Anastácia, a Mulher Sem Destino Resumo e Informações

Confira o resumo da novela Anastácia, a Mulher Sem Destino desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Anastácia, a Mulher Sem Destino e de todas as novelas da Globo.

Sobre a Novela Anastácia, a Mulher Sem Destino

◘ Período de exibição: 28/06/1967 – 16/12/1967
◘ Horário: 21h
◘ Nº de capítulos: 125
◘ Autoria: Emiliano Queiroz e Janete Clair
◘ Supervisão de texto: Glória Magadan
◘ Direção: Régis Cardoso
◘ Direção geral: Henrique Martins

Apesar de baseada no folhetim francês A Toutinegra do Moinho, de Émile de Richebourg, a trama guarda poucas semelhanças com o original. A história se passa na França, no século XVIII, quando aperta o cerco aos republicanos espalhados por todo o país. Em Paris, Henri Monfort (Henrique Martins) é um dos que lutam contra a monarquia vigente na época. Casado com Anastácia (Leila Diniz), ele planeja a fuga de sua família para o Castelo de Monfort, propriedade que acabara de herdar. Mas, na hora da partida, é preso, fazendo com que Anastácia e a filha recém-nascida do casal, Henriette, sigam sozinhas.

Vítimas de uma emboscada, as duas são separadas: Anastácia acaba prisioneira em um navio corsário; e Henriette passa a ser criada pelos camponeses Pierre (Ênio Santos) e Gaby (Míriam Pires), que desconhecem sua origem. A falta de notícias da filha faz com que Anastácia, aos poucos, enlouqueça.

Paralelamente, se desenrola a trama de Blanche (Aracy Cardoso), filha do Marquês de Serval. Com a morte de Bernard (Hugo Santana), seu grande amor, ela acaba se rendendo ao pedido do pai e casa-se com o comandante Fábio Orsini (Edson França), sem saber que está grávida. O filho de Blanche nasce quando seu marido está em uma expedição em alto mar. Antes de ser entregue a mãe, no entanto, o bebê é raptado pelo marquês e entregue aos camponeses Gaby e Pierre, os mesmos que cuidam de Henriette. Blanche acredita que a criança nascera morta.

Quando retorna de sua longa viagem, Fábio descobre que a mulher tivera um filho durante sua ausência e que, ao contrário do que todos acreditam, ele está vivo. Ao ficar sabendo da verdade, Blanche passa a dedicar sua vida à busca pela criança, indo quase à loucura.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Anastácia, a Mulher Sem Destino

** O Resumo dos capítulos não está diponível.

Anastácia, a Mulher sem Destino é uma telenovela brasileira que foi produzida Rede Globo e exibida originalmente pela entre 28 de junho e 16 de dezembro de 1967, com um total de 125 capítulos. Foi a 4ª “novela das oito”, termo utilizado para se referir às produções veiculadas pela emissora no horário das oito horas da noite.

Baseada no folhetim francês A Toutinegra do Moinho, Anastácia escrita por Emiliano Queiroz e dirigida por Henrique Martins, e se tornou conhecida pelo fato de ter a roteirista Glória Magadan – responsável pelo núcleo de teledramaturgia da emissora – contratado Janete Clair para “encerrar” a trama, face seus decepcionantes índices de audiência. Ainda que telenovelas como O Ébrio e O Rei dos Ciganos tenham sido exibidas anteriormente no horário das oito da noite, a entrada de Clair na trama e na emissora, iniciando uma continuidade na exibição de produções no horário, dá início ao que seria posteriormente convencionado como “novela das oito

O enredo teve início nos arredores de Paris, França e a porção da telenovela que foi escrita por Emiliano Queiroz foi protagonizada por Anastácia, uma jovem órfã e pobre, que foi criada por Pierre, um velho lenhador, com o auxílio de Gaby, desconhecendo ser a filha do último czar russo, Nicolau II. O refúgio utilizado por Anastácia para esconder sua identidade – uma ilha vulcânica das Antilhas – foi um elemento-chave para a segunda porção da telenovela, escrita por Janete Clair, em que um terremoto mataria a maior parte do elenco e faria com a trama avançasse mais de vinte anos.

A cadência da trama e o entendimento do público foram prejudicados pelo excesso de personagens criados por Emiliano Queiroz. Com experiência em folhetins escritos para a Rádio Nacional e a TV Tupi, Janete Clair foi chamada para salvar a novela. Além de eliminar mais de 100 personagens usando como recurso um terremoto5 , promoveu um salto de 20 anos no tempo. Com os sobreviventes, reajustou o enredo e recuperou a audiência. A partir de então, Leila Diniz passou a se alternar em dois papéis, o de Anastácia – sua personagem original – e a filha dela. A novela não foi um sucesso de audiência, mas a solução bem sucedida encontrada por Janete Clair garantiu a permanência da autora na TV Globo, de onde nunca mais sairia.

Hugo Carvana estreou na TV Globo fazendo uma pequena ponta em Anastácia, a Mulher sem Destino. O seu personagem foi inserido na trama na segunda fase da novela, depois do terremoto.

Elenco / Personagens

ANASTÁCIA (Leila Diniz) – Casada com o republicano Henri (Henrique Martins), com quem tem uma filha, Henriette. Em sua fuga de Paris, acaba caindo em uma emboscada e separando-se da menina. Após o terremoto, Anastácia e Henri se reencontram. Ao longo da trama, ela enlouquece, só recuperando a sanidade mental após descobrir o paradeiro de sua filha, que assumira a identidade de Rose Forestier (Leila Diniz). É a única testemunha do crime cometido por Jean-Paul (Claudio Cavalcanti).

HENRI DE MONFORT (Henrique Martins) – Republicano, casado com Anastácia (Leila Diniz) e pai de Henriette. Exilado no presídio de Zenda, descobre que um impostor assumiu seu lugar no castelo de Monfort e promete voltar para se vingar daqueles que o separaram de seu amor e que roubaram sua herança. Após o terremoto, escapa da prisão e reaparece sob o nome de Maurice Duplessis, se escondendo como ajudante em uma igreja. Torna-se grande amigo da família Orsini, principalmente Roger (José Augusto Branco) e Helena (Neuza Amaral), que desconfia de sua verdadeira identidade. Dedica-se a encontrar Henriette. Quando conhece Rose (Leila Diniz), fica impressionado com a semelhança entre ela e Anastácia e passa a suspeitar que a jovem seja a filha que tanto procura. Recupera sua identidade, seu dinheiro e, o mais importante, sua família. No final da trama, é morto por Jean-Paul (Cláudio Cavalcanti).

BLANCHE (Aracy Cardoso) – Filha do Marques de Serval, é apaixonada por Bernard (Hugo Santana) desde a infância. Após a notícia da morte de seu grande amor, casa-se com o comandante Fábio Orsini (Edson França), sem saber que está grávida. Acredita que seu filho morrera no parto. Quando descobre que seu pai o levou para ser criado por camponeses, passa a dedicar sua vida à busca pela criança.

BERNARD (Hugo Santana) – Amor de infância de Blanche (Aracy Cardoso), é dado como morto após uma emboscada. Ao longo da história, descobre-se que ainda está vivo. Depois do terremoto, se muda para o México, onde comercializa pedras preciosas. Bernard enriquece e volta à França, onde casa-se com outra mulher e tem sete filhos.

MARQUES DE SERVAL – Pai de Blanche (Aracy Cardoso), não admite a idéia de ver sua filha casada com Bernard (Hugo Santana), pois deseja que a jovem se case com Fábio Orsini (Edson França), comandante da frota de descobertas da França. Despreza seu sobrinho Henri (Henrique Martins), que abandonou tudo para ser republicano. É o responsável pelo rapto do neto assim que a criança nasce, mas morre logo em seguida.

FÁBIO ORSINI (Edson França) – Homem rude, casa-se com Blanche (Aracy Cardoso) com o objetivo de se tornar Chefe da Expedição de Descobertas, uma vez que o casamento é uma exigência do cargo. É o principal opositor de Henri (Henrique Martins), pois reivindica o Castelo de Monfort como herança de sua mulher Blanche.
DUNERVILLE (Dary Reis) – Médico que ajuda Blanche (Aracy Cardoso) no nascimento de seu filho. Apaixonado pela jovem, é assassinado por Fábio Orsini (Edson França) durante um baile de máscaras.

HELENA (Neuza Amaral) – Prima de Blanche (Aracy Cardoso), é uma mulher terna e abnegada, cheia de encanto e mistério. Mora na casa do Marques de Serval e é amiga e confidente de Blanche. Tem adoração por Roger (José Augusto Branco), enquanto a prima o trata com desprezo. Apaixona-se por Henri (Henrique Martins), mas não é correspondida.

GABY (Míriam Pires) – Camponesa, cria Roger e Henriette com a ajuda de Pierre (Ênio Santos). Após o terremoto, com a saúde debilitada, se vê obrigada a entregar as crianças, decisão que é tomada com muito sofrimento.
PIERRE (Ênio Santos) – Amigo de Gaby (Míriam Pires), ajuda na criação de Roger e Henriette.

HENRIETTE/ ROSE (Leila Diniz na 2ª fase) – filha de Anastácia (Leila Diniz) e Henri (Henrique Martins), criada por Gaby (Miriam Pires) e Pierre (Ênio Santos). Após o terremoto, é adotada pelos Duques de Forestier e assume a identidade da filha morta do casal, Rose. Já adulta, reencontra Roger (José Augusto Branco), por quem se apaixona, mas casa-se com Jean-Paul (Cláudio Cavalcanti) por imposição de seus pais. No decorrer da trama, descobre que Henri e Anastácia são seus verdadeiros pais. No final, Rose abre mão de seu nome e da herança dos Forestier e se une a Roger.

ROGER (José Augusto Branco na 2ª fase) – O verdadeiro filho de Blanche (Aracy Cardoso), criado por Gaby (Miriam Pires) e Pierre (Ênio Santos). Após o terremoto, é entregue à família Orsini, onde é tratado como filho adotivo, sempre preterido pela mãe. Roger se transforma num homem íntegro, um grande músico e se apaixona por Rose (Leila Diniz). Disputa o amor da jovem com seu irmão, Jean-Paul (Claudio Cavalcanti), seu principal antagonista ao longo da trama. Quando descobre ser ele o filho legítimo de Blanche fica transtornado, principalmente por acreditar que sua mãe o renegou mesmo sabendo a verdade.

JEAN PAUL (Claudio Cavalcanti) – Criado como se fosse o filho raptado de Blanche (Aracy Cardoso). De menino com o comportamento agressivo, se transforma em um homem de caráter duvidoso, sempre prejudicando Roger (José Augusto Branco), seu irmão adotivo. Apaixona-se por Rose (Leila Diniz) e passa a disputá-la com o irmão. No final da trama, Jean-Paul morre sem saber a verdade sobre sua origem.

TOMÉ (Paulo Gonçalves) – Impostor, dono da estalagem freqüentada por corsários e bandoleiros. Ao lado de Zarolha, planeja o assassinato de Anastácia (Leila Diniz) e sua filha e assume a identidade de Henri de Monfort (Henrique Martins).
ZAROLHA – Impostora, dona da estalagem e cúmplice de Tomé (Paulo Gonçalves) no plano contra Anastácia (Leila Diniz) e sua filha Henriette.

MARIE – Criada de Rose (Leila Diniz), envolve-se com Jean-Paul (Cláudio Cavalcanti) e engravida.

MARCEL – Bêbado, cria Jean-Paul após a morte da mãe do garoto. Não hesita em entregá-lo a Fábio Orsini (Edson França) quando o comandante lhe oferece dinheiro. É Marcel quem revela no final que Jean-Paul é, na verdade, filho de Fábio.

MAESTRO – Professor e amigo de Roger (José Augusto Branco).

ANA – Duquesa de Forestier, adota Henriette após a morte de sua filha Rose. Teme que um dia a menina descubra sua verdadeira origem, por isso faz de tudo para mantê-la afastada de Pierre (Ênio Santos) e Gaby (Míriam Pires).

JAQUES – Duque de Forestier, pai adotivo de Henriette/Rose (Leila Diniz).

Trilha Sonora Nacional e Internacional

** Trilha sonora não disponível

0 Comentário para: “Anastácia, a Mulher Sem Destino Resumo e Informações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *