As Pupilas do Senhor Reitor (SBT – 1994) Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela As Pupilas do Senhor Reitor (SBT – 1994) desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de As Pupilas do Senhor Reitor (SBT – 1994) e de todas as novelas do SBT.

Sobre a Novela As Pupilas do Senhor Reitor (SBT – 1994)

◘ Período de exibição: DATA
◘ Horário: 20h30
◘ Nº de capítulos: ND
◘ Autoria: NOME
◘ Direção: NOME

Na então aldeia de Póvoa de Varzim, região de Entre-o-Douro-e-Minho, em Portugal, o enredo trata dos conflitos dos moradores locais. Após a morte de seu pai, Margarida (Guida) vai viver com sua meia-irmã Clara, filha de sua madrasta. A madrasta morre e confere a educação das meninas ao Padre Antônio, o Senhor Reitor. A partir daí o Reitor começa a cuidar das duas mocinhas. Pedro, um homem simples que trabalha no campo como seu pai, o Sr. José Das Dornas, dono da fazenda mais importante da aldeia, é noivo da ambiciosa Clara. Guida, por sua vez, é a prometida de Daniel, que voltou à aldeia graduado como médico, destituindo o posto do Dr. João Semana. Mas o rapaz não se lembra de Guida, nem da promessa de casamento feita anos antes à jovem, assim como não se acostuma com a vida humilde da pequena aldeia.

O Reitor se inspirará na natureza para proteger e cuidar de suas flores (Guida e Clara), utilizando sua sabedoria para controlar as incríveis confusões que surgirão.

Na bela e romântica Portugal de 1860, se passa uma história de amor, ódio e fé. Padre Antônio tem duas pupilas: Clara e Margarida, duas jovens órfãs, que foram criadas sob a tutela dele, o Senhor Reitor.
A tranqüilidade na pequena Aldeia de Póvoa do Várzea é quebrada com a chegada de um jovem médico que estava estudando Medicina no Porto. Seu nome é Daniel. A presença dele irá criar muitos problemas e uma disputa entre as irmãs Clara e Margarida, que acabam se apaixonando pelo mesmo homem.
Enquanto isso, o Senhor Reitor é perseguido pela igreja conservadora. Além disso, ele irá viver momentos muito difíceis com a chegada de Dona Eugênia Carlota.
Ela volta à Aldeia para se vingar de Antonio. Quando jovem, ele renunciou ao amor dela para se tornar padre.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela As Pupilas do Senhor Reitor (SBT – 1994)

** Resumo não divulgado

O SBT exibia a novela em dois horários: às 19h45 e às 21h40.
Um dos últimos trabalhos do ator Luís Carlos Arutin, que interpretava o médico João Semana.
O tema de abertura era a bela “Canção do mar”, na voz de Dulce Pontes.
Foi a única novela fora da Globo de Débora Bloch e Eduardo Moscovis.
Como era comum na época em novelas do SBT, a primeira semana de As Pupilas do Senhor Reitor foi reapresentada na tarde do primeiro sábado seguinte à estreia. Seus últimos capítulos já vinham sendo apresentados no horário das 20h30, abrindo espaço para sua sucessora no novo horário, Sangue do Meu Sangue. O horário em que o SBT tradicionalmente apresentava novelas só foi reativado com a infantil “Chiquititas”.

O destaque ficou por conta das três beatas fofoqueiras interpretadas por Ana Lúcia Torre, Cláudia Mello e Míriam Mehler. Valéria Alencar como a fogosa Francisquinha que tomava banhos no rio para aliviar seus calores obteve grande sucesso da crítica e crescimento do seu papel sendo notícia no Jornal O DIA. Daniela Camargo mesmo fazendo, a antagonista, Amália, conquistou o coração do telespectadores quando seu personagem contraiu Tuberculose, tendo sua morte trágica, no final da novela, emocionado o público visto que salvou da morte seu grande amor Daniel (Du Moscovis) das garras do seu pai que intentava matá-lo. O sucesso de Daniela Camargo causou ciúmes em Débora Bloch (Guida) grande estrela da Globo que foi em algum momento apontada como responsável pela baixa audiência inicial de As Pupilas do Senhor Reitor. Até hoje Deborah Bloch não faz boas colocações sobre a referida personagem.

E também Cláudio Fontana, ótimo vivendo Manoel do Alpendre, que lhe rendeu inclusive, a última cena, a que finalizou a novela.

O personagem Daniel foi afastado por um tempo da novela bem como Guida passou a ter um comportamento mais agressivo o que permitiu maior identificação do público com o casal principal. Joana Fomm com sua melhor vilã, Eugênia Carlota, trouxe vida, a novela, no meio de sua exibição, fazendo com que seus índices de audiência aumentassem. As Pupilas do Senhor Reitor foi exibida em Portugal alcançando bastante sucesso.

Reapresentada às 19h00 a partir de 11 de dezembro de 2006. As Pupilas foi reexibida durante quatro dias, sem apresentar resultado satisfatório, ficando em terceiro lugar, atrás da Rede Record. Assim, em 15 de dezembro, o SBT resolveu cancelar a reapresentação da novela, a explicação dada foi a de que houve problemas nos direitos autorais da trilha sonora da trama. No lugar, aumentaram a duração do capítulo de A Feia Mais Bela, que passou a ocupar o horário de As Pupilas, tanto que alguns telespectadores que assistiam a novela revoltaram-se com o cancelamento da exibição.[1]
A novela voltou a ser reprisada entre 7 de maio e 3 de agosto de 2007, às 15h15(e depois às 16h), numa versão compacta de 65 capítulos.

Elenco
Juca de Oliveira – Padre Antônio
Débora Bloch – Margarida (Guida)
Luciana Braga – Clara
Eduardo Moscovis – Daniel
Tuca Andrada – Pedro
Cristina Bessa – Margarida
Paula Klein – Clara
Jiddu Pinheiro – Daniel (jovem)
Oberdan Júnior – Pedro (jovem)
Joana Fomm – Eugênia Carlota
Elias Gleizer – Sr. José das Dornas
Luiz Carlos Arutim – Dr. João Semana
Elizângela – Tereza
Daniela Camargo – Amália
Cláudio Fontana – Manoel do Alpendre
Denise Del Vecchio – Joana
Jofre Soares – Mestre Álvaro
Valéria Alencar – Francisquinha
Ana Lúcia Torre – Zefa das Graças
Cláudia Mello – Brásia
Míriam Mehler – Rosa
Rogério Márcico – Pereirinha
Roberto Bomtempo – Padre José
Lú Grimaldi – Elvira
Lulu Pavarin – Donana
Cláudio Curi – Rogério
Fernanda Muniz – Mariazinha
Oscar Magrini – Augusto
Caio Blat – Henrique
Eduardo Galvão – Fernão de Ribeira
Lúcia Romano – Isabel
Ariela Goldman – Maria do Porto
Fernando Neves – Joaquim
Roney Facchini – Malaquias
Lavínia Panuzzio – Antonieta
Olair Coan – Padre Emílio
Bri Fiocca – Liduina
Alexandre Reinecke – Capitão
Bruno Gomes – Manoel do Alpendre(jovem)
Luiz Guilherme – General Afonso D’Alencastro
Rosamaria Murtinho – Ressureição
Paulo Goulart – Dom Arlindo
Cristina Padiglone –
Ana Carolina –
Sabrina Beráguas –

Elenco / Personagens

Padre Antonio, o Reitor (Juca de Oliveira)
Um padre bondoso, liberal, sábio e astuto. Conhece toda a Aldeia e seus habitantes. Tem sérios conflitos com os conservadores da igreja. Queria que Daniel fosse seu discípulo e se tornasse cônego, mas descobre o amor do menino por Guida e os separa. Ele convence o pai de Daniel, José das Dornas, a enviá-lo para estudar no Porto, onde há parentes que o vigiarão.

Margarida, a Guida (Debora Bloch)
Jovem bonita, que sempre consegue redimir os outros por meio de seu sacrifício e de sua dedicação. É irmã de Clara. As duas ficaram órfãs ainda crianças e cresceram debaixo da tutela do Reitor. Desde a infância, nutre um amor sincero por Daniel. Guida, como é chamada pelos amigos, está à frente de seu tempo porque ainda jovem resolve trabalhar. Ela é professora na Aldeia.

Clara (Luciana Braga)
Irmã mais nova de Margarida, é impulsiva e sedutora. Ela tem um romance com Pedro, mas se interessa pelo irmão dele, Daniel, quando este volta da Corte. Daniel é médico e um partido melhor.

Ressurreição (Rosamaria Murtinho)
Madrasta má de Guida. Só ama Clara, sua filha de sangue.

Daniel (Du Moscovis)
Filho caçula de José das Dornas. Na infância, é um menino desajeitado e frágil. Quando adulto, se forma em Medicina e torna-se um homem bonito e interessante. Sai da Aldeia trocando confidências amorosas com Guida, mas, ao voltar, não se lembra mais da namorada da infância e se envolve com Clara, Francisquinha e Amália. É um médico revolucionário, que entra em conflito com o velho clínico da Aldeia, Dr. João Semana.

Pedro (Tuca Andrada)
Irmão mais velho de Daniel. É um jovem rude, que se dedicou à lavoura durante toda sua vida. É um filho fiel ao pai. É íntegro, puro e apaixonado por Clara. Prepara-se para, um dia, substituir o pai em tudo. É adorado na Aldeia. Tem um dom: sabe como ninguém entoar uma seresta e cantar nas festas locais. Sente orgulho pelo irmão que se formou na Corte.

José Semana (Luiz Carlos Arutin)
O velho clínico da Aldeia. Misterioso, vive apenas acompanhado da sua fiel governanta, Dona Joana. Representa a medicina tradicional, ultrapassada, mas impõe seus métodos por ser muito querido por todos na Aldeia.

Joana (Denise Del Vecchio)
Fiel criada de João Semana. Uma mulher bonita, escondida em sua simplicidade. Sua presença forte aos poucos será revelada.

Amalia (Daniela Camargo)
Linda moça que vive nas altas rodas da cidade do Porto, onde conhece Daniel. Larga o noivado com um capitão para ir atrás de Daniel. Chega à Aldeia para resgatar seu amor pelo filho de José das Dornas e cobra uma promessa de casamento de Daniel. Hospeda-se na casa de João Semana.

João da Esquina (Renato Borgh)
O vendeiro da esquina. Engraçado, conhece os moradores da Aldeia um a um. É casado com Tereza e pai de Francisquinha. Arma um esquema para casar a filha com Daniel.

Dona Tereza (Elizângela)
Mulher de João da Esquina. É bonita e engraçada.

Francisquinha (Valéria Alencar)
Filha de João da Esquina e Dona Tereza. Joga-se nos braços de Daniel, após sua primeira consulta com o médico.

Pereirinha (Rogério Márcico)
O senhorio, como é conhecido, é uma espécie de vilão. Vive explorando os moradores pobres, cobrando aluguéis extorsivos e fazendo ameaças de despejo.

Mestre Álvaro (Jofre Soares)
Um ancião muito doente e pobre. Velho andarilho sem destino, foi parar na Aldeia por acaso. É uma espécie de mentor de Guida.

Manoel do Alpendre (Claudio Fontana)
Chegou na Aldeia ainda criança e era companheiro de traquinagem de Daniel e Pedro. Dizem que foi para a Aldeia em busca da mãe que viveria por lá. Arma-se um mistério: quem seria sua mãe? Seu protetor morre quando Manoel é ainda pequeno e não revela a identidade de sua mãe. Perambula pela Aldeia sem endereço fixo e vive de expediente, servindo a todos com simpatia. Seu olhar é doce, sua mente ágil e cultua a liberdade. Tem um romance com Mariazinha.

Mariazinha (Fernanda Muniz)
Moça alegre, que freqüenta muito a igreja e acaba se interessando por Manoel. É doce, meiga e amiga das pupilas.

José das Dornas (Elias Gleiser)
Morador viúvo e bem-sucedido da Aldeia. É um lavrador abastado, sadio, alegre, simpático e batalhador. Vive preocupado com o futuro dos filhos.

Trilha Sonora Nacional e Internacional

01 – Canção do mar – Dulce Pontes
02 -As minhas meninas – Chico Buarque
03 – Fado – Paulo de Carvalho e Ivan Lins
04 – Teu olhar – Grupo Soma
05 – Todo beijo – Marcelo e Gal Costa
06 – Canção da Dona Maria esperando o regresso da Naus – Filipa Pais
07 – Laurindinha – Dulce Pontes
08 – Ai mouraria – Lucinha Lins
09 – Barco fantasma – Maria Martha
10 – Tema do Reitor – Ricardo Botter Maio

0 Comentário para: “As Pupilas do Senhor Reitor (SBT – 1994) Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *