

02 a 07/09/2002
SEGUNDA-FEIRA – Edu desconfia que Lipe está mentindo por ter sido pressionado por Leandro. Zuzu insiste em culpar Pedro pela morte da filha. Clara tenta convencer Pedro a se reaproximar da sogra. Lipe recusa-se a falar com Edu. Mateus trabalha sem camisa para atrair as mulheres, sem sucesso. Zuzu diz a Clara que tem pouco tempo de vida. Edu começa a achar que talvez seja melhor Lipe ficar com Mariana.

TERÇA-FEIRA – Mariana preocupa-se com Lipe, mas Leandro a tranqüiliza. Clara conta para Pedro o estado de Zuzu e ele se preocupa. Leandro manda Lipe mentir para a doutora Selma, mas ele começa a se abrir sem querer. Os estudantes se revoltam ao saberem que a hidrelétrica vai acabar com a cachoeira. Bruna beija Mateus. Leandro pede para conversar com Clara. Amelinha beija Nélio e Edu vê.

QUARTA-FEIRA – Amelinha se irrita porque Edu não sente ciúme. Bruna e Mateus transam, mas ela vê que ele gosta de Rafa. Os estudantes fazem um abaixo-assinado para salvar a cachoeira. Pedro manda o detetive olhar de novo o lugar que Lipe havia indicado. Nélio apresenta Amelinha a um rapaz com síndrome de Down. Alceu mostra a Leandro que encontrou seu camafeu. Clara e Edu se encontram no Rio.

QUINTA-FEIRA – Edu diz a Clara que vai convencer os empresários a se preocuparem com o meio ambiente. Amelinha fica perturbada ao conhecer Osvaldo. Os estudantes, apoiados por Pedro, mergulham na cachoeira para atrair a atenção da imprensa. Clara se chateia ao perceber que ela e Edu estão no mesmo hotel. Amelinha e Osvaldo conversam. João insiste para Raul voltar para casa. Edu e Clara se beijam.

SEXTA-FEIRA – Clara diz a Edu que precisa conversar com Pedro, mas admite que ainda o ama. Zuzu revela a Clara que vai com os netos para Nova Aliança. Lipe fica preocupado ao saber que Leandro quer antecipar a viagem para a França. Os estudantes saem nus e pintados de verde para protestar e são presos. Edu conversa com Lipe, que chora. Pedro faz uma declaração para Clara, deixando-a sem ação.

09 a 14/09/2002
SEGUNDA-FEIRA – Zuzu diz que só deixaos meninos com Pedro se Clara se casar com ele. Osvaldo tenta pegar Joãozinho, mas Amelinha o empurra. Raul se perturba ao ver Lígia conversando com João. Leandro obriga Lipe a dizer a Edu que quer ir para Paris. Amelinha, a contragosto, pede desculpas a Osvaldo. Nélio fica bêbado e se atrasa para a festa de Esmeralda. Edu diz a Mariana que vai autorizar Lipe a viajar.

TERÇA-FEIRA – Esmeralda chega à festa com Nélio que, bêbado, só dá mancada. Osvaldo conta sua vida para Amelinha. Clara diz a Zuzu que sua proposta não tem cabimento. Edu diz a Amelinha que quer se separar. Zuzu passa mal e pede que os netos liguem para Pedro. Amelinha ameaça Clara com um revólver. Leandro intercepta Lipe, que ia à fazenda. Edu assina o documento autorizando Lipe a viajar.

QUARTA-FEIRA – Lipe diz que estava indo à livraria e Leandro o acompanha. Nélio desarma Amelinha. Osvaldo descobre que Amelinha gosta de Nélio. Edu insiste que Clara conte tudo para Pedro. Lipe pede a Mariana que pergunte sobre a arma que Leandro guardava noarmário. Osvaldo convence Nélio de que Amelinha quer companhia para levar João à fisioterapia. Mariana pergunta pela arma e Leandro desconversa.

QUINTA-FEIRA – Mariana se oferece para ajudar Leandro a procurar a arma e ele fica nervoso. Amelinha e Esmeralda brigam, mas Nélio as separa. Leandro diz que vendeu a arma, mas Mariana percebe que ele está mentindo. Ronaldo diz a Clara que o caminhoneiro que viu o acidente de Júlio desapareceu. Os estudantes protestam na frente das obras e Amelinha manda a escavadeira para cima deles.

16 a 21/09/2002
SEGUNDA-FEIRA – Edu pede a Lipe que se acalme e lhe conte a verdade. Pedro acusaClara de traição. Lipe revela a Edu que Leandro o estava ameaçando. João, confuso, vai para a casa de Clara. Pedro toma um porre. Edu decide levar Lipe embora. Clara descobre que Raul deu antidepressivos a João. Leandro mata Alceu e põe a culpa em Edu. Pedro vai atrás de Edu e tenta levá-lo para a delegacia, mas ele o nocauteia.

TERÇA-FEIRA – Clara acode Pedro. Edu garante que não matou Alceu. Pedro insiste que vai prendê-lo. Leandro acusa Edu em seu depoimento. A polícia cerca a fazenda e Amelinha desacata Pedro. Fábio e Rafa escondem o professor na república. Edu pede a Nélio que ajude Amelinha a cuidar de Joãozinho. Nélio leva Edu em uma carroça para encontrar Clara, que garante que vai provar a inocência dele.

QUARTA-FEIRA – Clara exige que Leandro conte sobre a morte de Alceu em detalhes. João oferece um café com purgante a Raul. Ronaldo mostra a Clara o laudo informando que havia um terceiro carro envolvido no acidente de Júlio. Leandro dá bebida para Mariana e diz que quer ir logo para Paris. Edu conversa com os posseiros e os estudantes quando a polícia chega. Eles fogem e Pedro manda a polícia agir.

QUINTA-FEIRA – Edu e Lipe fogem e Nélio os ajuda. Pedro vasculha a mata e pega Nélio, que finge não saber de nada. Esmeralda abriga Edu. Leandro é falsamente solidário com Ronaldo. Raul sente ciúme ao saber que João vai jantar com Lígia e resolve visitar Pati bem na hora. Pedro revista o quarto de Nélio. Edu e Lipe escapam no meio de uma passeata. Leandro os encontra escondidos no gabinete da universidade.

23 a 28/09/2002
SEGUNDA-FEIRA – Amelinha se tranca no banheiro e foge de Pedro de calcinha e sutiã.Fábio e Rafa batem boca sobre quem vai dar um teste de gravidez para Rosana. Mariana acusa Leandro de estar tentando enlouquecê-la só porque ela ouviu o segundo tiro em Alceu quando Edu já havia saído da casa. Edu finge ser gay para escapar da barreira policial. Uma viatura bate violentamente no carro de Clara.

TERÇA-FEIRA – Armando diz a Clara que ela tem somente um hematoma no rosto. Ela conta a Pedro que o caminhoneiro que sumiu é a testemunha do acidente de Júlio. Esmeralda se recusa a dar bebida para Mariana. Amelinha se enfia na cama de Nélio e confessa que o ama há muito tempo. O juiz declara João em pleno domínio de suas faculdades. Nélio sai para conversar com os policiais e é baleado.

QUARTA-FEIRA – Pedro promete a Clara que vai se afastar das buscas. Edu se entrega e Clara se apresenta à imprensa como sua advogada. Nélio está fora de perigo. Leandro tranca Mariana no quarto. Pati descobre que está grávida de Baú. Lipe dá os detalhes para um retrato falado do caminhoneiro. Esmeralda diz a Nélio queaceita seu pedido de casamento. Amelinha diz a Edu que Joãozinho é filho de Nélio.

Elenco / Personagens

EDUARDO FEITOSA (Fábio Assunção) – Professor de Biologia, é um rebelde com causa, um grande defensor da natureza e das leis de proteção ambiental. Um homem de temperamento forte, cheio de princípios e que não abre mão de seus valores morais. Cria o filho Lipe (Pedro Malta) sozinho e tenta mantê-lo afastado da mãe, Mariana (Carolina Kasting), cuja dependência química e consequente irresponsabilidade não lhe deram condições de criar o filho. Ele se muda com o filho para a charmosa e fictícia cidade de Nova Aliança, em Minas Gerais, em busca de qualidade de vida. Fica noivo de Amelinha (Adriana Esteves) quase que por obrigação, mas se rende ao amor de Clara (Helena Ranaldi).

JOÃO MOURÃO (Cláudio Marzo) – É um homem ambicioso, que tem uma percepção de vida baseada em valores materiais. Para ele, as pessoas se dividem em dois grupos: os que têm ambição e capacidade; e aqueles que não possuem nem uma coisa, nem outra e não chegam a lugar algum. Ele é uma pessoa autoritária e que impõe seus valores a todos os que o cercam. Tem uma ótima relação com sua filha Amelinha (Adriana Esteves) e péssima com a caçula Sofia (Jéssica Marina). No final da novela, descobre que Clara (Helena Ranaldi) também é sua herdeira, fruto de um caso com Lígia (Jussara Freire). João não simpatiza com Edu (Fábio Assunção), noivo de Amelinha, pois o rapaz é defensor das leis de proteção ambiental, o que o transforma em rival na briga por uma mata virgem cobiçada pelo fazendeiro. João vive um discreto namoro com Esmeralda (Ângela Vieira).

AMÉLIA MOURÃO (Adriana Esteves) – Filha mais velha de João Mourão (Cláudio Marzo), irmã de Sofia (Jéssica Marina) e meia-irmã de Clara (Helena Ranaldi), com quem disputa o amor de Edu (Fábio Assunção). É falsa, interesseira e sonha ter os dois homens que ela mais ama na vida próximos a ela. O que é praticamente uma missão impossível, já que pai e noivo têm valores e crenças muito diferentes. No decorrer da história, ela dá à luz Joãozinho, um bebê com síndrome de Down, filho de Nélio (Vladimir Britcha).

CLARA GOUVEIA (Helena Ranaldi) – Representa a mulher moderna. Clara é advogada, filha de Lígia (Jussara Freire) e do experiente advogado Raul Gouveia (Marcos Caruso), e namorada de Leandro (Marcello Antony). No final da novela, no entanto, revela-se que ela é fruto de um caso entre João Mourão (Cláudio Marzo) e Lígia, o que a torna meia-irmã de Pati (Marília Passos) e Amelinha (Adriana Esteves). Clara é professora e responsável pelo escritório modelo do curso de Direito da Universidade Estadual de Nova Aliança (Uena), onde Edu (Fábio Assunção) começa a dar aulas. Exerce a profissão com dedicação, trabalha como voluntária na escola da cidade e guarda do passado uma experiência emocionalmente traumática, pois foi amante de um homem casado. O relacionamento, em uma cidade do interior, transformou-a em uma pessoa reticente quanto ao amor. Tenta desencorajar Leandro (Marcello Antony) a se casar com ela, mas acaba por se apaixonar por Edu. Esse romance, no entanto, sofre a interferência de Leandro, Amelinha (Adriana Esteves) e de Pedro Guerra (Bruno Garcia).

LEANDRO JUNQUEIRA (Marcello Antony) – É um homem sofisticado e que ama, sinceramente, a namorada Clara (Helena Ranaldi). É chefe de Edu (Fábio Assunção) na Universidade Estadual de Nova Aliança (Uena), onde é coordenador do curso de Agronomia, e seu rival na disputa pelo amor da jovem. Leandro é um carreirista que finge ser aliado do reitor Ronaldo Rosa (Leonardo Villar), mas, na verdade, é um espião de João Mourão (Cláudio Marzo) no mundo estudantil.

PEDRO GUERRA (Bruno Garcia) – O promotor é um homem sedutor e bem-humorado. Ele tenta, de todas as formas, conquistar o coração da advogada Clara (Helena Ranaldi).

MARIANA (Carolina Kasting) – Depois de abandonar o pequeno Lipe (Pedro Malta) aos cuidados do pai por quase dez anos, a ex-dependente química resolve tentar reatar a relação com o filho e também com Edu (Fábio Assunção). É o amor do passado do professor, que ameaça o noivado com Amelinha (Adriana Esteves) e a relação com Clara (Helena Ranaldi).

LIPE (Pedro Malta) – Filho do jovem professor Edu (Fábio Assunção) e da ex-dependente química Mariana (Carolina Kasting). É um grande companheiro para o pai e sofre com a volta repentina da mãe, que o abandonou quando era muito pequeno.
SOFIA MOURÃO (Jéssica Marina) – A caçula de João Mourão (Cláudio Marzo) e a irmã de Amelinha (Adriana Esteves). A jovem tem experiências mediúnicas: é capaz de captar o passado e prever acontecimentos futuros apenas tocando com as mãos um objeto íntimo ou a própria pessoa. Recorre sempre à Raimunda (Dill Costa) que, na ausência da mãe, acabou se transformando em sua figura materna.

RITA (Alexandra Richter) – É mulher de Lineu Inácio (Paulo Figueiredo), o prefeito de Nova Aliança. Faz caridade esperando o reconhecimento público. Vive uma paixão avassaladora com Nélio (Vladimir Britcha), peão da fazenda de João Mourão (Cláudio Marzo).

LINEU INÁCIO (Paulo Figueiredo) – Prefeito da cidade de Nova Aliança. Nem desconfia do caso de sua mulher, Rita (Alexandra Richter), com o peão Nélio (Vladimir Britcha).

NÉLIO (Vladimir Britcha) – É apaixonado pela mimada Amelinha (Adriana Esteves), mas, enquanto a moça não liga a mínima para ele, vive um romance com Rita (Alexandra Richter), mulher do prefeito Lineu Inácio (Paulo Figueiredo). Nélio é o capataz da fazenda Vitória, de propriedade de João Mourão (Cláudio Marzo), e adorado pelas crianças por suas brincadeiras e habilidade com animais. No final da história, descobre ser pai de Joãozinho, filho de Amelinha.

ENEIDA (Ana Carbatti) – É advogada e confidente de Clara (Helena Ranaldi). É uma professora rígida e muito desejada pelo universitário Cardosinho (Betito Tavares).

ESMERALDA (Ângela Vieira) – Dona do Bar Império e uma das figuras mais notórias de Nova Aliança. Esmeralda é uma mulher de fibra, muito forte, e apaixonada por João Mourão (Cláudio Marzo). Só não aguenta o namoro não assumido. Cobra ao filho Matheus (Caio Blat) o fato de não estar cursando uma faculdade, mas nada a impede de viver uma relação de cumplicidade com ele.

MATHEUS (Caio Blat) – Inveja os universitários, porque não passou no vestibular. Detesta em especial Baú (Cláudio Heinrich), para quem perdeu a namorada Pati (Marília Passos). É crítico e possui um humor ácido. Vive uma relação de cumplicidade com a mãe Esmeralda Esmeralda (Ângela Vieira).

BAÚ (Cláudio Heinrich) – É um adorável cafajeste: fica com todas as meninas e não esconde de ninguém sua vocação para Don Juan. É o veterano da república das Bananeiras, e já está entrando no penúltimo semestre de Agronomia, na Universidade Estadual de Nova Aliança (Uena).

RAFAELA (Júlia Feldens) – É a mais nova caloura a entrar para a Universidade de Nova Aliança. Deseja se tornar uma grande advogada e, por sua força de vontade e dedicação, conquista a amizade e a admiração de Clara (Helena Ranaldi). É filha de Eliane (Malu Valle) e Antônio (Plínio Soares) e objeto de cobiça de Carlos (Rodrigo Prado), que faz tudo para conquistá-la.

ELIANE (Malu Valle) – Esposa de Antônio (Plínio Soares) e mãe de Rafaela (Júlia Feldens).

ANTÔNIO (Plínio Soares) – Marido de Eliane (Malu Valle) e pai de Rafaela (Júlia Feldens).

ROSANA (Alinne Moraes) – É a líder da república Três Corações. Tem um filho, Vítor (Kaylani), fruto de um namoro juvenil. Emocionalmente imatura, Rosana delega a maior parte de suas responsabilidades maternas para Bruna (Michelle Birkheuer), que adora o garoto, e para a caloura Rafaela (Júlia Feldens).

LUCIANA (Jana Palma) – É a paixão da vida de Fábio (Paulo Vilhena). Ao contrário do rapaz, não pensa em se amarrar tão cedo, o que rende ao namorado uma desilusão amorosa.

FÁBIO (Paulo Vilhena) – É um calouro que vem da classe média de São Paulo e precisa aprender a viver em república. É cobiçado por Rosana (Alinne Moraes), apaixona-se por Luciana (Jana Palma), mas descobre seu verdadeiro amor em Rafaela (Júlia Feldens).

CARDOSINHO (Betito Tavares) – É o grande gozador da turma de universitários. Tenta esconder das moças da cidade sua origem humilde, como filho de lavradores nordestinos. Obcecado por impressioná-las, Cardosinho se faz passar por filho de grandes latifundiários. Trabalha diariamente no consultório odontológico do doutor Armando (Ricardo Petráglia) e cobiça a advogada e professora Eneida (Ana Carbatti).

CARLOS (Rodrigo Prado) – Aluno do curso de Arquitetura, Carlos acompanha de perto as obras de restauração da igreja de Nova Aliança. É objeto de desejo de quase todas as meninas da cidade mineira, mas seu coração só se transtorna com a chegada de Rafaela (Júlia Feldens) à cidade.

BRUNA (Michelle Birkheuer) – Por conta do interesse de Carlos (Rodrigo Prado) em Rafaela (Júlia Feldens), Bruna inferniza a vida da caloura. É bastante determinada e atua como “mãe” do pequeno Vítor (Kaylani), filho de Rosana (Alinne Moraes).

RAIMUNDA (Dill Costa) – É uma empregada antiga da família Mourão. Na ausência de habilidade emocional do pai, João (Cláudio Marzo), e na falta de afeto da irmã, Amelinha (Adriana Esteves), é ela quem exerce a figura materna para Sofia (Jéssica Marina). Raimunda é esposa de Beraldo (Mario César Camargo) e mãe de Zé (Ramon Francisco).

BERALDO (Mario César Camargo) – Capataz da fazenda Vitória e braço-direito de João Mourão (Cláudio Marzo). É marido de Raimunda (Dill Costa) e pai de Zé (Ramon Francisco).

ZÉ (Ramon Francisco) – Filho de Raimunda (Dill Costa) e Beraldo (Mario César Camargo). Trabalha como guia turístico mirim em Nova Aliança e estuda pouco. Personifica a luta de Lígia (Jussara Freire) e Clara (Helena Ranaldi) contra a evasão escolar.

TIA ANA (Juliana Martins) – Luta pela valorização da escola.

DOUTOR ARMANDO (Ricardo Petráglia) – Dentista de Nova Aliança. Adora os garotos da universidade e está sempre paquerando Esmeralda (Ângela Vieira). Armando sabe que não é páreo para João Mourão (Cláudio Marzo), mas aposta no cansaço de Esmeralda ou na desistência do fazendeiro.

RONALDO ROSA (Leonardo Villar) – É o reitor da Universidade Estadual de Nova Aliança (Uena) e um dos maiores inimigos de João Mourão (Cláudio Marzo). É casado com Madalena (Sonia Guedes).

MADALENA (Sonia Guedes) – Deixou o magistério para se dedicar às tarefas domésticas. É esposa de Ronaldo Rosa (Leonardo Villar) e cuida com afinco da neta Carol (Nathalia França).

CAROL ROSA (Nathalia França) – Neta de Ronaldo (Leonardo Villar) e Madalena (Sonia Guedes). Transforma-se na melhor amiga de Lipe (Pedro Malta), depois de muita implicância com o garoto.
RAUL GOUVEIA (Marcus Caruso) – Um advogado extremamente culto e profundo conhecedor de leis. Tem uma ligação misteriosa e muito forte com o fazendeiro João Mourão (Cláudio Marzo). É marido de Lígia (Jussara Freire) e pai de Clara (Helena Ranaldi) e Pati (Marília Passos). No final da novela, no entanto, descobre que João Mourão é o verdadeiro pai de Clara, fruto de um caso que ele teve com Lígia.

LÍGIA GOUVEIA (Jussara Freire) – Mulher moderna, que levou a questão do voluntariado para a escola pública de Nova Aliança, da qual é diretora, e tem um importante papel na luta contra a evasão escolar. É esposa de Raul (Marcus Caruso) e mãe de Clara (Helena Ranaldi) e Pati (Marília Passos). Só que Clara é filha de João Mourão (Cláudio Marzo), fruto de um caso entre os dois.

PATI (Marília Passos) – filha de Lígia (Jussara Freire) e Raul (Marcus Caruso) e meia-irmã de Clara (Helena Ranaldi), que é fruto de um caso da mãe com João Mourão (Cláudio Marzo). Pati é a melhor amiga de Amelinha (Adriana Esteves). A sua autoestima é baixa, e ela se sente preterida em relação à Clara. Mantém um relacionamento descompromissado com Baú (Cláudio Heinrich).

Trilha Sonora Nacional e Internacional

Nacional:

Maria Solidária – Tema de abertura
Compositores: Fernando Brant/ Milton Nascimento
Intérprete: Beto Guedes

Bola de Meia, Bola de Gude – Tema de Lipe e Edu
Compositores: Milton Nascimento
Intérprete: 14 Bis

Confesso – Tema de Amelinha
Compositores: Ana Carolina/ Totonho Villeroy
Intérprete: Ana Carolina

Paisagem da Janela – Tema de Rafaela
Compositores: Fernando Brant/ Lô Borges
Intérprete: Lô Borges

Quando o Amor Era Medo – Tema de Edu
Compositores: Frejat/ Rodrigo Santos/ Mauro Sta.Cecilia
Intérprete: Frejat

Anima – Tema da locação Nova Aliança
Compositores: Zé Renato/ Milton Nascimento
Intérprete: Milton Nascimento

Eu me Acerto – Tema de Clara
Compositores: Zélia Duncan
Intérprete: Zélia Duncan

Menti pra Você, Mas Foi sem Querer – Tema do núcleo dos estudantes
Compositores: Rubinho Troll
Intérprete: Patu Fu

Acaso – Tema de Clara e Edu
Compositores: Ivan Lins/ Abel Silva
Intérprete: Ivan Lins

É Amanhã
Compositores: Cláudio David/ Christian Villaça/ Thiago Braga/ Daniel Lima
Intérprete: Eletrika

Acontecência – Tema de locação
Compositores: Claudio Nucci/ Juca Filho
Intérprete: Cláudio Nucci

Mas, Quem Diria – Tema de Nélio
Compositores: Rick Ferreira/ Silvio Pozel
Intérprete: Paula Hunter

Eu Não Acredito em Você – Tema de Fábio
Compositores: Vinny
Intérprete: Vinny

Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band – Tema das festas dos estudantes
Compositores: Lennon/ McCartney
Intérprete: Cássia Eller

Angelus – Tema geral
Compositores: Milton Nascimento
Intérprete: Leonardo Bretas e Milton Nascimento

Saudade
Compositores: Alberto Rosenblit
Intérprete: Instrumental

Internacional

Don’t Let me Get me
Compositores: Pink/ Dallas Austin
Intérprete: Pink

Wherever You Will Go – Tema de Edu e Clara
Compositores: Aaron Kamin/ Alex Band
Intérprete: The Calling

Never Tear Us Apart – Tema de Pedro
Compositores: Andrew Farriss/ Michael Hutchence
Intérprete: Joe Cocker

Easy 2 Luv
Compositores
Intérprete: Double You & DJ. Memê

Cruisin’
Compositores: Smokey Robinson
Intérprete: Mr. Jam

One Day in Your Life – Tema de Amelinha
Compositores: Anastacia/ Sam Watters/ Louis Biancaniello
Intérprete: Anastacia

Dancing in the Moonlight – Tema de Mariana e Leandro
Compositores: Sherman Kelly
Intérprete: Toploader

Walk Alone
Compositores
Intérprete: The Uglys

Friends & Family
Compositores: Arthur Lee
Intérprete: Trik Turner

She
Compositores: Jive Jones
Intérprete: Jive Jones

She’s an Angel
Compositores: Fabinho Almeida/ Ian Duarte
Intérprete: Sun Coast

Handy Man – James Taylor (tema de Nélio e Esmeralda)
Compositores: J. Jones/ O. Blackwell
Intérprete

Aubrey – Tema de Edu e Clara
Compositores: D. Gates
Intérprete: Bread

Agua Y Sal – Tema de Mateus e Rosana
Compositores: Alberto Moraga/ Jorge Drexler
Intérprete: Rosario

Someone Like You
Compositores: Van Morrison
Intérprete: Layan

Objection
Compositores
Intérprete: Michael Lorf

0 Comentário para: “Coração de Estudante Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *