Amor Real Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Confira o resumo da novela Amor Real desde o primeiro capítulo. Além do resumo você terá informações sobre a história, personagens e trilha sonora. Fique por dentro das novidades das novelas, aqui você encontra o resumo completo de Amor Real e de todas as novelas do SBT.

Sobre a Novela Amor Real

  • Título Original: Amor Real
  • Período de exibição (Original/México): 09/06/2003 – 17/10/2003
  • Nº de capítulos (Original/México): 95
  • Autoria: Caridad Bravo Adams
  • Direção:Mónica Miguel
  • País de origem: México
  • Título no Brasil: Amor Real
  • Período da 1ª exibição (SBT): 05/01/2004 – 14/05/2004
  • Horário (SBT): 13h45
  • Nº de capítulos (SBT): 95

Amor Real é uma história romântica que se passa no século XIX. A protagonista Matilde, contrariando as regras da aristocracia a que pertence, se apaixona por Adolfo Soliz, um militar da classe baixa.

Para se casar com ele, Matilde poderá contar com o pai, Inácio, um homem justo e bondoso. Mas sua mãe, Augusta, deseja que a filha conquiste um rapaz rico para salvar a família da ruína econômica. Para Augusta, Manuel Fuentes Guerra é o candidato perfeito: jovem, bonito e herdeiro de uma boa fortuna.

Por meio de intrigas, Augusta e o filho Humberto fazem com que Adolfo seja preso. Para afastar Matilde de seu amado, mentem que ele é casado e tem filhos. Matilde fica desesperada e, pressionada por sua mãe e sabendo que Manuel pagou as dívidas da família, aceita se casar com ele.

Antes do casamento acontecer, Adolfo consegue escapar da prisão e vai atrás de Matilde, jura seu amor eterno e os dois decidem fugir juntos. Manuel descobre e mesmo magoado decide não desistir de Matilde. Ele a leva para a sua fazenda e se casa com ela.

Matilde leva uma vida difícil na fazenda, pois não ama seu marido, além de ter que suportar os atrevimentos de Antonia, filha do antigo administrador, que é apaixonada por Manuel.

Adolfo encontra Matilde na fazenda e começa a trabalhar como administrador, com o objetivo de um dia raptar sua amada. Sem desconfiar que Adolfo é seu rival, Manuel simpatiza com o rapaz. Adolfo, apesar de sentir ciúme de Manuel, admite que ele é um bom homem.

O destino muda a vida de Matilde quando os olhares repletos de paixão e o desejo ardente de Manuel acabam conquistando seu coração. Ela percebe que o amor que sentia por Adolfo não existe mais. Matilde tem um novo sentimento, mais intenso, um amor real por seu marido.

Adolfo aceita a realidade e abandona a fazenda no mesmo dia em que Matilde anuncia a Manuel que está grávida.

A felicidade do casal dura muito pouco. Manuel descobre a verdade sobre seu administrador e tudo desaba. Matilde tenta se explicar, mas Manuel garante que não irá perdoá-la novamente. Furioso, ele duvida de sua paternidade e expulsa Matilde da fazenda. Para esquecê-la, inicia uma relação com Antonia.

Matilde e Manuel enfrentarão muitos conflitos e intrigas antes de alcançarem a felicidade e ficarem juntos para sempre.

Resumo de Todos os Capítulos da Novela Amor Real

Resumo com base na exibição original da novela Amor Real pelo SBT de 05/01 a 14/05/2004 (95 capítulos). Amor Real Summaries – Resúmenes

  1. Capítulo

  2. Matilde se encontra às escondidas com o tenente Soliz, pois sua família não aceita seu relacionamento com um rapaz de família pobre. Joaquim Fontes Guerra assina em seu leito de morte o documento onde reconhece o jovem Manuel como seu filho legítimo. Matilde pergunta para a mãe se é verdade que eles estão na ruína. Augusta responde que sim e diz a filha que ela deveria aceitar algum de seus pretendentes ricos e assim salvar a família da miséria.

  3. Capítulo

  4. Manuel e Matilde são apresentados um ao outro durante uma festa. Augusta, indignada, comenta com o filho Humberto, que Manuel é um bastardo e diz que não pretende entregar a filha a um homem como ele. Humberto tenta convencer a mãe a aceitar Manuel, pois o fato de ele ser bastardo não significa nada diante da fortuna que acaba de herdar. Humberto confessa que entregou a escritura da casa como garantia de um empréstimo. Manuel insinua a Humberto que está interessado em Matilde.

  5. Capítulo

  6. Humberto diz a Augusta que Manuel só devolverá a escritura se, em troca, eles aceitarem que ele se case com Matilde. Augusta diz a Matilde que eles estão a ponto de perder a casa e ordena que ela se case com algum milionário. Augusta dá ordens ao filho Humberto para que ele proíba o tenente Soliz de se aproximar de Matilde. Durante a noite, Adolfo consegue entrar na casa de Matilde e propõe que fujam e se casem sem que sua família fique sabendo.

  7. Capítulo

  8. Adolfo vai até a casa de Matilde e pede para falar com o Sr. Inácio. Augusta recebe o rapaz com rispidez e deixa claro que seu marido não aceitará que sua filha se case com um pobretão. Cumprindo ordens de Humberto, Bernarda aparece na casa de Matilde e se apresenta como esposa de Adolfo. Matilde vai até o quartel à procura de Adolfo, mas é informada que ele faltou ao trabalho. De volta para casa, Matilde sofre um desmaio e é socorrida justamente por Manuel.

  9. Capítulo

  10. Manuel comenta com Augusta que Matilde não consegue esconder o desinteresse que sente por ele. Augusta diz a Matilde que, depois que Manuel a viu em trajes íntimos, terá de casar com ele para evitar comentários maldosos. Prudência tenta animar a sobrinha dizendo que, se reparasse mais em Manuel, veria um homem bonito, rico e apaixonado. Augusta dá falsas esperanças a Manuel, dizendo a ele que Matilde ficou emocionada ao saber de suas intenções para com ela.

  11. Capítulo

  12. Matilde diz a Manuel que se sente envergonhada por seu irmão dizer a todos que são cunhados e se aproveitar disso para pedir dinheiro. Manuel diz a Matilde que sua intenção é casar com ela e pede que lhe dê um tempo para se conhecerem melhor. Inácio conversa com Manuel, diz que simpatiza muito com ele e que gostaria que sua filha aceitasse seu pedido de casamento. Augusta volta a pressionar a filha e diz que, se ela ama seus pais, deve aceitar Manuel como seu esposo.

  13. Capítulo

  14. Manuel conta ao Padre Albano que, em três meses, vai se casar com Matilde. Augusta exige que Matilde demonstre alegria quando alguém lhe parabenizar pelo casamento para que não pensem que está se casando por dinheiro. Antônia, que é apaixonada pelo patrão, chora ao saber de seu casamento com Matilde. Gervásio tenta fazer a filha entender que não deve alimentar ilusões com o patrão. Adolfo comenta com Delfino que tem certeza de que Matilde vai providenciará sua liberdade.

  15. Capítulo

  16. Inácio diz a Matilde que não gostaria que ela se casasse por interesse. Augusta garante à filha que Manuel está apaixonado por ela. Adolfo diz a Delfino que está decidido a fugir da prisão pois prefere morrer na fuga a viver naquele inferno. Inácio descobre que a filha já sabe que Manuel pagou a hipoteca e diz à filha que, se ela decidiu se casar por causa disso, vai pedir ao noivo que cancele o compromisso. Manuel beija Matilde e fica triste ao perceber o pouco entusiasmo que ela demonstra.

  17. Capítulo

  18. Manuel diz a Matilde que é paciente e que vai saber esperar até ela corresponder ao seu amor. Inácio comunica a todos o compromisso de sua filha com Manuel Fontes Guerra. Delfino ajuda Adolfo a fugir da prisão. Humberto diz a Renato que seu pai o expulsou de casa. Renato propõe que ele se case com Josefina para levar uma vida de rei. Augusta pede a Matilde que convença o pai a perdoar Humberto. Adolfo diz a Delfino que vai até a fazenda pegar algum dinheiro.

  19. Capítulo

  20. Vestida de noiva, Matilde pede ao irmão que fale com Manuel e explique que ela não pode se casar com ele. Depois da cerimônia, Pilar entrega a Matilde a carta de Adolfo, onde ele marca um encontro no jardim. Matilde diz a Adolfo que estava convencida de que ele a havia enganado. Adolfo diz que tudo não passou de uma armadilha de sua mãe e seu irmão. Adolfo propõe a Matilde que fujam e ela aceita. Ciro diz a Manuel que viu sua mulher aos beijos com outro homem.

  21. Capítulo

  22. Possesso, Manuel entra no quarto de Matilde e a esbofeteia. Manuel impede que Matilde fuja e exige que ela o acompanhe, pois ela é sua mulher. Ele lembra que tem direitos sobre ela pois pagou as dívidas de sua família e adverte que a matará se ela tentar fugir com seu amante. Preocupado com a demora de Matilde, Adolfo entra na mansão, mas Augusta o ameaça com uma pistola. Manuel pergunta a Matilde se ela imagina como se sentiu quando disse que amava outro homem.

  23. Capítulo

  24. Adolfo diz a Delfino que, apesar de Manuel ser filho de um dos homens mais ricos do país, ele vai resgatar Matilde. Manuel confessa ao padre Albano que se arrepende de ter se oferecido para pagar as dívidas da família Penalver e, em troca, pedir que Matilde fosse sua esposa. Manuel encontra um de seus empregados no povoado e ele diz que Matilde veio com ele, mas que não consegue encontrá-la. Manuel encontra Matilde na beira da estrada prestes a entrar numa carruagem.

  25. Capítulo

  26. O padre Albano aconselha Manuel a reconhecer seus erros e compreender também os erros de Matilde. Matilde diz a Manuel que aceita ter um filho com ele. Manuel faz pouco caso da mulher. Matilde tenta fugir, mas é impedida por Rosário. Manuel e seus empregados saem pela fazenda à procura de Matilde. Ao encontrá-la, Rosário explica que a senhora saiu apenas para espairecer. Manuel diz a Matilde que certamente tentou fugir para não ter de cumprir a promessa que lhe fez.

  27. Capítulo

  28. Matilde diz a Manuel que o casamento deles é um fracasso e suplica para que ele a deixe voltar para a casa dos pais. Ela jura que não voltará a procurar Adolfo e pede a Manuel que conte ao pai o verdadeiro motivo da separação. Manuel lembra Matilde que jurou amá-lo e, depois, que lhe daria um filho, mas não cumpriu nenhuma promessa. Adolfo chega à fazenda de Manuel e se faz passar por administrador. Antônia recebe Adolfo e Matilde pede a Rosário que descubra quem é.

  29. Capítulo

  30. Adolfo se apresenta a Manuel como sendo Felipe Santamaria, o novo administrador. Manuel diz a Matilde que convidou o novo administrador para jantar e que gostaria de apresentá-la a ele. Matilde desce para jantar e, ao ver Manuel com Adolfo, volta para o quarto, feliz por Adolfo ter vindo buscá-la. Adolfo e Matilde se encontram na capela da fazenda e se beijam apaixonadamente. Matilde pede a Adolfo que vá embora e diz que não pretende voltar com ele.

  31. Capítulo

  32. Antonia aproveita que Manuel está bêbado e o agarra. Delfino vê e conta para Adolfo. No dia seguinte, Manuel pede perdão a Antonia e diz que a vê como uma irmã. Matilde vê os dois abraçados e pergunta se ela é sua amante. Humberto diz a Josefina que seus pais decidiram que ele deve se casar com Mercedes. Fingindo desespero, ele propõe casamento a Josefina. Manuel pergunta a Matilde se sua mãe não lhe contou que ele é filho de uma camponesa a quem o pai estuprou.

  33. Capítulo

  34. Adolfo insiste em convencer Matilde a não matar o amor que os une por causa de Manuel. Padre Albano aconselha Manuel a respeitar a esposa. Manuel volta a pedir a Matilde que não vá embora. Matilde diz a Padre Albano que ama o novo administrador da fazenda. Manuel e Adolfo estão a caminho de Santa Rita quando encontram Nazareno, Benigno e Negro. Benigno e Negro foram incumbidos de matar Nazareno. Eles disparam contra Nazareno e ferem Manuel e Adolfo.

  35. Capítulo

  36. Aproveitando que Manuel está inconsciente, Adolfo aponta um rifle contra o rival, mas logo muda de idéia. Adolfo observa quando Matilde abraça Manuel e diz que não quer que ele morra. Antonia acusa Matilde de estar interessada no dinheiro do marido. Matilde conta para Prudência que Antonia e Manuel são amantes. Adolfo previne Matilde e diz que ela não deve permitir que Benigno se aproxime de Manuel. Prudência pergunta a Matilde porque Adolfo trabalha na fazenda.

  37. Capítulo

  38. Padre Albano pede a Adolfo que deixe a fazenda pois sua presença pode comprometer uma pessoa. Adolfo diz ao padre que não vai convencê-lo a ir embora sem Matilde. Damiana aconselha Antonia a vigiar Matilde e o administrador, pois tem certeza de que eles guardam um segredo. Adolfo diz para Manuel que os homens que lhe atacaram eram dois e que um deles era Benigno, o capataz. Adolfo pergunta a Matilde se ela falou com o marido sobre o divórcio.

  39. Capítulo

  40. Em seus delírios, Manuel pede a Matilde que nunca o abandone. Adolfo está presente e pede a Matilde que não jure nada mas ela promete ao marido que nunca vai abandoná-lo. Matilde comunica à tia Prudência que decidiu ficar ao lado do marido. Prudência pede a Adolfo que vá embora da fazenda. Manuel fica sabendo da decisão de Matilde e pergunta se ela está disposta a cumprir as obrigações de esposa. Matilde responde que a decisão é dele e Manuel pede que fique em sua cama.

  41. Capítulo

  42. Prudência diz a Matilde que Adolfo quer lhe falar. Manuel garante a Matilde que não teve nada a ver com a armadilha que prepararam para Adolfo e conta que foi seu amigo Ciro que viu os dois se beijando no jardim e se oferece para encontrar Adelaide Sandoval, a suposta esposa de Adolfo. Matilde pede a Adolfo que vá embora da fazenda. Matilde acusa Manuel de ter contado a Antônia sobre sua relação com Adolfo. Manuel repreende Antônia por ter desrespeitado sua esposa.

  43. Capítulo

  44. Prudência aconselha a sobrinha a dizer a Adolfo que está grávida de Manuel. O padre conta a Manuel que Antônia está apaixonada por ele e o aconselha a mandá-la embora de casa. Manuel questiona Prudência sobre o que fizeram com Adolfo. Prudência aconselha Manuel a engravidar sua sobrinha. Prudência diz a Antônia que Manuel nunca vai reparar nela porque está apaixonado por sua esposa. Manuel pergunta a Matilde porque ela faz confidências ao administrador e não a ele.

  45. Capítulo

  46. Manuel ordena que Adolfo procure o pai de Matilde e ofereça ajuda econômica em seu nome. Matilde fica indignada ao saber que a tia anda dizendo a todos que sua sobrinha está grávida e se preocupa com o que Manuel vai pensar disso. Manuel pergunta a Matilde porque sua tia anda espalhando que ela está grávida. Manuel conta que Prudência pediu a ele que a engravidasse. Manuel pergunta a Matilde como conseguirão se aproximar se não consegue atrai-la como homem.

  47. Capítulo

  48. Adolfo chega à casa dos Penalver e diz a Inácio que Manuel o enviou para lhe oferecer ajuda econômica. O general agradece a ajuda, mas não aceita. Augusta, porém, pede a Adolfo que o gerente do banco que entregue o dinheiro a ela. Indignada com a recusa do rapaz, Augusta decide chantageá-la. Manuel jura a Matilde que ela é a única mulher que lhe interessa e os dois se beijam. Emídio ordena que roubem o gado da fazenda de Manuel e ponham fogo no milharal.

  49. Capítulo

  50. Humberto vê Adolfo na fazenda e pergunta a ele o que faz ali. Adolfo afirma que se chama Felipe Santamaria e é o administrador da fazenda de Manuel. Matilde implora a Humberto que não conte nada a Manuel e conta que Adolfo apareceu na fazenda e que se recusa a ir embora. Humberto pede dinheiro e hospedagem em troca de seu silêncio. Manuel conta a Matilde que ofereceu ajuda econômica ao seu pai, mas que ele não aceitou. Matilde volta a pedir a Adolfo que vá embora.

  51. Capítulo

  52. Adolfo volta a insistir com Matilde para que fujam juntos. Matilde se nega a fugir e confessa estar apaixonada pelo marido. Rosário tenta convencer Adolfo que sua relação com Matilde terminou. Emídio ordena que queimem os milharais de Manuel. Os peões capturam Negro e Emídio dá ordens a Benigno para que o mate antes que ele conte tudo para o patrão. Depois de mandar queimar os milharais, Emídio diz a Manuel que vai investigar o caso e que punirá os culpados com rigor.

  53. Capítulo

  54. Adolfo ameaça matar Humberto se ele extorquir dinheiro de Matilde. Ciro e Adelaide chegam na fazenda de Manuel. Rosário volta a pedir a Adolfo que vá embora. Rosário critica Matilde por ter se encontrado com Adolfo. Ciro conta para Manuel que Humberto pagou Bernarda para se passar por esposa de Adolfo. Emídio recebe um telegrama sobre a fuga do tenente Adolfo e do soldado Delfino. Emídio suspeita que o administrador de Manuel e seu ajudante sejam fugitivos.

  55. Capítulo

  56. Humberto pressiona Matilde para que ela convença o marido a deixá-lo mais alguns dias na fazenda. Matilde diz que está cansada de ser chantageada e que ele pode contar o que quiser a Manuel. Silvano aconselha Rosário a contar a verdade para Manuel. Humberto tenta convencer Manuel de que não teve nada a ver com a armadilha sofrida por Adolfo. Humberto lembra que foi graças a ele que conseguiu se casar com Matilde. Furioso, Manuel expulsa Humberto da fazenda.

  57. Capítulo

  58. Damiana aconselha Antônia a pedir para Manuel deixar ela ocupar o cargo de administrador agora que “Felipe Santamaria” deixou a fazenda. Renato aconselha Humberto a voltar para a cidade de Trindade, se desculpar com José Maria e pedir a mão de Josefina em casamento. Matilde pergunta a Padre Albano se Rosário é a mãe de Manuel. Ele responde que, quando ela estiver preparada, responderá a sua pergunta. Rosário, chorando, confessa que Manuel é seu filho.

  59. Capítulo

  60. Padre Albano diz a Matilde que ela fez mal ao enganar seu marido e lembra que poderia ter engravidado de Adolfo. Matilde pede que Adolfo não volte para a fazenda pois Manuel já sabe de tudo. Adolfo diz a Delfino que pretende voltar à fazenda só para dizer a Manuel que Matilde nunca o enganou. Adolfo chega à fazenda. Matilde pede que ele vá embora e diz que não o ama. Emídio propõe a Adolfo que mate Manuel Fontes Guerra em troca de sua liberdade.

  61. Capítulo

  62. Na tentativa de descobrir o motivo da prisão de Adolfo, Matilde procura Emídio. Prudência critica a sobrinha pois ela pode levantar suspeitas. Manuel comunica a Antônia, que ela vai passar a administrar a fazenda. José Maria chega à fazenda de Manuel e procura por Humberto. Antônia informa que Humberto está no povoado de Barranquilha. José Maria vai atrás dele e exige que se case com Josefina. Caso contrário, eles se enfrentarão num duelo. Humberto decide se casar com Josefina.

  63. Capítulo

  64. Manuel recebe a carta de Adolfo marcando o encontro. Silvano aconselha o amigo a não comparecer, pois pode ser uma cilada. Manuel não acredita que Adolfo tenha motivos para matá-lo. Emídio obriga Adolfo a preparar uma emboscada para Manuel. No momento de atirar, Adolfo muda o alvo e atinge Emídio. Manuel pergunta a Adolfo por que ele matou o prefeito da cidade e ele explica que Emídio pagou para que o matasse. Ele fingiu aceitar, mas, certamente, nunca o mataria.

  65. Capítulo

  66. Matilde fica feliz por resolver o problema de Adolfo, sem que Manuel ficasse sabendo do envolvimento deles. Antônia fala para Rosário que ela está velha demais para trabalhar. Matilde proíbe Antônia de tratar mal os empregados. Maria Fernanda flagra Adolfo no quarto de Catarina. Catarina pede a Maria Fernanda que não conte nada para seus pais. Catarina e Adolfo são interceptados por soldados. Matilde conta para Gregório que Felipe Santamaria matou Emídio para salvar Manuel.

  67. Capítulo

  68. José Maria volta com Humberto para Trindade e comunica a Josefina que ela vai se casar com Humberto. Josefina diz para o irmão que não pretende se casar com Humberto, pois ele não a ama de verdade. Gregório pede para Manuel ajudá-lo a encontrar o administrador, que desapareceu levando Catarina. José Maria exige que a irmã se case com Humberto, mas decide que ele não terá acesso à fortuna de Josefina. Manuel pergunta a Rosário porque ela mentiu ao dizer que veio do Norte.

  69. Capítulo

  70. Manuel recrimina Rosário por ela mentido a respeito de sua origem. Matilde defende Rosário e diz que ela tem o direito de guardar segredos sobre seu passado. Manuel comunica a Antônia que providenciará uma casa para ela no povoado. Matilde confessa que se sente mal por não ter contado a Manuel que beijou Adolfo. Damiana encontra Antônia desmaiada. Manuel a socorre e conta para Matilde que Antônia tentou se matar. Adolfo revela sua verdadeira identidade a Joana.

  71. Capítulo

  72. Manuel diz para Matilde que gostaria que Rosário fosse sua mãe e pergunta se essa possibilidade a assusta. Catarina pede ajuda à madrinha para provar a inocência de Adolfo. Joana repreende o General Brito dizendo que ele cometeu uma injustiça com o Tenente Adolfo Solis. Ela ordena que ele o reintegre na corporação como Capitão. Rosário fala para Matilde que pretende deixar a fazenda. Matilde pede a ela que fique, pois está esperando um filho e quer que ela seja a babá.

  73. Capítulo

  74. Ciro fica surpresa ao ouvir de Manuel a descrição que ele faz do administrador. Ciro explica que a pessoa que mandou tinha 60 anos. Manuel pergunta como era Adolfo e, pela descrição, supõe que o administrador era ele. Furioso, Manuel insulta Matilde e a expulsa da fazenda, acreditando que o filho que espera é de Adolfo. Em seguida, acusa Prudência e Rosário de cúmplices e as expulsa também. Silvano aconselha Rosário a contar para Manuel que é sua mãe.

  75. Capítulo

  76. Prudência comenta com Augusta que Ciro certamente contou para Manuel sobre a farsa de Adolfo de se fazer passar pelo administrador. Augusta pergunta quem é o pai do filho que Matilde espera. Augusta obriga Matilde a mentir e dizer ao pai que abandonou o marido porque ele tem outra mulher. Inácio fica indignado com a suposta traição do genro e decide ir até a fazenda tomar satisfações. Humberto pede a mãe que impeça o pai de ir a fazenda, pois ele poderá sofrer outro infarto.

  77. Capítulo

  78. Inácio acusa o genro de ser infiel. Furioso, Manuel diz que foi enganado por Matilde e que ela espera um filho de seu amante. A revelação deixa Inácio abalado e ele sofre um infarto fulminante. Manuel vai até a casa dos Penalver para entregar a Matilde o corpo de seu pai. Desesperada, Matilde culpa Manuel pela morte do pai e diz que não quer mais vê-lo. Humberto tenta convencer o cunhado a pensar bem antes de tomar uma decisão, pois o filho que Matilde espera pode ser dele.

  79. Capítulo

  80. Rosário tenta falar com Manuel, mas é impedida por Antônia que ordena que Silvano a expulse da fazenda. Silvano se nega a cumprir as ordens de Antônia e leva Rosário até Manuel. Rosário convence Manuel a conversar com Matilde. Quando Matilde chega na fazenda, Antônia diz que Manuel se arrependeu de falar com ela. Desconsolada, Matilde vai embora, enquanto Manuel a espera. Ele diz a Silvano que, se Matilde não apareceu, é porque assumiu a própria culpa.

  81. Capítulo

  82. O Padre Albano diz a Manuel que ele está cometendo uma injustiça contra Matilde e contra seu filho. Antônia recebe a carta que Matilde enviou a Manuel e a queima. Enquanto isso, Padre Albano recebe uma carta de Rosário e tenta convencer Manuel a falar com sua esposa, mas Manuel não aceita a sugestão. Padre Albano responde a carta de Rosário e diz que Manuel nunca perdoará Matilde. Na noite de núpcias, Adolfo pede a Deus que o ajude a se apaixonar por Catarina.

  83. Capítulo

  84. Matilde confessa para Prudência que não suporta a idéia de haver algo entre Manuel e Antônia, pois acredita que ela deve ter se aproveitado da situação. Augusta pede para Matilde visitar Josefina e tentar convencê-la a voltar atrás sobre os poderes que deu ao irmão. Matilde se nega e diz à mãe que não pretende se humilhar diante da cunhada. Manuel deixa claro para Antônia que não poderá se casar com ela enquanto Matilde estiver viva.

  85. Capítulo

  86. Antônia comenta com Damiana que Manuel não quer ter filhos bastardos e que, por isso, ela não poderá engravidar enquanto Matilde for viva. Manuel diz a Silvano que, quando a criança nascer, vai tirá-la dos braços de Matilde e levá-la para a fazenda. Manuel recebe uma carta de Ciro, onde ele informa que Matilde está passando por dificuldades. Depois de um parto difícil, Matilde dá à luz a um menino e Rosário a aconselha a enviar um telegrama para Manuel.

  87. Capítulo

  88. Matilde diz a Rosário que Manuel desprezou a criança e agora o filho é só dela. Catarina comenta com Adolfo que pretende visitar Matilde. Adolfo pede a ela que não vá, pois os dois já foram noivos e isso poderá lhe causar problemas. Antônia e Damiana chegam na casa de Manuel, mas são expulsas por Matilde. Damiana dá ordens a um sobrinho para que invada a casa de Manuel e mate Matilde. Manuel vai ao hotel e comunica a Damiana que seu sobrinho está morto.

  89. Capítulo

  90. Matilde volta para a casa da mãe. Manuel pergunta a Antônia, porque ela não lhe contou que Matilde estava morando em sua casa. Rosário diz a Prudência e Matilde que Manuel pretende ficar com a criança. Rosário tenta falar com Manuel, mas é impedida por Antônia e as duas saem no tapa. Antônia se queixa com Manuel e ele expulsa Rosário de sua casa. Silvano critica Manuel por ter expulsado Rosário de sua casa e revela que ela é sua mãe.

  91. Capítulo

  92. Manuel e Adolfo resolvem se enfrentar num duelo. Matilde pede a Manuel que desista, pois não aguentaria viver sem ele. Damiana aconselha Antônia a fazer com que Manuel pare de se cuidar, para que ela engravide e consiga amarrá-lo para sempre. Matilde vai até a casa de Adolfo e pede a ele que não vá ao duelo. Adolfo diz a Matilde que ele jamais a teria abandonado com um filho no ventre. Silvano pergunta a Rosário se ela tem certeza de que Manuel é o pai do filho de Matilde.

  93. Capítulo

  94. Manuel marca a hora do duelo e, depois, leva Matilde para casa. Antônia discute com Rosário por ela se negar a dizer quem Manuel vai enfrentar em duelo. Manuel ouve a conversa e exige que Antônia peça perdão para a mãe. Matilde pede a Deus que não permita que nada de mal aconteça ao seu marido. Antes do duelo, Adolfo procura Matilde para se despedir e diz que ela foi o grande amor de sua vida. Matilde tenta, mas não consegue convencê-lo a desistir do duelo.

  95. Capítulo

  96. Ao ir para o local do duelo, Adolfo é vítima de um atentado e fica gravemente ferido. Matilde fica sabendo que Manuel está vivo e vai até a casa de Adolfo. Delfino informa a Matilde que o duelo não aconteceu, pois alguém atirou em Adolfo e seu estado é grave. Ao chegar em casa, Matilde encontra Antônia e pergunta ao marido se ele pretende que ela viva na mesma casa que sua amante. O General Domingues diz a Ramon que é provável que Manuel vá para a cadeia.

  97. Capítulo

  98. Ramon diz ao General Domingues que vai mandar vigiar Manuel e, se comprovarem que ele é um traidor, vão confiscar suas terras. Adolfo retoma os sentidos e o general diz a ele que Manuel pagou alguém para matá-lo. Manuel recebe voz de prisão por tentativa de homicídio contra Adolfo. Manuel diz a Antônia que vai voltar para a fazenda com Matilde, o filho e a mãe. Silvano confessa a Manuel que atirou em Adolfo e se justifica, dizendo que Rosário temia que Adolfo o matasse.

  99. Capítulo

  100. Na prisão, Manuel pede a Ciro que aconselhe Silvano a fugir. O General Domingues diz para Adolfo que ele deve ratificar a acusação que fez contra Manuel. Adolfo diz que não vai assinar acusação nenhuma, pois conhece Manuel e tem certeza de que ele não teve nada a ver com o atentado. Ao sair da cadeia, Manuel procura Adolfo e pergunta se foi por causa de Matilde que não o acusou. Adolfo responde que não o acusou por ter certeza de que ele é inocente.

  101. Capítulo

  102. Rosário aconselha Manuel a esquecer o passado e ser feliz ao lado da mulher e do filho. Matilde diz a Manuel que o ama e os dois se abraçam. Augusta implora a Adolfo que diga a todos que o duelo com Manuel é para resolver uma dívida de jogo. O tabelião fala para Manuel que Antonia lhe entregou a escritura da casa dos Penalver para que a transferisse para o seu nome. Manuel dá ordens para que o imóvel passe para o nome de Matilde. Matilde pede a Manuel que desista do duelo.

  103. Capítulo

  104. Dona Joana pede a Manuel que cancele o duelo, pois ele tem mulher e filho e deve se preocupar com eles. Em troca, ela conta a Manuel que ele está sob vigilância da polícia, pois é suspeito de estar contra o governo. Abelardo acredita que, em breve, Manuel e Amadeu vão se encontrar e, assim, poderá deter os dois. Abelardo conta a Ramon o que aconteceu e ele diz que alguém preveniu Manuel. Manuel diz a Matilde que recebeu uma carta de Amadeu Corona.

  105. Capítulo

  106. Dona Joana conta para Adolfo que pediu a Manuel para cancelar o duelo. Delfino diz a Adolfo que quem deve pedir perdão é Manuel. Manuel vai até a casa de Adolfo para cancelar o duelo. Manuel repreende Antonia por ter enviado a escritura ao tabelião sem consultá-lo. Matilde conta a Manuel que Pilar ouviu uma conversa entre Ramon e o chefe de polícia e os dois falavam de Amadeu Corona. Manuel diz a Matilde que procurou Adolfo para cancelar o duelo.

  107. Capítulo

  108. Ramon esbofeteia Pilar e a proíbe de voltar a ver Matilde. Damiana leva Mariane, a suposta prima de Manuel, para a fazenda. Manuel pergunta a Rosário do que viviam ela e Matilde depois que o Sr. Inácio morreu. Rosário explica que as duas começaram a costurar, mas, quando Dona Augusta descobriu, as expulsou de casa. Manuel diz que ela deveria ter lhe contado o que aconteceu. Matilde diz que foi procurá-lo, mas que foi barrada na porta por Antonia.

  109. Capítulo

  110. Matilde conta para Manuel que, apesar do recado que Antonia lhe deu, ainda tentou uma aproximação através de carta, mas que nunca obteve resposta. Manuel revela que nunca mandou recado e que não recebeu carta. Manuel critica Antonia por ter mentido para Matilde. Antonia diz que tudo o que fez foi para defender o que acreditava ser seu e o beija. Matilde flagra os dois e pede explicações ao marido. Antonia comenta com Damiana que ainda encontrará um jeito de se vingar da rival.

  111. Capítulo

  112. Renato tenta explicar a Matilde que talvez Manuel se sinta comprometido com Antônia por ela ter sido sua amante. Ives pede a Ramon que investigue se Manuel é filho de Joaquim ou um impostor. Manuel confessa a Matilde que se sente comprometido com Antônia por ter usado a moça para esquecê-la. Ele jura que, depois que se reconciliaram, nunca mais voltou a procurá-la. Ciro critica Antônia por ter contado a Matilde sobre a casa que Manuel lhe prometeu.

  113. Capítulo

  114. Antônia pede a Damiana que descubra o endereço de Adolfo. Acontece o batizado do filho de Manuel e Matilde. O General Domingues pergunta a Ramón porque ele tem interesse em colocar Manuel atrás das grades. Ramon acha imperdoável que um membro da alta classe colabore com os rebeldes. Adolfo recebe uma carta anônima pedindo informações sobre o envolvimento de Manuel na venda do gado. Abelardo, finalmente, consegue prender Amadeu Corona.

  115. Capítulo

  116. Manuel diz a Matilde que está enfeitiçado por ela e os dois se beijam. Damiana leva um recado de Antônia para Manuel. Matilde recebe um bilhete anônimo dizendo que Antônia espera um filho de Manuel. Matilde reencontra Adolfo na praça do povoado. Damiana conta para Manuel e Antônia que viu Matilde com o administrador da fazenda. Manuel pede explicações a Matilde e ela mostra o bilhete que recebeu. Manuel procura Adolfo e ameaça matá-lo se continuar assediando Matilde.

  117. Capítulo

  118. Os militares torturam Amadeu para tentar arrancar sua confissão. Ciro diz a Manuel que tem certeza de que o encontro de Matilde com Adolfo foi tramado por Antônia e Damiana. Manuel pede perdão a Matilde e confessa o medo que tem de perdê-la. Por ordem do General Domingues, Adolfo tenta convencer Amadeu a confessar que pertence ao exército rebelado e promete que, só assim, ele terá um julgamento digno.

  119. Capítulo

  120. Abelardo entrega uma intimação a Manuel e diz que sua esposa será convocada a depor. Humberto assiste à cena e, furioso, diz a Abelardo que antes o mate. Antes de se retirar, Abelardo faz ameaças. Manuel diz a Ramon que, apesar de ter sido ameaçado pela polícia, o que mais o deixa indignado é que tentem envolver sua esposa no caso. Ele informa que Matilde comparecerá voluntariamente para depor. Manuel diz ao Padre Albano que pretende confessar que vendeu o gado para Amadeu Corona.

  121. Capítulo

  122. Manuel diz a Padre Albano que vai assumir a responsabilidade no caso da venda de gado. Adolfo comenta com Catarina sobre seu encontro com Matilde. Amadeu é interrogado por Adolfo e nega conhecer Matilde. Manuel chega para depor e encontra seu rival, Adolfo. Manuel comenta com o Padre Albano que não depôs graças à intervenção de Adolfo. O General Domingues recebe uma carta, autorizando que Amadeu seja interrogado pela polícia secreta.

  123. Capítulo

  124. O General Domingues fica possesso ao ser informado que a polícia secreta vai cuidar do caso de Amadeu e que Matilde também terá de depor. Matilde diz a Manuel que, se Adolfo ficar encarregado do caso de Amadeu, deve pedir sua ajuda. O General Domingues consegue que Amadeu assine a sua confissão e garante que isso vai ser uma proteção para ele, já que a polícia secreta logo o levará embora. Manuel pede a Matilde que não vá ao encontro de Adolfo.

  125. Capítulo

  126. Dona Joana procura o General Domingues para descobrir tudo sobre a declaração de Amadeu. Manuel saca seu dinheiro do banco e diz que se trata apenas de uma questão se segurança. Augusta pede a Ramon que os ajude no caso que envolve seu genro. Abelardo vai à casa de Manuel para acompanhá-lo até o local onde ele deve prestar depoimento. Matilde é levada até a cela onde se encontra Amadeu. Abelardo afirma que esse homem já matou muita gente.

  127. Capítulo

  128. Matilde fica impressionada ao ver o rosto desfigurado do preso. Matilde diz a Benitez que nunca havia visto Amadeu. Benitez insiste em arrancar uma confissão de Matilde e garante que seu marido não vai ser prejudicado se ela disser a verdade. O Padre Albano desconfia que Manuel caiu numa armadilha e diz que é tarde para dizer que nunca viu Amadeu. Benitez fica furioso com o padre e diz que ele acaba de interromper um interrogatório. Manuel planeja tirar Amadeu da cadeia.

  129. Capítulo

  130. O médico examina Catarina e diz a Adolfo que não há nada a fazer. Ives comenta com Benitez que Amadeu não confessou, porque não consegue articular as palavras. Ele culpa Benitez pelo estado do preso e o acusa de ter exagerado na tortura. Manuel oferece uma grande quantia em dinheiro a Renato se ele ajudar Amadeu a fugir da cadeia. Renato vai ao presídio e consegue chegar até a cela onde está Amadeu. Ele diz que, a pedido de Manuel, vai ajudá-lo a fugir.

  131. Capítulo

  132. Abelardo conta a Ramon que vários agentes estão atrás de Amadeu. Renato conta para Manuel e Matilde que Amadeu conseguiu fugir. Ramon pergunta ao cunhado quanto recebeu de Manuel para ajudar Amadeu a fugir da prisão. Manuel diz a Matilde que vai passar a casa de seus pais para o seu nome em gratidão pelo filho que lhe deu. Manuel pede ao Adolfo que não se intrometa nos problemas de sua família. Humberto pede a Manuel que o ajude a resolver um problema.

  133. Capítulo

  134. Ives leva o testamento de Manuel a um tabelião corrupto, para que ele falsifique o documento. Manuel pede a Ramon que volte atrás em sua decisão e permita que volte para a fazenda. Ariana pede ajuda a Ramon para provar que Manuel não é filho de Joaquim e tirar dele a fortuna que herdou de seu suposto pai. Renato segue Ives até o cartório e vê quando ele mata o tabelião. Manuel percebe que o testamento desapareceu. Manuel interroga Mariana.

  135. Capítulo

  136. Ives e Ramon interrogam o Padre Albano sobre a origem de Manuel e a maneira como sua mãe sobreviveu todos esses anos. Ramon diz ao padre que Mariana tem o direito de saber tudo sobre Manuel. O padre esclarece que Joaquim redigiu o testamento e que ele assinou como testemunha. Padre Albano conta para Manuel que o general Benitez e Ramon fizeram muitas perguntas sobre seus pais e que os dois desconfiam que ele não seja filho de Joaquim.

  137. Capítulo

  138. Mariana fala para Ives que Manuel sentiu falta do testamento. Ives entrega a ela o documento falso e diz que vai guardar o verdadeiro para qualquer eventualidade. Catarina pede perdão aos pais por ter fugido, mas não se arrepende, pois foi feliz ao lado do marido. Catarina beija Adolfo e morre. Ives diz a Renato que Manuel é um impostor. Abelardo diz a Ramon que já concluíram as investigações e descobriram que a mãe de Manuel trabalhou como prostituta.

  139. Capítulo

  140. Ramon pede autorização do governador para impugnar o testamento de Joaquim. O governador autoriza, mas adverte que terá de provar o que está dizendo. Renato comenta com Pilar que a descrição que Amadeu fez do tenente que lhe deu o punhal para que se suicidasse é de Ives. Pilar alerta Renato dos problemas que possa vir a ter com o cunhado. Renato diz que o único prejudicado pode ser Ramon, pois ele roubou e falsificou o testamento além de ser amante de Mariana.

  141. Capítulo

  142. A polícia vai a São Caetano prender Rosário. Padre Albano é baleado. Ramon coloca Rosário frente a frente com alguns homens. Eles a reconhecem como uma das prostitutas que trabalhava no povoado. Ramon diz a Rosário que se ela confessar que mentiu e que Manuel não é filho de Joaquim Fontes Guerra, não a acusarão diante do juiz sobre seu passado. Manuel fica chocado e diz a Matilde que é muito triste que sua mãe tenha chegado a esse ponto.

  143. Capítulo

  144. Rosário tenta escapar, mas Silvano tenta convencê-la de que Manuel é um homem bom e que vai saber perdoá-la. Matilde promete para Manuel que nunca abandoná-lo. Benitez chega à casa de Manuel para prender Rosário. Manuel foge com a mãe. Ramon ordena que sejam perseguidos e mortos. A carroça onde estão Manuel e Rosário sofre um acidente e cai no rio. Benitez informa Ramon sobre o acidente sofrido por Manuel e Rosário. Ramon torce para que estejam mortos.

  145. Capítulo

  146. Abelardo vai à casa de Matilde para avisar que a carroça onde Manuel e Rosário viajavam caiu no rio. Ramon diz a Mariana que já é a dona da fortuna deixada por Joaquim. Ciro informa Humberto que a decisão do juiz foi favorável a Mariana e ela logo tomará posse da fortuna de Manuel. Mariana procura Matilde para pedir que desocupe a casa, pois é a verdadeira herdeira de Joaquim. Ela completa que Manuel nunca existiu e que, portanto, ela não pode se considerar sua viúva.

  147. Capítulo

  148. Matilde diz a Prudência que todos desprezarão seu filho por ser um bastardo. Adolfo pede ao general Domingues que interceda a favor de Matilde. O general se irrita com o comportamento de Ramon e o adverte que, um dia, pagará por tudo que faz. Desesperada, Matilde vai até o local do acidente mas não encontra Manuel. Rosário e Manuel são capturados pelos rebeldes e levados para o acampamento onde está Amadeu Corona.

  149. Capítulo

  150. Manuel pede para Amadeu que o deixe voltar para cidade de Trindade. Amadeu sugere que ele envie um recado para Matilde. Prudência recebe uma correspondência e a entrega a Augusta, que convence a irmã de que é melhor Matilde continuar pensando que Manuel está morto. Ciro se despede de Matilde e garante que Manuel não a enganou. Ele é filho de Joaquim Fontes Guerra. O acampamento de Amadeu Corona é atacado por soldados e Manuel é ferido.

  151. Capítulo

  152. Ramon diz a Mariana que a ama, mas não poderá dedicar muito tempo a ela, pois é casado. Renato diz ao cunhado que o testamento de Manuel está em suas mãos. Renato pede uma quantia mensal e permissão para visitar a irmã em troca de seu silêncio. Ives exige que Mariana convença Ramon a permitir que se mude para a casa dela. Ramon concorda, mas pede que ela observe o comportamento dele. Humberto conta para Josefina que quer fazer amor com ela.

  153. Capítulo

  154. Josefina conta para Matilde que fez amor com Humberto. Augusta pede ao genro que deixe Matilde e o filho viverem com ela, pois assim não lhes faltará casa e comida. Manuel decide se unir a Amadeu. Num confronto com os rebeldes, Domingues é atingido e não resiste aos ferimentos. O acampamento de Amadeu é bombardeado e ele perde a mulher e o filho. Matilde contesta a mãe e diz que seu filho tem o direito de saber quem foi seu pai.

  155. Capítulo

  156. Matilde começa a trabalhar como voluntária na Cruz Vermelha e lá encontra Adolfo que foi ferido em combate. Augusta recebe flores enviadas à Matilde por Adolfo e comenta com Prudência que, se Adolfo continua interessado em Matilde, vai apoiar o romance dos dois, pois Adolfo poderia dar um sobrenome ao seu neto, já que legalmente Manuel não tem nenhum direito. Augusta diz a Matilde que Adolfo lhe mandou flores.

  157. Capítulo

  158. Matilde diz a mãe que não deve aceitar as flores pois, Adolfo deve estar casado e já não se interessa mais por ela. Augusta não concorda e diz que, se Adolfo estivesse casado, não se atreveria a procurá-la. Matilde e Adolfo se reencontram e ele diz que continua apaixonado por ela. Adolfo pede Matilde em casamento. Prudência aconselha Augusta a contar para Matilde toda a verdade sobre Manuel, antes que ela aceite o pedido de Adolfo.

  159. Capítulo

  160. Manuel volta ao povoado para ver Matilde, mas Augusta o impede e ameaça chamar os guardas se ele insistir. Humberto e Augusta marcam a data do casamento de Adolfo e Matilde. Prudência comenta com Augusta que certamente Manuel veio ver o filho. Ramon diz a Pilar que é uma afronta que os Penalver não os tenha convidado para a festa de noivado de Matilde e Adolfo. Ela conta ao marido que Matilde o odeia por ter destruído a vida de Manuel.

  161. Capítulo

  162. Lourenço volta ao acampamento, diz a Manuel que não conseguiu falar com Matilde, mas que descobriu que ela vai se casar com Adolfo. Pilar parabeniza Matilde por seu casamento com Adolfo e pergunta se ela ainda o ama. Matilde responde que nunca voltará a amar alguém como amou Manuel. Amadeu diz a Manuel que vai ajudá-lo a recuperar sua mulher. Durante a festa de noivado, Manuel, Amadeu e outros homens invadem a mansão dos Penalver e seqüestram Matilde.

  163. Capítulo

  164. Matilde se surpreende ao ver que foi Manuel quem a seqüestrou. Matilde jura a Manuel que não sabia que ele estava vivo e que só aceitou se casar para dar um nome ao filho. Ramon diz a Benitez que precisam matar Manuel para eles não ficarem mal diante do governador. Delfino diz a Adolfo que talvez Manuel esteja vivo. Ramon exige que Renato lhe entregue o testamento de Manuel. Adolfo diz a Delfino que está decidido a recuperar Matilde e matar Manuel.

  165. Capítulo

  166. Prudência diz a Josefina que Manuelzinho precisa saber que seu pai está vivo e é um homem honrado. Humberto conta a Renato que o Tenente Ives falsificou o testamento de Manuel, pois o verdadeiro foi roubado. Humberto acusa o amigo de roubar o testamento. Matilde jura a Manuel que não teve nenhuma intimidade com Adolfo. Manuel e seus aliados deixam o convento e esquecem Matilde. Manuel volta para pegá-la e, no exato momento, Adolfo chega para revistar o convento.

  167. Capítulo

  168. Adolfo encontra um vestido de Matilde e acusa a Madre Superiora de ter mentido para um oficial. Ela tenta se defender e diz que os hospedou por caridade. Adolfo encontra o Padre Albano em uma cabana abandonada. Ele diz que foi trancado por um homem que pretendia matá-lo. Adolfo conta o que aconteceu com Manuel e que seu casamento com Matilde foi anulado. Ives exige que Renato lhe devolva o testamento. Renato responde que o testamento pertence a Manuel.

  169. Capítulo

  170. Adolfo, Delfino e Antônia se encontram. Ela comenta com Adolfo que tudo não passou de uma terrível intriga do tenente Ives e de Ramon contra Manuel, pois o testamento apresentado era falso. A polícia invade a casa de Renato à procura do testamento. Hanna diz a Renato que é perigoso continuar guardando o testamento em casa e que deve devolvê-lo a seu legítimo dono. Humberto comenta com Adolfo que pense antes de acabar com Manuel, pois Matilde nunca o perdoará.

  171. Capítulo

  172. Mariane diz a Damiana que precisará devolver tudo a Manuel, mas garante que Ramon Marques vai lhe dar uma fazenda onde viverá como uma rainha. Adolfo confessa a Delfino que tentou violentar Matilde e por isso ela fugiu. Ele jura estar arrependido do que fez e quer uma oportunidade para pedir perdão a Matilde. Delfino pergunta a Adolfo se ele ainda tem esperanças de que Matilde o aceite. Ramon diz a Silvano que vai libertá-lo para que procure Manuel e diga a ele que está com seu filho. Ramon dá o seguinte recado a Manuel: se em três dias não aparecer não voltará a ver o menino. No meio de uma batalha Adolfo diz a Manuel que seu filho desapareceu. Amadeu Corona fala para Manuel que deve ser apenas uma mentira de Solis para matá-lo. Manuelzinho está escondido numa cabana no meio do campo Ramon, por acaso, fica sabendo que Mariane usurpou a identidade da verdadeira sobrinha de Joaquim e diz a ela que se descobrirem não terá como se salvar. Adolfo desafia Ramon para um duelo e diz ao governador que está cansado de ver Ramon destruir a vida das pessoas e não pagar por nada do que faz. Silvano entrega a Manuel a mensagem de Ramon Marques.

  173. Capítulo

  174. Delfino pergunta a Adolfo qual é o motivo do duelo com Ramon Marques. Adolfo responde que está cansado de tantas falcatruas e admite que torce pelo exército de Alvarez. Matilde pede a Manuel que não se entregue enquanto não receber notícias suas. Hanna e o padre Albano vão ao encontro da irmã Marie e contam tudo que Mariane fez para ficar com a fortuna de Manuel e pedem a ela que a denuncie por usurpação. Marie fica em dúvida, mas o padre a convence ao dizer que uma família foi destruída por causa da ambição de Mariane. Matilde volta para a casa e conta para Augusta e Prudência que seu filho está nas mãos de Ramon Marques. Matilde suplica a Pilar que convença o marido a devolver a criança. Pilar recrimina o marido pelo seu comportamento e é agredida por ele. Pilar conta ao irmão, Renato, que decidiu se separar de Ramon.

  175. Capítulo

  176. Adolfo e Matilde se encontram. Adolfo pede perdão e promete ajudá-la a encontra o filho. Na casa de Fontes Guerra, Ramon e Ives discutem. Ives atira e Ramon cai gravemente ferido. Ives tenta fugir, mas Renato e Humberto o impedem. Ramon morre nos braços de Mariane. Matilde tenta forçar Mariane a lhe dizer onde está seu filho e a esbofeteia. Antonia tenta explicar a Matilde que tudo que fez foi por amor a Manuel, mas depois sentiu necessidade de que se fizesse justiça. Ela diz também que entendeu que não se pode obrigar ninguém a amar e deseja que seja feliz ao lado de Manuel. Matilde manda dizer a Manuel que não deve se entregar por que Ramon não estava com Manuelzinho. Josefina comunica a seu irmão que está esperando um filho de Humberto e exige que lhe devolva sua parte na herança, pois caso contrário o processará. A irmã de Isabela leva Manuelzinho até o escritório de Adolfo e ele leva o menino para Matilde. Manuel chega ao forte de São Fernando e pede a um soldado que avise ao Dr. Marques que já se entregou e portanto, deve devolver seu filho.

  177. Capítulo

  178. Ciro informa a Manuel que seu filho já foi devolvido. Manuel pede a Ciro que traga Matilde e o menino para que possa se despedir. O governador dá ordens a Adolfo para que execute Manuel em dois dias. Ciro leva Antonia a prisão para que possa pedir perdão a Manuel, por tudo que fez para separá-lo de Matilde. Matilde e o filho visitam Manuel na prisão e ele conta que será executado no dia seguinte. Matilde sofre uma crise nervosa e é retirada da cela por um soldado. Matilde desesperada, se oferece para ficar com Adolfo se em troca ajudar Manuel a fugir. Adolfo entra na cela onde está Manuel, diz que em outras circunstâncias teriam sido amigos mas se apaixonaram pela mesma mulher. Adolfo diz a Manuel que ele ganhou e vai deixá-lo livre para que possa ser feliz ao lado de Matilde. Matilde e Manuel se encontram. O governador ordena que Adolfo seja executado imediatamente por traição.

  179. Capítulo

  180. Manuel pergunta a Matilde se ela teve algo a ver com a atitude de Adolfo e se teve que dar algo em troca do favor. Matilde chorando, confessa que prometeu ir embora com Adolfo se o salvasse da morte. Manuel se despede dos amigos e promete a Matilde que voltará. Adolfo pede a Delfino que entregue uma carta para dona Joana e outra para Matilde. Adolfo está prestes a ser fuzilado quando Manuel e seus homens aparecem para resgatá-lo. Começa uma batalha, Adolfo é atingido e morre nos braços de Manuel. Dona Joana encontra Matilde no cemitério e ela diz que Adolfo quis ser enterrado ao lado de Catarina. Hanna se despede de Matilde e Josefina. Renato promete a Hanna que vai provar que mudou e que a ama. Matilde recebe uma carta de Manuel, onde ele informa que logo estará de volta, pois João Alvarez já tem o controle do país. Humberto diz a Ciro e ao padre Albano que viu o nome de Manuel na lista dos mortos. Matilde sofre uma crise nervosa ao saber que o nome de Manuel consta na lista dos mortos, mas ao mesmo tempo, tem esperança de voltar a ver o marido. Silvano e Manuel voltam para São Caetano. Depois de uma grande festa para comemorar a volta de Manuel, ele e Matilde fazem amor e juram amor eterno.

  181. Capítulo

  182. Adolfo confessa a Delfino que tentou estuprar Matilde. Ele jura estar arrependido do que fez e pede uma oportunidade para pedir perdão a Matilde. Ramon diz a Silvano que vai libertá-lo para que procure Manuel e diga a ele que está com seu filho. Ramon dá o seguinte recado a Manuel: se não aparecer em três dias, não voltará a ver o menino. Adolfo desafia Ramon para um duelo e diz que está cansado de ver Ramon destruir a vida das pessoas e não pagar por nada do que faz.

  183. Capítulo

  184. Delfino pergunta a Adolfo qual é o motivo do duelo com Ramon. Matilde pede a Manuel que não se entregue enquanto não receber notícias suas. Matilde volta para a casa e conta para Augusta e Prudência que seu filho está nas mãos de Ramon. Matilde suplica a Pilar que convença o marido a devolver a criança. Pilar recrimina o marido pelo seu comportamento e é agredida por ele. Pilar conta ao irmão, Renato, que decidiu se separar de Ramon.

  185. Capítulo

  186. Adolfo e Matilde se encontram. Adolfo pede perdão e promete ajudá-la a encontrar o filho. Na casa de Fontes Guerra, Ramon e Ives discutem. Ives atira e Ramon cai, gravemente ferido. Ives tenta fugir, mas Renato e Humberto o impedem. Ramon morre nos braços de Mariane. Matilde tenta forçar Mariane a dizer onde está seu filho. Manuel chega ao forte de São Fernando e pede a um soldado que avise ao Dr. Marques que já se entregou e, portanto, pode devolver seu filho.

  187. Capítulo

  188. Ciro informa a Manuel que seu filho já foi devolvido. Manuel pede a Ciro que traga Matilde e o menino para que possa se despedir. O governador dá ordens a Adolfo para que execute Manuel em dois dias. Matilde e o filho visitam Manuel na prisão e ele conta que será executado no dia seguinte. Desesperada, Matilde se oferece para ficar com Adolfo se, em troca, ele ajudar Manuel a fugir. O governador ordena que Adolfo seja executado imediatamente por traição.

  189. Capítulo

  190. Resumo do último capítulo da novela Amor Real: Manuel pergunta a Matilde se ela teve algo a ver com a atitude de Adolfo. Matilde confessa que prometeu ir embora com Adolfo se ele o salvasse da morte. Adolfo está prestes a ser fuzilado quando Manuel e seus homens aparecem para resgatá-lo. Começa uma batalha, Adolfo é atingido e morre nos braços de Manuel. Humberto diz a Ciro que viu o nome de Manuel na lista dos mortos. Silvano e Manuel voltam para São Caetano. Manuel e Matilde fazem amor e juram amor eterno.

Elenco / Personagens

Matilde Penalver Adela Noriega Boa e carinhosa, ela se preocupa com o bem-estar de sua família. Filha de Inácio e Augusta, a moça da aristocracia conhece modos e etiqueta. É apaixonada por Adolfo Soliz, mas devido a pressões familiares se casa com Manuel, um rico fazendeiro.

Manuel Fontes Guerra Fernando Colunga – Filho bastardo de um poderoso fazendeiro e uma plebéia. Nos primeiros anos na fazenda, ele é tratado como um peão, passando fome e frio. Aos 14 anos, é enviado a um colégio religioso e depois torna-se um médico cirurgião. Seu pai, no leito de morte, o reconhece como filho e herdeiro. Manuel é aparentemente duro, mas no fundo é terno e amável. Apaixona-se por Matilde.

Augusta Penalver – Helena Rojo – Mãe de Matilde e Humberto. É uma mulher bem conservada, charmosa e elegante. Renunciou a um grande amor na juventude para casar-se com um militar bem sucedido financeiramente e aristocrata, mais velho que ela. Ama seus filhos e busca o melhor para eles.

Humberto Penalver Ernesto Laguardia – Irmão de Matilde. Humberto é fanfarão, simpático e divertido. Considera humilhante trabalhar e é viciado em jogo. Conquista Josefina. Ele não é tão cínico como aparenta e tem escrúpulos. A morte de seu pai, junto com os golpes da vida, faz com que pouco a pouco ele amadureça.

Inácio Penalver – Ricardo Blume – General da divisão, é pai de Matilde e Humberto e marido de Augusta. Por motivo de saúde e também por não concordar com o governo de Miguel Baranda, se afasta de suas atividades. Inácio é um homem bom, nobre e inteligente. É maleável com Matilde e severo com Humberto, pela atitudes incorretas do filho. Com Manuel ele simpatizou de imediato.

Rosário Aranda Ana Martin – Mãe de Manuel, é uma mulher humilde e sofrida. Quando jovem era costureira do povoado e do rico fazendeiro Joaquim Fontes Guerra. Ela escondeu sua gravidez e quando Manuel nasceu recorreu ao padre Albano. Volta ao povoado para saber de seu filho. Ao encontrá-lo rico e casado com uma moça de família tradicional, decide então não revelar sua identidade. Para estar próxima dele, aceita trabalhar como servente.

Adolfo Soliz Maurício Islas É conservador, não tanto por convicção, mas por obediência às leis militares. Vem de uma família que perdeu toda fortuna. Apaixona-se por Matilde. É preso injustamente, depois em liberdade se apresenta com outra identidade para trabalhar na fazenda de Manuel e reconquistar sua amada.

Antonia Morales Chantal Andere – É educada e instruída. Filha do administrador da fazenda de Manuel, assume o posto do pai quando ele morre. É apaixonada por Manuel, mas fica frustada quando ele casa-se com Matilde. Torna-se amante de Manuel, após a separação do casal.

Renato Piquet – Mario Ivan Martinez – Amigo de Humberto, é simpático, refinado e cínico. É de família rica e ilustre, mas por seu comportamento escandaloso foi deserdado. Ele gosta de mesclar palavras francesas em sua conversação.

Padre Albano Maurício Herrera – É o velho padre do povoado de Barranquillas. Protege Manuel desde o nascimento. Ele o envia para estudar com seus amigos religiosos. Albano é piedoso, paciente, compreensivo e conciliador, porém possui uma forte personalidade e fala sempre na cara, sem rodeios.

Josefina de Icaza Mariana Levy – É romântica e rica. Devido a sua falta de beleza física, sua insegurança e o rígido controle dos finados pais, se transforma numa solteirona. Envolve-se com Humberto.

Mariana Bernier Maya Mishalska – Francesa bonita e refinada, é liberal para sua época e toca muito bem violino. Amante de Ramon Marquez. Finge ser Maire de La Roquette

Ives de la Roquette Harry Geithener – Elegante tenente do exército e primo da verdadeira Maire de La Roquette. Descobre que Mariana se passa por sua prima, no entanto, em vez de desmacará-la, torna-se cúmplice dela para despojar Manuel de seus bens. Ambicioso, interesseiro e sem escrúpulos, sua vida fácil e vazia o faz cair no alcoolismo.

Damiana Garcia Beatriz Sheridan – Alta e magra, usa roupas pretas. É a clássica “celestina”. Foi babá de Antonia. De origem modesta, mudou sua personalidade por estar sempre envolvida com a alta classe, cuidando de crianças ou acompanhando senhoritas. Hipócrita, com voz doce e modulada, instiga Antonia a cometer atos deploráveis.

Amadeu corona Rafael Rojas – Homem de princípios, forte e audaz. Casado e pai de duas crianças. Manuel se une a seu grupo, como combatente e como médico.

Trilha Sonora Nacional e Internacional

Tema de abertura:

Amor Real – Sin Bandera

Un día más se llena de color
Y tú vendrás llenándolo de amor
Ya no me preocupo al caminar
porque tú estás aquí (porque tú estás aquí)
Y pierdo todo el miedo que me da
porque tú crees en mi
Tú me enseñaste a disfrutar
mi vida mucho más
Dejando el sufrimiento atrás
Dándome un amor real
Siempre tan natural
Lleno de libertad
Lleno de dar, eres tú quien sabe bien lo que es amar
Un día más de mi pasión por ti
Y tú vendrás para hacerme sentir
Que el límite de la felicidad no llegará jamás
Que cada nuevo amanecer traerá una sorpresa más
Tu me enseñaste a disfrutar mi vida mucho más
Dejando el sufrimiento atrás
Dándome un amor real
Siempre tan natural
Lleno de libertad
Lleno de dar, eres tú quien sabe bien lo que es amar
Vivir
Disfrutar
Reír
Cantar y dar sin preguntar
Un amor real
Siempre tan natural
Lleno de libertad
Lleno de dar, eres tú quien sabe bien lo que es
Un amor real
Siempre tan natural
Lleno de libertad

0 Comentário para: “Amor Real Resumo | Personagens | Trilha Sonora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *